Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

A jogadora de Futsal

Um conto erótico de Ray
Categoria: Homossexual
Data: 08/07/2015 15:39:24
Nota 10.00

Bom, depois de um tempo sem escrever decidi relatar algo que aconteceu comigo. Espero que gostem, vamos láBom, me chamo Ray tenho 16 anos cabelos um pouco abaixo do ombro, lisos, sou tipo falsa magra, bumbum no lugar e seios médios.

Era um domingo, minha prima tinha jogo as 19 hrs e me chamou para ir, ela joga futsal, como eu não tinha nada melhor pra fazer resolvi ir, afinal nada melhor que sair de casa. Chegando lá fui tratando de arrumar um lugar para me sentar. Logo aos times entrarem em quadra reparei em uma menina, um pouco mais de 1,55 de altura, coxas muito grossas, corpo definido, cabelo raspado do lado, nossa ela era LINDA, fiquei babando lá. O jogo começou, ela jogava muito bem. Acabou o jogo com a vitória do time da minha prima. Quando elas estavam saindo de quadra a menina que achei linda com a minha prima: nos vemos terça no treino, você me paga por hoje. Rsrs

Depois que ela disse isso pensei comigo mesma: EU PRECISO TÁ NESSE TREINO TERÇA. Quando entramos no carro pra ela me levar pra casa tratei logo de falar:

RAY- Prima, você sempre me chamou pra ir para o treino, nessa terça quero ir.

PRIMA- Ok, 19 hrs passo na sua casa.

Quando cheguei em casa tratei de procurar a menina que vi no facebook, demorou um pouco mas achei, ela se chamava Júlia, gostei de cara do nome e adicionei, em pouco tempo ela aceitou minha solicitação. Stalkeei é claro e curti a foto recente. Gente, ela era muito linda e gostosa, meu único pensamento era: preciso pegar ela. Ruerue

A segunda passou se arrastando e a terça pior ainda. Quando deram 19 horas tratei de já estar pronta e quando minha prima buzinou fui ao seu encontro. Chegamos e minha prima foi logo falando com as amigas delas e eu fiquei meio que deslocada. Umas 19:30 ela entra pelo portão, nossa literalmente molhei naquela hora, ela estava com um short de lycra que marcava ainda mais as suas coxas, uma blusa apertadinha, e seus cabelos presos, simplesmente linda!

O treino começou, joguei umas duas partidas e depois cansei. O treino acabou e minha prima me levou pra casa. Quando eu estava em casa tratei de entrar no face, ela estava online. Deixei a vergonha de lado e decidi puxar assunto.

RAY- Ooii te vi jogando e achei que você joga muuuito bem, além de hoje, também vi domingo e você joga pacas.

JÚLIA- Obrigada, rsrs, nem jogo tanto assim, e você não joga tão ruim assim.

RAY- Perto de você não jogo nada, rs, pare de modéstia. E, além disso, você é uma gata.

JÚLIA- Porra valeu você também é uma gatinha.

RAY- Que nada, de gata aqui só você.

Ficamos nesse papo até que ela me pede o whats, claro que dei rsrs. Passamos a conversar diariamente, cada dia que se passava minha vontade de ficar com ela só aumentava. Decidi que ia falar logo o que queria afinal o máximo que ela poderia me dizer era um não kkk.

RAY- Jú preciso te falar uma coisa que já está me atormentando faz um tempo.

JÚ- pode falar guria, sou toda ouvidos.

RAY- desde o dia que te vi no jogo, naquele domingo que eu queria muito ficar contigo, mas a vergonha era maior e por isso nunca falei nada pra você.

JÚ- porra te achei gatinha também e depois disso até fiquei interessada.

Depois disso nossas conversas ficaram mais intensas, até que um dia resolvemos nos encontrar pra matar essa vontade que possuía ambas. Seria na casa dela, eu falaria pra minha mãe que dormiria na casa de uma amiga, minha mãe sempre foi de boa, chegando o dia lá fui eu com a cara e a coragem.

Chegando lá toco a campainha e ela vem me atender, estava usando já seu pijama que valorizava e muito seu corpo, depois de uns segundos em transe com aquela imagem me recuperei e voltei a mim. Ela me chamou pra entrar e lá fui eu.

Sua casa era grande, bonita, bem organizada. Fomos pra sala, ela colocou um filme, Assunto de meninas, depois de um tempo percebi o porquê dela colocar esse filme, era lésbico. Uma coisa subiu dentro de mim, uma vontade de agarrar ela e colocar toda aquela vontade de possuir ela pra fora, mas me segurei, afinal sou tímida.

Depois que acabou o filme falei que queria me deitar. (não confundam deitar com dormir). Quando chegamos ao quarto não sei o que deu em mim, mas agarrei-a e dei um beijo que começou calmo, mas aos poucos fui aumentando a velocidade, nossa, aquele sem dúvidas foi o melhor beijo da minha vida, depois disso a conduzi para a cama, eu precisava sentir ela. Coloquei-a com a maior calma, porque mesmo que só fosse uma vez, queria que fosse especial. Deitei por cima dela, queria comandar as ações naquele momento. Dei mais um beijo na sua boca e fui descendo, beijei seu pescoço, dei uma leve mordida na sua orelha que a fez arrepiar, beijei mais um pouco seu pescoço. Sua blusa ainda nos atrapalhava, então tratei de tirar. Aqueles seios lindos deram um pulo, minha boca salivou na hora, não pensei duas vezes e cai de boca, comecei devagar, beijando ao redor, beijando entre os seios, depois de um tempinho chupei com gula, ela soltou um gemido rouco, foi como se meu corpo todo incendiasse com aquele gemido. Continuei nos seus seios e desci minha mão até a sua intimidade, e nossa, como estava molhada.

Cheguei ao ouvido dela e falei:

RAY- isso tudo é pra mim meu bem?

JÚ- si-i-im. Respondeu entre gemidos.

Continuei a masturbando devagar, para ela poder sentir tudo, e também eu não tinha pressa, aliás, tínhamos a noite todinha para curtir.

Desci meus beijos até chegar à sua intimidade, seu cheiro era inebriante, pensei em torturar um pouco então fui para suas coxas, aquelas que eu tanto admirava, beijei, mordi, arranhei, fiz tudo o que tinha direito. Depois subi de novo até sua menina, dei um beijinho e depois chupei forte, se o cheiro era bom, o gosto era melhor ainda. Chupei forte e não sosseguei até a ver gozar na minha boca, limpei ela e depois beijei com todo carinho que existia em mim. Ela a ainda estava se recuperando, ficamos apenas nos carinhos, uns 10 minutos depois ela já estava totalmente recuperada, subiu em cima de mim e falou no meu ouvido: agora é minha vez gostosa.

Me arrepiei toda na hora e até dei um gemidinho baixo. Ela foi sem cerimônias, chegando aos meus seios não hesitou e começou a chupar e que boca gostosa ela tinha, sabia exatamente como me deixar louca, ela logo desceu a mão e sem aviso colocou dois dedos e começou um vai e vem frenético, não aguentei por muito tempo e gozei. Ela disse que ainda não tinha acabado então desceu sua boca até minha menina e chupou forte, eu já estava sensível e o ritmo que ela impôs foi algo alucinante. Pouco tempo depois estava eu gozando novamente.

Ela subiu e me beijou, eu estava totalmente acabada, então pouco tempo depois estava dormindo. Acordei e estava abraçada a ela, tomei café e fui pra casa.

Esse foi o início de uma aventura que continuou por um bom tempoBom meninas, foi isso espero que tenham gostado, até a próxima. Beijinhos

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/02/2016 03:40:12
Mano, eu chorei tanto no final desse filme ("Assunto de Meninas").
09/07/2015 02:23:39
Ficou bom! Tu escreve bem!
08/07/2015 23:19:58
gostei sim e muito ...




Online porn video at mobile phone


Relatos eroticos selvagempica pequenina geyfilme porno fazemdeira dando pro piao dotadoconto erotico coroa buraco na paredetraipegando a mulher do amigo xvideosvendo minha esposa se esfregar noutro macho no forro contos pornoApaixonado pelo pitboy conto gay part 18Cumi meu subhinho gay eu confessofotos da coleguinhas com muita Pegação de um tempinho antes de transarcontos cuzinho arrombado joanafotos de profesor japonesa tamno abucetacontos eróticos com foto meu bancario sarado e bem dotado torei um garotinho virgemMenina nova de causinha tolada na buçeta xsvidioporno homens com fitas adesivas na bocavovo costosa ta xipio neto sexocumando procurra a filha videoscontos eróticos com professorasvideo baixou a blusa e mamou nos seiossignifica sonhar que estou de sutiã e tanguinha dentro de casa e depois me sinto vergonhadezejo ver evangeliça casada tranzando e peladavideos porno de novinhas fodida por maquena ate chegar ao orgasmo vmulheres fudendo na obra fqtexto sogra gero fodeu sua bucera bricandoxvideos.com normalista mulatacontos fiz tesoura bem gostoso com maninha caçulacorno tomou leite corno contoscontos eróticos eu novinha fui comiida por meu paiXVídeos dona de casa traindo o marido com amante na cama dele e ele liga bem na hora para ela e ela mente falando que tá doendoGulosa xsvidioContos eróticos comi a rosquinha da mulher e da filha gostosa do padeiro na padariaGincana se gosadasIrmao come cú irma dormímdo ela gostaContos eróticos a gordinha e personal trainerQuadrinhos lactofiliacontos eróticos dermatologistas safadasbuceta fotonovela porno real o pedreiro dotadaoconto porno me depilaram todinhacarolzinha na surubaminha esposa me trocou pelo travesti contocontos eroticos meninas de vinte e seis anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhobranquela teve a bunda arronbada pelo negao a porra coreu ate o chaoasseste video de jovemde dezoito ano fumando cigarro e tranzando no pornoconto erotico comi avizinha quarentonagostaria que você mandasse primeira foto do Biel batendo punheta peladomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosbuceta pornoulhe na praia com fio dentalcontos eroticos novinha e um indioSodomizando mãe e filha contosmovimhas fazendo sexo com seus avo tirando as suas roupas vídeo pornô da raçacuzinho apertadinho rosto lindinhovelhinha80anos gozandovirgem mulher (casas dos contos de transformaçãoContos edoticos da.dk nbanho no meu filhoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaeu gosto eu gostaria de ver uma coroa perdendo a virgindadesogra convense a filha virgem perder cabaso .com seu maridoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaxisvideo patra ve empregada no quarto peladinha e fodegosto muito de praticar zoofiliaconto casada pinto itu cornoxisvido irma de toalhaConto erótic com meninas de 12 com dog contos gay Mandou eu esperar vestido de putinhaconto anal crente bundudaxvidios estorando as prega das cuzudasconto erotico abusei do viadinho de calcinhaconto erotico huntergirls71garotos tesudos chupando frentistacontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e deporno criamca. di. 7 do abuceta pormo piqitomulheres agachadas com buctao reganhadocontos eróticos de esposa meu amigo na garupa da moto delacontos eroticos minha tia mim arrumou para que meu tio tirasse o meu cabacinhocorno covarde chorãopendi pra tranza com minha tiaconto anal orfanato