Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

AMOR DE PESO - 02X16 - ISSO NÃO PODE ACONTECER

Um conto erótico de Escrevo Amor
Categoria: Homossexual
Data: 12/07/2018 01:11:24
Nota 10.00

GENTE,

ESTOU FINALIZANDO OS ÚLTIMOS CAPÍTULOS DO ROMANCE. SEMANA QUE VEM TALVEZ JÁ SEJA O ÚLTIMO. QUERO AGRADECER A TODOS QUE LERAM, A AUDIÊNCIA FOI GRANDE, MAS TIVE POUCOS COMENTÁRIOS, SÓ QUERO AGRADECER A VOCÊ QUE LEU E NÃO COMENTOU. DEIXO AQUI TAMBÉM UM ABRAÇO ESPECIAL PARA AS PESSOAS QUE COMENTARAM: PLT, VALTERSÓ, FLYNNAGIN, CHRIA.

Pai e mãe,

Estou feliz, faz tempo que não me dou conta disso. Tenho amigos, uma família que me aceita e um namorado sensacional, mas tenho medo de que tudo isso vá embora.

O final de semana no hotel foi maravilhoso, cheguei em casa parecendo um camarão. A noite a titia e o Carlos nos levaram para jantar fora, eles estavam comemorando a compra do escritório dele. Giovanna parecia uma mulçumana, comprou vários lenços para colocar na cabeça, a gente ainda não havia conseguido marcar o retorno dela no salão, confesso que me divertia com essa história, afinal, não era todo dia que o cabelo da Giovanna parecia uma alface.

Richard: - Carlos? Você vai ganhar mais?

Yuri: - Menino, isso não é coisa que se pergunte. Come logo.

Giovanna: - Sim, que coisa feia, Richard. (olhando para Carlos) – E, então? Vai ganhar ou não?

Olívia: - Vocês dois estão demais hoje, hein?

Carlos: - Deixa eles, crianças, o importante não é o quanto você ganha, mas fazer aquilo que se ama.

Olívia: - Isso mesmo, né, Yuri?

Yuri: - Claro, é sim.

Richard: - Então, posso ser artista de circo?

Yuri: - Claro que não, o nosso destino já está traçado, vou ser engenheiro, e você médico.

Giovanna: - E eu?

Richard: - Vai casar com alguém muito rico. (rindo)

Yuri: - Negativo, vai ser... vai ser... hum... titia me ajuda aqui.

Olívia: - A Giovanna vai ser quem ela quiser.

Richard: - Vai ser a solteirona. (rindo)

Giovanna: (jogando uma azeitona em Richard) – Cala boca. Vou ser uma atriz famosa, mas se isso der errado... viro uma youtuber, mostrar como sofro nessa família.

Olívia: - Crianças. Amor, e quando vocês vão contratar pessoas para a reforma?

Carlos: - A gente mesmo vai fazer.

Olívia: - Não vai demorar?

Carlos: - Um pouco, mas queremos guardar dinheiro.

Olívia: - Entendi.

Giovanna: - Menino, paga alguém. Um advogado não pode fazer trabalhos braçais.

Yuri: - Giovanna? Isso é uma espinha no teu rosto?

Giovanna: (abrindo a câmera do celular) – Onde? Pelo amor de Deus, já não basta esse cabelo verde. (levantando) – Vou ao banheiro. (saindo)

João Lucas estava completamente fora de si, ele preparava um quarto na antiga casa de seu pai, onde gravamos o filme do Arthur. Ele queria que a família se reunisse mais uma vez. O jovem comprou várias correntes e cadeados. Durante a noite, o irmão mais velho do Zedu não conseguia dormir. Até sua namorada, Emilly, o abandonou por causa de suas atitudes.

João Lucas: - Pai. (olhando para uma foto de seu pai) – Eu te amo. E prometo que estaremos com o senhor em breve. Eu fui um bom menino, eu prometo.

Enquanto isso, Zedu e sua família decidiram passar o dia juntos. Eles foram ao cinema, depois fazer compras e finalizaram a noite com um belo jantar. Teodora estava orgulhosa de seus filhos, mas sabe como é coração de mãe, ela não conseguia tirar JL da cabeça. Afinal, eram semanas sem notícias de seu filho. Zedu até tentou animar a mãe, sem sucesso, claro. Fred meio que não sentia falta de JL.

Fred: - Acho que deveríamos fazer uma viagem, só nós três.

Zedu: - Ainda não conheci margarita, acha que podemos ir?

Teodora: - Não sei filhos. Precisamos achar o JL.

Zedu: - Ele não deu notícia?

Teodora: - Não.

Zedu: - Desculpa mãe, isso é…

Fred: - Não termina essa frase. (pegando no ombro do irmão) – Você não tem culpa do JL ser um babaca e homofóbico.

Teodora: - Não fala assim do seu irmão. Deve tá sendo difícil pra ele.

Fred: - Difícil? Como ele pode rejeitar o próprio irmão? Mamãe, não vamos falar no JL, pelo menos não hoje.

Teodora: - Tudo bem. (com os olhos vermelhos)

Zedu: - Ele deve tá bem mãe, sabe como funciona notícia ruim. (abraçando a mãe)

Fred: (respirando fundo) – Verdade. Ele vai se virar. Não se preocupa.

George e Jonas foram aproveitar a lua de mel no Rio de Janeiro. Fiquei tomando conta do estúdio, claro, que ele estava fechado, afinal, não ia comandar trabalhos importantes. Lucas e Zedu foram me fazer companhia, na verdade, a gente ficou jogando videogame durante toda aquela semana. Era muito legal aproveitar esses momentos com o Zedu, ele era incrível, sempre me fazia sentir incluído, mesmo quando eu era péssimo no jogo.

Zedu: - Puxa bebê, desculpa, mas na próxima você arrasa.

Yuri: (entregando o controle para Lucas) – Não faz sentido. Futebol é uma droga.

Zedu e Lucas: - Não é não.

Lucas: - Futebol é arte.

Zedu: - Futebol é uma filosofia de vida.

Yuri: - Credo. Parecem hetéros falando. (olhando para frente e se assustando) – Ge..gente.

Lucas: - O que foi? (virando para trás e se assustando também) – O que você está fazendo aqui?

João: - O… oi, gente.

Yuri: (olhando para Zedu)

Letícia e Arthur foram ao shopping e encontraram Bernardo, o jovem continuava confuso sobre o relacionamento poliamoroso. Eles decidiram se encontrar na casa de Arthur, uma vez que seus pais viajaram. Bernardo queria entender seus sentimentos pela dupla. Ele tomou banho e vestiu uma roupa bem confortável, quando chegou na casa de Letícia seu coração acelerou.

Bernardo: - Eu não sei…

Arthur: - Quando te beijei, senti uma coisa diferente, de verdade.

Bernardo: - É muito novo para mim.

Letícia: - E pra gente também, mas eu gosto muito de você, Bernardo. E queria que você desse uma chance para nós.

Bernardo: - Eu não sou gay.

Letícia: - Não estamos falando de rótulos, não pense assim.

Arthur: (pegando a mão de Bernardo) – Sente, o meu coração está acelerado, acha que eu não estou confuso?

Bernardo: - O meu também está. (pegando a mão de Arthur e colocando em seu peito)

Letícia: (beijando primeiro Arthur, e depois Bernardo) – Amor é uma coisa tão simples, a gente que confunde tudo.

Bernardo: (se entregando, beijando Letícia e Arthur)

Eles transaram, Bernardo não conseguia acreditar no que estava acontecendo. Letícia ficou muito excitada por ver os dois homens de sua vida ali, se amando, sem preconceitos ou pudores. Quando o sexo acabou, Letícia se ajoelhou no chão e perguntou se eles queriam namorá-la.

Bernardo: - Bem, não sei como isso vai funcionar, mas quero ir até o fim.

Arthur: - Eu aceito também.

Letícia: - Só precisamos ser discretos, ainda não estou preparada para assumir ao mundo que sou poliamorista.

Bernardo: - Podemos ficar como sempre fomos, vocês um casal, e eu melhor amigo.

Letícia: - Tem certeza?

Bernardo: - Eu ainda não estou pronto também, pode ser o caminho mais fácil.

Letícia: - Entendi. (abraçando os dois) – Amor vocês!

Bernardo: (recebendo um beijo de Arthur e sorrindo) – Espero não me meter em confusão.

Arthur: - Eu também.

Letícia: - Vamos aprendendo uns com os outros.

Brutus tinha se encontrado na dança. Mesmo sem ter nunca praticado na vida. Segundo Juarez, aquilo era sorte de principiante. Naquela tarde, Mundico aproveitou para visitar Ramona. Eles fizeram pipoca doce para assistir a um filme. Ramona evitava sair para não ver o Brutus com Kellen.

Mundico: - Amiga, vai ter um evento LGBTQ+, eu e o Juarez vamos dançar.

Ramona: - Que legal.

Mundico: - Precisamos de uma menina para dançar conosco. Você topa?

Ramona: - Amigo, será? Não sei.

Mundico: - Vamos, qual é?

Ramona: - Faz tempo que não danço, ainda mais com pessoas olhando.

Mundico: - Vai ser meu retorno aos palcos, por favor.

Ramona: - Olha, que legal. Quer dizer que o tratamento está funcionando?

Mundico: - Sim. Vou voltar a dançar.

Ramona: - Já que é por um motivo tão especial, sim.

Mundico: - Arrasou. Vamos ensaiar durante a tarde, pode ser? É que o Juarez precisa ir capinar o Centro, por causa da medida judicial.

Ramona: - Sim, claro. Estou com o tempo livre.

Mundico: - Assim que se fala.

Sim, o cara de madeira do João estava ali no mesmo ambiente que nós. Pra ele não bastou ter me humilhado e ter feito o Lucas sofrer. O João parecia muito diferente, mais magro e abatido. Naquele momento, tive um turbilhão de emoções dentro de mim, lembrei de todas as provocações que ele fez.

João: - Eu preciso falar com você, Lucas.

Zedu e Yuri: (olhando para Lucas)

Lucas: - Bem, o que gostaria de falar?

João: - Pode ser particular?

Lucas: - Claro. Vamos pro escritório.

João: - Com licença. (olhando para Yuri e Zedu)

Lucas conheceu João na Escola, eles eram amigos, o primeiro beijo aconteceu quando os dois se masturbavam assistindo a um filme porno. Depois de um tempo, a 'relação' foi apimentando e Lucas se entregou de coração, só que João não se aceitava, e descontava toda sua frustração no sobrinho de George. Tudo mudou, quando Zedu apareceu, João ficou obsessivo. Então, eu me mudei para Manaus, e João achou a vitima perfeita.

Lucas: - O que você está fazendo aqui?

João: (mudando de expressão) - Eu que pergunto, que diabos você está fazendo com o Zedu e a baleia?

Lucas: - Eles são meus amigos.

João: - Qual é, amigos. Eu era o teu amigo.

Lucas: - Não, você não era.

João: (se aproximando e beijando Lucas) – Qual é, eu sei que você ainda gosta de mim.

Lucas: (se afastando) – Me deixa. Você não é uma boa pessoa.

João: - Eu? Eu não sou uma boa pessoa? E esses dois malditos que estão lá fora, hein? Eles destruíram a minha vida. Não tenho paz em casa, meu pai vive me batendo.

Lucas: - Sinto muito, mas tudo o que você faz vira contra você.

João: (sentando e colocando os pés na mesa) – Blá, blá, blá. Que horror, eles fizeram uma lavagem cerebral em você?

Lucas: - João. Acho melhor você ir embora.

João: - Não. Você vai me ajudar, você me deve isso. Por tudo o que eu fiz.

Lucas: - Te ajudar em que?

João: - Destruir o Zedu e Yuri. Eles foram os culpados por meu pai saber que eu sou… sou…

Lucas: - Viado, baitola, gayzinho?

João: (se aproximando) – Me ajuda bebê. (pegando a mão de Lucas e descendo até seu pênis) – Você está com saudades dele, né?

Lucas: - O que você vai fazer contra os meninos?

João: - Quero destruir os dois.

Tia Olívia e Carlos discutiram por causa dos gastos dele no escritório. Titia achava que aquilo era uma perda de tempo, e que Carlos deveria focar em concursos e outros empregos. Eles brigaram feio naquela tarde, consegui ouvir o Carlos bater a porta do carro e ir embora.

Olívia: (entrando em casa)

Yuri: - Dia difícil?

Olívia: - Demais.

Yuri: - Qual o problema tia?

Olívia: - O Carlos é brilhante demais para ficar preso num escritório, ele não tá sabendo administrar as coisas…

Yuri: - A senhora acha? E o que o Carlos pensa?

Olívia: - Meu filho é diferente.

Yuri: - Tia, a senhora ama o Carlos, e mesmo que não seja a decisão certa, precisa apoiar ele.

Olívia: - Yuri. Será que fiz besteira?

Yuri: - Bem, ainda dá tempo de arrumar as coisas.

Olívia: - Dá sim, e tive uma ideia. (ficando em pé) – Vamos.

Yuri: - Pra onde?

Olívia: - Fazer uma surpresa para o Carlos.

Yuri: (levantando) – Sério? Eu e meus conselhos falhos.

Após muito ensaio, Mundico, Juarez e Ramona, foram até a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) para se apresentar no evento LGBTQ+. Ainda não havia visitado o local, e cara, a faculdade é enorme. Foram quase 10 minutos para entrar. A Ufam não fica localizada no Centro de Manaus, mas em uma floresta, literalmente, dúvida? Pesquisa no google. Enfim, eu e Zedu, ficamos responsáveis pela iluminação, Letícia, a música, e Arthur filmaria tudo.

Ramona: - Estou nervosa. E se as pessoas me julgarem?

Mundico: (Colocando uma máscara) – Hoje a noite você pode ser quem quiser, aproveita.

Juarez: (colocando a máscara) – Gente, vou no banheiro e já volto.

Ramona: - Rápido, você tem cinco minutos.

Juarez: (saindo)

Yuri: - O Lucas não veio, né?

Zedu: - Sim.

Yuri: - O que será que o João falou com ele?

Zedu: - Não sei, amor. Espero que tenha pedido desculpa.

Bernardo: - Quer dizer que a DJ mais linda vai embalar a festa?

Letícia: - Não sou DJ, mas meu namorado é.

Bernado: - Boba.

Arthur: - Nosso namorado. (rindo) – Bem, a apresentação vai já começar.

Juarez: (voltando)

Ramona: - Pensei que você não fosse mais voltar.

Apresentador: - Boa noite, senhoras e senhores. Hoje, temos a honra de receber um grupo muito especial que fará uma dança em homenagem as mulheres hermafroditas. Por favor, vamos receber, Ramona, Raimundo e Juarez.

(Pessoas aplaudindo)

(Letícia apertando play)

Sei que podia ser bem menos complicado

Mas não fosse complicado

Talvez eu nem estive aqui pra ver o que isso iria ser

'To certo

Você reclama e eu reclamo, a gente clama

Pelo amor e a gente arruma um argumento pra fugir daquele mesmo amor

Quando 'tá perto

Era uma Terça-feira fria e sem graça

Quando eu te vi o resto ficou todo sem graça

==

Ramona dança como se não houvesse amanhã. Mas ela percebe uma coisa, o terceiro dançarino não é Juarez, já que o mesmo está olhando ela dançar. Apesar do pequeno susto, a minha amiga não parou em nenhum segundo, e mostrava através da dança que ela era uma mulher forte e de garra. Eu e Zedu quase piramos por causa das luzes. Já Arthur garantiu pegar os melhores angulos da apresentação.

Bernardo: (observando Arthur)

Letícia: - Tá, tudo bem?

Bernardo: - Sim.

Letícia: - Se precisar conversar sobre qualquer coisa, eu estou aqui, você sabe disso, né?

Bernardo: - Sim, claro que sei.

==

Ela não deve nada pro Serasa

E muito menos pra vocês

E eu pirei no seu jeito

Esse jeito

Sem jeito

Tão perfeitamente, imperfeito

Que eu nem esperei três dias pra ligar de novo

Acho que vai ser dessa vez

Então já é

A gente fica junto se me quiser

Não vem mudar de assunto testei sua fé

E eu chego devagar porque ela é frágil, ela é frágil

Mas se for pra jogar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Se for pra zuar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

====

Tia Olívia chega no escritório de Carlos, e encontrou o namorado tendo dificuldade em serrar uma tábua. Ela levou algumas ferramentas de casa e ofereceu ajuda para ele. Giovanna e Richard também ofereceram ajudar, mas só porque a titia ofereceu dinheiro.

Carlos: - Não precisa amor.

Olívia: - Claro que precisa, somos um casal, e seus problemas são os meus. Fora que sei muita coisa sobre marcenaria e reformas da casa, tá!

Carlos: - Se bem que você está bem sexy com essa pochete cheia de ferramentas.

Olívia: - Somos, eu e você, e alguns pivetes contra o mundo. (beijando Carlos)

Giovanna: - Hello. Estou aqui. (olhando em volta) – Gente, que paredes feias… (dando um gritinho e pulando) – Já sei, vamos mudar as cores de tudo.

Richard: - Só espero que não fique igual ao seu cabelo.

Giovanna: - Magoou. Mas, eu ignoro. (olhando para as paredes e anotando em um caderninho) – Um 'amarelo canário' ia ficar ótimo aqui. (dando outro gritinho) – Aqui pode vir um 'azul piscina bebê', o contraste ia ser ótimo.

Richard: - Vai entender?!

Carlos e Olívia: (rindo)

=====

Mas se for pra causar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Mas se for pra amar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Ela sabe da sua beleza

Mas sabe que sua beleza

Não é nada pois sua simplicidade

É sua fortaleza

Ela voa sem asas

Encara a correnteza

O mundo é sua casa onde ela senta põe o pé na mesa

Limpando a maquiagem de frente pro espelho

Mergulha na tristeza amarga do olho vermelho

Ela é cortante fino

Cerol até na mão

As outras falam dela

Ela nem sabe quem as outras são

Ela é porrada e bomba

É ra-tá-tá pipoco

Ela comprou o mundo avista e 'tá esperando o troco

Ela acordou disposta a ser melhor que ontem

Ela vive as histórias pra que os outros contém

Ok 'to pronto pra assumir o compromisso

Sou submisso ao seu feitiço e eu gosto disso

Sei que uma vida inteira é pouco com você

Mas vou tentar me contentar com isso

==

Mundico conseguiu dançar, e não se cansou ou sentiu o pé doer. Ele já havia realizado sua vontade, então, tirou a máscara e desceu do palco. Ramona ficou sem entender, mas então, Brutus tira a máscara e revela ser o terceiro dançarino. Ele continua a coreografia com Ramona, que fica muito emocionada. Eles terminam a apresentação e todos aplaudem, no final, Brutus dá um beijo cinematográfico em Ramona.

Ramona: (ofegante) – E a Kellen?

Brutus: - Não sem quem espalhou essas mentiras, mas eu nunca tive nada com ela, eu juro. Sempre te amei. (beijando Ramona)

Ramona: - E você não vai ficar com vergonha da minha situação?

Brutus: - Não quero perder você, mesmo que isso signifique quebrar todos os meus preconceitos. Eu te amo, Ramona.

Ramona: - Brutus… (beijando Brutus)

Brutus: (ficando de joelho) – Ramona Villar, aqui na frente de todas essas pessoas, você aceita namorar comigo?

Ramona: - Sim, sim, claro que aceito. (ajoelhando e beijando Brutus)

==

Então já é

A gente fica junto se me quiser

Não vem mudar de assunto testei sua fé

E eu chego devagar porque ela é frágil, ela é frágil

Mas se for pra jogar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Se for pra zuar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Mas se for pra causar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Mas se for pra amar

Ela é mulher feita

Ela é mulher feita

Então tem que respeitar

Então tem que respeitar

(Então tem que respeitar)

(Então tem que respeitar)

===

Sim, um final quase que feliz para todos nós. Fomos para o Fred's e passamos um bom tempo conversando. Depois cada um foi para sua casa, quer dizer, o Zedu decidiu ficar um pouco comigo. A gente assistiu a um filme, e ele disse que já estava ficando tarde. Deixei o meu namorado na porta e percebi que ele havia deixado o celular no sofá de casa. Saio apressado e consigo ver o Zedu na rua.

Yuri: - Zedu?!

João Lucas: (colocando um pano no rosto de Zedu e o sufocando)

Zedu: (se debatendo, mas não consegue se soltar)

Yuri: - Nãããoooooooo! (correndo em direção a Zedu e João Lucas) – Solta ele.

Zedu: (desmaiando)

João Lucas: (pega Zedu no colo e o coloca dentro da caminhonete)

Yuri: (ofegante) – Espera.

João Lucas: (entra no carro e para ao lado de Yuri) – Isso é um problema de família, se contar pra alguém você vai morrer)

Yuri: (olha dentro da caminhonete, vê Teodora, Fred e Zedu, desmaiados) – O que você fez? (chorando)

João Lucas: - Você quer dizer, o que vou fazer?! (acelerando)

Yuri: - (pensa rápido e joga o celular de Zedu dentro da caçamba da caminhonete) - O que vou fazer?! Meu Deus...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
Uno
17/07/2018 17:56:12
Menino vc precisa mandar esse roteiro pra Netflix... Sério! To ansioso pelo ultimo capítulo
PLT
12/07/2018 22:17:27
EU DEUS QUE FINAL DE CAPÍTULO FOI ESSE? TÔ EM CHOQUE, ODEIO O JL. Depois do fim de Amor em Londres, não sei se aguento outro final triste, ainda mais dessa série que eu tanto gosto. Mas agora sério, um esclarecimento: É o fim da temporada ou do "Amor de peso" em si? Acharia interessante rolar tipo um salto temporal mostrando o futuro do Zedu e Yuri, a vida adulta e como isso pode interferir no relacionamento... como naquele filme "Namorados pra sempre". Eu realmente me apeguei muito a essa série. Ah, e outra coisa... Você continuará a publicar outros contos e etc? Fico me perguntando... No mais creio que é só isso, ótimo capítulo esse, e espero que não seja o fim da série, mas se for tudo bem... Vou dormir com pena do Yuri hoje, e ouvindo "Stop Crying Your Heart Out" e "Dont Go Away" em homenagem a ele
12/07/2018 01:55:40
NEM QUERO ACREDITAR QUE JL PENSA EM MATAR TODOS DA FAMÍLIA APENAS POR NÃO ACEITAR A ORIENTAÇÃO SEXUAL DE ZEDU. ELE QUE SE MATE MAS DEIXE OS OUTROS VIVEREM. TB NÃO QUERO ACREDITAR QUE LUCAS VAI SE DEIXAR INFLUENCIAR POR AMOR DE PICA DE JOÃO. SERIA SER IMPRESTÁVEL DEMAIS. OUTRA COISA QUE NÃO CONCORDEI MUITO BEM É O RELACIONAMENTO DE BRUNO ARTHUR E LETÍCIA. NADA A VER. TRIÂNGULO AMOROSO NÃO FUNCIONA, NUNCA FUNCIONOU E NUNCA VAI FUNCIONAR. ALGUÉM VAI SAIR MUITO MAGOADO NESSA HISTÓRIA. LAMENTÁVEL.




Online porn video at mobile phone


gta faz sexed putaria sessaomulher pedi marido. um negao.para cumela junta com marido porno.doido10 mil fotos da buceta da familia sacanae essa tua carinha síndico na me olhandoporno gey cunhadinho chega en casa seu cuhado se decraraConto erotico eu e minha mulher no alojamento dos machosconto erotico viado novinho arrombado por dois coroas dominadoressou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteiirma de cinturinha tem bucetao de veludo encaixa perfeito pra tomar com muita forca la no fundo conto erotico sou tratada como puta pelo meu sogro ele adora me chingara mulher dando furingo a mulher dando o cu para o homemmulher dano cuzinho de fildental a toladoxvideos buceta de menininha sem penugem bem novinha desprovida de peloenfianp atr o talo no cuconto gay contei pra ele que queria dar pra elexvideos rolas chapuletadasvideos porno fodendo mae emprensadacontos erotico,meu genro me enrrabou dormindowww.xvideo enganchei minha mao .comeu. quero. ve. video. porno. com. menina. de. quize. ano. pegarno. carona. de. caminhaobucetaaa grande na xiriricaQuilombola comendo gay conto eroticonovınha metendo agaxada na rolavideo porno lanbidas na boceta noivas e incestofilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosacorneagem xvideos.comcontos eroticos de irmas gemiascomtos eroticos incesto dei minha busetinha ainda sem pelinhos para um velhos muito pausudo e meu irmao descobrio e quis fuder meu cusinhocoleirinha as maiores bundascontos eroticos gosto de levar surra de piça ggnifetihha loira levado no cu amarada sei dofiquei bem v******** batendo p****** bem gostosa cantando CaladinhaBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimhaXVídeos mulher dormindo XVídeos mulher dormindo caindo no fornofotos padrasto come cu da emteada pau giganteboa foda nos adoramos nos amarcontos de sexo minha mae sento no meu coloconto lesbico a procura do amor cap25Xvidos emtianda de chortinho ja aguentafprçado a colocar a saia e o sutien fa minha irma contos eroticos gratisPenis flacido castrar contoswww gostosas do zaptkmolhe de bucetona do beici viradohomens enfian o pau nu reto do menino domimnio ate gozar meia prima querendo dois negao dt porno doidofilme As Panteras todos os filme A boyzinha do cabelo vermelho XVídeosxvideos novinha fez muita careta de dor dando pro vergalhao grossoconto erótico dominicao vol.7contos eróticos com mulher gostosa de Biguaçu Santa Catarinatia negra cmsobrinho branco e prma no incestotentou resostir as caricias da massagista mas nao .consguiu lesbicas pornodoidoxvideo negao arrombando o'cuzinho da novinha caseiro barra da tueno porno 10contos eroticos na cozinha com vibrador filha e maever somete vidio alugaro uma mulher pra fude na chacar mais ela nao que da o cu comedoo cara e pauzudomaridinho chupou minha bucetairma durmindo e irmao enfia pinto na boca delaconto erotico prima 11 aniosburaxada..na..coroa..bundudafui pedir carona em uma kombi e fui estrupada e casada contos eroticoler contos eróticos de nudismo 2018Contos eroticos poderoso negaocontos eroticos de mulheres de 70 anoswattpad contos eroticos pai e filhasmarentinho querendo o cu do amigo Bem novinhas apertadinhas fudendo com coroas dotados sentiu dor no zap zappauzaoo gozannndo muitoxvideos brincando de lutina e sem querer a pica entroucontos eróticos meu irmão pediu pra mim conpra umas coisinhas pra elexvidiomarido namorando atrais da esposaconto eurotico academia com o menino bundudocontos eroticos de motorista pirocudo de madameincesto com meu vô contosfiume porno.amulher chama vizinho pra conserata pia e entra n varafotonovelas sexo transando cm a esposa e cunhada juntosCasadoscontos Vanessinha Diascontos gays meu macho me come com pepino e forteContos eroticos:Fui fodida por varios roludos no cinema chorei de dor e pedir para pararemputas abixar uma boa fodaver novinha do grelo bem grandão no pistolaopicudod/contosXvideo/deixei o cara encoxar a piroca e gozar "ônibus"macho comendo cu de outromachoxvidiosexoalvesinsesto istorias eroticas pai filas novinassossegado sexo mulher corno