Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Casada e completamente puta!

Um conto erótico de Giselle
Categoria: Grupal
Data: 02/10/2014 07:24:06
Última revisão: 12/11/2014 19:46:58
Nota 9.11

Meu nome é Monique, tenho 24 anos e resolvi contar como me transformei em uma mulher casada completamente safada e insaciável.

Sou loira, seios volumosos, coxas grossas e uma bunda super empinada que deixa os homens tarados.

Faz dois anos que sou casada com Daniel que tem 30 anos, moreno com um corpo bem cuidado.

Ele é construtor e conhecemo-nos em uma loja de materiais de construção onde eu trabalhava desde os 19 anos como caixa.

No começo não simpatizei com ele, achando que era apenas mais um sujeito que tinha um pouco de grana e depois de dar uns passeios iria querer me levar para o motel e tirar meu cabaço.

Apesar do tesão que sentia, pois vivia batendo siririca praticamente quase todos os dias antes de dormir achava que permanecer virgem seria uma maneira de tentar arrumar um casamento com um homem que pudesse me proporcionar uma vida melhor, pois sempre fui muito pobre.

Papai era pedreiro e mamãe sempre trabalhara como empregada domestica.

Daniel devagar foi me conquistando e não demorou pra que confiasse plenamente nele.

Quando comentei que queria casar virgem ele foi todo carinhoso e disse que iria “tentar” respeitar minha vontade.

Daniel além de me ajudar a pagar a faculdade também me deu cartão de credito pra usar nos meus gastos, principalmente porque sempre me levava em festas e reuniões e precisava estar bem vestida. Não demorou pra que percebesse que Daniel adorava desfilar comigo e me apresentasse para todos como namorada e sua futura esposa. O que achei mais incrível em suas atitudes é que me incentivava a comprar roupas bem sensuais, pra quando nós fossemos em alguma balada ou festinha de amigos.

Ele demonstrava não se importar e até gostava quando meus vestidinhos eram justíssimos e bem curtos.

Rapidamente soube que Daniel tinha muito mais dinheiro que imaginava além de ser filho único.

Seu pai tinha muitas propriedades na região e já estava passando quase todo o controle dos negócios para o meu querido futuro marido. Devagar fui deixando que nossas caricias se tornassem bem mais ousadas e logo fazia ele gozar gostoso na minha boca. E ensinei-o rapidinho a chupar meu grelinho saliente e super sensível. Bastava lamber e sugar gostoso que me proporcionava orgasmos incríveis.

Essas safadezas deliciosas não aconteciam com a freqüência que eu desejava, mas achava que era pelo motivo dele trabalhar muito. Até insinuei que se quisesse deixava tirar o cabacinho da minha bundinha, pois quando ele me chupava sempre enfiava os dedos no meu cuzinho, mas meu futuro marido dizia que queria esperar pra fazer tudo depois de nos casarmos.

Meu sonho se realizou e Daniel se casou comigo e passei a ter uma vida de rainha.

Depois de uma lua de mel em Paris fomos morar em uma chácara fantástica com uma mansão enorme com piscina pertinho da cidade. Esse lugar fazia parte de um projeto grandioso que Daniel tinha lançado...um condomínio de chácaras de luxo. Logo aquele empreendimento deu certo como meu marido imaginou. Tudo foi vendido rapidamente e ganhou muito mais dinheiro.

Daniel era perfeito pra os negócios, mas como macho logo vi que era bem fraquinho porque depois que casada meu tesão aumentou ainda mais.

Ele tinha um pinto pequeno perto dos que via nos filmes pornôs que assistia quase todo dia na minha sala de TV.

Foi através dos filmes que aprendi um jeito de fazer meu maridinho ficar de pau duro com mais rapidez, pois antes ele gozava rápido demais e me deixava na saudade.

Percebi que em alguns filmes rolava fio-terra e dava pra notar perfeitamente que alguns homens gostavam daquela brincadeirinha sacana e resolvi que ia testar isso com meu maridinho.

E teve um dia que depois de voltarmos de uma reunião onde tomamos uns copos a mais de vinho logo começamos a transar. Como sempre Daniel gozou rapidinho e apos um rápido banho voltamos pra cama e quando ele imaginou que ia dormir comecei a brincar com o pinto dele na boca e dando umas lambidas entre o saco e o cuzinho. Foi então que com o meu dedo bem molhadinho de saliva fui enfiando no seu cuzinho. Ele até tentou reclamar, mas logo seu pintinho ficou duro como aço e rebolou todo tarado. Aproveitei e me sentei no seu pinto duro e cavalguei deliciosamente até gozar gostoso. Coloquei minha mão pra trás e ficava brincando com o saco e dando umas cutucadas profundas no seu cuzinho cheio de tesão. Quando ele gozou dando um gritinho de prazer senti meu dedo sendo mordido pelo anelzinho do cuzinho do meu maridinho safado.

Depois dessa vez ele viciou no meu dedinho e logo enfiava até 3 dedos no seu cuzinho tesudo.

Bastavam algumas dedadas para que o pintinho do meu maridinho safado ficasse durinho na hora.

Quando completamos 2 anos de casados fomos passar uma semana no nordeste e voltei totalmente bronzeada e naquele fim de semana fomos convidados para a inauguração de uma boate que prometia ser a nova sensação da cidade. Minhas marquinhas de biquínis eram bem pequenas e meu marido disse que era pra eu ir bem bonita e gostosa...queria que sua esposa fosse a mais maravilhosa da festa.

Já que ele “mandou” resolvi arrasar...loira...toda bronzeada...estava me sentindo mais gostosa ainda e comprei um vestidinho preto todo sexy. A frente era quase discreta, mas as costas eram quase toda de fora...uma boa parte do meu bumbum empinado mostrava a marquinha do biquíni fio dental. Logicamente não iria usar calcinha. O perigo era que o vestido seria preso apenas por uma correntinha que segurava ele nos ombros e se aquela correntinha rompesse ficaria completamente nua no salão.

Quando mostrei o vestido pra ele até achei que ia dizer que era muito ousado e dissesse pra não usar mas não foi isso que aconteceu.

Ele adorou e comentou que devia comprar mais vestidos assim porque tinha ficado linda e maravilhosa.

Minha vida era perfeita.

Um marido rico que me dava tudo que queria e deixava me mostrar toda gostosa deixando as outras mulheres roxas de inveja.

Como a inauguração da boate seria no outro dia resolvi ficar em casa descansando da viagem e como estava um pouco quente naquela noite fiquei na sala de TV completamente nua assistindo meus filmes pornôs como sempre.

Meu maridinho tinha saído pra resolver uns assuntos e quando voltou me pegou brincando com minha bucetinha depilada. Adorava brincar com meu grelinho. Na TV rolava um filme com um ator negro com pau enorme com uma atriz loira que se parecia muito comigo de corpo, até marcas de biquíni a putinha tinha iguais as minhas e então Daniel se sentou a meu lado no sofá e brincou dizendo:

-Monique...quase me assustei...olhei pra vc deitada com esse rabo pra cima...com essas marquinhas de biquíni...e a loira do filme...bem parecida...pensei...será que minha linda esposa virou atriz pornô?

Toda safada já fui pegando no seu pinto por cima da bermuda e disse:

-nossa...meu maridinho não tem dó da sua esposinha...ja pensou se fosse eu no lugar dela...olha o tamanho do pau do negão...é muito grande e grosso...ia arregaçar minha bucetinha apertadinha...só o pintinho do meu maridinho entrou nela...até hoje! Que marido malvado que tenho!

Abri a bermuda e cai de boca no seu pintinho que já estava completamente duro e ele então disse:

-acho que não é malvadeza não...sua safada...do jeito que vc tem tesão...é perigoso vc rebolar que nem louca enterrada naquele pauzão...vc é muito tarada...Monique!

Na hora me deu um estalo e resolvi atiçar aquela brincadeira ainda mais e tirando sua bermuda sentei em seu colo e sem enfiar o pinto dentro da minha bucetinha pra que não gozasse disse toda sensual:

-será...que meu maridinho...gostaria de ver sua esposinha tarada...assim...igual no filme...com um macho pauzudo...comendo a bucetinha dela sem dó...que marido malvado...nossa!

Ele então demorou um pouquinho mas disse todo tarado:

-bem...isso...eu não sei...mas...acho...que vc...é muito linda...e tem tesão demais! Vc é muito tarada!

-mas...vc não respondeu...o que perguntei...fala pra mim...vc gostaria de ver...eu dando gostoso...pra outro macho com uma pica bem grande e grossa...seu safado!

-eu...eu...acho que...não sei...porque vc tá falando isso agora...eu só brinquei...mas...vc quer dar pra outro homem...Monique?

-se meu maridinho quiser...eu dou! Sou uma esposa obediente...se meu maridinho pedir...dou...e vou gozar muito gostoso...fala pra mim...vc quer?

-eu...eu...não sei...vamos deixar...pra falar disso depois! Eu...vou pegar uma cerveja na geladeira!

Ele saiu sem a bermuda com o pintinho duro e depois do que aconteceu durante aquela conversa tive a certeza absoluta que meu maridinho gostaria de me ver dando pra outro macho. Só de imaginar que isso poderia acontecer...peguei meu grelinho duro e bastou dar umas esfregadas e gozei deliciosamente.

Depois de alguns instantes meu maridinho voltou com latas de cerveja na mão e toda safada sorri pra ele dizendo:

-vem...deita aqui no sofá...seu safado tarado...vou fazer vc gozar gostoso...vc merece!

Ele se deitou e comecei a chupar o safado...e em instantes dedava seu cuzinho...ele rebolava como um louco nos meus dedos e em segundos gozou intensamente.

Fomos tomar um banho e saímos pra jantar normalmente e não tocamos mais no assunto. Eu iria fazer isso acontecer quando fosse conveniente.

Apesar de ter sido mulher de um só homem até aquela data sabia que em matéria de safadeza e sacanagem eu seria PHD com facilidade. Senti que isso estava gravado no meu DNA. Meus olhos e ouvidos estavam sempre atentos quando o assunto era sexo e prazer.

A inauguração da boate estava bombando, tinha muita gente e quase não se conseguia andar pelos corredores. Meu vestido realmente chamava a atenção, minha bunda com o começo do reguinho à mostra deixava os homens todos excitados, pois dava pra ver que não usava calcinha. Os bicos dos meus seios pareciam querer furar o vestido. Como meu marido não gostava muito de dançar ficou no mezanino de onde tinha uma visão privilegiada de quase tudo que acontecia no salão. Fui dançar, mas antes aproveitei pra tomar uns drinks pra ficar mais “soltinha”. Do jeito que estava vestida me sentindo quase nua o tesão tomava conta do meu corpo e ali na pista de dança rebolava sem pudor, e de vez em quando tinha algum rapaz me encoxando forte. Sempre olhava pra onde meu maridinho estava e dava tiauzinho e ele sorria todo condescendente.

Depois de uma meia hr dançando resolvi ficar um pouquinho com meu maridinho e logo que cheguei já fui dizendo toda safada:

-nossa...Daniel...vc não acredita o tanto que fui encoxada e nas passadas de mão que levei na pista...que bando de tarados...e o culpado é vc...deixar eu vir com esse vestido...e o pior é que estou toda molhada...passa mão na minha bucetinha...pra vc ver!

Peguei a mão dele e enfiei-a entre minhas coxas...e ele então sorriu dizendo:

-sua tarada...não sou culpado de nada...vc que é muito safada...fica deixando os machos se esfregarem nesse rabo maravilhoso...pensa que não percebi...sua safadinha?

Fiz ele pegar mais uns drinks e bem safada disse:

-meu maridinho...to adorando ter vindo assim...quase nua nessa festa...to com tanto tesão hj...acho que bebi um pouquinho a mais...se algum macho me agarrar e me levar pra algum lugar...é perigoso eu não resistir...acho bom vc cuidar da sua esposinha!

Toda safada esfregava minha bunda em seu pintinho duro e ele sorria sem dizer nada e então sai dizendo bem sensual:

-vou dançar...mais um pouco...tem vários machos esperando sua esposa pra encoxá-la bem gostoso!

Não demorou pra que aparecesse um rapaz bem forte que ficou dançando comigo e bem safado esfregava seu pau duro em mim. Ao ver que meu maridinho não tirava os olhos de mim eu sorria pra ele e deixava o cara me agarrar de todo jeito. Aproveitei e dei varias pegadas em seu pauzão e o rapaz até me beijou varias vezes no pescoço e dava umas apalpadas nos meus seios. Depois de algum tempo me desvencilhei do cara e fui ver meu maridinho novamente e logo que cheguei ao seu lado peguei no seu pinto e adorei notar que continuava completamente duro. Isso me deu a certeza que ele estava gostando muito de assistir sua esposa gostosa se esfregar inteira em outro macho. Ele certamente queria e desejava ser corno e então toda safada disse:

-que marido safado...vc nem foi salvar sua esposinha...do cara la embaixo...ele quase me comeu...e vc nem se importou...ele enfiou os dedos na minha buceta...queria me levar pro estacionamento e me comer...ele tinha um pauzão bem grande! Foi difícil...mas consegui escapar do tarado!

Meu maridinho então enfiou a mão entre as minhas coxas e todo tarado disse:

-vc tá ensopada sua putinha...vc estava adorando...só não deu por que não quis...agora vamos embora que vc me deixou muito tarado com essas suas safadezas...sua putinha safada!

Saímos da boate e ao chegamos em casa ele caiu de boca na minha buceta ensopada e me fez gozar em segundos e toda sensual comecei a brincar com seu pau entre meus lábios e toda safada enterrei uns dedos em seu cuzinho e também não demorou quase nada pra que ele gozasse loucamente enchendo minha boca de porra quente.

Ficamos ali deitados nos recuperando daquele gozo rápido mas muito intenso e então disse:

-Daniel...adorei essa loucura que fizemos...quero fazer de novo...mas...da próxima vez...quero mais!

-é...foi...muito bom...pensei que talvez não fosse legal...mas...também gostei...mas...o que minha esposa maluca...quer dizer com...querer mais?

-querido...vamos deixar de frescura...somos adultos...sei que vc tá louco de vontade de me ver dando pra outro homem...e vou te confessar uma coisa...depois da nossa conversa daquele dia percebi que também quero...deu-me um tesão louco ficar me esfregando em outro macho...e meu maridinho assistindo...nossa que tesão...meu querido!

-bem...eu...eu...ta bem...é verdade...vc é uma mulher linda...e muito tarada...eu gostaria ver vc dando pra outro homem...com um pau bem grande...queria ver vc gozar...assim...eu confesso!

-ahhh...querido...então vamos fazer acontecer...logo...que marido mais fantástico e mais safado eu tenho...querer que a esposinha putinha goze gostoso com outro macho...que delicia...vou fazer do jeito que vc quiser...vou dar...bem gostoso!

Durante o banho as brincadeiras e insinuações cheias de safadezas continuaram e logo depois talvez por causa da bebida dormimos rapidamente.

No começo da semana chegou um novo casal de caseiros para trabalhar em nossa chácara. Os antigos tiveram que ir embora por motivos de doença.

Ele se chamava Pedro e tinha 38 anos. Era um mulato muito forte. Tinha 1.90 m. e parecia um lutador de boxe peso pesado. Junto com ele veio Nina uma meia-irmã de 30 anos, 1.70 m. morena de cabelos compridos com um corpo muito bonito e um bundão enorme.

Gostei dos novos caseiros que iriam trabalhar conosco na chácara, os anteriores eram bem mais velhos e estes poderiam ajudar bem mais.

E logo aconteceu uma coisa que fez com que ficássemos muito contentes com o nosso novo caseiro.

Depois de 2 dias que ele começou a trabalhar em nossa chácara quando estávamos chegando á noite fomos surpreendidos por dois rapazes armados com revolver e faca que tinham vindo assaltar o lugar. Eles nos pegaram quando paramos o carro na entrada do portão. Ficamos apavorados, os ladrões queriam dinheiro e jóias e eram bem violentos. Fiquei apavorada e com muito medo. Meu marido levou uns tapas e o coitadinho tremia como vara verde. Quando descemos do carro na garagem da casa com os ladrões nosso caseiro Pedro surgiu como um raio derrubando o que estava com a arma com um soco e em seguida pegou o que estava com a faca e encheu o cara de porrada. O que estava com a arma se levantou todo grogue e apanhou que nem cachorro.

Logo em seguida a policia foi chamada e os bandidos foram presos.

Meu marido e eu agradecemos muito a Pedro que nos salvou daqueles sujeitos, pois eram muito perigosos e já tinham feito isso varias vezes e a policia já estava atrás dos safados há um bom tempo.

Pedro tinha sido segurança de bailes durante um tempo e sabia como lidar com esse tipo de situação.

O calor chegou adiantado e queria aproveitar o calor pra manter meu bronzeado em dia para a próxima “festinha na boate” que aconteceria na na semana seguinte e então pedi que Pedro limpasse a piscina que iria usá-la.

Como sempre fazia quando estava em casa colocava vestidinhos curtos e normalmente sem calcinha. O que nunca dispensava era meus tamanquinhos de salto. Adorava me olhar no espelho e ver minha bunda toda empinada.

Meu marido saiu de manhã e resolvi dar uma olhada na limpeza que Pedro fazia na piscina e quando cheguei perto tive uma surpresa legal. O meu caseiro estava só com uma sunga branca bem justa e não tinha como não notar um volume enorme entre suas coxas. Aquele mulato tinha um corpo perfeito. Peito largo, braços fortes e umas pernas grossas e logo vi que também tinha um sorriso bem safado pois quando meu viu chegando disse:

-sinto muito patroa...mas ainda vai demorar uma meia hora pra terminar de limpar...não achei que a Sra. viesse tão cedo...se bronzear!

-ainda não...só vim dar uma olhada...meu maridinho saiu cedo demais hj...tinha que resolver umas coisas...vi que vc já estava aqui...mas to vendo que já esta quase limpa né?

-sim...mas quero deixar bem limpinha mesmo...tava cheia de bichinhos, folhas e terra trazida pelo vento...a patroa tem uma pele branquinha...deve ser muito sensível!

-to vendo que além de me salvar dos bandidos...também se preocupa com minha pele é? To vendo que foi ótimo vc vir trabalhar aqui com a gente! Alias...foi bom te encontrar agora...depois do que aconteceu nem deu tempo de conversar direito com vc...se vc não tivesse aqui...nem sei o que aqueles safados iriam aprontar...o delegado disse ao meu marido que eles já tinham até estuprado uma mulher no outro assalto que tinham feito!

-é verdade D. Monique...a ficha deles era pesada...ja tinham feito barbaridades...eles roubavam e estupravam as pessoas...tanto mulheres quanto homens...não tinham dó de ninguém...mas vão passar muito tempo em cana...dessa vez!

-nossa...que medo...que passei...o que estava com a faca me deu uma cutucada com a ponta da faca no meu bumbum...quase me furou...ja faz 3 dias e hj quando olhei no espelho ainda tem uma manchinha roxa...ainda bem que aquele dia eu estava com uma calça jeans...senão!

-é...a Sra...é muito branquinha...qualquer batida fica manchada...mas também quando fica bronzeada fica muito lindo...loira com marquinha de biquíni...deixa qualquer homem feliz!

Percebi que meu caseiro era bem malandro e instintivamente resolvi brincar dizendo:

-é...eu adoro deixar marcas...bem pequenas...meu maridinho gosta muito...mas vamos combinar uma coisa Pedro...não me chama de Sra. por favor...socorro...assim vc me faz sentir uma velhinha! Pode me chamar de qualquer coisa...menos assim!

Ele não tirava os olhos das minhas coxas...o vestido curto ajudava a deixá-las a mostra e toda safada deixei o meu óculos de sol cair no chão e sem me preocupar me inclinei pra pega-lo e minha bunda apareceu quase por completo e então ele disse:

-bem...se a patroa tá mandando...não chamo nunca mais...juro...alias se tem uma coisa que a patroa não parece ser mesmo é ser uma Sra...parece uma modelo...uma atriz de cinema...de TV...super linda!

-Humm...agora gostei...desse jeito não vou deixar nunca mais vc ir embora daqui...além de me salvar de ser estuprada...fica me elogiando assim...vou ficar mal acostumada...acho que vou mandar meu marido aumentar o seu salário!

Foi incrível notar que o volume na sunga começou a aumentar...que loucura era aquilo.

-é...seria bom...mas será que o patrão não vai achar ruim ficar dizendo que a patroa é linda e maravilhosa?

Toda safada sorri e disse:

-não se preocupe...quem manda nessa casa...sou eu...o patrão paga as contas...pode dizer todos os elogios que vc quiser...eu deixo...depois que me salvou...vc tem credito ilimitado...até algum elogio mais safadinho...eu deixo! Agora vou colocar um biquíni, pra daqui a pouco vir queimar meu bumbum!

Quando olhei pra trás vi que o safado estava dando uma ajeitada naquele pauzão que tinha entre as pernas...e foi incrível levar a mão na minha bucetinha e encontrá-la completamente úmida.

Quando depois de meia-hora voltei não encontrei meu caseiro e após nadar um pouco passei o bronzeador me deitei na cadeira de bruços e fiquei tomando sol até a hora do almoço.

Meu marido ligou dizendo que não viria almoçar em casa, pois tinha assuntos de trabalho pra resolver e então pedi pra Nina a irmã do caseiro servir o almoço. Ela cozinhava muito bem e enquanto almocei ficou me fazendo companhia.

Nina era uma mulher bem alegre e agradável e logo começamos a conversar e trocar confidencias.

-mas...me fala Nina...vc sempre viveu com seu irmão...nunca se casou?

-sim...fiquei casada uns 2 anos...mas o sujeito era muito vagabundo...muito folgado...não ia sustentar malandro...e além disso não era homem do jeito que eu gosto...gosto de macho de verdade!

-é verdade...mas e seu irmão...também foi casado?

-RSS. Varias vezes...Pedrão não vale nada...é um safado tarado...as mulheres não agüentam a safadeza dele...o negão pega todas as putas que aparece...e tem um monte de vadias atrás dele.

-é...mas...realmente ele é um homem que chama a atenção das mulheres...forte e bonitão...da pra entender porque as mulheres ficam querendo pegar ele. Mas vc também é uma morena muito bonita...só que vc é bem mais clara que teu irmão...vcs são irmãos por parte de pai ou mãe?

-por parte de pai...minha mãe era bem branca...tipo a patroa...mas ai já viu...nosso pai era negão e porra de negão é forte...ainda bem que nasci com cabelo liso.

-RSS. É...Nina mas seu corpo é perfeito...cintura fina e bundão...os homens adoram isso!

-Isso é verdade...mas eu vi a patroa de biquíni e seu corpo é assim também...tem um rabão enorme...o patrão teve sorte, a Sra. é muito linda! Alias o patrão deve ter problema com os gaviões de plantão!

-Nina...já falei pro teu irmão e vou falar pra vc também...não me chame de Sra. pelo amor de Deus...me chame pelo nome ou de patroa...mas esquece o Sra. por favor!

-tá bom Dona Monique...vou tentar não esquecer! Prometo!

-isso...mas voltando ao assunto...meu maridinho é muito bonzinho...ele não é ciumento...alias ele adora que eu me vista bem sexy...gosta de me ver toda gostosa!

-que bom...é tão bom a gente sair vestida do jeito que a gente quer e gosta sem ter que dar satisfação!

-verdade Nina...vou te contar um segredo...vc sabe que quase nem uso mais calcinha. Adoro sair sem elas...me sinto tão livre.

-é...realmente é gostoso...ja fiz isso quando fui a algum baile...só de safadeza. RSS. Mas pensei uma coisa agora D. Monique...no dia do assalto teria sido mais fácil pros bandidos estuprarem a patroa!

-é...nem gosto de me lembrar...mas ainda bem que teu irmão estava aqui...alias...foi ótimo vcs terem vindo trabalhar aqui...agora tenho um homem forte pra me proteger e uma mulher linda pra fazer comidinha gostosa...espero que fiquemos juntos bastante tempo!

-Tomara que sim...o lugar aqui é ótimo...casa boa pra morar...o salário também.

-deixa te falar uma coisa Nina...to vendo que vc tá usando umas roupas bem sérias pra trabalhar...se quiser pode usar shortinhos...mini-saias...blusinhas...afinal tá calor...pode ficar bem à vontade...sem problemas...tá bem querida? E se quiser pode usar a piscina também!

-que bom...patroa...com certeza vou seguir seu conselho...só não vou ficar sem calcinha...vai que quando for limpar o chão a xoxotinha aparece todinha...e alguém vê! E to precisando comprar um biquíni novo...os meus estão bem velhos...quero igual ao da patroa que vi de hj de manhã...super lindo!

-bem...se a xoxotinha aparecer...com o patrão não tem problemas Nina...na verdade...ele não dá conta nem de mim. Agora vou colocar um vestidinho branco pra realçar meu bronze e dar umas voltas no shopping...fazer umas comprinhas.

Fui até o quarto e fiz o que tinha falado...um vestidinho branco curtinho com uma sandália de salto e quando estava saindo Nina me viu e comentou sorrindo:

-a patroa...está super bonita...vestida assim...vai ser muito paquerada...vai receber cantada até dizer chega...tadinho do patrão...vai ter tanto macho querendo transformar ele em corninho.

-Nina...o objetivo é esse...adoro provocar os homens...e ainda mais que meu maridinho gosta que eu saia assim...toda sexy...aproveito mesmo!

-é...a patroa é que tá certa...o que é bonito tem que se mostrar...mas D. Monique...se olhar bem dá pra perceber que por baixo desse vestido...a patroa esta sem calcinha.

Toda safada levantei o vestido e dando uma voltinha me mostrei por inteira dizendo toda safada:

-Nina...faz que conta que a marquinha da tanguinha é a calcinha...sua boba...não quero nem saber...hj to muito safadinha.

Ela caiu em risos dizendo:

-bem...to vendo que a patroa é bem louquinha...cuidado hein...qualquer dia algum tarado te pega!

-Nina...até que seria bom...desde que fosse bonito e com um pau bem grande e grosso.

Peguei o carro fui almoçar no shopping e aproveitei pra fazer umas compras...e como tinha uma liquidação em uma grande loja de departamentos resolvi comprar algumas roupas pra dar de presente para o nosso caseiro herói e também para a irmã.

Voltei pra casa à tardezinha e quando cheguei o nosso “caseiro” veio me receber no portão da chácara e me acompanhou até a garagem de casa e então brinquei dizendo:

-desse jeito estou parecendo uma atriz de Hollywood...segurança me acompanhando até na porta de casa...vou ficar mal acostumada. Mas já que vc está ai...ajude-me com as sacolas...comprei um monte de coisas hj...aproveitei uma liquidação!

Ele ficou na porta do carro e sorrindo disse:

-mulheres bonitas...não devem ficar sem segurança de jeito nenhum...e ainda mais a minha linda patroa!

-e vc é muito malandro...com sua conversinha cheia de elogios. Mas tudo bem! Comprei presentes pra vc e pra tua irmã...mas só vou dar amanhã...tenho que separar.

Foi então que toda safada me inclinei pra pegar umas sacolas no chão do carro do lado do passageiro e como meu vestidinho era bem curto...logicamente minha bunda ficou toda de fora e depois que peguei só de sacanagem ao entregá-las pra ele deixei duas sacolas caírem no chão e toda safada coloquei as pernas completamente abertas pra fora do carro e disse:

-desculpa...Pedro...mas loira é assim mesmo...estabanada...não faz nada direito.

Em poucos segundos mostrei minha bunda e agora mostrava minha bucetinha sem pudor e ele todo safado ajoelhado pegando as sacolas disse:

-é um prazer...ajudar uma loira...tão estabanada quanto a minha patroa...se quiser pode derrubar quantas sacolas quiser...prometo que não vou reclamar de jeito nenhum!

Fingindo um pouco de recato brinquei dizendo:

-pode se levantar daí seu safado...só porque estou sem calcinha não é pra ficar olhando minha bucetinha...leva as sacolas e deixa na sala!

Ele se levantou e vi que tinha uma barraca armada na bermuda que usava e com seu sorriso malandro disse:

-sinto muito...minha patroa...mas...só se fosse cego pra não olhar...ainda mais assim...branquinha e toda depilada...mas tudo bem...vou fazer o que a patroa mandou...vou guardar as sacolas!

-isso...vai seu safado...diga pra sua irmã que não precisa fazer janta hj...ja comi um lanche antes de vir pra casa...agora vou tomar um banho!

Ele saiu e fez o que eu disse e foi pra sua casa.

Eu estava completamente ensopada com a sacanagem que tinha feito!

Meu marido me ligou dizendo que ia jantar com o pai e só vinha pra casa um pouco mais tarde.

Quando a sacanagem se instala na cabeça da gente parece que tudo acontece pra que as coisas aconteçam mais rápidas e foi então que quando sai do banho já estava escuro e percebi que minha cachorrinha poodle não tinha vindo brincar comigo como sempre fazia quando chegava da rua e resolvi procurá-la. Dei uma volta na casa e não a encontrei e então fui em direção a casa do nosso caseiro chamando a cachorrinha, mas quando passei pelo lado da casa escutei uns gemidos e que logo percebi que era alguém transando e intrigada fui chegando perto e pela janela entreaberta vi uma cena incrível. Nina estava de 4 na beira da cama completamente nua e atrás dela estava Pedro com um pauzão duro como aço...era muito grande e grosso com uma cabeçona brilhante e ela dizia toda tarada:

-vem...seu safado tarado...chega de chupar minha bucetinha...quero gozar nessa vara deliciosa...hj to com um tesão danado...mete...na sua irmãzinha seu tarado...arregaça minha buceta...com esse pauzão...fode sua irmãzinha puta...mete...seu safado!

Atrás dela de pé Pedro deslizava aquele colosso entre os lábios da sua buceta e todo tarado dizia:

-pede...com mais vontade sua puta...vc sabe como eu gosto...tem que implorar pela minha rola...pede!

-fode logo...seu filho da puta...faz sua puta gozar...bate na minha bunda...seu tarado...me come!

Pedro então encaixou aquela cabeçona na bucetinha morena da Nina e de uma só vez cravou até o talo...ela deu um grito de prazer e ele todo tesudo começou a meter com força com um cavalo...a bunda grande dela levava tapas sem dó e ele todo sensual dizia:

-rebola...na minha vara...vagabunda...dá gostoso...sua vadia...vou deixar essa buceta inchada...rebola vadia...dá pro teu macho...que puta gostosa...que bunda gostosa de bater...rebola...vadia!

O barulho se seu ventre na bunda grande da Nina era inebriante...era uma foda de verdade...um macho pauzudo comendo a sua própria irmã...aquilo era ainda mais excitante. Minha bucetinha estava completamente ensopada...até escorria pelas minhas coxas. Quando bolinei meu grelinho precisei morder os lábios para não gritar de tesão.

Nina deu um urro e começou a se contorcer com uma cobra com aquela vara magnífica que a penetrava como um garanhão quando cobria uma égua. Ela gozava copiosamente e logo caiu na cama prostrada. E ele então todo safado com o pau duro como aço se sentou ao seu lado e disse:

-gozou gostosa né vadia...essa buceta tava mais tesuda hj...é uma delicia comer minha irmãzinha vadia!

Adoro fazer vc gemer na minha rola...vc é uma puta que vale a pena ser comida!

-seu safado...tarado...mas não vai gozar não...seu cachorrão...quer gozar na minha boca?

-não...não quero gozar de novo...eu gozei durante o banho...bati uma punheta...tava com o saco até doendo de tesão!

Foi então que a conversa naquele quarto ficou muito mais interessante.

-seu cachorro...eu sei bem o motivo desse tesão...é a patroa loira né...ela te deixou todo tarado né...desde manhã na piscina né?

-é...nem tem como negar...que loira gostosa e tesuda...nossa...deve ser uma delicia meter naquela puta!

-eu sabia...que era isso...vê se não apronta nada pra atrapalhar o nosso emprego hein...do jeito que vc é tarado...é perigoso querer comer D. Monique de qualquer jeito...eu te conheço!

-pode ficar tranqüila Nina...não vou fazer nada que nos de problema...mas acho que nossa patroa é uma vadia muito safada...ela tem uma buceta branquinha e muito tesuda...deve ser uma delicia meter minha pica grossa naquela vadia...acho que o marido deve ser um corninho assumido!

-bem...que a patroa é safada...disso eu tenho certeza...ela saiu pra ir pro shopping a tarde sem calcinha...ela me mostrou...toda bronzeada...e ainda brincou comigo dizendo que a marca do biquíni era a calcinha que gostava de usar...e quando disse que saindo daquele jeito era perigoso um tarado agarrá-la...a putinha disse que se fosse bonito e com um pau grande e grosso...seria muito bom!

-é...eu sei que a puta não usa calcinha...quando ela chegou com as compras fui esperá-la no portão e quando me pediu pra pegar as sacolas...a vadia se deitou no banco e me mostrou a bunda e em seguida abriu as pernas e me mostrou a bucetinha depilada...quase agarrei a puta e meti a vara nela...por isso que bati punheta...a puta vagabunda me deixou muito tarado!

-é...ela é bem safada sim...qualquer um gostaria de comer uma putinha loira e linda como ela...quando levantou o vestido pra me mostrar que tava sem calcinha...a safada também me deixou com tesão...lembrei-me de quando tinha 20 anos e rolava uns “velcros” com umas amigas...ela é muito sexy naturalmente...e o marido não é ciumento não...e gosta que ela ande assim!

-olha só...até minha irmãzinha ta querendo pegar a patroa loira de jeito...que putinha safada!

-é...até que seria bom...maninho...gostei da patroa...ela é gente muito boa...simpática...alegre...super educada...e também muito linda...e se por acaso a putinha quiser...eu chupo ela inteirinha. Mas não fica querendo tirar sarro na minha cara...sei que vc também pegou vários viadinhos quando serviu o exercito...vc também nuca valeu nada...seu safado!

-humm...gostou dela também...né vadia...e só pra vc saber...ela disse que comprou presentes tanto pra vc como pra mim...mas que só ia dar amanhã...tinha que separar as sacolas! O que será que ela comprou pra nós?

-tenho quase certeza que deve ser roupas...seria muito bom...estou precisando mesmo. Bem já que o safado não quer gozar...vou tomar um banho e dormir...bem relaxada...gozei gostoso demais! A pica grossa do meu irmãozinho tarado foi feita para acalmar bucetas tesudas.

-é...vou dormir...com o pau duro...pensando na bucetinha branquinha da nossa patroa putinha.

-safado...tome cuidado com o marido da patroa hein...acho que o safado gosta de ser corno mas a gente nunca sabe...a reação das pessoas.

Sai de fininho pensando no que vi e principalmente no que ouvi.

Os dois eram bem safados e completamente liberais...e tive a certeza que tudo ia ser melhor do que imaginei. Quando entrei em casa encontrei minha cachorrinha poodle dormindo tranquilamente em um canto atrás do sofá. O sumiço dela tinha sido altamente proveitoso.

Entrei no banheiro de tomei um banho delicioso...deslizando o sabonete por toda minha bucetinha sedenta...o tesão tomava conta de todos os poros do meu corpo e quando meu maridinho chegou todo contente dizendo que tinha feito um excelente negocio que ia render muita grana...toda tarada já fui pegando seu rosto e enfiando entre minhas coxas dizendo:

-chupa a bucetinha da sua esposinha...meu corninho gostoso...quero gozar...depois da safadeza que assisti hj...fiquei completamente tarada...chupa minha buceta...chupa!

Rapidinho gozei me contorcendo por inteira...a imagem do caseiro metendo na irmã não saia da minha mente e logo fiz meu maridinho gozar em seguida...chupando seu pintinho e metendo 3 dedos profundamente no seu cuzinho. Ele rebolou como nunca. Era o primeiro gozo nosso depois da tentativa de assalto. E depois de bem relaxado contei praticamente tudo que tinha acontecido durante aquele dia e quando achei que precisaria gastar muita conversa pra convencê-lo que queria “brincar” com nosso caseiro pauzudo rapidamente ele concordou dizendo que alem de ser alguém que podíamos confiar plenamente, depois do todo sufoco que passamos nas mãos daqueles marginais ele tinha revisto vários valores e achava que dali pra frente deveríamos aproveitar bem mais a vida.

Meu marido então me disse que ficou sabendo pelo delegado que atendeu nossa ocorrência que depois de terem interrogado os 2 bandidos do assalto a intenção deles além de nos roubarem talvez até pudessem nos assassinar. Eles já tinham feito isso em outra cidade e só agora tinha sido descoberto. Eram viciados em todo tipo de drogas.

Foi então toda safada brinquei com meu marido dizendo:

-querido...depois do que vc tá dizendo...acho que vou ter que dar bem gostoso para o Pedrão não querer mais ir embora da nossa chácara? O problema é que dá até medo do pauzão daquele tarado...é muito grande e grosso...aquilo deve entrar rasgando na xoxota...acho que a xoxotinha da sua esposa...vai ficar mais larga...nossa...mas a irmã dele é muito puta...agüenta aquilo tudo rebolando como uma louca.

-sua putinha sem juízo...que esposa mais tarada...só pensa em safadeza! RSS. Nem dá pra acreditar que nunca deu pra outro homem até hj...sua maluca! Mas...Monique vou te falar a verdade...faz tempo que imagino ver vc metendo com outro homem...mas tem que ter um pintão...quero assistir vc gozando!

-vc disse bem...até hj eu não dei! RSS. Mas...vc sabe que isso vai acontecer rapidinho...e prometo que vc vai assistir tudo...to adorando saber que meu maridinho ta louco de vontade de ser corninho...me dá um tesão louco! E se for com o nosso caseiro...sua esposinha vai sofrer muito...naquele pauzão!

-Monique...vc tá cada dia mais putinha...mas...é como te disse...vamos aproveitar...fazer todas as loucuras que tivermos vontade...ninguém tem nada a ver com a nossa vida! É só termos cuidado com quem vamos “brincar”.

Fomos dormir mais cedo, mas antes disso fiquei pensando em como ia fazer pra que tudo acontecesse de uma maneira que nos proporcionasse muito prazer. Mas do jeito que minha mente era repleta de idéias para safadeza com certeza ia fazer isso acontecer...bem gostoso.

Meu marido saiu bem cedo pra trabalhar e logo depois de um banho demorado me deu vontade de começar o dia de uma maneira diferente e me dirigi à cozinha completamente nua só de chinelo e quando vi Nina de costas lavando copos na pia percebi que depois de nossa conversa no dia anterior sua roupa já tinha mudado! Em vez daquele vestido de senhora hj ela já tinha colocado um vestido curtinho que mostrava seu belo par de coxas morenas e então comecei a conversa brincando:

-bom dia...to vendo que minha secretária hj veio trabalhar bem mais bonita...parabéns!

-bom dia patroa...gostei de ser chamada assim: secretária! É bem mais chic!

-então...vou chamá-la assim daqui pra frente...ja que vc gostou. Me sirva o café minha querida secretária! RSS.

-pode se sentar...ja vou servi-la. Mas to vendo que minha patroa também mudou hj...veio tomar café peladinha...a patroa é bem louquinha...ontem sem calcinha...hj sem nada! Só pra saber...Pedrão pode aparecer por ai...e pegar a patroa...desse jeito!

-Nina...não se preocupe...tá tudo bem...ele não vai ver nada demais...ontem vc comentou que ele é bem safado...que já saiu com um bando de mulheres...garanto que ele não vai estranhar nada.

-é...mas...a maioria é um bando de vagabundas...nenhuma tão linda quanto à patroa. Loira...com esses seios maravilhosos e esse corpo espetacular...e com marquinhas de biquíni...o negão vai ficar de pau duro na hr...ah se vai!

-não esquenta não Nina...hj acordei diferente...relaxa querida...alias...depois do café...trouxe uns presentinhos para minha secretária...ficar mais linda. Comprei biquínis novos e umas roupas novas pra vc. Daqui a pouco vc experimenta...se não ficar legal...a gente troca!

-ahhh. D. Monique...não precisava se preocupar com isso!

-então tá bom...se não precisava então vou dar pra outra pessoa.

-não...também não precisa ser tão radical né patroa. Na verdade faz tão pouco tempo que estou trabalhando aqui...a patroa é uma pessoa muito legal...claro que vou querer...os presentes! Nem sei se mereço...tanto assim!

-ainda bem...senão...eu ia pegar uma cinta e encher essa bunda grande de cintadas. Vc nunca me viu brava hein. Mas...na verdade nem gastei tanto assim minha querida...era uma liquidação com ótimos descontos...coisas boas e baratas! E tenho certeza que vc vai fazer por merecer Nina!

-é to vendo que tenho uma patroa completamente maluca...mas to achando que ter vindo trabalhar aqui foi a melhor coisa que poderia ter acontecido. Eu não devia...mas vou contar um segredo pra minha patroa...até gosto de apanhar um pouco...gosto de levar uns tapas...de cinta ainda não apanhei...mas quem sabe...se experimentar posso até gostar.

Caímos em gargalhadas e enquanto terminava de tomar meu café passei a olhar aquela morena com segundas intenções. Ela se mostrava muito safada e ter ouvido e assistido ela com o irmão me dava certeza que ela era uma putinha muito tesuda. E como logo depois ela iria experimentar o que eu havia comprado pra ela logicamente poderia testar ainda mais até onde poderia chegar a safadeza da putinha.

Tomei o café e então disse:

-Vou te esperar no quarto...quero ver se vai ficar bom...e se vc vai gostar do que comprei...quero minha secretária...linda e gostosa!

Se tem uma coisa que mulher faz rápido é querer ver roupas novas e não demorou quase nada pra que Nina tirasse a mesa do café e aparecesse na porta do meu quarto. Eu estava deitada de bruços folheando uma revista e ela então disse:

-é...olhando a patroa assim...com esse rabo lindo com essas marquinhas garanto que o patrão quer te comer toda hr...não tem como resistir!

Sorrindo me virei e disse:

-Nina...também vou te confessar um segredo...o patrão é muito bonzinho...gosta de mim e faz tudo que eu quero...sabe ganhar dinheiro como ninguém...mas...pra acalmar meu tesão...é muito fraquinho...e o coitadinho com um pintinho pequeno...não enche minha xoxotinha! Mas...acho que vou conseguir resolver esse problema...bem rápido! Depois eu te conto...agora tira essa roupa...e vamos provar as roupas novas!

Liguei o ventilador de teto e me sentei em uma poltrona de couro que ficava ao lado do espelho e disse:

-essas sacolas ai do lado são tuas...as do teu irmão deixei lá na sala de TV...pra não misturar!

-nossa...patroa...a Sra é maluca...comprou um monte de coisas!

-Nina...vou pegar a cinta agora...só te batendo pra não esquecer mais...odeio que me chamem de Sra!

-desculpe...desculpe...por favor...se quiser...eu mesmo pego a cinta e deixo me dar uma cintada.

-tá bem...vou desculpar...só desta vez...mas já ta me devendo uma cintada...sua safadinha!

Ela ficou só de calcinha...pegou as roupas e em instantes começou a experimentar. Os vestidos ficaram perfeitos...nós tínhamos quase o mesmo corpo...meus seios eram maiores mas ela tinha uma bunda maior. Os shortinhos ficaram bem justinhos e sexy. As blusinhas também ficaram ótimas. De tudo que comprei só uma saia ficou um pouco larga e teria que ser trocada. Deixamos os biquínis por ultimo.

Eu estava completamente a vontade e coloquei uma das pernas no braço da poltrona e minha bucetinha depilada ficou toda exposta e quase sem perceber de vez em quando desliza minha mão nela...logicamente que ficar me alisando era uma coisa natural pra mim e isso fazia com que ficasse sempre excitada. Foi então que percebi que Nina passou a olhar minha bucetinha a todo instante...ela até tentava disfarçar...mas não conseguia!

Ela tirou a calcinha pra experimentar o biquíni e então reparei que ela tirava os pelos com Gilette e enquanto ela colocava o biquíni disse:

-Nina...to vendo que vc se depila com Gilette...não faça mais isso...a cada dez dias minha depiladora vem aqui...vou mandar fazer em vc...fica muito melhor...e mais lisinha! É por minha conta!

-eu ia dizer que não precisava se preocupar com isso...mas na verdade...vou adorar...gosto de ser depilada com cera...fica mais gostoso...mais sensível...mas é que...eu não podia gastar! Obrigada!

Quando ela colocou o biquíni fio dental sua bunda grande ficou maior ainda mostrando toda a exuberância daquela corpo moreno espetacular e então comentei:

-Nina...vc ficou um tesão menina...eu sabia que esses biquínis iam ficar muito bons em vc...mas to vendo que ficou muito melhor que pensei...ficou super gostosa...os homens vão babar...por vc!

-é...a patroa tem muito bom gosto...to adorando tudo...agora vou colocar o outro!

Também ficou perfeito...por ser amarelo com azul ficou mais bonito em sua pele e ela toda feliz dava voltinhas se admirando no espelho. Eu batia palmas e brincava dando gritinhos a chamando de gostosa. Depois disso ela foi tirando o biquíni bem devagar e dessa vez notei que seus olhos se fixaram entre minhas coxas e sem pudor até deixei meu dedos deslizar entre os lábios da minha xoxotinha que estava toda úmida e fiquei brincando de leve com meu grelinho...ja completamente duro.

Nina então se ajoelhou ao lado da poltrona e toda carinhosa disse:

-a patroa...é uma pessoa maravilhosa...adorei tudo que comprou pra mim...nem sei como agradecer...é tão gostoso ganhar as coisas...alias faz um bom tempo que não ganhava nada...mas...quero que saiba que pode contar comigo...para o que precisar...o que a patroa pedir...eu faço na hora!

Senti que naquele momento poderia ousar...e toda safada continuava me bolinando sem pudor e disse:

-cuidado...com que minha linda secretária está dizendo...quando se faz uma promessa assim...de joelhos...como vc está...tem que cumprir!

-quando prometo...eu cumpro...tenho certeza que a patroa não vai pedir nada...que não posso fazer...o que minha patroa linda...quer que eu faça?

Minha bucetinha ensopou de uma vez e então peguei seu rosto entre minhas mãos e toda tesuda disse:

-vc sabe...o que eu quero...faz...bem gostoso...quero gozar...na sua boca...me chupa todinha!

Em segundos ela se enfiou entre minhas coxas e caiu de boca na minha bucetinha sugando meu grelo com volúpia...suas mãos apertavam os bicos dos meus seios e então escancarei meu tesão dizendo:

-chupa...assim...putinha...que boca gostosa...me faz gozar...safada...chupa a tua patroa...sua vadia!

Ela sabia como dar prazer e logo tinha vários dedos dentro da minha buceta me levando a loucura. Meu grelo saltitava de tesão dentro daqueles lábios grossos e sedentos. Pela primeira vez eu transava com uma mulher e logo dei um grito e gozei me convulsionado por inteira. Parecia que mijava na boca daquela putinha morena. Ela me lambia inteira sugando todos meus líquidos.

Logo estávamos deitadas na cama e nos beijávamos como loucas e quando comecei a lamber seu corpo ela segurou meu rosto dizendo:

-não...hoje não...eu já gozei...só sentindo a patroa gozar na minha boca...gosto assim! Quando acontecer de novo...ai...a patroa me chupa também!

Ficamos deitadas ali quietas durante alguns minutos e então levantamos e fomos tomar um merecido e relaxante banho e com muita naturalidade continuamos a conversar.

-Nina...vou te falar uma coisa...gozei como nunca...vc sabe como fazer uma mulher gozar com a boca e com as mãos...eu via nos filmes pornôs mulheres transando umas com as outras...achava bonito mas nunca tive curiosidade...até quando vc começou a olhar minha bucetinha com tesão...ai fiquei toda molhada...mas se eu soubesse que era tão gostoso...ja tinha feito há muito tempo antes.

-bem...a patroa pode não ter feito isso antes...mas soube como deixar me deixar louca de tesão...ficar brincando com os dedos na bucetinha...mostrando esse grelinho rosado durinho...a patroa é uma safada deliciosa...eu transei com algumas mulheres...mas bucetinha tão gostosa quanto à da patroa...nunca...meus dedos pareciam que iam derreter de tão quente...por mim ficaria chupando sua xoxotinha até amanhã!

-humm...gostei de saber...disso...vou aproveitar de vc sempre...eu adorei demais...o mais incrível nessa safadeza toda é que quando meu maridinho me deu carta branca pra dar pra outro macho...acabei transando com uma mulher...a vida é muito louca e engraçada.

-bem...a patroa não vai achar ruim do que vou dizer...mas eu achava que a patroa era uma tremenda de uma galinha...que já tinha transado com um monte de machos...e que o patrão era um corno assumido!

-Nina...até hj só dei pro meu maridinho...juro...mas que ele está louco pra ser corno...isso ele tá...ja fomos a boates e deixei homens me encoxarem...passarem a mão...brincadeiras safadas...adoro sair sem calcinha e mostrar a buceta pra eles...mas...só foi isso! Agora...que meu maridinho tá doido de tesão para ver outro macho com um pau bem grande meter na esposa dele...isso ele tá...e eu estou louquinha de vontade que isso aconteça logo!

-do jeito que a patroa é linda e tarada...basta estalar os dedos que forma fila ai na porta da chácara pra fazer isso. E o pior que o primeiro da fila ia ser o meu irmão Pedrão...do jeito que ele é tarado e acha a patroa gostosa. Ele me disse que bateu punheta ontem por sua causa...também a patroa fica mostrando a buceta depilada por safado.

Já que ela tinha puxado o assunto sobre o irmão resolvi continuar a conversa de uma maneira safada.

-é...ja vi a barraca armada dele...parece ser um pauzão! RSS. Com certeza vc já viu né Nina...é grande mesmo? Será que ele toparia brincar comigo junto com meu maridinho?

-é enorme...aquilo entra rasgando na buceta...é grande e grosso!

-hummm...entra rasgando é? To vendo que minha secretária...ja sentiu...o pauzão do irmão...nem adianta negar...sua safada!.

-na verdade...eu até ia contar pra patroa...na verdade foi o safado que tirou meu cabaço quando tinha 16 anos...ja tive vários machos...mas quase sempre acabo dando pro safado...ele sabe como satisfazer uma putinha...e também gosto de pau bem grosso na minha xoxota! Ontem mesmo dei gostoso pro cachorrão...e a verdade...é que o motivo de transarmos foi a patroa...mostrou a buceta pra ele e também pra mim...ja fazia um bom tempo que eu não transava com uma mulher!

-é...to vendo que ele é bem tarado...não perdoou nem a putinha da irmã...tirou teu cabacinho então!

-D. Monique...ele adora sexo e é insaciável...e não perdoa ninguém. RSS. A patroa perguntou se ele toparia transar com a patroa junto com o patrão? Do jeito que a patroa andou deixando ele tarado...mete o pauzão na sua bucetinha sem dó! E tem mais...se teu maridinho corno bobear ele come o cuzinho dele também! Pedrão sempre diz que cuzinho de homem é muito mais gostoso que de mulher! Ontem antes de dormir conversamos bastante a respeito dos patrões. Ele acha que a patroa é uma vadia que dá a buceta pra um monte de machos e que o patrão além de ser um corno assumido também levava jeito de ser bem delicado. E comentou que tinha quase certeza que se apertasse o patrão ele virava a bundinha e dava gostoso.

-é...que safado...mas...Nina...vc sabe que acho que ele pode ter razão...sempre faço fio-terra no meu maridinho e o safado goza como louco rebolando nos meus dedos! Nunca soube que ele deu a bundinha...a não ser que fez isso quando era adolescente!

-D. Monique...é só começar a brincar...que rapidinho as coisas acontecem! A patroa sabe como fazer isso...é uma tremenda safada também!

-Nina...vc é a melhor secretária que poderia ter arrumado na minha vida...vc é perfeita...to adorando tudo...conversar...transar...e sermos amigas...agora...antes de eu ir tomar um pouco de sol...faz uma coisa que vc sabe fazer...chupa minha xoxotinha de novo sua putinha...quero gozar de novo...nessa boca gostosa...vem...sua safada...me lambe...inteirinha!

Em instantes estávamos na mesma poltrona de antes...eu adorava olhar aquela morena ajoelhada entre minhas coxas...lambendo minha xoxotinha e de vez em quando nos olhávamos e nos beijávamos...era quase um ritual...eu a segurava pelos cabelos e sussurrava dizendo toda sensual:

-assim...putinha...chupa meu grelinho...assim...ahh...agora...beija minha boca...sua puta...ahhh...chupa meus seios...ahhh...continua...assim...não para...ahh...

Era incrível poder comandar aquela mulher...meu tesão aumentava ao extremo...me sentia poderosa e percebia que ela gostava assim...e resolvi ousar um pouco mais...e continuei:

-assim...chupa meu grelo com força...sua vadia...ahhh...que delicia...olha pra mim sua putinha...que delicia olhar seus lábios molhados...da minha buceta...que rosto de vadia tarada...dá vontade de dar uns tapas nessa cara safada...ahh...chupa...puta...assim...

Quase gozei quando Nina toda tesuda me olhou nos olhos e disse sussurrando:

-bate...pode bater...na tua putinha...eu gosto...de apanhar...bate...na minha cara...sua puta tarada!

Enchi seu rosto de tapas e a puxava pelos cabelos enfiando sua cara com força entre minhas coxas. Em segundos dei um berro e gozei como uma louca...naquela boca deliciosa...só então percebi que a mão de Nina estava quase inteira dentro da minha bucetinha...faltava pouco pra entrar tudo. Tive um orgasmo múltiplo...gozei convulsivamente me contorcendo por inteira.

Depois de me acalmar um pouco puxei Nina pelos cabelos e a fiz ficar de 4 na poltrona e quando ela disse que não queria ser chupada naquele dia...dei uns tapas na bunda da safada e cai de boca na sua buceta ensopada. Em poucos segundos ela se contorceu inteira igual uma cobra e praticamente mijou na minha boca...ela ejaculava quase igual homem. Eu gozei junto com ela esfregando meu grelinho inchado! E depois de alguns minutos descansando ela se levantou e saiu dizendo que ia preparar o almoço...que se ficasse ali iria querer continuar naquela safadeza.

Foi então que brinquei com ela dizendo:

-pode ir então minha escrava sexual...tua patroa rainha tá te liberando...por enquanto!

-humm...to vendo que minha patroa tarada rapidinho tá sabendo como me tratar...eu estou adorando ser uma putinha escrava!

-é...eu sei...pode deixar...que da próxima vez...vai ser bem melhor...vou preparar a cinta...vc não disse que nunca experimentou? Pois então...vai provar...sua putinha vadia!

Ela então virou aquele bundão pra mim e disse:

-se quiser...pode começar agora...minha rainha...sua escrava está prontinha.

-agora não...sua vagabunda...quero que fique imaginando como vai ser...depois! Agora vai...vadia!

-sem problemas...a patroa tá mandando...eu vou preparar um almoço bem gostoso!

Fui tomar sol na piscina...queria deixar minhas marquinhas de biquíni bem definidas...ao longe no pomar vi o caseiro dando um trato nas arvores. E quando estava quase na hr do almoço eu estava deitada de bruços e nem tinha percebido Pedrão chegando e então escutei sua voz grave dizendo:

-a minha patroa tomando sol desse jeito tá querendo virar uma mulata...tá ficando super bronzeada!

Nem me virei de frente e toda safada disse:

-o objetivo é esse...ficar uma loira negrinha...mas vai me dizer que não estou ficando ainda mais bonita?

-com certeza...cada vez mais...e com esse tipo de biquíni fio-dental...as marquinhas ficam um tesão...e com essa bunda empinada...fica super linda!

-Realmente Pedrão...eu adoro meu corpo...mas a parte que mais gosto...é meu bumbum...quando me olho no espelho...se eu fosse homem...só iria querer me comer de 4. Alias meu maridinho...sempre gosta de pegar por trás.

Foi então que me virei de frente e o safado estava apenas com um short e apesar de não muito justo já dava pra notar o volume que se formava entre suas pernas e ele sorrindo safado deu uma ajeitada safada naquele pauzão e disse:

-Bem...qualquer macho...gostaria de pegar a patroa por trás...e ainda mais olhando a marca do biquíni branquinha...é coisa de louco!

-é...to percebendo mesmo...Pedrão...que vc tá gostando...muito...seu tarado...e to vendo que gosta de ficar mostrando essa pica enorme pras mulheres né...seu safado!

Ele deu uma apertada no pau e todo safado disse:

-patroa...seja boazinha comigo...deixa eu ver sua marquinha...agora...no sol...eu vi ontem...quando desceu do carro...mas tava um pouco escuro...mostra...por favor!

Sorrindo toda safada disse:

-tá bom...vou fazer de um jeito bem mais gostoso...mas não é pra querer me agarrar...hein!

-eu prometo...que vou tentar não fazer isso! Juro!

-bem...vc que sabe...se fizer do jeito que eu quero...não vai se arrepender...seu tarado!

Me levantei e fui ao lado da piscina onde tinha 02 chuveiros e tirei o biquíni ficando completamente nua e pegando o sabonete comecei a tomar banho...e então disse toda safada:

-acho que vc vai gostar mais assim...não é? Tomando banho...peladinha! Vc pode olhar...tudo!

Ele ficou todo excitado e disse:

-patroa...assim...vc vai me matar de tesão...que delicia...minha pica...nem consegue ficar dentro do short...nossa...que gostosa é minha patroa...que mulherão!

-Pedrão...tira o short...toma banho...comigo...no outro chuveiro...quero ver esse pau...bem duro...querendo me comer...mostra pra mim...também ... seu safado tarado!

Em segundos ele estava nu ao meu lado e aquela pica majestosa dura como aço se mostrava exuberante e toda tarada disse:

-nossa Pedrão...que pauzão...é muito grande e grosso...minha bucetinha ficou até com medo...ela só sentiu até o hj o pinto do meu maridinho...e ele tem um bem pequeno...isso deve arrombar minha bucetinha!

Todo safado ele manipulava aquele pauzão e disse todo tarado:

-a patroa...tá me gozando...vai me dizer...que nunca deu pra outro macho...numa boa...não dá pra acreditar...a patroa tem uma cara e um jeito de puta tesuda...que quer dar a buceta toda hr...mostra a bunda e a buceta...toda hr...não acredito!

-pode acreditar...Pedrão...tesão eu tenho muito...mas ainda sou virgem...de outro macho...e se vc fizer tudo direitinho do jeito que eu quero...vou perder meu cabaço de verdade...com vc...desde ontem resolvi isso! Até meu maridinho...ja aceitou ser corninho...e já sabe que vai ser com vc...seu tarado!

-eu...claro que quero...mas...como...não estou entendendo...explica direitinho!

Rapidamente expliquei o que desejava e Pedrão todo tarado concordou com tudo. Ficou combinado que no começo da noite quando meu maridinho estivesse em casa eu iria chamá-lo com a desculpa de dar as roupas que havia comprado pra ele...e assim que pintasse o clima...a gente começava a sacanagem...sem regras! E toda safada...antes de sairmos do chuveiro peguei o pau de Pedrão na mão e disse sensual:

-to louca de vontade...de sentir essa pica na minha bucetinha...doida pra ser arrombada por ela...e do jeito que ando tarada...se acontecer do jeito que imagino...quero gozar que nem louca...e quero que meu maridinho corno...assista tudo...bem de pertinho!

-pode deixar patroa...eu sei que tá querendo...prometo não decepcionar!

Voltei pra casa nua...só de chinelo e Nina estava colocando a mesa pro almoço e quando me viu entrar daquele jeito sorriu dizendo:

-hj minha rainha está impossível...resolveu ficar nua o dia inteiro é? E to vendo que ficou mais bronzeada ainda...mais linda e mais gostosa...assim desse jeito daqui a pouco vou me ajoelhar e pedir pra chupar minha patroa rainha inteirinha!

-to vendo que minha secretária é uma putinha que viciou em chupar minha buceta! Sua tarada!

Cheguei atrás dela na pia e enfiei a mão entre suas coxas, alisei a buceta e dei um apertão no bumbum dizendo toda sensual:

-acho...que minha escrava...não devia usar calcinha...tua rainha...vai gostar mais!

-pode deixar...seu desejo é uma ordem...patroa...mas...estou com as mãos ocupadas...porque minha patroa não tira...pra mim...agora!

Encostei-me atras dela, enfiei minhas mãos por baixo do vestido e devagar fui abaixando a calcinha que logo estava caída no chão e então eu disse toda sensual...beijando sua nuca:

-puta safada...agora sim...agora vamos brincar diferente...vou colocar a barra do vestido na tua boca...segura...deixa sua bunda de fora...e se inclina um pouco...sua vadia...tem uma surpresa que vc vai gostar muito!

Levantei meu pé e peguei meu chinelo e toda tarada dei duas fortes chineladas em seqüência naquela bunda grande. Ela deu um grito e toda excitada disse:

-cala a boca e empina esse rabo...sua puta...vou deixar essa bunda marcada...a marca da rainha!

Nem sei como essas idéias sexuais malucas fluíam em minha mente...mas certamente era dos filmes pornôs de todos os tipos que já tinha assistido e percebi que Nina gritava era de tesão...ela adorava ser sodomizada e sem dó enchi sua bunda de chineladas...deixando-a bem vermelha e então enfiei minha mão entre suas coxas e quando encontrei sua buceta toda ensopada disse:

-isso...assim...rebola nos meus dedos...sua vadia chupadeira de buceta...assim...gosta de apanhar né sua cadelinha...rebola mais...sua vadia...goza...vagabunda!

Ela toda tarada gemia e rebolava em meus dedos e logo deu um gemido mais alto...e ensopou minha mão de vez...a cadelinha viciada gozava deliciosamente...e então virei-a de frente e dei 2 tapas em seu rosto e disse:

-agora...pode servir o almoço da sua rainha...escrava safada...já volto!

Fui fazer xixi e aproveitei pra passar uma água gelada no corpo...e deixar minha xoxotinha um pouco calma...mas isso não estava adiantando muito...a todo instante aflorava em minha mente o tesão e a vontade de sentir prazer. Era quase inacreditável o que estava acontecendo, mas que era delicioso viver toda essa loucura...isso era!

Coloquei um vestidinho pra almoçar e Nina almoçou comigo...meu marido com suas correrias dificilmente almoçava em casa. Durante o almoço conversei com Nina a respeito do que tinha combinado com Pedrão pra logo mais a noite. Ela ficou toda excitada com o que poderia acontecer e então pedi que ela ficasse a minha disposição...talvez eu precisasse dela.

Toda safada Nina disse:

-pode deixar minha rainha...sua secretária vai ficar na cozinha...vou colocar um vestidinho...sem calcinha como a patroa mandou...e fico prontinha...se precisar de sua escrava sexual!

-com certeza...eu sei disso...e estou adorando...ninguém mandou ser revelar assim...não tem mais volta sua vadia!. Não conte ainda pro seu irmão sobre eu e vc...mas quero que vc converse com ele sobre hj à noite...diga pra ele que é pra ele ser como ele é...bem safado...não precisa ficar com frescuras...quero que meu maridinho corno faça tudo como desejo!

Depois do almoço liguei pro meu corninho e toda safada ja comecei a deixá-lo excitado dizendo que tinha tomado banho peladinha no chuveiro da piscina com nosso caseiro...e que ele tinha quase me comido com o seu pauzão enorme...eu fiquei louca de tesão pra dar...mas que tinha conseguido resistir porque queria que ele estivesse junto comigo. Também disse ao telefone que tinha outra coisa pra falar pra ele a respeito da irmã do caseiro...mas que ele iria saber o que era só a noite...durante a nossa festinha sexual!

Depois disso resolvi tirar uma soneca durante a tarde...queria estar bem disposta naquela noite e Nina fez a mesma coisa...em sua casa...até imaginei que a safada pudesse ter ido dar uma trepada com o irmão pauzudo! Mas depois eu iria perguntar a ela.

Estava quase escurecendo quando meu maridinho chegou todo alegre e logo foi tomar um banho e aproveitei pra levar uma cerveja pra ele. Nada como um pouco de bebida pra animar um pouco mais! Daniel me confessou que antes de vir pra casa já tinha tomado duas cervejas. Todo interessado o safado quis saber o que eu pretendia fazer com o nosso caseiro e então disse que não ia ter muita frescura não. Eu ia fazer Pedrão provar umas bermudas que tinha comprado pra dar de presente pra ele só pra dar um clima...mas já tinha falado que íamos transar a três...ele topou e ia ser tudo legal!

Fiz meu maridinho vestir uma cuequinha de seda que ele usava em ocasiões especiais e colocou uma camisa sem fechar os botões. Eu então coloquei uma camiseta curtinha sem calcinha...a buceta e bunda toda de fora...e então fomos pra sala de TV e então passei na cozinha e encontrei Nina e disse a ela pra chamar o irmão e ela então sorriu dizendo que ele já estava esperando na varanda. RSS.

Enquanto isso meu maridinho tomava mais uma latinha de cerveja e foi então que Pedrão apareceu todo sorridente na sala dizendo:

-Nina disse que era pra mim vir aqui...buscar meus presentes!

A sala só era iluminada pela TV pra deixar um clima mais tranqüilo.

Pedrão estava de short justo e uma camiseta justinha que realçava seus músculos. Dava pra notar que seu pau já estava quase duro mostrando um volume enorme no short e toda sorridente dei 2 beijinhos no rosto dele e ele apertou a mão do meu maridinho e então eu disse:

-Daniel...faz um favor amorzinho...pega uma cerveja para o Pedrão enquanto eu coloco um filme no DVD pra gente assistir!

Ele se levantou e em seguida liguei o DVD e começou um filme pornô cheio de orgias...rolava de tudo e então peguei uma sacola onde tinha duas bermudas de lycra daquelas bem justas. Eu sabia que aquelas peças iam mostrar tudo que Pedrão tinha entre as coxas. RSS. Ele sorriu e disse que eu era muito safada e logo em seguida meu maridinho chegou com as cervejas.

Pedrão tomou quase de um gole só e então perguntou aonde ele iria se trocar e toda safada disse:

-Pedrão só tem a luz da TV...pode vestir ai do lado do sofá...a gente promete olhar só um pouquinho...tenho certeza que vc não tem problemas quanto a isso!

Meu maridinho estava sentado do meu lado direito no sofá e Pedrão estava do meu lado esquerdo e em segundos o safado tirou o short que vestia...ele nem tinha colocado cueca...e sua pica enorme dura pulou diante de nossos olhos...pra ajudar as imagens do filme eram bem claras...e dava pra ver aquela pica enorme nitidamente.

Ele então se levantou e vestiu a bermuda...o contorno da pica parecia desenhada e então ele disse:

-eu gosto desse tipo de bermuda...gostosa de usar...o que a patroa achou? Ficou boa?

-Pedrão...ficar boa ficou...mas se vc sair na rua assim...vc vai preso...com uma arma desse calibre ai entre as pernas. Mas...tudo bem...né! Quer outra cerveja Pedrão?

Ele sorriu e disse que sim e então antes que eu pedisse Daniel se levantou e foi buscar outra cerveja! Pedrão todo safado fez que ia tirar a bermuda pra colocar outra e então eu disse:

-calma...espera o patrão...quero que ele veja bem...Pedrão...tudo bem devagar!

Daniel entregou a cerveja e se sentou bem pertinho de mim. Pedrão estava de pé quase em frente de nos e depois de tomar uns goles na latinha...colocou a lata na mesinha de centro ao lado e tirou a bermuda. Sua pica completamente dura e enorme se mostrou imponente e toda safada levei a mão entre as pernas do meu maridinho e encontrei seu pintinho totalmente duro e toda sensual disse:

-nossa...que homens tarados...Pedrão com essa pauzão duro...e meu maridinho também com o pintinho duro...acho que vou ter que dar um jeito nisso rapidinho! Fiquei de quatro no sofá e cai de boca no pinto do meu maridinho já tirando sua cueca...em segundos senti uma língua quente deslizando na minha xoxotinha molhada. Pedrão me línguava com volúpia e não demorou pro safado me dar uns tapas na bunda e toda tarada eu dizia:

-humm...assim...chupa seu safado...lambe minha buceta...aiii...seu sádico...gosta de bater na bunda das putinhas...seu negro safado...ahh... continua...ahhh...que delicia! Vou gozar nessa língua gostosa!

Não demorou quase nada pra que meu maridinho corno gozasse e enchesse minha boca de porra...eu sabia que isso ia acontecer...mas logo eu iria fazer aquele pintinho levantar de novo mas antes queria aproveitar aquele pauzão maravilhoso do Pedrão e então gemendo toda tarada disse:

-ahh...que delicia...mete essa pica...na minha bucetinha Pedrão...faz a putinha branca gozar...quero sentir um pau de macho de verdade...meu corninho tá louco de vontade de ver um pauzão comendo sua esposa putinha...vem...mete...arregaça minha buceta...seu cachorro...fode essa putinha tarada!

Ele então meteu tudo de uma vez na minha xoxotinha...gritei de dor de prazer...senti-me desvirginada pela segunda vez...e ele então todo tarado...dizia:

-humm...que buceta apertadinha...vou arrombar essa buceta...sua vagabunda...vou fazer vc viciar na pica grossa do negão...sua puta safada... rebola vadia...gostosa...dá gostoso pro teu macho...sua puta safada...vou encher essa bunda branca de tapas...rebola vagabunda!

Eu gemia e rebolava sem parar e dando um grito me convulsionei por inteira...meu corpo tremia como vara verde...gozei copiosamente...gemendo como uma puta que era!

O tesão e a safadeza tomavam conta do meu corpo e logo coloquei o pinto mole do meu maridinho na boca e comecei a chupá-lo novamente...rapidinho enfiei dois dedos no cuzinho dele e como mágica seu pintinho ficou durinho e o safado gemia rebolando em meus dedos...o safado do Pedrão percebia o que eu estava fazendo com o meu maridinho corno e todo tarado metia na minha bucetinha com vontade...ele me comia com força e profundamente...dizendo:

-chupa...o pau do corninho...sua safada...assim...rebola no pau do teu macho...que buceta quente...dá gostoso sua vadia...goza...na minha rola grossa...puta branquela safada...vadia deliciosa...goza sua puta...dá essa buceta...bem gostoso...ahhh...

Dei um grito e gozei de novo rebolando sem parar. Meu maridinho rebolava nos meus dedos enterrados em seu cuzinho...todo entregue e então Pedrão mostrou que ia comandar a safadeza e então disse todo tesudo:

-quero sentir a putinha chupando a rola do negão...senta no sofá...chupa...sua vadia!

Ele ficou de pé na minha frente e me pegando pelos cabelos passou a meter aquela pica negra enorme na minha boca...socava com vontade me fazendo engasgar e dizia:

-assim...chupa puta...safada...mostra pro maridinho corno...que vc gosta de chupar pauzão...engole sua vadia...chupa...mama na minha rola...vagabunda!

Meu maridinho sentado perto de mim me olhava admirado tentando engolir aquele mostro negro e toda safada eu brincava com seu pintinho duro entre meus dedos...não dava pra enfiar meus dedos no seu cuzinho e então Pedrão todo safado disse tesudo:

-vem...Daniel...fica...do meu lado...pra puta...chupar nós dois...vem corninho...levanta...vai ser gostoso!

Quase hipnotizado meu maridinho ficou ao lado do Pedrão e toda safada já peguei seu pintinho duro entre meus lábios e chupei com vontade e toda safada já levei a mão em sua bunda procurando seu cuzinho...mas ai percebi que ia ser diferente. Senti a mão do negão tirando a minha e percebi em segundos que os dedos enormes dele começavam a penetrar o cuzinho do meu maridinho corno. Ele nem esboçou qualquer reação...senti que suas coxas se entreabriram e em segundos ele tinha dois dedos grossos do negão safado enterrados em seu rabinho sedento...e passou a rebolar timidamente.

Voltei a chupar o pau do Pedrão...adorando aquela loucura e logo ouvi a voz tesudo do negão dizendo:

-assim...chupa o pau do teu macho...sua vagabunda...engole minha vara...que boca gostosa...ahh...que cuzinho guloso tem o corninho....rebola nos meus dedos...seu safado...rebola gostoso...eu sei que vc gosta...mostra que gosta...e muito...que cuzinho apertadinho...rebola...seu safado!

Daniel rebolava todo entregue...e logo Pedrão todo safado...me fez tirar a boca de seu pauzão e ja fazia meu maridinho pegar no seu pau com a mão...fiquei olhando aquela cena completamente extasiada...e a sedução do meu maridinho corno continuava:

-isso...assim...pega na minha rola...pega com vontade...rebola nos meus dedos...rebola...bem gostoso...sem medo...se entrega...eu sei que vc quer...sentir minha pica grossa deslizar na sua bundinha...vou tirar os dedos...e vou colocar ela...agora...pra vc rebolar...mais gostoso...

Pedrão deslizava a mão pelo corpo do meu maridinho corno e quase viado e mordia levemente seu pescoço e sua nuca...logo Daniel rebolava naquela vara enorme...sentindo-a deslizar entre suas nádegas...ele gemia todo tarado...seu pintinho duro balançava diante dos meus olhos e então Pedrão mostrou que ia fazer o que queria e disse todo sensual:

-ahh...que delicia...de bunda gostosa...tem esse viadinho...assim...rebola...assim...vc já tá pronto pra dar pra mim...fica de 4...no sofá...teu macho vai te comer...bem gostoso...vai...fica de 4...viadinho...ahhh...

Meu maridinho parecia completamente hipnotizado e fazia tudo que era ordenado e bem diante dos meus olhos Pedrão encaixou aquela cabeçona enorme e brilhante na portinha do cuzinho do meu maridinho corno e começou a enfiar com firmeza...aquela vara imensa começou a desaparecer dentro da bundinha e quando Daniel começou a gritar não tinha mais volta.

Pedrão foi enfiando até o talo...meu maridinho gritava e até tentou fugir mas era inútil e Pedro então todo macho deu uns tapas bem fortes na bunda dele dizendo:

-grita...viadinho...grita...é assim mesmo...pica grossa no cuzinho dói...mas calma...que já já vai passar a dor...e o viadinho vai rebolar gostoso na minha pica...assim...isso...ja tá passando... dá gostoso pro teu macho vc queria isso...rebola...viadinho...rebola...safado...dá gostoso... isso...assim ...assim...rebola que teu macho vai encher seu cuzinho de porra...rebola...que ta chegando a hr...do viadinho virar fêmea...sentir a porra de macho...ahhhh...que delicia...to gozando...ahhh...

Pedrão gritou gozando como um cavalo e meu maridinho berrava de prazer...de seu pintinho mole ...esguichava sêmen aos montes...nem parecia que tinha gozado na minha boca...há poucos minutos.

Meu maridinho rebolava como uma puta na vara grossa do negão gemendo todo satisfeito...logo Pedrão se deitou em cima dele no sofá e todo tarado sussurrava dizendo:

-ahhh...que cuzinho gostoso...tem o patrãozinho...engoliu toda minha pica...adoro viadinho guloso...vou querer comer esse cuzinho sempre...humm...que delicia ficar assim...sentindo esse cuzinho quente...mordendo minha rola...ahh...

O tesão tomava conta do meu corpo e quando pensei em ir à cozinha atrás da minha “secretária” vi que a safada estava na porta da sala de TV assistindo o que estava acontecendo ali e então fiz um sinal e ela entrou e como uma perfeita escrava sexual já foi ficando nua e se ajoelhando entre minhas coxas começou a lamber minha bucetinha toda ensopada e toda tesuda eu dizia:

-isso...putinha...chupa...com força...faz sua rainha gozar...sua vadia...chupa puta...ahhh...

Gozei em questão de segundos gritando de prazer...e então percebi que a mão de Nina estava inteira na minha buceta...a pica de cavalo do negão tinha me deixado toda arrombada e ela se aproveitou disso e girava seu punho dentro da minha buceta me fazer ter orgasmos múltiplos.

Meu maridinho corno e viado se levantou todo cambaleando e disse que ia tomar banho e Pedrão o acompanhou.

Nina e eu ficamos ali no tapete nos beijando, trocando carinhos e confidencias:

-nossa...que dia de loucuras hj...desde cedo...gozando gostoso...desse jeito vamos morrer de tanto transar...minha rainha é insaciável!

-até parece que sou só eu...sua vadia safada...to sentindo vc se esfregando nas minhas coxas...com essa buceta molhada...mas por hj...chega...quero te pegar amanhã cedo...sua puta...depois que meu corninho sair...quero vc pronta...pra satisfazer uma loucura que imaginei.

-que patroa mais louca e deliciosa que foi aparecer na minha vida...eu não sei o que minha rainha está querendo...mas...com certeza...faço tudo...to adorando ser sua escrava!

Mandei Nina ir pra sua casa e fui para meu quarto tomar banho e quando cheguei a meu quarto encontrei meu maridinho e Pedrão nus deitados na cama...e então sorri satisfeita...com o que vi. Recostado na cabeceira da cama Pedrão era chupado com vontade pelo meu maridinho viado ajoelhado entre suas coxas e nosso caseiro tarado dizia todo sensual:

-isso...patrãozinho...chupa o pau do teu macho...bem gosto...mama...na minha rola...seu safado...engole minha rola viadinho gostoso... assim...lambe meu saco...viadinho...chupa...não para...ahhh...

Meu maridinho sabia como mamar gostoso em um macho e fazia isso com muito tesão e volúpia...e então Pedrão todo tarado dizia:

-assim...que boquinha gulosa...ahh...como chupa gostoso...não para...teu macho vai gozar...vai encher tua boca de porra...e meu viadinho vai engolir tudo...do jeito que teu macho gosta...mama...viado!

Pedrão deu um urro e começou a gozar na boca do meu maridinho que como um bebezinho guloso engolia todo aquele leite quente com prazer...era muita porra que escorria pelos cantos da boca mas ele logo lambeu tudo não deixando nenhuma gota escapar. Vendo aquilo ali tive certeza que meu maridinho já tinha feito isso muitas vezes antes.

Pedrão se levantou...deu um tapinha carinhoso na bundinha do Daniel e disse que estava indo embora e me agradeceu sorrindo e dizendo:

- adorei o presente que a patroa putinha e o patrão viadinho me deram...vou querer mais!

Daniel e eu entramos no banho juntos e quando ele um pouco constrangido quis justificar seu comportamento, toda carinhosa disse:

-Daniel...não precisa nada disso...está tudo bem...fizemos tudo que tínhamos vontade...não pode e nem deve haver cobranças entre nós...fica tranqüilo...somos cúmplices em tudo! Mas...que vc é um menino muito safadinho eu não sabia! Se quiser me contar...eu quero saber!

E foi então que meu maridinho me contou que quando tinha 15/16 anos foi dormir na casa de um amigo de escola e lá o pai desse garoto durante a noite foi até o quarto onde dormia o agarrou e começou a boliná-lo. Ele ficou com medo mas também com tesão e acabou perdendo o cabacinho. Depois disso ele até tentou ficar longe da casa desse amiguinho...mas quando o pai do rapaz o chamou pra dormir la novamente rapidinho aceitou e depois disso durante mais de ano chupava e dava o cuzinho pelos menos duas vezes por semana. Quando aquele homem se mudou pra outra cidade ele já com quase 18 anos ficou com medo de fazer sexo com outro homem e deixou aquele tesão na bundinha ficar adormecido durante todo esse tempo e só agora quando comecei com as nossas sacanagens não teve mais como segurar o tesão. Quando viu o pauzão do Pedrão na hr quis dar pra ele.. E como sabia que sua esposa era uma putinha tarada sem preconceitos ele resolveu assumir sua bi-sexualidade.

Aquela noite tinha sido o começo de uma vida cheia de aventuras de prazeres incríveis e muito loucos!

A liberdade de poder ousar aumentava muito mais o tesão e deixava a mente aberta pra novas experiências que poucos teriam a coragem de viver.

E assim quando no outro dia de manhã depois que meu maridinho saiu para o escritório tomei meu banho e completamente nua e de sandália de salto alto fui tomar café. Minha secretária Nina estava com um dos vestidinhos curtinhos que eu tinha dado de presente e disse:

-hummm...minha escrava está muito mais linda hj...será que está sem calcinha também?

-bom dia minha linda rainha! Eu até ia ficar sem...mas me lembrei de ontem...quando a patroa sádica tirou minha calcinha...e encheu minha bunda de chineladas...achei melhor ficar com ela...vai que minha rainha...resolve fazer igual de novo...vou gostar muito!

-acho que minha escrava está deixando sua rainha mal acostumando...depois não vai adiantar reclamar...estou gostando muito de punir minha escrava...isso está me deixando com muito mais tesão...e ontem quando vc foi embora disse que hj de manhã queria fazer uma loucura com minha escrava...a putinha está pronta...pra isso?

-Minha rainha...eu...estou adorando ser sua escrava...e quero fazer tudo que minha rainha pedir e principalmente mandar...não existe limite...para suas ordens!

-Já estou toda molhada...estou adorando essa submissão...ja já vou testar vc de verdade...agora vou tomar meu café!

Depois do café voltei pro meu quarto e fiquei esperando minha escrava sexual. Ela deixou a cozinha arrumada e em poucos minutos chegou à porta do quarto e então disse:

-pronto minha rainha...tua escrava sexual está aqui...pode...pedir...tudo que quiser!

Eu estava nua sentada na mesma poltrona onde tudo tinha começado no dia anterior e novamente coloquei uma das pernas no braço dela e disse toda sensual:

-fica nua putinha...e vem engatinhando de joelhos...sua vadia...quero vc entre minhas coxas...vadia!

Eu brincava com meu grelinho todo tesudo...entre meus dedos e minha escrava tirou o vestido e a calcinha e veio engatinhando do jeito de mandei, rebolando aquele bundão enorme...os espelhos enormes do meu quarto davam uma visão ampla de tudo. Quando Nina chegou entre minhas coxas já foi enfiando seu rosto na minha buceta molhada e então toda safada peguei-a pelos cabelos e toda sádica dei dois tapas fortes em seu rosto dizendo:

-calma...escrava...hj vai ser bem diferente...quero sua boca pertinho do meu grelinho...mas não é pra chupar...sua vadia...é só pra sentir o cheiro da buceta da tua rainha...quero sentir só o calor do seu hálito de puta...no meu grelinho!

Os olhos de Nina estavam injetados de sangue...dava pra sentir perfeitamente que aquilo dava mais tesão nela...minha buceta ensopou de vez...em notar aquela submissão plena...e sem dó...apliquei vários tapas no rosto dela...ela gemia de dor...e de prazer e eu toda tarada dizia:

-vagabunda...safada...agora beija meu grelo...só um pouquinho vagabunda...quero sentir essa língua!

Quando ela sem controle começou a me chupar sem parar...tornei a puxá-la pelos cabelos e a enchi de tapas no rosto...deixando-o vermelho e toda sádica disse:

-eu disse que era só um pouquinho..escrava vadia...to vendo que hoje vou ter que punir de verdade minha vadia...chega...de brincadeiras...está pronta...pra dar prazer de verdade pra tua rainha?

Completamente tarada Nina sussurrou toda submissa:

-sim...sim...minha rainha...faça tudo que quiser...eu quero tudo!

Me levantei da poltrona e então toda mandona disse:

-fica de 4 na poltrona sua vadia...ontem vc disse que nunca tinha experimentado uma cinta...hj minha escrava vai sentir...estou louca de vontade...de ver essa bunda enorme...cheia de vergões...está pronta escrava safada...se quiser pode ir embora agora...se ficar...vou adorar te machucar...de verdade!

Ela então me olhou toda tesuda e sem pestanejar se ajoelhou na poltrona e aquele bundão ficou completamente exposto e ela sussurrou toda safada:

-pode punir sua escrava minha rainha safada...estou pronta!

Então pra ficar mais excitante ainda...peguei uns lenços de seda e amarrei seus pulsos nos pés da poltrona atrás do encosto e em seguida amarrei seus tornozelos da mesma maneira nos pés da frente da poltrona. Aquela morena amarrada daquela maneira estava completamente ao meu dispor e então pra fechar minha sessão masoquista...busquei a calcinha dela que estava jogada na porta do quarto de enfiei-a em sua boca dizendo toda tarada:

-isso é pra escrava putinha gritar menos...quanto mais gritar...mais vai apanhar...só vou parar quando me cansar...

Minha bucetinha estava tão molhada que até escorria pelas minhas coxas e então peguei a cinta de couro que tinha escolhido e toda tesuda comecei a deslizar o cinto pelas suas coxas...costas...e naquela bunda enorme...a safada já tarada rebolava timidamente ao contato do couro e então dei a primeira cintada com força. Nina deu um gemido forte e logo em seguida apliquei varias cintadas sem dó...aquilo me dava um prazer louco...eu batia com uma mão e com a outra bolinava meu grelinho! Logo passou a doer muito...os vergões apareciam em vários lugares e então toda tarada mergulhei minha língua naquela buceta completamente encharcada e suguei seu grelo durinho...ela gritou de prazer e gozou copiosamente...do jeito que eu já tinha sentido...parecendo um homem ejaculando...aquilo atiçou ainda mais aquela loucura e toda sádica apliquei mais cintadas naquela masoquista...sua bunda estava completamente repleta de vergões e então tornei a chupar a vadia e quando ela gozou novamente resolvi que o castigo já tinha me deixado satisfeita e então a soltei da poltrona e toda tarada disse:

-agora...faz sua rainha gozar...sua vadia...do jeito que fez ontem...chupa escrava...quero gozar!

Ela me chupava como uma louca e logo senti sua mão dentro da minha buceta completamente ensopada. A safada tinha um punho pequeno e sabia brincar deliciosamente com ele. Gozei loucamente me contorcendo por inteira. Nem dava pra acreditar que a cada gozo o prazer era ainda maior!

Fomos dar uma relaxada juntas no banho e só então percebi o estrago que aquela cinta tinha provocado no bundão da minha escrava e toda carinhosa enchi-o de beijos pedindo desculpas. Quando voltamos para o quarto Nina se olhou no espelho e quando imaginei que ia reclamar dos vergões que ficaram ela disse ter adorado ficar marcada daquela maneira. Mulheres masoquistas são incríveis.

Minha vida sexual mudou por completo e a do meu maridinho viado também. O safado viciou na pica grossa no Pedrão e não demorou pra que quase todo dia fosse enrabado por ele. Nunca mais transei com Pedrão e também não deixei Nina fazer isso. Logo começamos a conhecer alguns homens bem pauzudos e saímos durante a tarde pra realizarmos nossas orgias...mas quando queríamos ultrapassar os limites...minha escrava toda submissa pegava um chicotinho de couro que comprei especialmente pra nossas brincadeiras sádicas e então eu deixava a putinha uma semana com aquele bundão cheio de vergões. A safada gozava apanhando e depois me fazia gozar maravilhosamente com sua mão deliciosa enterrada na minha bucetinha sedenta!

Se gostou do que acabou de ler...esses links abaixo são de outros contos que escrevi...divirtam-se:

http://zdorovsreda.ru/texto/ =meu filho e meu enteado são meus machos

http://zdorovsreda.ru/texto/ =uma avó muito BOA...zinha!

http://zdorovsreda.ru/texto/ =a iniciação de uma indiazinha virgem

http://zdorovsreda.ru/texto/=meus tios fodiam minha mãe e também entrei na vara

http://zdorovsreda.ru/texto/ = gozei gostoso na pica grossa do papai

http://zdorovsreda.ru/texto/=gozei como louca na pica grossa do meu filho

e-mail: [email protected]

skype: giselle_gts

%%%%%%%%%%%%%77x

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/12/2015 15:34:07
meu pai amado tive que parar de ler se nao iria me estuprar de tanta siririca DELIIIICIAAAAAA de conto gozei descontroladamente
19/10/2014 10:46:34
Ishu eh um verdadeiro trofeu mesmo comer a madame quem eh q naum tem esse desejo? Enbreve Contarei a vcs como eu comi a mulher do dono do bar para mais contatos email: ou whatss: meu nome: jefferson
06/10/2014 18:05:20
Um tesao de conto, parabens
03/10/2014 10:52:41
MUITO LONGO MAS POFISSIONAL PARABENS BEM CONTADO BJUS
02/10/2014 20:31:02
Perfeito demais . leia meus contos. Bjs
02/10/2014 19:51:21
Conto sensacional muito bem escrito, só ressalvo a parte sádica que não é minha praia.
02/10/2014 17:02:17
tambem quero meter na sua buceta me add skype face e hot
02/10/2014 12:55:16
Apesar do tamanho do texto, MUITO BOM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
02/10/2014 12:54:22
Texto enorme
02/10/2014 10:52:02
whats bjos
02/10/2014 08:56:30
Um saco até onde li




Online porn video at mobile phone


xvldeos com novlnhascontos eróticos na famíliatio e sobrinha19 redação do c* e o negão enfiando a picaconto de casada putaxividio deita vo come teu cugozando dentro elas brigamFêmea se deliciando com dorso masculino A Rezadeira a virgindade da filha novinharapas bunda linda dando cu de brusu rola grosaAvo fica ecitada com os 40cm do pau do netoafilhada transando com comadre com cintagozada acidental buceta assustada bravaponodoidosogrosubmissão sobrivera pornofui pedir carona em uma kombi e fui estrupada e casada contos eroticomassagem nos pezinhos da minha irman contos eroticoabre video porno das novinha loira do peito picino e pontudomulher beijando a mulher na boca pelada no titubearencoxada na reiuniao pulitica lotada xvideofoto pai fudendo com filha filho fudendo com mae e irma todas meladinhas com bastante punhetada e gozada na carasexp.conto.mae.filho.comContos eroticos eu tava internado no hospital e o enfermeiro fodeu minha mulherfalo putaria mesmoe trepo video caseiromenininhas nem tem pentelhinho na buçetinha ja sendo penetradasconto gemo muito ai ai dando cu para outro na frente do meu corno ele fica com tesaõfilme porno americano onde objeto exotico liberava o tesao dos personagenssafadas qe adora caucinhas fiudentalcontos gays-categoria incesto gays forçado- maduro vs menino ninfeto- meu padrasto pauloereçao mstutina tio boy gsyvideo de madrasta indo a viagem de finalistas com o filhonegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxfilha acoda com o pai efiendo odedo na bucetilhaeu minha vizinha praticamos zoofiliacontos eróticos meninas de 23 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinho vermelhosou neto mas tenho muito tesão na minha avó vontade de f****videos novinha di saia porbaxo naruarabudas de calca legue agaxadasyahoo cheiro de chule gay tesao cunhadoas gordinha r***** dando o vaqueiro na Fazendaconto erotico punheta raptoContoseroticoscornolandiafilho caralhodo fa a mae sangra na penetrçaoalfaiat xvídiominha madrasta viu meu pau moleNegro 1.87 mandou ela tirar a roupa enfiou dois dedos na xana delavídeo caseiro de sexo com a namoradinha pedindo para namorado com meu com filho dela devagarzinho ela muito escandalosaxvidio.com brasileras lambuzadas de leite condesadoMeu irmao tirou minha virgindade da minha buceta no motel conto erotico de incesto de irma virgem e irmao no motelcontos eroticos com tamanco salto altovideos pornô de incesto madrasta de fio dental no quartohttp://comto erotico onibus lotado encostando pau na bunda menina virgemvovó e netinha chegando junto com pirocudo mamando dando o cuzinhocontos picantes incesto mininha e menininhonegao rasgou cu amazinha gritou pornopapai super dotadoxvidiosfilha casadinhaquer picocatorei. a cabeça da grannyevangelicas na zoofilia com cachorroxvideo cazal comeu minha mulherpeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetaestupro esposa contos eroticosquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosamarnora peladaporno filho comendo a mrabuda dormindoconto erotico a patroa parte ll lesbicaGozando nas nuvem xvdcunhada bucetuda e deboxadaputariha gratis de pai chupando os peitiho duro da fiha noviha bobihaso garorinha pelainha n nepapai viu niha xoxota xvideisXevedeos cumendo a filha do delegado vedeos casero contos eroticos varios homens arrombaram meu cuhttp//mulheres de camisola sem calcinha da.bucetinha peludinha