Casa dos Contos Eróticos


Minha esposa e o meninão do churrasco

Um conto erótico de Dani-Juli
Categoria: Heterossexual
Data: 01/10/2016 17:25:27
Nota 9.82

Eu e minha esposa somos amigos de Júlio e Clara desde antes da faculdade. Foi Júlio que me incentivou a ficar com Camila, minha esposa e fomos nós que demos uma forcinha pro Júlio com a Clara. Somos padrinhos de casamento um do outro e estamos sempre juntos pro que der e vier. Eu, Fábio, tenho 37 e Camila minha esposa tem 32. Júlio e sua esposa tem 35 e 33, respectivamente. Ninguem aqui é mais moço. Exceto Rafael.

Rafael é irmão de Julio e tem 25 anos. Sua namorada, Tereza, tem 24. Apesar de jovens, possuem a cabeça no lugar e são boas pessoas. Apesar da pouca idade, já tem planos pra depois da faculdade e até mesmo sobre casamento. Todos nos damos bem.

Por isso, organizamos um churrasco para comemorarmos a promoção de Clara no trabalho. Convidamos alguns amigos e é claro que os amigos de Rafael estão todos na faculdade e são pessoas bem mais jovens. Logo eles tomaram conta do som, fizera sua propria panelinha e nos deixaram conversando no balcão da churrasqueira.

Quando o sol subiu, as meninas trocaram as roupas pelos biquinis e foi um desfile de bundas, coxas e peitos quase desnudos naqueles panos pequenos. Eu e Camila temos um relacionamento legal, então meus olhos puderam ir para aquelas ninfetinhas sem culpa e eu sei que ela ficou manjando cacetes escondidos em sungas.

- Por que não vai lá e mostra pra elas como se faz? - perguntou Clara à Camila.

- Como ssim?

- É mais nova de todos nós e ainda tem um corpão. - riu a outra - Aposto que pode mostrar a esta meninas o que uma tiazona realmente tem.

Incentivei:

- Vai lá amor. Faz tempo que alguem não fica olhando pra sua bunda mesmo.

Camila trocou de roupa. Seus seios pesaram no biquini e a bunda prevaleceu contra o tecido do fio dental. A virilha bem aparada estava a mostra quando ela andava, deixando apenas uma certa fresta coberta.

- Vai lá e arrasa - sussurrei no ouvido dela. A primeira providencia foi é claro, o protetor solar, passado à beira da piscina. Depois disso, recebeu até ajuda pra entrar na agua e foi convidada pra roda de conversa. Clara se arrependeu um pouco, pois até Julio estava com o pau meio duro.

Mas as coisas começaram a degringolar quando, pós o almoço, e já cheio de bebidas, os meninos começaram com brincadeiras mais pesadas, mais sexuais. Algumas meninas sairam da piscina, Rafael e Clara se despediram e foram embora e restaram apenas os mais pervertidos na piscina - incluindo minha esposa. Eu a vi brincar de cavalinho, de passar embaixo da perna, de monstro submarino e até lutinha! Ela subiu e veio conversar comigo.

Eu estava curtindo brincadeira e deixei isso clro.

-Eu sei, mas tem um rapaz ali que também está - disse ela - Chama-se Alexandre e já me disseram que ele tem fama de comedor. Agarrou meu seio por debaixo dagua e disse ser "Sem querer". Está super bebado e não vai parar.

- Devo avisar o Julio? Talvez o rapaz deva ser retirado daqui...

- Tá louco? Deixa que eu amanso ele, já está bebado logo sossega.

- Não vai se expor demais!

- Não vou expor nada! - disse ela me beijando - Ou exponho tudo, ainda não sei.

Meia hora e quatro caipirinhas depois (bebidas por ele, não por ela), Alexandre já estava todo feliz passando o protetor solar nas costas da minha esposa, que logo se estenderam para as coxas e a bunda, onde ele se deliciou naquele rego. Brincaram sozinhos na piscin, quando ela se cansou e disse:

- Vou tirar o cloro do cabelo no vestiário.

Havia um pequena casinha par um vestiário na parte dos fundos da casa, mas era um local unissex... Ora, estranho é, minutos depois, Alexandre se levantar e sem disfarçar, ir em direção à parte dos fundos da casa. Julio estranhou e me olhou desconfiado. Disse pra ele esperar que eu mesmo iria ver o que estava rolando.

Fui para os fundos, onde percebi movimentação no vestiário. A parte de cima do biquini estava pendurada na porta entreaberta do vestiário e havia ruídos lá dentro. Me aproximei pela lateral e olhei pela janela do aquecedor. Alexandre estava aos beijos com minha esposa. Por um momento, achei que era algo forçado, um estupro. Mas depois ficou claro o sutiã do biquini na porta e o fato dela se abraçar tão forte.

Alexandre deixou a boca da minha esposa e se dirigiu aos seios. Logo de cara, mordeu um deles e minha esposa soltou um "ai!". Ele começou a chupá-los com vontade enquanto ela se desvencilhava do biquini. Ambos, ainda grudados, foram guiados para pequena mesa de apoio. A bunda da minha esposa tocou na mesa e foi erguida pelas mãos de Alexandre, que a colocou sentada. Imediatamente ele desceu e deixou sua lingua lamber a gruta dela.

Não demorou muito para que ela gemesse e que Alexandre então pedisse sua parte. Ela se ajoelhou e pos-se a chupá-lo. Infelizmente eu não pude admirar a cena corretamente: Alexandre ficou de costas pra mim e eu só pude escutar a chupada e ver o movimento de ida e vinda que minha esposa fazia.

- Se gozar na minha boca, acha que vai ter força pra me comer? - perguntou ela

- Ah, cala boca, vadia!

Mas logo após algumas chupadas, Alexandre mudou de ideia. Ele colocou minha esposa deitada na mesa, e então eu pude ver seu pau babado. Era de tamanho normal, mas carregado de veias. Pulsava virilidade e era digno de um comedor. Aquele pau foi introduzido sem dó na minha esposa, que suspirou quando foi penetrada. Alexandre começou a comer a buceta com força e ritmo e Camila já se pos a gemer. Foi então que Camil tombou a cabeça pra trás, largada, e me viu.

Ficamos dois segundos nos olhando. Alexandre lá, bombando, fazendo os peitos da minha esposa subirem e descerem, mas a gente só se olhava. Então ela deu uma piscadinha pra mim e eu retribuí com um sorriso. Estava selado nosso pacto. Ela se voltou para baixo, onde a ação acontecia e começou a agir mais rápida.

- Vai, me fode com força!

- Sua vadia! Nem precisei embebedar você!

- Mas você precisou de pinga, né?

- Acha que isso aqui é pinga? Acha que isso aqui é pinga? - E colocou minha esposa de quatro

Iniciou uma bombada rápida, pra pegar impulso e então parou. E deu pra ver o que vinha na sequencia... MInha esposa imediatamente se segurou na borda da mesa e fez uma cara de pânico, seguida de uma cara de dor.

- Acha que isso é pinga? - perguntou ele

- Nãããã.... Tira por favor...

Alexandre segurou as duas mãos da minha esposa e as colocou na bunda, abrindo.

- Eu não estou segurando ninguem. - disse ele - Você tira a mão da bunda se quiser.

Ms as mãos não saíram e nem ele. Camil derramava lagrimas, mas não mudou de opinião e deixou que ele comesse o cu com a mesma velocidade que fodia uma buceta.

- Você engole ou cospe? - ele perguntou

- Eu... eu...

- De joelhos. Não me faça segurar sua cabeça.

Ela se ajoelhou com calma, como se fosse pra rezar. Tomou o pau grudento em sua mão, pos na boca e fechou bem os labios. Alexandre ainda empurrou algumas vezes, antes de se entregar ao gozo. Vi seu saco pulsando e minha esposa tentando conter todo esperma possivel dentro da boca, mas já começava babar. Por fim, Alexandre terminou.

- Abre a boca, deixa ver... Isso... Agora engole... Isso. Não limp nõ, deixa assim... Volta pro seu marido, ja vou.

Ela saiu e eu estava lá pra recepcioná-la com um delicioso beijo. Julio estava super preocupado, mas inventei qualquer coisa pra acalmá-lo.

- Cara - disse ele - sobrou carne. O que acha de repetirmos o churrasco amanhã?

- O pessoal todo vem? - perguntou Camila

- Por que não? - disse Julio.

É. Por que não?

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/04/2018 16:18:25
Muito bom o conto .Gostei muito
29/10/2016 10:13:20
Conto excelente...
16/10/2016 11:01:06
Que delicia me convidem para o próximo churrasco
13/10/2016 18:13:47
lindo queri q minha esposa fose assim.
02/10/2016 11:01:02
Delicia de conto ! Majases se for do Rj adoraria fuder vc deliciosamente para s eu marido ver
01/10/2016 23:51:29
Bom! !!
01/10/2016 23:25:37
Sonho do meu marido e me ver dando gostoso assim... adorei
01/10/2016 22:53:45
Loiro, 46 anos, solteiro, cabelos grisalhos,olhos verdes, 1,79m, 75kg, sem barba ou bigode, quase sem pêlos, bem-dotado (20x7cm,depilado). Saio com casais há uns 15 anos e adoro ser um amigo especial de um casal. Neste tempo, já iniciei muitos casais assim como também já fui fixo de casais. Posso viajar e adoro estar com um casal nos finais de semana. Meu e-mail é Meu Skype é marcodotadospreal (Nickname Marco Single CRS Dotado), Vamos conversar?
uem
01/10/2016 20:19:45
mim convida para este churrasco quero brincar bem gostoso com a delicia de sua mulher




Online porn video at mobile phone


cinicota xxx videoscasadas q gosta de ç chupadas por novinhomadano rola na novinhacdzinha gostosa para programa sp capitalna cama o lençol manchado revela o fato consumado fizemos um amor gostoso transando sexo faladocontos incesto mae gtsimagem de prima novinha e pequena mostrando o priquitinho para o seu primo novinhoXVídeos mulher do c**** despeitocotos eroticos na qui pausao empurou meu utero berei vim estrelasxxvideo vibrador dentro do cuzinho vibrandocontos porno cabelos da buceta chegaram a enrolanovinha.du.bucetao.inxadu.fudenowww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comestrupei minha irma na cama do nossos paisXvideo mulher gritando socaaaaxvideo Comendo a Mulher do Meu Tio Cielygordo casa dos contospornobaiano novinhas transando e se masturbando com a b***** bem gordacontos eroticos patricinha é humilhada e estuprada por grupo de amigossurra de chinelo contoscagando e socando manteiga no cutraficante pausudo estourou o cuzinho da minha namorada na favela contosmorenas engatada do pênis grande e grosso do sul filavidioporno casa sensacaonegras da fo pra pirocudo e chorao xvidio.comcavalo tirando virjidade da potrinhaconto erotico com cunhada muito catolica santinhaSobrinha QUERNDO GRAVIDAR DO TITIOcontos eroticos de mulher de manauscontos comendo minha vizinha negra bundudavideo porno amador de empragada lavando louca e menino batendo punheta vendo a empregadaconto de mulheres gozandolesbicafingi que era gay pra comer minha sobrinha contosxv con novinnas na escolasfilme pornô com a Socorro lido RT xxxeu, minha namorada, minha namorada e meu tiomulher faze do sabao segano boceta da outaCumeno madura no quintau conto papai nao rejeita sua filha tesudacoroas ponheteiras e chuponasContos eróticos curtos vó vendo cadela lambendo o pau do neto Zoofiliacontos feminização forçadazoofilia cachorro garrando igual garra em cachorrapapai e maninho me fuderao com seus pauzaos contosvideo cazeiro novinha levando pica do painho em baixo da cobertafudeu me ate eu soltar litros de xixi conto eroticoconhada chifera trai u maridothayza a filha do patrao pornoNego en acao fudeno virje xvhttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branqueloCamareira Contos Eroticos xvıdeos porno magrınhas gostozaConto.erotico sogra tatoadaecovila mulher pelada maior metendopapo pijama asunto e puetaConto com cheirador short da maehomen andando de ponba dura mulheres ficam de olhoxvidio com mocabiqexv con novinnas na escolascantorarozana peladamostrando buceta po amigo pater uma xvidiomentendo o pepino na buceta e no meu rabao contosGTA andando pelado mostrando a pingolaruıva se mastu e goża muitocrente safada contoscontos de casadas o cara atrevido me comeu na filaperdendo a virgindade com o meu namorado e elearromba minha bucetaXVídeos desenrolo conversando para ver a b******** da mãexvios meninas chupando pau grossodotadao gozando dentro do amiguinho dengozocontos eroticos vadia mirimfoda lésbicas vazando espermá jorrandocontos tenho 23cm comi avizinha amiga da minha mae10 mil fotos da buceta da familia sacanacontos eróticos suportando três cacetes com carinho e amortravesti lesbica contos eroticoscontos eiroticos leilaporn