fazendo programa em casa


Click to Download this video!
Um conto erótico de Doug xv
Categoria: Homossexual
Data: 13/03/2019 14:44:41
Nota -
Assuntos: Sexo, Gay, Homossexual

Olá me chamo Douglas e o conto de hoje e verídico sou traveco tenho umas tetas bem fartas e vivo de programas, Sempre combinava com os caras e ia no motel ou onde eles queriam fazer o encontro, mas agora meu pai decidiu que eu ficasse em casa fazendo os programas por questão de segurança. Dai combinei com um cara no whatts app e meu pai quem recebia o meu cliente enquanto eu ficava no quarto só de calcinha a espera do cara. esse era um moreno alto, ele chegou e nos conversamos um pouco, depois ele disse dance um pouco enquanto ele tirava sua roupa, no dia estava de calcinha fio dental bem enfiada na bunda, e com as tetas aparecendo, ele logo veio e se encostou em mim, pude notar seu pau duro entrando no meu rabo, estava de pau duro, apesar de ter tetas eu não tirei meu pau eu estava gostando e rebolava pra sentir mais seu pauzão, ele disse agora quero que chupe meu pau, então comecei a cair de boca me ajoelhei e comecei a chupar, ele arregaçou a cabecinha pra mim chupar e lamber, eu fazia bem babado pude notar no seu olhar que estava gostando da minha boca, depois disse sente no meu pau quero te comer seu traveco, sentei e comecei a rebolar gostoso, rebolava e beijava ele pra tornar prazeroso pra ele ele me puxava pra chupar minhas tetas, depois ele pediu va na parede e fique empinada, agora vou entrar no seu rabo com meu pau nossa dei um grito, mas depois fui me acostumando meu pau estava tao duro que cheguei a gozar de ele estar fundo no9 meu rabo eu gemia e dizia sou sua mete mais forte, me come estou aqui pra isso vai, ate que ele disse ajoelhe e gozou na minha cara. depois ele disse vamo outra vou pagar dobrado, eu disse vamo, então chupa vai me ajoelhei de novo e comecei a lamber sua porra primeiro, depois a chupar sua cabecinha e babar em seu pau ele disse você e muito boa, eu disse muito obrigada, continuei o boquete, depois ele disse fique de quatro, ele então começou a meter e comer meu cu com forca e disse que ia finalizar no meu cu dessa vez, eu rebolava e gritava de prazer e gemia, e dizia come e goze no meu rabo, ele metia cada vez com mais força e eu gemia até que ele gozou, enchendo meu rabo de poorra.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


meu ex ele nao mim beijava mindava so um selinho e ele fazia sexo ne mim quando ele queriaXVídeos pai magrelo lavando o pênis filha observa muito tesãochuva marrom contosvideo do sogro comeu a nora depois do casamento ela esta tamando banho ela pensou que era o maridoContos eroticos casada despedida solteirasexo na sala fria comendo ela depois de tirar o fio dental boa fodacom bumbum mais bate com bumbum mais burro tem as loira morena branquinha e a ruiva a loira morena branquinha e a ruiva bate com a bunda pula pulaXvideos as panteras ligou pro marido pra falar q ia dar pra outrocontos eróticos amadores traiçãohappy love casa dos contos paradigmas de uma paixaocontos eiroticos leilapornvideo de prono doido com loiiraasxvideio vellhos safadocontos eróticos fui visitarminha madrasta novinha e comi elaxvideos de puto corneteira caseiraesposa sendo enrrabada por dois garçons no banheiro da churrascariaconto erotico patricinha estupradaquero ver video da a mulher memesia a buceta o cucontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putairma urologista contoscontos eiroticos leilaporncontos de sexo com meu pai metiii vaii issoflagras escolas picanteprica cavalaguspio no cu atoxoCONTODE INCESTONU CUeu juro que meu sogro me fudeucantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgemcontos eroticos comi a filha da minha inquilinavideo porno com homens grislhos transando com outros madurosvidios porno d braziliras no concuso quem cosegi beber mais pora porno doidocontos eroticos bucetinha apertadaler contos eroticos de padres reaisfungando no cangote putariabrasileirabaiano chupando clitori e falando besteirasxvideos gordinha bem feitinhatia mo gostosa e sobrinho tia fica lavando.loçae sobrinho so.querendo fazer sexo.e.rla nem da bola porno mineiroxvıdeos porno novınhas do paeele a enrabala e ela a cagar.se pornovideo encinandOo pula de cabeça nu riuperuas ricas viuvas safadasX porno ceducindo vidraseiroFodendo com meu amigo Astrogildo contos eiroticos leilaporncontos porno com padre gaycontos eroticos homem com roupa femininaxisvido tia sobria dorminoPAU SO NAS CUNHADAS COCOTINHAS GRITANDOvídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhocontos eroticos de maridos vendo a esposa fuder com outrominha filhinha na punheta contoscontos eroticos de esconde escondeprica cavalacontos eroticos su muiro pausudo minha esposa esta com a boceta froxaistoria da netinha qui o banhava lavando su cuCotoerotico de pulisiao trasa com presa video amador priminha novinhalinda do peitao dormiu com primo ese asutou com ele batendo punheta e chupouBrasileira recatada dando o cu de vestidinho é gemendo me fode calcinha vermelhalargandoo cu com um pepino grosso pornodoidonovinha branqinha que nem papel do bucetaocontos eróticos adoro foder com um pirocãoguia de como fuder cadelasbuceta roza de causiha epena prasimaloiraagostosasxvido molhe fije kuem tar dorminonovinha de biquine fazedo sexo de ladinho colado bem devagarinho no cuzinhocontos eiroticos leilapornxvideo nao aguentou o cavalo da pica gigante e tentou correr mais ficou encurraladaconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaeapaixonado pelo hetero cap 4so bucetao ebelas chupadas emuitas punhetasestupro esposa contos eroticosvídeo pornô uma atividade Bonde da três sobrinhos até f****contoerotico com mulher casada e negrogarotas punhetando incesto onlineduas lebiaca se beijando devangarQERO VER APAOLA OLIVEIRA FUDENDO COM APICA TUDINHO NA BUCETAcontos porno padre gayvai nacasa do amigo e ve airma doamigo sex na salacomendo o cu da enteada ela nao cobtmarido embebeda a esposaconto casada pinto itu cornoXVídeos menina novinha g****** a gozadomais maior do mundonovinha branqinha que nem papel do bucetao