Nada além dosilencio 4....


Um conto erótico de Wemer'
Categoria: Homossexual
Data: 11/08/2013 11:27:17
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay, RELATO

“Passei em três universidades federais. A minha escolha foi pela UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto), não porque era meu curso predileto, mas sim porque Ouro Preto era a cidade mais distante da casa de meus pais. Com 17 anos mudei-me para Ouro Preto, pensando que tudo seria diferente. Não foi. Cursei engenharia numa cidade que priva pelo tradicionalismo, convivendo em repúblicas com cerca de 15 homens. Todos, ao menos aos olhos da comunidade universitária, heterossexuais.

Bem no início do curso, eu presenciei uma cena que me trancou ainda mais dentro do armário: um dos moradores de uma república vizinha à minha, líder estudantil, influente no meio acadêmico, foi flagrado contando à empregada da casa que tinha um caso com outro estudante. O apelido dele tornou-se sinônimo de gay no ambiente universitário. Os outros moradores da casa nem pestanejaram: jogaram todas as coisas dele para fora da casa. Nem se deram ao trabalho de ouvir um cara que havia morado com eles nos últimos quatro anos. Foi muito estranho ver as coisas dele jogadas no chão da famosa Rua Direita.

Eu era um adolescente exemplar. Nunca tinha bebido, nunca tinha usado drogas. Era virgem, nunca beijara ninguém. Nessa época, comecei a viver em uma história inventada. Para me inserir em um grupo, eu comecei a usar um disfarce. O ‘porra-louca’ heterossexual. Beijava meninas, mas tinha muito medo de que alguma delas quisesse algo mais. Comecei a beber muito e a ser usuário de maconha e, mais tarde, de cocaína. Era uma fuga, era um jeito de ser querido por um grupo, era uma forma de estar inserido. Era ser comum. E assim foi durante cinco anos. Anos lentos, intermináveis.

Uma colega de sala foi a primeira pessoa que soube de minha homossexualidade, já no final do curso. Foi uma explosão. Era como se eu estivesse tirando o maior peso do mundo de minhas costas. Só consegui dizer: ‘Sou gay’. E comecei a chorar sem parar. Era um misto de medo da reação e de alívio indescritível. Pela primeira vez eu tirava a minha máscara para um outro ser humano.

Formei-me na universidade em 2006, com 22 para 23 anos. Era virgem, escolado no submundo do álcool e das drogas. Antes de me mudar de Ouro Preto, reuni todos os 15 rapazes que moravam comigo na república. Eu não queria sair daquela casa tendo omitido quem eu realmente era. Nessa reunião, completamente drogado, eu vomitei, com certa raiva de mim e de tudo, que eu era gay e que aquilo era o mínimo que eu podia fazer por pessoas com as quais eu convivi.

Logo após um silêncio, nada convencional, eu presenciei as mais distintas reações. De ódio a apoio. Há pessoas com as quais nunca mais troquei palavras. Mas também recebi um carinho que eu não imaginava que fosse possível. Descobri que, apesar dos revezes, eu encontraria pessoas que não encaravam aquilo como aberração. Acho que aquele momento foi fundamental para que eu pudesse encarar a vida. Eu nunca tinha encostado em um homem, eu nunca tinha tido uma relação verdadeira. Na verdade, acho que toda a minha felicidade era falsa.”

Mais uma parte, meus queridos, obrigado à todos que acompanham, prometo que vou agradecer individualmente a todos, logo logo, bj's...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
J's
12/08/2013 12:27:10
Vc pediu e eu vim kk Olha, nao tem muitos filmes gays que fazem vc chorar assim mais os unicos que me fazem isso é Orações para Bobby e Bangkok Love Story (esses sao os melhores pra chorar) o resto tu nao chora sempre mais faz eu me emocionar, tipo, The Trip. É poquinho filme mesmo, agora se for comédia, amor tem um monte.
11/08/2013 21:21:33
Nossa chocante
11/08/2013 21:18:38
Nossa chocante
11/08/2013 21:15:53
Seja sempre você mesmo, pois mesmo você vivendo uma vida de mentiras as verdades aparecem.
11/08/2013 19:52:51
depois do todo mal que fez aos outros e a si mesmo,um dia a ficha cai,pode ser tarde demais para arrepender dos erros feitos.
11/08/2013 13:25:32
Tem muita gente que faz isso. Se reprime para não ser discriminado.
A&M
11/08/2013 12:31:24
Nossa essa e realidade pura do que realmente e esse mundo!

Online porn video at mobile phone


contos minha mulher toda siliconada virou p*** do dono da academiamulher de 18 anos abaixado homem verdadeiro dando a b***** e ela peidandocontos chupei o grelinho da enteadinha a forçaXvideo vou contar como acabei transando com uma irma da minha igreja elaera casadarelatos minha esposa chegou toda chupadaem casaeu sou corno e ela com amigo de conchinha xvideomillasissyVidios Porno tio aproveito que esta sozinho comeu a sobrinha safadapega transando tekinhaabusei de um casal de novinhos ingenuo contos eróticoscasadoscontos eroticos meu professor me comeu.a instalar música no musio só linguadinha na ppk da novinhavideu di pornor comendo de clatocontos eroticos.virei viadinho do barbeirosexo forsado com shortinho jeanspapai da pica grossa tirou meu cabacinho e eu gozei gostosoxvidio intiada novinha epega enquanto trocava de roupajapa subimisa estrupada umilhada xpornoMeu marido virou a minha putinhawwwxxvideo novinha cu devoradorporno-casados-fas-porno-pelo-buraco-da-paredemimha sogra também tem um comedor fixo e já comeu a minha esposaqueria vídeo de pornô assistir vídeo de pornô só de mulher morena gostosa que chupa o pau todinho sem casca com pau põe no c* fazendo vídeowww.xxvideo mae cuzuda calvolgando empinadacontos eroticos entre pai e filha em viagemnegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxmulheris malhaodo pornwwwmae acordada com rola no cuesposa do corno adora se exibir sem calcinha pro encanador so pra ele ñ resistir e fuder a safadaContos eroticos dopou a sogra e estuprou elaPorno chiquinha gritando enquanto chaves enfia o pau no cuzinho delanovinha xeia de pintas na bct na siriricavídeo de mulher de quatro e o homem com a pomba bem grandona de 10m no fundo na buceta da mulher e mulher gritandohetero esperimentamdo pau do amigo xvideoestufando o cu da madrasta e da filhaXVídeos sobrinho comendo a buceta de mulhe de tio45 anosxvidios marido trabalhanprofessora do encino fundamental se masturbano peladaos cara chegaram passando a mao na gostosa depois fuderam ela porno a.focapano vidio garotas com bucetas jigantevídeo caseiro esposa transando com boneco que tem o pênis da grossura de uma Coca com garrafa de coca-colaso garorinha pelainha n necorno e engolidor de rola contocontos eroticos novinho gay viciei em mamar viajandoas panteras filmes porno a cordano minha intiadacontos da senhora analContos eroticos a bucetona da mamae e a rolona gigante do papai e as gemeas porno negras pegas que foram espiadas no litoral paulistapapel tarado arregaçou o cu da neguinha na marranovinha deixa o cara morder seu grelo e tira sanguecontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porrameu cuzinho amanheceu melado e doendo contos gayconto porno me depilaram todinhaContos eroticos de viados maduros que foram deflorados na marraContos eróticos mulher caipirapai mostro e medo choro poradas xvideosXVídeos a despeito amiga da negracontos eiroticos leilapornDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelnovinha com sabonete batendo uma no chuveiropra um homemvendo o servente no banho e fico louca com o pau grande deleconto eu so tinha dez aninhos e meu tio ja chupava minha xoxota que era carnudinha eu ia a loucuraincesto com meu vô contosconto erotico com fotos haremconto de eu novinha dri meu cu apertado para um cavalo de pica grande contos erótico fumando pedracontos: consegui convencer minha esposa ao culckoldingVamp19-(Capitulo-01)-CASA DOS COBTOS EROTICOStarada nuonibucontos eroticos narrado madrastacontos herotico ela peido perto de mi comi o cusinho delamulhe trazando com dois hemcontos. safadinha egostozinha do papaimenina fudedo de xortiu de dormicontomorenaboaxvidio japonesinha Semedo abusada e no banheirocontos sexo anal concunhada concunhado