Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Por acaso parte 46

Um conto erótico de Yure
Categoria: Homossexual
Data: 07/06/2013 09:54:24
Nota 9.80

*CONTINUAÇÃO

Nossa, eu nunca senti tanta dor nas vezes que transavamos, parecia que eu tinha sido rasgado no meio.

- Ta tudo bem yure?

- Mais ou menos, ta doendo muito !

- O que será que aconteceu?

- Não sei, acho que você foi de vez.

- Desculpa amor, eu não quis te machucar. Vamos tentar de novo?

E mais uma vez dor... depois de muitas tentativas e momentos de dor conseguimos, não uma das melhores transas até porque só senti dor.

Era noite, comemos alguma coisa e fomos dormir.

No dia seguinte estaríamos dispensados da faculdade por motivo de uma reunião que aconteceria, resolvemos ir para a praia então, acertamos com alguns amigos e fomos.

Chegamos na praia tava maior sol, tiro minha camisa e fico só de bermuda.

Logo umas menininhas (piranhas) começa a passar e ficar de risadinha pra Taio. Aquilo me matava de raiva e parece que elas nunca iriam parar.

Começamos uma partida de um vôlei desajeitado, tudo ia normal até um grandalhão metido a besta vir procurar confusão com o passoca. Não lembro o motivo, só sei que eles estavam discutindo feio, a galera estava TENTANDO fazer com que aquela discussão terminasse mais nada adiantava até que Taio tem a “brilhante” idéia de ir puxar passoca e afastar o cara dele, claro que o cara não gostou e dessa vez a briga já era entre os dois e não foi só discussão, o cara empurrava Taio e ele empurrava o cara, em instantes já estavam trocando socos e a gente tentando separar, escuto um grito e vejo sangue na areia, a barriga do Taio sangrava o cara corre.

- Taio! Grito assustado.

O cara havia cortado ele com um pedaço de vidro. O corte não parecia ser fundo mais era grande e sangrava muito.

- Leva ele pro hospital rápido. Vani diz.

Corremos para um pronto socorro que havia ali pertinho. La colocaram pontos no corte e passaram alguns remédios para ele.

Voltamos para casa.

Taio nem conseguia andar direito de dor, ele deita na cama.

- Pra que você foi se meter naquela briga Taio?

- Eu não deixar ele bater em passoca né Yure.

- ai você prefere apanhar e ter a barriga cortada.

- O corte nem foi tão grande assim Yure.

- Foi grande o suficiente pra me deixar preocupado Taio, parece que você não entende isso.

- sabia que você fica lindo quando fala igual a minha mãe?

- não quero saber, não to falando com você.

- Amor... ele diz puxando meu braço. – a gente poderia fazer o que não deu muito certo ontem né?

- Você não estava sentindo dor até um minuto atrás?

- Vamos moço, deixa de ser chato.

- ai quer dizer que sou chato só por querer cuidar de você. Ta verto.

- Deita aqui comigo então.

Fito os olhos dele, sabia que ele queria fazer alguma coisa, só que eu tinha que pensar no ferimento dele né, não sou irresponsável. Deito ao seu lado, ele passa a mão por baixo da minha cabeça.

- Você não me deu nem um beijo hoje né Yure.

Dou um selinho nele.

- Pronto ta satisfeito?

- Não, não é esse tipo de beijo.

Ele segura meu rosto e me beija por uns segundos.

- é desse ta vendo.

- Tudo bem Taio você venceu.

Nos beijamos, de inicio calmo mais que foi acelerando aos poucos.

Ele fica de lado, mordo seus lábios e beijo seu pescoço. Seu pau já tava duraço, aperto com a mão e ele geme, coloco minha mão por dentro da sua cueca e massageio seu pinto. Ele chupa e morde meu pescoço, me coloca sobre seu peito, ele já estava sem camisa, vou direto ao ponto, coloco seu pau pra fora e começo a chupá-lo devagar mais sua mão que agora estava na minha cabeça fazia com que eu fosse mais rápido e seu pau entrasse cada vez mais fundo na minha garganta, tiro minha bermuda ele me puxa e me beija, ele coloca seu pau na entrada do meu cu, e começa a forçar, sinto um pouco de dor, não como antes e dessa vez entra com facilidade, faço movimentos lentos mais sou interrompido por ele que segura minha bunda e faz com que os movimentos sejam mais acelerados, acho que ainda não estava contente com a velocidade que ele mesmo começa a estocar, cada vez mais forte, sentia seu pau entrando fundo, eu beijava seu pescoço, sua orelha, meu pau esfregava em sua barriga e não demorou muito para que eu gozasse.

Cavalgo com mais vontade ele segura minha bunda e prende no seu pau, goza dentro de mim, deito sobre seu peito, sinto algo escorrer, mais dessa vez não era nas minhas pernas, levanto e minha barriga e a dele estavam sujas de sangue.

- Porra. Digo. – Taio, acho que seus pontos abriram.

...

*CONTINUA>

Ola pessoal, gostaria e pedir desculpas a vocês por não ter postado ontem, é que onde u morro teve queda de energia e quando ela resolveu voltar eu já estava sem animo pra digitar ta bom, beijos para todos voces.

YURE

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/06/2013 14:04:47
continua logoesta demais como sempre
08/06/2013 04:11:37
Ai esse taio só pensa em sexo? Taio se toca vc tava machucado
07/06/2013 23:30:59
vai com mais calma Yure, desse jeito o Taio fica é pior kkk 10 *-*
07/06/2013 13:55:16
Tá vendo? Você tem que se controlar...Olha agora o Taio tá sangrando=(
07/06/2013 11:39:38
Foi rápido. primeira vez que vejo Passoca hahaha




Online porn video at mobile phone


sexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornogordinha pacotao pornodoido calça legevídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãocontos eroticos gay a cria e domesticação de Novinhos para ser escravo de coroas submissocontos de sexo depilada na praiamamanono pau do filho baianomulher fudeno na pisiçao doiela usou drogas e aproveitaram do seu cuzinhomenina novinha nao aqenta a pica e sangra a bucetinhaFiz sexo com meu profeascontos de boquete bom de primos e primas novinhosmãe rabuda de vestidinhos curtíssimo lavando louça e sem calcinhafilme pornô padrasto de bonzinho comente Adaconto eróticos de minha namorada deixa sua calcinha xeia de sebo na pia do banheiroMinha tia evangélica no sofá tarada poxou a calcinha da gostosa fudeu com o dedo xvidioescrava sexual virgemnegao me enrabandocadê aquelas gostosas de fio dental roxinho pacote na frentefoto devigilante pintudoGostosa dirige o carro para um homem ela para vai pro banco de tras e sedux o homem www xvideo.com minutosnissei rabudas vidiorapido doischantagiei minha irma casada contossexo forsado com shortinho jeanseu, minha namorada, minha namorada e meu tioamor vc deixou ese safado me comer pornodoidoencoxando a magrinha contoscontos eroticos de idosas mendingasxvidei sonovirManda vídeo pornô das atrizes mais belas do pornô transando com cachorro engatado arrastando ele era luz clique desesperada chorandoessa ai.e putaxvideoscontoerotico minha namorada, minha mae e meu tioxxxxxvideo mulher gosando wue nem louca e estralando a bucertaxvideos.com duas amiga comeca se acaricar depois as duas tao com tesao e cair nas xupadas gostosasqero vido de transafamiliarquero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladogosando na cara da alemao no xisvidioCasa dos contos minha mulher falou que todos a comeram que eu sou cornoxvideos so com meninas de 17aninhos de idade e com acssilas peludinhasfotos de caralhos descomunalxxxvideos cunhada espeou sua irmã sair pra provocar .comconto tatuador eu e minha mulher colocou um piercing Conto gay - "fodido por um tritão"eu sou noivo a irmã casada crente da minha noiva eu levei ela no meu carro pro motel conto eróticonegao pega coroa desraida mete a rolacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos gays de incesto- coroa machão dominador taradão comendo menino afeminado e submissovideo porno homem velho mamando e puxando e mordendo o peitocontos fudeu a sobrinha na festa bebadafodie cusao do meu entido bundao pornocunhada gostosa arretando o cunhadofui foder com o cara do pau enormi e min lasqei xvideos xxxxxvideo mulher arobando a buceta i o cu. ate gosamulher de shortinho jeans desfiadinho socado na ruacontos eroticos urei de tanto gozar minha buceta inchadaConto erotico scat adoro ver a mulher peidandoconto erótico- flerte com filhinhoporno meu marido adora me ver chupando porra de mendingisconto erptocp gay paixisvedeo corno venu sua mulhe seno estrupadameu amigo me punehtouintiada esbugalha o olhos com pau grande no cumeu sogro tarado e pauzudo me transformouwww.patrao contrata mundo bicha.comTeste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaContos de primas de fio dental e boquetevideos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto duroflagra mulheres espiam homens pelados e se masturba até gozar de esguicharxvideos de sexo de homens e mulheres se masturbando provocativamente e ecitantes e incestos com zoofeliasContos eróticos de viados que apanharam para aguentarem as jebasporno doido eu e meu filho estuprano minha mulherver video porno mae gts malhando em casa sem calcinha seu pai ver