Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Minha mulher não aguentou o tesão e bebeu o leite do nosso amigo. (final)

Um conto erótico de Wollaf
Categoria: Grupal
Data: 08/11/2018 22:38:59
Última revisão: 10/11/2018 07:21:09
Nota 10.00

Fala Galera, como prometido o final da historia da minha esposa com nosso amigo Marcos. Deixei o melhor para o final kkk Espero que gostem. Até os comentários.

Mara aproximou sua boca do meu ouvido e murmurou:

- O que meu esposinho irá fazer? Agora que está vendo o amigo espiando a esposinha?

- Vou chamar ele para mais perto.

- Tem certeza?

Rindo fiz um sinal para Marcos se aproximar, com o short ainda abaixado, Marcos se aproximou e meio tímido, foi levantando o short. Minha esposa olhou para ele e disse:

- Não precisa levantar.

- Mas... eu...

- O que acha do que está vendo –Disse Minha esposa passando a mão na própria bunda.

- Acho que ele nunca viu uma mulher linda e gostosa como você – Falei olhando intimidador para Marcos.

Mara esticou a mão para trás e pegando na mão de Marcos, levou-a até a bunda dela e alisando-a, Mara disse:

- Gosta?

- Muito –Disse Marcos ofegante.

- Pode apertar –Disse Mara- não tira pedaço.

Marcos olhou para mim e passando a mão na bunda de Mara, um pouco pálido Marcos disse que a bunda de Mara era muito lisa. Mara permanecia quieta com ele alisando a bunda dela, comigo no meio das suas coxas e beijando-a na boca. Marcos afastou e nos olhando, jogou o short para o lado. Pude ver que o pinto de Marcos era um pouco grosso, mais ou menos 18 cm de comprimento. Marcos começou a me encarar enquanto se punhetava, então concordando com a cabeça, apontei com os olhos para minha esposa e Marcos se aproximou da gente. Com as mãos na cintura de Mara, Marcos mirou na bunda da minha esposa e com o pau próximo da entrada do seu cú, Marcos afastou os cabelos de Mara e beijando-a no pescoço ouvi minha esposa gemendo. Com uma respiração forte, minha esposa demonstrava que seu tesão estava aumentando sendo o recheio desse sanduiche. Marcos deslizou a mão pela cintura de Mara e tocando em sua boceta, começou a brincar com seu clitóris fazendo-a gemer ainda mais. Soltei-a um pouco, me afastei para ver a imagem dos dois agarrados. Mara permanecia mordendo o lábio enquanto Marcos brincava com o pau na portinha do seu cuzinho e com a mão no seu grelo. Me aproximei lentamente e me abaixando ficando com o rosto na altura da sua boceta, comecei a chupa-la enquanto Marcos fazia uma siririca nela. Enquanto eu chupava, olhei para Mara que estava de olhos fechados e não parava de gemer. Olhei para Marcos que também estava com os olhos fechados e imaginei que ele seria o primeiro a dividir comigo o tesão da minha esposa, ele seria o primeiro a realizar nossa fantasia. Só de pensar meu tesão aumentou muito. Me levantei e com o pau em riste, nem afastei a mão de Marcos e tentei comer a boceta dela, meu tesão me deixou louco e quase sem conseguir controlar minhas ações. Olhei para minha esposa curtinho a aventura e disse:

- Falta uma cama.

Mara olhou para mim e rindo disse:

- Já transamos no chão de diversos cantos, mas nunca no balcão de um deck.

Com um sorriso no rosto olhei para a cara de tarada da minha esposa e disse para Marcos tirar o resto da roupa e deitar no balcão do deck. Olhei para minha esposa e vi o quão tarada ela estava, por saber que dois grandes paus iriam fode-la. Enquanto Marcos permanecia deitado alisando seu pau, passei o braço pela cintura da minha esposa e beijando-a apertei sua bunda e com a boca próximo a seu ouvido causando arrepio nela, disse sorrindo:

- Está gostando né?

Minha esposa respondeu apenas com um beijo e segurando minha mão me puxou para perto do balcão, olhei para o pau grosso de Marcos e segurando a mão da minha esposa, comecei a beija-la e conduzir sua mão junto da minha para perto de Marcos. Nossas mãos entrelaçadas aos poucos foram passando pelos gominhos da barriga de Marcos e foi descendo. Tentei soltar minha mão da de Mara mas a safada notou aonde iriamos chegar e segurou firme meus dedos entre os dela e segurou o pau de Marcos. Juntos começamos a punheta-lo, foi estranho sentir outro pau em minha mão. Mara olhou para mim e mordendo os lábios, olhou para trás para ver o tamanho do documento de Marcos. Continuamos tocando uma punheta lenta em Marcos, Mara olhou para mim e com um olhar safada disse:

- Marcos, está pronto para mim?

Antes que marcos respondesse, me afastei e Mara mordendo os lábios, subiu no balcão do deck e sentando nas pernas dele riu dizendo que ainda achava estranho tudo aquilo. Admito que ainda não entendo como deixei tudo chegar aonde chegou, mas como era uma fantasia dela principalmente, era preciso que eu entrasse na brincadeira e admito que por alguns momentos eu senti a curiosidade de ver os dois fodendo, pois sabia que ela estava pronta e eu também queria finalmente realizar o meu de meter dois paus na boceta dela. Mara me olhava com a carinha dela que dizia que eu poderia fazer o que eu quisesse.

Mara ficou com o pau na entrada da boceta, respirou fundo e ficou olhando para tudo aquilo que entraria dentro dela. Me aproximei dela, segurei e sua cintura e empurrei com força. Mara tentou gritar mas talvez tenha faltado folego, 20 cm entraram com força dentro dela. Mara apertou meu braço com suas unhas, aos poucos foi aliviando mostrando que a dor estava diminuindo. Enquanto Marcos metia na boceta ensopada de Mara, caminhei ao redor do balcão vendo aquela cena. Marcos começou a tirar todo o pau e meter de uma vez arrancando suspiros de Mara. O pau dele deslizava facilmente por sua boceta e Mara estava curtindo cada cm que entrava nela. Olhei atento para tudo, sem perder nenhum momento, meu tesão se mantia firme. Mara olhou para tras por cima do ombro e entendendo o recado, fui para trás deles, abri as pernas de Marcos e olhei de pertinho ele metendo na minha esposa. Mara se deitou sobre o peito dele para me mostrar o pauzão entrando e saindo da sua boceta. Fui para o lado de Mara e beijando-a senti sua mão pegar no meu pau e me punhetar, enquanto ela brincava com meu pau comecei a chupar seus peitos, Mara parecia que ia explodir com tantas sensações diferentes. Enquanto ele metia na boceta dela fazendo-a gemer, subi no balcão fazendo com que meu pau ficasse na altura da boca de Mara para que ela me chupasse. Mara rebolava levemente tentando meter ainda mais o pau dela.

Era uma loucura, minha mulher sentada em cima de outro cara, sendo comida fortemente, o cara de pernas abertas fazendo o pau entrar ainda mais, eu em pé em cima do balcão sendo chupado pela minha esposa que rebolava levemente no pau de Marcos. Sempre que o pau saia de sua boceta, ouvia-se um barulho de vento escapando, ele tirava quase todo e metia com força causando gemidos cada vez mais altos. Senti que ia gozar, me afastei da boca da minha esposa que me olhou mordendo os lábios e disse:

- Por que parou? Está guardando mais pra mim?

Desci do balcão e andando ao redor deles, fiquei no melhor ângulo aonde eu conseguia ver o pau enorme metendo na boceta da minha esposa. Mara me segurou pelos cabelos e enfiando meu rosto na testa da sua boceta disse:

- Olha mais de perto amor.

Passei a mão por trás dela, acabei pegando na coxa dele e sentindo elas contraindo cada vez que ele metia forte, ouvi quando ele começou a gemer. Olhei para ele e ouvi quando minha esposa disse:

- Que foi marcos? Gostou quando André pegou na sua coxa?

Marcos contraiu todos os músculos da perna e vi quando sua bunda contraiu mais forte ainda. Empurrei minha esposinha o máximo que desse para ir de encontro com a púbis dele. Minha esposa mandou que eu parasse pois tava doendo e de repente ouvi um grito seu. Minha esposa gritou junto com marcos que ofegante começou a reabrir os olhos. Aliviei a pressão das pernas de Mara que rindo disse:

- Ele gozou, o que significa que agora é você.

Mara colocou a mão entre as pernas como se fosse aparar o que caísse, mas até aquele momento nada havia voltado. Marcos saiu de cima da bancada ofegante e com o pau ainda escorrendo. Mara se deitou com as pernas abertas como se fosse fazer um exame ginecológico e vi a porra do marcos escorrer até tocar no cuzinho da minha esposa, melando ele todo. Minha esposa começou a contrair o cu diversas vezes fazendo uma visão incrível aos meus olhos. Coloquei meu pau na boceta dela e comecei a foder como sempre fazíamos, forte e intercalado com bombadas lentas porém forte. Foi difícil me controlar, Mara estava com a boceta quente, a porra do Marcos ainda fervia depositado ali dentro. Mara cravou as unhas nas minhas costas e disse:

- Despeja aquela porra que você guardou pra mim.

Mara me beijou e sentindo o calor do seu corpo, tentei resistir mas não consegui e gozei dentro dela. Me afastei um pouco e vi uma sopa de porra escorrendo de dentro da minha esposa. Duas picas realmente faziam um belo estrago. Mara nos chamou e beijando no rosto de cada um disse:

- Obrigado por realizarem minha fantasia. Agora só quando a minha boceta fechar –Disse Mara rindo.

Começamos a nos vestir e Mara nos segurando pelo pau, se abaixou deixando ainda mais porra escorrer pelo deck da piscina e começou a nos chupar. Olhei para marcos que sorria feliz e disse:

- Gostou?

- Sim.

Enquanto Mara limpava meu pau, comecei a punhetar Marcos fazendo o pau dele crescer. Ao notar, Mara riu e chupou o pau dele, se levantou e veio me beijar. Enquanto nos beijávamos, Mara disse:

- Quer o gosto do pau dele, da porra dele ou da minha boca?

- Da sua boca que já tem o gosto de todos juntos.

Mara segurou minha mão e juntos continuamos nos beijando enquanto palhetávamos o Marcos. Durante nossa estadia em Los Angeles, marcos foi nosso guia e acompanhante de foda. Muitas aventuras aconteceram enquanto estivemos lá. Nossa casa ficava pronta em alguns meses e Mara cogitou a possibilidade de passarmos seis meses morando aqui. O que minha esposa planejava era um mistério, mas a única coisa que sei é que estávamos juntos nessa.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/11/2018 19:48:06
Bem puto.
09/11/2018 07:03:29
Muito bom.
09/11/2018 06:29:50
Excelente!




Online porn video at mobile phone


contos eroticos quentissimo de meninas perdendo a virgindademulher pelada revista da revisão mas bem bucetuda com quero ver a mãe bem peladona grandonagozei dentro da minha gerinhapunheta na infancia com amigoconto erotico sexo com soldadoxvideos meu tio dei ou manusearvideo porno foi cobra o alugel ea cabou comendo a emquelina no xsvideobaixar video Foi socorrida e agradece com Foda pornôtopei minha prima dirmindo xxxvideoContos erotico arombei minha prima gordinhAsofri muito naquela pica gigante contospai fode filia emcanto mae trabalhavideos porno ana estruprada kkklporno novinha corre com medo do pau do tio msm asim ela entra no oaucontos de corno amates bemdotado rasgado a bucetinha da mulhe na frente do maridoencosto na bunda da mulher no onibusxoxota XVídeos tio comprinhasPasando com a cobra na cona Zoopornve porno co ome cumeno amante e a filha da amantequero ver madrasta chupa sua em teada dormindoxvideocaraspegandoairmandaoutraxvideocurrado na borracharia de beira de estrada conto erótico gayporno. jafaleii nãomarguinhos lolinhos novinhos xvideos.comnovinho brasilero geme muinto na sua primera vezxvideo sexo na praia de nudismo abricoacontos eróticos comi o cu da minha irmã novinha brincando de pique escondeconto erotico huntergirls71metessao pai e filhaporno a coroa gostosa gemendo e usando fantasia bem radianteiniciou programa travesti cuzinhomulher de shortinho jeans desfiadinho socado na ruapono gay ply boi adolenti dando cu ategosarelato erotico meu filho gosa nas calcinha minhasxvideos gostosa dançando dodo pressaogay cunete otima visao pornoabaixar porno gratis amor no cu nao amor vai doer eu vou botar so a metadechantagiei a colega de trabalho e comi ela contosvídeos de pornô com homem com homem o homem chamando shampoo no pinto do outro e lambuzando de xixiconto erotico huntergirls71conto"duas virgens" enteadaxvporno de faxineira dando o rabo de vestidovideo porno com mulhe traido o marido e foi amesada que nao da cuComeuu a coroa Xvidioscontos eroticos dei para os muleques depois do futebol na casa abandonadacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos de homens que gostam de chupar peitosxvideio vellhos safadoContos erotico meu primo fodeu minha esposa de calsa legg brancaadventista casa sunga contos eroticosporno gey cunhadinho chega en casa seu cuhado se decraraporno metendo de levinho atrasporno: lésbicas loucas ralando no chão enfiado a mão no raboSogra impatando foda xvideocoroâs xvideòs boquetes çasadasNao gosto de vc fica com espeto agora vou fuder.uma buceta boa tarde.fotos menina de 15anoa mostrando agozada na busetaa empregada coroa rabuda ajumentada dando ao negaoxxvideo comeu a prima na saladormindotitio disse que tenho vocação para corno e enfiou a.comrola na minha mulher contoscontos eróticos vovô fudendo chupando o cuzinho do Netinho mozinhocontos eróticos os melhores eu e minha esposa recebemos uma visita de um casal de idadeXxvideosa as novilhasmachostesudoO negrão entupiu a bucetao de minha mulher casadiscontoscontos eróticos minha mãe greludadando uma Coçadinha na língua do negão safado cachorrãopuxar o courinho da piça pra mijar x videocasa dos contos erótico com a boca cheia de porra do mecânicoConto erótic de Novinhas com dogmenino de atrasou e pediu carona pra homem sarado na moto pornoblogs velho seboso pauzudoLekes ficam cim vergonha ao se beija com amigo lindo homemcoxa grossa dando pornoContos eroticos dopou a sogra e estuprou elaQERO VE COMO EO PRIQITO PODETOconto eroticos transformando a santinha em depravadaxvideos tiramo o terzaoconto erotico alinesobrenatural nxvideosconto erotico uber passando a mao na.minha bucetinhaquero ver vídeo de mulher se exibindo tirando a calcinha bem puxado para cima ficando só o montinhocontos eroticos esposa gosta do vizinho tromba de elefante ,dotadaocobaia sendo comida por jumento xnxxporbo doido escrava cega afoga na bundaxvodeo fudendo morenas celadas de 4Passeando com plug anal contoscontos porno casadas de vestido encoxadas por meninosRapaz bem pauzudu metendo toda d4 na escolalemarc as menina que tava chupando a rolaamiguinhos emos loirinhos fazendo sacanagemvideos esposa convida a comadre pra fazer suruba com maridoxvdeo.velho punhetrirovídeos grátis novinhas akita gritando de dor ao ser penetradavídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grandexvidios. mulhetes. beijo. na. bocaxvidio consolo vinguem