Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Susan (o início 4)

Um conto erótico de Susan
Categoria: Heterossexual
Data: 16/04/2018 22:50:29
Nota 10.00

— Você tem a tarde livre hoje — ele me perguntou.

— Avisei em casa que ia na casa de uma amiga. Posso demorar — respondi.

— Excelente. — Ele disse sem tirar os olhos do trânsito. — Está com fome?

— Não.

Ele entrou por uma rua de pedra e depois entrou a direita, parou o carro em um portão grande, estávamos em frente a um motel. O portão abriu e nós entramos, pegou um cartão com o número 8 com uma chave pendurada por uma fita verde que me entregou enquanto manobrava o carro. Colocou o carro numa vaga e nós descemos. Apertou um interruptor na parede e um portão de PVC desceu atrás do carro fechando a garagem. Entramos no quarto e eu tremia de tesão e medo.

O quarto era grande com escada para o primeiro andar onde ficava uma cama enorme redonda e espelho no teto. Em baixo havia um sofá de couro sintético, uma mesinha com duas cadeiras e frigobar, uma porta nos fundos e do outro lado um banheiro com banheira de hidromassagem. O ar-condicionado foi acionado automaticamente assim que entramos.

Meu vizinho me segurou a mão e me puxou para um beijo quente. Eu estava entregue nos seus braços, mas não queria que ele pensasse que ia ser tão fácil assim. Enquanto me beijava suas mãos percorriam meu corpo e eu já sabia que tinha uma sensibilidade enorme na pele, ainda hoje isso é o meu ponto fraco. Acho o toque muito excitante e prazeroso.

Senti seu pau duro pressionando minha barriga durante o beijo. A sua mão subindo por debaixo da minha blusinha tocando meu seio esquerdo por cima do sutiã, comecei a chupar a língua dele sem vergonha, nossas bocas se entrelaçaram como se fossem uma só. Aos poucos, minha blusa foi subindo e eu estava só de sutiã. O beijo continuou ardente e em instantes eu já não estava mais de sutiã, as suas mãos eram hábeis e eu não hesitei em nenhum momento.

Ele beijou meu pescoço e atrás da orelha, sentia meu cheiro, dizia que eu era cheirosa, a mão dele no meu peito foi subindo para afastar meu cabelo deixando meu pescoço livre, minha orelha recebeu um beijo de leve também e minha saia começou a descer pelas minhas pernas. Senti o pau duro dele sob a calça, seu cheiro de homem invadiu meu nariz, era o mesmo xampu anticaspa que meu pai usava. Senti as suas mãos percorrendo meu corpo inteiro, minha bunda e entre as pernas. Minha boceta estava molhada como jamais esteve. A calcinha tinha um véu fino na frente que já estava ensopado.

Ele me jogou no sofá, cai de pernas abertas e ele se posicionou entre elas, beijou toda a minha região íntima respirando fundo para sentir meu cheiro. A virilha foi lambida e eu delirei, não tinha mais como eu ficar mais excitada, mas a cada toque isso era superado numa explosão de sensações indescritíveis. Soltei um gemido involuntário, mas bem contido, quase um grunhido.

Fechei os olhos entregue, sendo explorada pela boca habilidosa daquele homem. Ele afastou a calcinha para o lado e beijou com sutileza minha intimidade, depois sentiu meu cheiro e eu me arrependi de não ter tomado outro banho assim que cheguei da escola, mas ele não parecia se importar com isso e até parecia apreciar meu cheiro natural. Voltou a beijar minha boceta arrancando mais um gemido incontido de mim.

Foi removendo a calcinha, a última barreira entre ele e a minha virgindade, chupou de leve minha boceta encharcada, meu mel vaginal escorreu pela minha perna, era muita excitação, muito tesão e outras sensações que eu não saberia explicar. Os toques da sua língua na minha fenda virgem foram se intensificando até atingirem meu clitóris durinho. Ele abriu meus lábios vaginais com os dedos e lambeu toda a extensão da minha boceta, mas quando sua língua atingia meu clitóris, tinha a sensação de estar sentido microchoques que percorriam desde a vulva até o alto da minha cabeça.

Ele teve calma, meus gemidos eram cada vez menos espaçados até se tornarem um gemido só. Meu coração estava a trezentos batimentos por minuto e eu não tinha controle de nada. Ele continuava me chupando e eu fui invadida por outra sensação indescritível, inédita que tomou meu corpo por completo. Quase gritei tamanha a surpresa e esquisitice daquilo tudo, mas era extremamente gostoso e muito, muito forte, parecia que ia me levar para outro planeta ou para o paraíso.

Eu fiquei empurrando a barriga e o baixo ventre para cima, enquanto ele me segurava forte e lambia meu clitóris, gemi alto, em transe, eu não estava mais em mim. Aquela sensação foi se intensificando ainda mais, e mais, gritei inesperadamente sem entender bem o que estava acontecendo, meu corpo inteiro tremeu espalhando um choque intenso por cada músculo e nervo irradiando desde a minha boceta até a cabeça pernas e pés. Explodi em um orgasmo inédito, um prazer imenso me atingiu e parecia que eu estava no céu. Relaxei, o seu ritmo diminuiu até parar. Eu respirava fundo sem entender bem o que tinha acontecido, mas sabia que tinha tido meu primeiro orgasmo.

Ele me beijou com suavidade, eu sorri pra ele quase como um agradecimento. Aquilo tudo era muito errado, mas naquele momento eu não pensava nisso.

— Gostou?

Balancei a cabeça afirmativamente. Ele sorriu. Me beijou de novo e eu senti meu gosto na sua boca. Ele parecia ler meus pensamentos, pois, por mais que eu estivesse no ápice da minha excitação, rezava para ele não querer me penetrar. Eu achava, lá no fundo, que ainda não estava preparada para isso. Embora eu quisesse sentir tudo com ele.

Comecei a vestir minha roupa. E ele me ajudou com tudo, pediu a conta, pagou e fomos embora. Na mesma esquina que ele me pegou, parou o carro e me deu dinheiro. Eu não queria aceitar, mas ele insistiu. Disse que era pra eu botar créditos no celular pra falar com ele já que não íamos mais nos encontrar na ida para escola.

Aceitei.

Em casa eu não parava de pensar no que havia acontecido. Ser a amante de um homem casado não era o que eu havia sonhado para mim, mas o perigo, o proibido e todo aquele clima de sedução estavam me deixando louca de desejo e tesão. Ainda imaginava de novo tudo que tinha acontecido, sua língua pelo meu corpo, as mãos nos meus seios, seu beijo arrepiante; estava tudo bem fresco ainda na minha memória e eu queria repetir tudo aquilo e ia querer ainda mais.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/04/2018 03:49:04
excelente conto
20/04/2018 13:34:11
Perfeito!!
17/04/2018 02:41:11
Nossa! Que capítulo delicioso! Tudo bem sutil, bem gostoso, cheios de sentimentos! Uma leitura deliciosa e excitante! Tudo perfeito! Adorando cada capítulo!




Online porn video at mobile phone


contos encoxei mamae rabudaapaixonado por um hetero cap 16contoerotico eu namorada mae e tiofotos de buceta emcostada nu cu do hemxvideo cm gostosa calca coladadândo morena cabelo lizoMulheres casadas e recatadas. Contos eroticos.xvideocaraspegandoairmandaoutraxvideoxvideo cm.coroas gostosa traindo o naridofungando no cangote putariabrasileiraxvideos novinha gostosa fudende e falando que era mauvadesamagrinha chego trme na picaggmeu tio aproveitouse de mim contos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulhermulher danto o cu pra um homecom o ppu mais grante do mintomacho coloca aparelho na xana da safada para enxergar o fundo do buracoXVídeos XVídeos padrasto do Sedexcontos eroticos com dean winchesterxexoleitinhovideos de coroas loiras da bunda grande vendo genro de pau duronegao pingou tesao de vaca na bebida das meninas e comeu as quatro irmans juntasconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçaxvideos dificil pra vc lukahistorias de vizinhas que peidou na boca do vizinhovideo porno de picudo gozando na buceta de obeza e deixando a porra escorerComo devo uza vazelina navagina para lubrifica?contosbucetada mamae com tezaoprica cavalameu sogro meu donofoda incesta mae dormindo bem profundo tipo estupro putaria brasileira cenas fortes de estrupo mae sexopintudocontoscontos sexuais de traição de casadas postado no ano de 2018 aquele velho regasou a bucetinha da minha esposavideos mocas sendo encoxadas transporte coletivosgostosa rabuda negra de shortinho damdo xvideover pelinhos lourinho bem de pertinho de pernas e bunda de mulataseu. quero. ve. video. porno. com. menina. de. quize. ano. pegarno. carona. de. caminhaocontos paimete so no cuZinho da filha de quatro anos a menina gritou muito de dorxxx.video a mulher de 18 anos da bucetona buscavam comendo ela de 5novinia alizando sua bucetiniaporno filha e mao no na escadaria do prédionovinha branqinha que nem papel do bucetaoxxxvidos buchechinhasfilmes porno de diarista espiando patrao batendo punheta brasileira maior de idadeso marrento cacetudodando na borracharia de beira de estrada contos eróticos gayszoofilia com cadela no pri mero ciocontos eroticos levei piça gg no cu ( madura ) Fragado duro fazendeiroContos eróticos sobre marido militar e sua esposa na lua de melpornodoido eu nao vou fazer esto de novo papaidopei ela e fodi gostoso x video Vanessa bucetao de sotinho q capui de fucaacodou. marido. batendo. bonheita. pra. ele. ai. tranza. .com. ele.xvideo firmozaporno inserto.tia nao guenta vem.sobrio.di.pau duroeu sento no seu pau voce mim abraca e mim beija gostoso pornoContos eróticos gay brincando de esconde esconde no sítio do tiu e deucontos eroticos gay viciado cheira e chupa pal sujopornordoido mulher gostosa em garganta profunda engolindo opau todocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgedeposito de porra molecadaContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaoestupro esposa contos eroticosxvideo.mulhe em golido gozo.comcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgedoce nanda contos eroticossó os conjuntos regassado metendo gozando na bunda mais bonitaxvidios de magras novinhas nova firgen estrupadaDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelpegando carona com a vizinha novinha amaziadamostrano a mae a pica duracheirei a bunda da gorda conto eroticodei minha b******** quando era bem novinhavideoxxx contos eroticos tia bunduda madura ganhando leitinho do sobrinho.porno com históriassao pauloBAIXAR.40.FILEZINHAS.DE CALCINHA.LINDAS.contos eroticos fui encoxada na praia de sumca brancasexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadocontos eroticos gays macho dotado femea viadinhovídeo pornô com Edinalva com a b***** bem cabeludaxividio vo xorAcabine erótica pornordoidovedeo de flha de shortinho no talo andando de bicicleta e pai.de pau durofrutaporno sexo dp com limpadores de piscinacamisolacontos