Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Botei meu pau na boca da cunhada dormindo!

Categoria: Heterossexual
Data: 10/07/2018 12:25:14
Nota -

Hoje vou contar sobre o dia em que eu coloquei meu pau na boca da minha cunhada enquanto ela estava dormindo no sofá!

Isto é um fato recente, eu já era casado e morávamos só eu e minha esposa, eu tinha 22 anos, era fim de ano, mais precisamente Natal. Tinha bastante gente na minha casa, pois é um local grande e todo mundo optou por fazer as festas de fim de ano lá, bastante gente circulando pela casa entre os dias 24 e 25, muitos dormiram ali, pois haviam bebido e não queriam dirigir pra voltarem para suas casas.

O pessoal encheu a cara no dia 24 e ficaram praticamente virados para o dia 25, alguns foram dormir de manhã cedo e outros foram à tarde. Porém minha cunhada havia ficado emburrada por algum motivo que não me recordo e foi dormir logo após a ceia de natal e da revelação do famoso amigo secreto, ela estava chateada porque tinha acabado de terminar com seu namorado e estava sozinha no fim do ano. Então ela acordou cedo no dia 25 e estava mais recuperada da cachaçada do que os outros. Sendo assim, começamos as atividades do dia 25 próximo ao meio dia, com a carne assando e alguns dormindo ainda e outros já começando a beber novamente (pessoal gosta de beber haha).

A minha cunhadinha é uma delícia, bem magrinha, com um rostinho de menina inocente, tinha 18 anos e cabelo curtinho a cima dos ombros, mede cerca de 1,71m de altura e pesa apenas uns 68kg no máximo (é magra mesmo). Apesar de ser magra, ela apresenta um tipo físico bem atraente, parecendo uma modelo de passarela, com um andar sensual e jeito inocente de conversar. Eu sempre tive muita tesão por ela, logo que a conheci depois de começar a namorar com a minha esposa eu já via ela com outros olhos e sempre fiquei interessado em tirar umas casquinhas dela.

E neste fim de ano foi minha chance! Ela começou a beber novamente no dia 25 à tarde, depois do almoço, só que ela é nova e não sabe beber, ficou enchendo a cara com Vodka e logo ficou bêbada. Quando ela fica bêbada, não faz vexame nem nada, só fica grogue num canto e logo capota dormindo. Então eu já estava ligado nela, pois estava com um vestidinho vermelho por causa do Natal, ela estava linda, com as pernas de fora e como seu peito era pequeno, o vestido tinha uma espécie de sutiã embutido e ela estava só de vestido e de calcinha. Por muitas vezes neste fim do ano, eu fui para o banheiro acariciar a cabeça do meu pau que ficava duro pensando nela dançando na área de minha casa!

Após minha cunhada encher o caneco depois do almoço, ela foi se deitar na sala da minha casa, com as janelas fechadas e com a porta fechada, estava praticamente no escuro. Foi aí que eu decidi ir na sala para abrir a janela, pois estava muito quente e eu já iria ligar a TV caso alguém quisesse assistir para descansar do almoço. Só que quando eu cheguei na sala, lá estava ela, deitada de ladinho no sofá, virada para fora, com um rostinho angelical, completamente apagada. Eu tentei acorda-la para perguntar se estava tudo bem, pois ela estava com um aspecto de desmaiada praticamente, acredito que por causa da Vodka, ela capotou mesmo!

Depois de umas tentativas chamando seu nome e balançando de um lado para o outro, eu percebi que ela não iria acordar! Foi aí que um pensamento louco passou em minha cabeça e ficou martelando! Eu tinha ela, ali, paradinha, deitada na minha frente, eu poderia fazer o que quiser com ela neste instante. Mas fiquei com medo, pensei nas outras pessoas da casa e que alguém poderia entrar na sala para ver TV ou passar para o quarto de visitas que tem acesso só por ali. Então eu saí da sala e fui para a área novamente, fechando a porta e deixando ela lá toda gostosa e deitada no meu sofá.

Depois de poucos minutos lá fora, tentando me distrair, mas eu não conseguia! Só pensava na minha cunhada, deliciosa deitada no meu sofá apagadinha de vestidinho. Então eu fui para o banheiro, decidi bater uma punheta para ver se essa vontade passava! Então quando estava no banheiro, batendo uma punheta imaginando estar comendo ela, o pensamento louco voltou para minha cabeça! Eu precisava fazer alguma coisa, nem que fosse algo simples, mas tinha que aproveitar aquilo. Então em um momento impulsivo eu saí do banheiro com meu pau escondido na calça de forma que ninguém percebesse que estava duro e fui para a sala!

Chegando na sala, vi o rostinho dela novamente deitado de lado no sofá e seu corpo completamente relaxado em minha frente, dava para ver um pedacinho do seu peito pelo decote do vestido que estava entreaberto por causa da posição dela. Meu pau começou a pulsar, comecei a prestar atenção na boca dela, que estava meio aberta para respirar. Como já contei na minha apresentação, eu tenho um fixação muito grande por sexo oral, adoro uma boca quentinha e ver línguas para fora esperando uma pica, então aquilo foi me deixando com mais tesão do que o normal. Nessa altura eu já estava imaginando em deixar ela pelada e meter meu pau bem gostoso naquela bucetinha, ali mesmo, no sofá com ela dormindo e torcer pra que ela acordasse no meio da nossa foda e gozasse comigo! Mas me controlei para isso não acontecer, pois estava muito nervoso e jamais saberia qual seria a reação dela ao acordar e me ver metendo meu pau duro de 19cm na sua bucetinha.

Embora ela sempre tenha deixado a entender que sentia tesão por mim, com carinhos quentes e abraços demorados e olhares em momentos estranhos, eu tinha muito medo de dar em cima dela. Então decidi que devia fazer alguma coisa que ela não fosse saber, algo que não fosse muito invasivo. Sendo assim eu decidi que iria bater uma punheta na frente dela, agachado ao seu lado olhando para aquela boca deliciosa e iria gozar ali com o auxilio de uma toalha que eu trouxe do banheiro. E foi isso que fiz, estava no meio da punheta, com muita tesão cuidando dos barulhos da rua para ver se alguém estaria vindo para a sala pra abrir a porta, quando de repente aquela ideia louca voltou na minha cabeça e eu decidi fazer algo!

Por alguns momentos eu guardei o meu pau que estava latejando na minha calça e tentei acorda-la, mas nada, ela não respondia, nem piscava, nem reagia! Então eu vi que estava com a barra limpa e decidi passar a mão eu seus peitinhos, acariciei eles com a mão de leve e senti que meu pau estava estourando de tesão. Pude sentir aqueles peitinhos quentes na minha mão e logo que eu comecei a aperta-los os mamilos dela começaram a ficar durinhos e apontados para fora do vestido! Aquilo me deixou mais louco ainda e foi aí que tirei meu pau pra fora e comecei a bater punheta para aqueles peitinhos dela. Por um instante eu quase morri do coração, pois ela se mexeu um pouco para o lado, como se estivesse desconfortável no sofá e ficou meio na diagonal, quase que virada de barriga pra cima. Meu coração quase parou com aquela reação dela, nem tive tempo de guardar meu pau, fiquei congelado com ele na mão. Se ela tivesse acordado eu nem teria o que dizer! Iria me pegar ali de pau duro do lado dela!

Mas ela não acordou! Tentei chama-la novamente, mas nada! Ela não respondia! Ai eu vi que não tinha jeito, eu queria muito gozar pra ela e iria fazer o necessário pra isso, foi quando eu peguei meu pau e coloquei em cima dos lábios dela, que estavam bem virados para mim, eu estava ajoelhado do lado do sofá, a boca dela estava exatamente apontada para a cabeça do meu pau! Eu comecei a esfregar minha cabeça do pau de leve nos lábios dela, que estavam meio ressecados por causa do seu sono profundo. Após alguns movimentos, eu queria mais! Queria colocar meu pau na boca dela, tentei abrir a sua boca com a cabeça do meu pau, tentando empurrar para baixo o maxilar, mas ele não mexia! Foi aí que decidi usar minhas mãos, pegando uma mão no meu pau e outra no queixo dela, eu abri um pouco, de forma com que a cabeça do meu pau pudesse entrar pela metade!

Coloquei a cabeça do meu pau pela metade na boca dela e comecei a bater punheta, ali com ela viradinha pra mim! Mas aquilo depois de uns segundos me parecia pouco, então eu queria mais! Abri mais a sua boca até que entrasse a cabeça inteira e depois eu abri mais até colocar um pedaço pequeno do tronco do meu pau junto. Foi aí que eu senti a cabeça do meu pau encostar no céu da boca dela e outro pedaço na parte da frente da língua! Quase gozei só de sentir isso! Fiquei parado naquela posição, tentando não mexe-la muito, pois eu já estava com meu pau dentro da boca dela e isso podia fazer ela acordar assustada. Então eu decidi ficar batendo punheta ali, com o meu pau dentro da boquinha dela. Não demorou muito para que eu começasse a sentir vontade de gozar, fiquei meio nervoso com isso porque eu não podia gozar dentro da boca dela com ela dormindo, isso iria afoga-la (imagina, uma pessoa acordar afogada com porra haha) e por isso eu bolei um plano pra conseguir tirar meu pau de dentro da boca dela antes de gozar. Eu iria pegar a toalha que trouxe comigo do bainheiro e gozar ali, na toalha.

Foi justamente o que eu fiz! Só que eu a essa altura eu já estava com tanta tesão que não me importava mais se ela acordasse ou não, já estava tomado pela vontade de gozar e o mundo não importava mais pra mim! Tirei minha mão dos peitinhos dela e peguei a toalha que estava ao meu lado e deixei preparada para gozar, fiquei batendo uma punheta bem forte e com vontade, imaginando que iria gozar na boca da minha cunhadinha safada e quando senti o gozo subindo pelo meu pau e prestes a sair eu tirei meu pau da boca dela num movimento rápido e embrulhei-o com a toalha e gozei ali. Quando eu tirei meu pau da sua boca num movimento brusco, ela meio que sentiu e mexeu seu corpo um pouco, ficando agora de barriga para cima. Eu fiquei olhando para ver se iria acordar e me pegar ali, com o pau gozado embrulhado numa toalha, mas nada... ela nem piscou.

Depois de ter gozado muito naquela toalha para minha cunhada, eu limpei meu pau bem rápido e coloquei a calça para ir correndo no banheiro, para me limpar de forma adequada. Estava com muita adrenalina no corpo ainda, depois de me limpar eu sentei no vaso com a tampa fechada e comecei a pensar na cagada que eu tinha feito e no risco que eu corri, tudo isso por uma punheta!

Depois de algumas horas, minha cunhada acordou e saiu da sala. Quando eu olhei pra ela eu quase desmaiei, fiquei muito nervoso, pensado que ela poderia desconfiar de algo que tivesse acontecido. Mas ela não demonstrou em nenhum momento que soubesse do ocorrido. Sendo assim, continuamos o nosso Natal normalmente e ela dormiu na minha casa por mais uma noite, indo em bora no outro dia apenas (26 de Dezembro) com o tio dela.

Quando eu fui me despedir dela, dei um abraço na hora de ir embora, ela me abraçou forte como o de costume e eu peguei ela pela cintura (quando não tem ninguém observando) pra tirar uma casquinha. Nesse momento ela chegou perto do meu ouvido e falou: "Eu sei de tudo! Eu acordei na primeira vez quando tu me chamou e saiu da sala. Fiquei acordada até tu voltar e te vi começar a bater punheta do meu lado, depois colocou o pau na minha boca, ficou batendo punheta com ele na minha boca e gozou! Tu até tentou tirar o pau antes de gozar, mas só pra você saber, caiu um pouco da tua porra na minha língua e eu tive que engolir!". Depois de dizer isso ela me beijou no rosto e foi para a parte da frente da casa para entrar no carro e ir pra casa! Eu fiquei em xoque!

Depois daquilo, eu acabei sem vê-la por muito tempo, pois ela voltou para seu namorado e eles moravam juntos, então até hoje ficou por só nisso mesmo, nunca mandamos mensagem um para o outro para falar sobre este assunto e quando nos encontramos na casa da minha sogra as vezes, apenas nos cumprimentamos e fingimos não saber de nada, até mesmo porque, não quero que ninguém da família dela saiba que sou assim!

Estou louco de tesão até hoje, imaginando como seria fazer aquilo tudo hoje em dia, só que com ela acordada e chupando meu pau até eu gozar! Quem sabe um dia nós ainda tenhamos essa oportunidade!

Deixe seu comentário! Abraços.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


olha meu pa ux videos gay caseiros atoladomorena linda tampa a boca do irmao e senta em sua rola enlouquecidanovinhohs gostososcontos fantasias anal pinto monstrovídeos de biscatinha novinha brasileira gostosa safada entiada metendo c padrasto sem ninguém perceberContos eróticos- bem novinha é desvirginada e grita de dormulequinhos surfistas pauzudos pornothayza a filha do patrao pornoXVídeos a comadre com pai transando na Noite Escuraenrraba do a priminharubiaebeto.comunidades.net/cavalasXVI de os foi estuprar a coroa mas ela gostou e gososou gostosoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos meu tio pauzaox vidios cumedo anausia virgePorno idora com boca e cu cheios de esporracontos de sexo depilando a sogracasa do contos eróticos publicadosvai novinhas so grelao shortinho enterrado na bucetayoutube tarado sobrinhas sexaul tirado a roupa nuasXvidio.com/iniciador a filha tete - conto eroticovideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasmagrinhas soquem pauzao. de 30 cm porno incesto filha perguntapai o que e sexo e ele mostranegra de corno escadaloza no pau pretoe pede pro corno olharpilates sacana com minha esposa contomulheresbucetudasdechortinhogts de fio dentau mostrando ha bucetinha na webiquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidasxvidios outros purai favoritosSexoanalsemdormorena anda na rua de vestido branco ai himen vai ate la e fode elamulher dandobe falando vai que ta gostoso xvideosPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticoshomen bagaça o cu de esposa rabuda com pênissafada fode com mefingo q bate na portanovinha teimosa ganhou pau do mais velho pornodoidoporno mãe safada bunduda escitando o pal do filhoela pirando navara com gozada dentro empeContos er com fotoPatrine da do 21 pelada mostrando a b*****porno e escondim uma camera e vim a putarinhavideo das dançarinas mais gostosas fudeno subino e descenobixa porno pretinha no boquete devagarinhovaldir.piricudoregasso mulher do cornoEroticoscontos.com /casadas 23cm dupla contos erocos apenascoesa a loura rabudacontos erotico pomba gira me fez putacasetudo machucano cu do amigo bebado no matonegrinho fuendu gostoso xvideosworttped.diegocampos.8519mtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1contos eroticos uma semana para ser adestradax videos porno tranquei novinha no quarto e estrupei ela aforasaas novas novia cenus estrupada pediu virgindadecontos eroticos tenho um amigo roludo tento fazer dp eu ele espoda ta com medopapai super dotadoxvidiosvideos pornô de incesto madrasta de fio dental no quartofilme amiga convida amiga para funder com seu sogroamigo superdorado enraba esposa gravida contocontos de boquete bom de primos e primas novinhoscontos eroticos comeu eu minha filha e sublinhacontos eroticos sessentona do quadril largo e bunda enormenovinha loira nao aguenta no anal e ped pa parraforssou a entiada a chupar xvidiosmulheres agachadas com buctao reganhadoContos eroticos casal certinho e travest roludosogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genrobuceta gostosa no inatingível elas dandoxvideoa aventuras anal gay sexo anal ate goza dentro no pelocontos eroticos iniciando menininhascontos de papai e as 2 filhas na praia de nudismoquadrinho etotico segudaox vidios flagara sem calsinhavendo a filhinha cagando contospeito bicuodo de mulhermas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?video porno novinha de 16 domdo p negao da rola de70 ctm