Susan (o início 4)


Click to Download this video!
Um conto erótico de Susan
Categoria: Heterossexual
Data: 16/04/2018 22:50:29
Nota 10.00

— Você tem a tarde livre hoje — ele me perguntou.

— Avisei em casa que ia na casa de uma amiga. Posso demorar — respondi.

— Excelente. — Ele disse sem tirar os olhos do trânsito. — Está com fome?

— Não.

Ele entrou por uma rua de pedra e depois entrou a direita, parou o carro em um portão grande, estávamos em frente a um motel. O portão abriu e nós entramos, pegou um cartão com o número 8 com uma chave pendurada por uma fita verde que me entregou enquanto manobrava o carro. Colocou o carro numa vaga e nós descemos. Apertou um interruptor na parede e um portão de PVC desceu atrás do carro fechando a garagem. Entramos no quarto e eu tremia de tesão e medo.

O quarto era grande com escada para o primeiro andar onde ficava uma cama enorme redonda e espelho no teto. Em baixo havia um sofá de couro sintético, uma mesinha com duas cadeiras e frigobar, uma porta nos fundos e do outro lado um banheiro com banheira de hidromassagem. O ar-condicionado foi acionado automaticamente assim que entramos.

Meu vizinho me segurou a mão e me puxou para um beijo quente. Eu estava entregue nos seus braços, mas não queria que ele pensasse que ia ser tão fácil assim. Enquanto me beijava suas mãos percorriam meu corpo e eu já sabia que tinha uma sensibilidade enorme na pele, ainda hoje isso é o meu ponto fraco. Acho o toque muito excitante e prazeroso.

Senti seu pau duro pressionando minha barriga durante o beijo. A sua mão subindo por debaixo da minha blusinha tocando meu seio esquerdo por cima do sutiã, comecei a chupar a língua dele sem vergonha, nossas bocas se entrelaçaram como se fossem uma só. Aos poucos, minha blusa foi subindo e eu estava só de sutiã. O beijo continuou ardente e em instantes eu já não estava mais de sutiã, as suas mãos eram hábeis e eu não hesitei em nenhum momento.

Ele beijou meu pescoço e atrás da orelha, sentia meu cheiro, dizia que eu era cheirosa, a mão dele no meu peito foi subindo para afastar meu cabelo deixando meu pescoço livre, minha orelha recebeu um beijo de leve também e minha saia começou a descer pelas minhas pernas. Senti o pau duro dele sob a calça, seu cheiro de homem invadiu meu nariz, era o mesmo xampu anticaspa que meu pai usava. Senti as suas mãos percorrendo meu corpo inteiro, minha bunda e entre as pernas. Minha boceta estava molhada como jamais esteve. A calcinha tinha um véu fino na frente que já estava ensopado.

Ele me jogou no sofá, cai de pernas abertas e ele se posicionou entre elas, beijou toda a minha região íntima respirando fundo para sentir meu cheiro. A virilha foi lambida e eu delirei, não tinha mais como eu ficar mais excitada, mas a cada toque isso era superado numa explosão de sensações indescritíveis. Soltei um gemido involuntário, mas bem contido, quase um grunhido.

Fechei os olhos entregue, sendo explorada pela boca habilidosa daquele homem. Ele afastou a calcinha para o lado e beijou com sutileza minha intimidade, depois sentiu meu cheiro e eu me arrependi de não ter tomado outro banho assim que cheguei da escola, mas ele não parecia se importar com isso e até parecia apreciar meu cheiro natural. Voltou a beijar minha boceta arrancando mais um gemido incontido de mim.

Foi removendo a calcinha, a última barreira entre ele e a minha virgindade, chupou de leve minha boceta encharcada, meu mel vaginal escorreu pela minha perna, era muita excitação, muito tesão e outras sensações que eu não saberia explicar. Os toques da sua língua na minha fenda virgem foram se intensificando até atingirem meu clitóris durinho. Ele abriu meus lábios vaginais com os dedos e lambeu toda a extensão da minha boceta, mas quando sua língua atingia meu clitóris, tinha a sensação de estar sentido microchoques que percorriam desde a vulva até o alto da minha cabeça.

Ele teve calma, meus gemidos eram cada vez menos espaçados até se tornarem um gemido só. Meu coração estava a trezentos batimentos por minuto e eu não tinha controle de nada. Ele continuava me chupando e eu fui invadida por outra sensação indescritível, inédita que tomou meu corpo por completo. Quase gritei tamanha a surpresa e esquisitice daquilo tudo, mas era extremamente gostoso e muito, muito forte, parecia que ia me levar para outro planeta ou para o paraíso.

Eu fiquei empurrando a barriga e o baixo ventre para cima, enquanto ele me segurava forte e lambia meu clitóris, gemi alto, em transe, eu não estava mais em mim. Aquela sensação foi se intensificando ainda mais, e mais, gritei inesperadamente sem entender bem o que estava acontecendo, meu corpo inteiro tremeu espalhando um choque intenso por cada músculo e nervo irradiando desde a minha boceta até a cabeça pernas e pés. Explodi em um orgasmo inédito, um prazer imenso me atingiu e parecia que eu estava no céu. Relaxei, o seu ritmo diminuiu até parar. Eu respirava fundo sem entender bem o que tinha acontecido, mas sabia que tinha tido meu primeiro orgasmo.

Ele me beijou com suavidade, eu sorri pra ele quase como um agradecimento. Aquilo tudo era muito errado, mas naquele momento eu não pensava nisso.

— Gostou?

Balancei a cabeça afirmativamente. Ele sorriu. Me beijou de novo e eu senti meu gosto na sua boca. Ele parecia ler meus pensamentos, pois, por mais que eu estivesse no ápice da minha excitação, rezava para ele não querer me penetrar. Eu achava, lá no fundo, que ainda não estava preparada para isso. Embora eu quisesse sentir tudo com ele.

Comecei a vestir minha roupa. E ele me ajudou com tudo, pediu a conta, pagou e fomos embora. Na mesma esquina que ele me pegou, parou o carro e me deu dinheiro. Eu não queria aceitar, mas ele insistiu. Disse que era pra eu botar créditos no celular pra falar com ele já que não íamos mais nos encontrar na ida para escola.

Aceitei.

Em casa eu não parava de pensar no que havia acontecido. Ser a amante de um homem casado não era o que eu havia sonhado para mim, mas o perigo, o proibido e todo aquele clima de sedução estavam me deixando louca de desejo e tesão. Ainda imaginava de novo tudo que tinha acontecido, sua língua pelo meu corpo, as mãos nos meus seios, seu beijo arrepiante; estava tudo bem fresco ainda na minha memória e eu queria repetir tudo aquilo e ia querer ainda mais.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/04/2018 03:49:04
excelente conto
20/04/2018 13:34:11
Perfeito!!
17/04/2018 02:41:11
Nossa! Que capítulo delicioso! Tudo bem sutil, bem gostoso, cheios de sentimentos! Uma leitura deliciosa e excitante! Tudo perfeito! Adorando cada capítulo!

Online porn video at mobile phone


contos as calcinhas da minha sobrinha branquinhamulequinhos olhando a surubacontos eroticos'brincando de esconde esconde virei putinha dos meus amigos'contos eróticos encoxando a crenteTravesti fica olhando sua amiga recebe crempe analcontos eroticos casada timida no cinemacasa dos contos eroticos sardentaxvideo Luxúria travesti engatado com cachorromorena acavalada.fudeno com bemdotopunhetando para cunhadinha verxvideosadolecente mostrando a buceta deitadavde Costa fotos .comele pedi caga pramim gata pornoContos eroticos me vinguei da minha esposa e comi dois cuzinho finalwww gostosas do zaptkpan perdendo avingidade com tranksrelaro erotifo mae bucetuda e filho pau gigant..empurando o gatilho no prikito delachuppana a xana da neganovınha fudeno a prımeıra vezconto erotico iniciando viadoConto minha tia gordona uma bucetona peluda e tetuda carentecunhada e cunhado beberan e acabaran fasexo sexoler contos eroticos menagewww.xvideos.com gay chorando no pau de gutaoasxxxxxcomhttp://tia gostosa vae com irma visita o subrinho doente as 2 fode com elepeituda das tetas rosadas amamentandopornodoidoforçando a transarVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradosconto erótico dopando pra meter gostosomulher derramando enfiando um copo de cachaça na bucetaencostou a priminha no muro de sainha e meteu gostoso hdmulher com aberada da buceta toda esticada pra filha vero homem comendo a b***** de uma égua bem devagarinho ela peidando e gemendo e chorandocontos eroticos de mulher de manauscontos o chefe comedor da empresachantagiei a colega de trabalho e comi ela contosO Irmão Ogro contos incesto completocontos eróticos primeiras experiências com siririca com mulheres mais velhavideo porno estupraram minha namorada e ela gostoucontos irmas em onibus de viagem transa com passageiro para outro vebobeou entrou gosouConto erotico com foto meu pinto e pequeno minha vizinha do sitio ao lado tem a bucetona peluda o marido dela e broxameniniha delirando xvideoprica cavalaminha esposa dis q ta gosano filme pornoconto nossa filho que pauzãoXVídeos cara tapeando o coroa de motovídeo de sexo de Osasco heloisa dando o cu para doisnuca vi uma mulher dano para superdotado com uma buseta tam fundaRelatos erotico curtinhos com detalhes sobre virgem penetrada a força violentamentemiga ssafaada chupo minha bucetaxvideo piazada metendo ns maernpornodoidohomen andando com um plugue anal atolsdo no cudorzinha contos sadomasoquismoassistir filmes porno a itiadaas Panterasroludas veudas xvideoXvideo mulher coloquei A mão Puxa Agarra a forçaempregada enfiando bolinha no cu da patroacontei pro meu marido que ele não dava no couro por isso que é corno contos eroticoscrossdress historia betinha 25Contos pornos-fodi a mendigaconto gay o Doce nas suas veias capítulo 2videos porno mulher tentando escapa. do pau do outro na frente do marido mas nao comsegue e corno dechacarlos chupando uma buceta com muito prazercontos eiroticos leilaporncontos de viadinho dr calsinhameu patrão desejou comer a minha namorada vídeo pornô cornos Aracajubucetao preto babando muito líquidomastirbando gostoso gemendo gritando e sainso sangue da xana gostosa vagabunda gritando no pau de borracha gostoso ai ai ai soca socavelho rasgador de bucetaQuero assistir filme pornô a mulher da b***** bem grandona e g****** na rola bem grandona Rosilenemicilene peladosconto erótico menina bebê pai e filha puta ninfeta gosta de mamar peituda casete tbmContos de crentes peludastia de leg balacado as pernas abertas xv.xvídeos haveria sobrinho pega tia dormindo com o* dela da salsichaGta brut mulher nuacontos rapais cnta como transou com a sograContos eroticos esposa madura junto com casal novinho dando caronacontos cu da tianovınha transando com ırmaoMeninas novinha engatada com cachorro e gosando gostoso em zofilia contos assestir vidio porno na festaXnxx grisalhos negros pau de cavalo arregassando buceta das loirasBarra do negão comendo a mulher chupando o pau do negão vomitando 2011