Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Desabafo de uma mãe - cap XVI ( confissões e perversões )

Autor: Sonia Mello
Categoria: Heterossexual
Data: 06/02/2017 16:12:37
Nota 8.90
Ler comentários (12) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Era uma sexta-feira chuvosa. Meu filho tinha saído para resolver umas coisa e eu estava morrendo de saudades e tesão. Não tenho como negar: eu estava viciada em meu filho. Por amor e por sexo. Era como se eu quisesse descontar tudo que a vida tinha me recusado até então.

Quando ele chegou eu fui correndo, parecia uma adolescente. Demos um beijão delicioso.

- Ai filho, que saudades!

- Eu também tava morrendo de saudades, mãe!

Eu o abracei forte e já me esfreguei no pinto dele. Para minha surpresa ele disse:

- Agora não, mãe.

- Por que?

- Supresa, deixa pra mais tarde.

Achei estranho, mas deixei rolar. Ele sempre tinha surpresas, e eram sempre agradáveis.

Jantamos normalmente. Assim que acabou o jantar ele disse:

- Mãe, eu vou pro meu quarto. Daqui a pouco aparece lá.

Aquilo estava muito estranho. Desde que começamos a viver como um casal ele tinha praticamente aposentado o seu quarto. Fiquei vendo televisão, dando um tempo. Quando a curiosidade falou mais alto eu fui até o seu quarto. Quando entrei, ele estava na cama, só de bermuda.

- Que bom que você veio. Tava com saudades. Deita aqui do meu lado.

Deitei e ele me envolveu com seus braços maravilhosamente fortes.

- Mãe, eu te amo muito.

- Eu também te amo muito.

- Sabe, hoje eu acordei meio nostálgico. Fiquei lembrando de tudo que aconteceu até agora. Lembra que foi nessa cama que tudo começou?

- Hummm, por isso que você queria que eu viesse pra cá, né?

- Pois é... e você lembra que foi por causa de um baseado que eu consegui arrancar seu primeiro beijo?

Ao dizer isso ele já sacou um cigarrinho de maconha do bolso.

- Você é um safadinho, André. Me deixou chapada e depois me beijou.

Ele acendeu o cigarro de maconha, tragou uma vez e passou pra mim. Eu, que não conseguia negar nada ao meu filho, peguei e comecei a fumar.

- Nossa, filho... que maconha forte. Eu vou ficar chapadinha.

Ficamos fumando. Quando eu estava com o cigarro na mão ele aproveitava para me acariciar e beijar o pescoço.

- Eu já estou tontinha, filho...

- Que bom. Assim fica mais fácil pra eu abusar de você.

- Pra isso não precisa de fumar nada.

Rimos, os dois bobos de maconha.

- Filho... é verdade que você já tinha tesão em mim faz tempo?

- Mãe... já fazia tempo que eu pegava suas calcinhas no cesto de roupa suja pra cheirar. Eu cheirava e depois me masturbava. Eu só nunca imaginei que um dia nós pudéssemos transar de verdade.

- Pois eu só comecei a ver você com outros olhos naquele dia, na cozinha. (Leiam o primeiro capítulo para entender). Naquele dia eu me masturbei pensando em você.

- Se eu soubesse tinha comido na cozinha mesmo

Ao ouvir isso minha xoxota já começou a alagar.

- Filho, eu queria te perguntar uma coisa: Se eu não fosse sua mãe, você ia sentir atração por mim?

- Claro que eu ia. Mas eu tenho que confessar que é mais gostoso sabendo que você é minha mãe. Acho muito gostoso fazer escondido. Fazer o proibido.

Nessa hora nós nos beijamos. A conversa e a maconha estavam potencializando o tesão que sentíamos naturalmente. Acabei segurando no seu pinto, que estava duro como pedra. Ele começou a desabotoar minha blusa. Logo meus seios estavam expostos.

- Mãe, quando eu nasci, eu mamava muito nesses seios?

- Muito, filho. Mas agora você mama muito melhor.

- Eu queria que ainda tivesse leite... Mas deixa que agora quem fornece o leite sou eu!

Ouvir esse tipo de sacanagem estava me deixando louca. André começou a sugar meus seios. E como ele faz bem isso! Acho que é a hora em que eu me sinto mais incestuosa.

- Aiiiiii... mama... mama gostoso

Ele sugava, brincava com a língua, fazia mil peripécias que me deixavam doidinha. A mão dele entrou pela minha calça. Ele só tirou a boca do meu seio para perguntar:

- Essa bucetinha tá molhada por que?

- Porque você me deixa louca... ahhhhhhhh...

- Aquele dia que dia que a gente se beijou você fugiu pro seu quarto... Você se masturbou, né?

- Muito...ahhhhh... do mesmo jeito que você tá mexendo no meu grelinho agora....

Quando me dei conta minha calça já estava no chão. Ele também tirou a bermuda. Estávamos nus. Nos atracamos num abraço apertado. O mastro dele já estava encostado em mim.

- Mãe... você deixava algum homem te chamar de puta?

- Nunca! Nunca dei essa liberdade pra ninguém. Só pra você!

André veio bem no meu ouvido e falou com uma voz de tarado:

- Você é minha putinha! Só minha! A putinha do filho!

- Sou... hummmmm... sou sua! Sua puta!

Ele então começou descer pelo meu corpo. Eu estava chapadíssima pela maconha. O mundo rodava e eu sentia vontade de gritar de tesão. E gritei mesmo, no exato momento em que ele começou a chupar minha xoxota.

- Ahhhhhhhhh! Isso! Chupaaaaa!!! Ahhhhhhh!

Ele sugava, parecia que queria engolir minha xoxota. Eu delirava. Acabei gozando gostoso. André veio e me beijou, todo melado com os líquidos da minha vagina.

- Gozou gostoso, safadinha?

- Muito....

Ele começou a esfregar seu pintão na entrada da minha xoxota.

- Mãe, você sabia que eu nunca tinha gozado dentro de uma buceta?

- Jura, filho?

- Juro... eu sempre metia de camisinha, ou gozava fora... Mas gozar dentro de você é tão gostoso!

Ele enfiou o pinto dentro de mim. Nessas horas eu tenho espasmos, grito, digo coisas sem sentido. Ele enfiou, mas deixou o pinto lá dentro, quietinho.

- Você gosta quando eu jorro dentro de você?

- Adoro... ahhhhhh.. adoro esse pau gozando dentro de mim!

Ele começou a movimentar o pau, em velocidade crescente. Era tesão demais. O cheiro do suor, misturado ao cheiro da maconha parecia me inebriar. Suas estocadas ficaram fortes, firmes.

- Ai.... ai André... mete! Mete na tua mãe!

Então ele falou algo que eu não esperava. Algo chocante, mas também excitante:

- Ai delícia... eu vou fazer um filho em você!

Ele sabia muito bem que eu não tinha mais condições de ter filhos, por problemas durante o parto dele. Nesse caso, era claro que o que ele dizia era só uma fantasia. Eu confesso que achei aquilo forte, mas me deixei levar.

- Vem, filho... fode a mamãe... faz um filho em mim!

Ele então começou a meter com força total. O suor dele pingava em mim.

- Ahhh tesão! Vou te engravidar! Vou fazer um filhinho em você, meu amor!

Ao ouvir aquilo eu comecei a imaginar a situação. Não sei explicar, mas aquilo começou a me dar muito tesão. Comecei a imaginar minha barriga crescendo, eu gestando um filho do meu filho. Claro que se houvesse a mínima chance disso acontecer eu não permitiria, mas estávamos no campo da fantasia, e aquilo me excitava demais. Me imaginei grávida, de barrigão e transando com ele.

- Ahhhhh! Ai, filho! Fode! Me arromba! Faz um filho em mim!

- Quer, putinha!

- Quero... me engravida! Engravida a tua mãe! Me enche de porra... ahhhhhhhhh... vou gozar!

- Eu vou gozar, mãe! Vou te deixar prenha.... ahhhhhhh vou gozzzzzzaaaaaarrrr!

Senti aquele cacete enorme vertendo seu líquido quente dentro de mim. Meu filho goza muito, nem dá pra saber de onde vem tanta porra. E eu gozei maravilhosamente, me imaginando grávida do meu filho.

Depois desse gozo nós nos atracamos naquele beijo maravilhoso pós-orgasmo. Chapados, com sono, exaustos.

- André... você é um puto. Dá maconha pra sua mãe e depois trepa com ela.

- E você não gosta?

- Não, eu não gosto. EU AMO!

De tão chapados acabamos dormindo. A história do meu filho querer me engravidar ficou na minha cabeça de tal jeito que eu até sonhei com isso. Mas com meu filho, todas as fantasias são válidas. Com ele eu topo absolutamente tudo.

Beijos e até o próximo capítulo. Não deixem de votar e comentar.

Comentários

22/06/2018 15:44:49
Maravilhoso!!!
09/03/2018 15:58:42
O importante é que você não perdeu, até agora, o clima de sensualidade da história... nota 10.
05/04/2017 04:52:00
Está muito bom e excitante, e o melhor é que sinda não perdeu qualidade, cada vez prende mais e não consigo de parar de le-lo.
13/02/2017 12:43:18
com certeza vai rolar uma suruba vc chegara ao maximi do prazer
10/02/2017 00:40:23
Adoro incesto..aguardo principalmente mulheres para conversar...zap:
09/02/2017 13:53:49
Bem exitante a parte dá gravidez
09/02/2017 00:39:32
Transar e fumar unzinho é mt.bom!!! Na vdd, parece q o gozo é eterno, mt gostoso o conto, como os outros até agora.
06/02/2017 22:51:22
Nesse episódio, perdeu um pouco do romantismo. Concordo com a Tania; a maconha quebrou a empolgação do público. Mesmo assim, estou louca pela continuação. Beijos, querida...
06/02/2017 22:38:08
Estava gostando até agora, mas não gostei da parte da maconha, foi desnecessária... Bj.
06/02/2017 22:12:12
sera que ele te leva num swing,
06/02/2017 21:00:36
Eh isto vai rolar, Menage
06/02/2017 18:48:48
Será que aprovaria ele te dividir com outro homem??

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


xvideos.com duas amiga comeca se acaricar depois as duas tao com tesao e cair nas xupadas gostosaspornodoido sogra da cugrade a genro e filha na salaContos erotic eunovinha escondida vendo irmao menor se mastubandovideos de novinha gozando pelo orificio urinariohistórias eroticas os flintstones sr pedreiramulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cuvizinha lactante contoscontos meu vo massageava minha bucetinhasocaaa com força malandroporno comendo filha dengosa que reclamava da buceta doendoxvideo finginaContos cunhadahomem fodendo rinoceronte homem fodendo financeiracontos eroticos casada q pau em tambaba e fala pra maridoxsvideo Historias e relatos reais esposa pega marido dando o cu pro negraolevo esposa pra csa do amugo e dusse amigo e sua come pornocomtos de maes que bate punheta no filho com seu pesinho calcado em sandalia de saltovanessinha casada e putinha/quadrinhosbaixa videmate gratis xvideo novias mostrando abusetacoroa safada deixa emcanador estigado xvideotitio carinhoso com a sobrinha safadinhadescabaça. abuceta com udedo. ou naonovinha.du.bucetao.inxadu.fudenocache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 a tia zoofilia pegada no caocomisario de bordo pauzudo porno doido chochotinasFoto do cara cumendo a mae do melhor amigo na picina do motelcontos eroticos casada safada padre taradoerma perde cadaco com o irmao pausudo no xnxx.comeu quero ver o sexo entre lésbicas sadomasoquismo com lactofilia ela outras mulheres mamando nela e amamentando três mulheres chupando peitopono con ma sendo fiolentada pelp filio no cuarto e espanca o cu dea no analmorna jemendo goistozo no pal xv pornocomo esconder do meu marido que a minha buceta ta cheia de gala de outro?vídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comofaminta engole a piroca do padrastoso as piriguetonas gostosa xhamsterpastora das coxas grossas é de onde, seu emailx vodios popas e bosrtonatia ca causa desabotuada xvideoscasa dos contos eróticos patrão e empregadopubis depilado contosconto erotico 5dias de putaria com dona de casa puta marido cornocontos eróticos​, praia de nudismoxxx vdeos gay levou o boizo pra comer em casaborgui falando filho da putax porno velho fedeno nefinha novinha amadoraxvideo gozeiiiiiiii amo que deliciaconto lesbico com luanacomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãoconto gay cansei de mamar pedi arregoContinuasao do video porno do pia esfregando na mae video chinesconhado se aproveitando da conhada porreolha amor que jeba gostosamicilene peladosConto flagante lesbico Viuvacú do neltinho arrombadotia cheirou a cueca do sobrinho pirocudo demaisHem braco cm xvd pornocontos meu primo safado me vizitoufilhadorme.e.pai.enfrega.pica.na.buceta.delasobrinho comendo o cu da tia com piroca acogumeloesposa bem dotado contos sandraContos eroticos elacarecacasadoscontos eroticos meu professor me comeu.a mulher dos peito grande mostrando a polpa da bunda da colchões peitão só de sutiãporno chupando a bucheta da minha padroa em baixo da mesa na sala de reuniõesapaixonado pelo meu primo brutamonte melhor partexvıdeos porno novınhas no shopmeu professor de natacao me comeu gay contosobrinha abre a perna para o tiochuparde menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezaaprendendo a dirigir no colinho contopornô com a mulher da casa com Buchecha fofinha01H00PORNOvideos mulher dorme homem pintudo metendo nela de conchinhaajudei minha filha perde vigidade com meu cunhado contowww.xvideos/maior testao de buceta ele nao rezistiuesposa solta no darkroomcontos eroticos meninas de doze anos transando com cachorro com calcinha preto com lacinhos vermelhocontos eróticos minha mulher e o inquilino