Encoxando a mãe de uma aluna


Um conto erótico de Prof Victor
Categoria: Heterossexual
Data: 28/05/2014 11:42:14
Nota 10.00

Pra quem leu meus contos, esse conto não tem nada a ver com o Dominando a Mãe da Aluna, rsrsrs. Esse conto aconteceu comigo quando eu já estava em São Paulo. Também é um conto curto, devido à brevidade dos acontecimentos. Também gostaria de ressaltar que no momento em que escrevo esse conto o debate sobre o assunto está acalorado, espero não ofender ninguém posto que a minha parceira não se ofendeu.

Certa noite em São Paulo, eu peguei uma lotação para dar uma aula a noite e, para variar, lotada. Horário de pico é sempre assim. Um ponto após o meu entrou um bela morena, nada de espetacular, mas com seios fartos, cintura fina, bumbum avantajado, cabelo comprido, calça legging, barriga de fora, estilo piriguete, só que aparentava estar entre os 30 e 40 anos. A piriguete se espremeu do meu lado e assim fomos por alguns pontos.

Já na metade do caminho, a piriguete foi forçada a se espremer mais em mim, após uma reclamação com a tiazona que a havia empurrado, ela percebeu a nova situação, ela acabou ficando na minha frente. Como ela era mais baixa o encaixe foi perfeito. Ela me deu um sorriso amarelo que eu retribui. Tentei afastar um pouco meu quadril para não “molestar” a moça, mas o “balanço do busão” não cooperou com minha inocência, inevitavelmente meu membro encostava naquela bunda gostosa, as minhas tentativas de afastar se tornavam frustradas, pois com o movimento da lotação, eu acabava fazendo um gostoso vai e vem, meu pau ficou duro, parecia que ia furar minha calça.

A moça cheirosa na minha frente com aqueles cabelos longos me deixavam excitado, como sempre quis encoxar, mas tinha medo de ofender alguém, até então tinha apenas lido algumas coisas na internet sobre o assunto, comecei a reparar que a ela me dava sinais, descritos em uma comunidade sobre o assunto. Ela enrolou o cabelo e colocou pra frente mostrando a nuca me fazendo sentir um cheiro doce de perfume, encostou a mão na minha e não afastou e não tentou desviar nenhuma vez das minhas “investidas involuntárias”. Decidi então manter meu quadril firme, com meu membro rijo encostado no rabo da gostosa. A resposta foi positiva, o balanço agora não nos afastava, mas mantinha o vai e vem agora mais gostoso, senti que ela arrebitava a bunda na minha direção, a safada estava gostando. Aos poucos além de rebitar ela rebolava, passava as bandas da bunda no meu pau, e eu cravando no meio. Por pouco eu não gozava.

O roça roça foi rolando e a lotação esvaziando aos poucos, depois de um tempo ficaria difícil manter a brincadeira sem que alguém reparasse, quando chegou em um ponto que um monte de pessoas desceram tomei uma medida inesperada, eu mesmo fiquei surpreendido com a minha ação! Abracei a mulher pela cintura, e puxei ela mais perto do meu corpo! Assustados, aos poucos fomos nos acalmando e continuamos a brincadeira agora parecendo um casal. Juntei o corpo dela no meu aproveitei para amassar bem aqueles seios delicioso, aproximei dela e falei em seu ouvido “safada, gostosa!”, ela suspirou, gemeu como alguém que estava no limite da excitação, percebi que ela ofegava, o calor era extremamente intenso naquela ocasião, uma delicia. Sentir a barriga descoberta da gostosa me dava mais tesão, se tem algo que amo é umbigo de mulher, quase não conseguia segurar meu gozo, aos poucos fui me soltando mais, dizendo coisas mais pesadas como “cadela, safada!”, “quero foder sua buceta!”, “arrombar seu cuzinho”, ela não respondia apenas ofegava.

Infelizmente meu ponto se aproximava, até pensei em seguir ela até o ponto dela, mas imaginei que seria demais e poderia assustá-la.

- Tenho que descer vadia, passa seu telefone! - Ela gelou, ficou com uma cara de quem não sabia o que fazer achei estranho a reação, mas não insisti, dei um beijo na nuca dela e soltei, já indo em direção a porta de saída, quando terminei de descer o último degrau, percebi que ela estava atrás de mim! Fiquei extremamente surpreso!

- Ué! Veio atrás de mim!?

- Não é que eu moro por aqui mesmo... – Me respondeu com timidez...

- Que ótimo eu trabalho por aqui! – diante da minha resposta ela mordeu os lábios e pegou o celular na bolsa.

- Passa seu número pra mim? – imediatamente ditei o número pra ela, ela anotou e deu um toque no meu celular - pronto!

Depois que ela me deu um toque segurei ela pela cintura e dei-lhe um belo beijo, o beijo foi longo e com muita pegação, aproveitei e deixei minha mão boba liberada, apertava a bunda dela com gosto! Logo meu pau ficou duro de novo, levei a mão dela até ele, ele me olhou assustada, e pegou no meu mastro ali mesmo, no ponto de ônibus.

- Eu saio às onze do trabalho, quer fazer alguma coisa depois?

- Não posso meu bem, sou casada! Vou pra casa agora, se sair meu marido desconfia. Aliás, se eu demorar também, deixa que eu te dou um toque, ou você me dá quando você passar por aqui.

Demos mais um beijo bem quente e nos separamos. Tive dificuldades em dar aulas naquele dia, fiquei imaginando tudo que havia se passado, além disso precisava esconder o tesão, e as mulheres do EJA, não me davam muita paz. Apenas passei atividades na lousa e me sentei, antes que alguém percebesse meu pau duro. A história teria uma continuidade se não fosse o dia seguinte...

Eu dava aulas naquela escola nos períodos da tarde e noite, porém era dia de reunião de país. Esses dias são muito tranquilos, as aulas começam mais tarde, poucos pais comparecem facilitando nosso trabalho. Fiquei responsável por minha sala de coordenação. Aos poucos os pais foram chegando, porém eu gelei quando vi que minha companheira da aventura da noite passada entrou na sala, acompanhada da filha ainda. A filha era uma daquelas piriguetes que não ligam para nada, uma péssima aluna que provavelmente reprovaria no final do ano, bem menos gostosa que a mãe! A mãe veio mais comportada, exibia um decote firme e delicioso, mas não usava legging nem deixava mostrar o umbigo. Mesmo assim foi o suficiente pro meu pau subir. O desconforto de ambos era notável, passei as informações gerais para os pais e comecei o atendimento individual. Ela veio logo, parecia apressada e nervosa, cumprimentei ambas cordialmente, visivelmente mais calmo que ela, ela gaguejava ao tentar falar comigo, descasquei a aluna pra ela e ela saiu como um foguete da sala, nunca mais a vi.

A aluna não mudou nada, continuou desinteressada e realmente repetiu. A mãe nunca retornou minhas ligações infelizmente... no ano seguinte ela tirou a filha da escola... uma pena, mas enfim...

Espero que seja do agrado de vocês, além disso o tema “está” polêmico, mesmo assim achei que valia a pena publicar...

Meu e-mail: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/11/2017 18:50:14
Adorei o conto!
23/12/2016 07:51:10
Ótimo relato! Fiquei muito excitada! Apreciei a evolução sutil que você deu ao conto!
23/03/2016 22:23:55
Mto bom! Confesso que tenho vontade de encoxar uma gostosa, mas tenho receio de ser taxado de tarado ou coisa do tipo.
06/11/2015 23:09:53
17/03/2015 09:54:28
Zap zap nove meia quatro catorze meia quatro zero oito chama lá
28/05/2014 20:49:46
Gostei!
28/05/2014 14:29:33
Pelo descrito no conto não houve o indesejado assédio sexual e sim uma sacanagem de comum acordo, assim eu entendo que é tesão de ambas as partes.




Online porn video at mobile phone


escrava sexual virgemconto novinha perdeu o cabaco para casetudo que em fiou de uma vezContos eroticos 16relato erotico meu filho gosa nas calcinha minhas205XVDEOcunhada de cadinho sendo encoxadaconto casada assaltada chora na rola grande e gosaginecologista dilatando o cuzinho dá mulher pra gozar dentroempragada safada ve menino na punhetafilho caralhodo fa a mae sangra na penetrçaomenina lavando roupa bem gostozinha pozisao gostozaconto erótico dei a bct ao mordomoPornô doído melhor femendo ia falando o meu deus o meu deus em inglêscontoeróticoguri morenas novhia gostosa x vidosxvidio porno cumeno cuzinho aprimeira vesContos pornos-estuprei minha sograo ditao negao comeu minha esposaconto narceja porrapique esconde menina pics pornô de menina menina meninapornordoido menagemvideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaestupro esposa contos eroticosporno negao fas muleca grintacomebuceta irma outra irma prexacontos sexo minha mãe uma damax videos minha mãe beba deitadoeu comi elacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos gays de incestos.com- pai machão dominad come filhomenino passivinho gayContos eroticos menino de onze anos pauzudao com mulher contoerotico eu namorada mae e tiowww sexo adulto 18 anos tutorial de como trazar com cachorros roludos pau gigante. zoofilia.porno doido . com brcomendo a elaine no cantteito de obras xvdeosfui encoxada no culto da igrejaver fitis de mulheres dando a buceta encostadas na mesa. de vestido curtoconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadoxividio ta entrano no cuxividio ela tem medo de da o cux video subrinhaolhando o titio roludoporno menina virgem ser marturbado de calçinha de redinhanovinha bududinha querendo um pintaoporno japonesa humilhada exibida chantageada e abusada 2 contoentregadora de panfletos vendo.meu pauO jostin biber.diz que.si cemti sovideo porno fundeno cuzinho a fosapornô doidão lavano carroxnovinha bonziadadando pro pratao parte2porno caseiro coroa de brusos levando forte e gemendo gosyosocontos eiroticos leilapornGOZEI E COMI MINHA MAE E MINHA CUNHADA VEP NO XVIDEOSpono vinha.neguinhafui comer e fui comidocoesa a loura rabudaminha esposa pediu dupla penetraçaocontos eroticosmae pastorando o filho incestoBaixar video acordei fui ao quarto irma dormindo nao teve saida tirei seu cabaçoconto erotico onibus velhooantunesfagner entre homensMulheres que se mastubarao em quanto.dansavaconto tatuei minha bucetinha molhadinha pinto ennorme n cu d geyxvideo guete bei galaconto erotico macho dominador convida amigos pra foder viadinho submissocontos eroticos perdi meus 2 cabaçoes com meu irmao mais velhosexoconto erotico da minha filha de14contos chupei a buceta da janaratarada nuonibuscooby-doo chupa pomba de salsicha grátisprofessora gostosa da etec contos eroticosvideo porno de morena com blusa laranhadaaniversario dele,entao dei minha buceta de presente.contos de incestomuler m as calcinhas lancesda xoxotasvideo de incesto nisseixvideo novinha transando com pones 2018O vizinho safado do 205XVídeos Marianinha homens tomando banhofilhagosando muito e tremendo as pernasComendo a ninfeta grudadinho nelavídeo baixinhas quadril grande agachada de costas de quatroO vizinho safado do 205virei escrava do vizinho contos eróticosmuler bateno ua pueta pro homesafada veste ropa com apora dento da bucetaconto sentada no colo do tio no ônibusXVídeos coroas em carbono com pau do enteadocoroas peludos com para fora da cueca samba cançaocontos eroticos sogras Evangélicas Gravidas do Genroconfesso que esse moreno é deliciosoWESLLEYWEST-CASA DOS CONTOS EROTICOS |zdorovsreda.runovinha branqinha que nem papel do bucetaocontos eiroticos leilapornbaixar xvideos americanos fisuradoscarsa da cota fiada na busetamulher trasando cem saber com oltroirma gemeas ciumes por isso se chupam pornocontos eróticos uma menina órfã estrupada por ladrao xvideoviva o padrastro e a entiada xivideo10contos eroticos quando eu tinha doze anos viagei pra fazenda com meu paitraisao na cozinha muile de camizolo