Sexo na faculdade


Um conto erótico de PeSil
Categoria: Heterossexual
Data: 14/05/2019 15:33:27
Nota -

Eu não conversava muito com Juliana, as vezes a gente trocava algumas palavrinhas, mas nada muito afetivo. Com o tempo e durante as aulas praticas principalmente, a gente foi se aproximando mais até rolar o que vou descrever para vocês hoje.

Faço faculdade de educação física, estou no quinto semestre, Juliana entrou na facul na mesma época que eu, então acabamos caindo na mesma sala.

Ela tinha o grupinho dela e eu o meu, quase nunca a gente se falava, mas a medida que ela começou a participar mais das aulas praticas acabamos tendo uma aproximação inesperada.

Nunca pensei que ela fosse querer algo comigo, além dela ser bem bonita, ela era lésbica e ja tinha até ficado com uma garota da nossa turma dentro do banheiro feminino numa festinha que teve na faculdade, mas isso não me impedia de dar aquela boa e velha olhada.

Juliana era do tipo de garota independente, não se importava com olhares e nem com elogios, era dura na queda, fiquei sabendo de vários outros que tentaram e não conseguiram, mesmo sendo rapazes que eu achava que tinham mais chances do que eu.

Mulata dos cabelos encaracolados, tinha bunda e peitos bem grandes, e chamavam bastante atenção, baixinha e com um sorriso lindo, tinha até covinhas, que na primeira vez que eu vi fiquei fascinado.

Um dia meu professor separou a turma em grupos, mas como aquele dia tava muito chuvoso, varias pessoas faltaram na aula e ficaram faltando pessoas tanto no meu grupo quanto no grupo de Juliana, aí decidimos juntar os dois. No começo foi meio dificil, a atividade era pra ser feita por todos do grupo em comum acordo, mas nem todos ali se falavam. Conseguimos ir desenrolando e no final, mesmo o desempenho não ter sido satisfatorio, os olhares eram de pessoas que tinham se divertido, em especial Juliana espontanea como sempre, ela veio falar comigo, e riu de uma coisa engraçada que aconteceu na atividade. Na hora de ir embora eu a vi saindo com seu grupinho de amigos, ela olhou pra mim e sorriu, eu sorri de volta instantaneamente e segui meu caminho, assim como ela.

No dia seguinte ela me manda uma mensagem perguntando se eu ia pra facul, e eu respondi que ia sim. Eu só fui mesmo por causa dela, eu não tava nem um pouco afim de levantar cedo naquele dia, mas ver a mensagem me deu a sensação de que algo bom iria acontecer.

Chegando na facul e eu a vejo sentada em um banco que tem na entrada do prédio, fui até ela pra cumprimenta-la.

"Bom dia!" Disse eu enquanto a beijava na bochecha

"Bom dia"

"Você sabe se ja chegou mais alguém?"

Perguntei

"Vi algumas pessoas, parece que o povo não ta afim de fazer ginastica hoje"

"É deve ser"

"Você veio disposto a pular até dizer chega?"

"Pra falar a verdade não"

"Então porque você veio?"

"Disse para alguém que viria"

Nesse momento fomos interrompidos pelos amigos dela, e depois fomos pra sala de ginastica.

Não falei com ela até o final da aula, apenas trocamos olhares e sorrisos, e na hora de ir embora ela me chamou de canto. Juliana foi bem direta, me deixou até sem palavras, e quando eu fui tentar dizer algo ela me beijou, um beijo ardente e sufocante, que no inicio parecia que ficaria apenas nisso, mas a situação fugiu do controle e começamos a ir mais além do que poderia ser só um beijo. Nossas mãos foram invadindo outros espaços, eu passava a mão por cima do bundão dela e dava umas apertadas de leve, ela de vez em quando fazia o mesmo só que por cima do meu pau. o negócio foi esquentando, ela me pegou pelo braço e me arrastou até o banheiro feminino e lá rolou o que eu tanto queria, e o que ela queria também.

Juliana me jogou em cima da pia, desabotoou minha calça e a tirou junto com minha cueca, meu pau tava duro igual pedra e ela não fez cerimonia, me punhetou devagar e depois caiu de boca olhando bem no meio dos meus olhos com carinha de safada. Ela chupava bem, de vez em quando batia meu pau em sua bochecha e dava lambidas na cabecinha. Ouvimos um barulho e decidimos entrar em uma das cabines, la ela nem esperou a pessoa ir embora ou algo do tipo, continuou chupando só que mais forte e com mais vontade, arrancando alguns gemidos involuntários de mim. Eu precisava por um fim naquele boquete antes que ela me fizesse gozar, mas tava tão bom que deixei ela chupar mais um pouco até ouvir outro barulho duas cabines longe da nossa. Juliana parou de chupar olhou pra mim, sorriu e disse "sua vez". Deu nem tempo de questionar, ela arrancou sua calça em dois segundos, deitou no vaso sanitario e puxou a calcinha de lado me mostrando sua bucetinha lisinha, moreninha, toda molhadinha. Me abaixei e comecei lambendo de baixo pra cima, analisando o terreno, ela alisava meu cabelo e gemia baixinho, depois caí de boca de uma vez. Chupei até perceber que os gemidos dela estavam ficando cada vez mais altos.

"Ju, você ta quase gritando!"

"A culpa é sua"

"Ainda nem comecei e você ja ta fazendo escandalo, fica com a mão na boca que é melhor"

Ela colocou a mão na boca mas continuou gemendo alto e ainda sim fez meu tesão aumentar, assim como o receio de alguém ouvir e nos interromper, e quase aconteceu. Ouvimos um barulho e paramos, alguém passou bem devagar em frente a porta da cabine onde estavamos, olhei pra Juliana, ela estava com uma mão na boca e a outra alisando sua buceta, aparentemente sorrindo. A pessoa foi embora e ela não perdeu tempo, ficou de quatro em cima do vaso sanitario e implorou para que eu chupasse seu cuzinho também. Meu pau tava quase explodindo, meu tesão tava nas alturas, mas o dela era maior, ela abriu bem a bunda e ficou massageando seu clitoris bem devagar mas depois de um tempo ela aumentou a velocidade e ficou enfiando dois dedos em sua buceta toda melada.

"Ai caralho...assim não para...eu to quase gozando!"

Juliana gozou e deu um grito que deve ter dado pra escutar em todos os cantos da facul, tanto que sua amiga veio chama-la para ir embora, mas Juliana pediu pra ela esperar um pouco, e quando eu achei que ela iria vestir suas roupas para ir ela se abaixou e me chupou novamente até eu encher sua boquinha de porra.

"Pronto, agora eu posso ir embora, mas ainda não acabou" disse ela se vestindo

Eu nem disse nada, me vesti lentamente, ainda me recuperando esperei elas irem na frente e depois saí.

No dia seguinte trocamos poucas palavras, mas isso só servio pra ficar evidente que ia ter mais, aquele morena gostosa queria terminar o que começamos e não demorou muito pra ela conseguir.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


ver XVídeos delegada dando para traficante dando batommetendo na salgadeira bundudabaxa vidilho di orasao fosdi paraselolaconto erotico estuprada no terreno baldioxsvideos macho submisoxvidio mulhe casada. dexa marido dentro priquito brasileropadrasto sodomitatrês cara metendo numa mulher e ela gozando de esguicho os caras rindomeninas caipirinhas lindas com a buceta encharcada de tesao metendo muito paus grandesnovinha ralando de chirte curtinhoMeus amigos me foderam bebada contosxvideoquando você pudersexotesaogostosoBuceta de egua agoentando pintao noxvidiocorno que nao da mais no couro humilhado pela esposa vadia contos eroticosQuero da minha buceta para o Adilsonconto gay alvinho e o velho amigo da famíliabotei meu dedo na buceta da mulher do amigominha filha mestruou-contos eroticos de incestosCona e cu relatoszoofilia contos 2 são Bernardoincesto com meu vô contosMenina nova de causinha tolada na buçeta xsvidiogatas sex tirando calcinha bem devagar e exitandocontos de cú de solteironataveti e lebica nocusaosobrinha descarada trepono cm. seu tiuJackson goiaba XVídeos gayensinei meu filho a transarManda se solta solta pum bolado na bunda dessa gostosaxvideo brasileiro onde tia dorme mais sobrinho na mesma cama nú acarradosamiga fica fadigada e a outra faz massagem na buceta dela porno doidoNovinha excitidafotos de homen capica dentro da busetada menina piquenaCamioneiro nnervoso xsvidioencostou a priminha no muro de sainha e meteu gostoso hdXVídeos brasileiro tar adesivo da esposa colega para chupar elepiafazendo.sexofilhasxvídeos 10 mamae fas cudoce mae efilhoassistir porno só de irmãde igreja clente das bucetas cabeludasconto o vizinho velho com novinhaContos eróticos de mãe e filha peidacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eiroticos leilapornNovo vidio di reprotuto dicavalorincesto pai bota filha pequena no colo e ficar bolinando elacorno narrando para o comedor xxvideosxmamae gostosa tarada po novinhocasa dos contos gay acampamento com Rafael e pai perto da Cachoeiracombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlinepornodoido cavalona de cinturinha fininhafrase wm e se ela cansa de senta com a buceta manda essa putq descansa com a bundaconto de mulher e filha que foros estrupades efrete do maridotarado convenceu so passar o pau no grelinho virgen da filhinha e enpurrou tudonovinhas as srnas apertas cachorromeu ex ele nao mim beijava mindava so um selinho e ele fazia sexo ne mim quando ele queriavideo do palaso quemoziconto bem erótico ele chupistas meus seios lá atrasmulheres que se arependeram de ter dado pro negao do penis giganteContos eróticos de traindo o noivo no capô do carrocontos eiroticos leilapornnovinha 18 ano que foje pra cama dos.pais pra trepa com elesEm puro arola no cu do beboputonas d novo hsnburgo d beibi dolpono-mae-filha-gostoza-fode-com-masagista-malcriadoporno grilo branquinho pequenoXvideo mulher pagando boquèti violentoprica cavalaxvideos homen perdendo o cabaco com mulher esperiente fudedeiracontos eróticos meninas de 25 anos transando com a calcinha preta com lacinho vermelhoquero abri uma janela parA o porno baiano com bucetasvídeo pornô ela com shortinho coladinho no corpo quentinhofrutaporno corno pega esposa dando o cu para outro e faz dpprimos se pegando e com mãoboba pornodoido.comfungando no cangote putariabrasileiraminha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.Contos eroticos curtos esperiencia , sexesul com cachorro zoofiliaporno doido prima 18 anos escurinha afoorsabuceta da linguonacontos eroticos novinha fui bem fodida que até choreipadastro de 45 cm no cu da intiada de 24 anostecido brilhoso porncasa dos contos ecomo tornei gaybaixar to fincado atoladinhaDesabafo real de uma mae contos ero cap,IXesposavadiacontosela so goza cagando e gritandomacho examinando bem detalhado a xana de novinhacontos eroticos dominada na frente do meuContos erotico incesto video gratis de sec tio tira cacinho da sobrinha novinhacontos eroticos mia mulher nao resitil o massagista dotadotexto sogra gero fodeu sua bucera bricandoporno com magrınha com dotadoso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozouajudinha da fucionaria do mercado xvideosassistir vídeo A Escrava tem a bunda toda cortada com chicotepono gay ply boi adolenti dando cu ategosaContos eroticos feitiço virando mulher