Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Divida é divida e sou um ótimo cobrador

Um conto erótico de Carioca LINDO
Categoria: Heterossexual
Data: 16/10/2014 18:10:52
Nota 10.00

Meu nome é Luciano. Tenho 26 anos e sou do Rio de Janeiro. Sou pardo, tenho 1,87 metros e peso 89quilos, cabelo curto e Olhos verdes tenho boa pegada. Não sou nenhum modelo nem saradão, mas adoro um sexo e acredito que faço muito bem. Li alguns contos e resolvi escrever o meu próprio.

Fazia mais de 4 meses que eu me comunicava apenas virtualmente com a Rebecca (nome factício), depois de tê-la conhecido em na rede social badoo. Ela sempre tinha uma desculpinha para não encontrar pessoalmente; mas ao mesmo tempo se mostrava super interessada. Mas resolvi insistir pois morávamos praticamente no mesmo bairro.

Mesmo só virtualmente, nos falávamos no whatsapp e ela sempre me mandava fotos dela. Uma bela morena tipo jambo, 1,68 metros uns 70 quilos, cabelo grande, boca bem delineada, pernas torneadas, seios grandes e apetitosos, bumbum interessante e um rosto lindo.

Um certo dia a Rebecca precisou verificar a situação de um veículo e me pediu para olhar para ela visto que eu trabalho num órgão do Governo. Dai eu brinquei… vou cobrar. Ela não levando muito a sério, disse eu pago. Dai resolvi brincar de testá-la dizendo eu não disse como vou cobrar. Ela com um ar de safada, disse, eu pago.

Nisto olhei as informações para ela e pronto.

Na semana seguinte, era uma terça-feira. Cheguei em casa (moro sozinho), estava num puto tesão. Vendo tv e mexendo no celular. Quando a Rebecca me chama no whatsapp. Dai eu disse eu brinquei em sala de aula e mexendo no celular, que feio. Ela disse que não tenho aula hoje. E na sequencia perguntando porquê que eu sumi e que ela estava com saudades.

Dai resolvi fazer um “charminho”, falei, sumi mesmo. Você ficou me devendo e não pagou.

Rebecca: Vou pagar.

Luciano: Quero receber hoje.

Rebecca: Mas hoje, vamos marcar outro dia.

Luciano: Não. Se não pagar hoje, pode excluir meu número.

Rebecca: Tá bom, mas preciso me arrumar. Me encontra daqui uma hora, perto da igreja católica.

Luciano: combinado.

Rebecca: Mas qual vai ser o pagamento?

Luciano: Na hora você saberá. Mas não esquenta não é nada que você não possa pagar.

Rebecca: Olha olha ein.

Cheguei ao local marcado e nada de Rebecca. De repente ela me aparece com um vestido de florzinha, bem levinho, de paninho mole. Lindo leve e solto.

Só de vê-la meu cacete já cresceu dentro da minha bermuda, ainda mais que eu propositalmente fui sem cueca.

Desci do carro e fui ao encontro dela, dei-lhe um beijo no rosto e um abraço bem gostoso. E disse, vamos? Ela meio sem graça entrou no carro.

Levei-a numa sorveteria, numa avenida movimentada aqui em RJ– Augusto Vasconcelos. Tomamos um sorvete e conversamos um pouco. E a Rebecca o tempo todo me perguntando qual é o pagamento.

Terminamos o sorvete entramos no carro meio sem rumo. Quando fui em direção à uma pracinha aqui perto. Parei o carro perto de uma árvore bem escurinho.

Quando parei o carro ela continuou me perguntando, virei e calei ela com um beijo. Fiquei fazendo um carinho na nuca dela enquanto eu dava beijinhos no ouvidinho dela. Senti a respiração ofegante dela. E meu cacete cada vez mais duro.

Nisto comecei a empolgar e fui deslisando minhas mãos pelas pernas dela, passei pelo vestidinho e senti o formato da calcinha dela. Hummmm uma micro tanguinha. Meu pau foi nas alturas.

Rebecca tentando me parar – disse: pára. Agora você tem que me falar qual o pagamento.

Fiquei meio puto e envolvido pelo tesão disse: você vai chupar meu pau.

Rebecca: você tá doido.

Luciano: Não. Você vai chupar agora.

Rebecca: Não. Não vou.

Peguei ela pelo cabelo firme e disse, puxei forte e disse vai chupar agora sua puta.

Rebecca desconcertada, disse, calma calma.

Nisto puxei o ziper da minha bermuda e o cacete pulou pra fora.

Rebecca: para, para. Quero ir embora.

Luciano: só uma chupada e vou embora.

Rebecca: não vou fazer isso.

Luciano: Então, vamos ficar aqui. Ou se quiser pode sair do carro. Vai ficar neste lugar deserto?

Rebecca: oh só uma chupada e vamos embora.

Luciano: Olha como meu cacete ta durinho pra você.

Rebecca cai de boca e começa a mamar levemente a cabeça do meu pau.

Meu pau é bem grosso e rosado, tamanho standart. Seguro a nuca dela e começo a socar meu cacete na boca dela. E ela tentando sair.

Nisto levo a mão por baixo do vestido dela. E começo a acariciar a bucetinha dela.

Ela vira a mão e tanta me fazer parar.

Soco mais o pau na boca dela e digo, chupa sua puta, vai…

Sinto que a bucetinha dela tá molhadinha e vou enfiando o dedinho. Ela louca começa a mamar mais gostoso e sem pressão.

Solto a mão da cabeça dela e ela continua mamando.

Vou puxando a calcinha dela, ate conseguir tirar. E ela vira com o bumbum pra cima. Termino de tirar a calcinha, e fico com dois dedinhos, um na bucetinha e o outro no cuzinho.

Dai faço ela passar para o banco de trás e ela vai sem reclamar.

Vou logo levantando o vestidinho dela e admirando a bucetinha. Lisinha, parece que depilou para mim.

Começo a lamber os grandes lábios e levemente vou penetrando minha língua. Dai começo a abrir mais com as mãos e fico brincando com o clitóris. Ela só gemendo baixinho.

Dai começo a pegar no peito dela e ficar acariciando os biquinhos.

Concomitante, vou lambendo a buceta e tocando os seios.

Rebecca tão louca de tesão começa a pedir, me fode. Me fode.

Pego uma camisinha e coloco no meu cacete. Ela já vem louca sentando no meu pau. Rebolando loucamente.

Encaixo meu pau sem dó e soco tudo na buceta da minha vadia.

Começo a joga-la pra cima, fazendo um pula pula no meu pau. Ela louca gemendo e gritando de tanto prazer.

Chego no ouvido dela e digo, quero fuder minha puta de 4.

Ela levanta e empina o rabo pra mim. Meu pau até latejando começo a socar, socar, socar até encostar as bolas.

Começo a puxar o cabelo dela e chama-la de vadia, de puta. Ela responde sou mesmo, sua vadia, sua putinha.

Vou dando uns tapas na bunda dela e socando cada vez mais meu pau.

Até que a vadia goza, goza gostoso e chega a chorar de tanto prazer.

Fico tão frenético que começo a gozar, mas tento interromper. Quero lambuzar minha com meu leitinho.

Então ela já não aguentando mais me pede para parar.

Eu digo, vai me chupar mais. E ela senta, tira minha camisinha e começa a chupar mais. Vou socando na boca dela, pressão pressão pressão.

Meu pau começa a latejar e começo a gozar gostoso na boca dela, tiro da boca dela e lambuzo a cara dela e soco novamente na boca. Vou socando mais e gozando….. a putinha engolindo tudo.

Nos abraços um pouco e deixamos a respiração voltar ao normal.

Rebecca: tá pago né.

Luciano: A primeira parcela sim. Te procuro para receber as próximas.

Até o próximo.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/10/2014 13:38:11
Muito bom, parabéns
17/10/2014 03:06:41
A muito obrigado Viuvinha seus contos tbm são excitantes demaiS, adoraria trocar e-mails com você e whatsap. Também. Acho que tanto EU como você temos paixão em comum. O sexo anal. Beijocas no canto do sorriso!
16/10/2014 19:53:02
Delicia de conto. Parabéns




Online porn video at mobile phone


Vidios porno mae dilinho cuconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadoporno mexeu quadril na piroca do magrelopapai penetrou a minha buçetinha virgem e sem pelinhosvidio de porno tia acordado subrinho pra da pra ele de ladinhoConto.erótico cunhada junteivou contar como viciei minha cadelinha video comi sua buceta e seu cu acachorra avisioVamp19-O Doce Das Suas Veias-24 . CASA DOS CONTOScomo dói porra mas o hetero aguentou a pirocada no cucontos cnn gay novinho dopadoencoxada na gostosa d xortii xvideosDiscar mãe e filha transando e gemendo de prazerpono conta erotica de estrupando o tio geyas coroa que fumo um maço de cigarro pornôxvideos de puta arrolbadapoxou a calcinha da gostosa fudeu com o dedo xvidionovinhas grupalweb cam xvideosO Riquinho e o Favelado conto gayflime porno mulher pegar homen no fraga nus furtapornoxvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundocoroa casada chupano o garotao dotado e leva moita porra na bocaum fingidor me chupou o pau do filhocrente safada contosminha namorada deu o cuzinho no jogo da verdade ou desafiomulher fode a amiga a força amarra ela na cama sem elaquere porno doudoTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticosonabulo entrou no quarto da prima e gosou tentro da bucetinafada do sexomulher deu o cu que choroa tranza maiz gostozaconto erótico- flerte com filhinhoquero ver a morena sexo gostosa batendo p****** com pau do homem roxinho e g****** pela b*****A casa do tarado menina da 12 familha a sutada xvideoas panteras filmes porno a cordano minha intiadacasa dor contos erotica corno manso fingi dormirvideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiavibrador conto erotico ukerxvideo ela esguichou porra quando cumi o seu cufazendo sexo com vendedora de Danonevídeo pornô mulher que faz a outra gozar e da Paz e líquido saindovadia casada dano d quatro q bagunca todo cabelo safada xvideosVamp19 O doce nas suas veias - (Capitulo 8) | zdorovsreda.rulesbica transando com a amiga ate ela vira o zoinhomoleque nao sabe fazer.comtihamenina com raiva a rola nao emdurecedei junto com a minha esposa conto erótico bissexualcontos eroticos feminizaçao do garotinho maeBaixar.100fotos.de.Evangelicas.shortinho.curto!contos eróticos de homens que gostam que suas esposas transem com outrosconfissões íntimas de sexo proibidos e gostosos e deliciososporno filme grande que demore😉😉conros o encanador pauzudo encheu minha mulher de porralevei minha esposa num glory hole conto realmulher gravida barriguda lava a xoxota e o cu pra fudelesbica num romancd pornôdoidoconto cumenndo o cu da sogra afosafotos de vestidos colados que acentue a bundamulhers com roupas detigrinhasgosadasconto bundao hiper carnudorapariga lanterna cima da cama e comendo ela estrupando as mulheres que eu quero verConto erotico um rapaz de 18 ano gay se apachona por um hmem de 26 ano que hetero sodado Mais carentes enrabadas por filhocache:LX1yfsMaqggJ:zdorovsreda.ru/texto/201504548 contos eroicos cachorra chupa paud homemContos Eróticos De. Fui Ajudar A Dona Veraxividio ela fica xorando quando da o cuhistórias de filhas deixando seu pai depilar suas bucetasvidros prno insetos fodendo mae emprensadarenascendo no incesto parte3Camisinha atrapalha a tirar a virgindadequero ver só só novinha batendo s******* tristinha XVídeoso pai passa a mao na bucetinha da filha e fode com geitinhovideo cazeiro novinha levando pica do painho em baixo da cobertaconto erótico gay com o Batorémulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidoandando bem devagarinho E aproveitando que minha irmã está pelad bota pau no cu dela YouTubecantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgemmulher topada de sorriso e droga dormindo e os homens transando com ela várias pornô caseiro homem com pênis bem grande transando com elapornocontoincestospadrasto brinca de fazer cosega na enteada e come elamãe tentando resistir as artimanhas do filho pornoconto erotico huntergirls71descabaçada pelo primo relatagozando no cu do netinho gay contos eroticoabuçetacasadaconhado se aproveitando da conhada porrexexo qosano cgozanu nu cu da feirenseagarei minha sogra afosa ela fez cu doce e comi elaContos eroticos sapatao machaoporno contos menininhas da crecheasisti filme de porno de graca e sem se escreververtrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponovideos d mulhetes magra trazando com homem picudo falado protugeiscadê aquelas gostosas de fio dental roxinhoConto erotico fazendeira gostosa da pro caseiro