2. A inocente sendo iniciada na CAM


Um conto erótico de Flavinha CD
Categoria: Homossexual
Data: 14/04/2019 09:36:45
Nota 10.00

Antes da história se iniciar propriamente dita, me descrevo aqui para ajudar a me visualizar, assim como no primeiro conto. Meu nome é Flavia, tenho 18 anos. E gosto que me chamem de Flavinha, pois, tenho 173cm, 55kg (magrinha), morena-clara (aquele bronze bem bonito) e cabelos castanho que forma cachinhos quando grande e modéstia parte tenho uma bunda e cintura de dar inveja rs estilo ninfeta. Queria ressaltar que esses contos são reais. Aproveitem e entrem em contato comigo, adoraria receber o retorno de vocês. Bjs

Engoli o meu medo e resolvi acessar um desses bate papos online, a verdade é que sempre fui meio bobinha e inocente, a internet então me dava certo receio. E se eu fosse descoberta? Mas no final o tesao falou mais alto!

Ao adentrar nos domínios do site, vejo que tem a sessão crossdresser e entro com o nick de “Flavinha”. Logo diversos machos sedentos começam a me trovar. Eu estava vestida assim: Uma calcinha fio dental vermelha, um sutiã com bojo preto, e por cima um baby-doll de oncinha que realçava meu corpinho e deixava a bundinha aparecer levemente e por fim uma meia calça preta. Uma verdadeira novinha. Como tinha medo de mostrar o rosto e ainda não sabia me maquiar, passei apenas uma base no rosto e um batom bem vermelho, confesso que estava linda e enganaria fácil se passando por menina.

Dito isso, conversando com quem aparecia, na inocência de só trocar uma ideia, um macho logo pede para me ver na CAM e eu digo que sou tímida e ainda estava iniciando. Mas ele ao saber que além disso eu era Virgem, ficou maluco e eu acabei cedendo, meus instintos femininos de obedecer o macho foram mais altos. Abrimos a cam e vejo um pau enorme, e ele perguntando se tinha gostado e eu digo que sim, respondo eu hipnotizada e com o coraçãozinho batendo a mil super nervosa e ele percebeu isso

-Você é muito lindinha, Flavinha. Se solta mais minha menina, faça tudo que seu macho manda.

Ele foi me guiando, disse para eu desfilar para ele, me enchendo de elogios.

-Nossa, que ninfetinha deliciosa. Quero muito segurar nesse cinturinha e fazer você de menina. Ser o macho que tu precisa.

E eu aos poucos fui me soltando, dando umas reboladas como dançando funk e subindo a parte de trás do baby doll mostrando a bunda. Até que ele pede para eu abaixar a calcinha e mostrar o cuzinho para ele.

-Isso flavinha, mostra o cuzinho para mim. Que lindo, depiladinho né safada? Tá esperando uma pica pra arrombar e tirar esse cabaço.

Quando ele disse isso começo a tremer de tesao, sensação indescritível. Meu pauzinho já estava pingando dentro da calcinha. E eu respondi com a voz meiga e de tesao, até então mal havia falado só que dessa vez a fêmea em mim falou alto

-Aí meu Homem, quero muito uma pica dentro de mim, tirando meu cabaço.

E ele começou a me guiar sobre o que fazer, eu nunca tinha até então inserido nada atrás.

-Minha menina primeiro tem que lacear esse cuzinho pra receber p que você quer. Pega o líquido que sai do seu pauzinho e passa no cuzinho pra lubrificar. Insere um dedinho devagar pra se acostumar

Eu estava de frango assado em frente à câmera, nesse momento. E faço como ele manda, já estava melada então ajudou. E levo ao cuzinho, tava uma delícia nunca tinha sentido aquilo. Faço movimentos circulares massageando a entradinha que tava apertada e coloco um dedinho. Meu pauzinho deu um solavanco como se estivesse para gozar, eu estava no céu e minhas bochechas em chamas.

-Isso mesmo minha menina, agora coloca mais um para seu macho vai. Tem alguma coisa para meter nesse cuzinho?

E eu como a boa menina que sou, estava obedecendo a fio. Sentindo cada dedo e aperto do meu cuzinho. Lembro que tinha um pepino em casa, na geladeira e como estava sozinha em casa não tinha problema em sair do quarto. Fui buscar, avisei ao macho que se empolgou, afinal ele estava com uma cena linda a frente dele. Uma ninfeta virgem se deliciando.

Lembro que uma vez mexendo nas coisas de meu pai achei uma camisinha, entro no quarto dele e a pego pra encapar o pepino, afinal não queria pegar alguma coisa era o que tinha pensado. Volto para o quarto e a frente da cam. Com meu consolo improvisado, ele não era grande mas o suficiente para ser igual um penis medio. O que era gigante pra um cuzinho virgem.

-Nossa que safadinha, já achou a diversão da noite né? Vou te ensinar a preparar esse cuzinho pra um macho. Primeiro lubrifica bem o pau, chupando ele pra mim. Metendo até a garganta.

Eu estava ali totalmente entregue às ordens dele, retoquei o batom e comecei o show. Tava meio sem jeito no início, sentido o gosto do látex na boca. Mas a medida que ele ia falado começo a parecer uma putinha chupando com vontade e engasgando metendo o máximo que posso. Com ele bem lubrificado, e já com tesao no máximo digo que quero o pau na minha bundinha.

-isso minha menina, pede por pica pede. Coloca primeiro um pouquinho e vai se acostumando. Sente cada centímetro. Imagina que sou eu metendo devagar e só a cabecinha.

Confesso que não estava fácil, meu cuzinho tava resistindo e não entrando, até que eu forçando e doendo um pouco. Entrou uma parte, e eu começo um movimento involuntário de rebolar pra entrar mais e um vaivém. Tava doendo um pouco é verdade, porém tava no céu. Começo a gemer igual menina

- tá uma delicia, ain

Não sei como aquelas palavras saíram de mim, sempre fui contida. Mas naquele momento estava sendo uma putinha. Ele começa a me guiar pra trocar de posição e diz.

-senta nele, e começa a quicar. Putinha tem que saber rebolar na pica.

Até então só tinha metido comigo segurando, sentar era diferente não teria tanto controle sobre o peso do corpo. Mas fui fazer, nisso sento devagar e começo o movimento de quicar. Subir e descer, era instintivo esse frenesi. Parece que tinha nascido pra ser menina. Vejo que já estava entrando tudo e com facilidade. Até que ele começa a gozar no outro lado da cam e eu ouvindo o gemido dele começo a gozar também tinha feito um homem gozar. Logo eu tão tímida e sem jeito. E eu gozei tanto que nunca tinha visto aquilo, me lambuzei inteira.

-você gozou né safada? Agora pra terminar pega essa sua porra coloca na portinha do cuzinho e me mostra.

Fiz isso pro meu macho, empurrando para dentro e piscando. Sentindo a porra quente nele e eu de pernas bambas. Cansada. E ele desliga a cam.

Obrigada, a todos que leram até aqui. Espero que receba comentários que possam me incentivar a continuar contando minha história. Beijos.

Skype:flaviacdzinha1

E-mail: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/04/2019 21:32:23
Continua sim... Faz eu gozar outra vez

Online porn video at mobile phone


contomorenaboazoofilia os mais pegadoresdois negao cacetudo arroba a porta e amarra o cara e trepa na mulher dele na frenteContos eroticos estupraram minha mulher na minha frentecontos eiroticos leilapornmulher em pornô de cavalo e se estraga todinha sair sangue do c*Calcinha cheirosa da filhinhameu filho adora analxvideos negao emprensando a.neguinha costisa na picacontos eroticos entre jovens irmaos gemeoscontos de corno lambendo bosta do cu da esposagarota novınha do momento buceta peluda foto de sexoconto erotico provoquei meu sobrinhona cama o lençol manchado revela o fato consumado fizemos um amor gostoso transando sexo faladocarolzinha baixinha trepanosexo gay chatagiando o primoPorno contos incesto mamaes iniciam chupando as bucetinhas de suas filhinhas muito carinhoanuspornonovinhacontos eroticos de incesto comendo uma doida mentalsobrinha conto eróticominha mulher me arrombou com um pau de borrachaQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras pai vendo a filha tomando banho no banheiro e fica olhando ela nua de espinhaswww.casadoscontoseroticos/tema/por que eu te amo amarreicriola bumbum gg virgem primeiro anal com dotado gritaporno engoliu a porra e catinou mamanoa mãe estavana conziha de sainha curta e causinha braca o filho de rola grossa cabeçuda chegou enfiado no cu dela doendopornodoido meninao donzelo.fode muito com sua mae apaxonado pelo primo brutamontes 3 contos gaycontos eróticos do irmao comeu a irma depois casamentopornô brasileiro mulheres comendo outra com pipador falando putariamamando o peitinhoduro dafilhacontos eroticos peguei a maninha novinha loirinha dormindo de bruço fiz anal com alavideo de velho tarado depois de tomar unas azulzinhasvideos de porno hem arpmbando.a buceya da mulhervó que confessa que adora chupar o pau do seu netoas gordinha r***** dando o vaqueiro na Fazendalucie fodedeocontos gays o mimadoXvedeos colossoconto gay "macho entendeu"Contos eroticos meu vizinho velhoai calma tua rola ta entrando no meu cu contos erótico homempicudo cpmendo cadela no cionovinha achou que erra prachupa do negao e ser deu malrapariga lanterna cima da cama e comendo ela estrupando as mulheres que eu quero verirma e chantageadas por irmo e ele chupar aforsa seu pauxvideo negao arrombando o'cuzinho da novinha caseiro barra da tueno porno 10comendo o cuzinho com um guspinhoarmei muito bem armado e conseguir comer minha esposa junto com outro macho pauzudoxvideo de hmenvídeos de novinha com rostinho bei dengozover videos de travestis dotadas acariciando o penis dentro da roupaquero ver mulher g****** gostoso monografia g****** gostoso XVídeosbelo sexo dormindo de conchinha com a titiaconto erotico sou casada mais meu menino pirocudo que me satisfazcracuda sapecapai e vo dopando filha safada tpra poder esyrupa laXVídeos aponta apostei com meu irmãoxvvidio padrasto fasendo a enteada gosar d tesao.contos eiroticos leilapornporno.padrasto.esculacha.panteras.xxmarido gosta de ver sua. muler com outro pintudouolcomo o penis penetra o anuspai pausudo fudeno o cusinho da filhafodendocom sobrinhosgostosasgozando no sandalha cunhada pornodoidaoxvideosxvideos tchauxvideosf****** a b******** lisinha amarrada de perna aberta brasileiraautorizei minha mulher fuder com outroconfesso que esse moreno é deliciosoContos eroticoscomprando sexo da endividadairmalouca pra perdero cabaco pro irmarperdendohavirgindadecontos eroticos'brincando de esconde esconde virei putinha dos meus amigos'sobrinho comendo o cu da tia com piroca acogumeloCheiro de rola de machos de academia suado contos gaysa cadela aguenta meu pau todinho zoofilianovınha transando com ırmaoencoxando na frente de pessoas gravidas de fio dendal ser mastubanpcontos eróticos gay faculdadeloirinha magrinha sentando no pau do negao de 70 centimetrosconto eróticos voyeur vizinha dos fundospontoerotycoamante goza dentro e a puta se abaixa e dispeja na boca do cornoquero ver novinha de calcinha transparente tristinha tirando a saiaboquete da primapatricinha lindaintiada nao resitiu o.pau grandenegao.dotado.empurou.na novinha ela se encolheu.de dorcontos corno biconto gay perdi a aposta fui descabacadocasada trepando com pedreiro chiando e gemendo na picaFotonovela porno ruiva malvada Flagrei minha filha de dez anos se masturbando fiquei espantada mas espliquei a ela o que estava acontecendo e encinei a se masturbar so qiue ela quere que eu faça direto agora contoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgemulhers com roupas detigrinhasgosadasConto erotico o tarado do viagra tracou o valentãohistorias eroticas heretossexuais