Dei o cu a beira do rio e acabei com o cu aberto


Um conto erótico de luis
Categoria: Homossexual
Data: 28/11/2013 16:08:39
Nota 10.00

Olá pessoal, hoje eu decidi contar minha “aventura” que ocorreu ano passado em uma cidade do interior; meu nome é luiz e naquela época eu tinha 14 e meus pais não estão muito ai pra mim, eu sempre tirei notas boas no colégio, era a única coisa q me cobravam, então eles me deixavam sair a hora que eu quisesse, nesse ano meu pai foi transferido para uma cidade interiorana então tivemos de nos mudar pra la, durante alguns dias fui conhecer a cidade melhor, já q eu sabia me virar sozinho, em um desses roles no sábado, eu sair de noite e coloquei uma calça bem apertada q realçasse minha bundona, ninguém sabia q eu era gay e também não dava pinta, mas as vezes eu usava uma roupa colada mas fingido q era uma roupa qualquer, eu já havia feito alguns amigos na escola nova e com a vizinhança, enquanto e passava alguns olhos masculinos se desviaram para minha bunda, e durante o role eu encontrei um garoto q morava perto da minha casa, o nome dele era roberto, tinha 18 anos, alto, moreno, levemente malhado, volumoso, fui conversar com ele; conversa vai conversa vem ele me chamou pra ir com ele tomar banho num rio ali perto e que outras caras também iam e que eu ia gostar, então eu falei q ia da uma passada la em casa pra pegar umas coisas e ele disse q ia me esperar, em casa, coloquei a sunga mais apertada q tinha, e troquei de roupa. Fui peguei uma carona com ele, pois ele já tinha um carro, chegando la pra minha felicidade já tinha outros caras e todos estavam pelados, o mais novo devia ter 16 e o mais velho 25, sai do carro e perguntei pra ele porque todos estavam nus, ele respondeu q todos eram homem e que não tinham essas frescura de ver outro homem pelado, enquanto ele falava eu fui tirando a roupa, e ele falou q eu podia tirar a sunga, mas eu disse que ficava mas a vontade de sunga e ele disse q não tinha problemas, então ele tirou a calça e eu vi o caralho dele fiquei louco pra pegar nela mas me segurei, entramos no rio, a maioria aparentava ir na academia, tinha loiros, morenos, e alguns pareciam olhar famintos pra minha bunda já que a sunga estava justinha, fiquei conversando com o roberto e ele foi me apresentar pros rapazes, cada pica maior q a outra e eu não podia evitar da uma olhada nelas e algumas estavam duras, depois eu e me abaixei empinando a bunda pero do roberto e ele “sem querer” esbarrou nela com a costa da mão, então me abaixei e fiquei com a cabeça na altura da cintura dele, então ele passou muito perto e eu não resisti, cai de boca naquela vara, ele ate se assustou e disse: bem que eu desconfiava que tu queria uma pica depois que eu vi o jeito q tu olhou pra pica deles; então ele gritou: o viadinho aki quer pica; muitos caras vieram e eu empinei a bunda, um deles chegou baixou a minha sunga e começou a esfrega a pica dele no meu cu e eu sentia ela crescendo mas ante que estivesse completamente dura ele enfiou eu senti uma dor imensa no cu mas tava adorando e eu sentia ela endurecendo dentro de mim, entao eles jorraram enchendo minha boca e cu de porra, e o cara perguntou que seriam os próximos, e então eles ficaram revezando, meu cu já tava ficando frouxo e minha boca lotada de esperma ate que ele chegou, Jorge, negro malhado, alto, e com uma vara gigante, todos já tinham gozado em mim, então ele falou: quem é essa puta?! E o roberto me apresentou, e o jorge disse: então esse viadinho gosta de pica eh?! Então vamos ver se ele aguenta o meu caralho, eu já to sem foder a um tempão já que as mulheres ficam com medo da minha pica; então ele se aproximou de mim, pegou minha cabeça e empurrou de leve contra pica dele, mal cabia na minha boca, eu passava língua com prazer, já esta cansado mas o sabor dela me revigorou, comecei a saborear aquela maravilha passava a lingua com prazer, depois de bom tempo ele mandou eu virar q ele queria saborear minha bunda; senti o pau dele indo e voltando sem penetrar ate q eu senti como se fosse ser partido ao meio, gritei de dor, ele disse: calma eu so meti a cabeça; meu cu queimava e ele foi metendo devagar, fazia um vai e vem bem gostoso, cada vez q saia ele empurrava mas profundo ate q ele meteu quase tudo e eu não aguentei e desmaiei.

Quando acordei estava na beira do rio com o Jorge e os outros encima de mim, observando, ele disse q tinha colocado a vara dele quase toda e eu cabei desmaiando, tentei levantar mas meu cu ardeu eu deitei gemendo, o roberto mandou eu ter calma sendo q ele tava nervoso pois tava se perguntando como ia me levar pra casa naquele estado,, o Jorge disse q era melhor me levar pra casa dele pois ele tinha um spray q ele emprestava pras mulheres q ele comia quando elas não aguentavam a vara dele e seria útil no meu cu arrombado, e mostrou o estado do buraco colocando 3 dedos com facilidade, eu senti uma dor de leve. O único problema era como i avisar pro meus pais, então tive a ideia de ligar para eles e avisar q tinha encontrado um amigo e ia dormi na casa dele e voltava pra casa na segunda que não teria aula, pois era feriado. Pedi um celular pra alguém e liguei pra casa, mamãe atendeu e eu falei q ia pra casa de um amigo, e ela mandou eu me comportar, deliguei e falei q agora da pra ir pra casa do Jorge. O roberto e o Jorge me ajudaram a colocar a roupa, me cu ardia muito, entrei no carro do roberto com o Jorge e fomos pra casa dele. Chegando la entramos na garagem e o Jorge me carregou pois não conseguia andar direito. O Jorge sentia-se totalmente responsável por mim pois fora ele quem me arrombara. O roberto veio junto. Chegamos no quarto do Jorge e ele me deitou na cama e disse que era melhor eu tomar um banho e depois passar a pomada e foi pegar uma cadeira de plástico pra seixa embaixo do chuveiro pra mim ficar sentado, o roberto perguntou se tava tudo ok pois ele teria q ir embora. Disse q sim e ele se despediu, mas antes q ele fosse embora pedi pra dar uma chupada naquela pica dele, ele fez um sorriso malicioso e veio na minha direção tirando do short a akela cobra e colocou encima da minha boca, comecei a lambe-la ate q ele subiu na cama e colocou ela na minha boca, choupei com prazer ate q ele disse q ele disse q estava bom. Tirou a pica da boca e colocou ela dentro do short deixando o formato dela. O Jorge apareceu e disse q a cadeira já estava la, então ele reparou no volume do short do roberto e fez uma cara de safado: mas tu em moleque, é doido por uma pica né?! Bora pro banho garoto. O roberto entao se despediu e disse: amanhã a gente se ve. E foi embora. O Jorge tirou minha roupa e me segurou e foi me levando ate o banheiro. La ele me deixou sentado em uma cadeira de plástico, tirou a roupa, e ligou o chuveiro a agua quentinha caiu encima de mim a dor no cu aliviou com a possa de agua q formou na cadeira, ele me esfregava e me ajudava a passar o sabonete então o pau dele se aproximou da minha cara e peguei ele, passei a mão e comecei a lamber. Botei aquela cabeça toda na boca e ele gemeu de prazer, e falou: tu não perde tempo né viado?!. e segurou a minha cabeça e começou a fazer eu ir em direção a pica dele. Então tirei da boca e falei: quero ela de novo no meu cu. Então ele falou: tu vai aguentar? Tu desmaiou da ultima! Então eu disse q eu ia com calma. Então levantei com calma, e me segurei na parede, ele sentou na cadeira e eu sentei no colo dele cara a cara, ele me segurou e eu levantei um pouco e encostei o cu na cabeça grande dele, e fui sentando bem devagar, eu gemia, e sentia akela pica quente dentro de mim. E ele gemia dizia pra eu ir devagar. E que eu era quentinho por dentro, muito gostoso, depois de alguns minutos eu tava com akela vara enorme dentro de mim, meu cu doía e eu gemia de dor e prazer comecei a cavalgar enquanto massageava as bolas dele sentia akela vara indo e voltando, socando meu interior, então comecei a punheta ate q eu gozei e meu u se contraiu e eu gemi junto com ele q também gozou, o liquido quente dentro de mim, a pica parecia um fonte de porra eu achei q não ia parar nunca, e ate ele terminou e eu levantei devagarinho, a porra começou a vazar do meu cu sujando as bolas dele. Quando a pica saiu do um cu. Ela tava toda lambuzada. E meu cu totalmente aberto e eu mal sentia dor la, ele colocou a mao e começou a enfiar os dedos: 1,2,3,4 e ainda tinha espacinho, ele me olhou e disse q eu era a primeira pessoa a aguentar akela vara toda, e perguntou se eu não queira ser a namorada dele. Disse no mesmo instante q sim e nos beijamos.

Depois ele me ajudou a ir pra cama e fizemos um 69 e ele gozou de novo na minha cara bebi toda akela porra. Ele depois deite ide barriga na cama e ele deitou encima de mim, ambos pelados, ele enfiou a pica novamente no meu cu e eu fiquei gemendo, e algum tempo depois ele apagou a luz e nos dormimos de conchinha, e aquela pica no meu cu.

Na manhã seguinte acordei com o cu lambuzado de porra e o Jorge não tava mais la e havia um bilhete encima da mesinha que havia no quarto: fui comprar umas coisas pra voce, o café esta pronto na cozinha e tem essa roupa ai pra você vestir, e uma carinha ;-). E au lado do bilhete tinha um shortinho e uma camiseta bem apertada, limpei a bunda coloquei os dois, o short ficou grudadinho na minha bunda e no formato da minha pica e a camiseta ficou bem sexy. Na cozinha tinha um café, pao, suco de laranja; tomei café e fui ver tv. Algum tempo depois a porta da frente se abriu e vi o Jorge entrando acompanhado do roberto; ambos quando me viram soltaram um fiu fiu. O Jorge deixou um saco de compras encima da mesa e se aproximou junto com o roberto. Vc esta bem sexy com essa roupa, ela era de uma puta mas caiu bem em vc. Disse o Jorge e o roberto concordou: nossa luis!! Ta muito sexy, to ficando de pau duro. Então virei de costa pra eles e me apoiei nos joelhos empinando a bunda: oq vcs acham? Ambos estavam ficando de pau duro enquanto eu rebolava provocadoramente pra eles. O roberto se aproximou e abaixou o short e ficou olhando pra minha bunda e começou a lambe-la então o Jorge falou pro roberto espera e disse pra eu ir no banheiro ver se eu gostava do q ele havia trazido. Me entregou o saco e eu fui a banheiro rebolando com a bunda de fora.

Quando abri o saco encontrei coisas q me deixaram muito feliz: algumas roupas bem apertadas e mais sexy do que as que eu já tinha, umas calcinhas fio dental com espaço pro penis, umas minissaias, uns micro shorts jeans, 2 dildos, um de 25 e outro de 15 e um vibrador com um controle remoto q poia ser encaixado nos dois dildos. Escolhi uma calcinha que era so fio e a parte pro pênis, uma micro saia e uma camisa bem apertada q realçasse minhas curvas e coloquei o vibrador. Os dois estavam no sofá batendo uma quando eu cheguei quando me viram o queixo deles caiu. Fui rebolando ate chegar perto do roberto e sentar no colo dele encostando a bunda no pau do mesmo. Olhei pro Jorge e fiquei passando a mao na cobra dele então olhei pros dois e perguntei o q achavam ambos disseram q eu tava muito sexy e tava dando um tesao imenso neles, entao liguei o vibrador com o controle e o roberto sentiu o pau dele vibrar e me olhou com uma cara de safado, então olhei pro Jorge e perguntei: alguém ai quer brincar comigo? O Roberto começou a passar a mao na minha bunda então eu levantei e fique de quatro no chão empinando a bunda, provocando eles, o roberto levantou a saia e puxou o fio da calcinha pro lado e tirou o vibrador do meu cu e começou a enfiar a língua no buraco, entao parou e perguntou pro jorge se ele tinha alguma fita adesiva, ele disse q sim e foi busca a fita enquanto isso o roberto colocava os dedos no meu cu, 4 ao mesmo tempo, quando o Jorge voltou o roberto pegou o vibrador e colocou embaixo da pica dele e prendeu com o durex no pau dele, e começou a força a entrada ele gemia junto comigo então o Jorge levantou e ficou na minha frente de joelho então comecei a chupa-lo, e como a garganta estava na horizontal eu engoli toda akela pica, sentia ela na minha garganta, eu estava com dificuldades pra respira então tirei da boca e fiquei fazendo o vai e vem, então o roberto gozou, meu c já tava aberto pra caralho, então o roberto tirou o vibrador mandou eu tirar a camisa, parei de chupar o Jorge e fique nu. Entao o roberto perguntou se eu topava uma dupla penetração e topei na hora, então o Jorge sentou no sofá e eu sentei encima, a pica entrou toda no buraco, abri as pernas e roberto veioe começou a colocar os dedos no meu cu pra verse conseguia abri um espaço, um minuto depois ele já tinha colocado uns 3 dedos e começou a enfiar o pau dele, sentia meu cu abrindo, se partindo ao meio, então ele colocou tudo, os dois começaram um vai e vem enquanto um saia o outro entrava e depois os dois saiam e entravam eu no meio gemia de prazer, igual a uma puta, o Jorge me dava beijos no pescoço e dizia: vai putinha, minha putinha, se tem um cu maravilhoso. Depois nos três junto gozamos, quando as picas deles saíram uma cascata de porra saiu do meu cu, o roberto pegou um ventilador e um espelho e colocou o ventilador na minha direção ligado, sentia o vento entrar no meu cu e ir ate algum lugar profundo, e quando eu vi no espelho o buraco, eu me dei conta do etrago q havia sido feito; depois fomos tomar um banho eu já nem sentia dor no cu, somente um leve latejar, tomamos banho juntinhos, eu no meio sentia o calor corporal dos dois, eu mamei eles, e fiquei abraçado ao meu namorado, o roberto tambem me abraçou, sentia a pica dele encostando na minha bunda, depois de um longo banho, o Jorge passou o spray no meu cu e fomos ver tv. Ele sentam e eu deitei com a cabeça na pica do Jorge e a bunda na do roberto, estávamos ainda pelados, o roberto ficava passando a mao no meu pau e nas minhas bolas enquanto Jorge acariciava meu cabelo. Depois de um tempo acabei adormecendo.

Quando acordei já era quase 17h e estava faminto, me vesti com a roupa q encontrei naquela manha e encontrei o Jorge na sala e perguntei pelo roberto. Ele respondeu q ele tinha ido embora já e perguntou se estava com fome. Respondi q sim e ele disse q na cozinha tinha pao, biscoito, refrigerante, etc. peguei um pacote de biscoito e uma garrafa de coca e sentei ao lado do Jorge. Ficamos assistindo uns filmes enquanto dividia com ele a garrafa e o biscoito(sendo q eu comi a maior parte) e fiquei com cabeça no ombro dele enquanto ele me abraçava, quando era 11h fomos pra cama dormi, não sem antes ele me comer, na manhã seguinte arrumei minha roupa e uma sacola com meus presentes, e o jorge me levou ate o quarteirão da rua de casa, quando cheguei em casa meus pais tinham saído e eu aproveitei pra guarda as roupas e os dildos bem escondidos. Quando estava tudo pronto troquei de roupa e brinquei um pouquinho com o de 15cm com o vibrador, depois de uma gozada eu o guardei ele. Mas tarde meus pais chegaram e me encontraram jogando vídeo game, perguntaram se tudo tinha ocorrido bem e eu disse q sim. No dia seguinte de noite fui no lugar onde tudo começara e la estavam eles tirei a roupa e pulei na agua. Na margem oposta estava o Jorge fui na direção dele o abracei e beijei. Então olhei em volta e gritei quem quer o meu cuzinho? Então vários vieram enquanto e já caia de boca na pica do Jorge.

Nos namoramos por vários meses ate que meu pai foi transferido de novo mas nos continuamos a nos falar, quem quiser contato comigo meu skype é aputinho e meu e-mail é [email protected] Abraços ;)

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/10/2018 17:24:13
Que delícia de conto!!!
26/06/2016 10:42:54
Tesão!!!!
14/09/2015 18:59:39
Caralho! Esse conto é perfeito! Adorei a parte da dupla penetração.
02/06/2014 17:13:16
Delicia!
28/11/2013 19:17:12
Muito Legal

Online porn video at mobile phone


contos eroticos de quem perdeu a virgindade com a empregadaesposa sendo enrrabada por dois garçons no banheiro da churrascariacontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistasquadrinhos hq casada carente cuidando dos mendigos negoestravest luana narro nuacontos eróticos aprendendo a dirigirfilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outrabahiano bolinou buceta da intiada dormindoirma no cio chupa tudo sem frescurapai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenxnxx.com um zeque em minha camatranzasaovivocoroas peludos com para fora da cueca samba cançaoConto erotico gordinha ensopadaé doido tia Lenalargandoo cu com um pepino grosso pornodoidocontos eroticos madame bunduda submissa completatrês machos rasgando o c* da n***** pedindo mais v**** dupla 300 e relaxada aberta chupando sem parar na boca v****elas so gosta de da o cu de bruçose pra pau grandecontos encoxadasContos eroticos cu de mulher de bebado nao tem dono3 negão fuderam buceta de coroa gostosa ate arromba toda elacasa dos contos "eu mudei por ela 11" marisloirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexualminha madrasta vaca pornotia dando pro subrinho xx vedeosMais carentes enrabadas por filhocontos eróticos de zoofilia da autora ketmarina da autora ketmarinaconto viadinho gosta de ser fudidofotos os penes mais maneru do mundo porniniciando tonho conto de incesto eroticoxvideo zoofilia cachorro engata no dono que terta tira o pau e mao comsegue xvideoomi go za senpara namenina pornocontos eróticos pular pulaX videos.flagras hmen dormindoContos eroticos chantagiei minha sogra e acabei estrupando elacostumo andar nua em casaSOU CRENTE Fui encoxada no ônibusconto erótico Levei minha mulher na pescaria da perdiçãomenage masculino contosNo binha jemendo pra caralho xvidioconto erotico mae filha padastro chupa ppau com chantilyContos me assustei com a quantidade de porra que meu padrasto despejou no cu da minha mãecontos eroticos sou safada mostrei meu cu para amiga como estava largocontos de mulheres vacas que levam no cu e na conaConto erotico gay na balada gls dei para doisconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancocincesto irma dando pro proprio irmãzinho novinhoxvideosfilmes pornodoido marido vendo sua esposinha novinha e loirinha sendo arregacada pelo negrao pe de mesamarido tranza com espoza no acampamento chega mais e tranza com ela contoscontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramtati traindo marido com bombado na academiavelha descabaça a buceta na pica do cavaloxvidio comendi o cu da virgem de mini saiacontos eroticos comendo o bundao da dona filhomenapornô grátis só contos eróticos sogra cozinhacontos eróticos com fotos esposas estupradas submissaswwwx video com desmrcado comendo anamcontos eroticos guriconto erotico provoquei meu sobrinhoContos eroticos sapatao machaoporno brasileiro cunhada vai na chacara com cunhado acaba trazzado com eleencanador pasado arola na mulher de vetidinho vermelhofodendo o putynho gayx10videopornocachorro engata no cu da mulherquero ver travestis sexo travesti comendo mulher da rola bem grande e grossa norm e homem comendo mulher também pode ser ou não tá difícilcache:O6GiaR9Gb0sJ:zdorovsreda.ru/texto/20180120 contos eroticos agresivos de meninas lesbicas gostosas virgenscontos eróticos de meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho rosatentando encaixar a pica no uteroquero ler conto erótico f****** com a norameu enteado me estrupouDeixou varios gozar dentro frutapornomega trânsito caras dentro da b***** esfoladabucetadaoliviavideo porno eu nao aguetei ver minha irma novinga e gostosa dormindo so di calsinha eu comi o cu virgem dele gozei ladendroNinfeta ansiosa para exprimentar negão de pissa grande e grosso e fica toda arrombadacontos eroticos.viadoooo da sogra safadaassistir filme pornô bem gostoso amassadinho e shortinhos e gozando porraxvideofudendo a cunhada enguato a namorada dormivou tomar banho da titia moço cagueirelatos de corno lambedorvideo levei dois mendigos pra fude minha mullhe ela so quis um roludonovia saino docolejo desainha2000 mil foto de mulheres gostosa impinano abuda peladasexo mulher e homem laranhando(sexo) you tube contos eroticos cnn gay incestoconto pelado filho pai zdorovsredaConto erotico menina trasando com o professor de dançaeu, minha namorada, mae e tio contoeroticofilme homem com pinto enorme fofe mulher vigem