Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

minha mulher adorou ficar com o ex-namorado

Um conto erótico de geralda
Categoria: Heterossexual
Data: 23/10/2014 02:54:56
Última revisão: 04/05/2015 02:17:07
Nota 10.00

Meu nome é Claudio, sou um cara normal, tenho 43 anos, 1.87 de altura, 87 quilos, moreno claro, olhos e cabelos castanhos, corpo normal, com uma pequena barriguinha. Sou casado com a Leila há mais de 16 anos, e posso dizer que sou muito feliz com ela e nossa filha.

Minha esposa é uma lourinha muito gostosa, tem um corpinho de matar qualquer marmanjo de tesão, têm olhos azuis, 1.78m, uns 62 kg, secretária em um consultório de contabilidade.

Temos somente uma filha de 14 anos de idade.

Sou piloto de avião pequeno. Costumo trabalhar levando encomenda pra fazendas do meu chefe e fazendeiros vizinhos, meu chefe é um homem muito rico. Tem diversas fazendas e é dono até de uma usina de álcool.

De uns tempos pra cá, estava com uns pensamentos malucos, e até procurava afastar esses pensamentos da minha cabeça.

Eu pensava muito e até sonhava vê minha mulher transando com outro, e sempre quando acordava, estava de pau duro.

Um dia que estávamos transando, contei pra ela os meus sonhos, ela me olhou surpresa e falou:

Serio amor? Que coisa mais estranha, isso é coisa de voyeur!

De que? Perguntei.

De voyeur. Pessoa que gosta de ver outras pessoas fazendo sexo, ou ver cenas de sexo por um binoculo.

E você acha que sou isso?

Se você sonha em me ver transando com outro, então você deve ser voyeur.

Esse assunto ficou alguns meses sem ser comentado por nós, mas, uma noite estava transando e ela me perguntou: Você ainda sonha em me ver transando com outro cara?

Não é que quero que isso aconteça, mas, como já lhe disse, sonhei algumas vezes com você transando com outro cara e fiquei excitado, e acordei de pau duro.

E depois de sorri me beijou a boca carinhosamente e rebolou gostoso na minha rola.

Parece que ela começou a gostar da ideia, pois, sempre que transávamos, ela tocava no assunto, e com o tempo as nossas conversas ficavam cada vez mais picantes, e essas conversas excitavam muito nós dois. Excitavam tanto que nossas trepadas melhoraram cem por cento.

Em uma transa ela me falou: Sabia que você já pode ser corno há muito tempo e não sabe!

Eu não sabia se ela tinha falado isso pra me deixar com tesão, ou se realmente ela estava saindo com outro. Não falei nada, mas, não sei por que, pensei logo no Roberto.

Eu sabia que quando solteira ela tinha um namorado bem dotado, e era muito apaixonada por ele.

Eu conhecia o cara muito bem, fui até amigo dele de adolescência, não tínhamos grandes intimidades, mas, eu o conhecia.

O Roberto, como já disse antes, esse era o nome dele, o cara quando éramos adolescentes, tinha fama de caralhudo, e sempre pensei se ela tinha saudades da rola grande dele.

Lembrei que o cara do meu sonho era muito parecido com ele.

Quando perguntei a ela quem era o cara que tinha comido ela e perguntei se era o Roberto, ela sorriu e falou:

Porque você pensou logo no Roberto? Por acaso é ele o cara dos teus sonhos?

Falei que não sabia, mas parecia muito com ele.

Ela sorriu de novo e falou: O Roberto é o cara mais gostoso que já me comeu, se fosse com ele até que eu topava uma transa.

Transamos muito nessa noite e de vez em quando nas nossas trepadas, fantasiávamos os dois metendo gostoso. Ela adorava essa fantasia erótica.

Certa vez fantasiávamos uma situação em que ela era pega à força por ele e trepava com selvageria, com ela sedenta e gozando muito na piroca imensa dele, como se ela fosse uma putinha se entregando pro tarado.

Depois de um dia estafante de trabalho, de volta pra casa, ela toda sorridente, me beijou na boca e disse: Tenho uma novidade.

Sorri e perguntei: Que novidade?

Ela sentou-se no sofá e disse: Encontrei-me com o Roberto no estacionamento do supermercado e conversamos bastante e ele deu em cima de mim, e confesso que fiquei muito excitada, molhei até a calcinha com os papos cafajestes dele dizendo que eu estava uma gata. Ele ficou insistindo em pedir meu o numero do celular, e terminei dando pra ele. Você ainda quer ser meu corninho, se quiser, com o Roberto eu topo transar!

O Roberto está casado e já tem duas filhas, está morando em Jatai (minas gerais), e está em São Paulo a trabalho, vai voltar daqui a oito dias.

Ele continua bonitão apesar da idade, está mais magro, com as pernas grossas, “parece perna de jogador de futebol”. Adorava as pernas dele quando a gente namorava.

Notei que ele tinha deixado ela com muito tesão. Ela vivia falando no assunto, e não era só na hora da transa, ela falava até na hora que estávamos fazendo as refeições juntos.

Ela: Amor, ele vai voltar pra minas em poucos dias, quero muito trepar com ele de novo, tenho excelentes lembranças das trepadas com ele. Daqui a seis dias ele vai embora, e só vai ficar as lembranças dos meus momentos felizes em cima da rola dele, e nós poderemos voltar pra nossa rotina.

Falei pra ela que teria o churrasco na casa do Beto, um grande amigo nosso e que se ela quisesse podia convidar ele pra ir conosco. E depois do churrasco, ela podia ficar com ele na nossa casa, e fuder gostoso.

Ela ficou eufórica e me beijou gostoso e perguntou se era verdade mesmo ou era brincadeira.

Eu sorrindo falei que claro que era verdade, e que nossa filha que se chama Maria ficaria na casa dos avós, meus pais.

Passei o resto do dia com o pau duro, quase não consegui nem trabalhar só em pensar na minha mulher fudendo gostoso com o Roberto pauzudo.

Chegando a casa, constatei que Leila estava um pouco nervosa e queria beber uma dose de uma bebida forte, dei uma cachaça.

Quando o ex-namorado chegou, por volta das 09 horas, eu o fiz sentir-se em casa e lembrei-me de quando nós éramos adolescentes e uma ou duas vezes saímos juntos. Sorrimos muito e minha esposa chegou à sala vinda do nosso quarto.

Os dois estavam meio sem graça juntos e pra quebrar o clima, e ficarmos a vontade na festa, falei pra ele da um beijo bem gostoso na boca dela, ele sorriu e os dois se beijaram gostoso.

Depois vi que ele estava de pau duro e sorrindo ele falou que tinha que fazer alguma coisa pra amolecer aquela cobra, minha esposa sorrindo me perguntou se podia ajuda-lo, eu disse que eles teriam a noite toda pra brincar, e que se ela quisesse podia mamar um pouco só pra fazer e rola amolecer. Ela com um sorriso enorme puxou o zíper da calça pra baixo e tirou aquela cobra pra fora e ela sorrindo, começou a mamar com muito gosto, em poucos minutos ele gozou e ela com a boca cheia de porra foi pro banheiro, sei que ela deve ter jogado fora, não é muito de engolir porra, já tentei fazer engolir muitas vezes e ela não topou.

O cara era muito bom de papo, e já sentia amizade por ele.

Acho que minha esposa tinha razão ao escolher ele, o cara era muito legal, e sei que não foi só isso que atraiu ela, com certeza foi o pauzão.

No churrasco tinha muitos amigos meus e da minha esposa e alguns até estranharam a intimidade do nosso amigo com minha esposa, eu dizia que era irmão de criação dela, e todos começaram a tratar ele como irmão da minha esposa.

Comemos muita carne, bebemos bastante cerveja, refrigerante e uísque, comemos um almoço improvisado como sempre nos churrascos do meu amigo.

O tempo foi passando eu já meio de pileque, conversando com os amigos e minha esposa o tempo todo colado no Roberto.

Já eram 20 horas e propus irmos embora, estava muito cansado. Minha esposa e o Roberto aceitaram na hora, vi que os dois estavam doidos pra se pegarem.

Fomos pra casa e os dois não falavam nada dentro do carro, ela sentada ao meu lado e ele na parte de trás do carro, quando chegamos ao nosso apartamento, propus que ele fosse tomar um banho, pois estava cheirando a cerveja, minha esposa com carinha de safada disse:

Também estou precisando de um banho.

Sorri e falei: tudo bem amor, pode tomar banho com ele.

Os dois foram pro banheiro da suíte do nosso quarto e depois deu uns cinco minutos fui ver o que estava acontecendo. Vi o cara encostado na parede e minha esposa mamando o caralho dele. Foi uma cena mais que maluca, meu pau ficou duro na hora, sorri e disse: também tenho que tomar banho.

Minha mulher tirou o pau da boca e sorrindo falou: Estamos quase acabando amor.

Sai sorrindo e dei mais uns 10 minutos pros dois terminarem a chupeta.

Voltei pro quarto e antes de entrar no banheiro pra tomar meu banho, vi minha esposa de quatro em cima da cama, e o Roberto metendo muito gostoso na xoxota dela, ela olhou pro lado e me vendo sorriu e me pediu a piroca pra chupar, botei na boca dela e senti o quanto ela estava com tesão, minha rola chegava a doer de tanta força que ela fazia pra chupar, depois tirou o meu pau da boca e se virou pro lado do Roberto, que botou os peitinhos dela na boca, chupando e mordendo de leve os bicos.

Leila levantou-se da cama e virando-se para mim, me chamou, fui até ela, que me beijou na boca, fiquei excitado com o beijo gostoso dela e quis chupar a bocetinha dela, mas ela me empurrou dizendo que eu deveria só olhar ela transar com o Roberto, e que eu só comeria ela quando o Roberto gozasse.

Puto da vida falei: Sou o dono dessa merda de apartamento e seu marido. Vai tomar no seu cú, se achar que eu vou ficar aqui batendo punheta, enquanto você fode com outro.

Ela confusa, pois não esperava essa reação minha, sorrindo nervosa falou:

Calma amor estava só brincando com você, depois me ofereceu a buceta pra eu penetrar.

Quando eu estava bombando na bucetinha dela, ela sorrindo falou:

Olha aquilo amor! Quando olhei, fiquei abismado com o que vi, o cara estava se masturbando, e aquela coisa estava enorme, um cabeção que parecia um cogumelo, uns 20 centímetro de rola.

Tirei o pau de dentro dela e falei pra ele:

Mete na puta sem dó.

Não precisei falar duas vezes e ele já subiu em cima dela, ajeitando a rola no meio das pernas, beijando, chupando o pescoço e os seios, a chamando de cadela, desceu com a boca até a bucetinha, minha mulher ficou muito tesuda, deitou na cama de frente pra ele e fizeram a posição de frango assado, confesso que fiquei com pena dela, pensei que aquela jeba ia rasgar ela todinha, engano meu, a putinha aguentou tudo, e acho que aguentaria mais.

Cheguei bem perto para a cobra entrando e saindo, fiquei impressionado como o buraco da xoxota dela estava alargado pra entrar aquela jeba. O cara metia nela sem dó nem piedade, ela já tinha gozado unas duas vezes, e gemia muito na pica do cara, foi quando ele gozou na barriga dela, nunca vi tanta porra, ela ficou totalmente desfalecida na cama, com uma cara de felicidade que nunca tinha visto, parecia uma criança que tinha ganhado um presente novo. Ele só esperou ela abrir os olhos pra colocar de volta na buceta dela e ficaram mais alguns minutos entrando e saindo de dentro dela até amolecer.

Sentou-se na cama, e com uma carinha de safada me pediu, me leva pro banheiro amor e toma banho comigo, estou toda suja de porra, quero chupar sua rola de novo e tirar leitinho dela também.

Quando eu estava com ela no colo, a safada sorrindo me falou:

Gozei demais, agora quero todo dia um gostoso dentro de mim, dei meu pau para ela chupar, e mal ela tinha começado o boquete, o Roberto já refeito entrou no banheiro e começou a comer a buceta dela de costa pra ela, como ela estava inclinada pra ele colocar na bucetinha, eu chupava os peitinhos e tentei chupar a buceta dela abaixando e só conseguindo lamber a barriguinha dela, comecei a gozar sem entrar sequer entrar nela, esporrei muito, não tanto quanto ele, mas muito pros meus padrões.

Sai indo pra sala e fumando um cigarro e pensando se tinha feito o certo e se não me arrependeria de ter deixado minha esposa transar com outro.

Minutos depois eles foram pelados pra sala e minha esposa que só fuma depois que leva rola me pediu um cigarro.

Ela com cara de satisfação sorrindo falou que queria todo dia, que nunca tinha sido tão bem comida daquele jeito, e não podia mais viver sem aquilo na vida dela.

Roberto passou a frequentar nossa casa quase todos as semanas, às vezes minha esposa dormia com ele em hotéis, às vezes transavamos os três em casa em nossa casa ou no motel.

Hoje Roberto mora em Goiânia, é casado e quando vem a São Paulo fica com minha esposa, minha filha adora ele e sabe que a ele é amante da minha esposa.

Hoje ela tem outro amante que se chama Juarez, ele também frequenta nossa casa e às vezes passa o final de semana conosco.

Ele é muito divertido e se comporta muito bem, não passa a mão na bunda nem na xoxota da minha esposa quando minha filha esta por perto. Quando está aqui não transa com minha esposa, só beija na boca.

Minha filha gosta dele também e sabe que ele é namorado da mãe dela, e pensa que nós vivemos de aparecia e somos separados apesar de viver beijando minha esposa.

Nossa vida é muito boa, somos felizes e minha esposa é uma ótima mãe e esposa.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/12/2014 08:31:19
muito bom nota 10 muitos casais tem essa vontade mas poucos assume e realiza mas pra mim ninguém e dono de ninguém tem que ecistir cumplicidade entre o casal e parceria nao pode ter mentira tem que ser bom para ambos hoje estou casado ha 30 anos e embora poucas pessoas acredita temos uma vida sexual muito melhor que muitos recem casados se um dia minha intimidade comesar fica na rotina talvez eu também aceite alguma tarada para esquentar a relação por isso nao condeno niguem bjs para todos os casais de bem com a vida se tiver alguem que queira trocar ideia a respeito entre em contato para
04/11/2014 20:00:22
Beleza de relato. Muito bom mesmo. E desta maneira que um casal vive junto para sempre sem trauma de traição, pois corno manso não é traído.
26/10/2014 13:13:49
Sensacional, bem escrito e muito excitante. Quero aproveitar este comentário para, humildemente sugerir, que cada autor, ao ter um conto lido, comentado ou votado, retribua a visita como forma de incentivo e formar um grupo de autores para interagir e, quem sabe no futuro, formarmos uma confraria. Abraços a todos os autores e leitores, vocês são a razão de contarmos nossas aventuras ou expressarmos nossa criatividade.
25/10/2014 00:30:19
Saio com casais há uns 15 anos e adoro ser um amigo especial de um casal. Neste tempo, já iniciei muitos casais assim como também já fui fixo de casais. Posso viajar e adoro estar com um casal nos finais de semana. Meu e-mail é Meu Skype é marcodotadospreal (Nickname Marco Single), Vamos conversar?
23/10/2014 14:54:18
BOM ESTOU A SP A DISPOSIÇO MAS SÓ CHUPO
23/10/2014 13:29:06
Bom conto só que parece que você se tornou um figura decorativa .
23/10/2014 07:31:14
Como todos os outros já publicados, muito bom. Nota 10. Agora me responda: Acabaram as aventuras dos Flintstones? Continua.

Listas em que este conto está presente

Contos Lidos
Lista para manter o registro dos contos lidos por mim.




Online porn video at mobile phone


Sou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaconto erotico sendo ensinada por papaisexo com homens islan aforçando mulher gostosaA bunda do engraxateconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretocontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anospai chupaeu grelinho porno doidopornô panteras tio começa o vinho depois que eu chego em casapirocas grossas veiudas babando fotoscontos eroticos patroa enjoada pedreiro taradover uma superpica estourando as pregas da travesty virjemnovia mastubano com o pigelo de fora e gritano de tezaoquero ver madrasta chupa sua em teada dormindovideo de sexo a três homen comendo aboceta e a outra enfiando uma pica de burracha emessa no cu delaquero vet mulher sofreno e gritsno na vara grande do negaotirando vingidade de novinha com o negao do lado da maeizinha gostosa tambemirmãzinhas trazando com irmãobrechei.minha.mulher.chupando empregada contoVídeos de homens dando aquelas linguadinhas pornôcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeVampiros elobisomens-Casa dos Contos EróticosConto com cheirador short da maecontos mulher encoxada na borrachariaputa lambe pe do macho contopicudod/contoscontos eritico acustumou da o cu com tudo mundo dormindoporno tratantespriminha brincano de boneca e levo pintomulher mostrando a bunda com Arturzinho Só de shortCONTOS ERÓTICOS DE MOTORISTA FANTÁSTICOSXVídeos vídeo do ventilado botando a madrasta Xvídeo vídeo caseiroirma bunduda pediu pro irmao tira a virgindade do cuzinho contosmulher chupando a rola da outra mulher as mulher que tem rola chupa rola cabimento e vigiandohistória real irmão bem dotado seduza irmãzinhafilme porno "labios encharcados"novinha dando para o garagistaContos eroticos dona de casa, coroa, casada evangélica pega novinho cacetudo50 tons de gizpeladas passando margarina uma na outrocontos chantagiei a filha pra comer a netachupando minha bucetinha lisinha contos eroticossoraia carioca soca com negao picudomenino novinho q gozar grita Aroldogozou na calcinha e ela vedtiucontos minha esposa e seu ginecologistacontos pornos sexo amado cabra do pau grande`conto erotico` Gabrielconto erotico de gravidaeu e minha patroa praticamos zoofiliaesplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornoxxx amigo. covida. marido ele. muihe. dele. come. xora. pau. olhaduas rabudas branqinhaa dando pro negaoprotesto so homem cacetudo peladoXvideo/deixei o cara encoxar a piroca e gozar "ônibus"Conto gay viagem Onibus leitonovinha dando o cu e a buceta e convesando com voz de tesaoxvideorelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudaxpornonegaoporno - socando uma pro amigo do marido no ofuromeu marido viciou em porra de machoxvideos calibrosasporno novinha catadora de latinhavideotiafodenowww.xvideo penis realístico 18x4bundas grandes. apavoradas torturaxvidios outros puraifilmes de sexo so conegona gorda da buceta inchada e cabiludafilho passando protetor em mae rabudavideos porno eu estava dormindo e ele chupou a minha bucetinha e eu noa acordeicoque video paraolha xvideoPapa anjo gozando na xoxotaconto foto pirua cacetao gozada conto erotico gay vovo deu leite pro netinhovidio mulhe deixado gozadetrocontos bolinada pelo eletricistapoño.irma.tocaia.irmao.tomando.baio