Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Susan (o início 4)

Um conto erótico de Susan
Categoria: Heterossexual
Data: 16/04/2018 22:50:29
Nota 10.00

— Você tem a tarde livre hoje — ele me perguntou.

— Avisei em casa que ia na casa de uma amiga. Posso demorar — respondi.

— Excelente. — Ele disse sem tirar os olhos do trânsito. — Está com fome?

— Não.

Ele entrou por uma rua de pedra e depois entrou a direita, parou o carro em um portão grande, estávamos em frente a um motel. O portão abriu e nós entramos, pegou um cartão com o número 8 com uma chave pendurada por uma fita verde que me entregou enquanto manobrava o carro. Colocou o carro numa vaga e nós descemos. Apertou um interruptor na parede e um portão de PVC desceu atrás do carro fechando a garagem. Entramos no quarto e eu tremia de tesão e medo.

O quarto era grande com escada para o primeiro andar onde ficava uma cama enorme redonda e espelho no teto. Em baixo havia um sofá de couro sintético, uma mesinha com duas cadeiras e frigobar, uma porta nos fundos e do outro lado um banheiro com banheira de hidromassagem. O ar-condicionado foi acionado automaticamente assim que entramos.

Meu vizinho me segurou a mão e me puxou para um beijo quente. Eu estava entregue nos seus braços, mas não queria que ele pensasse que ia ser tão fácil assim. Enquanto me beijava suas mãos percorriam meu corpo e eu já sabia que tinha uma sensibilidade enorme na pele, ainda hoje isso é o meu ponto fraco. Acho o toque muito excitante e prazeroso.

Senti seu pau duro pressionando minha barriga durante o beijo. A sua mão subindo por debaixo da minha blusinha tocando meu seio esquerdo por cima do sutiã, comecei a chupar a língua dele sem vergonha, nossas bocas se entrelaçaram como se fossem uma só. Aos poucos, minha blusa foi subindo e eu estava só de sutiã. O beijo continuou ardente e em instantes eu já não estava mais de sutiã, as suas mãos eram hábeis e eu não hesitei em nenhum momento.

Ele beijou meu pescoço e atrás da orelha, sentia meu cheiro, dizia que eu era cheirosa, a mão dele no meu peito foi subindo para afastar meu cabelo deixando meu pescoço livre, minha orelha recebeu um beijo de leve também e minha saia começou a descer pelas minhas pernas. Senti o pau duro dele sob a calça, seu cheiro de homem invadiu meu nariz, era o mesmo xampu anticaspa que meu pai usava. Senti as suas mãos percorrendo meu corpo inteiro, minha bunda e entre as pernas. Minha boceta estava molhada como jamais esteve. A calcinha tinha um véu fino na frente que já estava ensopado.

Ele me jogou no sofá, cai de pernas abertas e ele se posicionou entre elas, beijou toda a minha região íntima respirando fundo para sentir meu cheiro. A virilha foi lambida e eu delirei, não tinha mais como eu ficar mais excitada, mas a cada toque isso era superado numa explosão de sensações indescritíveis. Soltei um gemido involuntário, mas bem contido, quase um grunhido.

Fechei os olhos entregue, sendo explorada pela boca habilidosa daquele homem. Ele afastou a calcinha para o lado e beijou com sutileza minha intimidade, depois sentiu meu cheiro e eu me arrependi de não ter tomado outro banho assim que cheguei da escola, mas ele não parecia se importar com isso e até parecia apreciar meu cheiro natural. Voltou a beijar minha boceta arrancando mais um gemido incontido de mim.

Foi removendo a calcinha, a última barreira entre ele e a minha virgindade, chupou de leve minha boceta encharcada, meu mel vaginal escorreu pela minha perna, era muita excitação, muito tesão e outras sensações que eu não saberia explicar. Os toques da sua língua na minha fenda virgem foram se intensificando até atingirem meu clitóris durinho. Ele abriu meus lábios vaginais com os dedos e lambeu toda a extensão da minha boceta, mas quando sua língua atingia meu clitóris, tinha a sensação de estar sentido microchoques que percorriam desde a vulva até o alto da minha cabeça.

Ele teve calma, meus gemidos eram cada vez menos espaçados até se tornarem um gemido só. Meu coração estava a trezentos batimentos por minuto e eu não tinha controle de nada. Ele continuava me chupando e eu fui invadida por outra sensação indescritível, inédita que tomou meu corpo por completo. Quase gritei tamanha a surpresa e esquisitice daquilo tudo, mas era extremamente gostoso e muito, muito forte, parecia que ia me levar para outro planeta ou para o paraíso.

Eu fiquei empurrando a barriga e o baixo ventre para cima, enquanto ele me segurava forte e lambia meu clitóris, gemi alto, em transe, eu não estava mais em mim. Aquela sensação foi se intensificando ainda mais, e mais, gritei inesperadamente sem entender bem o que estava acontecendo, meu corpo inteiro tremeu espalhando um choque intenso por cada músculo e nervo irradiando desde a minha boceta até a cabeça pernas e pés. Explodi em um orgasmo inédito, um prazer imenso me atingiu e parecia que eu estava no céu. Relaxei, o seu ritmo diminuiu até parar. Eu respirava fundo sem entender bem o que tinha acontecido, mas sabia que tinha tido meu primeiro orgasmo.

Ele me beijou com suavidade, eu sorri pra ele quase como um agradecimento. Aquilo tudo era muito errado, mas naquele momento eu não pensava nisso.

— Gostou?

Balancei a cabeça afirmativamente. Ele sorriu. Me beijou de novo e eu senti meu gosto na sua boca. Ele parecia ler meus pensamentos, pois, por mais que eu estivesse no ápice da minha excitação, rezava para ele não querer me penetrar. Eu achava, lá no fundo, que ainda não estava preparada para isso. Embora eu quisesse sentir tudo com ele.

Comecei a vestir minha roupa. E ele me ajudou com tudo, pediu a conta, pagou e fomos embora. Na mesma esquina que ele me pegou, parou o carro e me deu dinheiro. Eu não queria aceitar, mas ele insistiu. Disse que era pra eu botar créditos no celular pra falar com ele já que não íamos mais nos encontrar na ida para escola.

Aceitei.

Em casa eu não parava de pensar no que havia acontecido. Ser a amante de um homem casado não era o que eu havia sonhado para mim, mas o perigo, o proibido e todo aquele clima de sedução estavam me deixando louca de desejo e tesão. Ainda imaginava de novo tudo que tinha acontecido, sua língua pelo meu corpo, as mãos nos meus seios, seu beijo arrepiante; estava tudo bem fresco ainda na minha memória e eu queria repetir tudo aquilo e ia querer ainda mais.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/04/2018 03:49:04
excelente conto
20/04/2018 13:34:11
Perfeito!!
17/04/2018 02:41:11
Nossa! Que capítulo delicioso! Tudo bem sutil, bem gostoso, cheios de sentimentos! Uma leitura deliciosa e excitante! Tudo perfeito! Adorando cada capítulo!




Online porn video at mobile phone


xxvideo porno brasileiro novinha chora ao ter q fd cm varios depois q perd aposta conto erótico gêmeas trail irmã com o namoradoXVI de os foi estuprar a coroa mas ela gostou e gososou gostosocontos picantes limão com irmão depois de 50 anos de idade eróticoContos eróticos titia chupa minha xaninhaconto de eu novinha dri meu cu apertado para um cavalo de pica grande contos.porno gay um.namoro americano cap 29meu amante me come todo mesx negona budona lascadaconfesso chantagiei minha irmãzinha pra ela me masturbarapas novinho dando cu pro negao rola muito grossabonezinho da bucetinha bem pequenininhafudendo esposa e a mae delacontogenro e sogra contocorno chamou negao pra fuder mais nao gostou de ver a mulher adorandobucetudas banhano no sitioXisvidio arebentando a coroaquero assistir videos chupando a buceta deliociosamenteconto corno confidentecontos erótico fumando pedraconto eroticos lésbico putinha vadia vagabunda piranha fuder tapa na cara buceta xoxotabaiana lavano a bucetonacontos eroticos fudendo a filha da empregada 13 aninhosvideo porno amador novinha menstruada usando absorvente externo com lubrificanteeu no sor caderante queria espermentar sexo com um caderantecontos cuzinho da Robertapirralha e pirralhinha XVídeosbixa porno pretinha no boquete devagarinhoFazendo Cunhado Chupa a força Gay❤filme As Panteras todos os filme A boyzinha do cabelo vermelho XVídeospornos filmes dos xpartacusnovinha perdendo a virgindade com negão da trufa muito grandecontos eroticos gays com escola de sadomasoquismoContos pedi pro meu marido me levar no puteiro pra dar o cusofri com pistulodo xxvideosdois dotado fetendo com forca e tirando sangue da bucetinha da moleca assanhadaxvideo homem esperimentamdo mamar o pau de outroXnxx grisalhos negros pau de cavalo arregassando buceta das loirascasasdoscontos 49/54www.casadoscontos-O doce nas suas veiasContos eróticos de mãe e filha peidaadoro andar na rua c a cicinha enfiada rebolando contoxvídeos minha sogra me tranca no banheiro e agarra no meu pau bem gostosovideo. caseiro. de. sexo. mulher. covida. omarido. pra ir. na. casa. duma. amiga. muito. gostosa. ela. provoca. omarido. da. amiga. e. rola. sexo. com. os tres. gratiscorno segue o jogo do minha esposa e amigoboyzinho encoxando no hetero no onibusconto paguei multa cu aregacadomulheres dentro do onibus assentadas com as pernas abertase mostrando a bucetameu cu é todinho teuConto erotico cavalguei no meu subrinho emquanto ele dormiaconto erotico rafa2014maiza e carolzinha trepanovideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetaxvidiomai gostoza do meu amigo deuConto erotico gay o bom filho a casa torna capitulo 10Dorinha morena branquinha e a ruiva loira morena branquinha e a ruivaXVídeos pastora mulher numa aposta de sinucawattpad contos eroticos pai e filhascontos minha mulher toda siliconada virou p*** do dono da academiaEu e mamãe pelados em casa contos eróticostirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicasConto erotico sou madura e consolo lesbicaPorno en t re s o gro e no ra conto eroticoele a enrabala e ela a cagar.se pornocontos eróticos muleconadei o cuzinho meladinho contosraffa_ka maromba safadowww.xvideos.bucetaovirgensMenina nova de causinha tolada na buçeta xsvidioconto erotico comecei a provocar novinho pintinhobaixinha casada dormino sem roupanovinha perdendo a virgindade para soltinhocontos eronticos buraco na paredeCodornas tênis gemendo XVídeosFui masturbada no onibus contosputona sendo rasgado no cu pica gggconto flagrei meu marido dando o cu para o jardineiro i adorei verMarido marido entertido assistindo o jogo e mulher transa com outrocontos eroticos alimentando os caes da vizinhaxvideos o chifre mais bem tomadovídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no Galegãocontos eróticos pastoracomendo o cuzinho rosinha da mamae contos veridicosconto erótico O Despertar de uma casadaprica cavalaxvideo negrinha fudendo no meio das pilha de lenha com pauzucontos eroticos tentou dar a bundinhaContos eroticos de mae da banho filho com braço e perna quebradataboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contoscontos gays de incestos- machos maduros x meninos ninfetos.compirocona na titiagarotas punhetando incesto onlinehomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexox10videopornoxvideo porno erotico esposa traino o marido ela dano o cuzinho americanaFotos de gostozinha braquinha nua caio no zapXxxvideo pornodoido mulher levantando a saia pra transa encanador