GRAVIDEZ INDESEJADA (an american tale)


Um conto erótico de guido
Categoria: Heterossexual
Data: 04/06/2013 20:05:37
Nota 10.00

GRAVIDEZ INDESEJADA (an american tale)

Minha esposa admitiu seu desejo por homens negros a cerca de 4 anos atrás. Confesso que eu fiquei em primeiro lugar surpreso. Eu sabia que ela sentia desejo por outros homens, ela violou os votos do nosso casamento com pouco mais de um ano de casada (estamos casados a 15 anos). Mas nunca com negros... Não me interpretem mal, não sou racista, só que eu nunca imaginara minha esposa tendo sexo com alguém, qualquer um, que não fosse branco. Mas sendo que ela é minha esposa e não minha propriedade, eu dei-lhe a minha bênção e a promessa de estar com ela, não importando onde seus desejos a levassem. Isso foi a 4 anos e cerca de 50 a 75 caras atrás. No início, ela me fazia escolher os caras com algum potencial. E ela me queria lá para mantê-la segura, e assistir a ação. Conforme o tempo passou e ela se tornou mais acostumada com seu estilo de vida recém-despertado, tornei-me cada vez menos envolvido. Ao ponto de ter caras vindo para nossa casa, e eu ficava no andar de baixo assistindo TV enquanto eles fodiam em nosso quarto. Se tornou quase banal para mim, encontrar um parceiro diferente batendo na nossa porta a cada semana. Às vezes, ela iria apresentá-los a mim, outras vezes ela apenas iria apressá-los até o quarto. Era excitante, até certo ponto, mas depois realmente não me interessava mais, após a dúzia inicial ou perto disso. Quantas vezes você pode assistir ou ouvir sua esposa fodendo com outro? Quero dizer, não havia nada que eu quisesse fazer com os caras que ela estava transando, e muitas vezes eu queria transar com ela, sozinho. Nós tínhamos uma regra simples, um "mandamento": Preservativos em todos os momentos. Eu não estava incluído na brincadeira, portanto não estava disposto a pegar alguma doença, só porque a minha mulher era uma vagabunda. Ela concordou e seguiu o "mandamento" religiosamente. Às vezes, ela chegava em casa no início de um provável encontro, e me dizia que o cara não havia levado, ou não queria usar nenhuma borracha, de modo que era o fim de tudo. Eu sentia que eu podia confiar nela, afinal era um pedido razoável, e ela era muito inflexível sobre isso, como eu esperava. Bem, o tempo passou. Ela conheceu um cavalheiro chamado Kendrick. Kendrick era um homem negro bem-dotado, cerca de 80 kilos, com aproximadamente 30 anos de idade. Ele tinha um corpo esculpido, e um controle inacreditável da sua ferramenta. Esse cara fodeu minha esposa durante 8 horas seguidas, uma noite (em nossa casa, por isso eu tenho tanta certeza do tempo que levou) e não gozou até o final do encontro. Ele explicou à minha esposa que desde seu pau era enorme (minha esposa mediu com uma fita, cravou em 13 polegadas!), não era muito sensível, e seria necessário um grande esforço para construir a sensação suficiente para produzir um orgasmo. Eu não sei se isso era verdade ou não, só sei que esse cara poderia transar por uma eternidade sem seu pau abaixar. Minha esposa adorou esse cara. Ela abertamente beijava e acariciava ele na minha frente, algo que ela não fazia com nenhum dos outros caras. Ela até mesmo saia para alguns eventos com ele. Ela começou a ir até a casa dele para cozinhar e limpar a casa para ele. Ela parou de ver os outros e começou a foder só com Kendrick. E eu quis dizer isso mesmo, foder só com Kendrick. Ela me explicou que, a fim de ser capaz de lidar com as maratonas de foda que ele estava dando a ela, ela teria que parar de foder com todo mundo. Pensei “que bom”, até perceber que ela me incluirá nesse “todo mundo”. Afinal de contas, eu continuara a desfrutar da minha esposa, mesmo que ela estivesse um pouco mais larga do que era antes. Agora eu não tinha mais qualquer contato físico com ela. Eu não estava feliz com isso, mas era assim que era. Seus interlúdios com Kendrick passaram de 1 ou 2 vezes a cada 2 semanas, para 5 a 6 vezes por semana! Já era ruim o suficiente que eu não pudesse transar com ela, agora a casa sempre cheirava a sexo. Comecei a dormir no sofá porque ele ficava até tarde da noite/manhã do dia seguinte fodendo minha esposa. Não era incomum eu sair para o trabalho ainda ouvindo a cama ranger enquanto minha esposa gemia seu amor por esse pauzudo. Eu chegava do trabalho para encontrar uma casa bagunçada e sem jantar, porque ela tinha estado fodendo o dia todo. Quando eu ia reclamar disso tudo, ela me chamava de ciumento e me dizia que ela não era minha escrava, mas minha esposa, e se eu não gostasse eu poderia partir. Eu deveria ter levado a sério a oferta, mas ficou por isso mesmo. Porque? eu não tenho ideia. Talvez eu gostasse de ser corno. Eu não sei. Só sei que as coisas agora estavam indo de mal a pior. Minha amada esposa estava prestes a quebrar o "mandamento", e não com a minha permissão. Ela viria a me explicar depois, que aconteceu por acidente. Durante uma dessas maratonas de foda, durante uma mudança de posição, eles notaram que a camisinha tinha estourado. Kendrick pediu-lhe para passar-lhe outra, mas a caixa estava vazia. Que dilema heim? Mas você acha que minha esposa pediu-lhe para parar? Desde que você está lendo isso, você sabe que não foi isso que aconteceu. Ele lembrou a ela sobre como controlava a ejaculação, assegurando-lhe que não iria despejar seu esperma dentro dela. Ela imaginou que, uma vez que ela estava fodendo somente com ele, e eu não estava fodendo com ninguém (nem mesmo com ela, lembre-se), que mal haveria fazerem ao natural? Isso continuou por várias semanas, sem o meu conhecimento. Ela tinha o cuidado, e Kendrick sempre tirava para fora, antes de gozar em seus seios ou às vezes alimentando-a na sua boca bem disposta. Minha esposa não estava a tomar a pílula, ela não precisava, já que estava a usar preservativos com todos, certo? Segundo a versão dela, uma noite depois de preliminares muito longas, ela lambeu e chupou o seu objeto de desejo por quase uma hora, ele gozou logo depois que ele enterrou sua vara no fundo da boceta dela. Seu pau continuou empurrando e inundando seu ventre branco com a sua semente preta. Infelizmente, era o momento errado do mês para uma coisa dessas acontecer. Duas semanas depois, minha esposa percebeu o que havia ocorrido. Seu garanhão negro tinha lhe engravidado. Ela não sabia o que fazer, e não disse nada sobre isso por quase 5 meses! Eu tinha notado que ela parecia um pouco mais larga no quadril e, talvez, o crescimento de uma barriguinha de cerveja. Eu só encolhi os ombros para isto, acreditando que ela estava se descuidando um pouco mais agora, já que estava "fora do mercado" por assim dizer. Lembre-se, eu nem estava dormindo com ela durante esse tempo, e muito menos vendo-a nua. Finalmente, ela me ligou no trabalho e disse que ela e Kendrick precisavam falar comigo naquela noite. Eu quis saber o motivo, mas não obtive resposta. Durante o resto do dia, a minha mente oscilava sobre todos os tipos de cenários: Ela estava me deixando para ficar com ele? Ele estaria se mudando para nossa casa? Ela o amava e não queria mais me ver de novo, etc... eu não consegui mais concluir qualquer trabalho e sai mais cedo nesse dia. Quando cheguei em casa, pela primeira vez, notei a silhueta da minha mulher. Lembro-me de ter pensado: "Meu Deus, ela está grávida". Não podia ser, ou podia? Bem, podia sim. Tarde demais para fazer um aborto, mas não tarde demais para Kendrick anunciar sua partida para o Oriente Médio (ele era reservista do Exército). Fiquei estupefato. Kendrick apenas pediu desculpas e explicou que essas coisas acontecem. Ele, então, passou a explicar que ele não estava pronto para ser pai e tudo o que decidíssemos fazer com a criança, estaria bem para ele. Minha esposa estava inflexível sobre ter a criança e elevá-la como nossa. Quem em seu juízo perfeito vai acreditar que eu pai de uma criança negra? Ela diz que não se importa com isso e que eu deveria ser mais favorável à sua decisão. Estou errado ou é pedir um pouco demais? A criança pode chegar a qualquer momento. Tive que tirar isso do meu peito antes da minha esposa dar a luz ao filho de outro homem. E não é qualquer homem, mas um homem negro. Eu não sei como eu vou reagir no hospital quando aparecer um bebê negro na frente de todos. É errado para mim estar preocupado com o que as enfermeiras e médicos vão estar pensando? Eu só posso imaginar o burburinho, os olhares de desaprovação, os sussurros, alguém pode até rir...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/06/2013 17:10:14
é, nao curti,,,esposa puta sem deixar o marido tomar o leite ta fora...nao sou corno....
04/06/2013 21:26:26
Realmente.. Você não está errado não. Mais sinceramente? Acho que essa vida não é pra você. Se eu fosse você deixaria ela. Claro que ajudaria com qualquer coisa. Mais não levaria mais uma vida de casados. :/ Boa sorte.




Online porn video at mobile phone


contos de pau preto e grossoconto incesto ajuda filho novo quebrado a lavarconto erotico seduzindo homem velho coroa grisalhoesperma na cara cimaindo na pucaso gravidas nasiriricas pornodoidovideo porno doido gratis casal convida amiga p churrascocontos eroticos ninfeta curradacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeporno doido gemendo uma loira 👱 xvideo .comendo cu com xilocainaCasa dos contos erótico Gnpcontos meu filho me comeu por enganoGostosas de. Shortinho super detalhando a s partes intimas fotoslevantou o lencol pra espiar a gostosa e bater punheta xvideopequenos videos de porno brasileiro pais peludos de sunga que tira a virgindade da filha e goza dentro da vaginamassagem nos pezinhos da minha irman contos eroticocontos eroticos comendo minha vovozinha na chantagemabusada no cinemaconto tirei o cabaco do meu vizinho novinho ele adorou minha bucetaAliviando os funcionarios contos eróticoscontos meu sogroAte o primo do corno ja me fudeusexo explicitp com chupaçao de homem em mulhernegao picudo estrupou novinha nao aguentouxvideo.commorde devagarinho meu grelinho porno vídeocomo virei travesti contoxvideo.magrinha nao aguentou apica do negueo e gritou muito de dorpapai e filhinha parte3vx videos sexo-porno porra finha paiporno doido mesturbano ate gosa jato lesbicaxvideos minotauro tarado chupando tetasContos eeoticos velhinhoxvidio do mundobicha mocinho loirinho lindo masturbandoconto arebentei cu velha gordacontos eroticos com tapas e palavroes e sexo agressivocorno que xupar buseta melada scpadastro poen pau na boca da menininhocasa dos contos gay Odrakimor light and darknesssexopornodoido negao pica enorme grossa coroa sesual carentecrente pega sobrinho pau duromerendo e gosando na bucetacontos eroticos injeçaocontos eroticos an American taleContos pornos-fodi a mendigaContos eroticoscomprando sexo da endividadaentregadora de panfletos vendo.meu paurelato quenquinha velha sogra fode c genro n dia d natalcontos eiroticos leilapornchupeicontosadorocuzinho cabacoconto porno queimando a roscacapeta rasgando e toturando cu de putaSimpson bucetas inchadas das mamãe gostosas levando pau grande e grossoContos primeiro leitinhomarido vira broxa parte 1 pornodeixei o meu pou com fome de busetaconto erotico minha esposa arrependido xcideo tiaWxvidios velha trepando com seu trazeiraoConto comi a catadoracontos eróticos com pezinhos da tiaContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casaencoxada conto eroticocontos fudeu a sobrinha na festa bebadaesposa fica apavorada com pau de 30 centimetro do negaona hora da tranza sinto um liquido querendo sair da minha vagina,entao gozeisexo caseiro jardineiro comendo cu da tiacontos eroticos de incesto comendo uma doida mentalcontos safados coroas casadas com filhas transan com genros dotados mais vistosvideo de padrasto tentando resistir a enteada rebolando no colo dele