Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

MINHA MÃE SAFADA ME ENSINOU COMO ARROMBAR A BUCETINHA VIRGEM DA MINHA NAMORADA!

Um conto erótico de NUBER
Categoria: Grupal
Data: 11/06/2018 09:43:24
Última revisão: 30/07/2018 07:51:05
Nota 7.80

Meu nome é Sandro, tenho 20 anos e decidi contar para os leitores as aventuras sexuais que vivi durante esses últimos tempos.

Desde adolescente sempre fui muito taradinho, meu pinto vivia duro a toda hora e só me acabando nas punhetas é que conseguia dar uma acalmada.

Com certeza esse tesão todo puxei do meu lado materno porque logo que fiquei “esperto” em putarias descobri que minha querida mãe era uma puta insaciável porque a safada vivia trocando constantemente de namorados e varias vezes escutei a taradona trepando com os machos que ela trazia pra casa depois dos bailes e das baladas que freqüentava nos fins de semana.

Mamãe era funcionaria publica na área de saúde e nunca foi casada, a safada me revelou um dia quando toquei no assunto “pai” que nem sabia quem era o meu porque ficou grávida de mim em um dos bailes de carnaval quando estava saído da adolescencia e como havia tomado uns drinques a mais transou com 3 machos diferentes e além de não os conhecer também nem sabia os nomes deles.

Minha mãe ser uma putona assumida nunca me causou qualquer tipo de preocupação, ela era uma pessoa muito carinhosa comigo e sempre me proporcionou uma vida excelente e bastante tranqüila.

Mamãe era uma pessoa que não tinha papas na língua quando falava sobre sexo e quando percebeu que tinha um filho adolescente punheteiro logo me chamou pra uma conversa seria recomendando que tivesse cuidado quando fosse transar com as garotas, deveria usar camisinha pra não correr o risco de engravidar alguma e arrumar problemas e toda safada dizia que quando eu fosse gozar era pra fazer isso na bundinha ou na boquinha das putinhas que aí não tinha perigo de nenhuma gravidez indesejada.

Sandra minha mãe era um mulherão de 38 anos que chamava a atenção dos machos principalmente por causa de sua bunda grande bem empinada e a safada sabia disso porque adorava se exibir em vestidos curtos e colados ao corpo e também nos shorts super apertados e atolados no rego da bunda e que rachavam sua bucetona enorme ao meio.

Por varias vezes espiei mamãe transando com os machos em seu quarto, ela não se preocupava em fechar as janelas e quando tinha chance eu não perdia a chance de vê-la rebolando e gemendo que nem louca espetada nos paus enormes dos homens, a tarada era gulosa e adorava rolas grandes e grossas que eram engolidas até o talo por sua bucetona bem cheia e bati um monte de punhetas assistindo a taradona dando gostoso para eles.

Nunca passou pela minha mente um dia trepar com mamãe, mas eu adorava ver e ouvir a putona gozar que nem uma cadela no cio com seus machos.

Se mamãe tinha bundão e bucetão eu puxei a parte de trás de seu corpo, meu bumbum era bem grande e empinado, mas infelizmente meu pinto era pequeno comparado com os de outros machos que já tinha visto, tinha apenas 13 cm, eu gostaria que fosse maior, mas não tinha como aumentar.

Desde adolescente ter um bumbum grande e empinado me trouxe problemas com os amigos nas brincadeiras noturnas de esconde-esconde nos prédios abandonados do bairro, sempre tinha algum taradinho me assediando me chamando para um troca-troca e rapidinho aprendi a tirar proveito dessa brincadeira safada, eu topava a sacanagem desde que eu fosse o primeiro a enrabar o outro, só que só fazia isso com garotos menores que eu e logo após enrabar os safadinhos enchendo o cuzinho deles de porra quentinha eu dava um jeito de sair fora inventando todo tipo de desculpas e assim consegui manter meu cuzinho completamente virgem.

Por algumas vezes até pensei em experimentar dar meu cuzinho para algum desses amigos, mas isso só ficou no pensamento.

Eu tinha medo de que se desse a primeira vez e gostasse iria querer repetir varias vezes como via acontecer com vários amigos que eu enrabava, muitos me procuravam para serem comidos de novo e dava pra sentir o cuzinho deles piscando que nem louco quando gozavam com meu pinto socado até o talo no cuzinho guloso deles, mas na minha cabeça não achava um pingo de graça ser chamado de viadinho como acontecia com vários amigos que levaram pau no cu.

Minhas brincadeiras com os amigos viadinhos cessaram de vez quando conheci Paula uma linda garota de 18 anos que se mudou na minha rua.

Paula era loira, 1.68m, dois centímetros mais baixa que eu e era toda gostosinha e pelas roupas que usava já percebi que adora se exibir, ela tinha vindo de uma cidade pequena do interior do estado e logo fizemos amizade e essa amizade logo se transformou em namoro e isso acabou juntando a fome com vontade de comer, viviamos aos beijos e caricias cada vez mais incontrolaveis.

Os pais de Paula saiam cedo pra trabalhar e como minha mãe também saia de manhã para o posto de saúde ela vinha pra minha casa e ficávamos tranqüilo namorando sem ninguém pra incomodar.

Minha namorada rapidinho abriu o jogo comigo dizendo que ainda era virgem na buceta, mas tinha dado a bundinha pra um namoradinho na cidade onde morava e confessou que era completamente tarada, só conseguia dormir depois de se masturbar e já que ela se mostrava totalmente aberta resolvi contar que também era completamente virgem com garotas, lógico que não falei sobre comer meus amigos viadinhos e a safadinha disse que iria adorar me ensinar a fazer tudo do jeito que ela gostava e claro que concordei no ato.

Não demorou pra que em menos de duas semanas estivessemos namorando em minha cama completamente nus e nem precisei pedir isso para Paula ela mesmo tomou a iniciativa.

Paula cumpriu a promessa que havia feito e rapidinho me transformou em seu brinquedo sexual, a safada rebolava que nem uma louca dando o cuzinho pra mim e quandoa tarada me chupou a primeira vez e gozei em sua garganta pensei que ia ter uma convulsão de tanto prazer que senti, a putinha virgem engolia meu pau todinho com sua boca gulosa e ficava apertanto meu saco me levando a loucura.

Apesar de minha total inexperiência sexual com garotas, ter assistido mamãe trepando com vários machos me fez ter a certeza que minha namorada apesar de virgem na buceta certamente tinha aprontado muitas safadezas com vários garotos na cidade onde morou, ela também demonstrava não ter um pingo de pudor e me incentivava a ser bem safado e despudorado tanto em atos quanto em palavras e rapidamente passei a usar os palavrões sacanas que os machos da minha mãe dizia pra ela durante as trepadas: cachorra, putinha, vagabunda, vadia, tesuda eram alguns dos adjetivos que passei a falar e minha namorada tarada adorava isso.

Dizem que todo homem procura uma mulher bem parecida com sua mãe para se relacionar e comigo esse ditado parecia ser correto, minha namorada era taradona quanto minha mãe tanto sexualmente quanto no jeito de se vestir, calcinhas e sutiãs praticamente não existiam pra elas, minha namorada vivia com umas camisetinhas bem decotadas e os biquinhos de seus lindos seios viviam espetando o tecido fininho e as minissaias então eram tão curtinhas que quando se inclinava quase metade da bunda ficava de fora, isso me deixava ainda mais tarado e eu já engatava atrás da safada e socava forte no seu cuzinho tesudo guloso.

Paula adora sentar no meu rosto e esfregar sua bucetinha virgem tesuda até gozar gostoso dando pra sentir o gostinho de mel que escorria daquela grutinha quente como um vulcão que eu ansiava loucamente em tirar o cabaço, o grelinho da putinha era tão sensível que não precisava mais que uma dúzia de lambidas e sugadas fortes pra ela se desmanchar em gemidos gozando deliciosamente tremendo igual vara verde.

Não demorou mais que dois meses pra que eu e minha namorada taradinha vivêssemos igual unha e carne estando sempre juntos e principalmente fazendo sexo sempre que sentíamos vontade e essa vontade parecia que a cada dia se tornava mais intenso.

Se dei vários flagras em minha mãe trepando com os machos dela a safada também me pegou algumas vezes fodendo gostoso a bundinha de Paula no meu quarto e foi então que em uma bela tarde logo após ter chegado do trabalho mamãe tomou banho e depois disso na cozinha enquanto preparávamos lanches pra nos ela toda safada resolveu zoar comigo dizendo:

=É... to vendo que meu filhão tarado adora foder um cuzinho hein... antes era dos amigos que frequentavam a nossa casa e agora é o da putinha loira!

Fiquei sem graça com o comentário da minha mãe, não imaginei que ela tinha me visto comendo o cuzinho dos meus amigos viadinhos e depois de alguns segundos sem saber o que falar disse gaguejando:

=eu... eu... é... nem sei o que dizer mamãe... então você sabia das minhas safadezas com os garotos é?

Mamãe me abraçou carinhosamente e depois de me dar dois beijos carinhosos no rosto sorriu dizendo:

=Filhão... de putaria e safadeza eu sei tudo e mais um pouco... e também sei que quando o tesão pega não tem jeito... tem que gozar gostoso... não me importo com o que você fazia com os garotos... eles queriam dar o cuzinho... você queria comer... tá tudo bem... e do jeito que você é escandaloso tanto quanto eu quando goza... da pra escutar de longe e, além disso, você também não fecha a porta do quarto... não tinha como não ver meu filhão tarado enrabando os viadinhos!

Mamãe realmente tinha uma mente completamente aberta quanto ao sexo e decidi continuar a conversa sem frescuras.

=É... eu sei o tanto que você é escandalosa mamãe... na primeira vez que assisti você metendo com um cara até achei que ele estava abusando de você... encheu sua bunda de tapas e socava o pintão enorme dele no teu cu fazendo você gritar de prazer... mas logo percebi que você gostava e muito... e vou confessar uma coisa... ter assistido suas trepadas deliciosas me fez gozar gostoso muitas vezes e também aprendi como deveria tratar uma putinha tarada... só não pude fazer tudo que tenho vontade com a Paulinha porque a safada ainda é cabaço na buceta... quando não for mais o bicho vai pegar... sou louco por foder uma buceta... nunca comi nenhuma!

=Que pena meu querido... achei que você já tinha esperimentado da fruta... mas... só pra sua informação... acho que meu filhão não vai demorar a foder a buceta da tua namorada putinha... ela me pediu pra marcar exame com um ginecologista no posto de saúde onde trabalho... falou que quer começar a tomar anticoncepcional... tem medo que nessas brincadeiras de vocês acabe escapando uns espermatozóides e ai já viu... a putinha também comentou que ta doidinha pra perder o cabaço da buceta e acho que vai acontecer com o meu filho gato!

=Hummmm... que delicia saber disso... quero deixar aquela bucetinha tesuda bem inchada de tanto foder... vai levar rola o dia inteiro! Mas... mamãe você ta me deixando um pouquinho preocupado em dizer que “acha” que seu filhão aqui vai tirar o cabaço da minha namoradinha tarada... será que tem outro gavião na área querendo me furar o olho?

=Filhão... que eu saiba não... mas... eu sei e você também sabe que a tua namorada é uma putinha insaciável... alias a safada me lembra bem quando eu era novinha... bastava um macho bonitão e bem dotado me assediar que eu dava facinho... nunca fui mulher de um macho só... e apesar do pouco tempo de convivencia da Paulinha conosco, apenas 3 meses, tenho quase certeza que a safada leva jeito de ser uma tremenda putinha que vai fazer a felicidade de muitos machos... só to te falando isso pra você ficar esperto e se depois descobrir alguma safadeza dela não ficar com dor de corno!

=Mãe... quanto a isso apesar de ser ainda muito inexperiente seu filhão percebeu que realmente Paula se parece muito com você principalmente na safadeza... e gosto disso... ela também abriu o jogo comigo dizendo que dava o cuzinho para um namorado na cidade onde morava e também contou que beijou e trocou caricias quentes com outros rapazes... também contei pra ela que me masturbava que nem louco assistindo você dando gostoso para seus machos... mas que vou tirar o cabaço da putinha loira... com certeza eu vou... é só surgir a chance que vou socar meu pau até o talo sem dó!

=Opa... é isso ai filhão... já devia ter feito isso... a vadiazinha ta louca por uma rola na buceta... é só não gozar dentro da taradinha... buceta virgem foi feita pra ser arrombada... mas... depois dessa nossa conversa franca e aberta queria te falar uma coisa... quando descobri pela primeira vez que você estava assistindo sua mãe taradona dando a buceta para um gostosão fiquei preocupada que você talvez ficasse com algum trauma... mas to percebendo que realmente você também é um pervertido de mão cheia... adora assistir eu levando rola em todos os buracos né seu safadinho?

Foi incrivel perceber que meu pinto estava duro como uma rocha falando sobre sexo com mamãe e então sorri todo safado dizendo:

=Mãe... já que estamos falando sobre nossas taras... isso que você falou é verdade... antes de assistir você trepando pela primeira vez... eu só tinha visto sexo em vídeo e revistas... mas quando vi minha mãe gostosona rebolando que nem uma louca no pauzão do cara... ele dando uns tapas bem fortes na sua bundona... aquela rola grossa enorme entrando e saindo de sua bucetona linda e tesuda... nossa... foi a melhor punheta da minha vida... gozei que nem louco... depois disso todo fim de semana que sabia que você ia pras baladas e trazia de algum macho pra casa eu já ficava na espreita só esperando pra gozar gostoso junto com você... pronto... confessei meu segredo incestuoso... adoro ver minha mãe gozando com varios homens.

=Hummmm... adorei saber disso... prometo que continuarei fazendo isso muitas outras vezes... ainda mais agora que meu filhão safadinho revelou que fica louco de tesão em me ver dando a buceta e o rabo para os tarados pauzudos!

Após aquela conversa louca e excitante passamos a comer os lanches que preparamos, com certeza daquele dia em diante a safadeza iria aumentar de intensidade, mamãe era uma puta completamente safada que realmente não tinha um pingo de juízo e isso me deixava ainda mais taradinho.

Como quase sempre acontecia minha namorada logo depois que seus pais saiam para o trabalho Paula vinha pra minha casa pra tomar café comigo e assim que entrou na cozinha se sentou a mesa e rapidinho resolvi contar sobre a conversa altamente reveladora que tinha tido com minha mãe na noite anterior e assim que terminei ela sorrindo sacana disse:

=Sandro querido... acho que vim parar na família certa... cada um mais tarado que o outro... vou te falar uma coisa... nem sei como você não comeu tua mãe... puta do jeito que ela é... acho que se você tivesse forçado a barra ela já tinha dado pra você... mas agora que você tem namorada não vou deixar você fazer isso... esse teu pintinho gostoso agora tem dona... sua namorada loira safadinha!

Logo estávamos trocando beijos e fomos para meu quarto e apos fazer minha putinha loira gozar na minha língua esperta a safada caiu de boca no meu pau chupando deliciosamente como sempre e até pensei em gozar, mas na hora me veio na mente a safadeza que mamãe havia “sugerido” e então coloquei a putinha de 4 na beira da cama como eu adorava foder aquela bundinha branquinha empinada só que depois de brincar um pouco na portinha do cuzinho gulosa da safada escorreguei meu pau duro como aço entre os lábios daquela bucetinha virgem e segurando-a firme pelos quadris dei uma fincada forte e quando Paula deu um gritinho de dor meu pau já estava inteirinho dentro dela e então ela virou o rosto pra trás, até achei que ela ia reclamar, mas a putinha com um sorriso sacana nos lábios sussurrou:

=Sandro Seu tarado safado... tirou meu cabaço né... agora que já foi... soca bem gostoso... quero sentir seu pau fodendo gostoso a minha bucetinha arrombada... come sua putinha seu tarado estuprador!

Meu pau parecia estar em chamas e passei a foder aquela bucetinha tesuda com força... dei varias tapas no bumbum da safada dizendo:

-Ahhh... que bucetinha deliciosa... rebola sua putinha safada... essa bucetinha é minha agora... dá gostoso pra mim... ahhhh... safada gostosa!

O sangue que saia da buceta descabaçada escorria pelo meu pau e isso me deixava mais louco de tesão ainda... minha namoradinha parecia que tinha sido ligada no 220 v rebolando como uma louca gemendo de prazer e continuei a foder sua bucetinha apertadinha até não conseguir me segurar mais e então tirei meu pau pra fora e em seguida todo tarado encaixei a cabeça na portinha do cuzinho dela e finquei até o talo... dei um grito alto de gozei copiosamente... inundei aquele rabo guloso de porra fervente.

Continuei com meu pau atolado no cuzinho da putinha loira até sair a ultima gota de porra e só então desengatei dela e me deitei na cama todo ofegante e também muito feliz de ter estourado o cabaço da minha namoradinha tarada e ela então se deitou do meu lado sorrindo sacana disse:

=Seu taradinho... tirou meu cabaço... vou contar pro meu pai e pra minha mãe... vai ter que casar comigo!

Dei uma gargalhada e todo safado dei um beijo em seu rosto dizendo:

=Também vou contar pra minha mãe que você também tirou minha virgindade... ela que me deu a ideia de estourar de vez seu cabaço... vou falar pra ela conversar com seus pais pra gente resolver o que vai ser feito!

=Então foi minha futura sogra que mandou você tirar meu cabaço é? Que puta safada... dando conselhos desse tipo para o filho virgem tarado!

=Foi mesmo... ela contou que você pediu pra ela marcar consulta com o ginecologista do posto de saúde pra começar a tomar anticoncepcional... e quando falei pra ela que era louco pra tirar seu cabaço a safada disse que já devia ter feito isso... que cabaço foi feito pra ser arrombado... ela só mandou não gozar dentro da tua buceta... tinha que ser na bundinha ou na boquinha!

=Que futura sogra mais cachorra que arrumei... e pelo jeito o filhão dela obedeceu direitinho né... nem me deu chance de escapar... me colocou de quatro e socou sem dó... foi quase um estupro seu safado!

=Paulinha meu amor... bem que mamãe disse que você estava louca pra levar rola na buceta... só deu um gritinho quando te penetrei... quase nem sentiu dor... e logo estava rebolando que nem uma louca na minha rola... mamãe também comentou que se eu demorasse a te desvirginar era perigoso outro macho te pegar e tirar teu cabaço antes de mim... que você é muito tarada e que não leva jeito de ser puta de um macho só!

Minha namorada deu uma gargalhada bem sacana e me abraçando disse:

=É... sou safadinha mesmo... vivo fantasiando um monte de sacanagens... mas... adorei ter perdido o cabaço com o meu namorado taradinho... tua mãe é mesmo uma safada que sabe das coisas! Vou te contar uma coisa que você nem imagina... quando fui ao posto de saude marcar a consulta sua querida mãe me chamou numa salinha nos fundos, fechou a porta e bem séria disse que seu eu magoasse o filhão dela... ia pedir para os seguranças do salão de baile que frequenta me seqüestrarem e levarem para um rancho na beira de um rio e então ela ia pegar uma cinta de couro bem dura e ia deixar minha bunda completamente cheia de vergões e depois disso ia mandar os seguranças me estuprarem inteirinha... ela falou que eles eram 5 negros enormes e muito bem dotados!

Na hora achei incrivel mamãe ter feito essa ameaça para minha namoradinha tarada e não contive os risos e então levantamos da cama e fomos para o chuveiro tirar o sangue escorrido e durante o banho a conversa continuou bem sacana.

=Nossa... será que minha mãe teria mesmo coragem de fazer isso com você Paulinha... acho que ela falou isso só pra te assustar... já pensou 5 negros te pegando sem dó depois de apanhar de cinta... muito louco né?

=Não sei não... tua mãe falou de um jeito que acho melhor não pagar pra ver né? Já pensou sua namoradinha loira toda arrombada por pau de negão... nos filmes pornos os negros sempre têm paus enormes e grossos... mas... pelo jeito tua mãe deve gostar e já deve ter dado pra vários deles... ela comentou que são muito amigos dela!

=Bem... acho que sim... eu já vi a putona trepando com morenos, loiros, mas negro só uma vez... mas a tarada só dá pra homens de paus enormes e grossos... o meu pinto é pequeno perto deles... e mamãe leva no cu e na buceta e se mata de tanto gozar a safada... agora falando em dar pra 5 machos de uma só vez... deve ser uma loucura hein... mamãe nunca ficou com mais de um macho aqui em nossa casa... mas... agora fiquei curioso... depois vou perguntar pra safada se já fez suruba desse tipo... com certeza vou querer saber!

Meu pinto já estava duro novamente com aquela conversa e depois de nos enxugarmos voltamos pra cama e dessa vez minha namorada putinha veio por cima de mim sentando no meu pau e rapidinho a tarada passou a cavalgar como uma louca, ela gemia gostoso e nem parecia que tinha perdido o cabaço a apenas meia hora... gozava deliciosamente rebolando com meu pau atoladinho na buceta.

Depois de gozar ela se deitou na cama e então todo safado me ajoelhei ao seu lado e todo safado disse:

-Quero gozar na boquinha agora putinha... chupa meu pau sua safadinha gostosa... agora que fiquei sabendo dessa ameaça da mamãe... é bom você saber que vai ter que fazer tudo que eu quiser... senão eu reclamo pra ela e ai já viu... minha namorada putinha além de apanhar de cinta vai ser estuprada por 5 negões super dotados... imagina como sua bucetinha apertadinha iria ficar... toda arrombada!

Minha namorada putinha com um sorriso sacana pegou meu pau e começou a lamber a cabeça toda melada e depois de dar umas chupadas tirou ele da boca e sussurou bem putinha:

=Só pro meu namoradinho tarado saber... eu só dei meu cuzinho pra pau pequeno como o seu... mas ja peguei e senti pauzão enorme no meio das minhas coxas roçando na minha bucetinha virgem e também deslizando no rego no meu bumbum cutucando meu cuzinho... e pode ter certeza que adoraria sentir um bem grandão me fodendo inteirinha... já pensou depois disso você comer minha bucetinha e meu cuzinho todo arrombado seu safadinho... será que você vai gostar que os amigos negros de sua mãe me fodam inteirinha?

Só de imaginar por segundos a minha loirinha linda sendo comida por um monte de negros bem-dotados fez meu tesão explodir e não consegui segurar o gozo e enfiei meu pau até o talo na boquinha da minha putinha tarada e gozei gemendo muito alto de prazer.

A safadeza tomava conta da minha mente pervertida e dava pra perceber todos os limites seriam ultrapassados.

Foi um dia maravilhoso, minha namorada taradinha parecia que nem tinha perdido o cabaço, a putinha quis rola na buceta até dar a hora de voltar pra casa dela, gozei tanto que na ultima ejaculada saiu apenas algumas gotinhas de porra, meu saco não conseguia produzir sêmen para tanto orgasmos.

Durante aqueles 3 meses de namoro repleto de safadezas eu e minha namorada putinha namorávamos quase todos os dias, mas ela nunca tinha passado uma noite comigo, como seus pais saiam cedo para o trabalho e só voltavam a tardezinha ficávamos completamente à vontade durante o dia só que à noite seus pais não deixavam ela sair de jeito nenhum.

Paula sempre comentava que quando seus pais fossem viajar pra visitar os parentes ela iria dormir comigo todas as noites.

Minha namorada foi pra casa dela e depois de uma meia hora mamãe chegou em casa após o trabalho e como sempre fazia me deu dois beijinhos no rosto, em seguida tirou os sapatos de salto se deitando no sofá para relaxar e então me pediu pra pegar um copo de suco na geladeira e assim que ela bebeu o suco todo metido disse:

=Mamãe... fiz o que você mandou... fiz meu papel de macho... a Paula não tem mais nenhum cabacinho... arrombei a putinha loira!

Ela deu um sorriso sacana e disse:

=Opaaa... que bom saber disso querido... adorei essa noticia... agora sim... mas... vamos fazer o seguinte... me deixa relaxar um pouquinho aqui no sofá, hoje fiquei muito tempo de pé de salto... daqui a pouco vou tomar banho no meu quarto e enquanto faço isso meu filhão taradinho me conte como tudo isso aconteceu... quero todos os detalhes... o que você acha?

=Por mim tá louco de bom mamãe... sabe o que to achando engraçado nesse teu convite... já vi você trepando um monte de vezes, só que nunca vi a minha mãe linda e maravilhosa tomando banho e eu olhando de pertinho... vai ser a primeira vez... tenho certeza que vou adorar!

=Seu danadinho... você gosta de todo tipo de safadeza né... se tivesse nascido mulher... acho que você seria mais puta do que eu e a sua namorada!

Caimos em risos e em seguida deixei mamãe descansando seus pés e fui para meu quarto aguardar mamãe me chamar.

Depois de uns 20 minutos escutei a voz dela me chamando e então fui para seu quarto, eu estava apenas de cueca e fui assim mesmo e assim que entrei mamãe começava a tirar seu uniforme de trabalho, saia um pouquinho acima dos joelhos e uma blusa branca e fiquei admirando ela se despir lentamente de costas pra mim, minha mãe era um espetáculo de fêmea... quando ela se inclinou pra pegar a saia que caiu aos seus pés seu bucetão sem nenhum pelinho se mostrou inteiro e então todo safado brinquei dizendo:

=Mãe... se pudesse fazer um transplante de buceta eu ia pedir pra você fazer isso com a Paulinha... a buceta dela é tão pequenininha... eu gostaria que a dela fosse igual a sua... você tem uma bucetona enorme... acho ela linda e deliciosa!

Mamãe se virou de frente e sorrindo safada disse:

=Taradinho safado... é... eu sei que os homens adoram minha buceta... e pelo jeito meu filhão lindo também... acho que a buceta da tua putinha loira agora que começou a levar rola deve ficar um pouco mais inchada... a minha quando eu trepo bastante ficar ainda maior!

=Tomara que você tenha razão... mas... falar em trepar parece que minha querida mãe deu um sossegada... no fim de semana passado você não siu de casa... tá querendo ficar virgem de novo?

=Claro que não seu tolinho... eu estava menstruada... parou ontem de descer... veio bastante esse mês... amanhã é sexta feira e a coisa vai pegar fogo pode ter certeza... mas... vamos deixar essa conversa sobre mim pra depois... vai... conta logo como foi que você tirou o cabaço da putinha loira!

Mamãe entrou no chuveiro e me sentei em uma banqueta de fibra bem pertinho do box e fui contanto tudinho como tinha acontecido... que havia saído um pouco de sangue e que Paulinha além de não sentir muita dor... não demorou a querer rola na buceta de novo... trepamos o dia inteiro... brinquei dizendo que meu pinto ficou mais vermelho que a buceta da minha namoradinha tarada... gozei 3 vezes e também comentei que quem mandou eu tirar o cabaço dela foi a minha querida mãe!

Minha mãe deu um sorriso sacana e saindo do box se enrolou na toalha e saiu do banheiro para o quarto e fui atrás me sentando nos pés da cama e ela ficou de pé em frente ao espelho enorme da parede e passou a se enxugar bem devagar como se fosse um ritual e então a conversa continuou:

=É isso ai filhão... agora a Paulinha virou uma putinha completa, boquinha, cuzinho e bucetinha pra levar rola... a vagabunda já tinha passado da hora de ser descabaçada na buceta... mas... o que ela falou sobre que eu ter mandado você arrombar a bucetinha da vadiazinha?

=Te chamou de sogra cachorra... puta safada... mas confessou que tava doidinha pra perder o cabaço... e gostou demais! Mas quem esta muito feliz sou eu mamãe... além de foder uma buceta virgem pela primeira vez também fiquei sabendo de uma coisa que me deixou extremamente contente... Paulinha me contou sobre você ter dado uma dura nela ameaçando a safadinha pra não magoar seu filhão... senão ia mandar seus amigos seguranças do salão de baile que você freqüenta para estuprarem ela todinha... e que você ia encher a bunda dela de cintadas... adorei saber disso!

=Ahhh... então a vagabundinha te contou sobre isso é... é bom ela ficar esperta... se não tratar meu filhão do jeito que eu quero vai se ver comigo!

=Mas... me fala a verdade mãe... você falou isso só pra botar medo na safadinha né... ou será que você teria coragem de mandar vários negros bem dotados estuprarem a minha loirinha puta se ela aprontasse alguma sacanagem comigo?

=Querido... você acha que eu ia falar isso pra vagabundinha só pra botar medo nela? Claro que não... e a tua putinha loira sabe que eu sou bem brava quando precisa... ela já sentiu isso logo no primeiro mês que ela começou a namorar você!

=Não entendi mãe... sentiu o que?

=Ahhh... então ela não deve ter te contado o que fiz com ela uma tarde que cheguei aqui em casa um pouco mais cedo... você devia estar no teu quarto e a sua namoradinha estava nuazinha no sofá com os pés em cima da mesinha de centro de vidro com a TV ligada em um programa de fofocas... ela devia ter tomado banho porque tinha uma toalha molhada jogada na poltrona de lado e então mandei que ela pegasse a tolha pra não deixar a poltrona úmida e que também tirasse os pés de cima da mesa de centro... e ela então toda folgada deu um sorrisinho e disse que assim que entrasse o comercial ela faria isso... eu já estava puta da vida com um bando de gente mal-educada naquele dia no posto de saúde e resolvi educar aquela vagabunda folgada e então a peguei pelos cabelos fazendo-a se levantar e dei dois tapas fortes na cara da safada e falei que era pra fazer o que eu tinha mandado naquela hora e se eu tivesse que mandar de novo eu ia pegar um cinto e encher a bunda da vadia de cintadas!

=Mamãe... isso ela não me contou não... nossa... e ai... ela falou alguma coisa depois que apanhou de você na cara?

=Que nada... rapidinho fez o que mandei e depois disso fez uma carinha de choro dizendo que eu batia muito forte... que eu tinha a mão mais pesada que o pai dela e então falei que se ela não aprendesse a se comportar da próxima vez com o cinto ia doer bem mais! Depois disso com certeza ela sabe que comigo não tem moleza.

=Qualquer dia vou tocar nesse assunto com minha putinha loira... pra ver o que ela fala pra mim sobre isso... mas... tem uma coisa bem mais importante que to louquinho pra saber da minha mãe taradona... posso perguntar?

Mamãe terminou de se enxugar... eu não conseguia tirar os olhos do seu bundão enorme e de sua bucetona lisinha desfilando pra la e pra cá diante dos meus olhos ávidos e então ela deu um sorriso sacana e então se sentou na poltrona da penteadeira de frente pra mim cruzando as pernas e disse:

=Claro que pode filhão... pergunte tudo que quiser... acho que não tem nenhum assunto que não podemos falar... mas pela tua carinha safada tenho certeza que deve ser sacanagem... você só pensa nisso... meu taradinho lindo!

=É verdade... e a culpada é você... quando a Paulinha comentou sobre você mandar seus amigos negros de paus enormes estuprarem a putinha loira pensando... toda vez que vi você trepando foi com um macho só... e fiquei curioso pra saber... você já transou com vários machos ao mesmo tempo?

Ela deu um sorrisinho de puta e disse:

=Que filhão taradinho curioso... mas... já que ta querendo saber... vou falar: Claro que sim... já participei de muitas festinhas em que rolava de tudo... já dei pra seis homens numa noite... e com esses seguranças do salão de baile... de vez em quando eles me chamam para o alojamento onde eles ficam e a coisa pega fogo... normalmente dou pra três ou quatro deles... são bem dotados e sabem como tratar uma puta tarada como eu... volto pra casa com a buceta e o cu super inchados... gozo que nem uma cadela no cio... pronto... queria saber... tá sabendo!

Minha mente pervertida fervilhava imaginando minha mãe branquinha no meio de um monte de machos negros bem-dotados e mesmo depois de três gozadas com minha namorada putinha meu pinto ficou duro como uma rocha estufando a frente do meu short e foi então mamãe pra meu deleite descruzou as pernas e sua bucetona se mostrou imponente me deixando mais tarado e todo safado disse:

=Mãe... você bem que podia trazer alguns desses negros pauzudos aqui pra casa e me deixar assistir você metendo com eles... acho que eu iria gozar muito gostoso vendo você sendo abusada por eles... só de imaginar isso... meu pinto ta duro demais... nem parece que já gozei 3 vezes hoje... essa bucetona tesuda... ia ficar mais linda ainda... do jeito que eu gosto... bem inchada!

Mamãe mantinha um sorriso sacana nos lábios e toda safada e bem devagar colocou uma perna em cima do braço direito da poltrona e em seguida colocou a perna esquerda sobre o outro braço e desceu uma mão até sua bucetona toda arreganhada e brincou com seu grelo com seus dedos ágeis e toda safada disse:

=Eu sei o que você tá precisando meu filhão taradinho... vem... ajoelha aqui no meio das minhas pernas... vem lamber e chupar a buceta da mamãe... a sua namorada putinha já comentou que você tem uma boca deliciosa... que nasceu pra chupar buceta... vem... chupa a mamãe seu safado... é todinha sua meu bucetão... faz eu gozar... também to num tesão danado... chupa meu taradinho pervertido!

Em segundos eu estava ajoelhado diante daquela deusa do sexo, mamãe me pegou pelos cabelos e puxou meu rosto contra sua bucetona e toda puta sussurrou:

=Lambe e chupa meu grelo com força... enfia essa cara seu safado... chupa taradinho... ahhhh... assim... suga meu grelo bem forte!

Mamãe me segurava firme pelos cabelos rebolando deliciosamente na minha boca sem me deixar tirar o rosto... sua bucetona tesuda era quente como um vulcão e logo senti ela tremular e se convulsionar gozando copiosamente na minha boca... parecia que a safada mijava de tanto liquido que saia de dentro dela... e ela gemendo sussurrava:

=Não para... continua chupando... quero gozar mais... não para filhão safado... faz a mamãe gozar gostoso... ahhh... isso... delicia... vou gozar de novo!

Depois de vários orgasmos sem deixar eu tirar meu rosto de sua bucetona toda molhada ela devagarzinho foi se acalmando e toda safada disse:

=Filhão... você pode ter um pinto pequeno... mas tem uma boca incrivel... só faltou mesmo uma rola bem grossa e cabeçuda pra entrar rasgando na minha buceta e gozar ainda mais gostoso... mas... agora que já experimentei essa boquinha tesuda e gostosa... vou querer repetir mais vezes!

Todo tarado me levantei diante dela com meu pinto durinho como aço e disse:

=Também vou querer te chupar de novo mamãe... tua buceta é muito deliciosa... mais tesuda do que da minha namorada putinha!

=Por enquanto chega filhão... sossega esse pinto... quem sabe logo mais a noite a gente continua a brincar! Vamos preparar alguma coisa gostosa para o jantar... me deu uma fome essa safadeza que fizemos.

Durante o jantar quis saber da minha mãe se deveria manter segredo com minha namorada sobre a sacanagem que havíamos feito e ela disse que iria pensar nisso e me falaria no dia seguinte.

Aquele dia tinha sido tão intenso que depois do jantar me deitei no sofá pra assistir TV e acabei adormecendo ali mesmo e quando acordei com vontade de fazer xixi ao olhar no relógio já era uma da manhã e então fui para meu quarto dormir em minha cama.

No outro dia acordei cedinho e depois de um belo banho resolvi preparar o café pra minha querida mãe e assim que terminei ela entrou na cozinha já toda arrumada para o trabalho e sorrindo me deu beijinhos no rosto dizendo:

=Bom dia filhão... que bom acordar e encontrar o café pronto na mesa... desse jeito vou ficar mal-acostumada... vou querer assim todo dia!

Todo sacana sorri e disse:

=Ontem foi um dia inesquecivel... primeiro arrombei a bucetinha virgem da minha namorada putinha e depois pude chupar e saborear a bucetona tesuda deliciosa da minha mãe taradona... foi uma loucura maravilhosa que quase nem acredito que aconteceu... pode deixar que vou acordar um pouco mais cedo todo dia e fazer o café pra minha mãe super gostosa!

=Safadinho bajulador... assim vou ser obrigada a satisfazer todas as taras do meu filhão pervertido!

=Mamãe... pode ter certeza que seu filhão ta prontinho pra entrar de cabeça na safadeza que você quiser... topo tudo e mais um pouco!

=Quero ver se topa mesmo... tua mãe é uma tarada sem juizo e pode ter certeza que esse fim de semana vai rolar uma festa querido... hoje é sexta feira e como fiquei varios dias menstruada sem trepar... to louca por macho roludo... aquela chupada deliciosa que você me deu na buceta serviu pra aumentar ainda mais o tesão... to louca por uma rola bem cabeçuda e grossa fodento meu bucetão!

=Nossa mãe... meu pinto já tá igual pedra escutando você falar assim... só de imaginar sua bucetona tesuda toda inchada eu fico taradão!

=Pode deixar que você vai poder sentir ela do jeito que você deseja meu taradinho safado!

A safadeza é uma coisa que anda junto com oportunidade e naquela sexta-feira isso ficou totalmente demonstrado.

Após mamãe ter ido para o trabalho não demorou para que minha namoradinha puta chegasse em casa toda gostosa com uma minissaia e uma camiseta regata bem justinha e assim que ela entrou na sala, eu estava sentado no sofá assistindo TV, a putinha em segundos ficou peladinha e claro que fiz o mesmo, meu pinto já ficou durinho e toda taradinha ela se sentou de frente no meu colo e encaixando a cabeça babada na sua rachinha tesuda soltou o corpo e meu pinto foi até o talo, ela me beijou com volúpia e sussurrou:

-Acordei duas vezes essa noite só pensando em sentir seu pinto gostosinho fodendo minha bucetinha arrombada... quero dar gostoso... fode sua putinha loira meu taradinho gostoso!

Paulinha era um vulcão em erupção gemendo e cavalgando com vontade... gozou rapidinho melando meu pinto e meu saco... a vadiazinha gozava soltando bastante liquido... quando dei um gritinho e sussurrei que ia gozar ela saiu de cima e se ajoelhando entre minhas coxas caiu de boca mamando e engolindo toda minha porra quentinha que ejaculava... ela não parou de chupar... toda safada dizia que queria ele duro novamente e isso rapidinho aconteceu e quando a putinha se sentou no meu colo novamente o meu celular tocou e quando peguei-o para atender vi pela foto que era mamãe e atendi colocando no viva-voz e ela então disse:

=Filhão... a tua loirinha puta já ta ai com você?

Paulinha sorrindo sacana nem me deixou falar nada e toda sacana respondeu:

=O que a minha sogra cachorra quer comigo? Agora que a coisa aqui tava ficando boa... resolveu atrapanhar meu namoro com teu filhão?

Minha mãe respondeu no ato dizendo:

=Tô achando que a putinha ta perdendo o respeito e o medo né sua cadelinha viciada... acho que já se esqueceu dos tapas que levou na cara né sua vadia... será que vou ter que aplicar mais um corretivo pra aprender a respeitar a mãe do teu namoradinho sua safada?

Paulinha deu um sorrisinho e disse:

=Oh sogrinha querida... só tô brincando... claro que não esqueci... tá ardendo até hoje... mas... o que você quer comigo?

=Ahh bom... tendo medo já ta bom... mas se precisar pode ter certeza que da próxima vez vou te marcar de cinta... sem dó! Mas... o que eu quero falar contigo é sobre a tua consulta aqui no posto que estava marcada pra quarta feira que vem... é que o Dr. Jonas que é um excelente ginecologista e estava de licença veio trabalhar e tem horários vagos que da pra te encaixar ainda hoje... quer fazer o teu exame?

=Claro que sim sogrinha... quanto antes melhor... ainda mais agora que teu filhão tirou meu cabaço é melhor ele examinar e receitar anticoncepcional... vai que escapa né?

=Do jeito que você é putinha Paulinha se não tomar anticoncepcional todo ano você pega barriga... então vamos fazer o seguinte... ele vai atender duas mulheres que vieram se consultar e vou deixar você marcada pra daqui uma hora... toma um banho e lava bem essa buceta arrombada pro médico examinar direitinho!

=Tá bom sogrinha querida... pode deixar que vou fazer tudo do jeito que você tá mandando... o Sandro pode ir junto comigo no posto?

=Acho que ele pode vir com você até o posto... mas é melhor que enquanto o Dr. examina você Sandro aproveita e vai na lotérica da avenida aqui perto pra pagar umas contas que deixei em cima da mesa... tem que pagar hoje... senão tem multa... ai que vai apanhar na bunda é ele!

O celular foi desligado e claro que fingi não saber dos tapas que minha namoradinha safada tinha levado da minha mãe e quando perguntei a Paulinha sobre isso ela sorrindo sacana me contou como tinha acontecido e que não imaginava que minha mãe era brava daquele jeito e então revelei que também tinha apanhado varias vezes na bunda quando era adolescente principalmente por responder pra ela e então comentei sorrindo:

=Bem... acho melhor deixar pra gente namorar depois que voltar do medico né... será que não era melhor você passar uma gillete e deixar tua bucetinha lisinha... não tem muito pelo... mas acho que ficaria melhor... o que acha Paulinha?

=Acho que sim... eu pensei em depilar com cera... mas... eu ia no posto só a semana que vem... hoje não vai dar mais tempo né?

=É verdade... vamos pro banheiro... pode deixar que eu faço isso pra você querida... bem devagarinho pra não machucar essa bucetinha deliciosa!

Depois de varios minutos deixei a bucetinha da minha loirinha puta totalmente lisinha... sem nenhum pelinho pra incomodar e todo safado aproveitei e fiquei passando a língua nela todinha dizendo que estava fazendo o teste de qualidade e ela toda safadinha disse:

=Ai amooor... assim você vai me deixar taradinha... você sabe que não aguento sua língua deliciosa me lambendo... vou querer gozar... é melhor a gente não ficar com safadeza... vai que a gente se empolga e chega atrasado no posto... tua mãe é perigoso querer me bater de cinta dessa vez!

=Hummm... com certeza... mas... agora que to percebendo uma coisa... você veio sem calcinha e sem sutiã... será que vai dar tempo pra você ir buscar na tua casa?

=Sandrinho meu amor... acho que vou assim mesmo... acho que não tem nada demais... o medico vai mandar tirar tudo mesmo... já to prontinha né... mas... pensando bem... será que o medico não vai achar que eu sou muito putinha por não usar calcinha e sutiã?

=Não sei não... apesar de que você é muito putinha mesmo... mas a minha mãe vai estar la na hora do exame... vai te acompanhar... tá tudo bem!

Eu e Paulinha saimos de casa uns 20 minutos antes do horário marcado e assim que chegamos no posto perguntei para a atendente sobre minha mãe e ela disse que estava na sala de exames no fim do corredor e acompanhei minha linda namoradas até lá e assim que bati na porta e ela abriu e mamãe então mandou entrar dizendo:

=Opa... entrem queridos... vai demorar um pouquinho mais pra Paulinha ser atendida... o médico teve que atender uma senhora que chegou no posto passando mal com problemas de pressão... mas... podem ficar à vontade... o ar condicionado dessa sala é ótimo!

Mamãe se sentou em uma poltrona, eu fiquei em pé encostado na escrivaninha e Paulinha depois de sentar com as pernas cruzadas disse safadinha:

=Nossa... esse ar é bem geladinho né... os bicos dos meus seios ficaram durinhos e se eu descruzar as pernas vai gelar minha bucetinha depilada!

Dei um sorrisinho sacana e emendei dizendo:

=Mamãe... eu achei melhor raspar a bucetinha da Paulinha... sem pelinhos dever ser melhor para o medico examinar né? Outra coisa... a Paulinha quase sempre não usa calcinha e sutiã... ela ficou preocupada do medico achar que ela é muito putinha por não usar lingeries... o que você acha?

Mamãe deu um sorriso sacana e disse:

=O dr. Jonas além de ser meu amigo... também é meu ginecologista faz um bom tempo... ele que cuida do corpão da putona aqui... já comentei com ele sobre a namoradinha puta do meu filhão... ele já sabe quem ela é... tá tudo bem!

=Nossa sogrinha... dá até medo só de imaginar o que você deve ter falado sobre mim para o médico!

=Não se preocupe querida... não falei nenhuma mentira... acho que você vai gostar do médico... ele é muito bom!

Resolvi me despedir e ir pagar as contas na lotérica dizendo:

=To indo então... começo de mes a lotérica vai ter uma fila enorme de gente pagando contas... cuida direitinho da minha putinha loira mamãe!

=Mamãe se levantou e me deu dois beijinhos no rosto e toda sacana disse:

=Pode deixar filhão... tenho certeza que safadinha vai gostar muito de ser examinadaa pelo Dr. Jonas... vai adorar ser mais uma paciente dele! Quando você voltar da lotérica passe aqui... quem sabe a consulta tenha a terminado e você leva a tua putinha de volta pra casa!

Sai dali achando que tinha algo estranho naquela conversa, mas nem me preocupei com isso, mamãe sabia o que estava fazendo!

Como havia previsto a fila na lotérica estava comprida e demorou pra que eu fosse atendido e assim que paguei as contas fui embora passando pelo posto de saúde e assim que entrei vi mamãe no fim do corredor e fui até la e ela então me puxou pelo braço e me levando até uma pequena sala onde minha namorada putinha estava sentada em uma cadeira e já percebi que havia acontecido alguma coisa diferente e mamãe sorrindo sacana disse:

=Pode levar tua namoradinha vadia pra casa... ela foi totalmente examinada... e a safadinha adorou a consulta... já que a taradinha não era mais virgem... o exame pode ser completo como devia ser... mas... ela vai te contar em detalhes como tudo aconteceu!

Paulinha deu um sorrisinho safado e disse:

=Sandrinho... seu tarado safado... você e sua mãe sádica são dois filhos da puta pervertidos... combinaram de aprontar essa safadeza comigo... nossa... parece que fui atropelada!

Mamãe deu um sorriso safado e mostrou que tinha um lado que eu ainda não conhecia e pegando Paulinha pelos cabelos levantou seu rosto e deu um tapa não muito forte na cara da putinha dizendo:

=Deixa de onda sua cadelinha de rua... puta safada... gozou que nem uma louca lá na sala de exame e agora que tá perto do namoradinho ta querendo fazer doce é... acho que a putinha ta precisando apanhar um pouco mais... não adianta disfarçar... eu sei que você gosta sua cachorra!

Paulinha se levantou da cadeira e abriu a porta já me puxando pela mão e saimos do posto e assim que estávamos na rua quis saber o que tinha acontecido e ela toda dengosa disse:

=Sandro... nunca pensei que você era tão tarado assim... tua mãe me contou que você chupou a buceta dela ontem e acho que você e ela combinaram de me trazer no posto pra ser estuprada pelo Dr. Jonas... ele é um tarado sádico... minha bucetinha e meu cuzinho ficaram arrombados pelo pauzão enorme dele... nossa... tinha uma cabeçona de cavalo... ele socou sem dó até o talo!

Em segundos percebi que mamãe tinha sido a mentora daquela sacanagem muito louca e que a coisa foi extremamente tesuda e todo sacana disse:

=Paulinha sua tarada safada... tenho certeza que se você não quisesse se submeter era só você gritar que não aconteceria nada... do jeito que minha mãe falou você gozou que nem louca na sala de exame com o medico sádico quando chegarmos em casa vou querer saber em detalhes como tudo aconteceu sua putinha safada!

Rapidinho chegamos em casa e minha namoradinha safada ali na sala mesmo tirou a saia e a camiseta e já percebi que tinha marcas vermelhas de tapas na bunda dela e na hora meu pinto já ficou duro como aço e todo safado também já tirei minha roupa ficando pelado e ela toda safadinha disse:

=Olha o que aquele médico safado fez com sua namoradinha Sandrinho... além de me foder todinha com aquele pauzão de cavalo encheu minha bunda de tapas fortes... e tua mãe quando tentei dar um gritinho e reclamar que estava ardendo a taradona sádica me bateu na cara... a putona adora bater no meu rosto... cachorra safada! Mas... o pior é minha bucetinha apertadinha que ficou arrombada... meu cuzinho então tá super inchado!

Paulinha se sentou no sofá com uma carinha de dengo misturado com safadeza e me sentei do seu lado e abraçando-a carinhosamente disse:

=Paulinha querida... conta pra mim como foi que tudo aconteceu... eu juro que não sabia que mamãe ia fazer isso... eu sei que ela é uma tarada maluca... mas... você sabe que eu adoro você... não importa o que você fez... vamos continuar juntos do mesmo jeito!

=Tá bom... mas... você promete que não vai ficar bravo por eu ter sido tão putinha como fui?

=Sua tolinha... porque iria brigar... olha pro meu pau... vê como eu tô... louco de tesão por você!

=Seu safadinho... você e tua mãe sádica são dois tarados... já que tenho que contar contarei tudinho sem esconder nada: Assim que você saiu pra loterica tua mãe revelou que você tinha chupado o bucetão dela e a vadia tinha gozado gostoso... ela falou isso só pra me insultar... pra mostrar que ela manda em você... fiquei puta na hora... você escondeu isso de mim... logo em seguida ela já mandou eu tirar a roupa pra ficar pronta... fiz o que a safada mandou... e então me fez deitar na mesa ginecológica... fiquei toda arreganhada... e a puta da sua mãe toda safada sem que eu esperrasse enfiou dois dedos na minha bucetinha dizendo que queria saber se eu tinha lavado direitinho... a safada tirou e enfiou duas vezes e levou os dedos ao nariz pra cheirar e sorrindo sacana disse que realmente estava limpinha e ainda comentou que parecia que eu era apertadinha e então foi então que tua mãe fez uma coisa totalmente inesperada... ela tornou a enfiar dois dedos na minha buceta e assim que tirou enfiou-os em sua boca e depois de lamber os dedos toda safada disse que tinha gosto de bucetinha novinha... e que o medico iria gostar muito de me examinar. Nem acreditei no que ela tinha feito... e o incrivel foi perceber que me deu tesão vendo a puta tarada fazendo aquilo comigo e toda putinha brinquei dizendo: Sogrinha safada... acho que vou pedir pra você continuar fazendo o exame... adorei olhar você lambendo os dedos com o sabor da minha bucetinha! Foi então que tua mãe sorrindo disse: É sua cadelinha viciada... você gosta de tudo que é putaria né... por isso que te chamei hoje aqui... vai poder gozar gostoso aqui nessa sala sua tarada! Quando olhei por lado o Dr. Jonas tinha acabado de entrar... ele é um moreno de uns 40 anos bem alto... fortão... e tua mãe toda safada disse: A putinha tá prontinha doutor... acabei de enfiar os dedos na buceta da vadia e já ta molhadinha... pronta pra ser examinada! Sandro querido... foi então que percebi que o doutor já estava com seu pauzão pra fora da calça e era muito grande... nunca tinha visto um como aquele... grosso e cabeçudo... ele veio entre minhas pernas arreganhada... a mesa ginecológica estava na altura perfeita pra ele... e ele então pegou seu pauzão duro como uma rocha e começou a deslizar a cabeçona entre os lábios da minha bucetinha lisinha... aiii amor... quando senti o calor daquele pauzão na minha buceta me arrepiei todinha... ele então todo safado perguntou se queria que enfiasse aquela rolona na minha buceta e fiquei sem fala e o tarado então me deu um tapa na cara me mandando responder... ele não bateu muito forte... mas ardeu... tua mãe tarada estava do lado assistindo e logo percebi que devia responder e toda putinha disse: Eu... será que não vai me machucar doutor... o pinto do meu namoradinho é tão pequeno perto do teu... nem sei se vai entrar! Ele deu um sorriso e em seguida me segurou firme e deu uma fincada forte... quando pensei em gritar tua mãe sádica tampou minha boca e o doutor tarado só parou quando estava todinho dentro de mim... nossa... como era grossão... me senti totalmente preenchida... ardia e queimava dentro de mim... rapidinho o doutor passou a me foder... a dor sumiu como num passe de mágica... não demorou quase nada pra eu gozar que nem louca... que pauzão gostoso fodendo minha buceta... tua mãe safada apertava os bicos dos meus seios... e dizia toda safada: goza sua cadelinha... gosta de pau grosso com eu né vadia... goza sua vagabunda! Nem precisa mandar... eu tinha um gozo atrás do outro... logo a coisa mais pegou fogo, fui tirada da mesa ginecológica e colocada de 4 na poltrona... o doutor já socou aquele pauzão de novo na buceta e passou a me foder com força... entrava e saia deliciosamente... o tarado encheu minha bunda de tapas... daí a pouquinho sua mãe estava peladona na poltrona do lado e o doutor taradão comia eu e ela alternadamente... tua mãe gemia e gozava gostoso... nossa... quando pensei que ia dar uma acalmada o doutro tirou o pauzão cabeçudo da buceta e cravou no meu cuzinho... tudo bem que já dei meu cuzinho um monte de vezes tanto pra você quanto para outros namoradinhos... mas para um grossão daquele tamanho não... nossa vi estrelas... mas o pior é que logo eu fiquei louca de tesão sendo enrabada por ele e passei a gemer e gozar pelo cu... tua mãe também levou pauzão no cu do doutor... o taradão comeu eu e ela até quando quis... o safado gozou no cu dela... depois disso vestiu a roupa e saiu da sala deixando eu e sua mãe puta peladinha na sala de exames! Quando me levantei sua mãe sorrindo safada me abraçou e disse: Eu sabia que você ia gostar sua cadela no cio... pra quem perdeu o cabaço ontem já ta pronta pra qualquer ocasião né... meu filho arrumou uma namorada completamente vadia... mas acho que o safado gosta disso... ele adora me ver trepando com machos... com certeza vai gostar de ter ver levando rola de outros machos! Sandrinha... quando pensei que tinha acabado tua mãe tinha mais uma surpresa pra mim... ela se sentou na poltrona e abrindo as pernas disse: Vem cadelinha de rua... quero essa boquinha lambendo minha buceta... quero que sinta o gosto dela igual senti da sua... chupa sua vagabunda... não vou mandar duas vezes! Percebi que não tinha como fugir e cai de boca na bucetona inchada da tua mãe taradona... a safada gozou rapidinho na minha língua... molhou meus lábios... que cachorra safada... da próxima vez ela vai ter que me chupar também!

Meu pinto parecia que ia explodir e já fui me ajoelhando no tapete diante da minha namoradinha tarada e disse todo tesudo:

=Quem tá querndo lamber essa bucetinha toda inchada sou eu sua safadinha... deve ta uma delicia!

Minha namorada putinha deu um sorrisinho sacana e disse:

=Se você quer... sou todinha seu safadinho... mas só pra você saber... não tomei banho la no posto... minha buceta deve ta com gosto do pauzão gostoso do doutor Jonas... vai querer me chupar assim mesmo taradinho?

EM segundos eu mergulhava minha língua sedenta naquela rachinha toda inchada e que parecia ta pegando fogo de tão quente... tinha gosto de tesão e a vadiazinha rapidinho rebolava deliciosamente gemendo com seu jeitinho de putinha tarada sussurrando:

=Aiiii... chupa sua putinha safadinha... nossa... sempre fui louca pra sentir um pauzão bem grandão na minha bucetinha tesuda... ahhhh... meu namoradinho vai ter que me liberar pra eu dar de novo pro dr. Jonas... adorei gozar naquele pauzão... chupa com força meu grelo... vou gozar... ahhhh... deliciaaaaaaaaaa!

Minha loirinha tarada tremia por inteiro gozando copiosamente... que vagabunda tarada... eu estava louco pra foder aquela buceta arrombada e logo coloquei-a de frente no meu colo e meu pinto mergulhou fundo... que delicia de buceta... estava mais gostosa ainda... ela rebolou gostoso em cima de mim e em poucos segundos vi que não ia dar pra segurar e coloquei minha putinha loira de 4 e soquei no cu inchado da safada inundei aquele rabinho de porra quente... ela gemia e suspirava de prazer junto comigo!

Fomos para o banho e ficamos trocando beijos e carinhos debaixo do chuveiro e em seguida fomos preparar o nosso almoço, a fome era demais!

A safadeza tinha apenas começado, muita coisa iria rolar daquele dia em diante, mas isso os leitores só irão saber na continuação desse relato louco!

Se quiser ler mais algum conto meu acessem meu perfil:

http://zdorovsreda.ru/perfil/180559

[email protected]

gggggggg56yuy

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/08/2018 00:48:25
Amei o conto me deixou loco pra transar, sou de SP quero transar com h ou m, faço ativo e passivo se alguém quiser chama no whats.
22/07/2018 18:32:10
Adorei o conto e ainda mais o fato de ser mulher fogosa. Adoro mulher com esses desejos, mesmo que seja em secreto mais que sabe que tem um tesão imenso dentro dela. Adoro conversar falar e explorar esses desejos e fantasias, quem sabe despertando ainda mais... whats (quatro, sete) oito, oito, três,oito-tres,meia,zero,oito. Quem sabe não aflora ainda mais esses desejos e vontades.
01/07/2018 17:28:15
top!!!
25/06/2018 07:03:33
Que maravilha de conto, delicia de namoradinha e mãe gostosas e putinhas
24/06/2018 13:31:28
Conto muito extenso e completamente deslocado da realidade, o que não seria um problema se como muitos você não tivesse iniciado o conto dizendo que é real, Minha nota será reflexo do cansaço de ler algo tão extenso e fantasioso quando fui prometido realidade.
20/06/2018 14:57:31
adoro me exibir batendo siririca, nua, entrem no meu grupo do whatsapp pelo link direto, http://bit.ly/2MEIcIa
11/06/2018 13:40:34
Que safada sua loirinha, será que ela nao deseja dupla penetracao? Parabéns pelo conto




Online porn video at mobile phone


meninas de beydoll nuaboquetes e bucetasconto.erotico com fotosjjogando videogame no colo do tio conto eroticorelato de siririca com barulhinhoeu tenho 30 anos de idade minha noiva linda e gostosa ela tem 22 anos de idade ela casou virgem da sua buceta e virgem do seu cu comigo na nossa noite de núpcias eu e ela dentro do quarto eu tirei seu vestido de noiva eu dei um beijo na boca dela ela deitou na cama eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau bem devagar na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela sua buceta e muito gostosa de fuder ela disse pra mim seu pau e muito gostoso fundendo minha buceta eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim goza dentro da minha buceta eu fundendo sua buceta eu gozei dentro da buceta dela ela disse pra mim agora fode meu cu virgem conto eróticoConto erotico peituda amamentandogaroto batendo punheta e bolas balancando pornodoidopesquizar pai e filha brncando nas ferias-pornodoidoxvideo menina de meno gosano e tremeno as penanovilhas rebelados no pautirarando a buceta gosadacontoerotico meu tio e minha namorada fudendoMendiga andarilha rabuda search sexo matocontos eroticos insestos família unida papai mamãe e meu irmaorapases ciclistas com tesao em paseio com amigosDominamdo uma evamgelica casada parte 2 contos eroticossrelato d novinha perdendo o cabacinho com padrasto e mae juntocontos eroticos sessentona do quadril largo e bunda enormecontoerotico namorada e mae putas do tio jorgexividio o viado nao vai agenta o pau do nagaoxsvidio.as.pantera.jogando.bolafilhaviu o pai pelado e virou a bunda pra ele comerfoto de novinba de bucsta arreanha amostrando o cabaçocontos eroticos ela me deu o cuzinho/lesbicapirocudo gozando dentropor tras da paredeflagrei minha tia dormindo de sorte largo pornoela fechar os olhos e cetim o pau entra no cu ponovideo pornotirando peos en el bañovideo pornodoid homem esferga em tremfilhinha da a buceta para irmao e padrastoWESLLEYWEST-CASA DOS CONTOS ERÓTICOSvelhas dos peitoes muchos e grelo grando transandoconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancolance francesinha sexo analcntos eroticopadastro genroxiv padrasto peganfo aentiada sexso analo tio tarado estrupando a sobrinha clitado de dormulher derramando enfiando um copo de cachaça na bucetapornodoido se surpreendendo com pal do irmaoPauzundo entrando ate talo na buceta contosContos eroticos comendo cu da mamae com o papaividios pono sohentepaguei para tranzar com a noivinha evangelica contosxvmeninasnovinhasxxxvideos travesti bem novinha cumendo gaybuceta daomha patroavideo do irmao brechado a irma domado banhanho nuametendo de lado e goasano na portinha da bucetacasos de zoofiliamulher bebada foi tamar banho e acordou ebgatada pelo cusobrinha contoxvideos gozando numa tesuda de oculos e trancinhasPaus grandes no cu da vadiazinhahxvideos novinha aprendendo a polotar motopassando oleo de alho no pau xvideosxvideos garotão bombado infiando dedo no cuzinhoporno dento da pestinha buceta gostosa no inatingível elas dandoconfissoes de siririca de freiraputa safada grita alto vadia geme piranha mais alto caralho vai vai grita ai vou gozar.conto erotico incestotirando o cabaço da mornavideo inversão porno sogra comendo o cu do gerocontos lesbicos e penitencia no conventoCONTOSPORNO.insetos.nenémmulher branquinha r***** com a b***** grande espelhinho pretinhoxvideos indigesto estrupadas pelo irmaocontos eroticos com viuvas ricas e mulheres sedutoras ricascunhada bucetuda e deboxadamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1xvidio brasil cunhadinha foi tentando ate consegircontos eroticos uma doce de cunhadacontos de filhas enrrabadas pelos pais de pénis grandes e grossosconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadoviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau duroContos eroticos menina d oito anos deflorada por pedreiro iper dotadovideo de mulhe rebolhadoconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancover vidio reau casada levou uma pica tao grande na buceta ela chorrouvideos longo/penis monstro negros gosando dentro do cu do viadinho branquinhoo gay mundo bichacontos erotico fui levar a toalha para meu genro vi ele pelado nso resistidano cu de quatopornodoido sou peguena mas sei fuudercontos erotico pai estupra filha com ozaimiviado faz chupeta em macho violenta enche a boca de pprtavidios pornos de mulher dando o cu. sem do sentono gostoso e. com forçaGostosa arreganhada de calcinha yotubexv egua no cio pingando mulheres que gostam de ser encostada no ônibus contosxvideo gorda cheio de calombo ax.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhos