Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Fazendo uma Tatto e colocando piercing... doeu mas valeu a pena! ( PARTE 2)

Um conto erótico de Loirinha Goiana
Categoria: Heterossexual
Data: 09/09/2014 17:12:25
Nota 8.00

Olá...não gosto de dividir os contos,mas este ficaria longo de mais.

Para quem não me conhece ainda, leia meus primeiros contos, onde me descrevi bem detalhado.

Espero que tenham gostado da primeira parte.

Como eu disse anteriormente, retornei na sexta feira para fazer a tattoo e quando cheguei lá descobri que Leo tinha uma namorada, eram quase casados pois moravam juntos há um ano. Ela estava na recepção e não sei se percebeu minha cara de decepção, mas foi muito gentil comigo. Assim que entrei na sala de tattoo Leo sorriu, me deu um beijinho no rosto, foi muito simpático, mas o clima estava tenso ali. Ela nos deixou após preparar o material para ele e depois de trazer a impressão da minha tattoo. Nesse dia fui de shortinho e uma blusinha de alça, me arrumei pensando na continuação do nosso primeiro encontro e coloquei uma lingerie toda preta. Quando abri o fecho da minha bermuda jeans e desci ela, senti Leo ficar tenso perto da namorada, me deitei de bumbum para cima com um baita fio dental vermelho e de renda atolado e sei que ele deve ter ficado olhando, tenho um bumbum bem grande e minha tattoo é bem no coccix... ela me cobriu com um lençol e se sentou perto, deve estar acostumada com essas situações. Leo teve de abaixar um pouco da minha calcinha para marcar o local e senti sua mão trêmula e seus olhos pedindo socorro. Eu em silêncio, desconcertada e frustrada.Ele começou a tattoo e conversamos apenas o necessário durante um tempo... até que a namorada saiu e foi atender alguém que entrou lá. Assim que ela saiu ele veio e me deu um beijo rápido, sorriu e me disse que estava louco pra terminar o que começamos, ele sussurrava no meu ouvido...relaxei um pouco, mas nem respondi... Ele voltou a fazer a tattoo, senti sua mão apertando meu bumbum e um beijo nele. Ele disse que era lindo e que queria comer ele todo. Me segurei para não me excitar, estava com raiva. Logo ela voltou e tudo Continuou como antes. A dor era quase mínima, na verdade senti muito pouco. Levou mais ou menos uma hora e meia até ele dizer que iria parar e que continuava em outra sessão para finalizar. Depois de passar uma pomada e tampar a tattoo, ele me deu orientações e marcou para terça a tarde a continuação. Fui embora feliz com minha tattoo, mas chateada por não poder matar minha vontade.

Na terça feira fui um pouco mais comportada, coloquei uma calça jeans, blusinha e usei uma calcinha tipo cuequinha, de malha e bem larga, assim eu não ficaria tão exposta ao descer o jeans. Fiz o normal, maquiagem básica, amarrei o cabelo em um rabo de cavalo, coloquei um óculos grande, aquele perfume em locais estratégicos e lá fui eu terminar minha tattoo sem muitas expectativas de ficar sozinha novamente com o Leo. Quando cheguei... a plaquinha na porta me chamou a atenção... dizia volto logo!

Me lembrei que ele disse que colocava quando ficava sozinho na loja e então toquei o interfone. Logo vi ele vindo na direção da porta com um sorriso no rosto. Usava um bermudão largo e uma camiseta cavada que destacava as várias tattoos no corpo e também seu leve excesso de peso estava de cabelo ainda molhado, um cheiro gostoso de quem acabou de tomar um belo banho. Ele me puxou para dentro, me deu um beijinho de leve e pediu que aguardasse uns minutinhos,olhei e vi que ele tinha um cliente na sala dos fundos. Acenei com a cabeça e disse ok.

Enquanto ele terminava de atender, comecei a me imaginar ali, sozinha de novo com ele e me arrependi de não ter me arrumado mais dessa vez. Já senti um frio percorrer meu corpo e aquela sensação gostosa de tesão me invadir.

Rapidinho ele despachou o rapaz que estava lá e quando fechou a porta da loja e trancou, me pegou pela mão e me puxou para dentro da sala dos fundos, fechou a porta e já me agarrou, me dando um beijo daqueles...nem preciso dizer que minha buceta encharcou na mesma hora.

Não pensei mais nada, depois que sobe aquele tesão, fico louca. Eu estava doida pra ser fodida por ele, esperei uma semana inteira e agora eu só queria o que era meu...desci a mão e me certifiquei que ele também queria. Seu pau estava duro e já molhava a bermuda com seu liquido escorrendo. Leo não perdeu tempo, tirou minha blusa e meu soutien e caiu de boca nos meus peitos...dessa vez ele estava bem mais a vontade. Senti sua boca no meu corpo, enquanto eu o segurava pelos cabelos, senti ele descer e abrir minha calça...ele me ajudou a tirar e me puxou para a mesa de tattoo me colocando de barriga sobre ela, mas em pé na lateral... ele parou um pouco, olhou meu bumbum e a tattoo sem terminar e me perguntou da calcinha fio vermelha... soltei uma risada. Então ele me disse que ficou maluco na sexta quando não podia nem me tocar, desceu a cuequinha que eu usava e se ajeitou por trás, se encaixando na minha bunda,tirou a camisa e desceu a bermuda tirando seu pau para fora. Senti ele encostar o pau e se esfregar devagar enquanto segurava meu pescoço e me mantinha com a parte de cima deitada na mesa... assim eu não tinha como me movimentar. Ele esfregava o pau entre minhas pernas e eu sentindo sua vera quente e babando em minhas coxas, senti ele se curvar e morder minhas costas e dizer que ia me foder muito. Eu estava doida pra ele meter logo, já não aguentava esperar mais... ele mordia e chupava minhas costas e pescoço, me segurando forte com a outra mão...eu nem respirava direito com o aperto. Pedi para ele me comer logo, então ele me soltou, se abaixou e colocou uma camisinha, veio de novo me segurou do mesmo jeito e disse que iria comer porque não queria perder a chance de novo. Senti ele enfiar o dedo e abrir minha bucetinha, enfiou um dedo e ficou dedando até eu me molhar bem, enfiou o segundo dedo e eu gemi, ai ele abriu e colocou seu pau na entrada, senti sua mão na minha cintura e de uma vez ele empurrou seu pau todo, com força...não era grande e nem muito grosso, mas ele metia em um ritmo mais lento, passando ele em toda minha buceta e tirando e colocando de novo,isso estava muito gostoso, mas nada como a chupada deliciosa que ele me deu na primeira vez. Ele metia gostoso e me puxou me colocando de pé, assim me beijava e metia...me apertando os peitos e me chamando de gostosa, safada...putinha...delicia! Eu gemendo alto, e rebolando no pau dele...sentia seu corpo colado, sua barriga me apertando e seu suor escorrendo em mim, além de minha tattoo ardendo pela fricção. Ele pegou nos meus quadris e aumentou o ritmo das estocadas, senti ele gozar e gemer alto. Eu estava adorando, mas não gozei. Ele retirou o pau da minha bucetinha e a camisinha, voltou e se sentou em sua cadeira onde ficava para fazer as tattoos ...me puxou e me colocou em seu colo, me beijando... conversamos um pouco ele começou a me beijar de novo e o clima foi esquentando novamente,então eu pedi para ele me chupar de novo... ele me pegou e me colocou na mesa de novo, mas dessa vez me deitou na posição certa e abriu minhas pernas deixando elas dependuradas, abaixou a mesa e se sentou em sua cadeira, em uma posição de quem iria fazer uma tattoo na minha grutinha...ele ficou com o rosto exatamente na minha bucetinha e começou a passar a língua nela toda, molhando ela e depois enfiou seu dedo bem fundo, em um movimento circular ele colocou seu dedo bem embaixo do meu clitóris, por dentro, enquanto chupava ele...fui a loucura! Eu gemia e me contorcia toda, ele fazia aquilo muito bem e eu já estava quase gozando, mas ai senti ele empurrar o polegar no meu cuzinho sem dó...colocou ele todo e o outro dedo na buceta, chupando meu clitóris. Foi meu paraíso...gritei, gozei, me contorcia e ele não parava, até que eu molhei a mão dele toda, acho que foi meu liquido com um pouco de urina, porque escorreu até o chão. Fiquei mole, sem conseguir nem me mexer na mesa. Ainda acho que ninguém faz um oral igual o do Leo...foi o melhor que tive até hoje sem dúvidas. Mas Leo estava de pau duro e queria mais, me pediu para virar de novo, colocou outra camisinha, fiquei de 4 na maca e ele se aproveitando que eu estava toda molhada colocou o cacete no meu cuzinho e foi empurrando...senti entrar fácil, pois ele tinha colocado o dedo antes, mas quando foi empurrando a dor foi aparecendo e me lembrei do formato do seu pau...fino na ponta e ia engrossando mais para a base e isso eu sentia bem agora. Quando ele colocou todo meu rabinho estava ardendo, mas ele se encaixou bem e começou a bombar com força, muita força...sentia ele me arrombando o cuzinho cada vez que estocava fundo e comecei a gritar e pedir mais, fode, me rasga safado e Leo de uma vez me puxou pelo pescoço, quase me enforcando e me fodendo forte enquanto me beijava. Desceu a mão e enfiou o dedo na minha bocetinha de novo, me dedando e me fodendo o cu... gozei gostoso de novo e ele também não demorou a gozar. Nos limpamos e nos vestimos, conversamos um pouco e ele me deitou na mesa, arrumou tudo e fomos terminar minha tattoo que na verdade já estava quase pronta segundo ele, apenas deixou um pedacinho para ter desculpa de ficar comigo sozinho de novo. Ele me disse que nas terças a namorada fazia um curso e por isso não ficava lá. Bom terminamos...nos despedimos, e eu ainda fiz mais uma tattoo com o Leo depois de um ano. Mas depois que trepamos aquele dia,ainda ficamos algumas vezes, eu adorava encontrar com ele só para ganhar a chupada gostosa dele, já que o pau não era dos meus preferidos.Sou louca por cacetes grossos, daqueles que entram rasgando, minha bucetinha não é grande,nunca tive filhos então ela ainda é bem apertadinha, mas adoro a sensação de ser forçada, rasgada por um pau grosso.

Quem sabe um dia conto pra vcs sobre a segunda tattoo.

Espero que tenham curtido meu conto e que comentem.

Beijinhos e até o próximo.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/01/2015 08:18:29
Parabéns, adorei seu conto,muito bem escrito e extremamente excitante, parabéns loirinha,adoraria te conhecer e quem sabe ate ver sua tatoo,alem de eu adorar uma loira,tatuada e com suas descrições, nossa, VC deve ser uma delicia, mais vi que VC estar namorando, parabéns pela sinceridade,e não deixe que seu namoro te impeca de continua publicando,bjus loira...
11/09/2014 15:47:54
Adorei os comentários e não uso o whatssap para contato, mas podem me add no Skype ... Apenas gostaria de dizer que adoro conversar e quero apenas amizade, eu não marco encontros e e nem planejo aventuras. Atualmente estou namorando e feliz.Podem add desde que respeitem minha privacidade ok.
10/09/2014 13:17:28
Yuzo obrigada pelo elogio e vindo de você que tem uma maneira toda peculiar de escrever é muito importante para mim...fora que me deixa bem animadinha seus contos. Bom quanto a tattoo ficou perfeita apesar de tudo, fiz uma borboleta com um galho de flores lindo... teve mais depois. Quero os beijões ok!... rsrsrsr ;)
10/09/2014 09:29:28
Também não gosto de dividir contos em partes (aliás, no conto ¨O Yuzo morreu¨ faço uma critica a isso). Mas, às vezes somos obrigados. Algo que fiz numa história com a sobrinha. Esta segunda parte conseguiu ser melhor que a primeira, loirinha. E que coragem de ser tatuada com um cara tarado e com as mãos trêmulas. Se ele fosse tatuar um gatinho, era capaz de sair um dragão. Rss. Mais um dez pra você. E outros dez beijões!
09/09/2014 22:42:10
Obrigada Anjo... bjos




Online porn video at mobile phone


cunhadacontoeroticobelo sexo dormindo de conchinha com a titiacasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetapequenos videos de porno brasileiro pais peludos de sunga que tira a virgindade da filha e goza dentro da vaginaContos mulheres amamentandoscontos a bicha arrancou sangue do meu cudei minha bubuta contoscontos erotico minha sobrinha veio em casacontos eróticos vi escondido minha mulher me traindo com dotadosSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhagravidas de fio dendal ser mastubanpeu quero ver as feirense mais peladas dando e gemendo e gritando gostosomas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?Choupana dentro das Canas canavial pornôcontos-esfregando na bundinha da netinhaConto erotico a honra da nossa casatirando o cabaço da mornax videos enpurou no lekepeguei meu irmao gay e minha irma virgem fudendo nao aguemtei cumi os doiscontoerotico eu namorada mae e tioconto de mulher e filha que foros estrupades efrete do maridoloira da bundona deitada e homem porcima noxvideobuceta vigui na netSou a cadelinha do cão labrador contosXxvido forçanda contos erotico vovô taradoTeste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaele a enrabala e ela a cagar.se pornoos escrava Negra a sair da Senzala para trabalhar e se masturba as duas gente tomarcam esc no banheiro da idosa flagra ela na siririca becontos eroticos GAYS, tesão pelo afilhado surfistacontos pornôs echarpe vermelhatrai o meu maridoporno incesto mae fica louca por pau enorme do filho equer porra na bocavideo porno esposinha no cuingueconto erotico a pequenininhavideo de sexo esposa convida o amigos para fasa uma tripla penetracao ao mesmo tempo na buceta da putataradacache:O_fz-T5lnJcJ:zdorovsreda.ru/texto/201202304 nó do cachorro incha zoofilia dicasesposa louca por umpauzao contosxvivdeos gay .magros lancando cu com forçaleskka chama amigo para tomar banho juntover video de jigantão arobando o cu do novinhodando apora desse cabaçoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoestruparao ate inche o rabo de porrasou casada e dei o cu para outro homemnão sei Teixeirinha gostosa arrombadanovinha cappcontos eróticos O Filho curioso novinho galpao do papaicontos de sexo depilando a sograobrigacao mulher tira roupa e abre as pernas conto eroticosexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornoxvideo voces que achar que sua mulher e santinhacontos eroticos gay me apaxonei pelo traficante 7conto erotico comi cu do meu pai velho coroa grisalhoPeludao gostoso conto gaydançarino de funk transando de frango assadosobrinha me provocando só de pijaminha porno brasilConto erotico sou madura e consolo lesbicaxvideos.com duas amiga comeca se acaricar depois as duas tao com tesao e cair nas xupadas gostosasEu quero ver bucetaaaaahcontos eroticos caguei no pauvelhocasadacornocontos eroticos: um negrinho atrevidoContos eroticos elacareca peladavideo omem fragado botando arola pra levantando as saia das muulhres dentro do onibunsconto gay com hetero na mesacasadinha se esfregando nos homens no elevadorbundas que mexem em cima do caralhocasa dos contos claudia irm encoxando com. o pau duro. o o dabuceta das gostosa da novela das 9:00contos eróticos vou te fuder faveladaCasa de Contos fodas a uma cadela pitbul da vizinhacontos eroticos comi a filha da minha inquilinaquero v vidios d megao d pau grand gosano dentro da buceta d menina novinga