Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

MEU GENRO TARADO ME COMEU!

Autor: GISELLE
Categoria: Grupal
Data: 02/09/2015 07:13:55
Última revisão: 22/10/2015 08:58:59
Nota 10.00
Ler comentários (20) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Viviane, mas logo que virei mocinha as amigas da escola passaram a me chamar por Vivi e isso continua até os dias de hoje.

Tive uma adolescente bem tranquila quase sem pensar em sexo, porém quando aos 16 anos comecei a namorar e dei meus primeiros beijos a coisa pegou fogo de vez e em menos de três meses perdi todos os meus cabacinhos.

Sou loira de cabelos cacheados, 1.70m, olhos esverdeados, bunda empinada com cinturinha fina e tesão sempre a flor da pele.

Jairo tinha 29 anos e com sua experiência e safadeza me transformou em uma putinha completa sem nenhum pudor.

Chupava e engolia porra como se fosse sorvete de creme, minha xoxota adorava levar rola sem parar, meu cuzinho que nas primeiras vezes que foi comido doeu bastante logo se acostumou a ser enrabado me proporcionando gozos intensos e incontidos.

Junto com o prazer veio a gravidez inesperada e quando percebi fiquei muito nervosa com medo das conseqüências, mas Jairo logo me tranquilizou dizendo que não devia me preocupar porque iria falar com meus pais para nos casarmos e tudo aconteceu rapidamenteQuando entrei na igreja quase nem deu pra notar minha barriguinha com pouco mais de 4 meses de gravidez.

Jairo era corretor de imóveis e já tinha uma situação financeira bem definida e passei a ter uma vida tranquila sem nenhum problema.

Durante minha gravidez meu tesão não diminuiu e mesmo faltando alguns dias pra entrar em trabalho de parto eu transava que nem uma louca e meu marido brincava dizendo que do jeito que eu era tarada era perigoso querer dar no quarto da maternidade.

Tive um parto natural tranquilo e minha filha Bruna nasceu linda e saudável.

A natureza foi muito boa comigo porque depois de apenas 3 meses de ter dado a luz meu corpo voltou quase ao normal, nem parecia ter tido uma filha e até meus seios que eram pequenos após ter começado a amamentar ficaram grandes e voluptuosos e o safado do meu marido até passou a fazer umas “espanholas” neles e depois de gozar eu brincava dizendo que tinha que lavar direitinho porque senão minha filhinha ia acabar mamando junto com o leite materno algumas gotinhas da porra do papai.

Após minha dieta meu marido me revelou que tinha um fetiche que o deixava completamente tarado que era enfiar a mão por baixo dos meus vestidinhos ou das minhas saias e encontrar minha xoxota totalmente desprotegida sem calcinha e rapidinho deixei de usá-las pra satisfazer os desejos do meu marido safado. Ele chegava da rua, me encoxava e suas mãos procuravam minha xoxotinha lisinha e em poucos segundos o safado me colocava de quatro e socava o pauzão com força fodendo meus buraquinhos tesudos e normalmente terminava enchendo minha boquinha gulosa com sua porra quentinha e abundante.

Minha vida era maravilhosa com muito conforto e quando meu marido fazia alguma corretagem e ganhava uma boa grana passávamos alguns dias na praia em um pequeno e confortável apartamento de nossa propriedade e dizíamos que era uma nova lua de mel.

Meu marido apesar de 13 anos mais velho dava conta do meu tesão exacerbado e toda vez que eu queria meter ele fodia todos meus buraquinhos com vontade me fazendo gozar como uma cadelinha no cio.

Durante vários anos de casada nunca passou pela minha cabeça dar pra outro macho apesar de adorar tudo sobre sexo, gostava de ler contos eróticos e assistir filmes pornôs. O que fazia sempre quando meu marido viajava a negócios e ficava alguns dias fora de casa era me masturbar varias vezes ao dia deitada nuazinha na minha cama com meus dedinhos espertos bolinando meu grelinho super sensível me proporcionado orgasmos deliciosos e foi em uma dessas minhas sessões solitárias de masturbação que descobri um fetiche que passou a me deixar ainda mais tarada e safada.

Uma semana após meu aniversário de 30 anos, meu marido fazia 5 dias que estava viajando, minha filha então com 13 anos tinha saído de manhã para o colégio e como o calor estava intenso me levantei e abri todas as janelas como sempre fazia, gostava de deixar o ar circular pela casa, meus jardins eram cheio de flores e o aroma era uma delicia e depois de um belo banho me joguei de bruços na cama e logo meus dedinhos ágeis estavam no meio das coxas bolinando meu grelo teso e inchadinho.

Depois de gozar loucamente escutei uns assovios ao longe e só então fui me dar conta que em um prédio em construção vizinho ao terreno da minha casa tinha alguns pedreiros se deleitando em me ver peladinha siriricando minha xoxota.

Na hora fiquei toda sem graça e fechei as cortinas para me proteger dos olhares daqueles tarados, mas logo em seguida comecei a dar risadas sobre aquele acontecimento inusitado e foi incrível perceber que meu grelinho inchado começou a pulsar forte imaginando aqueles homens rudes ficando com os paus duros me olhando nuazinha loucos para me foder todinha e me deu uma vontade louca de abrir as cortinas novamente e continuar me masturbando bem gostoso para os tarados continuarem a assistir minha safadeza.

Naquele dia mesmo logo após o almoço quando reparei que havia dois homens trabalhando nos andares onde tinha uma visão perfeita da janela do meu quarto toda safada e cheia de tesão repeti minha safadeza ficando nuazinha de novo. Abri as cortinas bem devagar e logo notei que eles já estavam me vendo e então me deitei na cama e comecei a bolinar minha xoxotinha totalmente melada e em segundos tive um gozo tão intenso que pensei que tava fazendo xixi e notei que os safados estavam batendo punheta se deliciando com meu corpo que rebolava com minha mão esfregando meu grelo como uma louca.

Que fetiche incrível e sacana eu havia descoberto pra me proporcionar orgasmos maravilhosos.

Quando meu marido viajava passei a deixar aqueles pedreiros completamente tarados com minhas safadezas e se tivesse um pouco mais de coragem com certeza iria até aquela constução e deixado aqueles machos rudes tarados foderem todos meus buraquinhos sedentos de prazer. Mostrar meu corpo nu para os machos tarados me excitava demais e logo descobri uma sacanagem mais gostosa ainda que era ir às lojas de sapatos sem colocar calcinha com minha xoxotinha totalmente depilada e escolher algum vendedor bem novinho pra me atender e quando eles se deparavam com minha xoxotinha toda a mostra ficavam loucos de tesão e queriam me fazer experimentar quase todos os modelos de sapatos.

Mostrar minha xoxota virou um vicio incontrolável e passei a fazer isso até com os amigos de minha filha que iam curtir a piscina ou fazer trabalhos escolares. Os garotos não conseguiam controlar suas ereções e isso fazia minha xoxotinha ficar tão molhadinha que chegava a escorrer pelas minhas pernas.

Meu marido percebia que meu tesão ficara mais intenso e brincava dizendo que tinha se casado com a mulher mais tarada da cidade, mas nunca tive coragem de confessar a ele meus fetiches secretos.

Se eu era uma tarada assumida logo notei que minha querida filha apos se tornar uma linda e desejável adolescente não conseguia disfarçar que era safadinha e muito namoradeira. Quando o pai estava viajando ela trazia os amigos e amigas pra nadar na piscina e não demorou quase nada pra perceber que trocava constantemente de namoradinhos e logo constatei que Bruna também vivia “esquecendo” de vestir calcinhas e quando indaguei sobre isso ela disse que não gostava de nada apertando sua xoxotinha e como já tinha percebido que eu não usava, experimentou e também adorou ficar sem nada por baixo das minissaias que usava quase todo santo dia.

As minissaias da minha filha eram tão curtas que com certeza todos os garotos que frequentavam minha casa já tinham visto em detalhes sua xoxota peludinha.

Com certeza minha linda filha era uma putinha precoce como eu havia sido e resolvi alertá-la sobre DST e principalmente gravidez na adolescência. A safadinha sorrindo disse que não precisava se preocupar com isso porque no colégio as aulas de educação sexual tinham sido excelentes e ela tinha aprendido tudo que precisava pra se cuidar quanto a isso. Bruna brincou dizendo que ia demorar alguns anos pra me tornar avó e afirmou que isso só aconteceria depois que se formasse em arquitetura que era seu sonho.

Nem me surpreendi quando em um sábado de madrugada acordei ouvindo barulhos e encontrei minha linda filha debruçada na mureta da varanda com a bunda empinada com um rapaz socando com vontade. Bruna gemia alto rebolando deliciosamente. Não dava pra ver se o rapaz estava fodendo sua xoxotinha peluda ou o seu cuzinho, mas com certeza no outro dia iria perguntar a ela.

Quando toquei no assunto dizendo que tinha uma “putinha” escandalosa trepando na varanda de casa minha filha caiu em risos dizendo:

-mamãe... desculpa ai... mas... ontem eu tava mais tarada do que de costume... e peguei um carinha muito gostoso... pauzudo e taradinho como eu gosto... me empolguei e ai já viu... não consigo controlar meus gemidos!

-é... pelo jeito você gosta de ser pega por trás né... eu vi o tanto que você tava empolgada... rebolava que nem uma louca!

-mamãe... de tanto ver você e o papai metendo pela casa... aprendi bastante... quando você tava dando pro papai de 4... também rebolava muiiiitoooo... nossa era uma delicia ver vocês dois metendo... bati muitas siriricas assistindo vocês transando!

-sua safada... então você ficava escondida assistindo eu e seu pai transar sua maluca tarada!

-mamãe... deixa de onda... vocês dois quando queriam transar não se preocupavam em saber onde eu estava... o papai ficava de pau duro e você já caia de boca e dava a buceta e o rabo em qualquer lugar da casa... isso acontece quase todo dia quando o papai está em casa... você é uma tarada mamãe... e o papai também!

-é... acho que você tem razão... nossa família é muito safada... só precisamos tomar cuidado pro teu pai não saber de suas safadezas!

-sim... quando o papai ta em casa... eu sou uma santinha mamãe... igual você... quando ele ta viajando você fica mostrando a buceta pra todos meus amigos... eu tenho a quem puxar... você é muito safada mamãe... meus amigos vivem se acabando na punheta loucos pra foder sua buceta depiladinha!

Minha linda filha era muito mais esperta e safada do que imaginava e sorrindo a abracei dizendo:

-é... apesar da idade é muito mais avião do que eu... eu achando que era esperta e você sabe tudo e mais um pouco... sua tarada maluca!

-bem... sou uma garota tarada muito observadora... nada passa despercebido ao meu lado... mas tem uma coisa que gostaria de saber de você mamãe... se quiser me contar é claro! Quando você sai de casa toda gostosa e vai dar uns passeios você deve dar a buceta pra vários homens né?

-filha... já que estamos falando abertamente... vou te contar meus segredinhos! Apesar de ter tido muita vontade de meter com vários machos... só teu pai me comeu até hoje... realmente adoro mostrar minha buceta e meu corpo e deixar todos de pau duro por minha causa... mas... nem sei o por que... mas... até hoje... continuo mulher de um macho só!

-Jura mamãe... nossa... eu achava que você era uma devassa... que quando o papai tava viajando você dava a buceta pra um monte de machos... você também é tarada... sai toda linda com seus vestidinhos sexy... sem calcinha... eu jurava que você já tinha dado bastante!

-é... vontade não falta... mas... não aconteceu ainda... quem sabe um dia eu crio coragem... mas... teu pai ainda dá conta do meu tesão!

-se quiser eu empresto um pouco da minha coragem... nossa... eu dou facinho mamãe... é só o carinha me encoxar e esfregar um pauzão duro no meu bumbum que me come rapidinho... tenho muito tesão... vivo molhadinha o dia inteiro... não consigo me controlar quando vejo um pau duro... quero sentar em cima na hora e quicar muitooooo!

Aquele papo descontraído e altamente revelador fez com que eu e minha linda filha nos tornássemos mais amigas e cúmplices e ela toda safada passou a ser mais putinha do que já era e não demorou pra que Bruna mostrasse que gostava mesmo de ter um harém de machos a sua disposição, era uma fila de rapazes quase sem fim e a putinha dava conta de todos.

Tudo corria perfeitamente bem, minha filha foi fazer faculdade na capital e a casa ficou bem mais calma e como meu marido também deixou de viajar muito passando a me dar mais atenção meus fetiches aventureiros diminuíram bastante.

Minha filha falava constantemente comigo pelo telefone e vivia me contando suas aventuras cheias de safadezas malucas.

No mês que completei 38 anos de idade e 22 de casamento uma tragédia inesperada aconteceu.

Meu marido, então com 51 anos capotou o carro que estava dirigindo e morreu na hora me deixando viúva.

A dor foi muito grande e durante alguns meses fiquei reclusa em minha casa sem animo pra quase nada. Minha filha mesmo estando longe me ligava sempre pra levantar meu astral e com o tempo fui recuperando o ânimo e as coisas começaram a voltar ao normal.

A primeira coisa que fiz depois de tirei o luto foi procurar um cirurgião plástico pra melhorar ainda mais meu visual. Não que precisasse ser feito muita coisa, mas quis me manter ainda mais bela em homenagem ao meu marido que vivia elogiando minha beleza e sensualidade.

Outra coisa foi que resolvi me mudar para meu pequeno AP na praia para poder ter uma melhor qualidade de vida e foi o que fiz.

Minha filha adorou a ideia dizendo que sempre que tivesse algum feriado e não tivesse aulas, poderia passar os finais de semana comigo curtindo um sol e pegando um bronze.

A cidade onde morávamos era distante quase 500 km da capital e a cidade de praia era bem mais perto, apenas 100 km.

Depois de apenas 1 mês que mudei para a praia percebi que minha vida com certeza mais divertida e principalmente saudável.

Levantava cedo, tomava meu banho, colocava meu biquíni bem pequeno atoladinho no meio do rabo e depois de uma caminhada deitava na areia pra dourar meu corpo e voltava para meu AP e após um almoço bem leve assistia a meus filmes no DVD e na parte da tarde voltava a caminhar na praia rebolando minha bunda empinada sentindo os olhares dos homens querendo me pegar.

O tesão também voltou com tudo e já sentia que estava pronta pra outro macho e estava aguardando chegar o momento certo.

E foi então que minha querida filha ligou dizendo que iria passar uma semana comigo aproveitando que os professores da faculdade estavam em greve e que iria levar junto seu novo “amor” e fazer uma lua de mel.

Quando brinquei dizendo que ela nem tinha me comunicado que tinha se casado ela então me contou que fazia 2 meses que estava morando com um tal de Carlos e toda safada disse que tinha arrumado um macho de verdade pra satisfazer o seu tesão.

Nem dei muita atenção aquela conversa, afinal minha linda filha nunca me pareceu ser mulher pra ter um macho só, mas fiquei na minha.

Bruna e o namorado viriam no outro dia na parte da tarde e quando eles chegaram foi uma alegria total e então pude reparar que minha filha tinha escolhido um belo espécime de macho. Carlos era um moreno alto e forte com um sorriso cativante e depois que colocaram as mochilas nos quartos peguei umas latinhas de cerveja na geladeira e sentamos no sofá para conversar.

Carlos foi o primeiro a falar e logo percebi que realmente ele era bom de conversa dizendo:

-Quando Bruna mostrou umas fotos da mãe deu pra ver que minha futura sogra era bonita, mas agora que estou vendo ao vivo ta dando pra ver que é muito mais linda... acho que agora que conheci a futura sogra posso me casar tranqüilo com a filha... com certeza vai ficar tão linda quanto a mãe... alias... nem parecem mãe e filha e sim irmãs!

Minha filha sorrindo me abraçou e sorrindo disse:

-ta vendo mamãe que genro mais bajulador que arrumei pra ti... nem bem chegou e já puxando o saco da sogra!

Dei um sorriso e toda safada brinquei dizendo:

-obrigada... eu adoro elogios... agora... puxar meu saco não vai dar certo... eu não tenho isso! RSS.

Ficamos batendo papo ali na sala tomando mais algumas latinhas e logo que a noite cheguei resolvemos ir jantar em um restaurante de frutos do mar, mas antes fomos tomar um banho.

Fui para o meu quarto e tomei um banho rápido e assim que sai minha filha entrou e me pegou nuazinha enxugando meu corpo disse:

-mamãe... você tá um arraso... se teu futuro genro te visse assim... peladinha e toda dourada... com essa marquinha de biquíni... acho que se casaria com sua querida filha amanhã mesmo... você tá linda com essa cor... realmente ter se mudado pra cá... foi tudo de bom... tanto pra você quanto pra mim... vou poder te visitar sempre... até terminar minha faculdade!

-sua maluca sem juízo... entrar sem bater... e se teu namorado entrasse junto... ia achar que a sogra também é louca como a filha!

-mamãe... eu estou morando com o Carlos... a coisa é seria mesmo... achei o homem perfeito pra mim... lindo... gostoso... me trata como uma rainha... só na hora de trepar é que me trata como uma puta do jeito que eu gosto... me trata como sua escrava sexual... adoro... com certeza quero me casar com ele!

-hummm... pelo jeito parece que é verdade mesmo... é que a tua ficha corrida não é muito confiável né minha filha... você trocava mais de namorados do que de calcinha!

-bem... eu já perdi a conta pra quantos machos eu dei minha bucetinha... mas agora que encontrei o macho de verdade... passei a ser uma puta fiel... Carlos tem a ferramenta perfeita pra uma puta tarada como eu sou... uma rola enorme, grossa e sempre dura que enche minha bucetinha tesuda... toda vez que quero dar ele ta pronto pra me foder gostoso!

-hummm... pelo jeito ta apaixonada mesmo sua maluca safada... fico feliz por ti... que bom que deu uma acalmada... você era muito puta!

-mamãe... eu continuo a ser muito puta... só que agora só para o meu macho pauzudo tarado!

-é... que bom... realmente ele é muito bonitão... e leva jeito de ser gostosão mesmo... pela empolgação que você fala dele... imagino que o bicho dever ter uma pica enorme mesmo... você enche a boca quando fala nisso!

-mamãe... realmente é uma picona mesmo... só pra você saber... eu vi o papai te fodendo muitas vezes... o caralho do Carlos é quase o dobro do papai... entra na buceta da gente rasgando... eu gozo como uma louca com ele me comendo inteirinha!

Quase em seguida escutei a voz do Carlos nos chamando na porta do quarto e minha filha toda safada dissfe:

-amor... já estamos quase prontas... mamãe... ta escolhendo o vestido... ta peladinha... você não pode entrar... ainda!

O safado deu uma gargalhada e todo safado disse:

-não tem importância... eu não ligo de ver mulheres nuas... só não gosto de ver homens pelados!

Em seguida coloquei um vestidinho de malha, sem calcinha é claro, uma sandália de salto e fui pra sala e quando Carlos me viu disse:

-que sogra mais linda meu Deus... vou sair pra jantar com as duas mulheres mais lindas e perfeitas da cidade!

Minha filha também com um vestidinho soltinho, mas extremamente curto, também com sandália de salto abraçou o namorado dizendo:

-ta vendo mamãe... porque me apaixonei por esse safado... além de ter tudo que eu gosto... é um tremendo galanteador... sabe que toda mulher adora ser elogiada sempre!

Carlos estava com um bermuda branca e uma camiseta colada ao corpo que mostrava todos seus músculos e braços fortes e com certeza o safado sabia como deixar as mulheres excitadas com sua conversa e principalmente seu belo corpo.

Quando entramos no carro me sentei no banco traseiro e na hora percebi que meu futuro genro notou que estava sem calcinha e o safado deixou a luz interna acessa e deu uma bela e demorada olhada entre minhas coxas. Se havia algo que nunca me deixava constrangida era deixar minha xoxota lisinha se mostrar em toda sua plenitude. Minha filha também nunca se preocupou em usar calcinha e meu futuro genro com certeza já estava acostumado com isso. A única diferença entre nós duas é que sempre deixei minha bucetinha toda lisinha e minha filha gostava de deixá-la bem peludinha só aparando os excessos dos lados.

O jantar foi ótimo e muito divertido principalmente porque junto com os frutos do mar degustamos duas garrafas de vinho que fizeram com que chegássemos bem alegres de volta ao apartamento e nem bem entramos minha filha toda safada já foi puxando o seu macho em direção ao quarto dizendo toda safada:

-vem amor... vamos namorar bem gostoso... você sabe que quando eu bebo umas taças de vinho fico mais tarada ainda... to louquinha pra dar gostoso... minha bucetinha peludinha ta toda molhadinha querendo teu caralho grossão dentro dela!

Meu futuro genro deu um sorrisinho bem sacana e disse:

-Bruna sua maluca tarada... pelo jeito você não tem um pingo de vergonha... dizendo isso na frente da minha futura sogra... ela vai pensar que somos uns devassos... comportando-nos como adolescentes tarados!

Bruna pulou no pescoço do seu macho e toda safada disse:

-querido... eu e mamãe nunca tivemos segredos uma com a outra... ela sabe que tem uma filha muito putinha e tarada... mamãe é totalmente liberal... agora chega de papo e me leva pra cama... e me come todinha que não aguento mais de tesão!

O casal entrou no quarto e não demorou mais que alguns minutos pra que eu escutasse os gemidos altos que saiam da garganta da minha filha safada e logo deu pra perceber que a vadia com certeza estava gozando pra la de gostoso porque os gritinhos de puta no cio ecoavam pelo corredor chegando aos meus ouvidos na sala. Minha buceta já dava sinais de vida querendo carinhos e meus dedinhos já começaram a alisar forte meu grelo tesudo e o tesão também tomou conta do meu corpo sedento de prazer. Meu primeiro gozo veio forte e toda curiosa me levantei do sofá e fui até a porta do quarto do casal pra escutar melhor e quando cheguei lá vi que a porta estava entreaberta só que a cama ficava do lado oposto perto da janela e não tinha como ver absolutamente nada e fiquei frustrada. Com certeza eu iria adorar ver minha filha putinha rebolando no pau grandão que ela tinha comentado do meu futuro genro. Só que dentro do quarto a coisa pegava fogo de vez porque comecei a ouvir uns tapas bem estalados que o meu futuro genro aplicava no bumbum empinado da minha filha putinha e todo macho dizia:

-rebola sua cadela de rua... gosta de pau grosso nessa buceta né sua vagabunda... rebola esse rabo... do jeito que teu macho gosto... ahhh... vadia safada... isso... assimmm... que buceta gostosa... que bunda deliciosa de bater... rebola cadela!

Os tapas com certeza eram bem fortes e minha filha toda safada dizia:

-seu tarado caralhudo... ahhh... mete tudo... soca com força seu safado... arregaça minha buceta... ahhhh... quero gozar de novo... ahhh... mete meu macho gostoso... soca esse caralho enorme na minha buceta... ahhh... gostosooooooo... toooo gozandoooooo!

Logo escutei outro gritinho e então Bruna disse:

-aiiiiii seu tarado FDP... põe devagar no meu cu... seu sádico... seu caralho é muito grosso... aiiii... devagar... seu FDP safadooooooo!

Ele todo macho deu uns tapão mais fortes ainda na bunda da minha filha putinha dizendo:

-deixa de frescura sua puta de rua... trata de dar esse cuzinho bem gostoso pro teu macho sua cachorra safada... engole meu caralho com esse cu gostoso que vou encher ele de porra... sua puta safada! Rebola sua vagabunda gostosaaaa!

Rapidinho os gemidos aumentaram de intensidade e logo se transformaram em gritos de prazer e eles gozaram que nem loucos. Eu ali encostada na parede do lado da porta daquele quarto gozei deliciosamente esfregando meu grelo inchado com força. Meu gozo foi tão copioso que chegou a escorrer pelas pernas e então em seguida entrei no meu quarto e tomei um banho gelado pra me acalmar.

Definitivamente eu estava precisando de um macho entre as pernas e não tinha como esperar mais e pensei que após aquele fim de semana quando minha filha com o meu futuro genro fossem embora pra capital iria dar um jeito na minha falta de macho de vez.

Deitei na cama completamente nua e logo adormeci e foi então que depois de algum tempo acordei toda agitada e suada mesmo com o ventilador de teto na velocidade máxima. Com certeza ter ouvido aquela trepada cheia de tesão da minha filha com o meu futuro genro tinha deixado meus hormônios totalmente agitados porque quando olhei no radio relógio vi que ainda era 2 h da madrugada, eu tinha dormido muito pouco.

Levantei-me e resolvi ir até cozinha pegar um suco ou algo gelado pra matar a sede. Até pensei em colocar uma camiseta, mas decidi ir nuazinha, afinal eu estava no meu AP e adorava de dormir e andar completamente nua e certamente meu genro e minha filha depois daquela batalha sexual deliciosa deveriam estar em sono profundo.

Quando cheguei na cozinha abri a porta da geladeira olhando pra ver o que iria pegar e então percebi que tinha alguém atrás de mim e quando virei a cabeça pra trás vi meu futuro genro apenas com uma cueca boxer branca e ele então deu um sorrisinho dizendo:

-se minha sogra quiser... eu volto pro quarto... também estou com sede... vim pegar algo pra beber na geladeira!

Foi incrível, mas nem me preocupei em ser surpreendida pelo meu futuro genro completamente nua e dei um sorriso dizendo:

-não precisa querido genro... acho que você já viu quase tudo... dentro do carro quando me sentei... eu nunca uso calcinha... meus vestidinhos são iguais da minha filha... mais mostram do que escondem... tenho certeza que você está acostumado com isso! RSS.

Ele sorrindo chegou mais perto de mim quase se encostando em meu corpo e todo safado sussurrou em meus ouvidos:

-minha querida sogra... com certeza do jeito que você esta agora... totalmente peladinha... da pra ver que você é uma tremenda gostosa... difícil dizer qual das duas é mais linda... você ou a sua filha... mas você é uma puta perfeita pra satisfazer um macho e com certeza eu adoraria ser esse macho e foder você todinha... prometo que vou te fazer gozar como uma puta precisa!

Meu futuro genro me abraçou por trás apertando seu corpo forte contra o meu e já senti o volume enorme colado na minha bunda e minha buceta se encharcou de vez, dava pra sentir meu grelinho latejando e toda tesuda sussurrei:

-seu tarado maluco... ta querendo me comer com minha filha dormindo no quarto... você é um louco completamente tarado!

Carlos já alisava meu corpo por inteiro e seus dedos mergulharam na minha bucetinha toda ensopada e ele todo macho sussurrou:

-sogra... desde a hora que vi tua buceta depilada no carro... meu pau já quis entrar dentro dela... tua filha me contou que você depois que ficou viúva ainda não deu pra ninguém... e do jeito que você ta com essa buceta toda molhada ta precisando de um macho e esse macho sou eu sua puta safada... agora cala a boca e vamos pro sofá... não se preocupe com a Bruna... se ela acordar... com certeza vai querer participar da festa... mas antes vou te dar um trato... você ta precisando... sua vadia gostosa!

Ele me pegou no colo como se eu fosse uma pena e já foi me colocando de 4 no sofá e começou a me lamber por trás como se fosse um cachorro e o safado sabia como dar um trato em uma buceta tesuda com sua língua esperta e em segundos eu rebolava como uma doida gozando gostoso na boca daquele tarado. Logo percebi que o safado gostava de espancar a bunda de putinha taradas e ele encheu minha bunda de tapas bem fortes dizendo:

-rebola sua cadela safada... mostra pro teu macho que ta gostando... isso... rebola puta safada... vou te fazer gozar gostoso sua vadiaaaaaa!

Minha buceta pingava de tanto prazer sentindo a boca daquele safado e as mãos fortes batendo na minha bunda me deixando toda ardida e quando me dei conta meu futuro genro estava de pé atrás de mim pincelando seu pauzão entre os lábios da minha bucetinha praticamente virgem, quase um ano sem dar pra ninguém e quando deu uma fincada e a cabeçona enorme daquela jeba pulou pra dentro dei um berro me sentindo arrombada... não imaginei que era tão grossa... as paredes da minha buceta foram sendo dilatadas pra receber aquele caralho enorme... parecia que tinha um braço dentro de mim... a dor era enorme sendo arrombada pelo taradão... mas junto com a dor veio o calor que aquele caralho emanava dentro de mim e logo o tesão me incendiou por inteira e quando percebi rebolava como uma louca espetada naquele caralho enorme que me preenchia por completo e toda tesuda olhei pra trás e sussurrei:

-me come gostoso igual você come a putinha da minha filha seu tarado caralhudo... soca essa jeba na tua sogra... quero gozar como uma cadela no cio... me fode gostoso... quero ser sua fêmea meu macho gostoso... me fode... seu puto satado!

Meu genro logo encheu minha bunda de tapas e me segurando pelos cabelos metia na minha buceta como um cavalo arrancando gritos de prazer da minha garganta e todo tarado dizia:

-rebola sua cachorra... puta safada... vagabunda... gostosa... gosta de pau grande igual a filha né sua vadiaaaa safada... vou deixar essa buceta inchada... goza pro teu macho sua safada... tesão... gostosa!

O barulho do corpo forte dele batendo contra o meu me deixava alucinada e meus orgasmos eram intensos e contínuos e eu não queria que aquilo não parasse nunca e o safado aproveitava pra me dominar por inteira, seus tapas na minha bunda eram cada vez mais fortes e apesar de arder demais me deixava ainda mais tarada e quando ele sentiu minha total entrega o safado tirou o pau da minha buceta e encaixando na portinha do meu cuzinho fincou forte e do jeito que eu tava toda melecada aquele pauzão grosso deslizou pra dentro dele e quando me senti rasgada tentei sair fora, mas o tarado forte do jeito que era me segurou firme pelos quadris e foi socando tudo até o talo e todo sádico sussurrou:

-sua cadela safada... você acha que eu não ia comer teu cu sua puta... puta tem que dar o cu pro macho dela sua vagabunda... para de chorar de dor e da esse rabo sua vagabunda de rua... se não vai apanhar de verdade... trata de rebolar no caralho do teu macho vadiaaaa!

Depois de sofrer alguns minutos pra acomodar aquele monstro dentro do meu cuzinho violado comecei a rebolar e logo me empolguei toda e dei gostoso gozando deliciosamente pelo cu. O safado sabia como enrabar uma puta tesuda e me comeu do jeito que quis, não sobrou uma preguinha no meu cuzinho depois que aquele caralho me penetrou por inteiro.

Meu futuro genro depois de arrombar minha buceta e meu cu me largou no sofá prostrada dizendo:

-pode ir dormir minha sogra... amanhã vou te comer de novo... você é uma puta que merece levar vara todo dia... sua safada gostosa!

No outro dia logo cedo acordei sentindo arrepios pelo corpo e logo vi que era meu genro com o rosto enfiado entre as minhas pernas lambendo minha buceta sugando meu grelinho inchado e toda safada disse:

-tô vendo que meu genro é um homem de palavra... disse que ia me comer de novo hoje... e pelo jeito veio logo cedo... seu safado... me pega igual ontem... adorei ser comida daquele jeito... me fode todinha meu macho gostoso... quero gozar muitooooo... ahhhhh!

Meu genro era um macho insaciável e depois de me comer inteirinha sorrindo disse:

-bem que sua filha disse que eu ia adorar foder você... que viu você trepando muitas vezes com o pai dela e que você era um puta de verdade... ela realmente tinha razão... só não achei que você ia ser tão fácil... deu logo na primeira vez que te agarrei... gosto de putas decididas... você e sua filha são assim... vou adorar ser o macho de vocês... e com certeza vou gostar muito de comer as duas putas juntas!

Realmente isso aconteceu e continua acontecendo já faz quase um ano... quase todo fim de semana minha filha vem me visitar e trás o seu marido pra comer nos duas! Viramos escravas sexuas daquele tarado caralhudo e tudo esta mais que perfeito!

[email protected]

Comentários

24/10/2017 23:41:10
Mãe e Filha Perfeitas! Dez com Louvor. [email protected]
26/10/2015 16:26:34
Adorei convida eu para passar um final de semana com vc tenho 50 anos e um pau de 19 cm para vc [email protected]
19/10/2015 08:32:51
Ótimo conto, sem dúvidas um dos melhores.Queria eu ter uma sogra gostosa assim.Se quiser e poder manter contato. Meu email é: [email protected]
13/10/2015 18:45:07
Delicioso conto. São poucos os que são tâo bem escritos assim.
05/10/2015 19:08:23
Delícia
01/10/2015 16:27:19
caramba, nem vou ler tudo, cada trecho uma gozada....rsrsrsrsr
28/09/2015 02:14:20
Nota 10 Gisele - adorei o conto, também gostaria de te enrabar, olha, leia me conto tambem tah ?
27/09/2015 23:03:15
Delicia de conto e delicia de vida.
27/09/2015 23:02:51
Delicia de conto. Delicia de vida.
23/09/2015 10:28:12
delicioso esse conto. Perde somente para as gozadas que dei lendno ele. bela sequencia e trama
14/09/2015 18:46:09
Adorei vc e sua filha parabens Meu [email protected]
02/09/2015 15:41:05
Conto maravilhoso muito bem escrito e muito excitante Parabéns votado.
02/09/2015 14:47:01
Muito bom,depois passa seu Whatsapp no email,adoro putinha. [email protected]
02/09/2015 13:46:27
Muito bom, parabéns, legal essa relação aberta entre mãe e filha. Aproveitem bem desse macho, que fode vocês duas, sem terem que esconder nada uma da outra. Nota 10, claro.
02/09/2015 13:28:22
O melhor conto que ja li até hoje .nota
02/09/2015 13:17:56
Adoraria ter uma sogra como vc, iria me esbaldar, meu e-mail é [email protected]
02/09/2015 13:17:03
Adoraria ter uma sogra assim, meu e-mail [email protected]
02/09/2015 10:20:08
to sem palavras, só posso dizer que ficou ótimo
02/09/2015 09:59:47
Nossa até fiquei molhada. Eu adoraria um genro desse kkkk
02/09/2015 07:46:54
Nossa belo conto muito bem escrito detalhado parabéns nota 1000

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


maior cu domundo ecoxa ebunda pornopastor alguma pausado comendo novinha apertadinhaquero baixar pornô novinha chamando o pai de mensagem massagemContoeroticonovinhosafadoxividio. vai maxuca meu cucontoeroticobucetaopornhomem gozanfoacabei liberando cu pro primo masnaogaymae belisca querendo chupa buceta da filhaporno sacana mao na bucetta no cu nojento ao vivolek que gosta de chupar pauconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandeesposinha depravada seduz velhoDesamarrar corda mordaça contoeroticocontos gay babydool maecontos erotico fudendo gostoso com o meu compadreficondo sode calçinha xvideocliente dando a buceta para os manobristasContos eroticos menina novinha perde a vijidade com o caxoro e seu imaou pega no fraga e tem qe da o cuzinho pra elenovinha espia negao pisudo fudendo sua mãe pornopadrasto enteada falei de sexo brasileiroconto erotico despedida solteirahttp://conto me pagou pra me fuder bucetata babentanovinha de sainha jeans espremendo e Goliasporno vai fechar a janela fica prezarContos eróticos gay brincando de esconde esconde no sítio do tiu e deuxvideo padre comendo valdenicesarrada no culto contos eroticos gang bangcontos de sexo depilando a sograContos sou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempofilme porno filho da mae corno froxo ta cansado do trabalhochupalano o cu da mulherxvldeos com novlnhasvideo porno inedito de mulher gozando descontrolada no vibradorcomtos exitantesxvideos tio comemdo sobrimhaa saga de uma esposa que obedece marido ele pediu para eu dar e eu dei para um pausudo na frente deleFoto de pika pulhetando contos eróticos mamãe deixa o papai me comerdei meu cu a primeira vez , nao parei maisQuero trsnsar com o Adinlson mxxxvídeos deirmão chantageia a irmã gosa dentro da cua bucetaConto erotico eu e minha mulher no alojamento dos machosxividio vo come o cu dela dormindocontos eróticos roçando meu cacetao por cima fa bucetinha da irmanzinhaamigo picuto faz mulher d corno sangra rscontos de incesto brincarmenininhas fazendobrincadeiras de mostrar a xoxotinhas pras outrasx vídeo só moça bonita peidano alto na caussacasada aquenta a pica do negao que parece um jumento e corno asistevídeo dos anjos guerreiros vídeos pornô sem jeito malconto erotico enquadradinho 2015sexo anal magrinha moises pornodoidocontos de sexo depilando a sograPornos traição consendida 2018www.xvideos/fodasse eu empurro com forca mesmohistoria de avosexo com.soblinhasxvideos comeu a mae de calcinha no jantarfilme porno onde um perfume despertava desejoporno contos negao da mandiocax videos enpurou no lekequero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladocontos eroticos meninas de vinte e seis anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhotransas em araruamaDeixei minha muher dar pra outrovideo porno amador novinha menstruada usando absorvente externo com lubrificantevingadota gozandocontoseróticos invasão anal 3XVídeo mucama transando com feitoraspanteras tio comendo sobrinha bem novinha escondidi da maexvideos com a mulher. x vidioscom o peito grande e o xiri bruto em portuguesmulher.fudendo.com.pombagira.descabaçada pelo primo relatafudeno bucetas e gozando nas entradinhasCasa dos contos erótico Gnpcache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 adoro homem coxudo-contoscontos de sexo depilada na praiacontos erotico de puta transando com o vovobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhabucetas gosmadasvideos pornos de genros depilando sogra e n resiste fode elaVirgindade anal incesto Desde pequena Contocontos de casadinhas sapecas malhadasxvideo frestinho