As Aventuras de Luh - Meus Prazeres Anais


Click to Download this video!
Um conto erótico de Lu Putinha
Categoria: Heterossexual
Data: 14/03/2019 18:35:11
Nota 10.00

Antes de iniciar gostaria de agradecer imensamente todos os comentários e notas que tenho recebido. Muito obrigado, significa muito pra mim saber o que vocês pensam, pois como já disse não sou escritora e meus relatos que são reais e contam minha trajetória até os dias de hoje. Também peço desculpas pois não sou escritora profissional e nunca escrevi qualquer tipo de relato até hoje. Mas vamos continuando.

Depois daquela transa eu fiquei uns dois dias sentindo uma ardência no rabinho e um dorzinha leve. Mesmo assim eu tinha gozado muito e adorado minha primeira experiência com penetração. Eu como sempre fui curiosa sobre tudo e sempre adorei ler, consegui uns artigos sobre sexo anal, Nele tinham experiências de leitoras, formas de higienização e lubrificação, tudo pra deixar ainda melhor o sexo anal.

Passados uns dias, me encontro com Diney na biblioteca e ela pergunta se não quero ir pro nosso local secreto, como ele sempre se referia a capotaria de seu tio. Respondi que sim, que no meio da tarde esperaria por ele.

Cheguei mais cedo e me preparei melhor, fiz uma higienização com o chuveirinho e lubrifiquei bastante meu anelzinho. Depois coloquei um video no computador e fique me tocando e esprando por ele nua. Diney chegou e não conseguiu disfarçar o tesão ao me ver

“ Humm, já está pronta heim safadinha?!”

Em resposta só conseguir sorrir com um misto de vergonha e excitação. Ele começou a me beijar e logo senti seu pauzão duro me cutucando. Diney alternava beijo e chupadas em meus peitinhos enquanto passava a mão em minha bucetinha já molhada. Eu acariciava seu pauzão duro e não demorei a me abaixar e começar chupar aquele membro que eu conhecia tão bem. Com o tempo e a experiência, eu comecei a aprender a chupar melhor um pau. Os videos que eu assistia eram inspiradores e eu tentava fazer igual aquelas atrizes de filmes eróticos. Acho q eu conseguia me sair bem, pois meu amigo ficava cada vez mais louco com minhas chupadas.

Chupei por um tempo e de maneira bem babada como ele gostava e havia me ensinado. Então ele me pegou delicadamente pelos cabelos e foi me levantando e em seguida beijando minha boca. Diney adorava enfiar sua lingua molhada dentro de minha boca, ele de certo modo sentia tesão na saliva e acabei gostando tabém.

Em seguida ele foi descendo, lambendo minhas axilas e meus peitinhos ate chegar na minha xotinha. Ele começou me chupar me enchendo de tesão, e logo foi se preparando para enfiar os dedos em mim como sempre fazia. Quando foi colocar seus dedos ele sentiu meu buraquinho já aberto e lubrificado. Ele me olhou, deu um sorriso sacana e disse:

“Então você gostou de dar o rabinho neh minha putinha? Já está preparadinha pra levar a rola do negão!”

Eu fiquei com vergonha e devo ter ficado bem vermelha, mas não respondi nada, apenas sorri timidamente.

Diney me chupou um bom tempo me fazendo gozar e me mantendo excitadaaté que levantou minhas pernas e colocou em seus ombros. Ele pncelou seu pauzão na entrada do meu rabinho e foi enfiando. Eu ainda sentia uma certa ardência, mas aquela posição, que eu nem sabia q se chamava frango assado era melhor para receber seu pauzão.

Meu amigo ia novamente enfiando aos poucos, esperando eu me acostumar para em seguida continuar, enquanto dedilhava minha xotinha sem parar. Ele era firma, mas carinhoso, sabia fazer anal. Eu ainda sentia dor, mas o prazer era ainda maior. Não só o tesão que eu sentia, mas a posição, a cara de prazer de Diney, tudo me excitava muito.

Nesta segunda vez eu estava mais tranquila e bem mais relaxada, abria minha bundinha pro meu amigo e tentava relaxar os músculos. Então senti Diney encostar sua pélvis em mim. Olhei para ele que com um sorriso de satisfação dizia:

“Desta vez consegui colocar tudo dentro de você minha cadelinha”

Eu não conseguia responder nada, apenas gemia de tanto tesão. Diney foi estocando devagar e aumentado a velociadade a medida que sentia q eu estava curtindo. Logo ele estava bombando com força e eu gemendo alto em sua piroca.

Para ele bombar com mais força, precisou parar de mexer no meu grelinho e segurar minhas pernas no alto, então eu mesma comecei a me tocar para me manter excitada.

Me ver naquela posição, submissa a ele gemendo muito e ainda me tocando foi demais pra ele, que começou a bombar cada vez mais rápido. Eu gozei muito forte, com um misto de dor e prazer, Diney gozou logo em seguida enchendo meu cuzinho com seu leite quente e caindo ao meu lado.

Estavamos exaustos e suados, ficamos nos beijando enquanto eu acariciava o pau meia bomda do meu negão que disse:

“Não foram muitas meninas que aguentaram meu pau inteiro no rabinho. Você foi fantastica e mesmo não me dando a bucetinha é de longe a minha melhor transa”

A gente ficou se beijando por um tempo e ele perguntou se podia colocar de novo em meu rabinho. Quem faz anal sabe que geralmente durante o ato arde e dói um pouco, mas eu GOSTO dessa ardencia, dessa dorzinha gostosa do anal e estava descobrindo isso, então disse que ele podia sim colocar de novo em mim.

Diney me colocou de ladinho com as pernas levantas e utilizou seu próprio gozo como lubrificante pra meter de novo. Apesar de suados e cansados continuavamos muito excitados. Ele colocou de novo e começou a meter. Com uma mão ele apertava um de meus seios e com a outra tocava minha bucetinha echarcada me mantendo excitada. Eu gemia muito e quando virava pra trás sua lingua quente e grossa sempre invadia minha boca me deixando louca.

Ficamos nessa posição um tempo, mas realmente comçou a doer meu cuzinho e eu pedi pra ele tirar. O membro grosso de diney saiu lentamente do meu rabinho me dando um certo alivio. Como eu já tinha gozado, tratei logo de chupar aquele pau que me dava tanto prazer.

Mesmo depois dele ter metido por tanto tempo notei q não gozaria logo. Ainda chupei sua pica por um bom tempo até ele despejar seu leite em minha boquinha. Bebi tudo como sempre faço e depois dei um selinho no meu amigo finalizando nossa deliciosa transa.

Por favor, deixem seus comentários abaixo.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/03/2019 20:05:27
Continua contando mais. Dá muito tesão.
19/03/2019 13:05:49
Gostei muito parabéns ótimo conto,, se quiser contato
15/03/2019 14:56:36
Delicia de conto, minha esposa tb é bem putinha safada, confira nossas aventuras... Temos um blog para casais liberais: http://clubedosmaridoscornos.blogspot.com Remover
15/03/2019 11:54:19
Delícia de história hein, cada vez um tesão maior ler
15/03/2019 07:30:26
Delicia um cuzinho safado.
14/03/2019 20:55:35
Que sorte dele ter esse rabinho... adoro comer um...
14/03/2019 18:47:02
Luh, sensacional esse conto!

Online porn video at mobile phone


porno gey contos eroticos priminho inosentecontos eróticos o garoto do casaco vermelho Parte 15Contos eroticos gay chule do meu cunhadomulher buceta apertada chora fudendo ç negro dotadox video a intiada virge aproveit q a mae saiu e traza com padrastoa cadela aguenta meu pau todinho zoofiliaarromba meu c* que é para quando o c**** chegar em casa meu c* tá toda arrumadinha XVídeosxvideo mule vigata nacaza da amigavidios porno mae dilinhowww sexo adulto 18 anos tutorial de como trazar com cachorros roludos pau gigante. zoofilia.porno doido . com brэхросли болаconto erotico meu marido me viu dando o cu e gostou"gozou na testa do meu corno"xxxvideo .com cagando gostosoContos a empregada com fotosginicologista arebentano cabaso da novinhaminha aluna trans (conto traveco)Contos eróticos de gozada na boquinha da madameporno conto e roti padatroscontos eiroticos leilapornConto erotico sou madura e consolo lesbicacontos pornos-meu tio me comeu a forçaxvideo arrombando o cuzinho preto nao pagou o aluguel levou rola no cuconto erotico homem mais velhohomen chupano rola nacabinexvideovizinhogaycasos amad fragra irm gosand ponh casamulher bebada adorado apica do amigo e ocornoxvideos sogras de pernas abertas em frente dos genrosContos lambendo chuleconto erticos e eu os moleqes tocamos varias punhetspornodoido desmantelando a loira em cima da mesapirralho pauzudo contosSapeka xsvidioempurando o gatilho no prikito delaparovira xvidoesconto erótico o Início de Lúcia como escravaContos zoofilia d mulhers q se engataram com cachorro na posisao papai e mamaemae vadia segura as pernas da filhinha para o superdotado deflorargostosinha dos quadris largos e grandes nadegas volumosasVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jegueXvideos japinha Até deu um gritinho Quando o pau entrou novinhas.abrir.buzentaencoixo empregada safada e goza na piapai comeno afilha bricanocasada chantageada dá o cu contosconto esposa arrombadabuceta e igual biscoito Perde um e amancontos gays tio e sobrinhoa aula terminou iih eu fiquei na sala na siririca no xvideoSou a cadelinha do cão labrador contoscontos eróticos minha mulher e o inquilinocontos eroticos meu tio me comeu a forca e eu gosteicontos erotico trai meu marido com um velhocontos eroticos gordinha foi provocar macho se deu mao ele com baita dum pau socou na buceta dela ela chorava ai minha bucetinhacontos eroticos curiosavaldir.piricudocontos minha mulher toda siliconada virou p*** do dono da academiacontos casada encoxada no ônibusdez ano padastro gosa na minha bocaboa foda mastubando com coisasdiferenteMulheres espetaculares de pernas abertas lindas atrizes pornos gostosas nao acredito que estou pesquisando issobaixar XVídeos novinha não aguenta com rola grossa escreve desmaiando chorando implorando dabuceta das gostosa da novela das 9:00contovporno com fotos reletos de chifresContos eroticos seios mordedo forteporno com muito estrupo com muito pau no cu a força com muito sexo bruto.mulher dando pa o dog esitadoescondendo atrás do Paiol pornôgordinha griluda seno curiada pelo padrasto no banhovelho trado tezudo a foder na conas pelufas e tezudas cheio de esporrawwwxvideo brasileira na tora xingandocontos eróticos encoxando a crentecontos eroticos com dean winchester Nao pudia ter acontecido Contos