Larissa na Minha Vida 7


Click to Download this video!
Um conto erótico de Partinare
Categoria: Homossexual
Data: 08/07/2014 09:51:08
Nota 10.00

Nos beijamos com calma e depois o beijo virou desespero de ter uma a outra. Era gostoso, eu mordia seus lábios e arranhava suas costas em troca recebia gemidos únicos de tesão e desejo.

Eu sabia da festa lá fora e minha vontade era de expulsar todo mundo mas, não podia. Não queria sair do quarto eu precisava fodê-la e faria isso. Se escutassem os gemidos, provavelmente iriam tomar a iniciativa de fazer a mesma coisa. Em meio aos toque intensos dela, eu disse: "Lari, tranca a porta!"

"O que?" - Ela disse tentando respirar.

"Feche a porta! Não quero mais ninguém atrapalhando nosso momento! "

Ela riu, se levantou e fechou a porta, me olhou com um jeito safado e disse: "Agora, eu vou te comer toda e nem adianta querer escapar!"

"Caralho, você é muito Gostosa!" - Ela dizia ao me ver só de conjunto.

Ela me arranhava a barriga e chupava o bico do meu seio esquerdo sem tirar o sutiã. Mordia, apertava e sussurrava: "Geme pra mim, puta!"

Cada atitude dela me fazia transbordar de tesão. Minha boceta latejava e eu gemia.

Sem aviso, colocou a mão na minha boceta, fez o caminho até a entradinha do cu e voltou puxando de uma só vez a calcinha. Gritei desesperadamente e fiquei sem ar. Me contorci, gemendo e virei de bumbum pra cima. A calcinha toda dentro da boceta e meu clitóris quase explodindo de tanto tesão. Disse: " Puta que pariu, Larissa!!! Aiiiiiiiii....."

Ela puxou no bumbum também sem me deixar tempo pra me acostumar. Não resisti: "Caralho! Vai devagar! Assim eu vou go..."

Gemia sentindo as contratações da boceta, gritava e arranha e chegava a tentar rasgar o tecido da cama. Senti meu clitóris por pouco não explodir de tesão. Tentei me controlar...

Pensei comigo: "Filha da puta, vou te fazer gozar 1 que eu. Vou ..."

Ela me puxou e foi tirando a calcinha com a boca. Senti meu corpo arrepiar e doer. Fui às estrelas. A medida que tirava mordia e apertava meu bumbum. Senti seu dedo tocar minha boceta e comecei a rebolar.

Se tinha algo que eu sabia que fazia bem, era rebolar. Rebolar é meu vício no sexo logo depois de oral. Empinei o bumbum, abri as pernas e rebolei. Senti seus suspiros e sua tentativa de manter o controle. Tinha certeza que ela queria meter o dedo e me chupar mas, se conteve apenas em tirar a calcinha de dentro da minha boceta dando leves lambidas.

Me senti puta. E quando ela cravou as unhas no meu bumbum e mordeu minha boceta tive a certeza que era: "Haaaaaa...."

Esse grito com gemido eu tive certeza que todos os meus amigos escutaram.

Ela sorriu e disse: "Vadia!"

"Você ainda não viu e nem ouviu nada..." - Disse e a beijei. A boca molhada com o meu gosto me fez querer aqueles lábios grudados nos meus pra sempre.

Ela ainda estava vestida e isso me deu uma raiva. No mínimo deveria estar nua que nem eu. Olhei seu decote e perguntei: "Você não pode usar umas roupas mais fechadas, Larissa?"

"Agora você vai mandar no meu jeito de vestir, Daniela?"

Não me fiz de rogada. Não respondi com palavras, não iria perder meu tempo. Posicionei as mãos no decote e puxei. Puxei com o sutiã junto, rasgando tudo.

Ela ficou parada sem acreditar e eu olhei seus belos seios após arrancar tudo. Passei a língua no bico dos dois seios e disse: "Isso que vai acontecer com toda roupa que você usar que seja decotada. Eu vou rasgar e depois vou te foder!"

Ela sentou no meu colo, me beijou e se ofereceu ainda mais pra mim dizendo: "Se é o que você quer, então, fode! Tô louca pra gozar em você!"

Tirei suas sandálias, puxei sua calça e admirei a calcinha minúscula. Gemi só de olhar sua calcinha rendada preta. Pernas, coxas, virilha passei a língua e chupei, mordi. Cada pedaço dela era gostoso e eu queria tudo pra mim. Passei a língua por cima da calcinha e senti o quanto estava molhada. Afastei a calcinha e ela suspirou, gemeu. Resolvi torturar um pouco mais e abri sua boceta e soprei o clitóris duro e rosado. Visão dos Deuses. Cheiro dos Deuses só faltava o gosto mas, eu tinha que deixar a melhor parte pro final. Encostei a língua no clitóris, fiz movimentos circulares e prendi nos lábios e ela gemia. Quando parei, ela colocou suas mãos no meu cabelo e me empurrou para sua boceta.

Sorri. Sabia que tinha conseguido deixá-la louca de tesão mas, eu queria mais e ela me daria. Queria todo o gozo que ela tinha guardado e eu teria.

Seu gemido se misturou a uma tentativa de choro. Ela disse: "Não para, Amor! Não faz isso comigo. Por favor!"

Ela era perfeita e aquele pedido me deixou com mais tesão ainda.

"Não vou parar!" - Disse e já fui sugando seus seios. E ela gemia. Gemia rouco, gemia alto quando eu apertava com a mão seu bico. Subi mais um pouco e a beijei.

Ela notório o descontrole dela. Eu a beijava e ela não sabia se gemia ou se me beijava. Resolvi dar a ela a mesma sensação que a minha.

"Me pede!?"

"Diz o que você quer, Lari?!"

Eu sussurrava no seu ouvido e rebolava em cima da sua boceta. Colocava meu dedo bem na entradinha e forçava por cima da calcinha.

Voltei a dizer: "Pede pra mim, pede, Lari?!".

Ela me olhou furiosa e eu rapidamente meti o dedo de uma só vez na sua boceta e disse: "Pede, Cachorra!".

Ela revirou os olhos, levantou o corpo e cruzou as pernas prendendo minha mão na tentativa de não me deixar tirar o dedo. Gemia e gemia e gemia e eu ficava cada vez mais louca de vontade de fodê-la mas, ela teria que pedir.

Mordendo sua orelha e passando o dedo na boceta toda, disse: "Pede pra mim, Puta!"

Ela suspirou.

Sabia que precisava de algo mais e assim fiz.

Tirei a mão da sua boceta, a puxei pra mim de uma só vez, a beijei e fui arranhando suas costas, apertei sua cintura e cravei as minhas unhas no seu bumbum. Seu corpo colado ao meu e seus gemidos roucos me faziam ir perdendo o controle das atitudes. De súbito, a virei de costas, joguei na cama. Puxei seu cabelo. Era a hora dela pedir e era a hora que eu a teria completamente. Observá-la de 4, toda aberta, escorrendo tesão me fez chupá-la.

Esqueci de fazê-la pedir. Chupei com vontade. Com toda sede que eu tinha dela. Por vezes ela desmoronou na cama e eu a puxava! Bati em seu bumbum, penetrei sua boceta com a minha língua e sugava todo tesão que dela escorria. Movimentos circulares no clitóris, mordidas nos lábios e eu deixei o melhor para o final.

O cu que ela fazia questão de me mostrar e eu já imaginava atrocidades.

Apenas passei a língua e forcei um pouco o dedo. Ela gemeu com dor...

Não existe visão melhor do que uma mulher de 4, com cara de tesão pedindo para você "meter" nela com força. A Lari fez isso para o meu espanto. Já não me importava mais, queria o gozo na minha boca.

"Mete o dedo, Amor!"

"Me fode!"

Eu quase gozo de tanto que meu corpo tremeu e minha boceta latejou ao ouvir os pedidos dela.

Meu lado animal que só havia aparecido com o Rodrigo, voltou. Desejo de sexo era no corpo todo.

Puxei a calcinha dela, tirei e meti dois dedos com ela de 4 ainda. Meti com força e bem fundo. O grito dela veio acompanhado de gemidos e puxadas de ar. Se jogou na cama e eu sentia as contratações e o gozo escorrendo por entre os meus dedos.

Chupei sem parar. Ela era doce e salgada ao mesmo tempo. E eu adorei o gosto, ela era perfeita até nisso.

Esperei ela se refazer por algum tempo e voltei a chupá-la!

"Você quer mais?" - Ela disse com a voz mole.

"Eu quero tudo que você têm!" - Falei entre sussurros e no meio de suas pernas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/07/2014 14:05:09
Que caliente,simplismente maravilhoso!!OOO LOOOOUCO MEU,banho frio agira rsrsrs anciosa pelo proximo
11/07/2014 02:16:20
UaU, que perfeição de conto :o
08/07/2014 15:06:11
Ui ke ke isso... Cont
08/07/2014 14:21:50
muito bom!,continua :)
cli
08/07/2014 12:31:37
perfeito....cont.
08/07/2014 11:54:01
Maravilhoso...
08/07/2014 11:40:38
perfeito




Online porn video at mobile phone


Meu marido viaja e meu sobrinho me fodecontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgemeu qosanooq a bliblia adiverte sobre sexso analela e nossapara foder contoscontos meu sogro me comeumorena cavala irresistivel não bater punhetabotando o joelhinho em cima da mesa xvideosdemônio pausudomeninas virgens engatada varias vezes com caes na zoo contos eroticosconto erotocos minha mulher nao uza causinha nen sutianxvídio porno novínha espichano gozoenchendo abucetinha dalinda moreninha de espermatozoides video porno gratiXVídeos marido dela não tem pica para comer ela ela vai lá no mercado e compra o vibrador da grossura da vida de um cavalo e da o marido dela tá empurrando o cu dela grita demaiscontos eróticos gay da cidade de tupã ?o das panteras das morenas de cabelo enroladinho dando a b******** raspadinhacontos ela falo chicao nunca dei o cu pra pau grossomae safada sina menino cupa bucetaincesto com meu vô contosconto no cinepornopatriciane transando gostosavideo porno eu nao aguetei ver minha irma novinga e gostosa dormindo so di calsinha eu comi o cu virgem dele gozei ladendrofilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetocontos eroticos de santo andrepornodoido gato lembi bucetacontos de incesto irmao assistindo tv com a irma novinha e comendo ela abracado por trasencoxou a mae na camaxtubinho zofilia com cadela no ciocontos eróticos a irmã de minha espoza bunduda e coxudametendo com enteada nova E que gosto de uma quentinhapadretaradocontosSou mulher casada meu compadre me fodeuestrupo a noviha arobam buceta e ela manda paranegao arebentou as pregas do meu cu contosxvidiosexopornoconto eurotico casal pescano com amigo beldocontos eróticos de cheirando calcinha da amigacache:PjjgrxSVmoYJ:zdorovsreda.ru/texto/2013011214 gordas lpucas de tesaoContos eróticos de incesto entre familias aonde todos mamam e foden em todas as posiçoes possiveis e de todo o jeito em orgiasmae cpontos erotixosporno coroas carentes querem pica dos sogrosPorno caseiro pegando o cedente de predeirocontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudoMathz - CASA DOS CONTOS EROTICOSxvideo dramim pra sograpiranhona de espartilho e cintanão tive culpa meu marido me deixou sozinha com o marceneiro e ele pegou o meu cuzinho contos exóticosContos eroticos podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoeu com 28 anos de idade minha noiva linda e gostosa com 20 anos de idade ela casou comigo virgem da sua buceta e virgem do seu cu eu e ela na nossa noite de núpcias eu dei um abraço nela eu dei um beijo na boca dela eu tirei seu vestido de noiva ela deitou na cama eu comecei a chupar seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gemia ela gozo eu disse pra ela chupar meu pau ela pegou no meu pau ela disse pra mim você tem um pauzao ela chupou meu pau ela disse pra mim pra eu mete meu pau bem devagar na sua buceta virgem eu disse pra ela eu vou tirar sua virgindade da sua buceta com carinho eu fui metendo meu pau na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo ela disse pra mim eu quero dar meu cu virgem pra você conto eróticoencoxada mau cobertavir minha sogra toda sex e acabei pequerando e fiz sexo com sogracontos de podolatria scarpinhomem gostoso da rolona hàhàhà gemendomulher goza bem fe vagarsinhoabusando sarrando a coroa velha contoberoticovidio mulhe deixado gozadetroconto erotico com cunhada muito catolica santinhanegro pisudo comendo transex lisinho de calcinhaconto erotico gay minha tia me transformou em meninafistando medalhista olimpico xvideoshomem enfica pica mulher treme dorBoa foda com chinesas novas peludas com pau jigante contos sem calcinhavideos de sexo filhas gemiase paiminha esposa ela me disse pra eu fuder ela e minha amante elas duas juntas eu levei minha amante pra minha casa eu apresentei minha amante pra minha esposa eu e minha esposa e minha amante fomos pro quarto eu fudi elas duas juntas conto eróticojumento racudo comendo xota da mulher zoofiliamulher madtubano escritorio pornodoidotia de shorts grudadinho dandopai fica pelado perto do seu filho lindo mundobichametemulhe com homenmae de filho gozando muito com brutamonte e corno filmando xnxxContos eróticos confissôes de umà crente safadamulheres casadas safadas se exibindo de sainha curta sem calcinha pro encanador ele ñ resiste fode a putaxvideo sinhazinha vai na sezala da cu para o escravoporno gratis cicinha e betoO negrão entupiu a bucetao de minha mulher casadiscontosprima entra atras do sofa agarra prim meter no cuzinhoxvidio de padrasto comendo. a imtiadaContos pornos-estuprei minha sogranegão bem dotado chupando e arrombando o c* da novinha louca de lança na casa abandonadaxvideo professora lecionando de shortinho atolado no cusó crente contoeróticospornô.comcontos eroticos sou mulher e transei com minha sogracontos vi meu pai arrombando o cu da minha maepai tira. virgindade da filha la gorra esguichAporno antigo novinha putinha de calçase esfregando escondida no pau do namorado da maeimplorei para ser cornonegão arrebentando o c* de homem bêbado dormindo e g****** no c* dele em 2 minutosx video coletania de gozadas de brucusetiadas novilhas tasano com padrasto velho ponodoidomulheres fudendo na obra fq