Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Me prometa - Cap 4

Um conto erótico de Fernando Carvalho
Categoria: Homossexual
Data: 12/07/2018 20:33:42
Nota 9.00

Capitulo 4 – Segunda Obstrução.

Ele me olhava com uma cara de deboche e ao mesmo tempo com raiva e isso me dava medo.

Estava chegando ao meu quarto, a porta se fechava e todo aquele ambiente para duas pessoas.

Me pergunto como ele sabia onde eu morava e porque veio, até que ele fecha a porta e se aproxima cada vez mais.

Yuri era um rapaz de 1,80 de altura, tom de pele branca, tinha um físico bem avantajado, seus olhos eram verdes claros, porém o seu comportamento era o que tirava todo esse charme que de certa forma ele possui.

Yuri - Eu só vim garantir que tudo vai ficar bem.

Fernando - Como assim?

Yuri se aproxima cada vez mais, ele acaba pegando minha mão e a apertando com força, sua mão tocava minha cintura, o que era esse sentimento estranho e bom?

Sentir seus lábios e ali me perdi por completo ao fechar meus olhos, mas o que era isso?

Yuri - Gostou?

Fernando - Sim.

Yuri - Você pode ter mais se continuar calado!

Fernando - Eu já disse que não vou falar nada.

Yuri - Posso te pedir algo?

Fernando - Sim, pode.

Yuri - Fecha os olhos!

Após eu ficar com os olhos fechados meu short de dormir estava sendo retirado, logo em seguida ele tira minha camiseta e amarra em meus olhos, sinto suas mãos tocarem minhas pernas onde ele lentamente tirava meu short.

Yuri - Anda para frente, vou te por na cama.

Eu o obedecir, sentir sua mão tocar meu orgão sexuais,onde sentia uma dor leve e boa, ele estava me masturbando lentamente, aquilo era novo, nunca havia feito algo igual.

Yuri - Fica de quatro.

Fernando - Como assim?

Yuri - Finge que é um carrocho.

Depois de entender o exemplo que ele me deu eu o obedecir!

Logo em seguida vejo certos clarões mas não sabia o que era pois meus olhos estavão vedados.

Yuri - Preciso ir,minha mãe está ligando.

Fernando - Tudo bem.

Após de me despedir eu acabo tirando minha camiseta da minha visão tapada e vou deixá-lo até a porta.

Estava me sentindo estranho e curioso ao mesmo tempo, aconteceu algo diferente e bom, mas porque ele teria sido tão legal comigo?

Isso não importava apenas estava feliz por ter acontecido, estava tão relaxado que acabei apagando no sono.

E o dia nasceu e mais um dia letivo chegava mas dessa vez eu estava nervoso pelo acontecido, após fazer minha rotina da manhã minha mãe me chama.

Elizete - Junior, esse ano não vamos poder fazer uma festa pro seu anivesário devido nossa condição financeira.

Ps: Minha mãe é divorciada, era uma linda mulher de 1,75 de altura, seus olhos eram castanhos cor de mel e uma pele parda bem limpa, com seus lindos cabelos negros longos até sua cintura.

Fernando - Tudo bem mãe eu não ligo.

Elizete - Se quiser podemos fazer algo para comemorar.

Fernando - Não precisa, mal tenho amigos.

Elizete - Tudo bem, mas se mudar de ideia me avise pois Sábado já é o dia.

Fernando - Já? nem me lembrava.

Após sair de casa e ir a caminho da escola, vejo André conversando com Yuri e aquilo acaba me deixando nervoso.

Acabo passando por eles de cabeça baixa pois estava apavorado por dentro.

Após chegar na escola vejo que André estava me esperando para conversar,mas algo estava errado todos estavam me olhando e rindo não sabia o motivo.

André - Fernando podemos conversar um pouco?

Fernando - Sim o que houve?

André - Você não está sabendo o que postaram no facebook no grupo da escola?

Fernando - Não por que?

André - São fotos eroticas suas de olhos vendados!

Fernando - Como assim?

Meu coração batia tão forte, não acreditava no que tinha acontecido como o Yuri teve coragem de fazer isso?

André - Por que deixou baterem essas fotos?

Fernando - Não foi culpa minha!, o Yuri me enganou tapou minhas vista e pediu para eu fazer coisas.

André - Como assim o Yuri? ele que fez isso?

Fernando - Sim!

André - Então você é Gay?

Fernando - Acho que sim.

André - E porque nunca me contou?

Fernando - Eu não me sentia a vontade de falar sobre!

André - Mas uma coisa devo admitir, eu gostei do que vi.

Fernando - Para assim você me deixa sem jeito.

André - Mas temos de fazer algo essa altura todos devem ter visto suas fotos precisamos falar com a Dirtora da escola.

Fernando - Não!!!

André - Por que?

Fernando - Vamos pedir que ele exclua as fotos, não gosto de confusão!

André - Fernando para com isso! Você precisa mudar, você aceita tudo e não faz nada quando fazem algo contra você, o que há de errado contigo?

Fernando - Nada, apenas não gosto de mim mesmo.

André - Deveria aprender, você é tão bonito.

Fernando - Deixa de mentiras eu não sou bonito, me olho no espelho todo dia e vejo essa feiura.

André - Não falei sobre seu fisico e sim sobre sua pessoa.

Fernando - ...

André - Bem então vamos para aula?

Fernando - Vamos sim!

Quando estamos cruzando o corredor ouço alguém me chamar!

Diretora - Fernando podemos conversar?

Fernando - Sim.

Diretora - Vou ser franca com você, sobre suas fotos, como isso ocorreu?

Fernando - Diretora eu não tive culpa, eu não pedir para tirar!

Diretora - Você sabae quem foi?

Fernando - Não senhora! não sei o nome.

Diretora - E como você deixa alguem que nao sabe o nome tirar fotos suas assim?

Fernando - Desculpa mas eu não sei.

Diretora - Tudo bem se mudar de ideia pode me procurar!

Fernando - Tudo bem pode deixar!

Após sair da sala de aula começo a pensar no que o André me falou eu preciso tomar alguma atitude como posso ser feliz em aceitar tudo que os outros falam ou fazem então decido contar para direita no final do dia letivo.

Antes de eu chegar na sala alguém puxa me braço por trás.

Yuri - Precisamos conversar!

Fernando - Não temos nada pra conversar!

Yuri - Vai dizer que nao gostou?

Fernando - Não gostei.

Yuri - Vou ser bem claro se você dizer algo para alguém sobre o que aconteceu, eu vou te dar uma surra!

Fiquei sem reação apenas entrei na sala de aula, o dia se passava rapido, então já era hora de voltar para casa.

Ao sair Yuri estava atrás de mim me observando então comecei a agilizar para ir para casa, eu estava apavorado com todas aquelas pessoas rindo e me olhando com maldade em seus olhos.

Ao chegar em casa resolvo deitar um pouco quando minha mãe me chama.

Elizete - Junior! tem uma pessoa querendo falar com você!

Eu fiquei com medo, pois sabia que era o Yuri para me ameaçar ou fazer o mesmo, o medo e o prazer foram se misturando fazendo com que eu cria-se coragem para ir até a porta.

Para minha surpresa era André que me esperava então peço para ele entrar e que me siga até meu quarto.

André - Como você está?

Fernando - Estou bem!

André - Sabe que pode contar comigo para todas as situações né?

Fernando - Obrigado.

André - Se tiver alguma coisa acontecendo pode me contar.

André veio ao meu encontro me abraçar e eu me entreguei aos seus braços, pus minha cabeça em seu peito para repousar, minha mão estava ficando dormente então resolvo trocar ela de posição e sem querer acabo tocando algo ereto de suas calças.

André - Quer tocar?

Fernando - não sei.

André - Pode tocar não vou te obrigar a fazer nada.

Fernando - tudo bem.

Eu tiro o zipper de sua bermuda e logo em seguida baixo sua bermuda deixando só de cueca.

André - Tira o seu calção quero te mostrar algo.

Após ele pedir acabo retirando meu calção e em seguida ele me puxa para ficar sobre ele, ele começa a me abraçar e sentir algo ereto e vibrante sobre meu pênis.

André - Tira a cueca!

Eu nervoso acabo retirando,e eme seguida vejo que ele tirou a dele, ficamos de lado onde suas mãos tocavam meu pênis e o movia de baixo para cima.

André - pode fazer o mesmo!

Eu fiz o que ele pediu, peguei minha mão e segurei seu pênis e fiquei punhetando ele bem lentamente.

André - Fernando!

Fernando - Oi!

André - Está vendo meu Pau?

Fernando - Sim!

André - Chupa ele como se fosse um pirulito.

Então acabo fazendo como ele pede, ponho minha boca o gosto era estranho mas a sensação era boa.

André - Agora poe sua boca como se você fosse por o pirulito dentro da sua boca até o palito.

Então escuto som de alguém subindo!

Elizete - Junior! você vai jantar agora?

Eu e André ficamos espantados e nos apressamos para se vestir pois tinhamos medo dela ver como estavamos.

Então conseguimos a tempo, assim que ela entrou no quarto ficamos sentado em frente ao computador.

André - Tenho que ir!

Fernando - Tudo bem!

André - Até amanhã na escola então?

Fernando - Sim!

Fui deixar ele na porta de casa e quando ele estava saindo.

Fernando - André!

André - Oi!

Fernando - Queria te contar algo!

André - O que foi ?

Fernando - Yuri disse que se eu conta-se que foi ele, ele iria me dar uma surra!

André - Como assim? Por que não me contou?

Fernando - Estava com medo!

André - Isso não pode ficar assim!

Fernando - Por favor tenha calma!

André - Amanhã vamos contar para Diretora, ok?

Fernando - Eu não consigo!

André - Eu te ajudo! Confia em mim?

Fernando - Sim!

André - Então eu te ajudo pode ser?

Fernando - Tudo bem.

André - Bem eu tenho que ir!

Fernando - Tudo bem até amanhã!

Nossa como eu estava feliz, tinha tido uma noite ótima, então resolvo ir dormir pois amanhã tinha que ir até sua casa para jogar vídeo game que ele tinha me convidado, então acabamos marcando o horário e ele me ensinou como chegar e passou o endereço.

Amanheceu e mais um sábado chegava era um dia ótimo, não aguentava esperar então resolvi ir adiantado, após tocar o alerta da casa sua mãe vem me receber.

Rebeca - Você deve ser Fernando, eu sou Rebeca mãe do André.

Rebaca era uma morena de olhos castanho e dona de uma simpatia sem comparação, era baixa tinha apenas 1,65 mas tinha um lindo sorriso.

Fernando - Prazer dona Rebeca.

Rebeca - Pode entrar! André está esperando é só ir direto no quarto da esquerda, inclusive já tem um amigo que chegou devem está jogando.

Meu coração acelerou um pouco, pois sempre fui ciumento com minhas amizades então resolvi andar de passos lentos até o quarto, quando eu abro a porta me dou de cara com uma situação que jamais poderia imaginar, meu mundo caiu, mas eu tinha certeza de algo, que eu iria mudar e que não poderia continuar assim....

Continua....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/07/2018 01:10:31
Faço das palavras de Arrow às minhas. E também Fernando fala muito robótico, é quase que fala só SIM ou NÃO, é vago demais. Ô ranço desses três.
12/07/2018 20:54:13
Tô com um ranço tremendo do Fernando, Yuri e André, como vc permite que as pessoas façam isso com vc.




Online porn video at mobile phone


esposa rabuda na dp com amigos contoscontos eróticos de entregador de agua como dona de casameu corninho, fotoscarroceiro socando com forsa na novinhaxvideo homem erra o buraco e toma empurraoConto erotico sou madura e consolo lesbicanoviho da buseta ixada con chote colado amostando xoxotacontos eróticos meninas de 23 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinho vermelhovedio caseiro minha conhadsa da pro cachorro. seogozando na bunda da maninha no onibos lotadoxvideoporno cresce q ainda nao alguentaConto erotico minha esposa ruiva 8Contos erotico cdzinha cinemaMachos marumbados sexo gayxvideo portugues tia na cuzinhq i eu alisando ela na bucetasou adepta a zoofilia virei cadelacomi egua nova contodei minha buceta no reformatório meu bundao esta seduzindo meu filho filmeconto erotico corrompendocadê aquelas gostosas de fio dental roxinho fica as pernas para cimaconti erotico de corno narrado por mulher yotubXvideo bilotinhovídeo pornô mulher bola toda agoniada para pica entrando em sua b***** mas não consegue porque a b***** muito apertadacontos a punheteira do papaiwww.mulherpornocachorrocontos o negao jumento aposentadonovinha com short curto mostrando a poupa da vinda para o homem comersiririca em horas inoportunascontos eroticos sessentona do quadril largo e bunda enormevideos pornos gratis mae pede pra filho traser a toalha e filho nao perdoabdsm humilhaçao extrema contocasada loira gaucha fode c pausudo que enche ela de porra e corno olhasubrinha da buceta em chada gozando no pau do tioporno minha esposa chupou o pinto do agiota pra pagar minha dividameninas que gota de gozada na boca pornoabaixar tema vendo o primo transando com boneca inflávelmenina buceta pequena apertada virgem intocadaSobrenatural-Contos Eroticos zdorovsreda.run resistir e dei o cu pra quele homem di pausao, contoIsac -Hugo |Contos Eroticos zdorovsreda.rude chortinho pensando no namorado porncontos de sexo depilada na praiaimagem de bucetinha vemelhinha saido sangue porno doido reais emviado por amadores com novinhas descuidadascontos eroticos encoxando a rabuda de leggin xvidio com mocabiqeantunesfagner entre homenstrês cara metendo numa mulher e ela gozando de esguicho os caras rindogay aprumando o pau no cu e sentando gostosoeu chego do meu colégio tenho 18 anos e estou louca para transar com meu tio e meu tio tá com a piroca dura e parado para responder agora e vou deixar ele gozar no meio da minha Rachinhaconto erotico dormindo e encoxada por estranhocontos sexo anal concunhada concunhadomulher daperreca piquininihaputao de esteio chupador rsvidio porno novinha perdeno avigidadi pela primeira vesXisvideoscomemdo o cu d novinhointiada fode o pai do pau grande e grossocontos chantagiei a enteada e tirei seu cabasocontos eroticos com viuvas ricas e mulheres sedutoras ricasseu pau grosso parece que esta me furandovideo porno de mulher dano a sua buceta desfarçada para o primo familia sacanaisso papai soca fundoconto anal orfanatocontos eroticos tortoAbaixar videos de porno para celulasinhofazendeiro malvado mundobichacontos porno de incesto, interior da bahia com o irmao acidentado de moto, contos pornoxvideo corno filma esposa bebendo caldinho na cabeçaConto gay - "pede rola"www.todas.fotos.de.renata fan.pelada.sem.calcinha.mostrando.a.buceta.dela.mesmavedeo de flha de shortinho no talo andando de bicicleta e pai.de pau durofprçado a colocar a saia e o sutien fa minha irma contos eroticos gratisbaixa xvideo coroa venhia nao gueto pica dvideos primo.fode.prima dormindo egoza detro dabiceta dela ceela veConto erotico esposa e sua amiga e estrupadas por marido picicopata por sexoxisvideo gai meutiu gay