Churrasco de Aniversário ou Festa da Linguiça


Um conto erótico de Lucas
Categoria: Homossexual
Data: 25/11/2012 17:44:39
Nota 9.40

Meu nome é Lucas, 40 anos, branco, liso, vivo há dois anos como "esposa" do Antonio, 45, um negro forte que trabalha como segurança. No meu aniversário, ele topou realizar uma antiga fantasia, de dar pra vários caras ao mesmo tempo, e convidou uns colegas de serviço para um churrasco.

Os dois primeiros que chegaram, um negro enorme, chamado João, e um paraibano baixo, mas parrudo, musculoso, de nome Cícero, ficaram meio tímidos e nem tocaram no assunto. Já o terceiro, Bruno, veio com toda a safadeza, chegou perto da churrasqueira, foi passando a mão na minha cintura e disse pro Antonio:

- E aí, Tonhão, como é que vai ser essa festa? Tô cheio que tesão, cara... faz uns três dias que tô na seca... tô precisando trocar o óleo....

O Antonio me olhou com aquela cara de sem-vergonha, deu uma piscada:

- Lu, leva o mano lá pra dentro... Vê resolve o problema dele lá.....

Fui entrando em casa, e o Bruno logo atrás, passando a mão na minha bunda. Levei ele pro quarto (a janela dá pro quintal, então a galera ia ver de camarote) e ele já veio dando ordem:

- Tira tudo e senta aí na cama!

Obedeci e ele também tirou tudo, e eu fique de cara com o macho mais peludo que já vi na vida, ele parece o Tony Ramos, um verdadeiro ursão. Veio com a pica ainda mole e enfiou na minha boca, e o meu rosto afundou no mar de pelos. Eu aproveitei e comecei a passar as mãos no corpo dele todo, pernas, bunda, peito, um tesão. Quando a jeba ficou dura, passei a lamber o saco, pra ele vestir a camisinha.

- Fica de quatro, viado, vou botar pra fuder...

Em um segundo eu já tava com o rabo empinado, com o meu homem e os amigos olhando pela janela, esperando pra ser enrabado. O Bruno cuspiu no meu cú e começou e enfiar. Em instantes, já estava me segurando pela cintura e fodendo com ritmo, bem concentrado pra gozar logo. Os pelos se esfregavam na minha bunda lisa, o saco peludo batia no meu e fiquei todo arrepiado, gozando pela próstata. Da janela, o Antonio disse:

- Dá tapa na bunda dessa bicha, que ela goza... aproveita bem...

Recebi vários tapas e o cara gozou, me apertando com força e empurrando meu corpo pra frente, deitou inteiro sobre mim, me dando muitas mordidas no pescoço e ombros.

- Que viado gostoso.... o Tonhão passa bem aqui... tesudo....

Nisso, o João já se ajeitava na cama, peladão, sentou na cama com as pernas abertas, exibindo o caralhão enorme:

- Aí, Brunão, agora é a minha vez... vêm aqui neném, vêm ver o teu presente aqui...

Fiquei de frente, a poucos centímetros, da maior pica que já vi pessoalmente. Uma tora enorme e cabeçuda, negra como carvão. Só pensava numa coisa: VOU GOZAR NISSO! Abocanhei o cabeção e comecei a punhetar o resto, que não cabia na boca, desci até o saco, e o crioulo já foi vestindo a capa na ferramenta. Ele se esticou na cama, e eu fui pra cima, passei bastante gel na rosca e fui engolindo monstro: pra espanto de todos, a rola inteira desapareceu, engolida pela minha bunda. O João ficou impressionado:

- Caralho, mano... que rabão... até hoje, ninguém tinha me aguentado inteiro, mano.... tesão, cara...

Fiquei completamente preenchido, como nunca tinha sido, e comecei a me punhetar também, pra aproveitar a oportunidade única. Fui cavangando lentamente, e logo tava dando uma surra de cú no negão, que gemeu alto, me agarrou o quadril com toda a força e gozou bem fundo. Eu não me aguentei também gozei junto, melando de porra a barriga preta do macho.

O Cícero, que já estava rodeando, tirou um sarro do amigo:

- Aí João, tu ficou todo esporrado, tá parecendo uma puta toda gozada!

- Mas esse viado vai limpar essa merda, né, sua bicha? Lambe essa porra daí!

Fiquei de quatro pra lamber o negão, e já senti dois dedos do Cícero dentro de mim, experimentando a maciez do

meu buraco. Enguli minha própria porra e o João levantou, pra tomar uma cerveja. Me estiquei na cama, e abri as pernas pro Cicero, que entendeu a dica e me pôs de frango assado, com os tornozelos nos ombros dele. Já de camisinha, só apontou a piroca pra rosca e meteu com tudo, já que estava arrombado pelo amigo. Eu aproveitei para admirar e passar as mãos por todos aqueles músculos, enquanto o paraibano suava e me fodia com toda a força:

- Mas que cú mais fodido, cara... vou te arrombar mais ainda... vou te detonar, seu viadinho....

- Mete, gostosão... manda ver... fode tudo....

Ele deu um gozo forte, tentando enfiar até o saco pra dentro. Eu já estava exausto, me estiquei na cama e dei um cochilo... quando acordei, os três já tinham se mandado, e o Antonio, já tinha recolhido as coisas do churrasco. Com cara de malandro, ele me disse:

- Gozou pra caralho, né? Mas você vai ter que me pagar por essa, viu

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/06/2013 20:42:13
Cabra! Você não é veado, não. É mui macho pra guenta essa presenteada de linguiça. Pena que não detalhou essa festa no seu traseiro!
11/04/2013 12:17:30
Continua a escrever, seus contos são deliciosos e excitantes!!!
05/03/2013 22:49:33
Adoro sacanagem assim, sem pudor, com muito palavrão e tratamento apropriado pra um viadão que sabe dar o cu pros machos. Parabéns
03/12/2012 23:34:14
Tesão!!!
26/11/2012 02:08:01
Sera que vai continuar?
25/11/2012 18:39:58
Uma continuação??

Online porn video at mobile phone


contos o negao jumento aposentadocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgemulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidofilha da vizinha perdendo a virgindade estômagoconto erotico funk peladamenina engatada em cao raça pequena contocontos de incesto estava com medo da chuva e dormir com a mamãesexoirmá vai dormir con seu irmaoporno contos casal de inquilioconheci uma novinha inocente ensinei ela chupa tudo contos eroticoseu me masturbando pra minhacunhadinha pretinha de onze anos em vpeguei minha amiga me espiando na punheta 1minuto xvideosele a enrabala e ela a cagar.se pornoflagrei minha tia raspando o pentelhocontos eroticos narados insestos mae filho narrados so narradosquero ver as frentistas de posto que tem a b***** inchadaso gravidas nasiriricas pornodoidominha esposa cavalona e meu tio cacetudo 8encoxando evangelica contos eroticospai chupaeu grelinho porno doidovidio de sexo dua mae tocando uma pubheta contos eroticos fode Frouxovideos porno de so de traveco dotadu de sao paulocontos erótico menininha. dama de honra pornodoido quando mamae nao esta em casa. eu fodo assim com papaivideo homem estupra mulher ate ela pasarmalb****** assaltou a casa e meteu a mão na boca da Neide da novinha e fez a transar com ele a força vídeo pornôbucetinhas teste pra insistoxvidios c cunhada roselenaPorno doido hosexualimoCaso narração em zofilia quem alguma mulher qui transou com cachorros grandes me narra como foi ?videos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto durogosto muito de praticar zoofiliaX vídeos / sardentas de osascoconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhonovinha.Dado.abuceta.K10Corninho cacetudo tapa contoPatricinha transando com pm parte 2 contos erotivosgravida do tio contosgostsona dando o cu pro negao roludo egritandoFutibol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28Vou contar o primeiro chifre com caseiro do sitiomicroempresa vídeo de pornô das coroas empregadasdeflorador de gatinhas taradasvideosporno.koasi noviaContos eroticos no sitio mas meu cunhado safadoa filha dormindo nove anos eu pai catuca no ela e chupando a b***** delacoroas de 50 a 60 anos bem moreninha fazendo sexo anal com dois Marquinhos de fio dentaltravesti come cu da funkeiraencoxando a magrinha contoslevei minha esposa num glory hole conto realnovinha incente do interiorContos eroticos de sexo com genrosexo na sala fria comendo ela depois de tirar o fio dental boa fodamae cpontos erotixossadina pelada motado a busetawww.casadoscontos/machopeludo.comarebentei com minha cunhada sexo anal srm quere fuder porno proibidopegou a mulher do corno apertada e quando entrego tava so u buraco video porno cornofilme pornô bigode fêmea exame transvaginalchupano ateta dela ela fodendo com tesaonovihna batendo pohnetakidebengala jorrandoporradentroxvidios a mae meteno mas u filho madano ele goza detoVERVIDEOE.ENCOXADA.NO.ONIBUSmeucusinhocontosimagens pra zap tipi eu mkkkcontos gay de conxinha com o idoloq gostozo e bebe porra d pau do meu sogro. escodido d marridotia dando pro subrinho xx vedeosxviseos velhos flagados estrupandoContos eroticos elacareca peladafudendo so o cu delazinhafazendeira flaga o piao da fazenda cumeno sua egua e fode com eleclip16 novinhas esguichandoVirgem chora na cama com velho taradovideo porno gorda trezeno com cachorroconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelaXVídeos caseiro eu te empurro com fosse eu não aguenteiporno corno paga dois homens de pau Grosso pra esyrupar sua mulher na frentedele