Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

casada gozando no onibus de viagem

Autor: clark
Categoria: Heterossexual
Data: 28/06/2015 11:06:05
Nota 9.56

Tenho família no interior e eu eventualmente vou pra lá visita - los. Em um feriado fui de ônibus, estava eu lá na rodoviária lotada de gente feia, numa sexta feira lá pelas 23 horas para pegar o ônibus e alí em meio aquela bagunça, eu com a mochila na mão esperando a hora de entrar no ônibus e pintou uma moça esperando também, morena de cabelos encaracolados, uns vinte e poucos anos, quase um 1,70 m, uma beleza muito sensual, olhos espertos com expressão bem humorada e uma boca maravilhosa, de calça leg preta e uma blusa meio longa que cobria bem, ainda assim dava para perceber um corpo interessante, e começamos a conversar.

Aquelas conversas que normalmente rola quando se fala com alguém que não se conhece, como demora né? É, muita gente, feriado, já viu! Logo identificamos algo em comum, Indo visitar família, veio morar em são paulo há anos, pegamos aquela fila burocrática, ela na minha frente para despachar a bagagem, quando cheguei a porta do ônibus ela já estava entrando, perguntei que numero era a cadeira, comentando que a gente podia continuar a conversa, porque afinal a viagem é longa. A verdade é que eu já tinha achado ela interessante, estava prá lá de afim de evoluir aquela conversa. rs

Ela se instalou em um banco lá atrás, tinha um grupo de rapazes, um sentou do lado dela e o meu era bem na frente, longe, com uma senhora no banco do lado....aí me deu um start, aqueles segundos é agora ou nuncars, fui lá e falei para o cara do lado dela, se ele podia trocar de lugar comigo, eu não tinha conseguido comprar junto com ela, os amigos dele já falaram, ohhh meu, deixa o cara ir junto com a mulher dele, troca aí e tal e ela totalmente constrangida, sem ação, olhando para o teto como quem não acredita na situação e impressionada com minha ousadia as vezes com aquele sorrisinho querendo esconder o rosto! Rs

Realizado o primeiro passo, me acomodei do lado dela e fomos conversando, minha troca de banco rendeu assunto para mais de metro, rimos demais, especialmente porque pensaram que ela era minha mulher, por estarmos juntos. Fomos nos conhecendo, os luzes diminuindo, conversa vai, conversa vem, algumas afinidades, tudo agradável, falou no celular com o marido eu fiz o mesmo e logo eu já estava pegando nas mãos dela, sorriso pra cá e pra lá e beijamos, beijamos na boca muito, encaixou a beijo, ela reagia com muita delicadeza e gostosura, quente, aqueles beijos de quando dois bocudos se encontram e parece já se conhecer, de primeira um prazer além do comum.

Fomos nos beijando, conversando um pouquinho e beija de novo e a coisa foi se acalorando, eu beijava o pescoço dela, orelha, abraçava forte e deslizava minha boca pelo decote gostoso, respirando fundo e o clima foi ficando ardente e a cada minuto a gente evoluía e aquele tesão gostoso, com desejo intenso e gosto de novidade tomava conta de nós dois.

Noite adentro o povo já dormindo, os bancos reclinados, eu no corredor e ela a minha direita na janela, praticamente deitados juntos ainda que meio apertados no ônibus, mas confortável.

Eu tinha uma capa que servia de cobertor enquanto nos pegávamos eu percorria o corpo dela com minha mão esquerda, das coxas coberta pela calça fina e por dentro da blusa barriga e seios e isso causava sensações maravilhosas. Ela me beijava e passava as mãos no meu rosto, tocando, acariciando, algo que eu adoro, é fora do comum pra mim tocar na minha face e me lamber os labios no beijo e ela descobriu rapidamente este meu ponto fraco, fiquei em êxtase. E claro, quem faz adora receber e ficamos assim por um bom tempo, brincando com o toque, sentindo um ao outro, tocando na pele descobrindo ainda mais a sensibilidade e beijando sem parar, toquei no rosto dela que ardia de quente e fui descendo, subi blusa e toquei nos seios, sensíveis, com os biquinhos pontiagudos e fui descendo barriga afora, esse toque já deixava ela louca, toda arrepiada, com a pele quente e reações de prazerfiquei de ladinho ela abril minha calça e tirou meu pau duro pra fora, tava muito quente e latejando, pegou nele apertou e ouvi "nossa, que grosso" "como tá quente", cobri mais ou menos com a jaqueta e enquanto ela punhetava meu pau duro com a cabeça melando, falando que tava gostoso, que era quente, grosso e safado eu percorria o corpo todo dela, baixei a calça com calcinha e tudo até as coxas e deslizava minha mão do pescoço até o sexo, passando pelos seios que já comecei a mamar neles com toda vontade, quando abri um pouco as pernas e toquei, abri a bucetinha escondida, tava completamente molhada, quente, aquele liquido denso em grande quantidade, molhava os dedos e chupava os, louco de vontade chupar, mas como? Que posição? Tentei, mas mal conseguia chegar no grelo, não tinha como me enfiar de cara entre as perna dela e com medo de ser visto, até que alisando enfiando um pouquinho meu dedo, sugando os bicos dos seios e ela com boca na minha orelha gemendo baixinho disse " vou gozar" senti sua mão apertar forte meu pau, o corpo dela tremer, a buceta contrair na minha mão pôr alguns segundos e gozou! Fiquei grudadinho nela, abraçado para ela relaxar, que prazer sentir o gozo dessa forma, ainda que sem poder meter, foi maravilhoso!

Chegamos a parada, descemos, conversamos das afinidades dos toques que nos dois gostamos e como pode acontecer assim, dela gozar daquele jeito tão intenso, aquela contemplada da novidade, surpresa, prazer, tudo junto e delicioso e até emocionante!

Bom, embarcamos de novo para terminar a viagem, ainda faltavam umas 3 horas, quando entramos, eu já com intenções outras troquei de banco com ela, fiquei na janela e continuamos a viagem, eu louco para meter nela e não conseguia ter uma ideia que tornasse o ato possível ali naquele lugar, dentro do ônibus de viagem, rodeado por gente de todo jeito, famílias, homens, mulheres, crianças, velhos e tudo mais. Continuamos nossa pegação, esperamos o povo dormir, ou pelo menos parecer que estavam, agora eu na janela, de novo a capa servia de coberta e principalmente para esconder as partes que a gente deixava nua. Ela desceu minha calça jeans com todo jeitinho até o joelho, depois a cueca e ficou me bolinando, pegando, fez que ia deitar no meu colo e foi passando a boca pela minha barriga, molhando os pelos, apalpando até abocanhar a cabeça do meu pau, que além de excitado já tinha sido punhetado e ficado duro algumas horas, estava inchado e a sensibilidade era tamanha, sentia ela lambendo, deslizando a boca, depois chupando, mamando, punhetando de leve, algo impressionantemente gostoso e difícil de segurar, ai que vontade foder, gozar, mas eu não gozo fácil na boca e além disso, como né? De primeira, gozar na boca da garota? Foram longos minutos de tesão, tortura de vontade fazer e tudo mais.

Voltamos a posição deitados, ficamos de conchinha, como se tivesse dormindo, os dois ali, morrendo de calor e vontade terminar e fui tocando nela de novo, sem combinar nada, mas eu já tinha imaginado aquela posição. Passava minha boca na nuca dela e minha mão por dentro da calça naquela buceta maravilhosa, que tinha cheiro e gosto gostoso, fui alisando, invadindo um pouco mais, desci a calça dela devagar, de novo e ficamos de conchinha, meu pau esfregando na bunda dela nua, que rebolava, e posição era difícil naquele banco, mas era a única possível e assim, eu me encaixei e ela pegou no meu pau e conseguiu enfiar todo na buceta, super lubrificada e empurrando a bunda contra mim penetrei o caralho todinho nela. Não podia bombar, tinha que ser discreto, sem movimento brusco, atolei cada milimetro do meu pau na buceta dela e ela dizia baixinho, somos loucosclaro que somos, estamos fodendo, vc dando pra mim com esse tesão gostosometemos assim, fui tirando e metendo de novo, as bolas doloridas, o pau latejava, sem camisinha, fui comendo ela por um bom tempo e não gozei, fiquei o maior tempo que consegui dentro dela sentindo ele latejar e ela piscando a buceta tentando me fazer gozar sem bombar e não gozei, acredita?

Segurava forte nela, como se pudesse fazer entrar mais de mim nela e sentia um sutil movimento da bunda, do quadril largo, tentando rebolar com o meu caralho dentro que latejava implorando para encher ela de porra, mas precisava pelo menos de umas bombadas, impossíveis ali! Acho que ficamos mais de uma hora assim, meu pau duro socado sentindo o calor daquela buceta que praticamente mastigava ele, eu tirava, passava a cabeça no cuzinho provocando e enfiava ele todinho lentamente e mantinha atolado. Numa dessas ela me disse, me sinto preenchida completamente pela grossura da sua pica e os pelos tocando a minha bunda, ai to gozando, senti as contrações dela, deliciei de sentir ela ter prazer. Foi maravilhoso o prazer de meter, mesmo sem gozar.

Depois disso, vestimos e dormimos o resto da viagem juntos, ela com a cabeça no meu peito parecendo casal de verdade os dois comprometidos fodendo numa viagem que foi mais prazerosa do que podíamos imaginar.

Deixe comentários, adoro saber o que acharam. [email protected]

Comentários

06/07/2018 13:37:38
Nota 10. Quando puder, leia o meu novo conto tb. Bjs
06/07/2018 13:37:25
sensacional
01/02/2018 20:56:36
Meu lindo, gostei do seu conto. Me senti vivenciando cada cena nessa aventura dentro do ônibus. Adoro relatos detalhados e bem elaborados. Nota máxima pra ti... Venha me conhecer lendo os meus. Beijinhos adodicados.
07/10/2017 10:27:53
Relendo esta delicia, querido. Casada sozinha num ônibus em viagem noturna é mesmo um perigo. Eu que o diga, pois transei com dois numa excursão. Rs. Quando puder, me visite e leia como foi. Deixo minha nota máxima com louvor. Bjs.
29/09/2017 10:23:09
Relato delicioso dessa viagem, menino. Dentro do ônibus a noite, a libido vai mesmo às alturas. Por estar no meio de desconhecidos e longe de casa, sempre há a tentação de experimentar loucuras gostosas. Como você tão bem narrou aqui. Parabéns. Visite os meus contos. Beijos da Vanessa.
19/09/2017 09:39:27
Hummm me encheu de vontade, amor... Me imaginei eu, viajando de ônibus no lugar dessa morena e casada, igual eu. Acabei toda molhada. Rssss. Te dou nota 10 por este relato excitante. Venha me conhecer lendo o meu. Um beijo!
27/05/2017 21:38:21
Ótimo conto, excitante ao extremo. Se a viagem fosse comigo, iria gozar sim! Rssss. Gostei e dou nota 10. Te convido a ler os meus. Desde já agradeço. Bezitos.
22/10/2016 07:32:18
Delicia de conto, Clark. Nunca fiz algo assim, porém, deve ser bem excitante transar numa viagem de ônibus noturna. Lendo teu relato, deu para imaginar a sensação. Parabéns. Agradeço teu comentário no meu conto. Nota dez e beijocas.
30/09/2016 09:03:13
Cara, já passei pela sua situação, com a diferença que o ônibus estava quase vazio, então pude meter sem problemas...mas é tesão demais...parabéns! Leia meus contos depois, se puder. Abraço!
jim
31/08/2016 20:16:23
Obrigado pelos comentários. Abraços
18/12/2015 13:29:15
Tesão de relato, amigo. Nunca meti dentro de um ônibus, mas, deve ser incrível. Ainda mais com uma gata dessas que às vezes aparece. Parabéns e vai minha nota dez. Abs.
24/07/2015 09:47:48
Adorei
28/06/2015 19:44:50
Já fiz loucura em ônibus e consegui gozar na boca dela, a pedido da mesma. Delicia
28/06/2015 12:39:30
Sei como é isso ja dei umas transadas e fiquei sem gozar,mas a mina gozou gostoso,mas que é ruim é.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


XVídeos XVídeos padrasto do Sedexnovınha fudendo no motelx videos.com mulher incorporada com pomba gira transandovideos pornos mulher que fala brasileiro dando o cú e gritando fode minhas pregas até estorarporno grátis só gostasse gozando piruzaowww.contoerotico.isesto entre avo e netaXVídeos pornô mobile peitões colchones com doisxvideoscomeu por engano contos a Loba tarada no analxvidios meninos saradao esitado contos de podolatria scarpincontos dormindo com meu padrasto picudogoza corno na pungeta que vou gozar nesta rolonaminha enteada fez sexo comigo doidona de cervejaconto mulher casada fode com flanelinhas roludoso videos de xoxotas murchasinsesto com vovozinhas no porbodoidoNego en acao fudeno virje xvnovinha da barriga do umbigo fundinho lindo trepando XVídeosgts de fio dentau mostrando ha bucetinha na webitetinhacontosVideo de porno com teste de fuga lidade com tia rabo grandeporno brasileira envolvendo ninfeta no celeiro da fazendanovinha pediu que tirase da frente e enfiar atras rapidoporno mãe safada bunduda escitando o pal do filhocontos de incesto brincarcoloquei o dedão n cuzinho d minha netinha contos eroticosbucetaque tenham o monte pubiano volumosocontos eroticos irma igreja bebidoncontos eroticos 140cm de bunda esposa rabuda na dp com amigos contostentando encaixar a pica no uterosexo anal hAaaaacontos eroticos novinha e um indiocontos eroticos uma doce de cunhadamorena gostosa fica nervosa porque queria meter mas so tirou a ropa seu parceiro gozou entao ela tocou uma ciririca e gozo na cara deleobreiro da universal punhetandoContos eróticos cumendo minha mãe e irmãconto sexo "Minha Filha II"bucetaazedinhaxvideos vovo aregassa novinhofihota coxuda mete 4 tipoconto filho pirocundo dando banho na maevidios de homes levam amigos para tranzarem com as esposasconto casada novinha e comida pelo traficante pausudo a forcapai a morosa w filha adorada porno doidodoce nanda parte IV contos eroticosconto erotico casa da comadredezejo ver corpo nua de uma mulher que nuca teve sexo entrei no ônibus com meu marido quando eu percebi o cara colocou a mão por dentro da minha calça atrásirmãzinhas trazando com irmãoentre uma foda e outra minha esposa beijando acariciando seu machovideos de sexo filhas gemiase paiXVídeos só de traques arrumadinhafilha centa no colo do propio pai no sofa e mete com ele perto da propia familia video pornovarias gosadas na buceta xpornodoidox videos lavei o cu pro meu primosexotc.comO vizinho safado do 205guero um paquito con ponba gira para tranza con a minha sograxvideos empresteo minha namoradinha por dinheiroMulher fazendo ladra de condominio chupar sua bucetarubiaebeto quase mulherpornodoido transex deu pramimxividio ele trepa porcima dela a certa o cu delaquero ver vídeo de sexo com mulher transando com outras mulheres usando aquelas picas de borracha de elástico sem garfo e comCazada cao tezao pornegaoNovinho virgem+ descabaçado sem camisinha+sem lubrificação+contos gaysdoidinha pra meter com velhocontos eroticos meu padastro tirou meu cabacinho e alem de fuder minha bucetinha novinha agora ele tambem fode o cuzinho do meu irmaozinho bem novonhocontos buc branca cacete 40cm foto corno você não vinha sendo 43 o marido da mãe dela fazer o carinho XVídeos consolar elapornô doido chupando os mamilos da Dalvinhaquero ver mulher g****** gostoso monografia g****** gostoso XVídeosshinichi pegando nós seiosEu e meu namorado fizemos sexo na salacontos vi minha mae caga no pauzao do negaoMinha cunhadinha viu o tamanho do meu pau e quis experimentarFilha ta louquinha pra dar e sua mae nao quer deichar xv poenobebes crescidinhos porno gay amadorcontos eróticos treinador dominador come viado na academiaconto erotico evanjelica comida por um velhoeu quero uma mulher metendo com dedo e g****** jogado para fora piscando o c*Carol tentrowww.xvideos novinhas dando um emprevisto pra fodercorno que xupar buseta melada sccontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossa