O diário de Neil - I : A primeira vez com outro garoto


Um conto erótico de Neil17
Categoria: Homossexual
Data: 15/04/2019 02:31:24
Última revisão: 16/04/2019 04:38:52
Nota 10.00

O diário de Neil - I

Olá, eu sou o Neil, tenho 18 anos (ou quase hehe), e moro no sul do Brasil. Sou estudante de educação física e esportista amador, eu sempre gostei de esportes então pratico ciclismo, natação e artes marciais desde pirralho. Pode parecer estranho mas eu encontrei esse site procurando por aulas de redação e produção textual, e porque eu estava procurando por isso? Bem, no começo desse ano eu entrei na faculdade e confesso que tenho dificuldades em produzir textos. Os professores gostam de muitas folhas quando pedem um trabalho ou em uma prova e sinceramente, eu preciso praticar porque ando me fodendo feio em algumas matérias e passei raspando nesse primeiro período que está acabando.

Mas enquanto eu não começo a praticar minha escrita com um conto que faça você que está lendo gozar na cueca e piscar seu cuzinho, eu vou contar algumas coisas sobre mim que talvez seja interessante pra você.

Eu sempre fui um garoto de boa sem paranoias na cabeça, a única coisa que me incomoda um pouco é minha altura, eu gostaria de ser um pouco mais alto, 1,67m é meio que baixinho pros padrões sulistas, pessoal aqui é de 1,77m pra cima. Fora isso eu não tenho outros problemas, estou tendo um começo da vida adulta bem normal. Com 15 anos eu tive minha primeira namorada com quem eu perdi a virgindade, foi muito bom. Ela também era virgem mas acreditem, as coisas fluem sozinhas então se você nunca fez sexo não fica bolado com isso não.

Quanto aos meus pais são pessoas muito legais, mente aberta e super liberais, às únicas coisas proibidas totalmente aqui em casa são drogas ou bebidas com alto teor alcoólico, então aqui só entra vinho e muito raramente.

Um outro detalhe é que eu não sou o tipo muito comunicativo, tenho poucos colegas e meus melhores amigos da vida são o Macal e o irmão mais velho dele o Paolo. São nomes meio estranhos eu sei, mas eu não posso falar nada com relação a nomes estranhos, o meu é em homenagem a um escritor que meus pais são fãs. Ahhh mas tu está contando o nome deles em um site de coisas eróticas... que se foda, eles não vão ler isso aqui e se ler não tem problema.

Mas vamos ao que interessa aqui nessa bodega de diário. A minha primeira grande experiência de vida aconteceu a pouco mais de um ano atrás, poucos dias depois que eu completei 17 anos e fomos passar umas férias em um sítio fora da cidade. A família do Macal tem um sítio que fica em uma área verde a umas três horas da cidade, então apenas pessoas da família e convidados podem ir por lá. Algumas garotas ficaram de ir mas de última hora cancelaram, a namorada do Paolo, irmão mais velho do Macal, decidiu não ir já que as amigas não iam, então fomos só nós três.

Depois da viagem cansativa e de uma estrada de barro finalmente nós chegamos no lugar, lá tem um muro enorme que cerca o terreno separando da vegetação protegida, tem um grande portão de madeira daqueles totalmente fechados e mato por todos os lados, os únicos postes de luz que tinham terminavam no sítio pra levar eletricidade. Em volta é mato e mais mato com árvores enormes. Entramos com o carro e o lugar era muito perfeito, uma piscina enorme na frente da casa, que era grande e confortável com um sofá gigante na sala. O caseiro tinha deixado tudo pronto e os dias que a gente passasse por lá ficou combinado que ele iria folgar então ficamos sozinhos mas de boa.

Além da comida que já havia na casa nos também levamos a nossa por precaução, então comida não ia faltar. Arrumamos as coisas, depois eu coloquei carvão na churrasqueira e o Paolo abriu uma cerveja e preparou a carne. Estava um calor da pqp então a piscina estava chamando pra um nado quando do nada vi meu amigo e o irmão correrem pelados e deram um mergulho bomba, daqueles que espalha água. Eu já tinha visto o Macal pelado, mas não tinha tanta intimidade assim com o irmão dele e evitei ficar olhando mas uma pessoa pelada, não importa sua sexualidade, é algo que desperta curiosidade e chama atenção.

O corpo do meu amigo Macal até certo ponto nunca foi novidade. Ele é moreno, a pele é da cor de café com leite se é que posso chamar assim, não sei medir a altura exata mas deve ter por volta de 1,80m eu acho, ele tem olhos verdes o que chama muito a atenção por causa do contraste da cor da pele, e tem um corpo legal bem definido como chamam. Ele até começou a praticar judô comigo por um tempo mas o negócio dele é realmente jogar bola.

Já o Paolo tem a pele um pouco mais clara que do Macal, é um cara que curte puxar ferro e tomar aquelas misturebas, então é o bombado dos três. A gente apelidou ele de Russo porque o cara tem 1,95m parece um poste, todo brutamontes, usa cabelo meio comprido e não pode ver um espelho. Bem, já eu sou o tipo comum pelo menos aqui no sul. Meu cabelo é castanho claro e um pouco cacheado. Meu físico é definido graças a natação e o judô, não curto puxar ferro. Minha altura é abaixo da média por aqui, eu tenho 1,67m se você se lembra, mas isso nunca me atrapalhou em nada.

vendo os dois nadando eu tinha que pular também mas não sei o que me deu e na hora pulei de cueca. Não sei se foi vergonha, talvez pelo irmão do Macal ser um cara mais velho e grandão eu fiquei inseguro, ou talvez ver os dois tão de boa me bateu vergonha já que pensando direito, eu era um estranho ali, na real não sei como explicar mas tinha algo diferente no ar e eu não sabia se era comigo ou realmente estava começando a acontecer algo.

Quando o churras ficou pronto a gente comeu e descansou, era mais ou menos umas duas horas da tarde e voltamos pra piscina, eles tiraram a sunga e se jogaram peladões de novo. Ficaram me zoando porque eu ainda estava de cueca então eu liguei o foda-se e me joguei pelado junto com eles. A gente ficou mergulhando e nadando, brincando de lutinha na água e essas coisas. Um tempinho depois o Paolo subiu na borda da piscina e ficou tomando sol.

Eu continuei a brincadeira com o Macal mas meus ovos gelaram quando ele começou a zuar o irmão e eu lembro quase exatamente como foi a conversa.

- Olha pra aquilo Neil, por isso a namorada nunca deu o cuzinho pra ele, hauhauhaa

- Olhar o quê?

Essa hora já estava tudo meio confuso mesmo, o Macal deu duas braçadas e chegou perto do Paolo.

-Isso aqui ó!

Ele pegou no pau do irmão que estava meio mole e de lado, segurou com a mão e balançou, o irmão dele riu e se encolheu como quem sentia cócegas ou sei lá.

- Tá doido Macal, hauhauhauah

É, minha risada era de nervoso, eu conheço eles a tempos, tipo, a gente cresceu junto, na verdade eu e o Macal, o Paolo já era um pouco mais velho que a gente, e apensar da amizade de tanto tempo eu não fazia ideia da intimidade deles.

- Quem disse que eu nunca comi um cu, tu sabe de nada. - O Paolo retrucou segurando no pau e balançando que me pareceu estar ficando meio duro.

Eu só observava, eu cheguei perto mas não muito, o Macal se sentou ao lado da cabeça do irmão que continuava deitado na beira da piscina e pqp! Ele estava de pau duraço quando saiu da água. Se você quer saber se eu estava entendo alguma coisa? A resposta é não, mas estava nervoso pra caralhos.

- Cadê a rola... - O Paolo perguntou alto assim e colocando os braços atrás da cabeça tateou e pegou no pau duro do irmão como se fosse a coisa mais natural do mundo, e pra completar ficou fazendo movimentos. Tá, movimentos uma porra ele estava punhetando mesmo, levantava e cobria a cabeça do pau do meu amigo, eu fiquei lá na piscina calado ainda sem reação até que o Paolo sentou me chamou.

- Vem cá Neil, senta aqui.

Eu dei umas braçadas e sentei do outro lado, essa hora os dois estavam fazendo uma mão amiga, e não me pergunte que amizade de irmãos é essa.

Eu sentei do lado, senti o braço pesado do Paolo no meu ombro me puxando pra perto dele até ficar encostado.

- Vem, deixa fazer na tua.

Eu senti a mão grande dele abraçando meu pau, estava meio mole mas ficou duro no mesmo instante. Do outro lado meu amigo ficava me olhando e com uma risadinha de canto de boca. Eu devia estar com cara de cu, parecia brizado, e não me recrimine, a não ser que você tenha total costume de passar por essas coisas.

- Me abraça aqui e alisa minhas bolas, segura pra não gozar, tu goza fácil?

- Não, seguro de boa.- eu respondi meio que sem conseguir falar direito.

Já tinha batido punheta com meu amigo uma vez, mas cada um no seu pau, apesar disso ele sabe que meu pau baba muito mas consigo controlar, dava pra sentir meu pau babando a mão grande do Paolo, e as vezes a minha mão e do Macal se encontravam ora no pau ora nas bolas dele.

O pau dele era proporcional ao tamanho, o cara tem um caralho de uns 20cm e grosso, estilo aquele cara, stronda alguma coisa(não do mesmo tamanho absurdo é claro), dava pra sentir a cabeça latejando na minha mão, quando eu descia com elas, as baitas bolas eram do tamanho da minha mão e eu agarrava com cuidado pra não machucar o cara. Percebi que meu amigo tem um pau grande também, nunca tinha observado isso, não chega a ser do tamanho do irmão dele, mas era bem grande, o meu tem uns 17cm, o dele deve ter pouco mais que uns 18cm.

- Tá nervoso Neil? Ta ficando mole e duro, mole e duro.

- Não, tipo um pouco nervoso só. - eu falei pra tentar me acalmar

-Fica de boa. - Ele realmente é muito legal, me abraçou mais forte e me alisava, eu fiquei mais a vontade.

- Chupa ele!!!

Foi o Macal falou isso e, de repente, eu senti uma boca grande, quente e macia abocanhar todo o meu caralho. Quase engolindo as bolas junto ele chupou do começo e foi sugando forte até a cabecinha.

Eu me tremi todo, você se treme todo e não tem porque ter vergonha, não dá pra evitar.

- Quer chupar o teu amigo vem aqui. Delicia de pau Neil, sente a boquinha do teu amigo sente. - O Paolo estava com o maior tesão em ver o irmão me chupando, o pau dele pulsava na minha mão e ele me apertava um pouco.

Ele começou a falar umas sacanagens perto do meu ouvido, ele me abraçou e alisava meu peito e minha barriga, e depois votava com os polegares e alisava meus mamilos. Que tesão da porra. Eu deixei levar, meu amigo me chupava e não me perguntem como, eu estava beijando o irmão dele.

- To gozando, to gozando!!

- Goza na boquinha dele goza, ele gosta, segura meu pau e goza.

Eu segurei forte o pau do Paolo, lembro bem que escutei ele gemendo e logo depois o esperma quente escorrendo pela minha mão, ele me apertou com força enquanto eu tremia enchendo a boca do meu amigo com a minha porra. Não me perguntem se ele engoliu, ele se ajeitou de joelhos na minha frente então eu segurei o pau dele, masturbei bem rápido.

- Aiiii porra, aiiii porra caralho, aiiiii - ele deu uns gemidos e gozou.

Ele soltou uns jatos fortes sujando o braço do irmão que estava em volta de mim, meu pescoço e meu peito.

Depois a gente só caiu deitado na grama que começava onde terminava as pedras da borda da piscina.

Depois de uns minutos Paolo se levantou e saiu.

- Tá anoitecendo bora se limpar e comer seus safados.

Eu me levantei e estendi a mão pro Macal, levantei ele com um pouco de esforço, a gente entrou conversando como se nanda tivesse acontecido, entramos no box junto com o irmão dele e lembro que nos ensaboamos e tiramos os espermas que já estavam secos. Tinha porra no meu cabelo, é meio rum de tirar.

A gente se secou, eu vesti meu calção, eles ficaram de cueca.

- Vamos comer ou todo mundo aqui vai ficar de perna fraca, vocês dois parecem dois virgens, aguentam nada.

- Tomar no cu Pepe, (as vezes o Macal chamava o irmão dele assim)

- Bora comer to morrendo de fome,

- Gozada do Neil quase te engasga em novato hauhauhauha

Eu fiquei com vergonha, lembrei que gozei na boca do meu melhor amigo.

- Engoli meio litro de porra hauhauha, tava guardando era?

- Sei lá doido, acho que foi o tensão. (eu falei um pouco mais a vontade, acho que foi o tesão mesmo)

Terminamos de comer e fomos ver TV esparramados no sofá grande que ficava na sala, minha cabeça estava meio zonza, sério eu não esperava por aquilo. Sentia algo estranho, tesão, nervoso, tudo junto.

Depois de algumas horas fomos dormir, você ai pode estar imaginando que foi isso e acabou. Nada disso, a hora de dormir me aguardava outra experiência que vou levar pro resto da vida e que foi muito, mas muito boa.

[continua na parte II]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/04/2019 10:06:27
Adorei, que tesão que você é um garoto mente aberta. Vou ler a continuação.
16/04/2019 12:27:17
Será que é um só um conto mesmo? hehehehe ( ͡ʘ ͜ʖ ͡ʘ)
16/04/2019 11:36:44
Parabéns pelo conto
16/04/2019 02:46:22
Continua
15/04/2019 21:32:34
MARAVILHA DE CAPÍTULO DESSE CONTO. TEM QUE CONTINUAR RAPIDINHO. VC COM CERTEZA DESCOBRINDO A SEXUALIDADE ENTRE HOMENS ENQUANTO SEUS AMIGOS (IRMÃOS) JÁ ME PARECEM BEM EXPERIENTES. RSSSSSSSSSSSSS CREIO QUE VC VAI GOSTAR. AQUI ANSIOSO PELO PRÓXIMO CAPÍTULO. PARABÉNS, MUITO BEM ESCRITO, FÁCIL DE ENTENDER. PARÁGRAFOS CORRETOS. MUITO BOM MESMO. RARO EUD AR A NOTA MÁXIMA NUM PRIMEIRO CAPÍTULO, MAS ESSE MERECE.
15/04/2019 07:53:08
goatei

Online porn video at mobile phone


x videos sogra da remedio pra genro durmir e senta no pau delecontos. safadinha egostozinha do papaitopei minha prima dirmindo xxxvideoNovosContos fudendo com velho tarados pauzudorelaro erotifo mae bucetuda e filho pau gigant..porno negao fas muleca grintaxanas na moitamulhe de saia curta esfregano ante fude emcoxano na cozia no xvidiox video quando mete no cu danovia ela grita ta bommulher da buceta ruıvacontos eroticos de cretes gravidas carentesvideos de pornô lela chora iquato gozavideos porno insetos entre filho fodendo mae prensadamulhervxs sexovai passar sarrando MTS malvadão na trocaAnjo discreto casa dos contoseu e minha filha fomos encochada adoramoscontos erótico- filho meu principecache:3A3-3V1yYz4J:gtavicity.ru/tema/choro%20na%20vara%20a%20x%C3%B3linha%20! www.pornoDoidomamae dormindo com buceta a perta e filho que comelaMinha jovem esposa bunduda dando na marra pra outro homem contos corno umilhadoxisvido tia nocolo sobriuzoofilia contos 2 são Bernardoestorei a travesti safada contoporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidoscontos eiroticos leilapornConto porno da pequena solangeconto erotico gay pedreiro e o meninopedreiro comendo a filha da patroa e a patroa f****** com pedreiro e o Pedro comendo a filha e a mãevideos de coroas loiras da bunda grande vendo genro de pau durogozando na boquinha por doce contosmulheres do peitinho durinho se masturbando Marquinhos gostosaporno casadas na zoofilia coladas a caensContos eroticos de sexo com genrocache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133 conto gay estuprado pelos noiadosAte o primo do corno ja me fudeucontos eroticos gloryholeporno antigo menina foge de casa por causa do padrasto taradoconto erotico com porteiro velho coroa grisalhoxvideos caseiro menininha so de camisola usano salane de comermeu genro deixa minhas calcinhas encharcadas de porracintilografia da Simone transando com seu maridomeu filho e um broxa contos eroticossafada nuonibucontos eiroticos leilapornhomens ensinando como puchar punhetamulher falando conterot c* de cavalocache:O6GiaR9Gb0sJ:zdorovsreda.ru/texto/20180120incesto gay papai me fez de putinhavídeo pornô da cachorro satisfazê-lo cachorro satisfazendo sua donapornosacana dando perdido em meu tiocontos gay uma viagem inesquecível para o novinhomudar música de funk tem um filme pudim empinadoAte o primo do corno ja me fudeuvideos pornô de incesto madrasta de fio dental no quartoSocro tarado xvidiosmin engravida amor porno sacanadei meu cu a primeira vez , nao parei maiscontos etoticos patroa loira empregado negao com fotosvidios oque casadas safadas fasem de gostoso de supresa pro maridoporno forçado tiofudendo a forçaeu e minha filha fomos encochada adoramosnovinha inosente foi da pra um pareseu tresContos incesto dei pro meu pai eu era novinha convencifotos meninas gostosas enclinao exibidas gostosaamulherese vulcão doida pra meter com um taradaofotos de bucetas lusinhas brancas rosadasas coroa que fumo um maço de cigarro pornôvidioporno casa sensacaorelatos eroticos travesti arebentou cabacinho das novinhasmae e filha adoram q irmao gose dentro seus cutabu em familia pai e filha se amando loucamente incesto panterassanporno irma louca pra da o cu pro irmao provoca ele ate ele come cu delacontos eróticos revista privateImagems com movimentos rubiaebeto comunidade 018ler contos eróticos de crente fazendo sexo anal e peidandoxvideos de idosa ifiando o pinto na buceta da idosa butamentevizinho come novinha seios inchafos sexo selvagem conto exoticocaseira gostosa enrolada na coberta com marido deitado na sala assistindo TVcoroa de shortinho branco e encostada na geladeiracontos eroticos sete anos