Meu casamento com Matheus


Um conto erótico de MadMarcelo40
Categoria: Homossexual
Data: 29/05/2015 22:55:17
Nota 10.00

Meu Casamento com Matheus ( Letícia)

Amigos, mais uma vez vou contar minhas aventuras. Como a última foi contando como comi o Matheus (Nome Fictício) no dia do jogo do Brasil X Alemanha pela Copa de 2014, resolvi continuar contando as transas que tive com esse gatinho de 18 anos, ainda aprendendo tudo, mas muito safadinho e disposto a se tornar um putinho do jeito que eu gosto. Passivo e submisso.

Após o dia que ficamos a primeira vez, nossas conversas continuaram mais frequentes. Ele estava super empolgado querendo repetir tudo o que tinha feito, só que com mais tempo para poder aproveitar mais. Eu por que queria terminar de romper as preguinhas daquele cuzinho delicioso e meter meu cacete até o talo.

Aí ele deu uma idéia, de fazer um casamento e uma lua-de-mel para que a noiva perdesse totalmente o cabaço.

Gostei da idéia. Sou louco por fantasias. Comecei imediatamente a fazer os contatos. Um amigo que tem uma casa de praia foi o primeiro que lembrei. Ele também curte comer viadinhos novinhos, e usa a casa de praia para suas farrinhas particulares. O Luciano (Nome Fictício) aceitou na hora, ele também adora essas coisas de fantasias. E ainda disponibilizou o atual namoradinho pra fazer a maquiagem da “noiva”.

Fui à uma sex shop e comprei o “vestido” da noivinha. Escolhi um que era um conjuntinho um body branco rendado, com as luvinhas delicadas que deixavam os dedos à amostra, uma tiara do mesmo tecido fazendo as vezes do véu e uma liga para a perna. Atrás ele era bem cavado e com umas rendinhas que pareciam uma microssaia.

Assim que comprei tirei foto da embalagem e mandei pro Matheus. Ele adorou. Em seguida me perguntou se eu tinha arrumado a casa. Eu contei pra ele que tinha e que havia arranjado até o maquiador. E que o juiz seria o meu amigo. Ele perguntou se podia ser no próximo fds. Eu liguei pro Luciano e após o ok dele, confirmei com o Matheus.

Ele já começou a dizer aos pais que ia para uma excursão com os amigos no fds, e há foi se preparando.

No sábado de manhã eu fui buscar ele em casa. Já havíamos combinado que eu era o pai de um dos amigos e que a gente ia em meu carro. Havia combinado o nome do amigo e pra onde a gente ia, caso os pais perguntassem. Para as respostas não ficarem diferentes. Mas eles não perguntaram nada. Apenas se despediram e desejaram boa viagem.

Ele estava muito eufórico, e perguntou se tava tudo certo mesmo. Eu já havia ligado pro Luciano e ele e o namoradinho já estavam na casa.

Disse pra ele que além do vestido pro casamento, eu havia comprado uma lingerye pra ele dormir e um biquíni. Ele ficou super feliz. E queria ver. Mas estava tudo na mala do carro.

Chegamos na casa. Era o local perfeito para essas aventuras hedionistas. Ficava afastada de outras casas, tinha muros altos protegida com cerca eletrificada, tinha piscina e três quartos com suíte.

Quando descemos do carro o meu amigo já veio nos receber. Luciano é um moreno alto, 1,80, forte, Militar aposentado (teve um problema no joelho que o impediu de continuar na ativa), tem uma jeito simpático e brincalhão que deixa todo mundo à vontade. Me deu um abraço, e eu o apresentei dizendo dizendo -Luciano, esta é Letícia, que já te falei.

Ele abraçou o Matheus e deu dois bejinhos no rosto dele. – Então essa é a noiva? Parabéns Beto! Muito bonita!

Peguei as malas e fui levando pra casa. Nisso, o namoradinho de Luciano apareceu. Chama-se Armando, mas gosta que o chamem de Dinho. É moreno claro, magrinho, mas bem proporcionado. Bonito, parece uma adolescente de 17 anos, embora já tenha 21. Muito afeminado, estava usando um shortinho jeans desfiado e uma camisa rosa de tecido bem leve. Veio me encontrar e me deu um beijo no rosto. – Beto, Louco. Que babado é esse?? Fiquei fúcsia, quando Lu me contou! Cadê a menina??

Apresentei as duas e Dinho já saiu arrastando ela pelo braço. Foi mostrar a casa.

Depois de arrumar todas as coisas, conversamos. Definimos que o horário seria de três da tarde, pra poder aproveitar bastante a lua de mel. E por que ninguém mais aguentava de tesão. Almoçamos, e bebemos bastante cerveja. Eu e Luciano ficamos na piscina bebendo inclusive umas caninhas.

Ai ele falou – Cara tu arrumou uma gracinha mesmo. Todo virgem? Nossa! Não tinha esperado tanto pra passar a rola nela. Tá afim de uma suruba na lua de mel não?

- Não. Hoje só sou eu! Quero fuder aquele cuzinho até o talo. Vou me acabar hoje naquela bunda! Mas amanhã é outro dia. Posso falar com ela. Se ela topar, amigo é pra essas coisas. – e brindamos com cerveja.

Em outras festas eu já tinha comido os namoradinhos dele, inclusive o Dinho. Mas eu sabia que não podia arriscar que ele comesse o Matheus primeiro, por que ele tem uma jeba enorme. Ia arrombar a minha putinha.

Dinho levou Matheus para se arrumar. Antes de vestir o conjuntinho que comprei, Dinho ajudou o Matheus a fazer um limpeza anal com uma duchinha vaginal. Depois fez uma maquiagem super discreta ajudou ele a se vestir e o levou pra sala onde seria o casamento.

Ele entrou de sapato alto que havia trazido na bolsa. Eu nem sabia desse detalhe. Ele ficou mais alto e empinadinho. Estava excitado e o pau duro marcava o body.

O Luciano fez um monte de coisas engraçadas e a gente riu muito. Foi legal por que sabia que ele estava muito nervoso por estar vestido daquele jeito na frente de pessoas que havia praticamente acabado de conhecer. Quando ele declarou: Macho e Putinha. – Pode beijar a noiva!

Beijei ele deliciosamente e com todo o tesão da semana. Saímos e fomos para a beira da piscina bebemos mais um pouco, dançamos e nos agarramos muito. Ai ele ficava se esfregando em mim. E beijando meu pescoço. E dizia no meu ouvido: - ai papaiii!!

Vai me comer vai!!! Vai meter tudinho? Eu quero paizinho! Quero sentir o teu cacete todo no meu rabinho.

Ai não aguentei mais terminei a cerveja de um gole e disse – Pessoal os noivos vão se retirar.

Eles ficaram rindo e dizendo um monte de safadezas. E vi que Dinho já estava com a mão enfiada dentro da bermuda de Luciano.

Fomos para o quarto e já entrei beijando e apertando a bunda dele com força. Sem para de beijar caímos na cama

Eu passava a mao com força na bundinha dele, afastando a calcinha deixando o acesso ao cuzinho livre. Ele ia abrindo minha calça, empurrando pra baixo tirando minha tora dura de dentro da cueca.

Ele tirou o body ficando apenas de tiara, luvinhas a liga na coxa e sapato alto.

Deitei e mandei ele vir por cima e colocar o cu na minha cara e ele fez e se debruçou e comeu a me chupar.

Eu chupava, lamia metia os dedos. Ele chupava e eu metia rola dentro da boca dele. Ele beijava lambia.

Eu dava beijo, acariciava e dava tapas na bunda dele.

Ele pegava meu saco, esfregava a rola na cara e gemia feito uma putinha dengosa.

Ficamos um tempão assim

Ai mandei ele ficar em pe encostado na parede e abrir as pernas.

-Abre as penas pro teu macho, porra! Tu agora vai levar o que tu queria!

Meti dois dedos cheio de gel dentro do cuzinho dele. Ele deu um tranco.

Eu meti a outra mao na cara dele

-Deixa relaxado puta! Tô fazendo isso pro teu bem! Senão vai entrar no seco e vai ser pior.

Eu fiquei fudendo o rabo dele com os dois dedos e dizendo putaria no ouvido dele tirava os dedos botava mais gel e metia de novo.

Ai dei uma boa olhada. Com os saltos altos eles ficava bem empinadinho. E parecia pedir pra levar cacete.

Ai mirei bem no anelzinho, segurei os quadris com uma mão e forcei a entrada.

Ele começou gemendo e eu enfiando .

Já ia na metade e ele começou a gemer pedindo pra parar.

Eu parei um pouquinho e disse no ouvido dele – Já está a metade, agora vai o resto. Hoje eu só paro quando estiver com o saco roçando o teu cu, su safada.

- Você no telefone disse que queria tomar no cu. Pois agora vai tomar!

E fui empurrando voltava um pouquinho e enfiava mais. Voltava e enfiava. E ele já chorando pedia pra parar que estava doendo.

-É pra doer mesmo, caralho!

E meti até o talo. Fiquei com a rola parada, dando beijinhos nas costas dele. Coloquei a mão no pau dele, estava muito duro. Fiquei punhetando ele. Ele começou a rebolar devagarzinho.

- Ai papai! Eu vou gozar na sua mão! O senhor deixa papaizinho?

- Deixo meu amor. Goza vai! Depois eu vou gozar também. Sabe onde eu vou gozar? Adivinha?

- No meu cuzinho papai? O senhor vai deixar meu cu cheio de seu leitinho grosso?

Ai ele gozou. E deu umas mexidas fortes. E eu segurei pra não sair nem um milímetro de pau de dentro da bunda dele. Quando ele relaxou. Eu comecei a ir e voltar. Devagarzinho e aos poucos fui aumentado o ritmo, até ficar aquele barulhinho delicioso de carne contra carne. Ele gemia e chorava e gritava. E eu fiquei bombando até que veio o gozo com toda força.

Depois tirei o pau do cu dele e fomos deitar

Ele queria ir lavar-se, mas eu queria ver a porra saído do cu dele

Ficamos na cama nos beijando e nos acariciando um tempo até que meu pau endureceu de novo e comecei a meter nele de ladinho. Ele adorou essa posição. Fodi ele até gozar de novo e ele gozou sem nem pegar no pau.

Depois fomo tomar uma chuveirada. Deitamos fomos dormir um pouco.

Acordamos para jantar. Pelo jeito que o Dinho estava animado, devia ter fudido muito também. Depois de jantar fomos assistir tv.

Dinho veio só de camiseta e sentou no colo de Luciano. Ele estava de camisa e de sunga

Eu mandei Matheus também tirar o short que ele havia colocado e sentar no meu colo. Tirei a minha bermuda e fiquei só de cueca

Ficamos nos roçando com ele sentado de frente.

Ele ficou sarrando no meu pau e eu bati uma punheta nele. Quando ele gozou, fomo pro quarto pra ele se lavar. Luciano já estava comendo o Dinho de quatro no sofá.

No chuveiro tirei o resto da rou e levei-o pra cama. E o comi na posição de franguinho assado. Nessa posição ele adorou quando eu gozei. Disse que parece que entrou mais do que das outras vezes.

A noite ele veio de banho tomado e de lingerie. Mas eu não aguentava mais. Fomos dormir. Acordei com ele me beijando e me batendo punheta. Quando o pau endureceu ele virou de ladinho oferecendo o cu, e eu já meti. Dessa vez sem gel.

Comi muito ele antes de irmos tomar o café da manhã.

Foi assim que passamos nossa noite de lua de mel.

Mas o domingo ainda reservava surpresas. Depois eu conto mais.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/06/2015 11:37:52
Muito bom!
30/05/2015 08:53:09
Muito bom!
30/05/2015 00:20:46
Muito bom
30/05/2015 00:11:20
adorei...esse.matheus.e.um.fofo.eu.quero.ver.muitos.relatos.teus.e.dele...espero.que.tu.tenhas.levado.ele.a.serio...se.puder.esclarecer.como.ea.relação.de.vcs.agradeceria

Online porn video at mobile phone


conto erotico fudendo fudendo uma velha feia e fedidaviva.video.mijonasvidiopono tia bota pra chupamenina lavando roupa bem gostozinha pozisao gostozacache:8yqS6YPkl0gJ:zdorovsreda.ru/texto/201411845 novińhas xvideo gozando sem fazer parulhoeu nunca eu tinha fundido o cu virgem da minha esposa eu fundendo sua buceta ela gozo ela ficou de quatro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo eu meti minha língua no seu cu virgem ela ficou excitada ela disse pra mim eu quero dar meu cu virgem pra você conto eróticovidios de porno da ply boicontos eroticos a amiga da minha irma rabudavideos de sexo racatadotio pega sobrinho debrusos pelado e enrabacazal de namorados a faser sexovedeos gay amigo. bater pulheta para amigoconto de estrupo em família rasgou meu cuDei O Cuzinho Pros Angolanos Contos Eróticosxxxvideospornor gay com dotados gozando gostozoConto picante com vizinho velhoxevedeos vizinha gostosa de biquíni na piscina vedeos caseroxxvideo asadeltawww.sexo.conto.erotico.meu.padrasto.e.bigdotado.Meu cão ralf me comeu contoconto erotico esposa traida se vinga e da seu cu virgem pra dotadovizinha maranhense me seduzindo de camizolinhacontos de podolatria chuléContos eróticos esposa e SograContos eroticosPerdendo as pregas bem novinhaConto de incesto de ferias com meu pai na prai de nudismoassistir filmes pornô super excitastes bunda boa nad pidinasicvidiopornocontos eiroticos leilaporncontos bdsm escrava 24/7como aprendi a gostar de rola grande contos eroticosemteada faz sexo com padastro quando a mae sai pras compras xviduosxvidio izaque comendo novinhaxvideos mulher dormindo de shortinho com a barguia abertacontos a.freira viu meu pauminha vizinha puta contovídeo sexomoleque aquilesbicas transam e rebolam na boca da aparceira ate ela chupar o grelo e gozarestudante novinha chegou da escola e foi surpreendida por um tarado q comeu a bucetinha dela virgem fudeu até sangrar e gosou dentro da bucetanovinha shortinho finos pegando no pau do namoradohomens gays a mamar na piroca vavada de leitenegona sendo arrombado por negao tonato video porno grátisvovo sonda a neta no banheiro e fode sua buceta a forca sem ela querer pornoeu quero ver vide de filhos comedo abuceda da mãd tomidocontos meu genro me comeu a forcaconto erotico de casado o perigo mora ao ladoConto erótico troninhocontos eroticos anal ensinando a pilotar motomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1contos erotico cheirando as calcinha da crenteContos eroticos elacareca peladacontos eroticos comeram a empregada.domesticahomem goando muito na buca do viado mundo bichaatriz porno loira com o dente encavaladovideos de bucetas intaladas na rola grossabucetaazedinhaVr vidios porno no xvidios do teste de fudelidadeCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardoContos de casadas sendo estrupadas no morro baile funksexo conto de cunhado comendo a cunhada a força fodendo estrupando ler contos.Xsvideos patroa levando surra de cinta nuairma bucerudasxvdio dar mulher resem casada quise fuder com seu marido so que ele nao de conta do recodo e ela dexou ele dormindo fudeu com outroela tentou não da a bunda. mas ele botuo tudinho devgarinhonovinha dando pauzudi com cazelinacoroa de beibidol seduzindo o genro na casa dela brasileirasxvideo irma delicia centa no colo do irmao e ñ aguenta o tesaokomem tocab puetadildo descomunnal xvideoinstalar música no musio só linguadinha na ppk da novinha