Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O dia que eu arrombei pra valer o cuzinho da minha puta Pt. 1 - Relatos da minha Puta

Autor: D.M
Categoria: Heterossexual
Data: 17/05/2018 14:20:46
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom, galera! Segue mais um conto que eu tive com minha putinha.

Dessa vez vou escrever muito, esse conto será logo, então vou dividir em duas partes para não ficar tão maçante. Esse conto vai ter duas partes, essa primeira eu vou contar mais da minha puta e uns relatos das nossa transa, o que ela gosta e que aconteceu pra ter essa transa que estou a contar. A segunda parte será a foda completa mesmo.

Dessa vez eu irei pular alguns acontecimentos que eu irei mencionar abaixo, normalmente sempre vou contar todas as transas que tive com minha putinha em ordem, dessa vez eu pular algumas e explico o porquê.

Acontece que depois que fui morar só, eu tirei um carro para mim, por conta disse, comecei a trabalhar muito, ficando até tarde da noite na semana e passei a trabalhar nos finais de semana, me deixando então bem cansado e com bem menos tempo.

Outra coisa, nunca revelei o nome da minha safada aqui, vou relatar a vocês aqui. O nome da minha safada é Mariana, e eu sempre chamei ela de minha putinha não só aqui, como também pessoalmente. Afinal, eu chamo assim porque ela é minha puta mesmo, safada e uma tremenda vadia. Oh mulher pra adorar sexo e levar rola.. E que mulher não gosta, não é mesmo? HAHA. Mas não só por isso, começamos nossa história com sexo e foi assim que ela pediu pra eu chamar ela. Que quando estivéssemos sozinhos, ela seria minha puta!

Mas ela prefere que eu chame assim e a trate assim em nossos momentos íntimos, sem falar que eu tenho que foder-la também do jeito que ela gosta. Quando falta algo, ela me zoa, ficando brincado na semana falando algo como " hum, estava fraco na nossa transa " ou ela fica passando na cara. Realmente eu tenho que agrada-la sexualmente;

Agora que falei as coisas acima, consigo assimilar para vocês o por que estou pulando algumas transas. Eu acabei ficando sem tempo pra ela poder vir dar pra mim nos fins de semana. Ela já tava ficando louca de tesão e me ligando direto. Resolvi começar a buscar ela até minha casa, afinal, agora estava com o carro. Porém, quando chegávamos em casa a transa era pouca, eu realmente estava acabado de cansaço do dia a dia, pra ainda foder ela por horas.. Isso mesmo, horas. Eu tenho um certo " probleminha ", eu não gozo rápido! Mesmo tentando. Sei que falar assim, Oh, ele é fodão. Mas, isso atrapalha naquelas transas " rápidas " ou de você demorar finalizar. A parte boa é que dá fazer a mina gozar umas duas vezes ou até mais, dependendo da garota. E eu adoro isso. Adoro ver ela gozando. Nossas transas duram horas mesmo e eu deixo minha putinha acabada. É por isso que sempre dá pra foder aquela garganta gostosa, sua buceta e ainda deixar seu cuzinho ardendo. Uma rola pra três buracos, ainda fazer ela gozar duas vezes e quando eu realmente gozar, ela está ali acabada. Essa parte é ótimo.

Dessa forma, ela sabe como eu sempre pego ela, e nas ultimas transas, após que peguei o carro, o cansaço me dominava. Eu ia lá, buscava ela, a gente começava, vinha o oral e garganta profunda do jeito que ela gosta, na hora que ia foder a sua buceta, dava uns 30 minutos ainda e eu enchia ela de porra. Na primeira transa eu não notei que o cansaço ia atrapalhar nossa foda, então pegava ela e fodia, falava nossas besteiras, nossos xingamentos, afinal, quem ler os contos percebe que nossa transa é animal. Nunca dá pra contar tudo aqui, a sensação, o prazer, o tesão todo e muito mais. Não dá pra relatar apenas com palavras. Mas nossas fodas são pura selvageria. Então pegava ela, fodia sua garganta, baba escorria, rosto molhado, tapas na cara, eu chupava sua buceta e seu cuzinho, estimulava seu buraquinho só pra ela saber que ia levar rola e então no meio da foda, falo que não ia aguantar encho sua bucetinha de gozo.

No momento informei que tava cansado, ela nem gozou e mesmo falou que deixei seu cuzinho pegando fogo de vontade e no fim nem fodi. Mas foi resolvido, afinal, sempre comia ela do jeito que ela adorava, dessa vez não foi uma completa.

Foi resolvido, ficamos em casa até mais tarde e depois levei ela de volta. Em uma outra vez que foi em casa, começamos nossa transa, ela me fez aquele boquete maravilhoso de sempre. Como sempre comento, ela é minha puta. Ela não só chupa, como ela aproveita, brinca com meu pau, se lambuza toda, engole, engasga, baba, pede uns tapas, pede pra esfregar meu pau em sua cara, típico dessas garotas que fazem garganta profunda em filme porno, aliás, porno é uma coisa que ela mais gosta. já transamos muito vendo pornô.

Retornando, ela tava la de joelhos, submissa, recebendo meu pau na garganta quando pensar que não, de surpresa encho sua boca de gozo.

Bom, ela adora levar gozada! Minha putinha adora engolir gozo, as vezes até brinca com ele na boca ou coloca pra fora e esfrega na cara. Ela gosta mais quando recebe na garganta quando estou deitado e ela me chupando, assim ela deixa a boca aberta pra escorrer o gozo e fica lambendo meu pau. Bom, ela faz isso quando sabe que vai receber gozada, no fim da transa, em um boquete ou em lugar público ou quando ela aparece do nada em casa querendo leitinho. Pois é, isso mesmo. Em um certo dia que eu estava em casa ela pergunta se estou em casa de fato, fala que sua mãe e seu pai foram no shopping ali perto e pergunta se pode dar uma passada lá em casa pra me chupar e receber leite. O tempo seria meio curto pra uma foda, então ela só queria mesmo era me chupar. Falei que podia e ela já chegou me jogando na cama e me mamando do jeito que ela gosta. Me chupando gulosamente, aquele boquete extremamente molhado, baba escorrendo, batendo forte pra mim pra eu poder encher sua boca logo e ela recebendo leite do jeito que ela gosta. Na maioria das nossas fodas, ela sempre recebe na boca. Era uma ou outra que ela gostava de receber no cuzinho. Nunca gozei em sua buceta, afinal, nunca transamos de camisinha. Mas na boca, ela adora mesmo. Mas isso quando ela pede, mas a gozada que eu dei foi bem de surpresa.

Voltando, ela estava mu chupando toda louca de vontade quando recebe porra na sua boca. Foi uma gozada supressa, eu nem me aguentei e do nada ela recebe. Ela questiona o porquê de ter sido rápido, se não dava pra segurar um pouco pois ela queria saborear mais o meu pau, o que é verdade, acho que ela nunca me chupou por menos de 10 a 20 minutos. Já cheguei a contar mais de uma hora de boquete. Um desafio que ela me fez de eu foder só sua boca, ainda irei contar aqui, isso foi mais pra frente, mas antes mesmo, sempre foi um bom tempo saboreando meu pau.

Sempre que gozo, o pau continua duro, mas é bem dificil a gente transar pela segunda vez em seguida após a foda. Sempre transamos feito animal, horas fodendo, acaba que a cabeça do meu pau fica bem sensível, fora a bucetinha da minha puta que fica muito sensível também ou seu cuzinho ardendo. Além do mais, ja disse aqui que eu me gabo mesmo por saber foder uma mulher e dar pra fazer, nao pelo tamanho da rola, afinal, sabendo fazer, até com um pau menor, consegue deixar a mulher louca, mas eu admiro muita minha putinha. Ela realmente aguenta meu pau. Na boca ela realmente não engole tudo. No começo chegava na metade, depois ela acostumou bem abrir a garganta e ela recebe um pouco mais da metade inteiro na boca. Meu pau é bem grosso, a cabecinha fica grande demais, ainda mais quando estou com um tesão enorme. Mesmo fodendo o cuzinho da minha puta em toda transa, teve uma foda que ela não conseguiu aguentar. A cabeça do pau estava inchada demais, aquele dia a gente bebeu e eu tava com muito tesão. E ela não conseguiu receber por trás. Outro conto que irei contar mais pra frente.

Além da minha putinha receber meu pau grosso, ela consegue receber ele dentro por quase inteiro, meu pau duro tem um pouco mais de 21 cm, quando mandava nudes para as garotas a fim de ganhar uma transa por ter a rola grande, eu mandava foto ao lado de uma garrafinha de água, dessas de 500 ml ou um desodorante aerossol, pra elas verem o tamanho mesmo e comparar. Mulheres são curiosas, querendo ou não, sempre se interessam por uma rola grande, a maioria por curiosidade mesmo ou por desafios. Algumas marcavam transa comigo pra saber se não era mentira o tamanho do meu pau, e eu ainda recebi muitas fodas graças a isso. Sei que só depois que amadureci mais que eu descobri que o que faz a mulher querer mais não é o tamanho da rola, e sim como o cara usa ela. Sem falar que ja teve casos de parar a transa porque a mina não tava aguentando, que machucava ou que era difícil ate fazer anal, fora que a maioria dos boquetes eram mais lambidas do que umas engolidas mesmo. Algumas transas que tive que foram gratificantes, mais pela curiosidade das mulheres ou por elas mesmo se desafiarem... " Eu vou aguentar um pau desse tamanho ". Dessa forma, ainda tive várias transas que foram uma delícia. Mas tirando isso, teve muitas também que foi um descaso. Dessa forma, parei muito de ficar falando “ Tem que ver o tamanho do meu pau “ e apenas falava no prazer que ia dá. Quando conheci minha vadia, eu só mostrava fotos porque ela pedia mesmo. Até quando fui lá e ela comentou que era grande. Mas nunca reclamou de nada e sempre adorou. As vezes usava isso pra brincar comigo, pegar algum objeto similar e comentar “ Sabia que eu levo quase isso aqui todo “ ou colocava nos meios da penas e falava “ Olha o tamanho da minha ‘jebba’”, zuando comigo mesmo. Minha puta é a melhor de todas.

Minha vadia me recebia por inteiro mesmo, sobrava sim, mas eu conseguia enterrar quase tudo nela por horas de transa, nisso, depois da foda estávamos acabado. Eu de tando foder e ela se de ser fodida e receber meu pau todinho.

Dessa vez que gozei só com sua boca, o pau amoleceu pelo cansaço do corpo, o que foi incomum, pois sempre ficava duro, não tinha uma segunda transa pelo o que eu comentei acima. Então só com o oral, era pra continuar durasso ainda. Mas não foi o que rolou. E minha putinha só me chupando, claro que tava louca de vontade de transar, e dessa vez eu não pude satisfazer ela. O que ela ficou bem brava. Eu tentei compensar chupando ela e dando umas lambidas, fazer ela ter um orgasmo só com o oral. foi realmente bom para ela, mas o que ela queria mesmo era levar minha rola.

Passamos o restante da noite quando levei ela pra casa. Depois que volto, ela começa a mandar mensagens se está tudo bem, se eu não a desejo mais. Tentei explicar que eu estava bem corrido agora, ela pareceu entender, mas mulher é complicado as vezes.

E agora pra finalizar esse relato, aí vai a causa desse conto.

Marco mais uma noite de buscar minha putinha, faz semanas que ela ta louca de desejo por uma transa completa que tínhamos sempre, e eu sempre " fraquejando ". Foi ainda uma semana cansativa, mas eu acho que eu tinha que compensar minha puta.

Busquei ela, a trouxe pra casa e começamos a nossa putaria. Quase como um desses filmes porno, nossas transas bem que deveria ser gravada, coisas que eu nunca nem pensei. Mas enfim, a trouxe pra casa e começamos nossas loucuras.

Ela me chupou como sempre, minha vadia gulosa que adora receber meu pau em sua boca. Daquele jeito que ela cansa a garganta, engasga várias vezes, baba meu pau todo, sua maquiagem borra e a cara fica vermelha de tanto apanhar. Sinto que ainda estou no auge, longe de gozar. Beleza! Estou “ normal “

Depois de deixar ela acabada e toda molhada ali, vou dar uma chupada do jeito que ela gosta Também. Saboreio sua buceta toda e deixo seu cuzinho molhado e pronto para o meu pau.

Ela me joga na cama e rebola feito louca sentada no meu pau. Socado quase todo na sua buceta, ainda faço gozar uma vez. Coloco ela de quatro e continuo fodendo sua buceta.. Eae, meus caros.. ai que veio o perigo!

Minha vadia ela é uma amante do sexo anal. Na verdade, uma transa pra ela tem que ser completa do jeito que ela gosta, como falei no começo do conto. Tem que satisfazê-la por completo. Isso foi o que ela achou em mim. Eu faço do jeito que ela gosta, a trato do jeito puta que ela quer ser tratada na cama. Desde a quando conheci, que começamos a falar de sexo e desde a primeira transa ele sempre contava como ela queria ser fodida.. Tem que tratar ela feito vadia mesmo. Ela gosta que seja selvagem, gosta de apanhar na cara e receber a rola até o fim e tem que ser completa. Tem que ter oral, tem que receber na buceta e tem que receber no cu. Bem no começo quando nos conhecemos, ela me contava tudo sobre a vira amorosa. Que não teve muita sorte com os namorados, ou simplesmente a largava ou não a tratava como ela gostava. Seja com carinho ou no sexo. E quando começamos nossa intimidade ela comentou para a gente usar isso apenas como prazer. Matar nossa fome sexual. Comentamos como cada que gostava e aquilo se encaixou. Completou um ao outro, ela queria ser fodida feito uma vadia e eu queria pegar alguém pra foder assim também.

Ainda mais comigo, minha vadia sente mais ainda, além de adorar anal, de sentir meu pau rasgando seu cuzinho. Ela mesma comenta, claro que ela goza e sente muito mais prazer na buceta, mas ela tem que sentir o cuzinho pegando fogo. Em toda foda eu sempre noto ela passando a mao na bunda pra sentir como ficou o buraquinho após. Não chamo ela de puta só por emoção na transa. É uma vadia mesmo! Minha vadia!

Ela gosta de ser tratada com carinho sim, afinal quando a gente sai parece realmente uma casal de namorado, mas em casa sozinho, é pura putaria.

Mas tem uma coisa que ela odeia. Ela adora receber, mas não estimular seu cuzinho se nao for comer. Isso ela odeia. Ela gosta de uma completa. Mas se não for fazer completa, não fica estimulando não. Uma transa que tivemos eu havia massageando bastante seu cuzinho, chupei e deixei molhado e no final eu não comi, ela reclamou muito e eu aprendi a lição. Um mano que ela teve um relacionamento bem passado, não gostava de anal mas ficava colocando o dedo nela achando que ela adorava e ela tinha que depois se masturbar pra matar o desejo pois o cara não comia. E isso irritava ela. Agora eu não, eu sempre a deixava arrombadinha do jeito que ela gostava.

E pra isso, eu nem colocava meu pau todo, colocava de 4 e enfiava até a metade. Afinal, mesmo minha vadia exigindo demais, eu tinha receio de machucá-la. Uma foda que tivemos eu não tive muito cuidado e sangrou um pouco seu cuzinho, o que não foi bom pra ela. Quando sua buceta na muito molhada, meu pau escorrega gostoso, mesmo quando eu estou com muito tesão que ainda fica mais grosso. Mas sua buceta aguenta mais. Porem aquele cuzinho apertado aguentando meu pau inteiro, é muito coisa. De quatro era a posição mais fácil pra entrar. Adorava ver aquela bunda engolindo meu pau, que não era pequeno e mesmo assim ela recebia. Parecia que enlargecia e eu sempre deixava ele aberto. Sem falar que minha safada tinha uma bunda de respeito.. Que delicia.

Como eu disse, ela adora anal, e na transa que eu achei que estava indo bem, ja tinha deixado molhado, colocado um dedo e depois dois e comia ela na buceta e dois dedos no cu. Ela falou a frase que eu adoro " fode meu cu, seu safado "

E eu fui, como sempre. Aquele metida devagar, sutil, a cabeça do meu pau ali enorme mirando naquele buraquinho, vou introduzindo daquele que desliza e rasga, aquele buraquinho aumenta e meu pau entra.. Ela morde os lábios com sempre faz e aguenta entrar. Mas ai, eu notei que ainda estava bem " fraco ". Aquele cuzinho apertado me fez gozar. Foram apenas algumas metidas e enchi seu cuzinho de porra. Ai, meus amigos. Minha putinha realmente ficou putaça!

Acabou a transa na hora. brigou comigo " ah, acho que você nao sente mais prazer comigo, vive cansado, deve ta comendo outra. Nao aguenta mais minha boca, minha buceta e agora nao consegue mais fuder meu cu. Ta estranho isso.. O que aconteceu? Achou outra né? Aposto que achou outra que aguenta essa rola toda e agora na fraquejando comigo.. Me conta logo, vai. Aproveita que com a gente é só sexo e me fala lo.

Tentei outra vez argumentar, comprei um carro, agora moro só, muitas despesas. Estou trabalhando dia e noite pra manter bem menos dívida e ainda pego um tempinho pra transar com ela, de fato, ainda a deixava com muito tesão e ela não conseguia entender. Nesse dia mesmo ela nem quis que a levasse em casa. Ela mesmo foi embora e ficou uns dias sem falar comigo.

Continuo na parte dois, com a foda que ela merece... Até mais!

Comentários

18/05/2018 22:02:52
Demais
18/05/2018 21:55:54
Fiquei com vontade...
18/05/2018 06:18:34
Muito bom
17/05/2018 16:10:23
Delicia de conto, parabéns !! Minha esposa tb é bem putinha safada, confira nossas aventuras... Temos um blog para maridos liberais, esposas putinha e comedores de casadas: http://clubedosmaridoscornos.blogspot.com.br/

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


noiada chupa e bate polheta ate goza xvideosenrolada na toalha pelada transou contos eróticossexo novos banho conhadas nuasmao boba na noiva pegando nos peito dela porno dentro do cinemachantagiu irma e fudeuPica cabeçudas encaixando espertinho na xanadoce nanda contos eroticosEnrabado por uma tgirl contosvideo porno jotalhaosexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abriconto comi uma eguaconto erotico de brotheragemdois gatoto tarado xvidiovarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetamae foi na missa e ilha toco siririca pornôas bunsanfas xvideocontos eróticos de zoofilia da autora ketmarina da autora ketmarinaporno levei um amigo pra minha casa ele ficava elaquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosquero ver as novinhas do Nx dando a b***** seus cunhadosXvideos as filinhas lerinhavideo de sexo com novinha com varios moleque no igarapéasseste video de jovem tranzando e fumando cigarro cem para ate gozacontos eróticos irmãsconto siririca na despedida de solteiraesposa gostosa e novinha e tio roludo parte setennegão pauzudo estrupa mulher gostosaarromba meu c* que é para quando o c**** chegar em casa meu c* tá toda arrumadinha XVídeosarraquei o cabaco das sobrinhas e da filha, tinha 22 cm de paucu arrombado da minha esposa depois da noitadaComedor de mulher de corno campo grande mssou casada e fui bolinada gosteipornodoido lesbico fretando na mesa de jantarconto gay "todas as formas de amor"gossno nu cu fa mulecaconto erótico vó e seu netinhomulher centa na bengalatirando o cebinho da cetinha com a linguaos caras bebados comeram o barbeiro bundudomeu enteado me engravidou contoscomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãocontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitomenininhas fazendobrincadeiras de mostrar a xoxotinhas pras outrasnegao picudo estrupou novinha nao aguentouxvideo.comvideo do palaso quemozisexobrasileirocavalogarotinhas bem novinhas descubrino otezaosexobrasileirocavalogosdosa dondoSogras atraidas pelos genrosfazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticosperuas ricas viuvas safadasxvideo porno irmao abraca a irma quando ela ta lavando aloucapornu filho ajuda a mae cadeirante a tomat banho nuacontos eroticos como eu virei puta de um velho2 mulequis regaca a buceta da novinha branquinha tesudaCasada enegao anal marra contoO Certinho e o Desleixado (Capítulo 3) casa dos contosisso que apareceu no quer vir para casa vídeo de pornô se você não abrir Eu prometo te dei nesse iguaexecutiva casada puta de negao contoscontos sexuais de traição de adulterio o socio do meu narido ta doido pra me comerxvideocaraspegandoairmandaoutraxvideoporno antigo novinha putinha de calçase esfregando escondida no pau do namorado da maeQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras a mãe com shortinho bem curtinho e para o banheiro mijar e o filme vai ficar beijando a testa da porta de homem com calcinha fio dentalos erótico sou casada e transei com negão africano mega dotadominha mãe me surpreendeu contos de incestocachorro fod madamegozapornodoido negao mendigo com branca grátisconto shortinho e tênis com chulécontos sadomazoquismo estuprowww.xvedeo so gozadaia mais gotosaanythingcontos eroticos filho fode o cu da mae e arranca bostagozando dentro da mignonzinhagozando.na.loirinha francyLuana da nova temporada do quadro rola ou enrola em porno Contos edoticos da.dk nbanho no meu filhopornos de cornudos a serem enrrabadosconto erótico lambida na buceta calcinha de lado língua tremeuWww.mulheresemaridoscornos/porno chupando a bucets dela depois metendo a casdeta con muito tesaoxvideos irmao espera mae sair arranca o cabaco do cu dela ela goza esguichandomulher pelada revista da revisão mas bem bucetuda com quero ver a mãe bem peladona grandonacontos eroticos pedindo pra ser cadelahomem comendo o noiado de bruço e mulher olhandocenasexocom visinhaVer foto de homem enfiando a mao dentro drento da vagina da mulhercomendo a mileninha gostosinhacoroa chora pos uma foda cm garotao xxvideos menor