Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Perdi minha inocente para o caminhoneiro bruto - Parte 1

Um conto erótico de Escritor_26
Categoria: Heterossexual
Data: 22/11/2017 21:45:08
Última revisão: 23/11/2017 07:59:17
Nota 10.00

Venho nesse momento compartilhar com vocês uma história que aconteceu comigo a uns 10 anos atrás, gostaria de compartilhar pois após o ocorrido a minha vida mudou e não quero mais guardar para mim. Meu nome é Renan, tenho 27 anos de idade, sou branco, tenho um corpo magro, peso 62 quilos e tenho 1,60 de altura, dizem que eu tenho uma beleza normal ( o que pra mim significa que sou um feio arrumado ). Vamos aos fatos ...

Há 10 anos eu acabava de encontrar a minha primeira namorada, o nome dela era Maria Luzia ( Malu para os mais próximos rs), Malu era uma morena muito linda, tinha 19 anos, de 1,70 de altura, cabelos lisos até a cintura, seios médios ( daqueles perfeitos ) com o biquinho bem rosado, tinha uma cara linda e angelical, de todos os atributos dela o que mais impressionava era o tamanho da bunda dela, e que BUNDÃO, era um sucesso por todos os lugares que ela passava, pra mim era fonte de ciúmes pois eu sempre ouvia as piadinhas alheias com ela e não podia fazer nada pois tinha medo que me batessem. Uma vez em uma festa um cara que parecia um armário chegou nela e a agarrou para beijar, não pude fazer nada senão olhar a situação e ver o cara devorando a minha namoradinha, depois desse dia eu briguei com ela e ela me pediu desculpas com os olhos em lágrimas, disse que não tinha culpa, eu relevei a situação pois ela tinha razão, mas falei que não iríamos mais em festas daquele tipo.

Eu e a Malu não tínhamos feito nada até agora, sem sexo, sem chupadas, sem grande privacidade e quase sem mãos bobas ( uma vez ela tinha deixado eu tocar nos seios dela, mas logo fui repreendido ) ela não era religiosa, mas era muito inocente, não tinha beijado muitos outros homens, ela me disse que fui o segundo, a família dela por ser bem conservadora a tinha isolado das maldades do mundo.

Acho que não preciso dizer que era torturante ter aquela mulher maravilhosa e não poder fazer nada, ainda mais que era mais velha que eu e pra mim ela era uma grande conquista, nunca tinha beijado ninguém e era extremamente tímido, por um golpe de sorte uma tia minha nos juntou. Meu estado de tesão era constante, eu vivia me masturbando e vez ou outra tentava algo com a Malu, ela sempre foi excelente em desviar das minhas investidas e me dar foras, me dizia que esperava o momento certo para fazermos algo, ela dizia não estar pronta... Eu continuei esperando pacientemente durante nossos 7 meses de namoro.

Acontece que o nosso aniversário de 8 meses de namoro tive a ideia de fazermos uma viagem juntos, conversei com meus pais e consegui descolar o carro e uma grana para uma pousada no interior do Rio de Janeiro, meu plano estava traçado e se tudo desse certo em breve eu estaria fazendo amor com a minha princesa, seriam quase 10 dias aproveitando a pousada, e o melhor, a Malu. Quando contei pra ela só faltou soltar fogos, ela amava viajar e esse passeio seria o máximo.

No dia da viagem eu peguei o carro do meu pai e recebi as instruções dele para pegar rotas com pouca fiscalização e longe de postos policiais, a final, eu ainda não podia tirar a carteira de motorista, só tinha 17 na época, recebida as instruções e parti para o meu destino, o tempo estava muito bom e a estrada livre, achei estranho as estradas que nos levava, não parecia nenhum pouco com a localidade que aparecia nas fotos atalogo e logo constatei que estávamos perdidos...

Após eu contar para a Malu era notável o seu desespero, o seu rosto branquinho ficou vermelho e ela chorava sem parar, ela e eu nunca imaginamos que isso pudesse acontecer, não demorou até o carro dar pane seca...

Já estava anoitecendo e a Malu continuava a chorar, foi quando as coisas começaram a ir por um rumo que eu não esperava, ao longe na pista surgiu um caminhão na nossa direção e começamos assenar para ele pedindo ajuda desesperadamente, eles piscou o farol para nós e parou ( Graças a Deus, estávamos salvos ), aporta do caminhão abriu e desceu de lá um cara grande ( Muito grande mesmo ), era um mulato que deveria ter uns 1,90 de altura, boa pinta, aparentava ter menos de trinta, usava um short vermelho e folgado, uma blusa de algodão preta e um óculos estilo aviador, o tórax do cara era intimidador, quando eu olhei para Malu eu engoli a seco... A Malu estava muito feliz pois estava com medo de passar a noite a beira da estrada, mas estava vestindo com um shortinho jeans minúsculo e um blusinha branca coladinha, eu acho que ela estava sem sutiã mas não fiquei olhando porque ela disse se sentir constrangida...

O Caminhoneiro nos cumprimentou e perguntou o que estava havendo, expliquei o ocorrido e enquanto contava ele parecia olhar com uma cara de lobo devorador para minha namoradinha, fiquei indignado mas tentei não ficar grilado, a final, ela era deliciosa. Depois de ouvir a nossa história ele se identificou como Bruno e disse que os amigos chamavam ele de "marreta", fiquei curioso como alguém poderia receber um apelido desses, pegamos as nossas coisas no carro e levamos até o caminhão, Marreta disse que o próximo posto ficava a umas 5 horas dali e teríamos que passar lá essa noite, o detalhe é que naquela região não pegava nenhum sinal telefônico, enfim ... Não tínhamos escolha.

Entramos no caminhão e seguimos na estrada, durante todo o tempo o Marreta conversou conosco, parecia ser um cara bem legal, falou sobre sua vida, como tinha entrado nessa profissão de caminhoneiro e das aventuras que tinha passado durante todo o tempo, foi bem atencioso conosco, em especial com a Malu, no caminhão eu fiquei sentado perto da porta e a Malu mais perto dele, falou da sua esposa e de seu filho, sua esposa era uma gostosa com seios enormes, magrinha e com um bumbum que só perdia para o da Malu, minha santinha ficou encantada com o filho dele, ficou fazendo sons de "ownt *-*", ele ficou todo bobo, e falou sem pensar :

- Quando a Foda é forte o resultado é esse mesmo.

[Caiu na gargalhada]

O rosto da Malu ficou vermelho e forçou um sorriso sem graça, e eu fiquei chateado com as palavras, mas estávamos no caminhão dele ...

Ele viu o clima estranho e pediu desculpas, falou que estava acostumado a falar palavrões, e disse que logo iríamos acostumar com eles, novamente ficou um clima estranho mas logo estávamos conversando novamente.

Marreta vez ou outra fingia errar a mão na marcha e alisava "sem querer" a coxa da minha namorada, ela estava com aquela coxa deliciosa exposta ao lado dele, nas três primeiras vezes ele pediu desculpas e eu fiz cara feia em sua direção mas ele nem ligou, uma hora depois a Malu tinha que tirar a perna da frente para não ser tocada, ele continuou conversando conosco e em instantes parecíamos amigos íntimos a anos, 3 horas pois ele estava com as mãos nas coxas dela e nem tirava mais, ela olhava para mim esperando alguma atitude mas eu só desviava o olhar para não arranjarmos problema.

Depois de 4 horas já estávamos habituados a ouvir os vários palavrões do Marreta, contava piadas pesadas e começou uma brincadeira sem graça de fazer cócegas na minha namorada, ela ria e se divertia com ele, fiquei brabo pois ela estava dando confiança, quando ela olhava pra mim fazia sinal de desaprovação e ela parava de rir, ele começou as cócegas na altura da cintura e alguns minutos depois estava nas axilas, uma das vezes que ele foi fazer as cócegas errou a mão e segurou no peito dela, foi o meu limite e falei firme e quase gritando:

- Poxa cara olha o respeito com a mina namorada, ela não é qualquer uma.

Ele fechou acara e falou alto apontando o dedo para a minha cara:

- Não fode cara, a brincadeira não é com você, segura a sua onda porque ninguém grita comigo, se falar assim mais uma vez eu afundo a sua cara

[Tremi de Medo]

Eu comecei a falar que não era a minha intenção e ele ainda muito puto me mandou ir tomar no cú.

Na hora a Malu ficou apavorada e com medo que eu apanhasse daquele brutamonte, agarrou o braço dele e começou a fazer carinho e a pedir desculpas por mim, falou pra ele que foi sem querer, fez uma cara de chorosa e em poucos instantes ele se acalmou, em 10 minutos ela ainda estava agarrada no braço dele e ele com a mão na coxa dela, agora ele alisava devagar, logo as brincadeiras das cócegas continuou e eles se divertiam e eu fiquei quieto na minha muito puto mas com muito medo.

Depois do ocorrido ele tocou mais umas duas vezes nos seios dela, na última ficou com metade das mãos no seio e a outra nas axilas, foi uns 10 segundos assim, acho que ela não percebia a maldade dele... Percebi que a bermuda do Marreta estava muito estufada, muito provável que estava de pau duro, a Malu não tinha percebido e preferi que continuasse assim.

Alguns minutos depois, para meu alívio chegamos no posto mais próximo, fui até o frentista e perguntei se vendia gasolina para que eu pudesse voltar e pegar o meu carro, ele disse que até vendia mas não sabia se eu iria conseguir fazer isso tão cedo, a cidade que fazia o retorno para pegar a pista para voltar ao carro estava com uma ponte em conserto pois dias antes tinha se rompido, o prazo do conserto eram 4 dias, fiquei apavorado em imaginar passar 4 dias com o Marreta, para completar a merda toda não tinha local para descanso naquele lugar, iríamos precisar ficar com o Marreta.

Continua..

Pessoal, pretendo em breve continuar esse conto, dependo da aprovação de vocês.

Quem quiser mandar fotos ou sugestões, enviem para: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/11/2017 13:35:22
Mandou bem até aqui, cara. Narrativa envolvente, nos dando idéia de como é a tua Malu e como se meteram nessa enrascada com o tal do Marreta. Aproveito para agradecer tua leitura no meu relato. Tem as outras vezes da minha mulher com outro. Abs.
24/11/2017 01:45:40
Adorei, aguardo continuação
24/11/2017 01:45:14
Adorei
23/11/2017 10:04:10
Conto aprovado! Embora Gabriel já tenha notado o balde de água fria ao pedir sugestões para concluir um relato que até o fim parecia ser verídico. Mas tudo bem, até a continuação. Não desista e não demore em concluir
23/11/2017 06:41:36
Amei o conto e quero ler todos outros e ver fotos. Amo fotografar e filmar esses melhores momentos. Caso interessar é só retornar:
23/11/2017 06:36:13
Amei o conto e quero ler todos outros e ver fotos. Amo fotografar e filmar esses melhores momentos. Caso interessar é só retornar:
23/11/2017 01:59:19
Muito bom....
22/11/2017 23:04:56
sugestões? mas não é verídico.




Online porn video at mobile phone


negão bem dotado chupando e arrombando o c* da novinha louca de lança na casa abandonadawwwxxvideo filhinha apaixonada.na rolano swing marido nao permite que metam na esposax. boqetecontos eróticos novinho punheteros Parabéns felicidadesmundobicha com lavando a rolacontos de sexo depilando a sograpapai me chamou para ir lanchar no shoiping.mentira foi desculpas para ir no motel comigo cumer a minha bucetaconto comi uma eguamoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nuconto gay guilherme e felipexvideo.mulhe em golido gozo.combundinha redondinha do viadinho.contos eroticosXvidio minha conhada so usa curtinhosexo com as maos apoiadas no chao ela recebe uma delisiosa chapadaconto erótico esposa arruma travesti para maridover mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queiroanne carolzinha fofinha gostoza trepano muitochupando o grelo de uma loira mulher chupando beijo tchauporno novinha corre com medo do pau do tio msm asim ela entra no oaux vodios popas e bosrtonansesto edtrupou a mae q estava no celular samba pornocontos boquete pagamentoxvideo coroas tocando puendas em seus machosconto erotico huntergirls71Seu Madruga tirando a rola no cú da Dona Florindamenina novinha nao aqenta a pica e sangra a bucetinhapornos de cornudos a serem enrrabadosnovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartogustavo de carinha de anjo trepanovocê não vinha sendo 43 o marido da mãe dela fazer o carinho XVídeos consolar elaprono medico tira vigidade ñovihaporno gey peando priminho pre. adolesente e jovem tanbem xvidiostia ca causa desabotuada xvideosfraga real tio meixeno com a novia arfosapornô em famíliaxxvzoofiliacontos erótico um gorilacasa dos contos eroticos temas broderagemporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuaquero ver as mulheres da xoxota inchada e aceitando o cavanhaqueprovoquei meu filho vestindo um fil dental video pornoXVídeos mulher chupa na chapoleta de idosochupeteira do condominio contosContos eroticos churrascoXVídeos vídeo nacional e caseiro mulher dormindo sendo acariciada por saisUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contosme fodeo aos 13 contos papainovinhas sentada no onibus de shortinho e mostrando a buceta noxvideominha mulher resolveu comer meu cujoelma da buceta enchada da o cu pro amigo do seu filho porno doidesgichada de gala da bucetacuzinho da sogra com mrrda contonovinha gostosa chupando até gozar na sexta-feira mas ainda continua na mãopintudocontosnovinha deu debaixo do edredom porque estava frio me deu de ladinhode chorte atolado boquete amador xvideos online mae engoli ou cospi fidelidade contos eróticos de esposa fodendo com outrofinha cendo bulinada por pai enquanto dorme no sono profundo xtubvideos gratis porno para ver agora mulheres levando encoxada no onibus ficou louca de tesao e levou o cara pra cadapraticantes de scat videopiranhona de espartilho e cintavideos sexo mae sem calcinha e de chortinho sovadovídeo de mulher vídeo de mulher grande e bonito botou no abrigo da calça do homem botando o pênis pequeno dentro para fora e masturbando até gozarConto porno velho comendo meninamulher bundona camsola curtinha trepand pornodoidovideos porno vai passar o'fds na casa da tia e fode elagatinho dengoza boa foda gozandotaradao fode esposa na frente da amiga que quer tanbem.commarido embebeda a esposavídeo de Juliana Paes toda nua umbiguinhocontoeroticosfudenoGosando .na boca d nlvinhasPAU SO NAS CUNHADAS COCOTINHAS GRITANDOsogro casa dos.contoscontos eróticos de presídioscrente safada contoscasadinha novinha dando abusetinha xxvideovocê vai realmente para o Quartel eu tava até 9:00 da manhã online qual foi tava no quartel mesmoxvd irma bati punheta para o irmao e nao rezisti e da pra elehttps://www.pornodoido.com/video/esposa-traira-e-fodida/xvideo nivinha faz sexo ate arder a piriqutinhacunhadinha bem linda e muito gostosa coxas grocas e bumbum saliente contos eroticosvideotiafodenoQuero da meu cuzinho bem gostoso pra u mn a pica bem cabesudacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgesexoirmá vai dormir con seu irmaocontos eroticos feminizaçao do garotinho maetravesti estuprado por dois pornodoid