Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Divida é divida e sou um ótimo cobrador

Um conto erótico de Carioca LINDO
Categoria: Heterossexual
Data: 16/10/2014 18:10:52
Nota 10.00

Meu nome é Luciano. Tenho 26 anos e sou do Rio de Janeiro. Sou pardo, tenho 1,87 metros e peso 89quilos, cabelo curto e Olhos verdes tenho boa pegada. Não sou nenhum modelo nem saradão, mas adoro um sexo e acredito que faço muito bem. Li alguns contos e resolvi escrever o meu próprio.

Fazia mais de 4 meses que eu me comunicava apenas virtualmente com a Rebecca (nome factício), depois de tê-la conhecido em na rede social badoo. Ela sempre tinha uma desculpinha para não encontrar pessoalmente; mas ao mesmo tempo se mostrava super interessada. Mas resolvi insistir pois morávamos praticamente no mesmo bairro.

Mesmo só virtualmente, nos falávamos no whatsapp e ela sempre me mandava fotos dela. Uma bela morena tipo jambo, 1,68 metros uns 70 quilos, cabelo grande, boca bem delineada, pernas torneadas, seios grandes e apetitosos, bumbum interessante e um rosto lindo.

Um certo dia a Rebecca precisou verificar a situação de um veículo e me pediu para olhar para ela visto que eu trabalho num órgão do Governo. Dai eu brinquei… vou cobrar. Ela não levando muito a sério, disse eu pago. Dai resolvi brincar de testá-la dizendo eu não disse como vou cobrar. Ela com um ar de safada, disse, eu pago.

Nisto olhei as informações para ela e pronto.

Na semana seguinte, era uma terça-feira. Cheguei em casa (moro sozinho), estava num puto tesão. Vendo tv e mexendo no celular. Quando a Rebecca me chama no whatsapp. Dai eu disse eu brinquei em sala de aula e mexendo no celular, que feio. Ela disse que não tenho aula hoje. E na sequencia perguntando porquê que eu sumi e que ela estava com saudades.

Dai resolvi fazer um “charminho”, falei, sumi mesmo. Você ficou me devendo e não pagou.

Rebecca: Vou pagar.

Luciano: Quero receber hoje.

Rebecca: Mas hoje, vamos marcar outro dia.

Luciano: Não. Se não pagar hoje, pode excluir meu número.

Rebecca: Tá bom, mas preciso me arrumar. Me encontra daqui uma hora, perto da igreja católica.

Luciano: combinado.

Rebecca: Mas qual vai ser o pagamento?

Luciano: Na hora você saberá. Mas não esquenta não é nada que você não possa pagar.

Rebecca: Olha olha ein.

Cheguei ao local marcado e nada de Rebecca. De repente ela me aparece com um vestido de florzinha, bem levinho, de paninho mole. Lindo leve e solto.

Só de vê-la meu cacete já cresceu dentro da minha bermuda, ainda mais que eu propositalmente fui sem cueca.

Desci do carro e fui ao encontro dela, dei-lhe um beijo no rosto e um abraço bem gostoso. E disse, vamos? Ela meio sem graça entrou no carro.

Levei-a numa sorveteria, numa avenida movimentada aqui em RJ– Augusto Vasconcelos. Tomamos um sorvete e conversamos um pouco. E a Rebecca o tempo todo me perguntando qual é o pagamento.

Terminamos o sorvete entramos no carro meio sem rumo. Quando fui em direção à uma pracinha aqui perto. Parei o carro perto de uma árvore bem escurinho.

Quando parei o carro ela continuou me perguntando, virei e calei ela com um beijo. Fiquei fazendo um carinho na nuca dela enquanto eu dava beijinhos no ouvidinho dela. Senti a respiração ofegante dela. E meu cacete cada vez mais duro.

Nisto comecei a empolgar e fui deslisando minhas mãos pelas pernas dela, passei pelo vestidinho e senti o formato da calcinha dela. Hummmm uma micro tanguinha. Meu pau foi nas alturas.

Rebecca tentando me parar – disse: pára. Agora você tem que me falar qual o pagamento.

Fiquei meio puto e envolvido pelo tesão disse: você vai chupar meu pau.

Rebecca: você tá doido.

Luciano: Não. Você vai chupar agora.

Rebecca: Não. Não vou.

Peguei ela pelo cabelo firme e disse, puxei forte e disse vai chupar agora sua puta.

Rebecca desconcertada, disse, calma calma.

Nisto puxei o ziper da minha bermuda e o cacete pulou pra fora.

Rebecca: para, para. Quero ir embora.

Luciano: só uma chupada e vou embora.

Rebecca: não vou fazer isso.

Luciano: Então, vamos ficar aqui. Ou se quiser pode sair do carro. Vai ficar neste lugar deserto?

Rebecca: oh só uma chupada e vamos embora.

Luciano: Olha como meu cacete ta durinho pra você.

Rebecca cai de boca e começa a mamar levemente a cabeça do meu pau.

Meu pau é bem grosso e rosado, tamanho standart. Seguro a nuca dela e começo a socar meu cacete na boca dela. E ela tentando sair.

Nisto levo a mão por baixo do vestido dela. E começo a acariciar a bucetinha dela.

Ela vira a mão e tanta me fazer parar.

Soco mais o pau na boca dela e digo, chupa sua puta, vai…

Sinto que a bucetinha dela tá molhadinha e vou enfiando o dedinho. Ela louca começa a mamar mais gostoso e sem pressão.

Solto a mão da cabeça dela e ela continua mamando.

Vou puxando a calcinha dela, ate conseguir tirar. E ela vira com o bumbum pra cima. Termino de tirar a calcinha, e fico com dois dedinhos, um na bucetinha e o outro no cuzinho.

Dai faço ela passar para o banco de trás e ela vai sem reclamar.

Vou logo levantando o vestidinho dela e admirando a bucetinha. Lisinha, parece que depilou para mim.

Começo a lamber os grandes lábios e levemente vou penetrando minha língua. Dai começo a abrir mais com as mãos e fico brincando com o clitóris. Ela só gemendo baixinho.

Dai começo a pegar no peito dela e ficar acariciando os biquinhos.

Concomitante, vou lambendo a buceta e tocando os seios.

Rebecca tão louca de tesão começa a pedir, me fode. Me fode.

Pego uma camisinha e coloco no meu cacete. Ela já vem louca sentando no meu pau. Rebolando loucamente.

Encaixo meu pau sem dó e soco tudo na buceta da minha vadia.

Começo a joga-la pra cima, fazendo um pula pula no meu pau. Ela louca gemendo e gritando de tanto prazer.

Chego no ouvido dela e digo, quero fuder minha puta de 4.

Ela levanta e empina o rabo pra mim. Meu pau até latejando começo a socar, socar, socar até encostar as bolas.

Começo a puxar o cabelo dela e chama-la de vadia, de puta. Ela responde sou mesmo, sua vadia, sua putinha.

Vou dando uns tapas na bunda dela e socando cada vez mais meu pau.

Até que a vadia goza, goza gostoso e chega a chorar de tanto prazer.

Fico tão frenético que começo a gozar, mas tento interromper. Quero lambuzar minha com meu leitinho.

Então ela já não aguentando mais me pede para parar.

Eu digo, vai me chupar mais. E ela senta, tira minha camisinha e começa a chupar mais. Vou socando na boca dela, pressão pressão pressão.

Meu pau começa a latejar e começo a gozar gostoso na boca dela, tiro da boca dela e lambuzo a cara dela e soco novamente na boca. Vou socando mais e gozando….. a putinha engolindo tudo.

Nos abraços um pouco e deixamos a respiração voltar ao normal.

Rebecca: tá pago né.

Luciano: A primeira parcela sim. Te procuro para receber as próximas.

Até o próximo.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/10/2014 13:38:11
Muito bom, parabéns
17/10/2014 03:06:41
A muito obrigado Viuvinha seus contos tbm são excitantes demaiS, adoraria trocar e-mails com você e whatsap. Também. Acho que tanto EU como você temos paixão em comum. O sexo anal. Beijocas no canto do sorriso!
16/10/2014 19:53:02
Delicia de conto. Parabéns




Online porn video at mobile phone


gostosa grava todos que fuderão ela entregador mais outroscasadoscontos casal adora negros comedor de cu c/fotos reaisengolimos rebolando de fio dentalliloca faz ananl pa ter akele rabocaldo de buceta sujacontos eroticos/dedo no cu da sobrinha de seis anps no onibusbrutamontes caio parte 14 pornoarmei muito bem armado e conseguir comer minha esposa junto com outro macho pauzudoPornos traição consendida 2018Alfaiate fica impressionada com tamanho do pau do negãoempreggadas tesudas escitando patrao no youtubecontos incesto mae gtstavinhomg casa dos contosver mulhe chutando bocetareginapau gigate na bundaxvidio.comfoto de mule mo penuacao nuaXVídeos XVídeos padrasto do Sedexainnn amor sexoconto comi minha eguacunhas de mini saia safadasuma piroca cabecuda e cheia de veia me arrancou sangue do meu cu contos eroticotoinha jovem linda siririca xvideosmeninas sendo encoxadas no onibus lotado/casadoscontosquadrinho etotico segudaohomem leva uma mulher a loucura de tanto ecitalacontos eroticos encoxando casadasmulherquerum amorcutucou a menininha sem penetrartravesti de bunda grande mas gostosa do recife ponodoidoconto casada chantageada pelo senhoriogosada dentro da buceta de surpresa.sexo em famíliarebolando e tirando a caixinha sem lactose rebolando sensualconto erotico assaltoporno meti na minha irma com forca e fiz ela pular e gemersexo tio seu pau e muito grande nao vai caber na minha bucetinha naoxvidio japonesinha Semedo abusada e no banheirobovinha levou varada forçaqero v omes mostrdo apica dura e grosa cabeça grade rolau preto e branco e vermelhocontos verdadeiros:sou uma advogada madura e fui errabada pelo meu caseiro"Pq minha xota arde depois que eu fodo até o talo?"vizinha tenho 18c.m. te cerve pornocontos eroticos caçagosto de tomar leite de homemA casa do tarado menina da 12 familha a sutada xvideogayspornograficomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1quero baixar pornô novinha chamando o pai de mensagem massagemafeminado mulherzinha co cabelos grandes dando o cu gostoosometessao pai e filhaa xaninha da verinhavovô taradaporsexosas munheres transando no banheiro tomando banho com a bucertar meladinhar o que fazser vi um porno sou casada . Eu pequei o que fazserxvideosdificil pra vc luka chule contoconto sexo cu por gustaxvideos gay bang bang na cinelândiaDedando.a.casada.dormindo xvideopornoXVídeos pornô padrasto comendo enteada ela me procurou e eu não resisti vídeo brasileirocontos esfolei o anus da mamae bebadachantagiou a mãe para fuder nelax vidio pinto arregassano bucetacomendo o cu da enteada ela nao cobttraipegando a mulher do amigo xvideosvideos porno marido viciado em comer a fezes da esposaXVídeos pastora mulher numa aposta de sinucaconto erotico puteirocoletania de pinto torto pra baixo gozandonovinha perdendo a virgindade para soltinhogay bebezão putãoum homem totlmente nucontoerticos gay nao aguentei o tamanho da picafamilias nua praia de nusdemoswwwxvideo,porno grates a mulher e emcaixada na frentes do maridovídeo pornô me deitar na cama de menininha para arrancar a casquinha delebrazileira pedi comi minha buceta i meu cu i gosa decontos erotcos gay se vesti de mulher pro seu machoAte o primo do corno ja me fudeu