Uma Família até então norma Cap 2 l!!! Minha mãe me ajudou parte 2


Um conto erótico de gilgilgilgilgilgilgilgilgil
Categoria: Heterossexual
Data: 12/03/2016 21:28:30
Última revisão: 12/03/2016 21:58:35
Nota 9.88

Uma Família até então norma Cap 2 l!!!

Minha mãe me ajudou parte 2

Aviso de antemão que este conto se trata de uma história real e não ficção não tenho porque menti nem aumentar dizendo que minha mãe é deliciosa capa de revista.

Caso você não tenha lido leia a parte 1 para entender melhor

http://zdorovsreda.ru/texto/Como contei anteriormente minha mãe mostrou grande surpresa ao descobrir que eu mesmo com 18 anos ainda era virgem...

Eu: Ah mãe eu sou um idiota e um otário estou com 18 anos e ate hoje sou virgem nunca tive nenhum contato com mulher nem beijo nem nada.

Mãe: Você ainda é virgemmmmmmmmmmmmmm

Eu: Sim mãe virgemmmmmmmm, se quiser que eu grito pra todos ouvirem eu grito... Eu sou um babaca ninguém nunca se quer vai me querer, um otário.

E no mesmo momento chorei muitíssimo.

Mãe: Não chore meu filho (disse ela enquanto me abraçava) você é um rapaz lindo e muito jovem tem muito pra viver com certeza vai encontrar uma moça que te mereça é questão de tempo.

Eu: Questão de tempo mãe? A Senhora não sabe o que diz; na escola eu era o único idiota que nunca conseguiu se envolver com ninguém, aqui em casa todas as meninas sempre foram espertas e começaram desde cedo, já eu estou indo fazer 19 anos e nada até agora, sou um burro.

Mãe: Não fale assim eu vou te ajudar meu filho.

Eu: Como a Senhora pode me ajudar mãe.

Mãe: Conheço algumas moças posso conversar com elas e conseguir uma pra você.

Eu: Muito obrigado mãe mas se eu não sou capaz de conquistar uma mulher pelos meus méritos não quero uma por pena.

Mãe: Quem disse que vai ser por pena, filho.

Eu: E não vai ser??? A para mãe daqui a pouco vai querer pagar uma puta pra mim.

Mãe: Gilllll você está difícil demais, nossa pega um assunto e já entra no outro assim fica difícil de te ajudar.

Eu: Concordo mãe.

Me virei e fui tomar um banho e logo depois fui ao shopping refrescar a cabeça. Como sempre fiquei no shopping isolado de tudo e todos, não sei dizer bem o que acontecia comigo, não conseguia chegar em ninguém nem muito menos me envolver. Vi algumas meninas lá com cara de safadas mas me faltava coragem pra chegar, então peguei uma sessão de cinema, lanchei e fui embora.

Chegando em casa minha irmã mais meu pai já haviam chegado do trabalho, logo quando cheguei minha irmã já veio implicar comigo como sempre.

Renata: Já chego com cara de bunda de novo né seu mané.

Eu: Não enche Renata.

Renata: Você deve ser muito mané por ai né Gil pois nunca te vi com ninguém.

Eu: Não é da sua conta como sou lá fora sua vacilona.

Renata: A não ser que tu seja Gay... kkkkkkk.... Tu é gay ne seu escroto...kkkk

Eu: Renata já disse pra não encher.

Renata: É Gay mesmo está vendo ... Você é passivo ou ativo kkkkkkkk...

Eu: Renata too avisando para de encher o saco vai se fuder pra lá.

Renata: Ixi é passivo ... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Não aguentei e a agarrei pelas costas e disse:

Eu: Repete isso sua piranha; eu te avisei sua vacilona.

Renata: Me solta Gilberto você está me machucando.

Nesse momento não sei o porquê exatamente mais me deu um tesão, pois tinha minha irmã imobilizada com a bunda bem colada ao meu pau, e instantaneamente fiquei de pau duro na hora. Fui puxando o corpo dela pra bem próximo do meu ao passo de sentir o rego da sua bunda sendo encoxado pelo meu pau duríssimo.

Nesse Dia eu estava sem camisa com um calção balão e de cueca de pano um pouco larga (pois nunca gostei de malha); já minha irmã estava de top com azul com uma bermuda jeans enfiadinha (bem do estilo que ela sempre gostava de usar...

Renata então percebendo que eu estava de pau duro e me esfregava nela me empurrou com força, me fazendo cair sentado e inevitavelmente mostrando toda a barraca armada. Ela olhou fixamente e disse.

Renata: Nunca mais coloque a mão ne mim seu porco imundo, eu tenho nojo de você seu idiota.

Saiu do meu quarto bateu a porta com raiva e foi para o seu quarto. No momento minha cabeça foi a mil, me desesperei pensando que ela poderia falar com meus pais; mais no mesmo momento não aguentei o tesão e me acabei na punheta pensando naquela bundinha redonda só de pensar que fiquei com meu pau duro colado naquela bunda fiquei louco, gosei como a muito tempo não gosava ...

Adormeci ali e só fui acordar por volta das 00:00 levantei e ainda meio sonolento fui até a cozinha fazer um lanche; fiz meu lance levei para a sala liguei a tv e lanchei. Todos da minha família dormiam quando depreende minha mãe levanta para tomar agua; e ainda meio sonolenta vem e se senta no sofá ao meu lado. Nessa noite ela vestia um pijama de alça não muito decotado mas pelo fato dela ser bem bunduda dava aquela realçada e já se podia imaginar o bundão que se escondia por debaixo daquele pijama, ela tomou agua e começou o assunto...

Mãe: Gil você não vai dormir não meu querido?

Eu: Já estou indo mãe, vou só lanchar e já vou dormir.

Mãe: O que houve entre você e a Rê (assim chamavam minha irmã Renata)

Eu: Nada não mãe a Renata é muito pelinha(disse com raiva)

Mãe: Gil vocês tem que parar com essas brigas; só tenho vocês dois e não quero perde-los

Eu: Mãe você tem o Pai também.

Mãe: Seu pai é um babaca isso sim, na hora que mais preciso dele ele me deixa na mão.

Eu: O que houve mãezinha?

Mãe: Deixa pra lá querido, é coisa minha.

Eu: Nada disso lembra da conversa que tivemos hoje eu me abri para a Senhora nada mais justo a Senhora se abrir pra mim também.

Foi ai que os seus olhos se encheram de lagrimas e ela baixou a cabeça em sinal de vergonha; fui até ela a abracei beijei sua testa coloquei sua cabeça em meu ombro e disse:

Eu: Mãe aconteça o que acontecer a senhora sempre poderá contar comigo eu amo muito a senhora, pode desabafar eu sou todo ouvidos.

Mãe: Ah filho não sei de mais nada, acho que a errada sou até eu.

Eu: Do que a senhora está falando?

Mãe: Ah seu pai já não me procura mais nem olha mais pra mim; parece que sou invisível e quando vou querer os meus direitos de esposa ele está sempre cansado, acho que a culpa é minha né não sou mais aquela mocinha de antes, estou gorda, e com tudo caído ah já nem sei mais nada.

E chorou muitíssimo em meu ombro; foi então que a abracei forte e olhando em seus olhos disse:

Eu: Para mãezinha você é perfeita o pai que é um babaca como pode você pode até esta gordinha mais ainda é um teeee.

Mãe: Um Teee. O que hein???

Eu :Deixa pra lá você vai se zangar comigo (disse em tom de riso)

Mãe: Fala Gil vai… disse ela com um sorriso no canto da boca.

Eu: Você ainda é um tesaoooooooooo...

Mãe: hahaha até parece você só fala isso pra mim animar.

Eu: Não é não falo a verdade.

Mãe: Fala a verdade, filho para com isso.

Eu: Mãe te juro por tudo o que é mais sagrado te acho um tesão sim acho você uma gordinha linda e muito tesão, acho você demais principalmente seuuuuu.

Mãe: O meu o que??

Eu: Deixa pra lá você vai se zangar comigo.

Mãe: Pode falar filho juro que não vou zangar não.

Então abaixei minha cabeça e disse:

Filho: O seu bundãoooooooo.

Mãe: hahaha Para filho tudo isso é celulite ... e além do mais nem sou isso tudo não.

Eu: Que isso mãe você é muito humilde; sua bunda é enorme ...

Mãe: hahahaha você está muito sonhador Gil, não sou isso tudo não quer ver.

Foi quando ela levantou e ficou na minha frente de costas para mim levantou o short do pijama e o atolou no meio daquele bundão que eu tanto desejara e empinou aquele monumento na minha frente e disse sem malicia:

Mãe: Está vendo nem é tão grande.

Quase tive um enfarto na hora; aquele bundão na minha frente. Nossa era um sonho instantaneamente fiquei de pau duraço na hora e como estava com a mesma roupa de mais cedo o volume foi notável na hora.

Eu: Mãe eu não tenho palavras você esta brincando sua bunda é enorme.

Foi quando ela virou pra mim e disse:

Mãe: Você fala isso para me alegrar.

Então ela viu o volume que se formara na minha bermuda apontou o dedo e disse:

Mãe: O que é isso filho, você está de pau duro pela sua mãe? (Disse ela assustada)

Eu: Ah mãe não consegui me controlar (Disse já cabisbaixo)

Mãe: Nem sei o que dizer meu filho. Fico preocupada e feliz ao mesmo tempo.

Eu: Felizzzzzzzzzz???? Você fica feliz??

Mãe: Sim fico feliz pois pra toda mulher é uma alegria saber que tem um garoto jovem como você de pau duro por ela, mais preocupada pois sou sua mãe.

Eu: Mil perdões mãe, foi mais forte do que eu, mais quando vi seu bundão não resisti,

Ela deitou no meu ombro e deu uma risadinha de leve.

Eu: Porque está rindo?

Mãe: Você quando fala da minha bunda falta babar deve estar com muito tesão mesmo. Hahaha...

Nessa hora meu pau faltou estourar na bermuda e deu um leve salto ainda dentro da bermuda.

Mãe: Está vendo seu pau parece ter vida própria... hahaa.. Parece ser enorme hahaha..

E passou a mão por cima da minha bermuda e apertou meu pau de leve por cima dela. Nesse momento jóquei minha cabeça para traz e virei meus olhos na hora.

Mãe: Que isso Gil você deve estar louco de tesão mesmo hein, quase morreu ai agora... hahaha

Apenas dei aquele sorriso sem graça quando eu sou surpreendido pela melhor pergunta de toda minha vida.

Mãe: Posso vê-lo filho???

Quase dei um enfarto na hora minha única reação foi acenar positivamente com a cabeça.

Fiquei em pé na sua frente e lentamente ele abaixou toda minha bermuda me deixando pelado e de pau duraço na sua cara.

Mãe: Ual que pauzão roliço. (Disse isso enquanto o segurava firme e alisava minhas bolas de leve). Seu saco é enorme deve gosar pra caralho. Hahaha

Disse ela isso enquanto segurava firme meu pau e fazia caricias no meu saco, não aguentei joguei o rosto pra trás e gemi de leve com os olhos fechados.

Eu: Aiiiiiiiiii que delicia (disse quase em gemido.)

Mãe: Filho você está muito excitado; seu pau está até pulsando nas minhas mãos, isso tudo aqui é por mim???

Eu: É sim mãezinha (disse gemendo ainda com os olhos fechados tremendo de tesão)

Mãe: Como pode você ficar assim por uma velha gorda como eu?

Eu: Já disse que você não é feia e sim um tesão.

Mãe: Aiii ouvi isso de um garoto de pau duro na minha frente, me faz pensar... aiiiiiiiiiiii..

Eu: Te faz pensar em que???

Mãe: Nada não se esqueça que você é meu filho. Agora guarda esse pinto senão seu pai ou sua irmã acorda e estamos todos ferrados.

Nesse momento já não tinha nada a perder, e arrisquei tudo.

Eu: A não mãezinha não me deixa assim, me ajuda por favor.

Mãe: Te ajudar Gill, como vou te ajudar?? (Disse ela com cara de espanto)

Eu: Ah mãe você sabe.

Mãe: Você é louco Gilberto, você é meu filho nunca faria sexo com você. (Disse ela irritada)

Eu: Não disse isso mãe.

Mãe: Então o que você quer???

Eu: Bate uma pra mim mãe. (Disse eu todo vermelho e quase gagueando)

Mãe: Não sei Gil não acho isso correto, afinal de contas você é meu filho.

Eu: Eu sei mãe mais nunca nenhuma mulher ficou tão perto do meu pau como você agora, me dá essa alegria por favor, eu a amo tanto. Prometo continuar a respeitando e nunca mais nem pedir ou se quer tocar nesse assunto, e jamais contar qualquer coisa pra ninguém.

Mãe Não sei Gil; você Jura?

Eu: Juro por tudo o que é mais sagrado mãezinha.

Mãe: Ai eu devo está louca, está bem mais vai ser a última vez, tira essa cueca e essa bermuda e senta no sofá e abre as pernas.

Quase morri de alegria quando ela disse isso fiquei tremulo e muito excitado. Então tirei toda minha bermuda e minha cueca e sentei com as pernas abertas e o pau apontando para o teto de tão duro. Foi então que ela veio se ajoelhou ente as minhas pernas e cuspiu nas mãos, segurou firme meu pau com uma das mãos e com a outra fez caricias no meu saco; a mão que segurava meu pau começou um sobe e desce bem vagaroso e gostoso. Me sentia no céu na hora; como sonhei com isso minha mãe segurando meu pau e me dando prazer.

Mãe: Seu pau é bem tesudo filho, bem maior e mais grosso que o do seu pai. E mais duro também hahaha.

Eu não conseguia responder nada apenas gemia e curtia o momento.

Mãe: Você nem consegue falar ne seu safadinho. Tá gostosa a punheta da mamãe?

Eu: Taaaa (Disse eu em gemido delirando de tesão.)

Mãe: Já chega deixa eu te fazer gosar bem gostoso seu safado.

Foi quando ela acelerou o ritmo e passou a subir e descer a mão rapidamente e disse:

Mãe: Gosa pra mamãe bem gostoso meu safadinho.

Eu: Aiiiii eu vou gosarrrrrrrrr

Não aguentei e gosei feito um cavalo, gosei tanto que jatos de porra foram em seu rosto e seu cabelo. Fiquei no céu; ela se levantou apertou meu pau de leve e disse:

Mãe: Safadoo gosou até no meu cabelo, foi a primeira e última hein, agora chega vou dormir. Até amanhã.

Então foi em direção ao seu quarto para dormir e eu lá no sofá ainda aéreo depois de tudo o que acabará de acontecer......

CONTINUA….

Prometo continuar a história rápido fiquem ligados ainda hoje ou no mais tarda amanhã posto a continuação deixem seus zap; face, ou e-mail

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/03/2016 19:33:31
Conto Maravilhoso, adorei, espero ancioso a continuação.
13/03/2016 18:40:03
Ótimo conto com muito tesao.
13/03/2016 16:02:41
muito bom!
13/03/2016 11:01:04
muito bom 10

Online porn video at mobile phone


Sou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhawww.xvideo gleicinha foi dormi na casa da irmã eo cunhado. atacouler contos eroticos menagexvideo de gordinha praguinhapornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmocontos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negrorelato erotico haitianona fila para o dentista e minha pica ficou dura conto eróticover vídeo com loirinha baixinha sendo destruída por dois némao boba na noiva pegando nos peito dela pornofelidades testi fobeno u carapeguei me filmando e pus pra mamar gay xvideosmadrasta fagar estado batedor punhetasó a cabecinha conto eróticoyotube tonzinho.46tia negra cmsobrinho branco e prma no incestoxvideos.menimas.14.taxado.a.fossaso bucetudas chorando quando a pica entrouxisvido pai aliza as pernas da filhamostrano a mae a pica duraConto erotico de mae dando banho no filho que ta com a perna quebradaCONTO EROTICO FILHO CARALHUDO ARROMBA MAE TODA NÕITEhttp://zoofilia.gratis/videos/pansexual-com-cavalo-gozando-na-buceta-e-cu-de-mulher/cuiadia fudedo de xortiu curtoxvideo novilhas jemeno na picaxvideos dificil pra vc lukao vizinho safado do 205contos sobrinha menor tio bolinandoginicologista arebentano cabaso da novinhaxvideo de gay peao despencar fucionario para fude com o engenheiroconto erotico filha seduzindo pai velho coroa grisalhoarrancando o cabaco do cucacontos eiroticos leilapornxxvidos taty vaqeira sexorelatoeroticoloiraver meninas cracudas dando o cu para caralhudo sexo de gracacontos eroticos real casada timida gang bangfazedo gosozu ponuencoxando nela dentro do ônibus até levantar sua saia enfiando tudo em sua buceta gozando de escorrer negrinho fuendu gostoso xvideosesposa e acediada pelo patrao do marido pornoquero ver vídeo de pornô de mulher gostosa trepando dando a b***** até espumar de perna aberta até escorrer até babar a b*****hõmens comentano sobre mulheres de calsa marcano o priquitoQuero ler contos homem fudendo coroa de baby dolltio tem um pirocao e agsra sobrinha e bota tudo na buceya delagozou na calcinha e ela vedtiuwww xvideos menina pega omém grademeu marido sai cerdo pra trabalhar e meu conhodo me comeucontos eroticos arombei a minha aluna na sala de aulaconto gay o meu sonho de consumotitio me comeu contos eroticosconto erotico onibus velhoo"corpo da minha professora"assistir videos de mulheres dando o aaáaaaaaaaatrês machos rasgando o c* da n***** pedindo mais v**** dupla 300 e relaxada aberta chupando sem parar na boca v****homem. e mulher. fodenó xviodiovídeos.pornoscom pônei metendo pau monstruoso inteiroem mulher de quatropriminha inocente pegando no pinto do primo na frente de toda família sem eles veremxvideo nigro xxxvvnfis sexo com a filha da vizinha com dez anos ela ja bem putinha contos eroticosContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadoContos de cornosou amante do meu paicontos eroticos eu e meus ďois irmaoscumendo a irma emganadaconto cão estupra donacontos eróticos primeiras lições do vovô porno doido teste en cascavelcontos eróticos gay meu irmão e o seu buracoConto erotico sou madura vadia e filhohomens maduros de barba peladosda irmã Cecília de carinha de anjo chupando rola