Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Eu & Ele- 8 (Final)

Um conto erótico de Daniel
Categoria: Homossexual
Data: 09/09/2013 13:36:12
Nota 9.56

O que é isso aqui?! –dizia ela apavorada ao ver aquela cena, minha cara tinha caído, eu estava tremulo e suava bastante, o medo dominou o local.

Minha prima Ana deu uma risada e não entendi o porquê...

-Qual... é... a graça...? -eu dizia as palavras pausadamente, de tão medo que estava no momento.

-Ue, eu já sabia desce lance entre vocês dois, e eu quero participar também. –ela se aproximou de nos e começamos a nossa festa (não narrarei porque muitos não gostarão).

Minha prima Ana é uma tremenda safada, ela tem relações sexuais com quase qualquer um.

Depois daquela noite tudo corria normal no clube, nada demais havia acontecido me despedi do Biel e do Fê, eles ficariam mais ali.

Entramos na cambe que foi alugado, eu e Lucas estávamos atrás conversando e logo veio o mínimo detalhe.

-Lucas, lembra naquela noite que, você disse que Biel falou algo e você não entendeu.

-Lógico que lembro sim, desculpa por ter mentido pra você. –sua feição ficou triste no momento.

-Me diz, o que ele disse.

-Ele... –ele se enrolava nas palavras.

-Diz logo Lucas. –falo mais baixo possível.

-Tá. O Biel é... como posso dizer... o Fernando come ele a força. –estupro, sabia que algo de errado tinha ali. Fiquei com raiva, como pode acontecer algo desses com uma bela criança, a força não.

-Porque me foi conta agora. –digo com raiva.

-Um raro motivo, você ia ficar com raiva e não sei do que tu seria capaz de fazer com o Fernando. –disse ele e tinha razão.

Eu fiquei muito triste, muito mesmo.

Outubro de 2010.

Quase todo ano nós vamos pra Duque de Caxias, lá temos uma família enorme, deixe-me explicar. Minha vô ela veio de Minas Gerais, trousse seus 20 filhos pra cá pro Rio, mais teve uns que voltaram e outros faleceram, trágico, minha vô ela é tia e vô minha, não entendo muito isso, ela é tia da minha mãe, mais eu a chamo de vô mesmo. Pra quem tem uma idade bem avançada (muiiitaaaa) ela anda e faz coisas ainda sozinha.

Como eu disse, quase todo ano a gente se reunia na casa dela, outubro é o mês do niver dela, e fomos comemorar lá, eu estava bem diferente, meu primo então nem se diga. Eu e ele depois do clube ficamos fazendo pouco, quando tinha tempo também. A gente havia chego na casa da vô, lá estava outras pessoas, meus primos(as) a maioria são mais velhos, tenho poucos da minha idade dali de Caxias.

Eu cheguei cumprimentei a todos e fui trocar de roupa, me sentei na sala e fiquei assistindo tv.

-Oi carinha, tu cresceu hein. –disse meu primo Jorginho. Preto, corpo normal, cabelo cortado na 1 baixa, olhos castanhos e um cara muito simpático e brincalhão.

-Ae, eai como vai as coisas?

-Sempre as mesma, vamos bater um fute? –Há naquela época eu jogava futebol, com tempo fui parando, pois eu machuquei meu pé uma vez jogando e perdi a manhã, então sabe como é né.

Ficamos jogando e fazendo embaixadinha, fomos compra pipa, algo que tenho pavor, eu cortei uma vez meu dedo mindinho do pé, com a linha que estava com cerol, nunca mais voltei solta pipa.

Entramos e ficamos assistindo algo, Jorginho saiu e me deixou só ali, tinha pouca gente na casa, pouca mesmo. Escuto passos e quando vejo pra ver quem era, era o nojento do meu primo Ian, nossa ele se acha muito, tipo, lá todo ano nesse mês tem uma competição de dança de funk e quem ganhar, fica com dinheiro, no ano anterior teve empate, nunca o vir dançando mais ele vive se gabando, nem dou ideia pra ele.

-Oi moleque, tudo bem. –disse com deboche.

-Não. –digo sendo rígido.

-Porque o príncipe não está bem. –ele dar risos.

-Porque o ar está infectado de pessoa que se acha e nojenta.

-Ata, bom pra você, lugar publico, já ouvi falar disso, agora chega pra lá e me dar essa merda de controle que quero assistir algo útil.

-Não, cheguei primeiro. –ele sempre implica comigo e com o Lucas.

Decidi sair dali e deixar ele só, fui pra cozinha comer algo, estavam todos na área conversando, os garotos estavam lá fora soltando pipa, as meninas estavam dançando, e eu, fazendo nada, voltei pra sala e me sentei.

-Decidiu ficar aqui comigo né, tu não consegue ficar tanto tempo longe de mim. –é gente, ele é bi também, Ian é muito lindo, ele é um ano mais velho do que eu, no caso, ele naquela época tinha 15 e eu 14, pois faço no meio do ano. Seu corpo era um pouco definido, ele frequentava academia, seu sorriso era lindo, seus olhos verdes, e cabelo cortado no moicano, moreno claro.

Mais o que ele tem de bonito é nojento, tem beleza exterior a interior que é bom nada.

-Vai se lascar moleque. –disse com raiva.

-Fica assim não, gostoso, vamos fazer algo?

-Cara tu percebeu que eu não gosto de você.

-E você deve ter percebido que eu te amo.

Engasguei-me com a própria saliva (eca).

-Tu o que? –tipo meu olho de raiva deve ter brilhado, ele ficava olhando dentro dos meus olhos.

-Gosto de você, eu sei o lance que você e Lucas teve, também quero. –disse maliciosamente e com um sorriso sacana.

-Vai ficar querendo.

-Olha, você é difícil hein, mais eu não desisto fácil, você será meu. –primeiro não tem como eu ser dele, pois não moro ali, segundo não sou objeto, esse povo acha que sou o que?

-Sou ada, só não gosto de gente da sua laia. Agora fica quieto que quero assistir teveA noite chegar e todos estão arrumados, eu estava sem animo, mais nada que eu não demonstrasse, fiquei lá com as primas, e a Ana vivia enchendo meu saco, Ian se aproxima e dar um sorriso pra mim, pro outros não achar isso estranho eu faço mesmo.

Ele e meu primo começam a dançar, só estava nos três, depois começa brincar de lutinha, e toda brigar de lutinha tem um sarra-sarra. Ele estava aproveitando do meu primo, aff’s nem ligo.

Meu primo pegou no pai dele que já tava duro.

-Para de putaria aqui? –digo constrangido.

-Ciúmes? –diz Ian rindo.

-Não, alguém vai ver, e Lucas, como você pode ser rebaixar tanto assim. –tenho certeza de que Lucas já deu pro Ian, do jeito que ele era.

-Vai se ferrar. –disse ele com raiva.

-Viu como seu primo é, ai vamos no banheiro fazer uma rapidinha. –disse Ian.

-Vai se fuder.

-Eu quero que alguém me fude mais no momento tem ninguém disponível. –disse passando a língua em volta a boca e depois mordia.

Todos foram lá pra fora e teve a disputar. Lucas ganhou de novo, dessa vez foi 20 reais. Todo ano ele ganha. Eu entrei e fiquei na sala.

Ian chega também e senta do meu lado. Já era bem tarde e todos haviam ido embora, ia dormi eu, Jorginho, Lucas na sala, mais como estava bem tarde a coisa do Ian iria dormi ali.

-Vou dormi aqui hoje, agarradinho com seu primo, perdeu ele pra mim. –disse me desafiando.

-Tu acha que meu primo é o que?

-Essa noite será meu objeto, pena que Jorginho vai está aqui, se não eu faria algo a mais com ele. –bixo podre.

-Não acredito com uma pessoa pode ser tanto assim. Estava no multishow e começou a passar pornografia, tento pegar o controle, mais Ian não me dar. Ele fica fazendo palhaçada.

-Me dar logo o controle Ian, se chegar alguém aqui vão pensar o que de nos.

Ele só ria, sem querer eu caio em cima dele, ficando a boca cm longe uma do outro, me levanto rapidamente e pego o controle. Tento trocar de canal e não consigo, ou o controle estava ruim, ou...

-Cadê a pilha desse controle?

-Não sei. –diz ele.

Simples me levantei e desliguei a televisão.

Dormi tranquila a noite.

No outro dia teve aniversario da minha avô, não lembro quanto ela completava.

Ian parou de implicar comigo, graças.

*

*

*

Naquele mesmo ano, Lucas estava bem diferente comigo, não fazíamos mais nada.

Ana, ela sempre aproveitava de mim, ela me ameaçava, dizia se eu não fizesse sexo com ela, ela contaria pra família toda, então não tinha saída, mais sempre um dia cansa.

-Ana e Lucas. Foi bom ter passado esse tempo com vocês de sexo e sexo. Mais pra mim já chegar, vocês devem pensar que sou objeto e não sou, então termina tudo aqui. –essa tinha sido minha decisão perante a eles, ali tudo acabou.

Esse não foi o único motivo, minha mãe não queria que eu falasse mais com Lucas, pois minha tia e ela tinha brigado e a família se separou. Eles tinha se mudado pra campo grande, era onde eles moravam.

Quando voltaram o Lucas estava bem mudado.

Atualmente ele namora com uma garota e dor apoio total, essa garota é minha filha (nos daqui onde moramos tem essa mania). Eles são uns fofos juntos, mais ele continua sendo lerdo, aff’s meu bb não mudou em muita coisa.

Eu aprendi bastante coisa com ele, ele despertou algo em mim, que foi o amor, pude aprende amar, um sentimento que nunca tive antes, agora arrependo de ter ele. Minha prima Ana está mais safada ainda, nossa ela é rodada e muito.

Eu depois de Lucas não me envolvi com garotos e sim com garotas, cheguei até namora, mais não durou muito tempo.

Tudo que eu passei parece que foi só Eu & Ele.

O que é fictício do conto éo beijo nunca beijei um garoto, só ganhei um selinho de um amigo hétero e ele deu sem querê, não tem como explicar, bom espero que tenham gostado de eu e ele e é só isso.

Estou bem melhor agora por ter desabafado com vocês, tinha gente que pediu pra eu ficar com ele, não daria certo, ele é teimoso e namora.

[email protected]

Bjs pra todos e obrigado por ter participado da minha vida.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/09/2013 10:41:28
maravilhoso como sempre
09/09/2013 19:04:51
Ta envergonhado minha cidade pra te perdoa quero comer sua prima passa o meu msn para ela
09/09/2013 15:39:28
amei
09/09/2013 15:26:52
Foi legal conhecer um piuco mais de Thiago hehehehe ja que ele me conhece um pouco kkkk
09/09/2013 15:19:07
Ai que triste Thiago hum! Mais super legal.
09/09/2013 14:31:20
Gostei, bjs lindo.
09/09/2013 14:29:41
Que final bonito, pelo menos tu aprendeu algo de bom, que no caso é amor.
09/09/2013 14:02:40
Ainda acho que vocês dois ficarão juntos. Muito bom!
09/09/2013 14:00:12
Nossa Thiii faço das suas palavras as minhas adorei te conhecer um pouco mais. Adoro teus contos. E te adoro também, é meio louco nem te conheço e estamos mega distantes mais sinto um carinho por ti. Abraços e felicidades pra ti maninho.




Online porn video at mobile phone


comendo a gostosa xvidel 1ou 2minutos xvidelfavelenta xvideogranfina xvidiiscavalo tirando virjidade da potrinhavaga em Tambaba mulher chupando rolaconto bi fiz meu marido chupar a rola do meu ambnte"caralho entalado" contocontos eroticos a brincar no escurotrote na faculdade novinha forçada a vhupar ate gozarxvideoa aventuras anal gay sexo anal ate goza dentro no pelo anal gayconto tio enfiado 26 cm no rabao da subrinhaNo binha jemendo pra caralho xvidioperdi avirgidade noseleiro comtoconto cachorro comendo a donavideo curtinhonovinha gozando pelo cuzinhovídeo do acidente de Goku comendo cabeludoclitoris lindinho numa ciririca linfa videosconto erotico pegando fogo de tesao insaceavel queria fuder com quaquer um tesao ejagerado demais pegandoFamilia Sacana pornocontos eroticos pedindo pra ser cadelaconto porno amor em londresxxvideo vibrador dentro do cuzinho vibrandobrincando de esconder e abusando da menina contos cavalo fudendo mulher com estorcada fortegranfina xvidiisMulheres safada deixando morador de rua batendo uma siririca dentro do carro no pornodoido foda gostosa cacetudo falando ben gostoso q vai gozamaldade arobaro o cu da menina magra com fosacontos reais de mae e flla virgem safadas levano pica grandeflagrei minha tia peituda com consolo no cú eu dei uma mãoesposa da cu sangra e estremece porno caseirox videos sexsi brexa nua banhero chopicontos fui tomar banho com meu irmao gemeo e acabei chupando elewww.porno zoofilia.com/dando buceta virgem engatada dois cachorros?contos de sexo depilando a sograsobrinho fica triste com a tia so lembrando do namorado que morreu xvideosnegras da fo pra pirocudo e chorao xvidio.commorena deitada para dormir nua e cansada mas seu caozinho nao deixa lanbe sua vagia e ela gstaafrouxou fundo um cucorno levou esposa pros caminhoneiros foderem contoPorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastaAparecendo os pemteiosx ezibisao de conas frescasfodendo com maxima velocidade e sem piedade pornowww.xxvideo lourinha calvolga corno vermeu cachorro lambe minha caucinha nas minnha coxassafado dando pirocudo vídeo xxvbcontos picantes de amor gayshttp://zdorovsreda.ru/texto/201103701inguiçando xvideosAutor do padre. Não é. Homem contos. Eróticosruıva dando o cucontos erótico assembleia dgordo casa dos contosconhada batendo ponheta escodidaporno familia jurássicacontos eroticos morena com o mendigohomem chupando mulher que cor de roupa que insistir vídeo soca peladaConto erotico mulher quarentona crente dando o troco com amigovídeo vídeo da Mônica e balançando a bundinha com toalhaConto erotico arombei minha enteada novinha magrinhvideos porno insetos entre filho fodendo mae prensadaxvideo minha tia gosando fullvideo porno eu nao aguetei ver minha irma novinga e gostosa dormindo so di calsinha eu comi o cu virgem dele gozei ladendrocontos eroticos gay de novinho sentei no pau grande e judiei deleContos eróticos minha mãe e os cubanos - parte IVcoroa chupando o c****** do Midinhovideosporno.koasi noviafudi ela e o namorado delacasada sequestrada e estuprada na lua de mel pornodoce nanda parte cinco contos eroticoscontoerotico minha namorada, minha mae e meu tioSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhanao era pra enfiar no meu cuzinho virgemvídeo de menina perdendo a virgindade Nininha novinhaconto erotico velha casada banca negao pirocudocomo q estourar as bolinhas sexchop sexuais na relacao sexovídeos pornôs pornodoido nao resistiu e fudeu pela primeira vez com namorado fortão e sexyeu sou corno e ela com amigo de conchinha xvideoxvidio casada chupano o amigo do filho escondidoadolescência na favela conto erótico gaycontos er papai putoprono medico tira vigidade ñovihaminha esposa me falou q quer sentir outro pau na sua bucetaprica cavalaxvideos porno travesti batendo punheta com uma serpente enfiada no cu