07 - O cuzinho da faxineira


Click to Download this video!
Um conto erótico de Moreno
Categoria: Heterossexual
Data: 05/05/2018 16:58:58
Nota 10.00

Acabo de chegar da caminhada matinal, estou no banho são pouco mais de 10 horas da manhã, depois da chuverada refrescante, fecho a torneira e vou ensaboando o corpo inteiro. Fico entretido com pensamentos vagos: do serviço, da separação porque passo. Ensaboo os braços, o peito, as pernas e quando vou aos ombros...

- Deixa... eu faço.

É Cris que me afaga as costas. Por essa não esperava depois do que vivemos nas últimas semanas, achei que nunca mais se atreveria, permitiria um contato assim. Ela me toma o sabonete e desce esfregando as costas. Meu pinto cresce e não sei como esconder o desejo que se assoma. Ela ri do meu jeito...

- Sabia, sabia que você queria.

- Ué!! Te falei você sabe.

- Mas não gostei da última proposta, muito abusada.

- Desculpe, é que a gente tava experimentando coisas novas.

- Porque vocês homens só pensam nisso?

Suas mãos chegam a minha cintura, ela agora me ensaboa a bunda.

- Você disse que não, eu não insisti mais, não foi?

- Não vai falar pra Ana, vai?

- E falei das outras vezes, falei? Ainda mais que Ana já tem namorado, só moramos juntos não quero e nem devo respeito a ela, ela não teve comigo.

- Mesmo assim vocês ainda estão aqui, é chato eu ficar transando com você. Além disso tem o Edilson.

- Quem?

- Meu namorado, cê sabe.

- Se não quiser, não precisa fazer. Eu só queria...

- Se aliviar.

- Experimentar. Casado não podia e deu no deu.

Abusada Cris afunda o sabonete no meio da minha bunda, esfrega meu ânus até chegar as bolas e o pinto... o sabonete cai... e ela continua essa massagem deliciosa.

- Pensei na sua proposta, fiquei chateada, mas depois numa noite... Acordei de um sonho louco...

- Sonho?

- É, nós fazendo o que você pediu. Além disso o Edilson também quer. Agora tenho dois homens querendo me comer, fico até lisonjeada.

Ela tateia as bolas, segura e estica. Sinto o antebraço no meio da minha bunda.

- Vai... pega o sabonete.

Eu abaixo e a atrevida sem vergonha enfia o dedo no cu, não só enfia ela explora.

- Gosta? Acha bom quando alguém faz assim?

Tento levantar.

- Fica, não sai. Responde..., gosta?

- Se for você quem me faz.

- Mas arde não arde, incomoda ficar assim com um dedo no cu da gente, pensa só se for um pau grosso como o seu, nem pensar no cabeçudo do Edilson.

Cris enfia um segundo dedo - sinto um desconforto maior, mas também uma deliciosa sensação de tesão o pau fica duro empinado. Ela tira os dedos de mim, agarra com força minha cintura, lhe sinto os pelos da buceta de encontro a bunda, só então percebo que ela está nua. Mexe o corpo como se pudesse me penetrar com a vagina, a xana quente que ela tem agora.

- Faz o que pediu naquele dia, mas com carinho. Eu sei, doí muito já senti em outros tempos - mas também é gostoso.

- Toma um banho então, se lava se limpa.

- Limpar não precisa fiz isso antes de vir. Mas o banho ajuda a relaxar.

Ligo o chuveiro, Cris se molha por completo se ensaboa. Admiro o corpo moreno e pequeno de seios grandes. Ela fica de costas e entrega o sabonete - ensaboo em giros curtos até chegar as coxas.

- Como é que vai ser? Melhor aqui.

- Se apoia, segura nos suportes das toalhas.

- Ali?

- Isso.

- Inclina mais o corpo, empina a bunda.

Ela obedece e eu me coloco, mas ainda não há altura, por ser mais baixa fica difícil posicionar o pênis de encontro a bunda.

- Fica na ponta dos pés querida e empina mais.

Ela faz, eu lhe abro a bunda o suficiente para encaixar o pau, mas ainda falta espaço - está apertado.

- Abre mais as pernas meu bem.

Cris afasta o máximo que consegue, volto a me encaixar no pequeno ânus que ela tem. Apesar de molhados, pau e cu, não é suficiente a lubrificação. Sou obrigado a usar o sabonete na cabeça do caralho e no cuzinho estufado da morena.

Massageio essa entrada com a ponta da pica tentando reduzir o medo, a ansiedade que percebo na respiração entrecortada de Cris. Mexo com jeito e carinho e aos poucos vou forçando, alargando, arreganhando o pequeno túnel.

A respiração de Cris ainda é forte, ela ainda está ansiosa. Tento acalmá-la massageando as costas, acariciando os seios, segurando seu corpo pela cintura...

- Calma menina, calma. Tranquila, não vai machucar, só te dar prazer.

- Pois sim, você quer é gozar em mim. O Edilson também, mas pra ele entrar você tem que me alargar primeiro.

- Veio aqui para se preparar pro seu namorado?

Ela ri dos meus ciúmes.

- Não seu bobo. Falei que tive um sonho e foi isso que me deixou com tesão. Quero fazer com os dois.

Com Cris ainda na ponta dos pés e se segurando nos suportes, eu abro suas ancas o máximo que consigo e vou afundando a pica de encontro ao seu buraco mais escondido.

- Vem meu amor, desce. Deixa seu corpo vir de encontro ao meu.

- Assim?

- Vem.

Ela vai voltando os pés a posição normal e naturalmente a minha aste vai furando, se enfiando no túnel reto que ela tem.

- Meu Deus!!

- Calma, tá entrando.

A cabeça agora está dentro do cuzinho quente de Cris. Volto a massagear as costas e os ombros, tentando relaxar o estresse de ser comida pelo rabo. Cris não geme, ressabiada vejo que observa o que se passa.

- Posso mais?

- Vem, vem descendo. Tá tudo certo meu bem.

Ela encosta os pés no chão, eu ainda lhe abro as ancas o que facilita a penetração. Faço assim até sentir a bunda fria encostando no meu corpo.

Cris me comeu o caralho por completo.

- Doeu?

Ela balança um não apesar de prender a respiração. Ainda está assustada. Agarro sua nuca e ao mesmo tempo seu seio esticando o bico. O movimento faz com que eu empale a moça ou talvez seja uma injeção que esteja aplicando com meu cacete.

- Vai, mexe sobe e desce.

Ela volta a ficar na ponta dos pés - me descome, só deixando a cabeça dentro. Depois retorna, vai fazendo assim e quanto mais ela se mexe mais fácil é minha intromissão no cuzinho quente. Sinto as dobras que lá existem, ou imagino que existam. Pela primeira vez ela geme de prazer...

- Haaannnhhhh!!! Uuunnnhhhh!!!! Tá, tá ficando bommm...

Só que se veio o prazer também lhe vem o cansaço desse subir e descer me comendo o pau com o cu. Chega minha vez de agir, estocar perfurar a putinha.

- Fica do jeito que você me pegou, coloca a cabeça entre os joelhos.

Ela obedece eu aproximo da bundinha arrebitada, começo um movimento lento, mas rapidamente o desejo e o tesão tomam conta do meu corpo, estoco penetro afundo com força nesse mundo delicioso que é o cu da Cris.

Ela ri, chora, solta gemidos de prazer misturados com os meus próprios gemidos, criamos uma sinfonia que atinge seu ápice quando finalmente injeto meu leite grosso no fundo da bundinha que ela tem.

Cris se levanta passa o braço me agarrando a nuca, trocamos uns olhares antes do beijo lascivo que trocamos. Ela está mais suada que molhada, e eu com o pau esfolado de tantas estocadas

- Doeu?

Ela sorri um não.

- Viu.

Meu pau sai da bunda de onde goteja a porra branca que injetei nessa mulher tesuda. Trocamos carícias curtas, Cris toma nova chuverada, se limpa e se lava.

- Deixa eu ir ainda preciso lavar a cozinha e passar a roupa.

Dê sua nota e seu comentário

Continua no texto: Cris a faxineira sedutoraQuem se interessar por outras estórias poderá ter acesso adquirindo a versão digital do livro: Despedida & Desejo. Vendido no site da Amazon. São estórias sobre mulheres, fictícias mulheres de verdade, maduras e cruas

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/06/2018 19:51:41
Maravilhoso gatas vamos tc chama no whats....ONZE.NOVE, SEIS, NOVE, NOVE, SETE, TRÊS, SEIS, NOVE,NOVE MARCOS BJS NAS PEPECAS..
05/05/2018 18:54:53
muito bom

Online porn video at mobile phone


perseguindo brasileiras casadas para lhe foder o cu eroticoporno doido deu cu pro treinador de basquetecontos eroticos fazenda do interiorxvideos caseirominha esposa dormindo deixa sua buceta cabeluda avontadeapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12contos cnn gay soquei no cuzinho de dois garotos no sinalvideo porno marido enbebeda aesposa chama o amigo para aproveita com seu pauzaomulheres distraidas xvidiis.commulher novinha fode Geraldinhomulher fazendo sexo e o cara comendo a bucetinha e o cuzinho dela empurrando a picona ela gemendo respirando fundo e ele empurra toda na bucetinha e filmando escondido ela verpadrasto e intendenda gostosocabeçao gg gosadas ptcontos eroticos com nulheres de uberlandia assustando com o tamanho da rolafilha assiste porno no quarto e mae e comida por outro e mae escuta barulho estranho e vai ver o que e e ve a filha se masturbandoinguiçando xvideosxividio vo xoravideos d movimhaz fudendo com negao dotadocasa d contos tava dormindo o cachorro me comeu e ficou grudadobrincando de namorar contos gaysPeguei minha prima usando uma lingerie branca transei com ela gostoso até gozar na bocahomem comendo o noiado de bruço e mulher olhandovideo levei dois mendigos pra fude minha mullhe ela so quis um roludoxxxpastorasconto eurotico academia com o menino bundudocontos rel de urologistaxvideo pau grande lascano cuzio da loira picenacunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resistehetero perdendo as pregas contorapidinha. crentinha. garotinha. dando. escondida. crente. menina. dando. internedEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontosvideo porno foi cobra o alugel ea cabou comendo a emquelina no xsvideomulher nåo rresiste encochada e fica louca de tesaoConto erotico: o playboy e o malandromulher daperreca piquininihacontos eroticos fingir assalto pra comer meu amigo xxvidios.com homens que sente praser na hora da foda que mijao nelegostosas deslisando na pica de 30cm youtubeDEI PARA MEU FILHO NO SOFAbaixinha chupadora de espermacomo aprendi a gostar de rola grande contos eroticosas novinha virgem as cabacinha as novinhas magrinhas gosto que Comente sobre as novinhas virgenspornocontoincestoContos erótico menino menor sendo abusado por padreesposa descaderada pelo negãocontos eroticos dei para um vizinho de iptingacontos casada chantageada pelo porteiroso vidio maquinasexicontos eroticos comendo o bundao da dona filhomenameninas virgens engatada varias vezes com caes na zoo contos eroticossafadezas com meu cunhadinhocinquentona encarou 30 cm de pikapornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmoXvideos mlheres com a buceta pegando fogo de vontade de da buceta pra mendigo sujoHistorias erosticas viadinho dano para o visinho dotado e chora d dorconto com putinha novasso contos de evangélica traindo maridonifetihha loira levado no cu amarada sei docibele bucetonamenina nociha demenor pededo asprega anal pornodona margarida metendo gostosoVamp19-(Capitulo-01)-CASA DOS COBTOS EROTICOScasa d contos tava dormindo o cachorro me comeu e ficou grudadotranzasaovivoContos erotico nora novinha ouvindo a sogra chorando no picaoTirando uma lasquinha do cuzinho da minha filhanovinha gritano gostozo paicorneagem xvideos.comXVídeos coletânea de mulher sendo agarrada no serviçosoquei rola grossa na gravidaContos eroticoseu minha esposa e minha sogravideos padrasto gay e enteado gay provando coecas no quarto