Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Minha mulher me emprestou para a amiga

Um conto erótico de Joca
Categoria: Heterossexual
Data: 05/12/2018 19:16:21
Última revisão: 06/12/2018 16:08:58
Nota 10.00

Me emprestou para a amiga.

Cheguei em casa um pouco mais cedo, ainda com dia claro e ao abrir a porta do apartamento já ouvi risadas femininas vindo da cozinha.

Entrei na cozinha e minha esposa e sua melhor amiga, Simone, também corretora de imóveis estavam conversando na cozinha com taças de vinho na mão.

- Oi amor que bom que você chegou!!! E minha esposa veio me beijar apaixonadamente.

Esse tipo de manifestação era coisa nova, pois antes era um beijinho recatado.

Minha esposa estava um arraso numa saia lápis, preta que ressaltava seu bumbum avantajado, e uma camisa de crepe branca transparente na medida certa, com um corpete tipo espartilho também branco por baixo.

Deixei minha mão repousar naquela bunda deliciosa e cumprimentei a Simone com um beijinho no rosto.

Imaginem uma mulata de 1.80 de altura, com tudo proporcional, bundão, peitão, coxão e dois desconcertantes olhos verdes para completar, e vocês terão a imagem da melhor amiga da minha esposa.

Usava uma saia de malha comprida em estampa animal, uma regata branca que deixava transparecer as alças de um sutiã também em estampa animal.

As duas já tinham se livrado dos sapatos.

Percebi que as duas já estavam na segunda garrafa de vinho.

- Estamos comemorando uma venda que a gente conseguiu fechar!!! Explicou minha esposa.

Obaaaa! Pensei, hoje vai ter trepada, pois sempre que ela fecha um negócio fica superexcitada.

- Que legal, Parabéns!!! Parabenizei dando outro beijo na minha esposa, e outro beijinho na amiga.

Fui até a geladeira e peguei uma cerveja e brindamos os três.

- O comprador assinava qualquer coisa que a sua mulher pedisse para ele assinar!!! Kkkkk. Provocou a amiga.

- Ai para com isso Simone!!! Falou minha esposa, envergonhada.

- É sério, o cara estava babando nela Joca, e ela ainda me pega e primeiro se estica toda para pegar um modelo de contrato, dando uma bela empinada nesse bundão!!!

- Nem percebi isso!!!

- Tá, o cara arregalou os olhos e cravou os olhos na bunda dela Joca, e depois ainda a safadinha da sua esposa se inclinava com a camisa aberta para pegar a assinatura dele!!! Ele nem prestava atenção no que estava assinando, só ficava de olho no decote kkkkkk.

- Estava com os mesmos dois botões abertos de sempre sua vaca, e você não fez nada né santinha do pau oco? Ralhou minha esposa. – O rapaz, médico, jovem bonitão, recém divorciado deixou cair um pouco de café na roupa, e essa sem vergonha ficou alisando a coxa dele dizendo que estava “limpando”! E depois a safada sou eu.

- Eu tive que apelar né? Ele não tirava os olhos de você!!!

Rimos os três.

- Aliás essa mulher voltou muito diferente desse fim de ano... Falou a amiga.

- É mesmo? Provoquei.

- Pois é, usando roupas sexy, dominando os homens da imobiliária, deixando todos arrastando asa pra ela...

- Deixa de ser boba eu continuo a mesma!!! Rebateu minha esposa.

- Tá bom, olha só esse top, parece saido de uma sex shop!!! Ela nunca usou algo assim antes!!!

Minha esposa estava vermelha de vergonha, e sua amiga se deliciando com o embaraço dela até que caiu na gargalhada.

- Pode para com o teatrinho Selma!!! Joca ela já me contou o que rolou.

Minha esposa ficou pálida, e eu olhei para ela levantando uma sobrancelha curioso.

- Ela já me falou que você inaugurou tanto a boquinha quanto a bundinha dela!!! Kkkkkk

- Sua palhaça!!!!

Sorri entendendo que minha esposa tinha contado só metade da história, mas mesmo assim me surpreendi de ela ter contado, e brinquei:

- Depois é homem que fica contando essas coisas!!!

- Fiquei chocada!!! Continuou a carga a amiga. – A santinha da imobiliária, que tinha gente que até pensava que era crente... Volta de um fim de ano totalmente mudada.

- Tá preocupada em perder o lugar de vadia da firma é? Brincou minha esposa.

Minha esposa contava que sua amiga sempre usava e abusava de sua sensualidade.

O que era verdade, pois eu mesmo já tinha dedicado algumas belas punhetas à amiga gostosa da minha esposa, afinal quem nunca?

Mas mesmo tendo terminado um casamento por ter começado um caso com outro homem durante esse casamento, uma vez separada se casou com o amante.

E minha esposa jamais falou nada de que ela pulasse a cerca, muito pelo contrário, contava as aventuras dela com o atual marido.

Ela se fantasiava de odalisca, japonesa e o pau comia literalmente kkk.

- Lógico!!! Continuou a amiga provocando. – Você me ultrapassou em sacanagem!!! Boquete eu faço desde os quinze anos kkkk, mas continuo virgem na bundinha!!!

- Bundinha? Esse bundão??? Riu minha esposa, mas ainda constrangida. – Fala sério!!!

- E só pra constar Simone... Resolvi entrar na conversa. - Não só experimentou, mas na verdade gostou da coisa, e está se tornando uma expert!!! Provoquei também.

- Viu!!! Quem é a vadia agora kkkkkk.

Minha esposa parecia querer se enfiar num buraco.

Mas uma certa empáfia da amiga como se ela fosse a rainha da cocada e minha esposa uma capiau sem graça estava me incomodando.

- Como você conseguiu essa façanha? Perguntou a amiga com uma cara de sacana, embebedou ela, pegou a força? Porque se fosse depender dela!!!!.

Foi a gota d’água naquela atitude. - Usei o sentimento de culpa a meu favor, pois peguei ela levando de quatro de um primo bem dotado no sofá da casa dele!!! Joguei no ventilador.

Minha esposa fez uma cara de completo pavor, enquanto a amiga praticamente engasgou cuspindo o vinho.

- Amor!!!!

- Como assim? Perguntou a amiga chocada.

Puxei minha esposa para mim, dei um beijo nela e falei:

- Foi isso mesmo, cheguei na casa do primo e vi ela de quatro aguentando o primo pé de mesa mandando ver com gosto nela.

- E o que você fez? Perguntou a amiga visivelmente excitada com a história, e já meio altinha do vinho.

- Bom, primeiro eu curti a cena tocando uma bela bronha!!!

- Você ficou vendo a gente transar? Perguntou minha esposa olhando para mim espantada.

- Como não ficar? A cena era excitante e linda demais, uma puta gostosa de quatro, rebolando gostoso numa vara enorme... Curti muito aquela punheta!!!

- Mas a puta gostosa era sua esposa!!! Provocou a amiga.

- E daí? Só deixou a coisa mais excitante ainda. Chifre é que nem dentadura... Dói mas acostuma kkkkkk.

Rimos muito.

- Mas e aí? Voltou a amiga a carga. – E depois?

- Quando já tinha aproveitado bastante entrei na sala... E partimos para um ménage!!!

A cara da amiga caiu de vez. - Para tudo!!! Ela traiu você com um bem dotado, você deu uma de voyeur, e depois ainda partiram para um ménage...

- Onde a minha esposinha poderosa pagou boquete para os dois... enquanto dava para um chupava o outro, deu a bundinha para mim enquanto tentava colocar a vara do primo toda na boca... e ainda terminou num banho duplo de porra!!! Completei.

Minha esposa já se esfregava em mim tendo abandonado a cara de pânico, para uma cara de safada ante a perplexidade da amiga, e eu aproveitei para descaradamente apalpar seu bumbum.

A amiga não só secou sua própria taça, como secou o restinho da garrafa no gargalo.

- Tô passada... Seus tarados!!! E voltamos todos a cair na risada.

- Amiga, não sabia que você era tão safada!!!

- Nem eu pra falar a verdade amiga, foi tudo acontecendo, e eu fui acompanhando a onda, quando fui ver estava com um pau no rabo e outro na boca!!!

- Essa não é a minha amiga... o que você fez com ela???

- Comi!!! E voltamos s rir.

- Nossa!!! Preciso de mais vinho amiga!!! Falou a mulata, e sem cerimônia abriu a geladeira para pegar outra garrafa.

Acho que até para disfarçar a excitação que seus seios deixavam transparecer.

E ao pegar a garrafa ela se inclinou um pouco.

E ao fazer isso a saia colou em seu bumbum, de boas proporções, revelando a marca de uma calcinha fio dental.

Tanto eu como minha esposa apreciamos aquela bunda linda com um olhar cumplice.

Como tinhamos liberdade um com outro, tanto que ela falava na minha cara que eu tinha cara de tarado, falei:

- O grande mistério foi como uma bunda dessas continua intacta!!!!

- Como um bunda dessas numa vadia como você continua intacta, isso sim!!! Completou minha esposa indo passar uma água nas taças e pegar o saca-rolha.

- Ela não é exatamente intacta... Já tentei várias vezes. Disse ela vindo com uma garrafa de vinho em uma mão e outra de cerveja para mim na outra – Mas na hora h, sempre amarelei... Falou enquanto me passava a garrafa de vinho para que eu abrisse, enquanto ela abria minha cerveja.

- Doeu? Perguntou minha esposa, trazendo as taças.

- Nem sei se doeu tanto... falou ela me dando um selinho, coisa normal entre nós, enquanto eu enchia a taça dela. – Só sei que travei!!! Só gritava tira, tira, tira kkkk.

Ao encher a taça de minha esposa, tive uma impressão de ter visto em seus olhos um brilho de malícia, que aumentou quando sua amiga dando de ombros falou:

- Acho que não era o cara certo! Até porquê meus dois maridos, tanto o anterior quanto o atual me falaram que nunca comeram um cuzinho!!!

Eita carinhas mentirosos sô kkkkkk!

- E se eu te emprestasse meu maridinho para inaugurar essa bundinha? Perguntou minha esposa com aquela carinha de safada entre em gole e outro de vinho, olhando nos olhos da amiga.

Aquela mulata monumental deu uma gargalhada, pegou meu braço, e dando uma voltinha se envolveu nele, o segurando em sua cintura, como seu braço por cima do meu, e encostando aquela bunda no meu colo.

- Olha que eu aceito hein amiga, tava mesmo pensando em dar a bunda de presente de aniversário para o meu marido kkkkk, e seria bom fazer um test drive para não dar piti na hora H né? Falou permanecendo em meus braços, mesmo não tendo jeito de ela não sentir minha ereção, ainda mais eu de calça social e ela com aquela saia fina.

- Posso te garantir que ele faz direitinho!!! Incentivou minha esposa, claramente excitada esfregando uma coxa na outra. – Eu viciei na coisa!!!

- Hummmmm, faz gostosinho mesmo Joca? Perguntou ela, com aquela voz grave, toda manhosa me provocando, e a ereção que ela mantinha viva subindo e descendo quase imperceptivelmente seu bumbum, deu um salto de vez, se encaixando no seu rego enfiando sua saia nele.

Pela primeira vez ela deu um gritinho tentando fugir, mas eu a mantive no abraço, mesmo porque ela não fez tanta questão assim de fugir, e coloquei minha cerveja no balcão, e segurei sua coxa com a mão sussurrando, em seu ouvido:

- Experimenta pra ver!!! E passei a beijar seu pescoço e ombro.

- Aiiiiiiiii miga, acho que seu maridinho tá muito animadinho!!! Levando sua outra mão até meus cabelos.

- Animadinho? Falou minha esposa já descaradamente acariciando suas coxas. – Se eu o conheço bem ele já deve estar engatadinho no seu bumbum!

Meus dedos já tinham se insinuado por dentro tanto da blusinha, quanto de sua saia arrepiando sua pele, ao mesmo tempo que continuava atacando seu pescoçinho, ombros e nuca.

- Hummmmmmm Paraaaaaaaa Jocaaaaa! O Rui tá viajando faz uma semana e eu tô subindo pelas paredes!!!!

- Ahhhhh como diria Oscar Wilde... Falei para em seguida rosnar em seu ouvido. – Não existe pior perversão do que a abstinência!!!

- Assim eu não aguento!!! Explodiu ela. – Desculpa amiga.

E se virando passou a me beijar loucamente, nem ligando para minha esposa.

E nem eu, pois passei a bolinar sua bunda e apertar suas costas numa deliciosa guerra de línguas e lábios.

Como nós não dávamos mostras de querer parar com o amasso, minha esposa que brincava com o bico de seu seio falou:

- Porque vocês não vão logo para o quarto???

Então paramos de nos beijar e começamos a rir quando puxei minha esposa pra junto de nós, mantendo uma mão na bunda da amiga e outra na de minha esposa e beijei a última com tesão, dessa vez com a amiga olhando com cara de tarada, e quando parei, falei:

- Porque nós não vamos para o quarto?

As duas se olharam, morderam o lábio com cara de safadas, e disseram quase juntas: - Ok!!!

Só que o que veio em seguida, eu até tinha sonhado... Mas não acreditava que fosse acontecer.

Minha esposa puxou o rosto da amiga e tascou um beijo na boca dela.

A amiga fez uma cara de susto a princípio, mas logo passou a corresponder ao beijo.

Foi a vez de meu queixo cair com o amasso das duas... Minha ereção quase rasgou a calça, pois além do que, eu sentia as duas bucetinhas fervendo contra mim.

Quando as duas finalmente pararam de se beijar, a amiga soltou um. – Nossa!!!!

- Vamos? Perguntei.

Minha esposa pegou a garrafa de vinho, deu um gole, e passou para a amiga, falando vamos, e a amiga repetiu o gesto e também falou vamos.

Fomos para o quarto eu com a mão na bunda de cada uma e alternado beijos, mordidas e apertões entre uma e outra.

Mal entramos no quarto e a pegação foi, geral, todo mundo se beijava, se acariciava.

Enquanto minha esposa e amiga voltaram a se beijar, aproveitei para arrancar a saia da amiga e minha esposa arrancou sua blusinha a deixando somente de calcinha fio dental e sutiã, todos em animal print.

Que corpaço maravilhoso!!! Após mais uns beijos, as duas me atacaram me deixando só de cueca, sendo que a safada da amiga chegou a abocanhar meu pau mesmo por cima da cueca, que foi a única peça que ficou.

- Sempre tive tesão nesse gordinho gostoso! Falava a amiga acariciando minhas coxas me provocando.

Mais uns amassos e gole de vinho e atacamos minha esposa sendo que enquanto eu me livrava da camisa a amiga se ajoelhou por trás dela e tirou a saia dela com direito a mordida no bumbum e tudo.

Os três só de roupa intima, as duas se olharam, e como se combinassem, resolveram me atacar.

Enquanto minha esposa me beijava a amiga se ajoelhou e tirando o meu pau pra fora da cueca falou:

- Hummmm acho que eu aguento esse pau gostoso na minha bunda!!! E passou a me chupar.

E ela dominava a arte.

Deixou ele em ponto de bala, e ver o cassete ser devorado por aqueles lábios carnudos e a sensação deles no meu pau era demais.

Então elas trocaram de lugar, minha esposa se ajoelhou e começou a pagar um boquete.

Já a amiga se livrou do sutiã e praticamente enfiou no meu rosto, os peitos que eu várias vezes havia cobiçado nos decotes e biquínis.

E enquanto chupava seus seios coloquei uma mão na cabeça da minha esposa e comecei a foder sua boquinha.

Até que as duas se ajoelharam lado a lado e passaram a alternar entre um beijo entre elas e chupadas no meu pau.

Cara que sensação incrível e que visão tesuda do caralho.

Então antes que eu enchesse a boquinha da minha esposa falei para a amiga:

- Agora eu quero você gostosa!!!

Levantei-a com a mão em seu pescoço e a beijei, e a arrancando do chão a levei até a cama.

Ela pareceu ficar mais excitada com o fato de eu a pegar no colo e a carregar para a cama, acho que por seu marido ser mais baixo e franzino.

Tanto que ela foi me beijando no trajeto até a cama loucamente.

A joguei na cama e ela ria gostosamente, e abrindo as pernas, chamou:

- Vem gostoso!!!

E eu fui.

Já cai direto de boca beijando sua boceta ainda por cima da calcinha.

Ela já começou a gemer e eu mordendo as partes internas das coxas dela e fui puxando sua calcinha, quando ela rindo segurou a calcinha e falou:

- Amiga última chance!!! Seu maridinho safado tá tirando minha calcinha, você vai deixar mesmo?

Minha esposa que estava olhando a cena ajoelhada no chão com a mão dentro da calcinha, se levantou.

- Não vou deixar não!!! E deu um tapinha na mão da amiga e as segurando as levou para cima. – Eu vou é ajudar!!! E voltou a beijar a amiga.

Eu então puxei a calcinha ao longo daquelas pernas longas e grossas, para depois voltar beijando, arranhando e mordendo até chegar a uma buceta totalmente depilada.

- Hummmm que delícia, totalmente peladinha!!!

- Sério? Falou a minha esposa passando a mão na buceta da amiga que gemeu alto. – Você é uma vadia mesmo. E voltou a beijá-la e bolinar seus seios.

Eu por minha vez comecei a chupar aquela bucetinha lisinha que já estava toda meladinha.

A amiga agarrou o meu cabelo com uma mão e com a outra o cabelo da minha esposa, praticamente violentando a boquinha dela com sua língua num beijo vigoroso.

Enquanto isso eu também com a mão esfregava a rachinha da minha esposa por cima da calcinha, fazendo ela rebolar no meu toque.

Até que a amiga arqueou o corpo e estremecendo gozou gostoso.

Após o orgasmo, minha esposa conseguiu se livrar do beijo da amiga, com cara de safada sentenciou.

- Acho que a putinha já está bem relaxada amor! Tá na hora!!!

E foi até o criado mudo onde pegou o tubinho de gel e me entregou, e ficou olhando o que eu ia fazer alisando as coxas da amiga.

Peguei o tubinho lambuzei bem o dedo médio e espalhei com ele o gel no anelzinho dela, que já estava encharcado com o melzinho que escorrera da buceta.

E nem precisei espalhar muito e o anelzinho se abriu e meu dedo mergulhou nele.

- Ahhhhhhh vocês querem mesmo comer me cuzinho, né? Soltou a amiga, enquanto eu comecei a movimentar o dedo pra frente e pra trás.

Minha esposa a beijou de novo e falou. – Nós não queremos, nós vamos!!! E dessa vez foi minha esposa que violentou a boca da amiga com a língua.

Eu me aproveitei, e sem tirar o dedo do rabinho dela, me levantei, lambuzei o cassete e levei a mãozinha de minha esposa para espalhar o gel na minha pica, o que ela fez prontamente.

Quando tirei o dedo do rabinho e passei a massagear o anelzinho marrom com a cabeça do pau, minha esposa parou com o beijo, pois queria ver a defloração do rabinho da amiga.

E ela chegou bem a tempo de ver os músculos cederem e a glande mergulhar nas entranhas da amiga que soltou um ahhhhhh estrangulado.

Sabe aquela história de por só a cabecinha? Pois é, não teve nada disso, segurei firme em suas coxas e segui empurrando até estar todo no rabo dela.

- Ai, ui, para!!! Espera Joca, tá doendo!!! Gemia a amiga, e eu permaneci ali, curtindo aquele aperto no meu pau.

Muito embora ela não parasse com os gemidos e protestos, em momento algum pediu para tirar.

E por isso mesmo minha esposa se posicionou de joelhos depois da cabeça da amiga e puxou os braços dela para cima e prendeu eles embaixo de suas pernas, e com um olhar que chegou a me assustar, falou bem lentamente.

- Agora!!! Fode o cuzinho dela gostoso!

A amiga chegou a arregalar os olhos verdes mas não teve tempo de reagir, pois mantendo suas coxas seguras, tirei o pau até só ficar a cabecinha pra dentro, e voltei a socá-lo lenta mas firmemente novamente até o talo.

A mulata se contorceu e chegou a sair lágrima de seus olhos, mas o gemido foi de puro tesão.

Então a segurei por seus tornozelos e passei a comer seu cuzinho, agora não mais intocado.

E como ela era escandalosa, gritava, girava o tronco de um lado para o outro, nos xingava, mas literalmente não tirava o cu da reta.

Em pouco tempo ela já estava fazendo movimentos circulares rebolando na minha vara.

- Ai amiga que maridinho que come um cuzinho gostoso você tem!!! Acho que também vou viciar nisso!!!

Minha esposa que mantinha as mãos da amiga imobilizadas com as pernas e já tinha enfiado a sua dentro da calcinha, voltou a beijar a amiga.

- Sabia que você ia gostar sua safadona!!!

Como a mulata já tinha gostado de levar na bunda, resolvi apimentar ainda mais a transa.

- Fica de quatro gostosa! Falei tirando o pau de dentro dela.

Minha esposa parece que gostou da ideia, pois não só liberou as mãos da amiga, como puxou um travesseiro para a amiga colocar embaixo da barriga.

E a amiga assim fez, empinando aquela bela bunda olhando para mim:

- Vem Joca, come minha bunda seu puto!!!

- Quem vai comer sua bunda e sua amiga!!!

As duas me olharam sem entender, então eu me posicionei atrás da mulata e puxei minha esposa para trás de mim, até que ela também de joelhos me encoxasse.

Aí ela entendeu a brincadeira, e passou seus braços por meu corpo e enquanto eu mantinha a bunda da amiga imobilizada segurando sua cintura, minha esposa pegou meu pau e direcionou para o rabinho da amiga.

E foi impiedosa também, pois assim que sentiu que a cabecinha entrou, pressionou sua pélvis com tudo contra minha bunda, enterrando meu cassete no rabinho da amiga de uma só vez que soltou:

- Aiiiiiii sua putinha!

- Deixa de doce vadia, eu sei que você gosta!!! Falou minha esposa segurando a cintura da amiga e com o rosto em minhas costas, passou a comandar os movimentos de vai e vem.

Em pouco tempo a escandalosa recomeçou com seu show.

Eu então fiz um sinal para minha esposa e peguei a mulata pelo cabelo e virei sua cabeça, e ambas viram no espelho da porta do guarda roupa a imagem sexy para cassete de nosso trenzinho louco.

As duas enlouqueceram de vez, e passaram a me esmagar entre elas.

Mas eu queria é mais, então enfiei a mão esquerda entre mim e minha esposa e passei a tocar seu grelinho e com a direita passei a acariciar o grelinho da amiga.

A posição não era muito confortável para mim, pois ficava meio torcido no tronco, mas o efeito que causou nelas compensou qualquer desconforto.

As duas piraram e sincronizaram seus movimentos batendo juntas a virilha na minha bunda e a bunda na minha virilha, passaram a delirar.

- Vai amiga, me come gostoso sua safada!!!

- Goza pelo cu minha putinha, goza que eu sei que você tá gostando!!!

Eu tinha virado um consolo humano kkkkkkk!!!! Que delícia!!!!

Até que minha esposa começou a morder minhas costas e tremendo gozou demoradamente caindo de lado depois.

Então me concentrei na amiga, pois senti sua mão substituir a minha se tocando e ela se curvar mais ainda abraçando o travesseiro.

Fiquei apoiado em um joelho e com a outra perna dobrada, e acelerei o vai e vem com as duas mãos na cintura da amiga.

A gemeção dela disparou: - Isso Joca, aiiiiiiii, deixa meu rabinho bem arrombadinho deixa, uiiiiiiii, puta que pariu, vou gozar pelo cuuuuuuuuu ahhhhhhhhhhhh.

E foi a vez dela primeiro se inclinar para trás para me beijar, e logo em seguida desabar na cama.

Minha esposa que já tinha se recuperado do seu orgasmo então me beijou e me jogou deitado na cama.

Pegou o tubinho de lubrificante e deu uma lambuzada no meu pau e se posicionando introduziu meu cassete em seu cuzinho falando para a amiga:

- Não falei que era bom demais???

E começou a subir e descer no meu cassete.

- Nossa amiga, acho que vou dormir de bruços... Mas acho que vou ter que me acostumar, você me empresta seu marido de vez em quando?

- Vou pensar no assunto!!! Sorriu minha esposa enquanto cavalgava meu cassete como ela gostava.

Passada a lassidão do orgasmo da amiga, esta primeiro passou a se tocar observando a gente trepar.

E depois ela se levantou e se posicionou atrás da minha esposa e falou:

- Também quero comer minha amiga gostosa!!! Vamos fazer um troca troca kkkkkk.

E agarrou a cintura da minha esposa que estava inclinada sobre mim, a encoxou forte, e começou a controlar os movimentos dela ao engolir e sair com seu rabinho do meu pau.

Minha esposa abriu um sorriso e começou a acompanhar o rebolado da amiga.

E a amiga gostou da brincadeira pois enrolou sua mão no cabelo de minha esposa e a puxou contra si e já agarrando um seio da minha esposa e falando no ouvido.

- Agora eu sei porquê eles gostam de nos pegar por trás! Tô me sentindo poderosa enrabando você amiga.

E minha esposa que não mais aceitava ser passiva, me imitou e enfiou sua mão entre ela e amiga dizendo:

- Tô vendo sua putinha!!! Sua buceta tá babando de tesão!!!

A amiga gemeu e também levou sua mão que segurava o cabelo da minha esposa até a buceta de minha esposa numa masturbação conjunta.

-E você também está adorando...

Minha esposa colocou sua outra mão sobre a da amiga que estava e seu seio aumentando a pressão nele.

E eu virei novamente um consolo humano, com as duas fêmeas rebolando na minha vara se beijando e numa gemeção danada de boa.

Tanto que eu coloquei minhas duas mãos atrás da cabeça e fiquei curtindo o rebolado delas, pareciam duas dançarinas numa pole dance.

Então as duas aumentaram o tom dos gemidos e quase simultaneamente gozaram escandalosamente.

Ai foi minha vez de segurar a cintura das duas e mantendo as duas imóveis, passei a estocar rápido no rabinho de minha esposa.

E ao som de: ai, ai, ui, ai... de minha esposa gozei em seu reto mas dei uma travada no meio do esporro, sai de dentro de minha esposa e puxando as duas para frente, voltei a penetrar o rabinho da amiga e com mais um: Aiiiiiiiiiiiii!!!!!!! Dei umas últimas duas golfadas em seu reto também.

Caíram uma para cada lado com um sorriso no rosto.

Ficamos os três nos recuperando, rindo como bobos.

- Puta que pariu, que casal de safados gostosos são vocês!!!!!

- Você não fica atrás putinha!!! Falou minha esposa e se beijaram por cima de mim, e depois cada uma se aninhou em um de meus braços.

Então começamos a conversar sobre sacanagens, e sobre o presente que o Rui, marido dela ia receber.

- Hummmmm já estou até imaginando!!! O Rui entra no quarto e se depara com esse mulherão deitado na cama, de bruços, com um fio dental, branco ou amarelo para contrastar com essa pele chocolate, de pernas abertas e com um vidrinho de lubrificante entre as pernas!!!! Kkkkkkk. Falou minha esposa dando um tapinha na bunda da amiga

- Adooooorei a ideia amiga!!! Acho que ele vai pirar o cabeção!!!! Kkkkk

- E a cabecinha!!!! Completei. – Agora eu quero saber uma coisa, essa pegação entre vocês rola sempre na imobiliária?

- Foi a primeira vez que beijei outra mulher!!! Falou minha esposa com ar tímido.

- E que beijo!!! Eu já tinha beijado umas amigas na faculdade, mas transar com outra mulher assim... nem tinha pensado!!! Falou a amiga.

- Tenho que confessar que eu já tinha fantasiado... mas não sabia se teria coragem!!!

Continuamos conversando até minha esposa nos puxar pelos braços, vamos tomar um banho e sair pra comemorar!!!

E fomos os três tomar banho juntos, e por óbvio a pegação geral recomeçou em alto grau.

Seis mãos, três bocas, corpos e sexos se procurando mutua e indiscriminadamente.

Minha esposa resolveu sair primeiro e sua amiga suplicou:

- Amiga posso tirar mais uma casquinha do seu maridinho???

- Fica a vontade, afinal você é visita amiga!!!

Minha esposa mal acabou de falar e a mulata já estava de joelhos pagando um boquete...

- Minha boceta está pegando fogo Joca, quero você nela!!!

Eu a puxei pelo rosto, e enquanto a beijava levantei sua perna, e a penetrei em sua bocetinha vendo um sorriso gostoso.

E realmente ela estava muito quente e úmida e comecei os movimentos com ela se pendurando em meu pescoço e me beijando para abafar os gemidos.

E os gemidos foram aumentando e ela aumentando o aperto em meu pescoço e o ritmo de seus movimentos de quadris também.

Até que já não tinha mais movimento de nossos quadris que não fosse o acelerado para frente e para atrás ao som de sua voz rouca:

- Vai Joca, vai Joca, vai Joca, vaaaaaiiiiiii Jooooooocaaaaaaaahhhh! E gozou novamente, enquanto eu tirava o pênis ejaculando em sua barriguinha.

Nos beijamos, terminamos o banho e eu saí primeiro.

Encontrei com minha esposa no quarto, terminando de secar o cabelo, e ela estava um arraso numa lingerie preta de renda, o que queria dizer que iria rolar um segundo tempo depois do jantar.

A abracei por trás e perguntei:

- Tudo bem com você?

- Tudo muito bem... Mas estou ficando assustada comigo mesma.

- Assustada?

- É... O jeito como ataquei o moleque na oficina... O que rolou com a Simone...

- Amor, isto se chama descoberta, você foi reprimida a vida toda, e agora está descobrindo o quão poderosa você é... Curta o momento!!!!

- Você realmente está gostando dessa nova eu?

- Eu gosto de você, seja a anterior seja essa de hoje... Mas tenho que admitir que a de hoje é muito menos monótona kkkkkk.

- Seu tarado!!! Riu ela se virando e me beijando. – Mas tenho que te confessar uma coisa. Falou olhando nos meus olhos. – Ver você com a Simone me deu um ciúmes danado... Mas também me deu um tesão da porra. Dando vazão a seu sotaque quase perdido. E nos beijamos com intensidade.

- Será que vou ter que jogar água fria nos dois??? Brincou a amiga da minha esposa enrolada na toalha.

- Olha quem fala safada, pensa que não ouvi vocês no chuveiro não? Acho que você tá viciando é no meu maridinho sua vadiazinha.

- Quem mandou emprestar o marido... Eu uso e abuso kkkkk.

Eu sai do quarto só de cueca pra mandar uma mensagem para minha enteada que íamos sair para comemorar, se ela queria ir junto, pois as duas se arrumando ia demorar um pouco.

E ficava só imaginando o que viria a seguir...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/12/2018 10:47:52
Excelente, de tirar o folego
07/12/2018 11:59:37
Cara, que conto bem escrito. Dava pra imaginar tanto que parecia que eu estava ali junto. Parabéns. Super excitante
07/12/2018 00:23:33
Muito bom, altamente excitante
06/12/2018 20:03:07
Sensacional do início ao fim.
06/12/2018 18:08:27
Muito bons seus contos hein? Parabéns!! Abs
06/12/2018 15:25:26
Pois é quando todos querem o casal se entende e são liberais da nisso morrer de prazer.
06/12/2018 00:57:15
Muito bom, estou agradecido pelo conto super exitante!
06/12/2018 00:15:12
Que maravilha! Excelente trabalho




Online porn video at mobile phone


comtos.eroticos minha mulher na.praiaxvideo de hmencontos eróticos as amiguinhaschupando ate engasga tiaxvideos nynynha mae foi na missa e ilha toco siririca pornôcoroa gostosa exibindo os seios na blusa transparente ate ser fodidaE aí irmão como é que você tá lindinho da sua calcinha para mimAbuaando da tia com sono profundo roncandoxvideos com . sexy porno ju safada adora provoncar mulher safadazoofilia os mais pegadoresmãe põe cinto de castidade no filho irmã ri porno doidoPorno cachorros no cio engatadohome filma mulhe no oinibomariliatentou da o cu xvideospai do pau cabesudo atlando na buceta da filhaQuero assistir filme pornô mulher sendo arrombada pela uma muda de limãocontos cnn gay comi o flavinhodeixei meu irmão mim quem Fiji que estava dormindo x videsnossa to preocupado comeu a mulher do meu amigo e ela ingravidou vidio pornopresidiarios na felisidade um putao botãozinho do zíper escapou da bolsa como coloca fácilcontos erotico transformei meu marido em mulherzinhaxvideos ruansafado e a coroa chupanoorgia na casa de swing mulheres enfiando a b***** nas ruas por trás das paredesficou de pau duro dançando coladinho com a coroa gostosa e fodeu ela depoiscontos oh. novinha endiabrada que gosta de levar picacontos eroticos fudendo a filha da empregada 13 aninhosnegao levantou e trepou com gostosa no coloconto comi a coroaFui inciada pelo amigo do meu pai contos eroticospapai e maninho me fuderao com seus pauzaos contosnegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxcontoerotico namorada e mae putas do tio jorgeSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaver video de sexo padrastocome o cu dela ate ela secagarmulher gostosa casada paga dívida de aluguel atrasado grátisFodendo com meu amigo Astrogildo tirando vingidade de novinha com o negao do lado da maeizinha gostosa tambemxporno novinhas fugimdo de roludos brutoquero ver novınha que sao empregada fudendobaxiha na suruba com mulecada no riuirmao pega irma novinha xvideosfamilia sacanacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eroticos urei de tanto gozar minha buceta inchadagaleguinha baixinha trancadinha novinha transando e beijando a forçaEu e meu namorado fizemos sexo na salaxvideos sheila bordel novelapinto de guy na bunda do outroxnxxconto erotico dei pro meu genroA garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado xvideosxvideos de primo dera ocabaso da primacontos eroticos dei para os muleques depois do futebol na casa abandonadaver vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger o pau entrou de veis ela desmaiourola de moreno plutãoMulheres escandalosa fudendo mete que vou. Goja no xvideosx video mulher amarra o penis do marido com negocio transparente e da pro negaovídeo pornô que a gostosafala ai para,seu pau e muito grandecumi aminha tia muinto cavalafilho chupa mae dormindo vifeo gratiscontocontos de cú de solteironaporno as novinhas cem peito de 8 a 10 perdedo a virgindade pro paiazsporno gay derramou agua na calçaconto erotico gay o policial e o garoto marrento #14fotos de mulher lefa e que aquenta fuder com pic grande da cabeca grossa e a mulher peituda e deramando leitecontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e deonde fica localisada contoseroticos minha cunhadaincesto lendo no colo do papaivixxi encoxadasxvideos.com marido sai para trabalhar e mulher a empregado dozelox videos.com enrolando o priquito da novinhacontos eroticos dp com meu motorista Cármen e a patroa contos eróticosBrincando com as primas novinhas, tirei o cabacinho delascontos de machos dominando cornos submissos