Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

UMA FAMÍLIA SAFADA V – 2ª. temporada

Um conto erótico de magão40
Categoria: Grupal
Data: 10/07/2013 16:45:23
Nota 10.00

“uau, que dia hein!”, foi o que a minha filha me disse, e me puxando pela mão me levou ao sofá e toda curiosa contou: “puxa pai, você levou a Sophia para as pedras e brincou com ela né, nem me chamou!” Filha, não programei nada, aconteceu, você sabe como é né! Disse rindo do ciúmes dela. Ela então se deitou e pediu para passar creme nas suas costas e continuou na fofoca: “enquanto vocês estavam lá se divertindo eu fiquei aqui na vontade, porque os meninos foram jogar bola e nós ficamos de papo, e a Fe disse que quer transar com você!” Eu apenas sorri e continuei a massagear seu corpo com creme, e ela continuou:” mas tem gente com ciúmes sabia?” não, quem? “A Luara pai, ela parece um cachorrinho atrás de você e você nada, até hoje não brincou com ela, sabia?” De fato, até o momento eu já tinha visto a minha sobrinha transando até com o seu pai, e eu não tinha sequer tocado nela. Paty então disse:”olha, vou te contar, era segredo, mas para não te surpreender demais, elas estão tramando juntas, a Fe e ela, para ficarem sozinhas com você, e vão pedir para a Angela amanhã cedo!” Eu ri dela e virei seu corpo para passar creme de frente, e ela sem sutiã começou a gemer com o toque, então passeei pelos seios, sua barriguinha e tirei sua calcinha e quando toquei na sua bucetinha ela estava ensopada. Brinquei com seu clitóris e enfiei um dedo dentro dela, e ela arregalou os olhos e me abraçou prendendo minha mão entre as pernas tendo um orgasmo. Sua boca procurou a minha e suas mãos ágeis empurraram meu shorts para baixo, e agarrada em mim encixou a bucetinha no meu pau deixando ele deslizar dentro dela, e praticamente sentada no meu colo rebolava, subia e descia e voltava a rebolar no meu pau, e me beijando a boca como louca, acelerou os movimentos e gozou de novo. Deitei seu corpo e fui me aconchegando do seu lado, e ela com um sorriso sapeca disse: “posso fazer uma coisa com você?” o que eu podia dizer? Ela pegou o creme e besuntou meu pau e me fez ficar de costas no chão, e com todo cuidado foi sentando no meu pau com o cuzinho, e gemendo mordendo os lábios sentou nele até o fim. Ver aquela menina linda com meu pau atolado no cuzinho era uma delicia, e vê-la subindo e descendo era melhor ainda, e com um jeitinho bem safado me disse: “pai, goza no meu cuzinho, nós nunca fizemos isso antes”. Me concentrei em prolongar aquela foda o máximo possível, e quando vi que não dava mais me levantei e a coloquei de quatro e passei a bombar no seu cuzinho com vontade, e ela gemia baixinho e me olhava sorrindo, e assim não pude me conter e inundei o seu cuzinho de porra. Sentei no chão extasiado e ela veio beijar a minha boca e ficamos abraçados alguns instantes, até que ela levantou e disse que precisava de um banho. Fiquei ali pensando na vida fumando um cigarro até que Angela sentou ao meu lado e sorrindo disse: “Eu precisaa ter filmado isso, porque nunca vi uma cena tão erótica na vida!” Eu apenas sorri e ela continuou: “sabe, há algum tempo se me contassem isso eu iria dizer que era safadeza, pois nunca consegui ver amor numa relação dessas, mas vendo vocês dois, com tanto amor, com tanto carinho, confesso que estava errada!” Ela me levou para o quarto e durmimos abraçados. Pale manhã fomos surpreendidos pelo tempo feio, a temperatura tinha caído muito na madrugada e uma garoa fina mudava a paisagem do dia anterior. Até por isso o pessoal demorou a se levantar, e na hora do almoço estávamos todos dentro do meu chalé! O lugar parecia uma republica, todo mundo falando, uns tentando ver tv, outros brigando por causa da musica. Angela e Joice na cozinha montando lanches e demorou um pouco para a situação se organizar. Sai para fumar um cigarro e o Fred foi comigo, logo o Lucio estava com a gente olhando o mar agitado e ficamos conversando. As meninas até tentaram sair mas reclamavam do frio e voltaram lá pra dentro. Felipe veio e me trouxe café e disse que ia com a Joice buscar mantimentos e dar um passeio. Lucio se empolgou e chamou a Sophia para irem juntos. Logo Angela me chamou para entrar, pois o Jaime tinha montado o projetor e iríamos ver um filme. Todos na sala, Eu, Angela, Paty, Luara, Fernanda, Fred e Jaime, ansiosos pelo tal filme de ação, as não sei se por azar ou o que, os títulos eram muito mais interessantes do que o conteúdo, e em 15 minutos nos olhávamos e ríamos, pois o filme era horrível. Fred, muito solicito disse: “ O Lucio trouxe um box com ele, lá deve ter alguma coisa” e correu ao outro chalé para buscar e logo vinha com um monte de filmes, mas conhecendo meu filho como conheço, duvidava muito que aqueles discos tinham filmes para menores de 18 anos, e na quarta tentativa, depois de colocar somente pornôs ele desistiu, até Angela, com o box na mão olhou para mim e sorriu, me mostrando um disco com um título escrito à caneta “Taboo”. Eu ri da ironia e ela sem nem pensar colocou para rodar e sentu ao meu lado debaixo do cobertor. Para quem não conhece, esse é um dos mais famosos filmes de incesto, e quem orquestra as transas é a filha do casal. O clima era interessante, eu estava sentado no sofá com a Angela de um lado e a Luara de outro com um grande edredom sobre a gente. No chão, Jaime e Fred nas pontas e Paty e a Fernanda no meio, e em pouco tempo de filme minha filha rindo enfiou a cabeça sobre o edredon e obviamente passou a chupar o pau do Fred. Jaime bolinava a Fernanda e eu ali com duas mãos geladas brincando com o meu pau. No vídeo a moça flagra a mãe que chupava o pau de um empregado e logo depois transa com o irmão. Luara veio me chupar e a sua boquinha era quente, e ela se empenhava em abocanhar meu pau inteiro, e Angela levantava o edredon para observar a performance. No chão, os meninos sentados já tinham as duas cavalgando nos seus paus enquanto elas se beijavam. Luara, toda meiga, disse no meu ouvido: “tio, mete em mim!” já sentando no meu colo nuazinha, com aquele corpo delicioso cheio de curvas, direcionou a bucetinha no meu pau e escorregou devagarzinho. Angela me beijava e me dava seus seios para sugar, e fiquei ali um tempão revesando entre seus seios e os da minha sobrinha, que subia e descia deliciosamente no meu pau até que anunciou que iria gozar, e me beijando gozou no meu pau, gemendo como uma gatinha, soluçando e sorrindo. Angela tomou o seu lugar e muito tesuda metia meu pau inteiro e subia até tira-lo quase todo, e assim com os seios na minha cara rebolava subindo e descendo. Olhei de lado e Jaime agora fudia Luara com força, arrancando gemidos dela. Fred e Paty transavam debaixo do cobertor, e levei um susto quando senti uma língua no meu saco, e ao olhar para a Angela vi que ela gemia com mais intensidade, e vi que Fernanda a chupava por trás, e a minha futura esposa passou a apertar os seios com as mãos e explodiu num gozo incrível. Meu pau parecia que iria explodir, mas Angela levantou e a menina, com uma carinha linda, veio e tomou o seu lugar, sentando no meu pau com aquela bucetinha depilada, me beijando na boca e com os joelhos apoiados no sofá, passou a fuder com força, socando a buceta no meu pau, e eu apenas a segurava pela cintura, e ela subia e descia a bunda com força no meu pau, e quando vi que não dava mais para segurar me levantei e enfiei o pau na sua boca, e ela já sabendo que seria a escolhida sugou tudo, enquanto eu fudia sua boca e gozava com as pernas trêmulas. A menina não deixou uma gota somente, lambeu meu pau deixando ele limpinho de novo, e com aquela boca elétrica fez ele subir de novo, e quando estava prontinho para outra virou oferecendo sua bunda para mim. Passei a fuder sua buceta por trás e Angela sentou de frente para ela, que logo entendeu e caiu de boca na buceta sedenta dela. A buceta de Fernanda era quente e a cada bombada sentia seu corpo arrepiar, e rebolando ela gozou e arrancou um orgasmo de Angela. As duas sentaram no sofá rindo a toa, foi quando minha sobrinha me diz: “vem tio, tem um lugar aqui para você!”, e quando olhei ela estava cavalgando no Jaime e aquele bundão para o alto se oferecia, então com cuidado enfiei no seu cuzinho, e quando comecei a socar junto com o meu sobrinho, a menina enlouqueceu, gemia, chorava, sorria e teve um orgasmo absurdo, caindo sobre o Jaime desfalecida. Fui tomar um banho e fui acompanhado pela Fernanda, que fez questão de me lavar e como premio fudi novamente a sua bucetinha. Voltamos para a sala e todos estavam descansando. Peguei a Angela pela mão e fui para a cama, deitei e ela montou em mim já encaixando sua buceta em mim. Deixei ela bem tesuda chupando seus seios e dando uns tapas na sua cara, ela ficava cada vez mais excitada, então parei e pedi que esperasse, fui à sala e chamei o Jaime, e o mandei se deitar na cama, ela me olhando curiosa apenas aguardou, então mandei ela chupa-lo, e assim ela o fez, enfiou seu pau na boca e passou a dedicar atenção ao menino. Paty veio ver o que estava acontecendo e sentou na cadeira ao meu lado para assistir, e aproveitou e abocanhou meu pau deixando ele pronto, pois safada como é, já imaginava o que iria acontecer, Fernanda veio também, e mandei que ela chupasse a angela, e ela como uma cadelinha se posicionou por trás e passou a sugar aquela buceta deliciosa. Ficamos nessa cena até que mandei a Angela sentar no pau do Jaime, que abriu um sorriso imenso, e ela encaixou a buceta sendo acompanhada pela língua de Fernanda, e passou a rebolar para prazer do menino. Com o creme hidratante besuntei meu pau e tirei a Fernanda e parei o bundão dela e disse no seu ouvido: “vou comer o seu cuzinho enquanto ele te fode a buceta, então, quero ver você gozar como uma puta agora”! Ela se arrepiou inteira e empinou a bunda, e logo levava estocadas cadenciadas, enquanto descia o pau do Jaime cravava na sua buceta, e quando subia meu pau arrombava seu cuzinho. O seu tesão era flagrante, pois falava coisas sem sentido o tempo todo, e gemia cada vez mais, e em alguns minutos explodiu num gozo sem fim, gemia e rebolava, e me aproveitando da situação bombei com força até encher o seu cuzinho de porra, e no meio disso Jaime inundou sua buceta também. Tirei meu pau e vi o estrago, seu cuzinho estava todo aberto, e ela caiu de lado, com os olhos apertados, e assim ficou.

Tomei um banho e deitei com Angela, e o cheiro de sexo estava impregnado no ambiente. Horas depois acordei sozinho, e ouvi barulhos na cozinha, e o cheiro de café me fez levantar. Angela estava vestida somente com uma camiseta longa, e o seu sorriso era lindo. Tomamos café e ficamos abraçadinhos no sofá. Ela me disse: “obrigado, eu fiquei lembrando daquele dia na minha casa, das coisas que você disse, e hoje fez acontecer, uau, que delicia!” eu beijei sua boca e ficamos ali curtindo o momento. Um tempo depois ela levantou e foi para o quarto, voltou, andou pela sala e voltou para o quarto. Eu já estava ficando irritado e perguntei o que houve, e ela veio com o celular na mão e disse que a irmã tinha ligado um monte de vezes, e pensou em ir embora comigo, mas a convenci a não ir, pois alguém precisava controlar a gangue, mas me comprometi a ir até a casa dela conversar com a irmã, e se ela quisesse, poderia vir comigo no próximo fim de semana. A princípio ela pareceu irritada, depois, concordou. Chamei minha filha e avisei que iria embora, e ela foi buscar a Fernanda e suas coisas. Angela, mais calma, me chamou e fechou a porta do quarto, e com seu jeitinho me pediu uma despedida, e comi a sua buceta na cama, deixando minha futura esposa com a buceta cheia de porra. A menina parecia cansada, entrou no carro e deitou a cabeça no meu ombro e dormiu. Acordou somente quando entrávamos em SP, e me disse: “tio, antes que me pergunte onde eu moro, já vou te avisando, vou durmir com você essa noite, não tem ninguém em casa. Meu pai e meu irmão só voltam amanhã e não quero ficar sozinha em casa!” Eu apenas sorri, e rumei para minha casa. Entramos e ela foi a geladeira preparar algo para comermos e sentamos na sala para conversar, e ela disse: “tio, posso te contar uma coisa?” fiz que sim com a cabeça e ela continuou: “olha, sei há tempos que vocês transavam, fiquei surpresa da sua esposa participar, mas fiquei contente demais, vocês são ótimos” Eu disse que a vi transando com o irmão e ela me olhou no fundo dos olhos e disse: “olha, pra você eu posso contar isso, então, é assim, eu tenho o Marcos, meu irmão, que meus pais adotaram quando eu era pequena, e numa tarde nós vimos a minha mãe transando com um cara na nossa casa, e ficamos lá assistindo, e ele é 2 anos mais velho que eu, e enquanto espiávamos ele se esfregava em mim, e eu adorava ser “mulher” dele, e a partir dai começamos a ver vídeos pornôs escondidos e foi ele quem tirou meu cabaço. Meu pai acabou que flagrou minha mãe com esse tal na minha casa e quase matou os dois, e minha mãe foi embora com o amante dela, e eu e meu pai tivemos que aprender a viver sem ela. E mais de 2 anos depois meu pai não tinha alegria, viva chateado, frustrado e nada o alegrava, até que eu fiquei doente e ele teve que cuidar de mim, me dar banho e tal, e nessa época me colocou pra durmir com ele, e durante a noite ele ficou me alisando, e percebi que ele estava se masturbando. Fiquei quietinha pra não atrapalhar ele, e isso se repetiu por alguns dias, até que eu já estava bem, mas fingia que não, então ele ficou em casa comigo a tarde, e depois do banho me colocou na cama e eu fingi durmir, ele tirou a roupa e deitou comigo, logo depois apertava meus seios, que já eram grandinhos de leve, e começou a se masturbar de novo, então, coloquei a mão no seu pau, ele travou, nem respirava, então virei para ele e pedi para ele deixar eu ver, e assim foi, ele me comeu nesse mesmo dia, e até ficou chocado com o fato de eu não ser mais virgem, mas a noite coloquei o Marcos na história e o convencemos que dava para vivermos numa boa, e desde então transo com eles em casa, e quando descobri que a Paty tem uma família tão legal quanto a minha, fiquei muito excitada, entendeu? Eu já estava de pau duro, e sem falar nada puxei aquela menina linda par ao meu colo e tirei sua camiseta e seu sutiã, me deparando com aqueles peitões lindos, grandes e empinados. Cai de boca ali e arrancando suspiros dela terminei de despi-la e chupei a sua bucetinha no chão da sala, e logo ela agarrou meu pau e ficamos num 69 delicioso. Muito excitada ela me pedia pra ser comida, e quando ela gozou na minha boca simplesmente me largou veio e sentou no meu pau com aquela bucetinha quente, e rebolou por minutos tendo seus seios apertados por minhas mãos e gozou de novo. Fomos para o quarto e eu queria comer aquele cuzinho, então com um gel untei seu cu e meu pau e ignorando seus berros meti naquele cuzinho até encher ele de porra. Durmimos abraçados e acordei de madrugada e fui ao banheiro, e voltei e vi aquela menina linda e nua, deitada com as pernas abertas. Meu pau subiu na hora, então a acordei enfiando o pau na sua boca fazendo ela me chupar, e logo comi a sua buceta num papai-mamãe delicioso, ouvindo os gemidinhos daquela putinha no meu ouvido, e quando ia gozar ela veio e me abocanhou, engolindo tudo de novo. Durmi e acordei às 6:00hs com o pau doendo, tomei um banho e quando estava terminando ela veio com carinha de sono, e mesmo reclamando levou na bundinha no chuveiro. Quando a deixei na porta de seu prédio, ela me disse: “po tio, to toda ardida, se meu pai ou meu irmão quiserem alguma coisa hoje to fudida!” me beijou na boca e disse que na tarde do dia seguinte me faria uma visita, pegou meu telefone e saiu rebolando aquele corpo lindo.

Trabalhei cansado o dia todo, e a tarde Angela me disse que acabaram de voltar da praia e que o dia estava lindo, e eu disse que iria ver a sua irmã à noite, quando saísse do escritório, e ela me disse que a avisaria, mas depois eu conto como foi a minha visita a Amanda. Beijos, João!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/03/2016 14:38:53
Quando vai ter novos capítulos? Muito bons seus contos!
24/10/2014 02:35:14
Não para agora não amigão. História excitante pra CARALHO!
17/10/2014 09:37:18
Seus contos são deliciosos de ler e gozar,mais cadê a continuação,me adiciona no whats e por lá você quiser me manda as fotos que você falou, um grande abraço Rodrigo
10/02/2014 08:57:32
Cadê a continuação? Já se passaram quase oito meses.
05/02/2014 12:23:48
Estamos aguardando o restante
22/12/2013 14:55:30
E aí, cadê o resto? Pô amigo, não faz isso não, continue, serão só mais 18 capítulos. Abs e saudades dos contos.
12/10/2013 09:00:08
Já se passaram tres meses da última postagem. O que aconteceu? Desistiu de contar as peripécias da familia? Continua cara, estamos com saudades.
Poe
25/08/2013 09:14:44
Oh cara, continua aí....
21/08/2013 17:12:09
Porque está demorando tanto a continuação?
10/07/2013 22:18:27
10/07/2013 22:17:43
Sempre bom parece que sou da família tbm!
10/07/2013 20:20:05
Nota 1000, e continuarei esperando os 396 capítulos restantes.




Online porn video at mobile phone


eu quero ver um sexo bem feito vibrando o cara bombando a mulher gemendo chorandoxxxvides.com meu amigo enquanto jogamos video game ele vai fodendo minha maexvideo irma de shortinho desabotoadonegao.dotado.empurou.na novinha ela se encolheu.de dorgangbang casada promete voltar sozinha pros dotados xvideotia mo gostosa e sobrinho tia fica lavando.loçae sobrinho so.querendo fazer sexo.e.rla nem da bola porno mineiroajudinha da fucionaria do mercado xvideosver video e filme de veterinaria chupano abuceta da e gua na fasendawww.casadoscontos/gayputo.comnovinha tem no muito o garmo na siririca xega a gritar pornodoido comi o cu da minha mulher e a vizinha tambem quizsou solteira e viciada em zoofiliamulequinhos surfistas pauzudos pornoestrupador confessando yotubefui so dar uma alisadinha nao deu mandei pra dentro video casero pornozoofilia veterinaria tendo orgasmo com cavalomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1barriguda trepanfocontos de esposa puta chupando varias rola na frente d cornohomens bobinho pinto fino viadovideo porno cansei de ser cornocontos eroticos pastor faz irmãzinha chorar com pau grande no praboquanto a mãe tava cantando a repressão a novinha tá f****** com padrasto quero ver no vídeoWxvidio comedo di ciuxvideo.com.entrocadinhavaretao gg goza dentro novinhocontos eroticos cavalo e novinha e.o vovonovinha dado cu viguicontospornoeuqueroestupro esposa contos eroticosnao sabia q seu pau era tao grosso assim meu cu ta doendo xv incesto evangelicaicvidiopornopadre viadotrocando com outroRelatos de zoofilia cao estrupaestourada pelo amigo pintudo do meu marido ser ele saber contos eroticosquero ver novınha que sao empregada fudendocontos eróticos fique se dedicando minha esposafilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandoo namorado da minha filha contosCasa de Contos fodas a uma cadela pitbull da vizinhanovinho filho contoerotico cnnvidiodisexonovinhagostosa se masturbando com pinto de borracha solta p**** falsaconto erótico minha esposa queria um negão da pica 27 cmcontos eroticos de uma sirica bem batida aos gritosfoto de mule mo penuacao nuafilmes porno gratis de incestos de coroas iperdotados comendo filhas e netasContos eroticos com sogra bucetuda que foi arrombada pelo genro piricudosubmissão sobrivera pornoimplodandocontos eroticos casal com prostitutaxvideo mulher em pe com dois homens escanxaadax videoz traveati gozandowww.xxvideo calvolga na anacondavídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grandeminha titia se gozando com meu cassetevideo chupando buseta dormindo de minha filha prezar que irmao prende na brincadeirax videos brasil dois homensvai sogrinha gostoza filmesexo vaginal rola soltando guichadas de poracombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlinexxxvideos.com meninas dado .como cabacuxvidios dando o cuzinho pra pagar alguns meses de aluguel atrasadowww.xvideo enganchei minha mao .comxvideos memento de dormeu primo tirou minha cueca e cheirou minha roladescadeirada peli roludonoivinhas dar peitinhos durinhos para padrasto chupar mos xvideoscontos eróticos reais eu foi obrigado comer minha mae sua comadreporno com uma policial de chortinho no meio dos homen do batalhãoxvideo fámuloSou mulher casada meu compadre me fodeugosando vom o cachorrocontos eroticos filha 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 aninhosgritei quando ele botou na minha bucetacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramcurrado na borracharia de beira de estrada conto erótico gayarranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chuparmenina muito novinha vai assistir filme porno com seu irmão caralhudo e acaba deixando ele tirar sangue de sua inocente bucetinhachupaminhabucetacoroaFui masturbada no onibus contosconto erótico sequestro em carcereconto "duas virgens" enteadaguloza pede pra goza nabucertaFudendo a intiada novinha d shortinhavideos porno fodendo mae emprensadacontos de cú de solteironaXVídeosporno Malícia pareiliberei minha esposa pro cara estouraracabei liberando cu pro primo masnaogayconto erotico afeminado esposa dedos no cumulher dando pa o dog esitadoconto erotico estupro machos enjoaremagora é assim mesmo boyzinha perdendo a virgindadeSou tarado por beijar pezinhos com rasteirinhas negãp homem que e gay da o cu e goza ameno tenpoIncesto do cu desde pequeno