Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

A tara da minha mulher... era um negão 2

Um conto erótico de Gringo
Categoria: Grupal
Data: 13/01/2013 21:37:03
Nota 9.75
Assuntos: Grupal

- Mas a gente nem foi assistir o show ainda, e você já está assim... hummmm ta gostando de ser atendida por aquele negão né?

- Para... não começa.

- Fala pra mim, confessa... eu to adorando isso, você sabe que to louco pra ver você gozar com outro cara. E também tá claro que você fica balançada com um negão... tá lembrando dos filminhos? Será que o garçom tem uma pica igual daqueles atores pornô????

- To falando pra você parar com isso. Não tem graça. Até parece que acredito no que você tá falando.

- Você sabe que é verdade, faz tempo que eu te falo isso... é uma tara que eu tenho faz tempo.

- Eu sei, mas não confio em você. E depois? E se você ficar com raiva ou enciumado. Vai jogar tudo nas minhas costas. E se eu gostar? E se eu quiser mais? Você vai gostar? Não né?

- Eu te amo, você sabe disso. Não to querendo me livrar de você, pelo contrário. Eu adoro te dar prazer, e se você tiver prazer com outro cara eu vou gostar também, desde que seja comigo junto... Fala pra mim vai, confessa que tá com tesão desse negão... Fala e me deixa louco de tesão vaiFala amor, diz o que eu quero ouvir.

E comecei a malhar ela, falar no ouvidinho, passar a mão na bucetinha dela, apertar aquela delicia que já tava até inchadinha, além de molhadinha. Ela começou a suspirar e gemer baixinho...

- Ai, para... não faz isso...

- Não paro enquanto a gente não se entender... eu quero e você quer... não tenha medo, confia em mim... faz isso pra mim vai? Vou chamar ele aqui pra levar a gente pro reservado e assistir o show. Mas, se começar a acontecer alguma coisa, deixa rolar, porque já percebi que ele também tá dando em cima de você. Tá bom?

- Ta bom, mas depois você não vem com conversa de arrependimento e tal porque eu te largo na hora ouviu?? Você tá forçando então aguenta... chama logo!

Quando o Geraldão encostou novamente eu fui empurrando minha mulher devagarinho, fingindo que não estava escutando o que ele tava dizendo, nisso o ombro dela encostou na virilha dele. Minha mulher ficou quietinha e se deixou empurrar, então eu fiquei conversando com ele e passando a mão nas coxas dela.

Não deu outra, o pau do negão começou a subir (já tinha combinado tudo com ele). Aquela jiboia preta começou a subir pelo vão do aventalzinho, e foi ficando na altura do rosto da minha mulher. Ela tava tentando olhar pra outro lado, mas não coseguia. Seu olhar parecia ser atraído para aquela rôla, grande preta e grossa.

- Amor, acho que você deixou nosso amigo com problemas... olha só o que está acontecendorsrs já vi...

- Desculpe senhora, estou tentando me conter mas não é tão fácil, se quiser eu vou embora e peço para outro colega atender vocês.

- NÃO!!! Quer dizer, não... não precisa... pode ficar aí, assim, quer dizer, pode continuar aí... a deixa pra lá...

- Amor, deixa de vergonha... dá uma pegada, só pra ver como é, pra ver a diferença!!!

E ela pegou, pegou, apertou, olhou... e eu com a mão na bucetinha dela que já estava ensopando a calcinha.

Meu amigo leva a gente pro reservado, pra gente ver o show... Eu vou na frente que sei o caminho... amor vem com ele... não, não solta, deixa o nosso amigo aí feliz, vai segurando até chegarmos lá.

E lá fomos nós, um lindo trenzinho.

Quando entramos no reservado, dei um jeito pro Geraldão entrar primeiro e sentar na ponta do sofá, minha esposa foi sentar no meio e eu na outra ponta. No momento em que sentamos já comecei a beijá-la empurrá-la para o lado do negão. Ele foi se reclinando no sofá meio que deitando. O avental abriu de vez e ficou aquele mastro pra fora, em pé, pulsando.

Com carinho, bem devagar, fui empurrando a cabeça da minha mulher para o colo do Geraldão. Ela se soltou e acabou deitando com o rosto na barriga dele, de cara com aquela pica enorme, dura e em pé. Ela suspirava olhando para aquilo enquanto eu ia tirando sua roupa, e a minha também. Quando fiquei pelado, fui descendo pras pernas dela e comecei a dar uma senhora chupada naquela buceta ensopada.

Foi a dica pro Geraldão começar o abate. Pegou na base da sua pica e começou a bater bem devagar, com carinho, no rosto da minha mulher. Batia e segurava encostada no rosto dela, depois afastava e voltava de novo... ela não aguentou mais, olhou pra mim enquanto eu a chupava, depois fechou os olhos e abriu a boca... e engoliu o caralho do Geraldão. Puta que o pariu, como ela chupava com gosto, com tesão, com vontade. Chupava aquela cabeçona marrom depois ia abocanhando pedacinho por pedacinho daquele charuto preto e grosso.

Não deu dois minutos, gozou na minha boca... encharcou minha cara com o seu gozo... tremia pra cacete, e não largava a pica do negão.

- Gozou gostoso? Minha mulherzinha gozou gostoso com a pica do negão na boca?

- Shhhhhhh gozei.... gozei... mmmmm aiiiii que gostoso.

- Você tava morrendo de vontade de sentir uma pica preta na boca né?

- Ahã.... nosssssa que gostoso, que tesão...

- Tá gostoso mesmo?

- Muito... vem cá, enfia a pica na minha buceta pra abrir um pouquinho, pra depois ele enfiar também e não me machucar.... é muito maior e mais grossa que a sua... vem me lacear um pouco.

E eu fui, encostei meu pauzinho (perto do Geraldão...) e entrou fácil, tava muito lubrificada... e comecei a bombar. Só que aí fudeu tudo, literalmente.

Aquele negão filho da puta ficou deitado do mesmo jeito, com a pica pra cima, dura, e na cara da minha mulher, que aliás não tirava ela da boca. Como eu tava meio no papai e mamãe, eu fiquei de cara com ela, quer dizer com as duas né? A cara da minha mulher e a pica do Geraldão, pelo menos o que ficava fora da boca dela.

Aí, o que ele fez!!!! Tirou o pau da boca dela e ficou balançado na nossa frente. Pra ajudar minha mulher começou a me beijar, e não bastasse eu estar chupando a pica dele por tabela, ele ainda começou a bater aquele cacete no nosso rosto. Conclusão, a gente se beijava e aquela pica ia entrando no meio. Minha mulher ficou maluca... não sei o que deu nela quando percebeu o que tava rolando que começou a gozar de novo, agora no meu pau.

E começou a abrir a boca engolindo a pica do Geraldão, e empurrar pra minha boca também... bom, não teve jeito, começamos os dois a chupar o negão... e eu acabei ficando com mais tesão ainda. Começamos a dar um banho de língua no cacete do meu amigo. Minha mulher chupava e gozava, eu chupava e chupava... e chupava... caralho que loucura.

Então o Geraldão se levantou, pediu pra gente trocar de posição porque ele não tava aguentando mais... tinha que comer minha mulher. Ela continuou deitada de lado no sofá, só que agora com minha pica na boca. E o negão começou a enfiar aquele caralho preto, grosso e enorme na minha mulher... ela tremia, gemia de prazer porque ele foi enfiando devagar, sem forçar e ela foi se ajeitando, e adorando... E olhava aquele rolo de carne entrar devagarinho na buceta dela. Ele preto, ela branquinha... ele entrava e saia devagar, e quando saia vinha todo melado do gozo dela, brilhando... ela tava em transe, nem me chupava mais. Ficou só de boca aberta, olhos fechados e gemendo. Gozei na boca dela, ela engoliu um pouco, o resto escorreu pelo seu rosto.

O Geraldão começou a gemer alto, tirava o pau até metade da cabeça e depois enfiava tudo de novo. Tirava e enfiava. Tirava e enfiava. De repente ele não tirou mais, enfiou até ficar só os pentelhos encostados na bucetinha dela e parou ali. Tava gozando. O bicho gritou, gemeu, tremeu e gozou muuuuito, e ela também, gozou no pau dele... que maravilha!!! Até que enfim vi minha mulher gozando no pau de outro cara... e eu do lado!!!! Vendo tudo... que tesão.

Nooooossa... ficamos os três, gemendo e tremendo, gostoso.

Minha mulher estava com uma cara de safada satisfeita... caraca, ela gostou mesmo, de verdade... aproveitou tudo o que teve direito.

Fiquei com o meu pau encostado no rosto dela, esfregando a porra que tinha escorrido e fui enfiando na boca dela de novo. Ela estava tão anestesiada que nem reclamou, lambeu e foi ficando com a boquinha cheinha de porra.

Daí o Geraldão pegou na minha nuca e foi empurrando devagarzinho na direção dela.

- Dá um beijo na sua mulherzinha, ela merece...

Beijei, e engoli porra com ela... minha porra... achei que ia ficar com nojo, mas o tesão tava tão grande que nós dois lambemos um ao outro e engolimos tudo, com gosto.

- Agora branquinho, dá uma olhada nisso aqui:

E ele foi tirando o cacete da bucetinha da minha mulher (que naquela hora já estava toda arregaçada e vermelha), bem devagar e nós ficamos olhado aquela pica preta sair de dentro dela com porra grudada nele inteiro. Porra branca no caralho preto. Ele tirou tudo e veio pro lado da minha mulher.

Eu saí de perto e fui pro outro lado... opa,não vou chupar essa pica cheia de porra do negão...

Ele encostou do lado dela, colocou o pau em frente ao rosto da minha mulher e disse:

- Agora branquinha, você vai chupar meu pau novamente, só que agora é chocolate com creme de leite OK? Chupa gostoso pra mim?

Ela nem respondeu, abriu a boquinha e foi engolindo tudo, chupando e lambendo pra limpar ele intero.

- E você, meu branquinho, agora vai chupar nossa mulher, prá limpar a bucetinha dela toda e fazer ela gozar de novo, na sua boca, só que agora com leitinho... beleza?

Bom... quem chupa uma buceta, chupa uma buceta gozada também rsrs.

Limpei tudo, chupei muito, engoli tudo que deu pra alcançar... o que não alcancei com minha língua, ela jogou na minha boca quando gozou de novo...

Ficamos largados no sofá por mais uma hora pelo menos, nos recuperando. Depois fomos embora, nós três... não preciso dizer mais nada né?

Desculpem pelo tamanho do texto, mas não tinha como resumir mais ainda. Se fosse tudo mentira acho que seria mais fácil. Mas como tudo aconteceu realmente, não tem como ficar cortando a história...

Até a próxima.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/12/2014 07:12:36
Delicia de conto, é assim mesmo, sou CORNO e amo, minha esposa me CORNEIA COM O PRIMO,,nossaaaa que primo gostoso, trata ela como se fossem namorados, e que PICA GRANDE E GROSSA, 23 CM E 8 DE ESPESSURA, amo ser CORNO, NOTA 10
30/01/2013 23:51:36
Ola, boa noite, tudo bem? espero que sim... Muito prazer, tenho 32 anos. 1.87 de altura, 85kg cabelos pretos e olhos azuis, sou engenheiro e moro em SP - Capital, li seu conto e achei muito interessante. Tenho algumas experiencias com casais e casadas, gostaria de me colocar a disposição para novos contatos para quem sabe não realizarmos uma fantasia juntosabraço.... Marcos
22/01/2013 02:06:34
Onde está esse negão gostoso?
14/01/2013 14:00:30
gostei. sou negao e tenho 23 cm de pica, se voce quizer fazer uma festinha meu msn é me add ai. quero comer o cuzinho de sua mulher. se alguma mulher ou casal quizer a pica do negao aqui e so add. tenho disponibilidade de viajar.
14/01/2013 09:52:52
Excelente conto. Bem real. Acreditamos porque sabmos exatamente que é assim mesmo que rola, quando o tesão tá à mil.Beleza!Marido da Nina
14/01/2013 08:06:20
Adorei, quero teclar com o casal no msn:
14/01/2013 00:53:57
Adorei o conto. minha mulher tbém é louca por negão. nota 10. se puder, leia mesu contos.
13/01/2013 22:14:00
13/01/2013 22:13:48
nota 10




Online porn video at mobile phone


personal dotado botando a loira pra chupar na academia ela ver o volume do shorte e da vontade de mamar o piruzaocaseiro.Mae.filho.DepilacaoQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras a mãe com shortinho bem curtinho e para o banheiro mijar e o filme vai ficar beijando a testa da porta de homem com calcinha fio dentalvideo de mulher 34anos nuA lavano a bucetavideos porno brasileiro família sacana meu cunhado além de me comer tira o caba co da minha filhaestórias eróticas de sequestrotio seu pau nãovai caber na minha buceaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaporno incesto pai feis filha beber porra forssado por maio tempaoXvideos saindo da pedra acrisvideos eroticos da esposa vira cadela do marido eusa coleiraxividio jamantarelatos e contos caseirosde filhos que fragaram suas mae f sexo pornocontos de machos dominando cornos submissoscontos eroticos diaristasobrinha e tia com pai potaria brasileirocontos eróticos meninas de 22 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosfotos de pau duro cabeçudodei meu cu e tava bom pornoporque.menina.uza.shortinho.agarado.na.bumdasexo em familìa safadao ver novinha de roupas curta e fica b punheta pensando nela e ela nao gostouhttp://comto erotico onibus lotado encostando pau na bunda menina virgemGosando .na boca d nlvinhascontos pai sangue do cabacoputa segurando a pica do taxista cariocacasada putaxvidiosSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhabotei gozei tirei gozei soquei gozeininfetaa porbodoidoliberalina vadia casadapica dura do peão de rodeioconto erótico dominicao vol.7Conto erotico vizinha carente peituda amamentandoafilhada transando com comadre com cintacache:l8GXVIQm83sJ:zdorovsreda.ru/texto/2015051116 b******** cabeluda gemendo e chorandocorno manso cafetao contox videos casada safada dando para padrinhode casamentolesbicas se vingando da rivalconto erótico sou menino mas adoro usar calcinha e ser menina do meu tio malvadoqual sao sinal quando mulher gosta ser encoxadavideo porno de morena com blusa laranhadasexo expkicito gratis exibindo cacetaoconto erotico moradormulheres endoidando com a pica do pai e puxa pro sexoloirinha tentou correr do negao pra ele num te comer mais num deucaseira gostosa enrolada na coberta com marido deitado na sala assistindo TVtati traindo marido com bombado na academiaMeu cão ralf me comeu contopincelar no grelo XVídeosxvideos comi e fis ela caga no meu paurevistinha em quadrinho de filho estrupando sua mae no banhoxvideos liberei a vagina para um eterocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgevideo porno amigo do meu marido me comeu e fingi que n percebicontos pegando a vizinhacropped mulher chorando no caceteContos eroticos mamaeeee uii aiidoce nanda parte cinco contos eroticosfudendo a vizinha que emprestei o dinheirocontos swing dei a minha calcinha para o meu genroFerias com o primo cowboy-conto eroticoconto gay com hetero na mesameu marido mim traiu mim vinguei e de o cao contos eroticoconto minha tia tesuda peladafiquei bem v******** batendo p****** bem gostosa cantando Caladinhanoiada chupa e bate polheta ate goza xvideosgarotinha na siririca no bicamenpregada do peitao grande estrupada na cama a boca do negao chupamdo o bico do peito duro ela con a boca aberta gozando.negonas de fio dental esperando o comedorwww xvidioszoofilia com brcontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tio