Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

A boceta da gorila que eu comi...

Um conto erótico de Cronista
Categoria: Zoofilia
Data: 02/07/2013 16:27:07
Nota 9.00

Já havia chegado a terça-feira. Felizmente naquele dia havia um feriado e no seguinte poderia descansar devido às horas extras acumuladas no trabalho. Pelo menos para algo valiam os serões do pós-expediente. É, realmente o ditado que diz: "Deus ajuda quem cedo madruga" deveria vir acompanhando de um "e aumenta a folga muito mais de quem hora-extra faz". Apesar de não ser para todas as realidades, direitos trabalhistas e CLTs à parte, só estava feliz de estar em casa.

Bem, como não podia fugir das promessas paternas às crianças, resolvi levar todo o meu povo para o Zoológico. Esse é localizado no bairro de São Cristóvão, onde um dia residiu a Família Real no lugar que agora é conhecido como a Quinta da Boa Vista e além do sensacional Zoo, também abriga o museu.

Fico imaginando quantas escravas e brasileiras o saidinho do Dom Pedro I não deve ter traçado por aqueles lugares ermos ali presentes. Até eu já comi ali uma amiga em tempos de escola junto às árvores nos tempos de adolescência, quiçá ele que era o cara da putaria geral. Ah, como a história difama os nomes de seus vultos...

Voltando aos bichos, meus filhos de oito e nove anos estavam adorando o lugar. Realmente devo concordar com eles, pois cada animal era mais exuberante que o outro. Aves de cores várias em pomposas plumas coloridas, felinos maravilhosamente terríveis, répteis medonhos, elefantes e girafas poderosos e uma gama de interessantes primatas. Realmente Charles Darwin estava certo: eles eram nossos parentes mais próximos.

Minha mulher, que tinha a saúde frágil, estava ainda mais debilitada após a gravidez de risco de nosso pequenino e por isso eu a dispensava cuidados e mantinha a calma, até quando tinha a vontade de uma foda. Vez por outra alguma crise a pegava e alguns dias de cama eram necessários. Os médicos diziam que seria uma constante em sua vida e por amor eu a acompanhava. Sexo mesmo, só quando sua saúde equilibrava e mesmo assim, sem depravações, pois ela era capaz de pedir o divórcio e me pôr no hospício caso entrasse em minha mente louca.

Enquanto parávamos para comer alguns sanduíches vendo as jaulas dos macacos que brincalhões jogavam frutas, algo me chamou a atenção. Uma família de gorilas descansava ao canto. O sol certamente tirava o ânimo deles. Afastado de todos me aproximei de sua jaula e fiquei os observando. Então uma fêmea ficou perto das grades e ficamos nos olhando. Ela segurava um filhote. A princípio ficou temerosa de mim, mas logo tranquilizou-se ao notar que eu não era uma ameaça. Ia dar as costas, porém ao vê-la amamentando o bebê, um calor me subiu e fiquei assim perdido em pensamentos sacanas até que meu filho veio me puxando pelo braço para seguirmos adiante.

O restante do dia transcorreu normalmente e aquela cena não saía de minha mente. Dormi pensando na gorila dando de mamar para o filhote e logo me excitei. Apesar do tesão, não queria passar de maluco batendo uma ao lado de minha esposa. Acho meio sem noção fazer isso tendo mulher do lado. Mesmo assim tinha que fazer algo e resolvi deixar o sono vir, mesmo na dificuldade.

No dia seguinte, arranjando uma desculpa qualquer, voltei ao zoológico e fiquei vendo a bichinha novamente. Meu tesão subiu ainda mais quando ela ficou perto das grades me olhando e dando de mamar ao filhotinho que placidamente repousava em seus braços peludos.

Tinha que fazer alguma coisa, pois, por incrível que parecesse, estava muito tesudo nela. Tinha que dar vazão aos meus desejos e comer aquela gorila. Não sabia como, porém precisava dar um jeito nisso.

Durante a semana, passei todos os dias em frente ao zoológico e entrava quando ele quase estava para fechar só para vê-la. Na maior parte das vezes ela também ficava perto das grades me olhando. Certamente o animal cria que lhe daria uma banana ou algo semelhante para comer. Como as placas pediam para não fazê-lo, então todos evitavam, salvo uma ou outra criança que o fazia por inocência.

Então, na sexta-feira, quando olhava para a jaula, alguém me tocou o braço. Era o vigia. Me chamou um pouco para o canto afastado e puxou assunto.

- Tudo bem, amigo. Vai um cigarro?

- Não, obrigado. Não fumo.

- Eu andei vendo que você vem todo dia aqui e fica um tempão olhando a jaula desses gorilas. Só bonitos, não é?

- Sim, são. Disse sem saber suas intenções.

- São bonitos e safados também. Se der mole, eles brincam conosco.

- Pois é. Bem, eu vou...

- Calma, amigo. Acho que sei o porquê de tuas vindas. Nos primeiros dias não percebi, mas quando te vi olhando tesudo para a bichinha ali quando ela amamentava. Você estava ao ponto de bater uma para ela.

- Meu amigo, escute aqui...

- Relaxa e fala baixo, cara!

- O que você quer?!

- Eu, só te ajudar. Você quer pegar a gorila? Eu também tenho tara em animais. Sem que ninguém saiba, eu costumo fazer das minhas aqui. Se souber pagar, te arranho algo hoje. Afim?

- Quanto?

- Ah, desenrola umas R$ 100,00 pratas e te facilito. Não cobro muito, pois se pedir muito nego não paga. Menos, quem sabe você não volta.

Então paguei o combinado. Ele me pediu para esperar até que escurecesse e me levou quando tudo estava fechado para um quarto isolado. O cheiro do lugar não era dos melhores. Depois de intermináveis dez minutos, logo veio o cara com a "garota" em uma coleira. Juro que mesmo o tesão balançou um pouco ao ver o bicho que era monstruosamente grande. Segundo o que me disse, na sexta-feira era dia dos primatas fazerem a higiene e por isso recebiam uma dosagem de calmantes, ficando mais doceis para facilitar o serviço. Assim, me garantiu que não haveriam problemas.

Realmente ela estava bem calminha e após alguns instantes resolvi afagar sua pelagem. O cara sorriu e disse que nos deixaria a sós. Quando saiu, voltei a ela e comecei com certo receio a alisar seu dorso. Ela era grande, forte, peluda, mas bem limpinha. A princípio ela não parecia dar bola, mas foi chegando perto de mim e me tendo como mais um humano que cuidaria de si, recostou-se ao meu lado.

Tinha que excitá-la de algum modo. Então comecei a alisar seus mamilos. No início não senti nada demais, mas logo após um tempo, ela se virou para mim. Então a deitei sobre a cama e ela - pelo efeito calmante - cedeu. Então me despi e abri suas pernas. Dei um beijo em sua boca e senti sua língua lambendo meu rosto. Rodeava seus mamilos com a língua e os sugava. Ela passava a mão em mim como o fizesse em seu filhote. Então não contive meu tesão e segurando sua barriga, meu pau invadiu sua boceta.

Deixei a pica entrar. A sensação era boa. Corpo a corpo, comecei o vai e vem e socava. Ela não reagia de modo humano, mas começou a se agitar e ouvindo seus leves ruídos, ficava mais tesudo enquanto metia mais e mais e mais. Socando sem parar, não me aguentei e com uma explosão firme e vigorosa da rola, gozei. Gozei forte em jatos potentes e ela sentiu a sensação. Me recuperando, tirei a pica dela e ela parecia não querer separar-se de mim, quase me adotando como cria.

Então me desvencilhei com jeito de seus braços peludos e me vesti. Bati na porta e o "cafetão" do mundo animal veio e a levou. Disse que sempre que quisesse poderia contar com ele. Agradecendo me despedi e fui para casa.

Chegando em casa, tomei um banho e sorri. A vida "loka" me acompanhava, só não sabia até quando. Mas como disse o grande Vinícius de Moraes: "Que seja eterno enquanto dure".

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/08/2013 03:12:13
Muito bom. Deve ser uma experiência incrível!
17/08/2013 09:30:41
Se alguma mulher se interesar por videos entre em contato ja mandei pra varias aqui mandei e mando
26/07/2013 12:03:05
Se alguém tem faceboook só para putaria la tem varioos grupos secretos de zoo ou então quiser videos via email é eu explico melhor sobre o facebook zoo
10/07/2013 18:57:04
valeu amigo esse conto e muito louco, tesudo mesmo,os babacas q não curtem zoofilia fazem o q por aqui vão se catar .roy
05/07/2013 16:48:28
Eu tbm ando meia confusa,apesar de ser casada com um homem,tenho uma fantasia de fazer sexo com uma mulher,todas as vezes em que tranzamos na hora do gozo eu me imagino chupando e sendo chupada por uma mulher...
02/07/2013 20:07:33
nojento.doente.procure um tratamento.com tanta mulher querendo rola vc transar com animais va se fuder seu doente




Online porn video at mobile phone


contoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeContos eroticos gravida evangelicadei a buceta no rio contos eroticoscontos de coroas lesbicas.taradas em calcinhas fiu toladas no raboguero um paquito con ponba gira para tranza con a minha sogracontos exitantes infiando calabresa na buceta Gelo e Fogo conto incesto gay irmaõ com irmaõ 3 capítulopeguei na cinturinha e soquei tudo sem ela perceber no cuzinho ai amor nao quero mais vc me maxhucou xvideosvidiopono mulher bica tepornodoido lesbico fretando na mesa de jantarxvideo levei meu primo no beco e nós transamosvídeo pornô de gay malhadão Kuduromulhe vai n caca d vizinha a vizinha nao esta i marido come buceta i cu delafilme pornô de Cibelle encravado em 2017vidios de sexiso ulher con tocudoConto enteada apaixonada pelo padrastoContos eroticos casal certinho e travest roludoconto erotico ensinando a tia de motopiranhona sentando no casetao dotadoConto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudocontos sex fui enrrabado na adolescencia e gameicomendo a secretaria de saia sosiau levantou aperna dela e meteu na chota delacontos sexo com garçom em moteisconto gay ele se revoltou e tomou todascontos eróticos menina de 25 anos 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com as unhas vermelhascara safado de perma e sen cueca de pau duro provocando a cunhadafui so dar uma alisadinha nao deu mandei pra dentro video casero pornodando a bunda no pau dele ele meteu a vara nela pelada com bolsinha delacasos amad tira calcin pra irm gosa ponh casa favela cariocaesposa fudida por sobrinhos e sogros contos eróticosnegao colocou td o pau de 45 centi na loiramohamed elatar punhetandocontos abraso gostozo pordra de papai con seu pau duroxvideos gay fui estuprado por que nao paguei as drogasvingando da metida contos analhomem nu da cu seminaristacasada d saia metendiconto erotico a pequenininhaconto erotico gay velho pirocudo maltratou o cu do viado choraocontos eroticos casada deu pr o marido e o filho dls tbmmulher muito gostosa deixado ocavalo mete tudo nabuceta delaConto erotico de incesto eu minha irma gemea dornimos momesmo quarto desde que nascemo 2bem quietinho cornitudefilha a reda causilha e pai empura rolaGay adoro caras suados na academiapor que quando minha tia mim ver ela passa a mão e coça a buceta delaComtos eroticos de mulheres q bateram punheta pra cachorroela pirando navara com gozada dentro empecontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tiosinhá contosvó que confessa que adora chupar o pau do seu netocontos heroticos cuzinho da japinhacontos buc branca cacete 40cm foto corno meu irmao despresa minha cunhada e ela da a bucetinha gostosa para mimdoce nanda parte cinco contos eroticosnovinhas ninfetas tao novas que nem peito tem aindadopei a irma da minha namoradaContos eroticos dopou a sogra e estuprou elapornô mulher começando a ficar mexendo falando Bom dia Ana movimentando movimentandoquamdo a filha nao quer da a buceta pro pai o que fazercontos eróticos de garotas f****** com padrastox videos novinha arregala os olhos com emfiada do negao bem dotadoestrupo de vuneravel pornoManda se solta solta pum bolado na bunda dessa gostosacasada foi pra oficina dar pros mecanicoslargandoo cu com um pepino grosso pornodoidoeu quero ver as fotos da morena que dançava o Créu ela nua pelada porque sabendo que eras no site que ela ficou feio uma foto de pornô homem para a gente ver aquicontos eroticos peguei meu marido dando pro caseiro. negao adotei elecache:v4Hbz9COzM8J:zdorovsreda.ru/texto/2016021014 xvideo negao arrombando o'cuzinho da novinha caseiro barra da tueno porno 10o surfista loiro me comeu contovideos di saia ma rua por baxonegao desafia gostosa a nao cagarvideo porno padrasto enfiando a mão na buceta da sua enteada com sua mãe do lado sem ela percebercontos eróticos minhas amiguinhas de infanciajairinhobaianoContos ertcos me mastubei na sala de aula flagada pelo garoto novinhoGostosa elizangela gorda rabuda paciencia masturbagordinha paresendo emanueli nuaesposas pedem para estranhos tirar camizinha pra gozar bucetao delasXvídeos idosas dengosa filhinha dengosa do papaixxvideos.com mulher com medo e arrediaquero ver vídeo de menina virgem dando para homem dotado que arranca vida dela com força como se fosse um estrupo mas esse tipo como se fosse de vídeo vídeo de pornô vídeo de sexo e suas coisas Eu quero ver vídeo da simContos eroticos fui fazer intercabio irma gemeas ciumes por isso se chupam em videos pornocontos eroticos eu aprendi beijar com minha irmaquero ver mulher fazendo sexo pornô na frente computador com tema de borracheiros o meladodoce nanda parte cinco contos eroticoshistoria de genro homem hetero transando com sogro homem heteroconto erotico dormindo e encoxada por estranhonegao me enrabandopornodoido cavalona de cinturinha fininhapasando mao nas polpinhas d tesuda e erguendo p cimaxpornp mae se surpriende com pau do filhocontos eróticos primeiras experiências com siririca com mulheres mais velha