Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Enganei minha esposa para ela dar para outro homem (an american tale)

Autor: guido
Categoria: Heterossexual
Data: 21/05/2014 21:43:38
Nota 9.80
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Enganei minha esposa para ela dar para outro homem (an american tale)

Eu estava farto com o puritanismo da minha mulher, então em um fim de semana eu decidi levá-la em outra cidade para fazermos compras. Ela sempre desejou receber uma massagem feita por um profissional, então aproveitei para contratar um garanhão negro para tentar seduzi-la.

Depois da checagem no hotel, solicitei uma garrafa de champanhe para ser servida no quarto, e perguntei se ela ainda queria uma massagem, pois o hotel dispunha de tais profissionais. Ela ficou hesitante, daí eu peguei o telefone e fingi ligar para o serviço de massagistas do hotel, mas na verdade eu estava ligando para o cara que eu tinha encontrado nos tablóides locais de profissionais do sexo.

Ele chegou cerca de 45 minutos depois, e então minha esposa se apavorou, ao ver que um cara estava ali para realmente fazer a massagem. Eu disse a ela que eu iria ficar na sala e que era a única vez que ela teria essa oportunidade. Ela foi ao banheiro e voltou enrrolada em um roupão de banho, mas ainda com a roupa de baixo. Earl (o garanhão preto) tranquilizou-a dizendo que ela iria se divertir. Ela se deitou na cama e tirou o roupão, totalmente envergonhada.

Quando Earl começou a massageá-la, ele derramou um pouco de óleo quente em suas costas e começou a esfregar seus ombros e costas. Ela ainda estava muito tensa, e ele começou lentamente a falar com ela, dizendo-lhe que ela era uma mulher bonita e que ela sabia se cuidar muito bem. A essa altura, eu fui para o sofá na outra sala e liguei a TV (o que eu queria na verdade era deixá-la confortável e levá-la a pensar que eu estava assistindo TV, enquanto ela estava sendo seduzida).

Eu lentamente rastejei de volta para a porta e comecei a observar. Ele ainda estava esfregando as costas dela. Então ele perguntou se ela se importaria se ele tirasse a camisa, pois estava ficando quente. Ela hesitou por um momento e disse “claro, sem problema”. Eu poderia dizer por sua hesitação que ela não estava muito interessada nisso. Já havia se passado cerca de 15 minutos de massagem, e eu percebi que ela precisava de mais um pouco de champanhe. Então eu perguntei, do outro quarto, se ela queria mais champanhe, e invadi o quarto com um copo cheio. Eu perguntei ao Earl se ele queria e ele disse “agora não, talvez mais tarde”.

Eu fui sair da sala, e captei um olhar da minha esposa que eu nunca tinha visto antes. Era uma espécie de olhar de confusão e perplexidade. Quando saí do quarto, eu disse que eu esperava que ela estivesse apreciando a massagem, e que me deixasse saber se ela queria algo mais. E, brincando, lhe disse se seria muito bom se eu pudesse me juntar a eles mais tarde.....

Earl retomou do ponto em que ele parou, e começou de novo um tipo de conversa baixa e relaxante. Quase como um tipo de hipnose. Ele começou a espalhar o óleo em suas pernas e coxas. Ele perguntou se ela poderia tirar a calcinha, para que ela não ficasse impregnada do óleo. E se ela se sentisse mais confortável, ele iria colocar uma toalha em sua bunda. Ela então, lentamente e hesitante a retirou, mas manteve as pernas fechadas com força.

As mãos dele começaram a esfregar o óleo eficazmente nas pernas dela, para cima e para baixo, e cerca de 5 minutos depois eu podia ver que um par de seus dedos estavam desaparecendo entre as coxas dela, e que suas pernas não estavam mais tão bem fechadas. Ela estava gemendo baixinho de vez em quando e Earl olhou para mim e me deu um grande sorriso, que mostrava que ele estava muito seguro de si. Ele continuou massageando-a, e perguntou se ela estava curtindo o tratamento. Ouvi-a dizer que era a melhor sensação que já tivera até agora, então obviamente ele estava indo na direção certa.

Nesse meio tempo, enquanto suas mãos se moviam pelas coxas dela, de repente as pernas dela começaram a se abrir e ela não estava mais tentando cobrir a sua buceta. Eu podia ver que ele estava começando a esfregar a sua buceta, molhada do que poderiam ser os seus sucos, ou o óleo da massagem. Earl perguntou se ela queria algo mais sensual e ela disse: "Sim, mas eu não sei o quão longe eu posso deixar você ir." Então Earl perguntou se ela já tinha tido uma massagem sensual antes, e ela disse que não... mas que gostaria de tentar.....

Earl então pediu-lhe para se virar para que ele pudesse massageá-la na frente, e nas coxas. Quando ele estava de frente para ela, ele perguntou-lhe se ela se importaria se ele tirasse a calça, uma vez que ele estava ficando com muito calor. Ele disse que tinha um short por baixo, para ela não se preocupar. Ele ainda disse a ela que se ela se sentisse desconfortável, que ele a colocaria de volta.

Ele começou a retirar seus shorts suados e eu a vi olhando para seu corpo negro brilhante. Ela ficou muito interessada quando ela viu a grande protuberância em sua bermuda. Parecia que ele tinha duas enormes batatas recheadas em seus calções. Ela terminou virando o rosto e você podia ver que ela estava um pouco desconfortável, deitada ali totalmente exposta na frente de um total estranho, ainda por cima um homem negro que ela nunca tinha visto antes.

Earl colocou um pouco de óleo em suas mãos e começou a massagear seus pés e pernas, então ele se sentou em suas pernas e derramou óleo quente sobre os seios e começou a esfregar as mãos em círculos sobre a barriga e os seios dela. Ela estava com os olhos fechados, obviamente um pouco tensa, mas parecia que ela estava gostando. A virilha dele estava a poucos centímetros da região pubiana da minha esposa, e eu queria saber se o calor irradiava do seu pênis para a buceta dela. Eu estava começando a pensar se eu realmente queria que este garanhão negro seduzisse e transasse com a minha esposa. Será que ela ainda ficaria feliz com o meu pequeno pau de 12 centímetros? e se ele fosse um amante melhor para ela? Devo ir para o quarto e parar com isso? Será que ele conseguiria enfiar aquela pica em sua buceta apertada? Eu comecei a tremer, mas eu também notei o meu próprio pau começando a ficar duro. Eu vinha sonhando com esse momento a muito tempo, mas o que acontecesse agora determinaria os rumos do nosso casamento para o resto das nossas vidas...

Earl estava agora massageando seus seios pequenos e firmes, e parecia que ela estava gostando. Ele foi alternando acariciando as pernas, a partir do V de suas coxas, correndo os dedos e as mãos para baixo até seus pés. Eu podia ouvir alguns gemidos suaves vindos dela, quando seus pés eram tocados.

Ele então retornou novamente para os seios, e depois para o pescoço. Era estranho ver outro homem amassar e apertar os seios de alguém que tinha sido só minha, nos últimos 10 anos. Em seguida, ele disse a ela para se virar, que ele estava indo trabalhar em suas costas e traseiro. Ele perguntou se ela gostava de uma massagem profunda no seu traseiro? Eu me perguntei se ela sabia exatamente o quão profundo ele estava se referindo...

Depois que ela virou-se, e antes que ele chegasse em suas pernas para se sentar em cima delas para abstrair a massagem, ele rapidamente com as duas mãos removeu os calções. Uau, eu gostaria de ter um pau assim. Era da grossura de uma calabresa e com o comprimento de um pequeno salame, cerca de 19 ou 20 centímetros de comprimento. Eu comecei a pensar em como seria bonito, ele entrando e saindo da buceta dela, e o que eu daria para segurá-lo e empurrá-lo para dentro da sua buceta molhada! Ele sentou-se nas pernas dela e acho que ela percebeu que ele não estava mais vestindo os shorts, porque ela estremeceu e se balançou um pouco quando ele se sentou. Estou certo de que ela não tinha muita certeza disso ainda, mas ficou ali tranquila, a espera do reinício da massagem...

E foi então que Earl disse que ele tirou seus shorts para ficar mais confortável, e que a parte mais sensual da massagem é sempre a excitação do inesperado. Seu pau começou a endurecer um pouco (estava agora com cerca de 14 centímetros) e ele estava deslizando-o em torno da fenda do seu traseiro e no topo das suas pernas. Ela pareceu se acostumar com isso e foi nessa hora que eu comecei a pensar em como ela reagiria a este belo exemplar de pau preto e duro deslizando em sua boceta. Eu sei que o mesmo o meu pinto pequeno, quando eu enfio nela com força, ela grita um pouco devido a súbita intrusão. Eu estava começando a imaginar, como ela iria reagir com ele? Ela iria se opor a alguma coisa, e fugir dele?

Como ele iria entrar nela? Isso iria ser difícil? Seria rápido e com força? Ele seria gentil? A questão principal era, o que ela iria fazer com um pau duro, grande como jamais ela vira antes em sua vida, sendo inserido e enchendo sua pequena vagina apertada?

Aquela altura, Earl pegou mais óleo e pingou na parte inferior das costas dela, e disse-lhe para manter-se na cama, porque ele estaria lhe fazendo uma massagem corpo a corpo. Então ele começou a esfregar seu corpo suado no dela, deslizando para cima e para baixo em suas costas e pernas. Ela parecia se divertir, mas o melhor de tudo era a sua enorme salsicha, começando a ficar cada vez mais dura, uma vez que deslizava para cima e para baixo em suas costas, ou em sua bunda e pernas. Ela ainda mantinha a mesma pressão, apertando as pernas juntas, embora eu pudesse ver que elas estavam começando a se abrir um pouco, começando a expor sua boceta molhada. Earl estava quase deitado em seu corpo, ainda se esfregando para cima e para baixo, foi quando ele olhou para mim com um sorriso e esperou pela minha aprovação. Foi então que meu pau começou a endurecer, ao mesmo tempo em que eu acenaria para ele ir em frente.

Vendo Earl em cima da minha mulher, fazendo a chamada “massagem corpo a corpo”, e olhando para mim em busca da minha aprovação para enfiar seu pau duro, que já estava colocado à entrada da buceta úmida da minha esposa, muitas coisas correram pela minha mente. Seria este o fim da inocência da minha pura e doce esposa? Ela deixaria aquele pau preto penetra-la, sem protestar? Será que ela me odiaria para o resto de nossas vidas? Será que nós ainda teríamos um casamento, após este estranho incidente? Será que ela chamaria isso de um estupro? Seria nesse momento que eu teria de levar adiante todos os anos de planejamento. E finalmente eu sinalizei para Earl ir em frente com os nossos planos.

Ele esfregou seu corpo magro e besuntado de óleo para frente e para trás, parando apenas na abertura da vagina dela. Parecia que ele estava criando um ritmo, quando de repente ele simplesmente deslizou para dentro dela. Aquilo continuou pelo que pareciam minutos, embora na verdade foram apenas cerca de 15 segundos. Em todo esse tempo ele estava olhando para mim, e com esse impulso final um sorriso despertou no seu rosto, provocando ao mesmo tempo uma expressão de horror na minha esposa. Ela suspirou e se virou para olhar para mim de pé na soleira da porta, ao mesmo tempo olhando para Earl, em descrença pelo que estava acontecendo. Lá estava um enorme pau preto dentro de sua boceta apertada, diante do seu marido, ela começou a chorar e a dizer “não.... não.... não faça isso comigo, por favor...... não.....“ ela parecia me pedir ajuda e foi aí que eu andei até ela.

Ajoelhei-me ao seu nível na cama, e disse-lhe “querida, isso é por todas as vezes em que eu fui egoísta e não pude satisfazê-la. Você precisa disso, e eu quis que esse massagista profissional, especializado em terapia sensual (eu inventei isso na hora) viesse massagear você, como você nunca, nunca tivesse sido antes. Eu quero que você relaxe e aproveite, pois é o meu sonho te ver no paraíso, para que você sinta o que você esteve me dando por todo esse tempo, eu quero que você experimente isto, comigo aqui.” Nesse ponto sua tensão se fôra, e ela desistiu de lutar, vendo que isso seria inútil. Ela apenas ficou quieta.

Earl começou a sussurrar algo em seu ouvido, que eu era incapaz de ouvir. Então ele começou a dar longas e lentas estocadas, com ela ainda sob seu estômago. Isso continuou por cerca de 5 minutos, até que eu comecei a vê-la empurrando lentamente de volta contra seus impulsos. Ocasionalmente, ela soltava um breve e suave murmúrio... Era a mais bela visão que eu já tivera, vendo aquele pau duro e brilhante, comendo de verdade a minha mulher. Este era o momento que eu tanto tinha esperado. O meu pau também estava duro, e parecia que havia crescido um centímetro extra. Eu não estava a acariciá-lo, porque eu sabia que se eu o tocasse, eu iria gozar imediatamente.

Então Earl Disse-lhe para se virar, e ele faria a massagem em sua frente. Ela sem abrir os olhos obedeceu ao seu comando. Enquanto seu pau duro estava fora, os lábios da boceta dela se mantiveram abertos. Era óbvio que ela nunca tinha tido qualquer coisa tão grande assim em sua intimidade antes. Eu perguntei ao Earl se ele iria deixar-me guiá-lo, e ele disse “seja meu convidado”. Como ele equilibrando-se, coloquei minha mão em seu membro e não podia acreditar o quão duro ele estava. Então eu esfreguei a cabeçorra para cima e para baixo sobre os lábios da boceta da minha esposa, e empurrei-o para dentro. Então eu quase gozei, mesmo sem me tocar. Foi um momento indescritível.

Então Earl começou a empurrar-se mais profundamente, e ela começou a ofegar, e eu não tinha certeza se era de dor ou prazer. Inclinei-me para ela e perguntei se estava tudo bem. Ela não me respondeu.... Estaria ela com raiva de mim? Ela iria ao menos voltar a falar comigo algum dia? Então eu perguntei a ela se ela queria que eu fosse embora. Ela disse que seria melhor para ela assim. Eu disse “ok, mas se você precisar de mim, eu vou estar na outra sala”.

Olhei para Earl, e ele disse que ainda tinha um monte de massagem para fazer e que ele iria me chamar, já que havia uma parte mais tarde em que o marido precisa participar. Eu me afastei imediatamente, e fiz parecer que eu fechara a porta.

Então Earl começou, erguendo o corpo dela pela bunda com um travesseiro, para que ele pudesse obter cada centímetro de sua ferramenta preta na minha pequena esposa. Apenas um par de minutos depois eu já podia ouvi-la gemendo a cada estocada dele. Eu podia ouvir o choque das carnes quentes molhadas de suor, quando as pernas dele batiam na bunda e nas coxas dela. Olhei através da abertura da porta e pude ver o membro preto desaparecendo totalmente na justa e pequena boceta da minha mulher. Será que ela ainda seria feliz com meu pinto? Como ficaria a sua vagina agora? ainda seria apertada? Em seguida, um pensamento me veio, ela não estava a tomar a pílula e Earl não estava usando uma camisinha. Oh merda! E agora, o que eu devo fazer?

Enquanto isso lá estava eu ali na porta, assistindo o massagista comer a minha mulher, vendo os lábios da boceta dela abraçando seu pau grosso, enquanto ele entrava e saia de dentro dela, como velhos amantes. Era definitivamente a coisa mais quente que eu já experimentei. Embora o problema ainda existisse. Será que ele gozaria dentro dela, ou sobre ela? será que ele faria ela dar-lhe um boquete (ela raramente me faz boquetes, embora fique quente quando o faz) eu deveria interromper e dizer isso a ele? Se eu entrasse no quarto e dissesse: Earl, por segurança, goze em seus peitos ou em qualquer outro lugar, será que cortaria o clima?

Minha mente corria solta, mas de repente parou diante dos sons de gemidos que começavam a vir da boca da minha esposa. Na verdade, ela começou a dizer “sim, sim”, a cada estocada do Earl. Caramba, ela estava realmente gostando disso... eu estava realizando meu sonho. Então Earl sussurrou algo para ela e ela virou-se novamente, desta vez ela manteve os olhos abertos e eu podia ver que ela estava olhando cuidadosamente para a ferramenta que estivera inserida na sua pequena vagina. Seus olhos estavam hipnotizados porque eu duvido que ela já vira um pau tão grande, nem ao menos um pau preto, em toda a sua vida.

Ele puxou a bunda dela para cima, e começou a enfiar novamente o pau em sua buceta para fode-la estilo cachorrinho. Ela gritou, seja de dor ou surpresa, quando ele enfiou seu pau todo para dentro. Afinal, era o dobro do tamanho do que ela estava acostumada comigo. Especialmente porque o dele estava duro como uma rocha...

Então ele lentamente começou a entrar e sair. Mais uma vez eu vi a pele da sua vagina o abraçando, era como uma espécie de junta para proteger qualquer sêmen de escapar. Eu estava excitado de novo. Eu não pude resistir a acariciar meu pau, e com cerca de 3 cursos eu atirei a minha porra a cerca de quatro passos de onde eu estava. Foi a sensação mais incrível que eu já tive na minha vida.

Ela continuou gemendo e começou a gritar “sim.... sim... isso....” em um tom baixo de voz. Enquanto isso, Earl começou a pegar seu ritmo, parecendo que ele estava pronto para gozar, mas antes disso ele puxou seu pau para fora, deitou-a de costas e voltou a comer sua boceta molhada e vermelha.

Enquanto comia a buceta dela, ele fez sinal para eu voltar e vir para o rosto dela. Inclinei-me para o rosto dela com meu pau meio duro e ele disse a ela “baby, eu quero ver você chupar o pau do seu velho...” ela olhou para ele, virou o rosto e fez exatamente o que ele disse, sem qualquer hesitação... parecia que ela nem sequer levara em conta que se tratava do pau do marido dela, quase como se fosse apenas o pau de um homem qualquer.

Foi um dos melhores boquetes que eu já recebi. Depois de 4 ou 5 minutos, ele perguntou a ela "baby, minha coisinha doce, você gostaria de chupar um grande pau preto enquanto o seu marido continua a chupar essa sua bocetinha?."

"Oh sim" foi a sua resposta, sem hesitação alguma. Ela disse “eu quero provar isso agora”, com isso eu me afastei, e Earl se aproximou com seu pau duro balançando e eu vi minha querida esposa começar a chupá-lo como se fosse um delicioso picolé.

Eu comecei a chupar sua buceta, que cheirava a uma combinação de sexo quente e luxúria. Eu gostei do sabor, mas procurei não pensar se o Earl iria gozar na sua boca macia, ou se eu estaria a ver o fluxo da sua porra saindo daquela boceta recém fodida por ele.

Pena que eu não tinha uma câmera de vídeo para gravar esta cena totalmente inacreditável. Aquele rosto branco e inocente com um pau preto estocando dentro e fora de sua boca, era inesquecível.

Então Earl perguntou o que ela queria, foder mais, ou chupar? Ele então lhe disse que esta festa era dela, e ele estava lá para dar prazer para ela. Ela sorriu e disse que o queria dentro dela novamente. Ele me empurrou para fora da cama e disse para trazer a sua mochila. Ao mesmo tempo, ele a rolou de costas e começou a massagear suas nádegas. Ela, de repente, percebeu que a virgindade da sua bunda estava em perigo. Ele abriu a mochila e tirou um tubo de KY gel e um pequeno plug anal. Então ele continuou a lamber suas nádegas, descendo a caminho do seu botão rosado. Ele correu sua língua dentro e fora da abertura por cerca de um minuto e depois com um pouco de KY no dedo, começou a aplicar pressão na abertura. Ela começou a se debater e dizer "Não, ai não", mas ele forçou o dedo todo para dentro e deixou-o lá, estocando para dentro e para fora, um minuto depois ele pegou o plug anal e começou lentamente a empurrá-lo para dentro dela. Mais uma vez ela ficou tensa e quieta. Foi o bastante para ele enfia-lo todo para dentro. Então ele a rolou de frente e enfiou seu pênis todo nela com um só golpe, trazendo-lhe um pouco de desconforto, que logo iria embora.

Ele começou a transar com ela lentamente de novo e após cerca de dois orgasmos, ele perguntou como ela estava se sentindo? Ela disse que estava se sentindo bem, e que ela queria mais... Com isso ele a rolou de costas, e deslizando o plug da bunda dela, o retirou para fora. Com isso o cuzinho dela ficou aberto, quase do tamanho de uma moeda. Novamente usando o KY, ele tentou penetrar em sua bunda, o que levou cerca de um minuto, quando mais uma vez ele rolou-a e voltou a transar com ela. Desta vez ela tinha os olhos abertos, e olhava para ele enquanto cada firme golpe a empurrava para a cabeceira de cama. Ele estava fodendo ela com força, e eu quero dizer muita força. As carnes de ambos se batiam, criando um som de choque constante, e todo o corpo dela era sacudido a cada golpe.

Sua voz ficou mais alta com o "sim, sim", e ele então perguntou a ela se ela estava se divertindo sendo fodida daquele jeito. Ela não respondeu.... Ele parou imediatamente e ela olhou para ele, e ele novamente perguntou a ela " você está gostando da trepada que você está recebendo?" Ela novamente não disse uma palavra.... Então ele lhe disse " ok, então EU vou aproveitar a trepada que eu vou lhe dar, vire de costas sua putinha! ".

Com isso, ele retirou o plug anal e disse-lhe " você precisa de uma lição para aprender a responder ao homem que está transando com você!" Seu pênis estava seco, e ele pegou o KY e espalhou um pouco, posicionado a cabeçorra na porta do cuzinho dela e com um golpe firme dirigiu-o todo para dentro.

Minha esposa gritou de dor e disse a ele para tirá-lo, que era muito grande e que ele iria matá-la. Então, ele lhe disse que era culpa dela, por não falar com ele, e ela começou a chorar e disse que estava arrependida, para tirá-lo para fora. Mas ele continuou em sua bunda, até que um pouco da dor diminuiu e ela acabou aceitando o intruso em sua bunda virgem. Então ele começou a bombear, e em cerca de 3 minutos eu podia ver que ela estava movendo a bunda em direção a ele para melhor receber os seus golpes. Depois de 5 minutos, ele perguntou a ela "você gosta de ser fodida na bunda?" Ela disse "sim, mas eu gosto mais em minha boceta".

Ele continuou a transar com ela, por cerca de mais 2 a 3 minutos, e parou. Em seguida, ele fez sinal para que eu fosse para o lado da cama. Ele disse que, para essa nova aventura dela, ela iria transar com os dois agora. Ele se deitou na cama e com suas mãos enormes, a levantou e posicionou sua buceta em cima do seu pau duro. Ela deslizou para baixo em seu pau e ficou lá quietinha, se ajustando ao seu empalamento. Então ela começou a deslizar para cima e para baixo sobre ele, e ele disse “agora nós dois vamos te foder”. Ele me disse para subir na cama e colocar meu pau na bunda dela. Eu peguei o ky, mas ele disse que a bunda dela estava molhada o suficiente para um exército, então que eu apenas metesse nela. Assim eu fiz, e entrou logo na primeira vez. Eu não podia acreditar que eu estava comendo a bunda da minha esposa. E ao mesmo tempo sentindo a pressão de um pau preto através da fina pele da boceta dela.

Continuamos isso por alguns minutos, até que meu pau escapou da sua bunda, e eu saí da cama. Ela continuou transando com ele, e gemendo. Ver mais uma vez aquele pau preto desaparecendo em minha esposa, foi inesquecível. Então ele disse que ia gozar, e se ela queria isso em sua boceta, na boca, ou nos seios. Com essa pergunta, a minha esposa disse: "Foda minha buceta."

Eu não podia acreditar no que estava ouvindo, será que ela não se lembrava que não estava a tomar a pílula? Com isso, ele se virou e me disse para vir e ver como foder uma mulher.

Nesse momento, Earl não era mais um simples massagista. Ele se tornou um garanhão forte e atlético, pago para atender mulheres brancas necessitadas e tímidas. Seu pau parecia ter crescido mais alguns centímetros. Ele disse para ela “se segure docinho, porque esta vai ser a viagem da sua vida”. Ela colocou as pernas nas costas dele e ele começou a batê-la com sua vara, sem qualquer respeito pelo seu desconforto. Parecia que ele havia se transformado em outra pessoa.

Ela se ajustou aos movimentos, entretanto, a fim de compensar seus impulsos selvagens. Então ele começou a dizer "você está sendo fodida por mim, e seu marido tem que assistir enquanto eu fodo sua pequena e doce esposa." E se virando para mim, ele disse "preste atenção, porque sua esposinha não vai mais ser feliz, a menos que ela receba pelo menos 8 polegadas de carne todo dia, você pode fazer isso???"

Com isso, ele disse: "baby, prepare-se, porque eu vou gozar em você agora", ela continuou a balançar os quadris junto com os movimentos dele, conforme seu ritmo ficava mais rápido. Então ele disse: "tome isso, vagabunda", e bateu com mais força contra a sua carne branca. "Leve toda essa carne preta, assim seu marido pode ver que você gosta de transar com outros homenstome este pau, que você chupou tão bem, esse pau que encheu sua bunda virgem, mostre ao seu marido que você precisa disso todos os dias. Você gosta disso, putinha?"

Ela permaneceu em silêncio. Então ele perguntou a ela novamente. "vadia, você gosta disso?" E ela finalmente gritou: "sim, sim eu adoro! Dê isso pra mim! Foda-me! Foda-me!"

Com isso, ele empurrou tudo e começou a encher a sua pequena e desprotegida boceta com seu sêmen estranho..... Ele continuou bombeando para o que pareceu ser 5 minutos, até que finalmente removeu seu pau, deslizando-o para fora fazendo um som de vácuo.

Minha esposa ficou deitada na cama, com os olhos vidrados. Então ele perguntou se ela queria mais, ela disse que não. “agora não... eu só quero dormir.”

Foi então que eu vi o clímax da noite. Os pingos de esperma escorrendo para fora de sua buceta vermelha e inchada, era o grand finale que faltava. Eu tinha a fantasia de lamber o sêmen de outro homem e agora tinha essa chance. Eu me coloquei ao lado dela e comecei a lamber os lábios inchados da sua boceta, a combinação do sêmen com os sucos dela, a deixava salgada e doce ao mesmo tempo.

Isto foi o que anos de fantasia haviam trazido. Eu pensei que tudo estava perfeito, e que não poderia ficar melhor. Eu estava prestes a ver que estava errado.

Quando minha esposa levantou-se da cama, após Earl ter depositado o que parecia ter sido um litro de seu sêmen em seu corpo, ela foi para o banheiro. Earl me disse para voltar outras vezes, que ele iria me mostrar como usar uma mulher, dentre outras coisas, o que acabou por excitar-se.

Com isso, ele chamou pela minha esposa "Ei, sua putinha, volte aqui!" Ela saiu do banheiro e me viu ali com uma ereção. Então ele disse a ela para subir na cama de novo porque ele não tinha terminado com ela, e que nós dois iríamos transar com ela mais um pouco. Quando ela deitou, ela ainda tinha um olhar de quem não sabia o que estava acontecendo.

Earl foi para o rosto dela e disse-lhe para começar a lamber seu pênis, enquanto eu ia transar com ela como nunca antes. Ela começou a lamber seu pau até estar duro, tratando-o como se fosse um picolé.

Eu esfreguei a cabeça do meu pau em seus lábios vaginais e empurrei facilmente a cabeçorra na abertura alargada. Foi um grande espetáculo ver de perto a minha tímida esposa, saboreando um pedaço duro de carne preta entre os lábios. Então Earl começou a dizer-lhe que ela precisava ser fodida todos os dias e que ele estaria providenciando que ele ou eu ou alguém lhe foder com força a cada dia. Com isso, ela gemeu um sinal de acordo e continuou a chupar seu pênis. Então eu comecei a dizer-lhe que ela precisava ser fodida e que eu esperava que ela estaria disposta a ser fodida o tempo todo.

Eu gozei imediatamente e estremeci com um dos gozos mais quentes que eu já me lembro. Earl tomou o seu pinto duro e enfiou em sua boceta aberta e novamente começou a fodê-la com força, repetindo que ela precisava ser fodida assim, sempre e regularmente. Ela estremeceu com clímax após clímax até que Earl retirou seu pau e deslizando por cima do seu tronco, começou a gozar em seu rosto e lábios. Ela tentou virar o rosto mas ele agarrou-a e disse-lhe para engolir tudo e saborear, porque ela estaria obtendo uma grande quantidade de esperma a partir de agora.

Com isso, Earl se deitou e perguntou se ela queria mais alguma coisa. Ela hesitou por um segundo e disse: “ Eu quero que você ..... “

Foi quando ela começou a contar a Earl o que ela tinha em mente, agarrando seu pau agora relaxado, balançando como um relógio de pêndulo, e puxou-o para a sua boca. Em seguida ela sussurrou algo para ele, e Earl confirmou a mensagem com um " ha, ha, pode apostar que eu vou sim, e vamos nos divertir muito com isso... " Merda, eu não podia acreditar que minha tímida esposa queria transar com ele de novo. Comecei a me virar e dizer a eles que eu iria sair um pouco, mas Earl me disse para chegar até a cama.

“Uau isso é ótimo, aqui vamos nós de novo, todas as minhas orações estavam sendo respondidas, minha esposa estava pronta para ser fodida de novo e eu ficaria lá novamente envolvido na ação”, pensei eu.

Quando cheguei na cama, Earl disse para eu deitar de bruços. Comigo deitado lá, ele pegou o óleo quente de massagem e derramou sobre minhas costas, deixando-o escorrer até o rego da minha bunda. Então ele ficou de joelhos e disse a minha esposa para vir para a cama. Então ele lhe disse: "Ok baby, faça a sua parte” e ela pegou seu pau e começou a chupá-lo. Eu estava virando o pescoço para olhar, mas meu pescoço começou a doer, então eu apenas relaxei e fiquei deitado lá. Depois de um minuto ele disse "Baby, eu já estou pronto ", e a próxima coisa que eu senti foi aquela vara dura preta sendo esfregada no meu cu. E com um golpe certeiro, Earl estava meteu seu pau na minha bunda virgem, com minha mulher dizendo a ele que não doeu tanto quanto ela pensara, e que ela queria que eu experimentasse o mesmo prazer que eu arranjei para ela.

A dor foi a maior que eu já senti. Embora dentro de um minuto, eu comecei a suar e o sentimento prazeroso começou a dominar a dor. Em poucos minutos eu percebi que eu estava empurrando minha bunda para satisfazer seus impulsos. Eu poderia realmente fazer e apreciar isso? Dentro de mais alguns minutos, Earl tinha levado mais da metade de seu pau na minha bunda e eu estava sentindo-o começando a ejacular seu esperma (se é que ele ainda tinha algum) na minha bunda. Senti-me muito bem!

Ele levantou-se, riu e disse: "Vocês dois são o máximo" e foi ao banheiro. A minha esposa e eu nos entreolhamos e sorrimos. Earl voltou e disse que minha esposa deveria estar pronta para 3 ou 4 de seus amigos dentro de um mês, e que ele iria nos dar um desconto a partir de agora.

Mal podemos esperar até a nossa próxima viagem.

Comentários

j.a
27/09/2015 06:01:27
showwwwww
15/06/2014 21:00:29
gosto muito de sair com casais,faso uma otima massagem, cont. [email protected]
22/05/2014 16:44:36
Gostaria de saber em que site você tira os originais, pelas frazes e a estruturação do texto além do "American Tale" sei que essa é uma tradução, será que você se importaria em compartilhar?
22/05/2014 08:22:01
bom conto! gostei, gostaria que vc lesse meus relatos.. abç..
22/05/2014 08:21:57
bom conto! gostei, gostaria que vc lesse meus relatos.. abç..
DCG
22/05/2014 02:10:31
PERFEITO, O MELHOR Q VI ATÉ HJ, E OLHA Q SOU UM LEITOR ASSÍDUO!
21/05/2014 22:34:52
Diferente, gostei :D

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eriticos minha sogra levo ninha rola grandewwwxxvideo novinha cu devoradormulher de shortinho jeans desfiadinho socado na ruadei meu cu e tava bom pornomulequinhos pica cabecuda pornoadestrador de escravasporno vidio coroa tava emtertidaxvideos brasileiras q nao aguentaram no cu e tenta fugir mas o parceiro nao deixarporno casada adorando ao senti um estranho te alizando e esfre o pau nela no onibos na frente de seu maridocretinha vergonhosa mas gosta de mastubafilmes de sexo so conegao do pao grosso e negona da buceta inchadaxxvideos enpurando na filha e ela dizendo nao com tudo dentroconto erotico com nora puta e gostosaestupro esposa contos eroticosxvideos com mulheres seios fragidosPorno en t re s o gro e no ra conto eroticoconto gay internatorubilane anal xnnncontos fiquei com tesao flagano meu filho dano o cuLibério XVídeos das irmãs transando no conventoconhada chifera trai u maridomulheres ficatarada narrua salver penes grandmachos do pau cabelydos negao ditados brasileiros nusgemidao do viado porno chorando n aguentoconto erótico esfolei o cu e a buceta dela com raivanovinha brasileira encara pau enorme e chora ponodoidocaralhos gigantes e cabeçudos de héteros no pornodoidox vídeo namorada dano a buceta pra pagar a dívida no agiotacontos eroticos de mulher fazendeiraQuadrinhos lactofiliacontos eróticos de homens peões de obras fazendo sexo com outros homensrelatoeroticoloiravideos de meninobotando o pau duro na bocacontos eroticos vizinha ladracontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegacomi a pmbotando o joelhinho em cima da mesa xvideosbucetas gordas a deramarem espermasjapinha com carinha de anjo perdendo o cabacoconto erotico cadela ciocorno puxa o grelo e mamamamador de buceta contos eróticosprica cavalacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgemae se engachou e filho comeu em baixo da cama xvideosvidio de puta lavano abuceta e tirano bora pra fora ai calma tua rola ta entrando no meu cu contos erótico Quero ler contos coroa rico passivo do Rio de Janeiroabaixar filme pornô a mulher deitada no buraco da parede pé na barriga e quatro homens transando com elao dia em que tirei a virgindade de minha cunhadinhaxvideos morritoeconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesnovinia alizando sua bucetiniadeixei minha mulher tranzar com negao megaxvideos careca comendo cuzinho da magrinha sem pena a fujonafoi pular carnaval com amigo levou esposa virou cornoa minha mae obrigou meu padrasto tira a minha virgindadegostaria que você mandasse primeira foto do Biel batendo punheta peladocontos eroticos os pezinhos da sograRelatos de incesto novinho jumento pega mae e irma pelo cuFilha ta louquinha pra dar e sua mae nao quer deichar xv poenoirma ve a outra de caucinha e ker chupar elaWww.mulheresemaridoscornos/porno baiana fragada gostandoContos gays pegado a forca por grupinhos na infanciaquero ver homem lascando a b***** da mulher e a mulher gemendo de prazer arrotocasos amad fragra irm gosand ponh casaContos zoofilia d mulhers q se engataram com cachorro na posisao papai e mamaehome estrupo cu diverdaforçamos ele a dar conto gaysexo sexo de pica dura palco do batom pica dura pornôo bucetaoda minha noraPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadecontos eroticos amamentaçãopaus mostruosos gosamdo nas bucetadcontos de mae.putona tarada pela rola do filhoConto gay viagem Onibus leitovídeo pornô de padrasto safado que transa com suas enteadas nem peitinho de cabelo com Regina nasceuMathz - CASA DOS CONTOS EROTICOSporno com novinha goszando na buceta na boca da outramulher casada realisando fantasia e da pra dois negao dt porno doidocontos rapais vive romance proibido com sogra casadaxvideos Foi espiar as irmaes e pegaro ele e foderaovideos pornos de mulheres gravidas com sua buceta peluda dando pra varios homens pisudoscontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogro