Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

GOSTO DE DAR PARA HOMENS CASADOS.

Um conto erótico de Marcela21
Categoria: Heterossexual
Data: 19/03/2016 05:02:03
Última revisão: 07/06/2017 13:41:28
Nota 9.91

Olá, eu sou Marcela, cabelos e olhos castanhos. Tenho 20 anos, já fui magra com cinturinha e ultimamente, estou mais para falsa magra.

Perdi a virgindade com um namorado. Tirando a dor, não senti praticamente nada. Foi num dia em que ficamos sós em casa. Estávamos no meio de beijos e outras carícias mais safadas. Eu o masturbava há tempos. Depois ele esfregava o pinto na xoxota, gozando nas coxas.

Eu gostava da brincadeira. Só que naquela vez, ele começou a pressionar, tentando enfiar a coisa dura dentro. Foi meio forçado e acabou entrando. Doeu um pouco. Na hora de gozar, ele tirou, ejaculando na minha barriga.

Sangrou um pouco. Para mim foi uma decepção. Esperava ver as tais estrelinhas e tudo mais. Nas vezes seguintes a mesma coisa. O máximo que acontecia era eu ficar com a xoxota úmida. Nada mais.

Com outro namorado desde o início ele queria me levar para a cama. Acabei deixando. A transa foi parecida. Dava uma certa sensação gostosa e só. Achava que sexo era assim mesmo.

Na firma que eu trabalhava, tinha um carinha que as meninas eram doidas por ele. Esse colega tinha quedinha por mim. Era até gatinho e acabei saindo com ele, mais por ser legal e divertido. Foi o terceiro e igual aos outros dois. De diferente apenas seu cacete, bem mais grosso que só aumentou o desconforto na transa.

Visitava sites de encontros por pura diversão. Até que conheci um coroa bem divertido. Só tinha um problema. Ele era casado e eu nunca quis nada com carinhas comprometidos. Como ele parecia bem legal, fomos teclando. Quando passamos a conversar pela cam, vi que ele parecia mais velho do que dizia. E nem era bonito.

Dizem que eu sou bonita. Ele também me encheu de elogios. Louco pra encontrar comigo. Morava perto, em São Gonçalo dos Campos. Por ser cidade pequena, vou chamá-lo de Binho. Eu sou meio saitica, mas nunca tinha ido ao encontro de um desconhecido.

Marcamos de nos encontrar no Shopping Boulevard, em Feira de Santana. Preocupado em encontrar conhecidos, ele sugeriu que a gente fosse dar uma volta de carro. Quando vi, o safado estava me levando para um motel. Pelo menos pegou a melhor suite.

Homens casados geralmente não tem muito tempo. Sempre precisam arrumar alibis para dar uma escapada. O Binho tinha falado para a esposa que ia assistir o jogo do Feirense.

A suite do motel tinha até piscina com cachoeira na área externa. Assim que chegamos, ele já foi tirando a roupa. Fiz o mesmo, pois sabia que não poderiamos usufruir aqueles momentos por muito tempo.

Ele que até então tinha sido muito gentil e atencioso, ficou mais ativo e não conseguia esconder sua excitação. Me deu um beijo de língua, deixando as mãos passearem pelo meu corpo. Me preparei para ser penetrada.

Diferente dos outros, Binho veio descendo a boca, primeiro pelo pescoço, demorando nos seios, passando pela barriga e chegando no meu ventre. Eu estava ficando cada vez mais excitada.

Foi quando a boca chegou na boceta. A lingua tocou no grelho, provocando um choque que eu nunca havia sentido. A sensação era intensa e para mim desconhecida. A ponto de mexer o quadril involuntariamente. Hum... delicia...

Quando abriu minhas pernas e deu uma chupada voraz, senti meu grelo tremular e estalar entre seus lábios. Senti arrepios, parecia uma virgem sonsa.

Sua boca trabalhava sem parar na xoxota cada vez mais encharcada. Mordiscava e sugava meu clitóris, lambia a vulva, enfiava a língua no buraco, repetindo várias vezes. Fiquei gemendo, contorcendo o corpo de prazer.

Foi quando tive um orgasmo de verdade. O primeiro. Nossa, que coisa mais louca! O corpo retesado amoleceu por completo. Nesse delírio, soltei gritos antes de quase desfalecer.

Não aguentava mais e comecei a implorar pela penetração. A xaninha latejante de desejo. Binho tinha despertado em mim a puta adormecida. Nem me reconhecia naquela fêmea parecendo um animal no cio. Uma desvairada querendo ser fodida.

Minha voz soava ora de súplicas, ora imperativa.

- Mete, mete logo!

Sua demora em colocar a camisinha foi torturante. Ficou pincelando o cacete na entrada. Eu ofegava alucinada, já quase berrando. Algo que nunca havia feito. Sei lá se na hora falei até palavrões. Finalmente ele colocou minhas pernas em seus ombros e começou a penetrar-me.

Aquele porrete duro entrou macio dentro de mim. Com estocadas firmes e fortes, foi enterrando seu cacete até o talo. O vai e vem lento e contínuo, do cacete duro esfolando as paredes da gruta me enlouquecia. Ah, aah, aah delicia...

Eu só gemia com o timbre da voz alternando à mercê das estocadas. Escapava urros do fundo da garganta quando a enfiada era profunda, só deixando os culhões de fora.

Se Binho alternava a velocidade, eu protestava de imediato. Pedindo que não parasse de me foder.

- Não para! Vai, mete! Me rasga, me arrebenta! Não para! Mete tudo!

Escutando aquilo ele se transformou num touro cobrindo a vaca. Passou a estocar mais forte o cacete rígido, dilacerando minhas carnes. Caracas, nessa altura eu já estava urrando de tesão. Sendo possuída sem reservas de forma bestial.

Senti que estava para acontecer de novo. O êxtase. Espasmos intensos tomaram conta do meu corpo. Ondas de prazer indo e vindo da cabeça aos pés. Uma atrás da outra. Parecia que eu estava morrendo de gozo. Minha visão escureceu. Vi então estrelinhas, os tais pontinhos brilhantes.

Fiquei ali semi desmaiada, enquanto Binho continuava a estocar. Até gritar que ia gozar, enchendo o preservativo com seu leite viscoso. E se deixou cair sobre mim. Ficamos os dois ali, prostrados e satisfeitos.

Depois do banho, enquanto alisava minha bunda, perguntou se eu já tinha feito anal. Disse que não. Verdade verdadeira. Binho garantiu que eu deveria experimentar. Na hora pensei, se for tão gostoso como aquela vez, eu deveria deixar.

Cada vez que ele tinha chance de despistar a esposa e dar uma escapada, a gente ia pro motel. Eu me sentia cada vez mais uma puta safada sendo comida por um macho pegador. Fizemos de tudo que era jeito, de ladinho, de quatro ou eu por cima cavalgando como uma verdadeira amazonas.

Binho é um homem carinhoso que me proporciona muito prazer. Sabe transar que é uma beleza. Me deixa saciada, proporcionando altos orgasmos. É só ele me ligar que eu já ficava molhadinha, pronta para me entregar.

O inevitável quase aconteceu. Ele me comia de quatro, dando tapas acariciando minha bunda. Tirou o cacete me fazendo sentir o vazio, a xoxota piscando. Sem mais nem menos deu uma lambida no meu cu. Fui ao delírio. Jamais senti tanto prazer.

Deve ter cuspido ali e sem eu esperar, segurou no cacete, colocou a ponta na entradinha do cu e forçou. Senti minhas pregas estalarem. Gemi alto e ele pediu para eu me relaxar. Estava nervosa, porém a excitação era maior.

Binho tinha me deixado ansiando para tê-lo dentro de mim. Era na frente, mas naquela hora, tanto fazia se fosse atrás. Estava difícil entrar o resto. Cada vez que eu afrouxava o anel, ele forçava mais em mim. Me imaginei arrombada, o que aumentou o pavor.

A dor foi intensa. Quase insuportável. Desesperada, gritei para parar, enquanto escapei movendo o quadril. Não foi desta vez. Binho vive cobiçando meu cuzinho. Deixo ele até brincar ali colocando o dedo, porém, ainda não estou pronta para ser sodomizada.

Tenho curiosidade pela prática. Porém, pensar que vai doer me deixa paralisada e tensa. Sei que um dia vai acontecer. Com certeza será com alguém que faça sexo de forma calma e prazerosa.

A partir de agora, me perdoem as esposas, vou querer muitos homens casados e experientes.

Marcela.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
17/11/2018 10:51:10
muito bom marcela, vou continuar lendo os outros. 10 obvio
29/10/2018 16:01:42
Nossa marcela que delícia de conto... Você do precisava de de um homem que soubesse te fuder de verdade... Vamos conversar melhor
26/10/2018 15:10:43
Boa tarde. Li os seus relatos. Todos muito excitantes. Porém este supera os demais pelo tesão que vc demonstra ter sentido. Pois que mais me excita em nossas aventuras é o grau de prazer e tesão da Jaqueline. Nota dez. Parabéns Bjs Cesar e Jaqueline
21/10/2018 12:27:27
Casados e experientes e? Quando vir a SP nao deixe de me avisar. Bjs
20/10/2018 18:53:05
manda foto adorei vou dar o que voce quer gozar muito
17/10/2018 22:14:02
Adoro gozar lendo seus contos
17/10/2018 08:23:28
zap
15/10/2018 16:27:46
olá primeiro agradecer a visita e a nota por meu conto, adorei teu conto, sou casado também e minha mulher não conhece esse meu lado, kkkk adoraria te conhecer melhor me chame no mail
15/10/2018 14:55:45
Olá marcela. Delícia. Quando quiser podemos nos divertir também.
15/10/2018 12:26:15
Que delícia de conto!! Muito bem escrito e um relato que nos leva a viajar, e o que é melhor, enchevde tesão a quem lê. Parabéns!! Vc é de F. de Santana? Mora lá?
10/10/2018 13:15:26
sozinha em ksa, lendo esse conto, amiga... não preciso nm dzr o q eu fiz, neh?
08/10/2018 11:08:56
Não resta a menor dúvida que não é quantidade, porém a qualidade, que dá aquele momento de total prazer, algo ao que o Kama Sutra apregoa, os elevados buscam no físico dentro do prazer e fazem imortalizam na nossa alma o momento vivido. Os tempos atuais, não há mais a preocupação de oferecer uma flor à mulher como gesto de carinho, amor e respeito. A própria mulher, muitas vezes, não quer uma flor! Espera-se um ano todo para fazermos aniversário. Porque pressa? Teu conto retrata um pouco disso e alguns detalhes são bem reais, conquanto que muitas esposas “esquecem” dos maridos, por isso aparecem uma “outra”, que via de regra não será eterna.
07/10/2018 08:53:10
Marcela!!! Devia ter te conhecido antes. Fiquei com inveja do Binho. Certamente ia te chupar até vc gozar, várias vezes. Dei nota dez!!! Vamos nos falar no twitter: @vizinhosafa
06/10/2018 22:35:40
Adoro dar longas e profundas linguadas no cuzinho, adoro comer uma buceta...mas a paixão por um cuzinho bonito me faz ser especialista no assunto. Modéstia parte. Tanto oralmente quanto na penetração. Ja até recebi lambida no meu cu da minha namorada.
06/10/2018 19:55:34
Excelente conto Marcela! Você nos coloca na cena... Obrigado por sua visita, leitura e nota em meu conto. Te convido a ler os outros dois e apreciar a forma como gosto de amar uma mulher. Você vai gostar!!! Se quiser conversar, chame no meu email - - será interessante!
06/10/2018 15:35:11
Gostei! Muito obrigado por ter lido o meu :)
05/10/2018 09:10:26
Hmmmm, delicia de conto!!!! Qual casado resiste a uma safadinha gostosa como você? Que vontade de te foder, amor... Bjs.
02/10/2018 19:30:28
Excelente, muito bem narrado, muuito exitante mesmo, obrigado por ler os meus, nota 10
01/10/2018 10:20:38
Legal demais, isso me deixa louco saber que uma mulhar se entregou ao prazer sem ficar com mimimi,pena que as pessoas nao fazem e ficam calado sempre algue, fala demais
27/09/2018 14:53:27
Tesão de conto Marcela, parabéns, fiquei excitado. Estando/vindo a São Paulo, vai que.




Online porn video at mobile phone


xxxvideos gozandone buseta da ninfetaputa fudeno pela da motoxestrupando enpregada amarada na camafiho pega mae rabuda sem caucinha de saia na cozinhasigana chama amiga pra chupa pal d negaosogra fagar gero de pau durotarada nuonibuCasa dos contos minha mulher falou que todos a comeram que eu sou cornovideo pono colocono shotinho diladinhoxvidei sonovircontos foi passar uns dias na casa do cunhadochupando rolaincertoassistindo filme com a tia e perder pra dica abraçadinho xvideosTHeo eTonnyeu e minha amiga fomos iniciada na zoofiliacontos eróticos estava dormindo com meu marido e encerro minha buceta de porraPatro com tesao molesta empregada dormindo,xvideoscontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciacachorro do nozão trelado no cu da gostosacontos eróticos publicadosporno novinha fica brava porque a camisinha estourou e ele nao avisoucontos eróticos vovó transando com cavalovivodeputariaporno xoxota loucas surpresasequencia de heteros cacetudos gozandobumbum gg virgem anal com dotado tentou correr mas conseguiufilme pornô padrasto de bonzinho comente AdaContos erótico brinquei de esconde esconde e arrombarao meu cupiricudo de floripative que engravidar de um garotão pois o corno não consegue contosvideos porno ana estruprada kkkllindo homemcoxa grossa dando pornoavisinha gostosa de fildentalnao sou gay mais qr pica no cu contoestourando com o cu da amadora e ela cagando no pauXvideos cilene da lanchoneteo tarado do negao quis enfiar no meu olho enrugadodois homens a baterem punheta fantaziando ate gozarcontos eroticos madame bunduda submissa completaencoxoada nos onibus so gostosa de mini saia e calcaa agarradinhocontos eroticos virei vadia novinhabdsm humilhaçao extrema contocavalga ai ui mete primo caralho contocontos eroticos d noiva putinha d tio coroa pirocudo e primo noivo corninho mansoContos gays /fui estrupado por2 na escola e a diretora flagoucontos gays de incesto- coroa machão dominador taradão comendo menino afeminado e submissocontos eróticos meu maridoviado corno na zoofiliacontos eroticos tortowwwxxvideo filhinha apaixonadainsesto com vovozinhas no porbodoidofui comer e fui comidovidio de mae fagando filha novinha chupano rola do paimamae safadinha toma banho co filho nua na intenetwwwxxvideo novinha cu devoradorporno brincando de lutinha e se aproveitando da cunhadaConto.erótico cunhada junteicontos de sexo depilando a sograGelo e Fogo conto incesto gay irmaõ com irmaõ 3 capítulox vidio porno de mae cordinha.com seu filho so de causinhagostosas sexos contos amador fotos escritoriosmulher põa bunda na minha cara e solta um pum. para mim cheirarnegona carvao trepando pornodoidoso puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhamulher em pornô de cavalo e se estraga todinha sair sangue do c*mulher dá o c* e chupa pica MalcoFamosos cafuçu no braco todo nu peladoContos eróticos procurando aventura no clube de campoGozando nas nuvem xvdcarolzinhatrepanocunhada transa com cunhado enquanto a irmã joga vídeo gamecontos eroticos gay x negao 40cmconto erótico enrabada dentro do ônibus quando eu viajavanovia com muita tezao se esfergado no traviseiroporno++o++encanadorconto meu corno só arruma negros para me foderberou nopau donegraoContos incesto dei pro meu pai eu era novinha convenciresolvi trair meu marido mas me arrependi o negro tinha o pau muito grande e não aguenteiConto erotico scat adoro ver a mulher peidandocunhada arredou a calcinha e começou a cavalgar na vara do cunhadoCaso narração em zofilia quem alguma mulher qui transou com cachorros grandes me narra como foi ?eu nunca eu tinha fundido a buceta mestruada da minha esposa a noite ela tava na cama comigo ela tava de calcinha eu disse pra ela eu quero fuder sua buceta ela disse pra mim que ela tava mestruada eu disse pra ela eu quero fuder sua buceta mestruada conto erótico gente fazendo sexo dando descarga pornodoido