UM CONTO DE JÉSSICA


Click to Download this video!
Um conto erótico de Adam Rei
Categoria: Heterossexual
Data: 12/07/2018 15:34:46
Última revisão: 14/07/2018 14:05:04
Nota 10.00
Assuntos: Anal, Heterossexual

Olá, eu sou Jéssica.

Como o rei já escreveu nada menos do que 3 contos ao meu respeito, pedi para que me deixasse escrever um quarto. Ele concordou, desde de que pudesse mexer no trabalho, quando achasse necessário (ele faz questão de que a escrita seja a mais perfeita possível). O resultado vocês lerão nas próximas linhas. Adam mexeu em algumas poucas coisas, substituindo palavras e melhorando algumas frases. Espero que gostem.

Estávamos vivendo um período muito conturbado na casa, com o professor trabalhando demais dando aulas em duas escolas. A quantidade de trabalho que trazia para casa era imensa: fichas para preencher, diários, provas para corrigir, aulas para planejar, relatórios e mais relatórios que se acumulavam a cada dia.

Além do mais tinha a obra que o professor havia começado: estava erguendo mais um cômodo que ele pretendia usar como uma sala para praticar exercícios físicos. Porém, a obra estava parada já a algum tempo devido a problemas no projeto, com mão de obra, com os materiais, atrasos e mais atrasos, etc. Nunca tinha visto o professor tão estressado com uma situação.

De minha parte fazia de tudo para ajudá-lo, pois havia me colocado como uma espécie de secretária. Preenchia fichas, ajudava nos relatórios, verificava e-mails, etc. Particularmente eu estava adorando esta minha nova função, pois além de passar mais tempo com o professor, ainda aprendia a fazer muitas coisas. E, obviamente, estava muito mais acessível quando ele queria sexo.

Foi então que eu descobri este site de contos. Comecei a ler os textos escritos pelo professor Adam, que ele publicava e armazenava no computador. Descobri histórias que ele viveu há muito tempo, antes de ele me conhecer, ou mesmo antes de começar a viver na casa. Fiquei assustada ao mesmo tempo excitada e curiosa. Quando vi que a minha história também estava relatada em três contos, fiquei perplexa com a riqueza de detalhes. Li e reli cada linha. Acho que eu deveria ter ficado indignada, ter brigado e exigido que tirasse aquilo do ar. Mas, na verdade, eu não soube como reagir.

Apenas li cuidadosamente todos os textos, deixando minha bocetinha molhar relembrando tudo o que tínhamos vivido até então.

-Amor... – disse eu quando ele entrou no quarto - que site é esse?

Adam se aproximou, ajeitou os óculos enquanto olhava para a tela do computador.

-É um site de contos eróticos – respondeu com um sorriso - Adoro contos eróticos... eu nunca te disse?

-Não, amor...

-Já viu que escrevi sobre nós?

-Vi, sim. Só não entendi o porquê de você nunca ter me contado.

-Se eu tivesse te contado, suas reações poderiam não ter sido naturais e isso não é excitante.

Apenas fingi que entendi. Eu sabia que não adiantaria nada argumentar com Adam, especialmente quando o assunto era sexo.

-Ainda vai escrever sobre nós?

-Ainda pretendo escrever sobre alguma experiência nova. Ainda não comi o seu cuzinho...

- Eu dou o cú para você! – Respondi com convicção, e pude perceber o pau de Adam crescendo por debaixo da calça jeans.

Uma coisa que eu havia aprendido, é que Adam adorava esse tipo de atitude de suas mulheres, adorava ser surpreendido.

Na verdade, eu estava morrendo de medo da dor que eu poderia sentir, mas queria satisfazer o professor. Achei que ele merecia um alívio de tanto trabalho e stress. Eu era a sua menina. Estava decidida a fazer tudo por ele, sem hesitar.

Tomamos um delicioso banho juntos e o rei me chupou inteirinha debaixo da água quente. Meus peitinhos pequenos e pontudos cabiam inteirinhos na sua boca. O roçar melado de seu caralho duro em minhas coxas, somente aumentavam a vontade de dar para ele.

Saímos do chuveiro direto para a cama, onde tive a bocetinha chupada com muita vontade pelo meu amado rei.

Ele deitou-se na cama e pediu para que eu sentasse gostoso na sua pica. Como sou sua putinha favorita, obedeci prontamente. Engoli gostoso com a minha pequena xaninha, o caralho incrivelmente duro do meu rei. Gememos gostoso e cavalguei sobre seu pau com muito tesão. Agarrando minhas nádegas com firmeza, Adam abria e fechava minha bunda, o que me deixava cada vez mais louca.

Sem parar de deslizar na vara de meu amado, nos beijamos. “Quero meter nesse seu cuzinho, agora! ”. Disse meu rei num tom de ordem. “Eu te dou”, respondi prontamente. Pude sentir sua pica pulando dentro de minha boceta.

Sai de cima e Adam pegou um frasco de gel. Pediu para que eu passasse um pouco na ponta de seu pau e outro pouquinho na entrada de meu cú. Fiz tudo como ele mandou.

“Agora, amor, tudo o que você tem que fazer é segurar ele e sentar bem devagar com seu cuzinho. Coloca só a cabecinha até a profundidade que você aguentar. Você é quem está no comando. “ Disse, o meu rei.

Montei sobre ele. Peguei firme eu seu caralho, duro e quente, sentindo a pulsação do órgão. Sentei meu cuzinho ainda virgem bem devagar. Senti a cabecinha entrando e parei bem ali. Não consegui mais. O pau de Adam pulava. Senti uma dorzinha e fiquei com medo de enfiar mais. Todavia, comecei a pular e rebolar a bunda. Adam só ficava repetindo: “Que delícia, amor! Ai, que delícia meu amor”. Tirei o pau de meu cú para que eu pudesse tomar um fôlego. Sentei novamente e dessa vez, a rola entrou um pouco mais fundo. Senti uma mistura estranha de dor e prazer. Comecei a rebolar e a quicar com o pau do meu amor enterrado no meu buraquinho. O jeito que Adam gemia e falava comigo, só aumentava a minha vontade de dar para ele. Tomei coragem e coloquei tudinho no meu rabo. Senti uma dor dos infernos e tirei rapidinho.

- Calma, amor! -Tranquilizou, Adam – faça as coisas no seu rítmico.

Trocamos de posição, ficando de ladinho. Adam pediu para que eu abrisse as pernas e eu obedeci, morrendo de medo.

Ele enfiou a cabecinha no meu rabo. E até que foi gostoso. Entrou mais um pouco e senti uma dorzinha.

Adam começou a comer o meu cuzinho bem devagar. Estava doendo um pouco, mas não pedi para tirar: se não conseguisse dar para ele, fatalmente iria perder lugar para outra menina da casa e isso era a última coisa que eu queria. Aguentei firme, enquanto Adam se empolgava cada vez mais e socava seu caralho duro no meu cú.

Aguentei até o fim, como uma verdadeira putinha do rei. Quando Adam gozou, inundando o meu cú de porra, olhei para o seu rosto e vi satisfação no seu sorriso e nos seus olhos que brilhavam em minha direção. Senti-me realizada por proporcionar a ele este prazer. Em retribuição, meu homem me fez gozar maravilhosamente, lambendo minha xaninha com maestria.

Está foi a minha primeira experiência com o sexo anal. Hoje, eu adoro quando Adam diz que quer comer o meu cuzinho.

http://facebook.com/adam.reis.98

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/07/2018 17:11:33
Cigano Viajante. Muito grato pela sua leitura e pela sua nota. Concordo contigo em tudo o que escreveu. Muito agradecido.
14/07/2018 20:27:27
Você escreve muito bem. Em palavras você dá a realidade de um relacionamento entre homens e mulheres. O erotismo supera de longe a putaria (foi hostil, mas não tem outra palavra pra descrever) que já passou por aqui na Casa. A verdade é que mulheres realmente querem sexo até mais do que nós homens. Só que não é botar o pau pra fora e enfiar. É a sedução pelas palavras, criando empatia e conquistando a confiança de uma mulher. Parabéns! Nota 10 com todo o louvor!




Online porn video at mobile phone


xvideos comeu irma da conhadcontos emprestei minha irma por cem reais pra um taradoconto erotico tirando o cabacinho da entiadinha novinhapedindo pra fodela bem baixinhoxx drasio video .confilmes pornodoido marido da sua esppsinha magrinha par a um negrap do pau enorme tora ela ao meioSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhafilha minha femea contocontos que delicia comi o cuzinho de minha boneca!!!Incesto- Irmão brutamontes se apaixona loucamente pelo irmãozinho gay casadoscontosxevedeos cumendo a amiga da minha mãe que véio passar ferias na minha casa vedeos caserocontos eroticos maduras gosto de homens tarados e de piça gg contoerotico - incesto - corno bixisvedeo asalto loja ponocasa dos contos meu marido contratou mestre de obra negro comO Ativão do Morro 2 - Casa dos Contospornô em Carmo da Cachoeira na ruaxvideos gay amador cafuçu de bermuda fininhaninfeta cismou comigoconto erótico tarado levanta a saia da mulherxvideo mulher passa por baixo da corda e arrebenta maiorporno loira quadriu grade americana pornovolupinosa pornotesao pelo chule da minha funcionaria contos eroticos podolatria. shortinho fino sem calcinha da sogra contosconto erotico tio salva vidachupando o cassetao do viado gay dos peitaoyuri palzudoConto minha vizinha me falou que o marido não endurece maiscontos erotucos escritos casa de contos um menino me cgupou.conto erotico gay viado submisso vira femea do negaoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoporno familha sacana opai bravo e afilhar virgempadastro de 45 cm no cu da intiada de 24 anoscontos de tia que mexeu com sobrinho jovemwww xvideos.mulher.de.che.o.marido.dorme.tra.fode.cunhadoFilme de porno garoto batendo puhentamulher levanta o vedtido e leva rola na bundaMulher gosando muco xvidioconto erotico meu marido me viu dando o cu e gostoucontos minha esposa e seu ginecologistao filho da minha patroa ele foi metendo seu pau na minha buceta virgem que sangro ele começou a fuder minha buceta eu gozei ele fundendo minha buceta ele gozo dentro da minha buceta ele começou a fuder meu cu virgem ele gozo dentro do meu cu quando eu sair do seu quarto minha patroa me frago eu saido do quarto dele minha patroa disse pra mim que eu ia ficar grávida do seu filho conto eróticoCasados no motel tentando sexualmente o garçonaluno fodendo professor de educacao fisica gay animadomiha putinha loira procura negao do pinto grandexvideos com gringa gie nao paga alugueucontos picantes de amor gaysXVídeos brasileiro tar adesivo da esposa colega para chupar elemarrido fode amulher mais oltroa madastra nao aguenta o casetao do intiado no cuxinho pede arego sexoxvideos conformadogynTransando com o pai ate esguichar de prazer em putaria brasileira videos curtos de incestoAna da prassa e nossa mostrano a buceta no vidiodeflorador de gatinhas taradasirmao.da patroua comendo.a babaconto erotico empregadacontos eróticos peguei minha mulher e me vingueicontos erodicos comi minha netacontos eroticos casamento nupciasMoto táxi pega passageira gostosa de shortinho curtofilme pornô de pais brasileiros transando com as suas filhinhas dopados com soníferocontos eroticos esposa gosta do vizinho tromba de elefante ,dotadaocomendo debrinha com abuceta defora e gozei dentroFesta sandálias havainas xxvideo contos minha esposa e um andarilho picudoxxx 6agora videosxxxporno doido homem com cacete duro basta encostalaminha tia viu meu pau eretocontoseroticos mulher lactante amamentandoeu quero ver um priquito bem grande daquele bem arranhadocasada endurecendo o picao da amiga shemale no meio dos peitoes pornoporno mexeu quadril na piroca do magrelogarotas.do.colejio.todas.piranhas.chupando.gostoso.piru.ategosabaixa vídeo porno molhes ñ quenta rolar ir choraprimos boqueteiros. Tomei o leitinho do meu primo gueizinho pornocontos gozei na boca da menina deficientecontos eroticos pedindo pra ser cadelaContos eroticos garotinha curiosaContos eróticos de incesto mãe tarada descabacando filho dotada com fotosXVídeos a comadre com pai transando na Noite Escuraver homem chamadobucetadificudade xvidio.comhomens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginacontos eroticos. de velhas q fuderam com rapaz novo.contos eróticos dermatologistas safadasmenino enbebada menina pra come ela no colegio xnxxxseduzir a cunhada dentro de casaxvideos baixo o ziper empurro a rolavidio disexe porno yotubeconto erotico gay o policial do girofilme de sexo com mulher f****** e chupando pica arrotando galaerotico meupaiwww xvideos sabreeu comconto minha primeira ciriricaconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancogretinha do short pornoContos marido da minha amigacontos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulher