Somente Esposas Dominadoras (Forte!!!)


Um conto erótico de rodrigosacana78
Categoria: Grupal
Data: 16/01/2017 01:35:48
Nota -

Somente Esposas Dominadoras (Forte!!!)

Olá, lindos e lindas do site. Como estão??? Espero que xanas e pintos bem molhados e encaixados... Ou duas xanas, sei lá... Meu nome é Adriana, tenho hoje 35 anos e sou casada a cinco, mas isso é um mero detalhe... Sou alta e magra, com tudo fino e esguio, menos meus deliciosos seios pontudos, bem volumosos... Sou bem branca, ruiva e tenho 1,80 e 55 kg buceta enorme e lábios vaginais grandes... E esse é o início de uma seqüência de contos reais, então por favor, se não for sua praia, não leia nem continue... Me casei com o Rodrigo há 5 anos, como disse, mas mais por insistência dele do que por desejo meu... Minha aparência e meu jeito puta de ser não cominavam com o padrão de mulher que ele queria, e em um clima pior, eu me envolvera com pessoas radicais do feminismo, e desprezei muito ele, até umas companheiras (e somos bi, claro), me deu o toque que ele seria o homem ideal para mim, o beta, que eu poderia mandar e desmandar e tratar como bem entendesse... Eu me toquei disso, e ele tem grana, isso seria um estímulo para mim, pois apesar de ruiva, sou criada em um bairro onde escola de samba faz parte da tradição, e me apaixonei pelo trabalho, sendo madrinha de bateria desde os 28 anos... Vi muito pinto e xana nesse meio, mas então orquestrei tudo, aceitei namorar ele e então nos casamos, e ele de fato, fazia AMOR comigo, isso não posso negar... Foram 6 meses provocantes para mim, onde não traí ele de fato, e na dúvida entre seguir pelo amor e ter prazer, escolhi o segundo. Mas não queria enganá-lo, ele é uma ótima pessoa, mas seu pinto de 15 cm duro não se comparava as ferramentas que eu tinha passado na minha xana, especialmente depois dos ensaios, enfim, tive nessa bagunça toda dois comedores fixos, o Mario e o Lino, 20 anos, 1,90, negros e bombados, com seus 22 cm de pinto em forma de pepinos, os dois da bateria que de vez em quando faziam loucuras comigo, e eu exibia agora aliança de casada e tirava de boa moça, mas isso teria sido pouco, se um certo dia depois do ensaio eu não topasse com os dois, e foi imediato, estávamos próximos a casa Mario, ele mora só, e fui currada pelos dois primeiro, que disseram que esse era meu castigo e que eles precisavam da minha bunda, eu AMO anal e gosei encharcada, eles se revezaram na mia xana, levei ferro, e ainda bebi leite... Eram 4 horas da manhã e tinham umas dez ligações perdidas do meu marido... Eu retornei autoritária e disse que tinha dormido com a Bruna, uma amiga de infância, e voltaria à tarde para casa, e que colocasse bastante vinho na geladeira... Acordei tarde e fui falar com minha amiga feminista, que me deu o maior apoio e saímos as duas a um sex shop onde ela me fez comprar um monte de coisas, e eu gargalhei de rir... Voltei séria para casa, e meu marido estava naquele seu mundinho submisso, que eu adoraria explorar... Eu calmamente o dei um beijo, e ele correspondeu, seu pinto estava durinho, mas isso iria acabar... Eu calmamente fiquei nua e depois o mandei tirar a roupa, ele sorriu, peguei meus cigarros (fumar me dá tesão) e uma cerveja longa bem gelada... Eu procurei um filme de esposas traindo, orgias e etc... Ele foi se tocar mas eu tirei suas mãos, e ordenei minha xana, logo prendendo sua cabeça entre minhas pernocas grandes, trançando seus braços, que não alcançavam a pica... Abri a cerveja e acendi o cigarro, e sorri para ele, que mamava minha xana preso e indefeso...

- Então mocinho, vamos brincar de gosar sem encostar as mãos... Está vendo aqueles negros com a ruivinha ali??? Sabe amor, eu te amo, mas pica de verdade me faz falta... E quero e preciso de leite mais grosso, afinal queremos um filho... Ele chorava e estava triste, dei um bom tapa na cara e vi seu pintinho babando, era o prenúncio da maldade... E então ordenei:

- Me lambe mais forte que dói menos... Vai gosar pensando nos meninos me comendo??? Você trazendo cerveja para nós??? Como vai preferir??? Amor... Minha xana levou leitinho quente de dois machos maldosos... Bate neles??? Eu gosei pela terceira vez ao sentir que ele deu uma parada, mexendo a língua em vai e vem lento na minha xana, se jogando na em minhas coxas, ele gosava feito um animal, e eu me acabei ali, depois forcei ele a passar gelo no saco e no pinto, eu tirei da bolsa um cinto de castidade que comprei entre outras várias coisa aquela tarde, e me deliciei vendo seu pinto crescer ao ver o aparato, eu peguei mais um cigarro e acendi, rindo e tocando minha xana:

- Ah, o pintinho reconheceu sua gaiola e sua mãe, né??? Vem comer mamãe pela última vez em um mês, vem... Ele abiu minha xana e esporrou em menos de 5 minutos, uma porra rala, mas eu gosava com isso, o permitindo até esvaziar suas bolinhas, e conforme minha amiga tinha dito, o desespero seria para colocar o cinto... Mas ele gosou 4 vezes e eu falando de traição para ele, e que isso agora seria constante... Ele até tentou passar gelo para o pinto ficar duro, e eu fiz a loucura que tirou ele do sério, ele de joelhos e eu foquei d cócoras ao seu lado, dando um beijo quente e apaixonado, e lambi seus mamilos, dizendo:

- Imagina eu fazendo isso em você, e um pinto de macho me comendo amor???

Foi seu último esguicho mensal ele berrando, chorando até:

- Porra, Adriana, você e minha... Me diz que isso foi fantasia, ou eu vou ficar louco... Você é só minha, diz isso???

Eu entreguei o aparato a ele, segundo minha amiga e disse:

- Sim, amor faço com você, amor, tesão e sexo precisa de uns centímetros a mais... Mas você pode decidir, pegar suas coisas e ir embora... Ninguém saberá de nada... E então ele perguntou se ele fazendo isso me dava tesão, eu ri:

- Claro que dá... Ele já encaixava o lacre na pinto, eu peguei o cadeado e tranquei, fazendo ele colocar a chave em um cordão fino e colocando em meu pescoço, eu fui dormir, pois trabalharia, e ele por seu azar estava desempregado, eu deixei uma calcinha e um top encima do sofá e fui trabalhar, quando voltei ele estava devidamente travado com a calcinha e o top, fiz ele me lamber suja, eu já amo ficar sem calcinha mesmo... rs... E dei um viagra a ele, condição que perdurou um mês... Mostrei vídeos de dominação, ele estava bem excitado, disse então para irmos dormir, e que eu talvez deixasse ele gosar se não reclamasse em uma semana... Era noite de terça-feira, e tinha muito o que me divertir com aquilo... Não dei para ninguém, pois queria ficar cada vez mais tesuda com ele desse jeito, liguei para minha amiga com ele me chupando, ele fez massagem nos meus pés, ameacei ligar para os meus comedores, mas preferi contar pessoalmente... Bem, o caso foi bastante insano, e nem eu (nem ele) nos arrependemos, pelo menos me garanto... Na sexta-feira decidi deixar ele gosar, sendo que ele quase gosara com minha mão dentro do seu cu, com luvinhas de enfermeira (meu trabalho) e quando senti que ele ia gosar parei, então cheguei em casa, fiz ele me dar banho, coloquei a saia mais curta que tenho, sem calcinha, e um top sem sutiã, e disparei para o ensaio, quando o Lino e o Marcio me levaram de dentro do ensaio para a cama do motel, me devorando, quando contei a eles e eles riram muito, dizendo que varias coroas adoram ver seus filhos ou maridos enrabados e eles estavam de boa, quando disse, me preparando para foder de novo:

- Vamos sair daqui direto para minha casa!!!

E então acordamos umas 14:00, partindo direto para meu apartamento, onde o corno estava desesperado, eu já dei esporro:

- De agora em diante desligo meu celular quando estiver na rua, amor!!!

Amarrei ele de mãos para frente, coloquei um biquíni e um top, e disse:

- Hoje é dia de você gosar não é amor??? Desculpa, me atrasei...

E nisso, ele amarrado, pedi que servisse vodka e três taças, ele ficou confuso, mesa posta, eu autorizei a subida dos machos, o Mario e o Lino caíram na risada, quando eu ajoelhei e pedi ao Rodrigo que servisse os drinks, ele ressabiado fez, e o Lino deu uma apalpada na bunda dele, dizendo:

- É isso aqui que você quer que comamos??? Isso não agüenta nada...

Ele se desesperou e os meninos seguraram ele, eu enchi sua boca de vodka até ele ficar tontinho, e tive que pegar outra, ele jogado na poltrona mal conseguiu se levantar, eu me abri e o Mario me penetrou gostoso, estávamos afoitos, e nem mamei as picas, quando o Rodrigo, medroso, olhou o Lino, falando:

- E ele???

Eu pisquei para o Lino, já alta e empalada pelo delicioso Mario, de frango assado... Minha xana ardia, e o Rodrigo tentou reagir, eu senti tesão vendo ele escapar de cada tentativa do Lino, que baixou seu biquíni e riu, depois perdendo a paciência, deu três joelhadas fortes nele que ficou estático, e ele nervoso gritou:

- Respeita quem come sua mulher, porra!!!

Eu e o Mario gosamos gostoso, o cavalo do Lino fez o Rodrigo colocar uma camisinha na sua pica com a boca, o Rodrigo passava as mãos no saco tentando aliviar a dor, eu aproveitei e quando o Lino colocou ele de quatro, e coloquei um elástico nas suas bolas, o Lino riu e deu a ordem tesuda:

- Empina bem!!! Gente, eu sou maluca, me molho de tesão com essas situações, e já acariciava a pica do Mario, e o Rodrigo ali indefeso, foi quando o Mario abriu, cuspiu e meteu, o franzino Rodrigo deu um berro, e suas lágrimas desceram, eu fiquei com pena, rasguei seu top e comecei a mamar seus mamilos, tentando distraí-lo, eu ainda coloquei uma camisinha no cinto de castidade, minha amiga me prevenira que se eu estivesse em situações extremas, com ele, ele poderia expelir esperma pelo cinto, o que o daria a maior sensação de desconforto, um orgasmo arruinado, rs... Ele não sentiria prazer... O Mario fez a cosa mais louca que imaginei, se deitou embaixo dele, e me deu seu pinto, que eu esfregava em um “seio e outro” e depois começou a babar, o Rodrigo começou a gemer, e sussurrava:

- Eu não vou agüentar, Adriana... Puta que pariu...

- Esporra, amor... Vai ser um tesão ver essa camisinha encher... Ele deu trancos alucinados para frente, e a camisinha lotou de porra grossa e espessa... Achei que ia cair e acabei desenrolando mais ela, prendendo no cadeado... O Mario começou a ir mais lento, o Rodrigo parou de chorar, começando levemente a rebolar, o clima de tesão tomou conta do ambiente, o Mario colocou o pinto na boca do Rodrigo, que começou a mamar sem pudores, e eu me desfiz quando o tesudo do Lino deu um tapa forte, parando estático com o corpo por cima do Rodrigo, e descarregando:

- Toma, seu viadinho... Agora posso comer sua mulher mais tranqüilo!!!

E isso acendeu minha chama, o Rodrigo gosou mais uma vez na camisinha, e deliramos, eu puxei o Lino, mas com uma sádica idéia, deixei cuidadosamente a camisinha dentro do rabo do Rodrigo, e o Mario tirou da sua boca, jogando ele de frente e segurando suas mãos amarradas, eu tratei de colocar o pinto do Mario na camisinha, isso quase matou ele de tesão, e o Lino veio na minha direção, me colocando rudemente de 4, e me colocando para mamar, seu pinto e suas bolas grandes foram bastante lubrificadas, enquanto o Rodrigo recebia o Mario ofegante, que tirava e colocava o pinto por inteiro, eu gemia mamando, quando o Lino apontou minha bunda, eu tentei me livrar, mas não consegui, sendo deliciosamente cravada por ele, a vodka que sobrara estava a meu alcance, e acabei com a garrafa, o Mario foi à cozinha (com a camisinha no pinto) e trouxa mais cerveja gelada, e outra vodka também, e isso me matou, ele me fez golar um latão inteiro e depois abriu a vodka, derramando na boca do corninho e depois enfiando no seu cu, que fez ele rugir de dor... Depois que ele se debateu um tempo, isso eu levando na bunda, com o Lino me falando:

- Sua bunda vai ficar de castigo um mês... Esposa má!!!

E então o Mario o aliviou jogando cerveja encima, ele ficou mais mole ainda, e foi comido por mais 20 minutos, em que o Mario heroicamente vomitou esperma na camisinha, quando ele tirou, eu pedi que trouxesse a mim, e Lino gosou, eu amarrei a camisinha quente e lotada de esperma, e depois peguei a do pintinho do Rodrigo, fazendo o mesmo, e ele ficou louco com a idéia, os meninos abriram sua bunda, e eu enfiei as camisinhas no seu cu, colocando seu biquíni dentro, para não escaparem, e uma calcinha minha, onde ele ficou lá esquecido, enquanto eu dei aos dois com ele assistindo tudo, e por vezes bolinávamos ele... Fomos dormir após os meninos irem embora, se despedindo com jatos de esperma em nós dois, ajoelhados no chão, e não tirei a calcinha dele, ele falando baixo disse:

- Amor, minha gosada livre???

- Quando acordarmos, prometo... A porra ainda está ai quentinha dentro de você, para bebermos amanhã...

O Mario me ligou já tarde, perguntando doce:

- Posso ir até sua casa para ensaiarmos hoje???

- Claro tesão!!!

Vou contando, amores, ando meio sem tempo mas conto... Votem e comentem, beijos da tesuda Adriana...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


As lidas esposas xvidiovid porn casei entead fio dental fas gosa ponh casadepois que eles gozam ela não param de bater p****** só para judiarconto marido comeu meu cuclimax contos eroticos lesbicas consolotio negro de 40cm de pau no cu da intiadabuceta rruivaprica cavalaxvideo garoto trazado com agpxiv padrasto peganfo aentiada sexso analcoroas gordinhas casadas que treparam fora do casamento/relatos sexuaisencoxada na rabuda d xorti com o pau pa foracontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidosContos eroticos a neta da vizinhamassageando.peitinho.com.toalha.xvidotento disfarçar a encoxada pornoAliviando os funcionarios contos eróticosnovos xvideos metendo com forçaaaaaapai pausudo fudeno o cusinho da filhaver filmes porno só porradãoaliviando os funcionariosconhada chifera trai u maridominha irma fou raspa aproveitei pornconto erotico negao com mais de 25 centimetro de pica arromba o cuzinho da engenheira de obra novinhameu sogro queria dupla penetracao com minha sogro veridicocaminhãozinho pelada transando com o meu Vivocontos eróticos meu vizinho mamando leite do meu seioela "abriu a porta" pelado meu pau banheiro "minha tia"conto erotico crossdress na academiahomem metendo a pica no c* da Ravenacontos porno com padre gaycontos eroticos filha 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 aninhosheteros caseiros fedidoa.gozandocontos de tia e sobrinha lesbicabuceta gozano nepicaContos pedi pro meu marido me levar no puteiro pra dar o cuchupando buceta e colando velcox vidediguinho eroticocontoerotico minha boceta sujasobrinha conto eróticom*********** a b***** no canavial contos eróticosgorda casada com3 na suruba meninos contocontos eroticos estava frio di o cu pra esquenta mas nao sou gayesposa bunda ggg conto com negaopirocas enormes pornodoido garganta profunda imensas que fazem um estragoxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachoMulheres casadas e recatadas. Contos eroticos.chupando a bucets dela depois metendo a casdeta con muito tesaovideo porno menina no colégio internato madre superiora vendocontos sobre padre taradoentiada dormindo o padrasto xegafilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outramulheris malhaodo porncontos porno scat lesbicoconto peao roludo matagalescritor lipe casadoscontosFotos d padrasto comendo imtiadospai vai no quarto da filha gostosaxxvideoContos eróticos transando com o genro e a diaristaApica incaxo nanovinhapau alejado fodeno estourado abusetavideos heroticos com as creetes mais tessuda do brasilcontos de sexo depilando a sografudendo com dorso de peniscomi uma egua dentro de casa contocontos eróticos eu vi minha tia amamentandotransei com minha visinha casada no quintal delavidios pono sohenteXvideo realisei minha vondade de der dois paus sopramim um infiado no e outro na buceta trai meu marido vou contar como foibebezinha de 18 anos nua e areganhadacorno covarde chorãoxvideo irma de shortinho desabotoadoHistória de sexoem que filho foi passar protetor na mãe,acabou comendo ela ,contos erótico