Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Falso entrevistador

Um conto erótico de Agnaldinho
Categoria: Heterossexual
Data: 12/07/2018 16:52:57
Nota -
Assuntos: Heterossexual

Bom podem me chamar de Bigode. Eu tenho 55 anos, sou fachineiro aposentado, mas ainda atuo e presto serviço terceirizado. Eu sou branco, cabelos curtos e grisalhos, um bigode grande que é minha marca e uma barriguinha de chop que é de lei. O causo que vou contar aconteceu hoje. Eu tava limpando de madrugada e passando cera no chão de uma empresa de telemarketing em são paulo. Eu tenho a chave das salas pra limpar tudo. Eu e mais uma ajudante. Dai hoje de manhã eu fui saindo umas 07:45 e passando na frente tinha umas pessoas la se preparando pra enrtrá. Uma delas ela uma loirinha muito linda. Era poca coisa mais alta de que eu. Divia de ter uns um metro e 65 mais ou mebos. Dai eu vi ela mode falando com um amigo dela que tava muito precisada do enprego. Notei que ela tinha um sotaque do sul. Tinha o cabelo preto liso mas bem cheio. Parecia uma leoa. E a voz dela era meio enrouquecida. Amo mulher roca. A bixa era boa dimais. Ela tava de salto alto, calça azul marinho, um blazer azul marinho ebuma bousa creme abotoada e cheia de babado na frente. Ela num era gorda mas era bem encorpada. Tinha um bração. Mas ta bom. Era gostosa. E ela disendo que não podia ficar desekpregada por muiti tempo. Que o dinhero tava acabando. E ela teria que voltar pra a terra dela. E o amigo meio que cobsolandobque ela tinha que acredita. Ouvi ela dizer que era pra o produto uol e essa era a infirmação que eu precisava. Ja tive uma ideia. Ia passar por entrevistado. Era a unica forma de tirar uma casquinha daquela formosura. E eu ja tava querendo ela demais da conta mesmom. Eu tava dambem de camisa de botão, blusa de lã e calça e sapato pois ando meio que de social normalmente. Fui em uma sala e procurei umas perguntas dificeis no google de matematica e conhecimentos gerais e monteibrapidinho una prova no word coloquei o nome da teleperformance e imprimi. Ai fui na sala da entrevista com os papeis segurando e chamei quem era do produto uol. Algumas pessoas se reuniram na minha frente. Perguntei o nome delas. A menina se identificou como Giovana. Falei que ela ia primeiro e pedi pra os outroa aguardarem. Fui com ela pra uma das sala que eu sabia que era vazia sempre que era de reunião mas raramente era usada. Enchi ela de perguntas basicas. Perguntei se ela sabia dos detalhes das vagas. Ela disse queera 1300. Eu disse que na verdade era 2000 e se ela aceitava. Inventei beneficios. Depois apliquei a prova. Ela ficou suando se matando pra escrever. Deixei passar meia hora só e peguei. Sai da sala e pedi pra ela aguarda. Voltei e disse que ela infelizmente não tinha passado. Ela ficou com voz embargada de xoro e quis sair. Eu epdi pra ela esperar. Pergubtei o quabto era importante aquela vaga pra ela. Ela me contou da vida dela. Que era mae e veio de curitiba. Que ela tinha um namorado e uns drama de saude da mae. Eu dai falei com jeitinho que eu ia falar uma coisa e ela qualquer coisa me desculpasse. Que eu ia faze uma dinamica se ela quisesse e eu adulteraria o resultado das provas. Ela ficou pensativa me questionando. Fui indo aos poucos. Eu disse que se ela deixava eu examinar a mama dela. Se ela falasse algo ou se espantasse eu diria se tratar da mae dela e brincaria rindo. Mas ela ficou séria. Não deixei ela pensar muito. Falei que era melhor deixar pra la que eu numbqueria problema não. Ela pensando queria mais detalhe. Eu disse que examinava rapidinho e ela passava. Dai perguntei se podia ser. Ja fui vendendor de carro quando jovem. Sei que num se pode deixar a pessoa pensar muito e fui jogando. Dizendo pra deixar pra la. Dai ela sempre mandando eu esperar. Por fim ela falou:" mas aonde?". Eu disse que ali mesmo. Ela perguntou se aibo emprego era garantido. Eu disse que sim. E ela perguntou da porta. A porta tinha tipo uma janela retangular em vertical. Eu disse que teriamos que ir no cantinho da parede pra não constranger ela. Ela foi bem no cantinho, tirou a cadeira e se encostou bem entre as duas paredes. Eu pedi pra ela continuar. Ela me olhava com os olhos azuis arregaladões. Foi desabotoando. Perguntou se era assim. Ai faleibque ia tocar. Ela assentiu. Peguei e comecei a tocar no sutiã dela que era bege. Ela fechou oa olhos fui tocando dedikhando tudinho. Preferindo tocar na parte que num tinha pano. Direro na pele. Aos poucos fui pegando confiança e apertava de mão cheiam e empurrava com os dedos o pano do sutiã pra o lado pra explorar mais parte. Ela de olhos fechados tremia. Nuk sei se de friu, medo ou vergonha. Quen sabe tesão. Dai eu depois de apertar bem levantei o sutiã liberando eles que se balançavam moles e tinham o formato de rampinha de skate com oa biquinhos rosas. Passei o rosto, acariciei com as duas mãos, lambi e chupei com jeitinho e os biquinhos ficaram bem vermelhinhos. Beijei a barriga e o pescoço. Tentei beijar a boca mas ela virava o rosto e quase me empurrava. Ela ficava meio ofegante quando eu ia nos seios e fiquei la desfrutando. Passava o bigode, chuoava, enchia de beijo e ela arrepiava toda ofegante. Sentei na cadeira abaixei o ziper e subi e desci a lingua na calcinha dela. Ela se assustou levou a mão ao meu ombro e empurrou. Era cadeira de rodinha deslizou um pouco. Subi as mãos e apertei os seios dela. Ela foi amolecendo as mãos. Então esperei ela exitar mais e fui lamber a calcinha dela. Dessa vez ela deixou e senti bem o gosto. Logo desabotoei. Abri a braguila e desci a calcinha e chupei aquela buceta e clitoris, enfiei lingua e dedos e as vezes apertava os peitos. Reparei que os peitos faziam eka excitar e tolerar maus mes toques. Chupei bem o gozo dela. Levantei e tentei beijar na boca e ela num deixou.

Fuibtenta virar ela de costas. Ela foi falando baixinhi e a voz dela ficou mais roca ainda me enchendo de tesão. Eubdisse que ja tava terminando que só precisava ver a bunda dela. Ela virou. Abaixei as calças. Lambi e chupei o cu dela. Abracei. Enfiei dedos na buceta cabeluda dela e apertei o peito ora ela ficar mais tolerante. Beijei e lambi bem. Beijei as costas.

Depois de umbtempo abusando da bundinha dela tirei o pau e esfregueu la. Ela foi virando falando que isso nao. Eu disse que só ia esfregar. E foi. Encaixei entre as duas banda de bunda dela mirando ora cima e me esfreguei apertando os seios dela e a masturbando com a outra mão. Levei a mão dela pra tras e a fiz ficar segurando meu pau enquanto eu esfregava a pontinha dele na bunda. Ela não demorou a soltar e subir a calça abotoando e fechando o ziper. Virei de frente voltei aos seios dela. Fiz ela me masturbar. Sentei na cadeira e fiz ela bater um bolagato. Ela chupou um pouco mas ficou com ansia de vomito e cospiu no chão quabdo tentei por tudo. Avho que meu pau era grande. Voltei aos seios e ela eprguntou se ainda não tinha terminado. Falei que tava quase mamei os peitos enquanto ela me masturbava. Tentei beijar na boca e ela num deixou e fez mó cara de brava. Virei de costas e me esfreguei na bunda dela apertando o peito. E gozei. O gozo pegou nas costas dela por dentro da blusa . Ela ficou brava se destorcendo pra limpar. Eu notei a calça dela mais escura nas coxas. A mulher tinha gozado. Aquela foi a mulher mais gostosa da vida. Pedi pra ela só aguardar que em 3 dias entrariamos em contato. Ela ainda agradeceu e saiu as pressas depois que destranquei a porta

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno gay magrelo sentando em duas rolas penetraçao dupla mundo bichacontos masexitantesvidio de pono gya com tio com briquendo polo cu do seu afilhado mundobichaPicudo fudendo cu da doida no barraco searchA bunda do engraxateconto erotico macho dominador convida amigos pra foder viadinho submissoembebedei minha esposa contosmostra ceu pruquito que. eu mostro meu pauo dia que conheci o glory role contoxxvideos lariha do briquito de eguaContos porno com motoristapornodoido de gravidas lesbica se pegano no hospitaldoidoporno vrlho fudendo filha gozando dentrogarota de minissaia é estrupada por dois bandidos roludomulheres agachadas com buctao reganhadoquero dois paus me fodendo corninhocao gigante fica emgatado na buceta da nefinha que gene de tesaoesperei meu pai sai e foi fuder minha madrastra qui tava dormindoencontrar casadafoneMenina querendii dar a buceta xvideosConto erotico arrombei minhA tia 25cm grosso no acampamentocontos eróticos virei putinha crossdresser dos pedreiroscontos eroticos maduras gosto de homens tarados e de piça gg conto erotico assaltolemarc as menina que tava chupando a rolacasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodeBriga de buceta q buceta bateno puetacomedo novınha a forcafogosa nuonibueu e minha mãe e minha irmã moramos sozinhos eu conversando com a minha mãe eu disse pra ela que eu ia tirar a virgindade da buceta da minha irmã minha mãe disse pra mim filho se você tirar a virgindade da buceta da sua irmã ninguém pode saber disso a noite eu entrei no quarto da minha irmã eu deitei na sua cama do seu lado eu dei um beijo na boca dela eu disse pra ela eu vou tirar sua virgindade da sua buceta eu disse pra ela que minha mãe já sabia que eu ia tirar sua virgindade da sua buceta minha irmã tirou seu babydool eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca eu disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo conto eróticofotos de homens negros de pau grande e grosso erterosmãe sejipana deichando o filho gosar dentro da bucetasexos de negues arregaçando xoxotascontos erotico de puta dando da a buceta pro mendigoas coroas gemendo e gozando desvairadamente xvideotia gemendo peituda vizinhatio fudendo a supria de mini saiaezibir vidios o cacorro e criado desde pequeno com a menina derrepente ele resoçve comer a buceta delaGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosahttp://zdorovsreda.ru/texto/201103701arranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chuparcontos eroticos caguei no pauporno japonesa humilhada exibida chantageada e abusada 2 contocontos eroticos de mai traindo eafinha espiando escondidameu cachorro me fode todo diabebi demais minha esposa deu pra . outro contos eroticosdecabaçando a enteada dormindo xvideosxvideos. gatas qi remexeconto erotico viadinho vestiu calcinha e shortinhoconto gay tiozao deu cufotos decasadinhas boqueteiras do corninhoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhavideo de porou dirano vigidade da namoradafe vedtidocontos de cornos com tio velho pauzudo e comedor super canalha rasseste video de jovem tranzando e fumando cigarro cem para ate gozafoto de minina da bucetonamenino gossando dentroxvideo gratis nao nao para to com dor de barria esse pau muito grande no meu cyxvideos mulher gpstosa por baixo da saia gg kknovinha deslumbrada com um casetaocontos eróticos putas da ruaxvideo porno italiano filme esposa italiana traino o marido italiano ela dano o cuzinhoSobrenatural-Contos Eroticos zdorovsreda.ruelagosou cavalgado na vara grande videosmulher dano cuzinho de fildental a toladoquadrinhos hq casada carente cuidando dos mendigos negoesmenina+bem+novinha+nua+dadi+seu+cu+vigi+para+padtastoXVídeos marido com enxaqueca mulher transa com outroviadinho usando chortinho xvidiosminha mulher nao sabe mais qr pica no cu contoconto erotico viadinho vestiu calcinha na casa abandonadaXVídeos mulher transando com sílaba agressivamenteconto eroticos palmada vxidio dais titia fragadoxvideo de gay peao despencar fucionario para fude com o engenheiro