Apaixonado por um Hétero Cap.30


Um conto erótico de Gustavinho
Categoria: Homossexual
Data: 26/02/2017 02:49:59
Nota 10.00

Cap.30

Quando ouvi aquilo, senti um arrepio por toda a minha coluna... Ela estava me confrontando pela primeira vez... Eu só conseguia lembrar do que Samuel havia me dito antes de ir embora.

“- Eu acho que eles nunca vão mudar Lucas... E tenha cuidado, pelo jeito que eles estão se mostrando, se souberem do seu namoro com o João é capaz de te botarem pra fora de casa... Mas se acontecer algo, me avise... Eu ajudarei você”

Eu tinha medo do que eles podiam fazer... Mas via ali uma oportunidade de me abrir com os meus pais... E enfim resolver um problema que mais cedo ou mais tarde eu ia ter que enfrentar... Olhei para ela, olhei novamente pro chão, e abri novamente a boca.

-Até que enfim você percebeu – falei, olhando para ela – sim, eu sou gay – o coração veio na boca... E durante os segundos em que ela fez silêncio, quase morro... Foram segundos terríveis, os mais longos que eu já tinha vivido. Ela pareceu pensar por alguns segundos, levantou a cabeça e me olhou com uma cara feia.

-Eu só te digo uma coisa, eu não terei um filho gay – aquilo foi o suficiente para acabar com o meu dia.

-Como é que é ? – falei eu, com o nervosismo nas alturas

-Eu não serei mãe de um homossexual... Não irei suportar esse desgosto na minha vida, na minha família... Se você quiser continuar vivendo aqui, sendo nosso filho, vai ter que mudar – eu não acreditava naquilo que eu ouvia... Minha mãe, que havia me gerado por 9 meses, acabava de dizer que não iria ter um filho gay... Como eu podia lidar com isso ?

-Eu vou fingir que não ouvi isso da minha própria mãe... Acho que o desgosto aqui não sou eu... – falei, terminando de arrumar as minhas coisas.

-Pra onde você vai ? – ela gritou, enquanto eu me encaminhava para a porta.

-Vou ficar com alguém que me entende... – falei, saindo porta a fora sozinho...

Não nego, não demorou muitos segundos depois que eu me pus fora de casa para as lágrimas começarem a vir no meu rosto... Sim, eu tinha escutado o que menos queria ouvir dos meus pais. Quando cheguei no hospital, vi João sentado na cama, comendo. Ao me ver, ele sorriu. Entretanto, ao ver o meu olhar triste, o sorriso se foi.

-Lucas ?! – falou, me olhando – o que houve ? – perguntou ele, me olhando.

-Minha mãe já sabe – falei eu, olhando para o chão – ela já sabe – falei me aproximando dele e o abraçando...

-O que foi que aconteceu ? – falou ele, tirando o lençol de cima – o que sua mãe sabe ? – logo ele se pôs de pé e me abraçou.

-Ela sabe de nós... – assim que eu falei isso, ouvi uma respiração funda da parte dele – me desculpa por trazer esse problema pra você, sei que você já tem bastante... Mas eu precisava falar comigo...

-Isso é algo que você deve compartilhar comigo – falou ele, beijando a minha testa. Logo se sentou novamente na cama – o que foi que ela falou ?

-Ela me chamou de desgosto... Disse que se eu quisesse continuar sendo seu filho, tinha que mudar – falava eu, com lágrimas nos olhos – o que eu vou fazer agora João ? Como é que eu vou continuar depois disso ?

-Não se preocupe com isso – falou, beijando a minha mão – se seus pais não te aceitam, você ainda tem a mim e ao seu irmão... E nós conseguiremos ser felizes... – falava ele, tentando me tranquilizar. Entretanto ele não conseguia, de forma alguma.

-Como eu conseguirei ser feliz longe dos meus pais João ? – falava, o abraçando fortemente. A partir daquele momento, ele não falou mais nada... Apenas me abraçou... Como se aquele abraço fosse bom o suficiente para me tranquilizar...

TEMPO DEPOIS

Mais uma vez ele deixou a cama dele e veio dormir no colchão comigo. Entretanto, não aconteceu nada naquela noite. Nós só ficamos a conversar.

-O que eu farei João ? – me perguntava, deitado no peito dele enquanto ele acariciava o meu cabelo – sem os meus pais, como vou viver ? Aonde vou viver ?

-Você pode ficar na minha casa... Meus pais quase não vivem lá, pode ir pra lá... E você também pode pedir ajuda ao Samuel, ele disse que te ajudaria com qualquer coisa.

-É... Mas eu não quero incomodar na sua casa...

-Não é incomodo... Eu adoraria morar com você quando sair daqui – falou ele, sorrindo. Eu sorri de volta.

-Como será que seria nós dois vivendo juntos ?

-Prazer toda noite ?- falou ele, sorrindo.

-Desde quando você se tornou ninfomaníaco – sorri, o beijando em seguida...

-Desde que te conheci... – falou, bem baixinho perto do meu ouvido...

NO DIA SEGUINTE

Logo após aquela noite, eu voltei para casa, no dia seguinte. Olhei para a porta da casa, lembrando de coisas boas que aconteceram ali... E em seguida lembrei das palavras da minha mãe... E já entrei lá com tristeza. Logo vi meus dois pais sentados na mesa do café... Ao ouvir os meus passos, os dois me olharam.

-Então você voltou – falou mamãe, me olhando

-Sim, voltei...

-Espero que tenha repensado melhor sobre o que disse ontem pra mim – ela falou, me olhando.

-Sobre o que ao certo ?

-Sobre ter dito pra mim que você é gay ! – falou ela, se levantando.

-Eu sinto muito, mas isso não vai mudar mãe – falei, olhando para ela – nem que eu quisesse poderia mudar...

-Então faça o favor de arrumar as suas coisas e ir embora daqui. Nós não vamos ter um filho gay – falou o meu pai, me ferindo ainda mais por dentro... Eu não acreditava que aquilo estava acontecendo... Que eles estavam falando assim comigo... Imediatamente comecei a subir as escadas em direção ao meu quarto... Ao chegar lá, desabei novamente... E logo decidi ligar para Samuel... A ligação chamou por alguns segundos, mas logo foi atendida.

-Alô – ouvir a voz do meu irmão me tranquilizou um pouco.

-Samuel ? Preciso da sua ajuda... – logo comecei a contar para ele tudo o que aconteceu, e logo ouvi a voz dele para me tranquilizar.

-Eu não acredito que eles fizeram isso – ele falava, no telefone – eu ajudarei você Lucas, me mande a sua conta de banco que eu vou mandar dinheiro pra você... Você ainda tem a mim ! – falava ele, me tranquilizando um pouquinho... Entretanto não o suficiente para me deixar tranquilo. Sabia o quanto meus pais fariam falta.

HORAS DEPOIS

Depois da aula da faculdade, fui mais uma vez ao hospital... Quando cheguei lá, encontrei os dois pais dele, ao lado dele, perto do médico...

-Tenho uma notícia não muito boa pra dar pra vocês... – eu ouvia da boca do médico, assim que eu entrei no quarto.

-Fale de uma vez doutor – João dizia, com o olhar triste.

-O tratamento do João não tem evoluído como eu esperava, e eu acho que vai ser necessário fazer um transplante de medula...

Continua

E ai ??? Gostaram ??? Comentem e votem por favor.

LuterLook: Acho que não kkkk

Victin: Continuo postando

Teuss: Será se ele vai morrer ?

P.G: Pois é, isso mesmo...

BRUNO NEGAO: É óbvio que os pais dele aparecem, mas eu não vou ficar focando na presença deles porquê não é interessante para a história.

VALTERSÓ: O que achou ?

Dhiren: Na maioria das vezes isso não dá certo kkk

Ru/Ruanito: <3

Rogean: Nem com todo mundo isso acontece.

Beijos

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/03/2017 02:02:03
Triste com o ponto final que os pais dele deu creio que ele vai ser forte e não precise dessas pessoas um dia país de mente pequena!!.... Capítulo triste....
02/03/2017 23:46:57
Eitaa
02/03/2017 15:39:12
Tadinho do João 😭
28/02/2017 04:55:19
Nossa quanta barra. E uns lixos de pais que não servem para nada 😢
27/02/2017 01:46:36
Tá babadoooo
27/02/2017 01:42:11
LAMENTO VC TER SAÍDO DESSA MULHER SECA. DEVERIA SER ESTÉRIL. IMPRODUTIVA, FEITA UMA ÁRVORE VELHA QUE NÃO FLORESCE E ESTÁ FADADA A MORRER SECA. ALGUMAS PESSOAS NASCERAM ASSIM. FAZER O Q NÉ? INFELIZMENTE É, FOI ESSA A MÃE QUE VC TEVE, SE VC PODE CHAMÁ-LA ASSIM. NÃO FIQUE TRISTE POIS ELES NÃO FARÃO FALTA NENHUMA NA SUA VIDA. BOLA PRA FRENTE. PENSE NA SUA VIDA E TORÇA POR JOÃO. SAMUEL SE PROPÔS A TE AJUDAR. NO COMEÇO VC PODE PRECISAR. DEPOIS VAI SER POR SUA CONTA E RISCO.
26/02/2017 09:16:01
Pois é....Ainda existem pessoas assim...Lamentável..
P.G
26/02/2017 09:06:40
Que pais ridículos, coitado dele. Espero que João se recupere.
26/02/2017 08:22:23
Que pais mas Sebosos affs, imagino isso vejo muito conto no caso eu tive sorte neh, espero que o João fique bom logo amando o conto.😍😍😘😘
26/02/2017 06:31:45
Eita
26/02/2017 05:34:31
Haja corações! Muita tensão. Excelente o capítulo!

Online porn video at mobile phone


conto erotico meu irmão e meu tio me arrombaramcontos de viadinhpsdei pra um traficanteconto erótico menina timida mas cai de boca no pau tão novinha e peitudacontos eroticos gays com internatonorinha ve o pau do sogro duro e faz sexo com elefiume porno minha cunhada e crenti eqe traza comigofrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadovoces vão declha eu doidinho por você nus fingirmulher brasileira puta safada vadia xingando querendo rolasexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abrivideos de sexo lesbicas brasileiras gemendo alto " ela passou a lingua no meu cu "crente errabadaxvidios travestis na punhetas novingasContos um caderante estrupou minha bucetamoreno da geba enorme fazendo exercicio so de calcao sem cuecaconto erótico tarado levanta a saia da mulhercasa dos contos eroticos o padrasto so quis as pregasvídeos gay bombeiros e policiais se esfregando um no outro até gozar se melando de porraencanador pasado arola na mulher de vetidinho vermelhoporno escola inspetor e alunoai caralho ta machcando vai de vaga taradocorno leva 2negoes pra tranzar com sua mulher e fica apavoradoconto gay bostacontos eroticos patrao e a domestica novinhacontos metendo com mulher da igreja casadagordinleitortransa sexual sogente negras eu gosto porno gratismulher levanta profunda fazendo corda no pirocaocontos eróticos sinhozinho comendo negrasmulher bem novinha tirando a calcinha devagarinho acaba comendo a b******** dela devagarzinho empurrando ela peidando empurrando ela peidando empurrando ela peidandoxisvideo negau pau rasgou noviapatrado da uma lisao na filha ena sua amiga porndoidodisvirtuando a bucetaloiras gostosas com abuçeta bigodinhomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1vídeos tratantes no ônibus pornodoido desde muito peguena escolares japonesas escolares desde cedo fudendo gostosoporno doidmae dando cu p filhoconto erótico A acampamento com amigascooby-doo chupa pomba de salsicha grátis19 redação do c* e o negão enfiando a picaeu queria assistir DVD pornô com as panteras com as mulheres com nome Beatrizqueru ver filmi u pai tentano come afilha di dozi anu em cuantu a maedormixisvido filha bricano co paiconto erotico de fazenda cavalgadameu corno frouxo e chorão contos eroticosver e baixar video porno duas morenas tomando no cuzinho cheio de porra ela ate mija aos poucos e a porra sai de vagar com seu cu arombado e piscando muitoamenina nao agetou opau donegraoapica tatoda no cu da brasileira e ela pedi maiscontos eiroticos leilapornvinha perdendo a virgindadeAliviando os funcionarios contos eróticoscamisolacontosvideos de homem pecando na puçeta de a coroahistórias reais de pedreiros que fuderan as mulheres do patrãobaixar grátis vídeos pornô lésbicas gemendo grostoso e esfregando buceta com buceta molhadinhas até gosarvideo de novinha com muito tezao forsando a amiga a bater ciririca ate vira os olhosAiiii tipo mais devagar mh Bucetinha virgem contos eróticohttp://contor eroticos buceta grandefui consolar mamae acabei fodendo ela contos eroticospica-pau e Ana sem vergonhice da tua irmãmexe e remexe putariabrasileiragordinha novinha nua torturada escravizada o homem pegando a mulher traindo ele em casa lavando secando a madeira no rabinho delaminha esposa adora tomar minnha porra quentinhacontos casada evanglica com pepino no ctranza.de.maljeito.x.vidioolhando a novinha e depau duro paia de nodimocontos eroticos pirralhoconsegui fazer minha esposa querer dar pra outro junto comigo quando ci tamanho da:rola ate:eu dei meu cu virei corno e viado contomorena de jortihocontos eróticos Cracudo toca a b******** da filha em troca de drogazelador fudendo coroa no aptpanteras porno estemdeu a roupa e deu o cu pro pesopacome o cu da filha e ela gritatravestis peitudas e dotadas rasga cu da mulheres dos peitos gigantesmulher.cal.fiudentalcontos de casadas o cara atrevido me comeu na filaquero ver cestinha nua trepando gemendo e chorandoboquinha lizinha vidioloiras da bunda gigante areganham o cuvideo. pono mulheres guichado porra de tezao