Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Aconteceu com Papai

Um conto erótico de Ric
Categoria: Homossexual
Data: 08/11/2018 22:50:29
Nota 9.33

Desde pequeno fui atraido por bonecas, embora me dessem brinquedos de menino, com o passar dos anos o lado feminino

se manifestou, aos 14 anos namorei um colega de escola, foi onde senti o contato com o macho, eu me vestia de modo

ninguem perceber, mas deixava meu cabelo cumprido, amarrado, como se fosse uma garota. Naquela epóca, mamãe,

tomava hormonios femininos, pois estava devagar com Papai, um tremendo de um homem, alto, masculo que qualquer

mulher o desejaria, e minhas ancas e pernas, roliças, nada de barba, fiquei uma garota, meu penis quase que

sumiu. Eu ia pra cama com uma roupa bastante feminina, ai percebi ....meu Pai me olhava com desejo, minha bunda

redonda, minhas coxas, lisas e bem feitas, e eu continuava nos hormonios de Mamãe, ela uma salame nem se tocava.

Ela trabalhava fora, e o serviço a obrigava, a viajar, Papai, almoçava e jantava fora nestas ocasiões eu me virava.

Uma noite em casa, Papai chegou tomou um banho e veio a sala eu vestia minha roupa de dormir bem feminina eu

amarrei meu cabelo em rabo de cavalo, e sentei perto dele, ele me chamou e pediu que sentasse aos seu pés,

a noite estava fria, ele havia se encolhido, me pediu um cobertor, fui eu percebi ele me olhando. Quando voltei

perguntou se queria deitar de conchinha com ele, assim nos esquentavamos, deitei na frente dele, ele desceu seu

corpo de modo que minha bunda ficasse na sua parte genital, em minutos seu cacete cresceu, ai falou ao meu ouvido,

como voce esta lindo essa roupa é muito sexi. Ai começamos o dialogo que acabou nos envolvendo:

Voce acha que eu fico atraente com esta roupa de dormir?

Acho olha como voce me deixa, estou excitado da pra sentir?

Seu caralho duro esfregava em minhas nadegas, ele não disfarçava mordia de leve meus ombros, estava totalmente

excitado, eu mexia, sentia meu cuzinho, virgem pedir algo duro e macio, fui ao extremo quando disse: Ric adoro

suas coxas roliças, nesse instante baixou de algum jeito sua bermuda, e pediu que eu me virasse de frente pra ele,

senti sua vara nas minhas coxas, pegou no meu rosto liso, procurou minha boca e me beijou, a principio suavemente

e depois de modo selvagem, enquanto ele fodia nas minhas pernas, eu só dizia: Papai!! o que você esta fazendo? sem

me responder conduziu minha mão a seu caralho adulto, estava quente pulsava, novamente perguntei: Papai o que

voce quer? era só pra deitarmos juntos, (ja tinhamos jogado o cobertor longe), agora com minha mão esquerda eu

punhetava aquele caralho, não contente desci a seu corpo quase nu, e abocanhei o cacete com ele aos gemidos:

Filhooo chupaaaa assim molha a bocaaa ahaaaaaa assimm amorrr não paraaaa

deliciaaa ele sentava no sofa, eu de joelhos entre suas pernas, mamava aquele cacetão como um faminto.

Eu ajoelhado chupava aquela pica, chegando a engasgar, agora eramos dois incestuosos havidos e famintos volto

a dizer, eu pensava em faze-lo gozar em minha boca, mas não ele queria gozar nas minhas coxas roliças, me puxou,

para cima e ficamos lado a lado, pediu que me livrasse de meu minusculo shorts, e fiquei nu, nos beijavamos e ele

fodia minhas coxas até que disse: Filhooooo vouuu gozarrr que pernas macias lisas, Papai vai esporrar senteeee

A porra veio aos jatos, lavava meu pequeno penis, minhas coxas lisas, e ainda sobrou nos meus pelos pubianos.

Estava quebrada a tenue linha que nos separava, mas não satisfeito, me pegou pelo colo, e fomos a seu quarto, ele

queria o que eu tinha no meio de minhas roliças nadegas, meu cuzinho cabaço, que naquela noite iria ser invadido

por um caralho não tão grosso mas de uns 18 ou 19 centimetros, nus nos beijavamos, eu agora envolvido acariciava

seu caralho que dava sinais de querer novo embate, ele abria uma bisnaga com creme e passava na porta de meu

cuzinho avido, eu muito do safado, com uma das mãos abria minha nadega, bem lubrificado, queria me possuir

como se eu fosse uma mulher, colocou um travesseiro sob minha bunda redonda e feminina, me fez abrir as pernas,

e começou a pincelar meu cuzinho, eu com um mixto de medo e desejo, pedia: .... Papaiiii meteeee devagarrrr

sou virgem voce é o primeiro põeeee tooo morrendooo de vontadeee me come me comeeeele pincelava

enquanto me mordia de leve os ombros, brincava com sua lingua na minha boca, ou seja me levava ao apice até

que implorei: Foodeee a tuaaa putinhaaa me arrombaaaa me furaaaa meteee Paizinhooooo tuuudoooo vemmm.

E com minha mão coloquei a cabeça daquele caralho duro com pedra e senti uma dor lascinante de ser arrombado só

dizia: Papaiii empurraaaa aiiiiiiiii queee dorrrr mas nãooo para fode teu filhoteeee me faz mulherrr meteeeee..

A cabeça passou ele maneiro, deixou meu cuzinho se acomodar e foi empurrando e me fodendo com movimentos a

principio vagarosos até que senti seu saco e seus pelos nos meus, ai sim começou a me foder, ele dava socadas fundas

me agarrava pela bunda punha tudo sem piedade, comigo sussurando aos seus ouvidos: Foodeee amorrrr comeee

meuuu cuzinhoooo quenteeee mete mete fundooo assimmmm querooo voceee pra sempreeee metee na tuaaaa

mulherzinhaaaaa, com esse incentivo ele metia fundo, chegava a tirar o caralhoo fora e enfiava com tudo, eu mexia

minha bunda rebolava na vara paterna, ele então disse: Que fodaaaa querooo voceee pra mimmm amorrr todo dia

que cuzinhooo quenteee rebola amor fazzzz Papaiiiii gozarrrrincentivado eu rebolava embaixo dele a pica

ia no fundo de meu reto, a dor sumia o desejo aumentava, ele socava sem dó fodiamos e me entregava como um

possesso por aquela vara, até que ele anunciou: Filhoteeeee vouuu gozarrrrr senteee minha porrraaaaaa ahaaaaaa

eu me enfiava mais, senti a porra lavar meu reto, agora Papai iria ter uma mulher de verdade em casa.

Quando Mamãe voltou de viagem, nos anunciou que iria ficar 15 dias fora, nos olhamos e ele riu pra mim eu sabia....

Talvez eu conte o resto.....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/11/2018 04:37:23
Continua
09/11/2018 00:44:38
mto legal e tesudo teu conto, se pudesse descrever melhor o corpao do pai e filho seria perfeito qto a pontuaçao q se F#*da!!!!!vc escreve com coerencia sem q fiquemos perdidos
08/11/2018 23:19:20
SERIA UM EXCELENTE CONTO NÃO FOSSEM OS ERROS, A PONTUAÇÃO ALÉM DO QUE FALTOU DESCREVER MELHOR OS PERSONAGENS. UMA PENA.




Online porn video at mobile phone


filme de sexo amador na Claudinha dei o c* virgem e gritou de dorContos erotico de inseminação xvideos-tampando a boca da novinha com um travesseiro ate ela desmaiarpaizito xvideoxvidios outros purai favoritossó bucetinha novinha na ommmmmfazendeira metendo com piao pretomorenas engatada do pênis grande e grosso do sul filagarotinha na siririca no bicamEdufera cintosporno novihna bano no baile funkcontos eróticos primeiras lições do vovô texto jibi mae filho fodeu bucetaNegrinho do cabelo ruim bem pretinha metendo muito com muito fogo na periquita no pornô brasileiroContos swing minha comadre e eu desfilando de calcinha para nossos maridoshttp://googleweblight.com/i?u=http://zdorovsreda.ru/texto/200811868&grqid=DV75nnJl&s=1&hl=pt-BRcontos eroticos coroa casada rica leva de presente para sua amiga coroa casada um pau enorme de borrachapenetrano bem fundo na buceta da sogra na cama..contos gay viadinho aproveitando do molequearromba meu c* que é para quando o c**** chegar em casa meu c* tá toda arrumadinha XVídeosPenis flacido castrar contosmeninos irmaos gay gostosos sarados pelados batendo punheta na cam e na escolaContos eroticos gays dilaurentis casa dos contosporno largo celular ponho no cuvideo porno eu nao aguetei ver minha irma novinga e gostosa dormindo so di calsinha eu comi o cu virgem dele gozei ladendrocú do neltinho arrombadowww.xvideogravei/escondidonovińhas xvideo gozando sem fazer parulhosou puto e quero comedor em esteio rsconto eróticos ingravidei do meu irmão sou casada meu marido não sabe como gosei ne lecontos sexo pecado incestuosoloira esposa enquanto marido dorme ela fica engatada no dog gigante e goza de dor contos eroticoscontos pornos cuidei de mamaeMeu cão ralf me comeu contohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherWm vaipati toma nocuContos eróticos procurando aventura no clube de campoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoporno cosquinha papai cansaduo moleque comedor contosSodomizando mãe e filha contosContos gay estupro coletivonovinha da loja um e noventa e nove mostrando a bucetaconi o cuzinho da minha filha magrela contoscontos eroticos de homem trepano emsauna gayXvideo comi minha visinha fis ela gosar so esfregana a cabeca da rola na sua buceta vou contar como foiler contos eroticos menagecontos erótico menininha. dama de honra https://www.pornodoido.com/video/esposa-traira-e-fodida/contos verdadeiros:sou uma advogada madura e fui errabada pelo meu caseirovidio porno maniaco fode a forca muiler chegando em casawww.xvideos- gaysinho gosta de chupar seu peniz comprido e mole chupa para passar o tempo chupando seu penis igual um bambu gigante.comContos erotico minha filhinha mim shopou no banhocontos eroticos gostosa de camisola e a rola grossaporno++o++encanadorIRMAOMACHUCADOXVIDEOporno português putas gemendo e falando coisas escitantes.buceta dq mulher esgacada ganhanfo brbefilmes pornodoido dbsm com uma branquinha doida para ver o pau do negrao entrarboafodasanguevidio pano cunhado estrpa cunha dominoxividio filho fala mae deixa eu gozar dentro de vccontos pornô, o velho tarado da ruapeguei meu irmao gay e minha irma virgem fudendo nao aguemtei cumi os doisgaleguinha safadinha para meter no Zinho pegadinha que acabaram de abrirconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoxvidei dei viagra pro meu tiu pra ter a desculpa de chupalodormiu na casa do amigogay contos eróticocontos mulher casada da igreja deixou dois arrombar seu cucontos meu filho meteu nu meu cu finju dormimulher gostosa do Carequinha toda arrepiadaminha filha sentou no meu colo de minisaia conto eroticocoroa Dalvinha engolindo pica grande