De minissaia e sem calcinha no cinema


Um conto erótico de Luiz Cláudio
Categoria: Heterossexual
Data: 10/07/2015 22:23:40
Última revisão: 11/02/2019 07:50:51
Nota 9.80

Já contei aqui algumas histórias de minha mulher e os que leram já sabem como ela é. Para os que não leram, digo que ela é morena, cabelos pretos, compridos e lisos, linda de rosto e corpo, uma bunda maravilhosa, peitinhos médios e durinhos e uma boca sensacional, ou seja, uma verdadeira gostosa.

Cássia além de ser gostosa como é, sempre foi muito sacana e também sempre gostou de sair de casa vestindo minissaia, sem calcinha. Ela diz que sente tesão o tempo todo, porque dá a sensação de que todos percebem que ela está sem nada por baixo daquela mini curtinha...

Essa história que vou contar se passou quando precisei trabalhar em uma outra cidade e só voltava aos finais de semana para casa.

Como morávamos no litoral, ela ia todos os dias a praia, e normalmente nos dias de semana a praia está sempre vazia. Sempre que ela voltava da praia, tomava um banho, almoçava e dava uma saidinha para fazer compras, ver vitrines, enfim, dar umas voltas para se distrair e sempre vestia uma minissaia curtinha, salto alto, uma camiseta e sempre, sempre, sem calcinha.

Ela tem uma coleção de minissaia e a que eu mais gosto é uma minissaia branca, jeans, que realça a pele bronzeada dela.

Um dia de semana, enquanto ela dava suas voltas, vestida com essa mini branquinha, colou um camarada, novo, bonito, moreno também, e perguntou se eles já não se conheciam. Ela se assustou em princípio, mas depois reconheceu o César, que fora seu namorado quando eram adolescentes ainda. Ela confirmou que sim, que se conheciam e conversando foram tomar um sorvete. Puseram o papo em dia e ela ficou sabendo que ele estava de férias naquele mês e que também se casara.

Ele reparou na delícia que ela estava e começou a relembrar os tempos de namoro deles, os amassos que davam na praia, na escada do prédio dele, na primeira vez que ela deixou ele chupar os peitinhos dela na escada e como o papo foi ficando mais quente, lembraram também o dia em que ela tocou uma punheta pra ele, na praia, dentro dágua, até ele gozar. O papo deu o maior tesão neles dois e como não tinham nenhum compromisso, foram para um cinema perto de onde estavam e como era dia de semana, estava praticamente vazio.

Escolheram um lugar sem ninguém por perto e tão logo se apagaram as luzes, começaram a se beijar com o maior tesão. As línguas não paravam de se procurar e chupavam as bocas um do outro, subiam lambendo e chupando o pesçoco, e voltavam a se beijar. Quando ele procurou tocar seu grelinho, percebeu que não havia impecilho nenhum, pois ela estava sem calcinha e já toda molhadinha.

O dedo dele escorregou gostoso pra dentro daquela bucetinha molhada e ela mais que depressa tirou o pau dele pra fora e começou a tocar uma punheta maravilhosa pra ele, muito melhor do que aquela que havia tocado na praia.

Ele pediu para ela chupar aquele pau duro de tesão e ela não se acanhou, abaixou-se e passou a chupar e enfiar ele todinho na boca; subia e descia, enfiando tudo na boca enquanto ele fazia o mesmo com os dedos naquela bucetinha e também no cuzinho.

Os dos gemiam baixinho e quando ele anunciou que iria gozar, ela também deu sinal de que também gozaria.

Ela intensificou a chupada e a punheta que batia pra ele e quando ele começou a gozar, ela foi tomando todo o gozo dele, pois não iria perder a chance de saborear todo o leitinho do seu ex-namorado.

Quando ele terminou, era a hora dela gozar e rebolando sentada no dedo dele, suspirou fundo e chupando a boca dele com tesão, deu umas três gozadas seguidas. Quando se acalmaram, beijaram-se mais uma vez e levantaram para ir embora. A poltrona onde ela estava sentada ficou toda melada pelo caldinho que escorreu da bucetinha dela. Despediram-se já na rua e cada um seguiu sua vida. Mas a lembrança daquela tarde, ficou gravada pra sempre nos dois.

Alguns dias depois ela me contou o que se passou e fiquei com tanto tesão que fomos para o mesmo cinema e ela repetiu comigo, com a mesma minissaia branquinha, o que havia feito com ele.

Foi delicioso gozar na boquinha dela e ela no meu dedo, no cinema vazio, mas o que eu queria mesmo era chamar o César para eles se pegarem de novo, comigo assistindo ela tomando o leitinho dele e gozando gostoso com o dedo dele na bucetinha lisinha e inchada de tesão...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/02/2019 22:20:13
Muito bom.
30/01/2017 12:12:38
Uau! Q esposa! Agora fiquei louco pra ler outros contos dela! rs!
14/02/2016 22:33:40
Queremos publicar um conto seguimos todos os passos mas no memento de clicar para aceitar as condições vem como resposta pagina não encontrada
12/02/2016 21:24:16
Gostamos, aja houve lance em sala de cinema conosco
09/02/2016 18:43:28
Delicioso.. Você é um sortudo. Aproveite a putinha que tem em casa.
09/08/2015 14:08:41
Adorei

Online porn video at mobile phone


garotos novinho dançante carinhosa com um homem.conto eroticos de perigoshomens cumendo cadelasler contos eroticos menagecontos vi uma mulher cagandoloiro da cicatriz que eu amoconto erotico minha esposa e o pivetes contos eroticos sou novinha e vi meu pai fudendo com minha mae e ele tem uma tora gigante e eu provoquei ele ate ele me comer ele me deichou arrombada mas gosei muitofudeu a cunhada madura gostosa cherando droga no quarto delaContos eroticos eu e minha mulher nos espantamos com o pau do seu irmaoconto erótico meu pai abuso de mim quando eu tinha cincoanosde vestido de brusosexoVERVIDEOE.ENCOXADA.NO.ONIBUSconto erotico mae e filha nas maos do traficantedopou a mãe c. eroticoconto eroticos esposa era certinhawwwxvideos.mulhe.com.amate.mote.geitano.na.rolacasa dos contos greludashomem brincando de fazer barrulho de moto e enfia o dedo no cu da mulhermelhorescontosdeincestowww.pornodoido com festa de papai noel entregando presente.comporno jaritaca pau grande traividios sexuais de esposas namorando estranhos e maridos gostandovideos de velhos picudo fudendo bonzinho gays amadoresconto erotico kaonvideo dondoca e maridi bisexualxxvideos a panhano de verdade na praiavideos porno brasileiro família sacana meu cunhado além de me comer tira o caba co da minha filhaencoxoada nos onibus so gostosa de mini saia e calcaa agarradinhopornô grátis só contos eróticos sogra cozinhahistoria erotica conquistei a minha filha pra dar cu pelo amigo roludocontos espiano no decote da minha maegostosas de trinta e quatro anos peladas com fildental preta atolada no rabaonovinha lindas de chortinho curtinho com cachorro metendo muitocontos de mulheres cochadaxvideos fudenu ir critanto fode meu porra com amigo to meu maridosafadinha em cima da cama com hugo e cunhadocanto erotico comi miha sograconto como minha filha me fez lesbicamulheres com bundão gozando formataconto de sexo com cunhadacontos fudedor criolo de voadinhos e gaysAs Panteras pornô padrasto fode enteadqefilme pornô de mulher com vagina da vaquejada vagina é uma peixadaContos eroticos na casa da minha amigaGostosas peladas com silicone na bumda que fazen os guri bate punhetade chorte atolado boquete amador xvideos online mae engoli ou cospi fidelidade novinhas vhotando e gozandoXsvideos primo se masturba no quarto na frente da primamaconha mãe contos eróticosContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhobucetas gosmadasxxxvideo mamae chupando xoxoxtamvideos de sexo filhas gemiase pairelato erotico cheirei a calcinha gozadapornô marido broxa uma mulher dá para Oicontos eiroticos leilapornmédico explicado chupar bucetas doença transmiticonto erótico brincando pequenaconto porno menor de idade mendigo me comeuso bucetas melecadasvideo porno amor virei corno que deliciacontoeróticoguriminha prima tem um vagina peludaMeu marido viaja e eu viro putajaponesa novinha no ginecologista fica excitada no exameincesto tirando virgindade de garota de oito anos no semáforosiricutico na ganha ganha também XVídeositalianinha dormiu e pai comeu elafodendocom sobrinhosgostosaskelly tesudinha aí louca aquela fudida uuuiescravo da senala fudendo sinhazinhamagrinha quartuda pordo doidocalçinhas dentro dos reguinhos da buceta e do cucontos cnn gay novinho dopadonovinha se torce ao entrar rola gigantesca nelacontos meu genro tesudocontos de novinhas iniciada na webcontos metendo com estrutora de auto escola casadatia gostosa nova se masturbado para provocá o sóbrio