CRIS...como me tornei uma menina!(Conto do TETE)


Um conto erótico de TETE
Categoria: Homossexual
Data: 25/10/2012 13:16:30
Última revisão: 01/05/2017 08:52:05
Nota 9.93

Meu nome é Cristian, mas sempre fui chamado por Cris e logo percebi que era um garoto todo delicado que os garotos mais sacanas da escola viviam me atazanando. Passadas de mão na bunda e encoxadas pelos corredores da escola eram constantes. Apesar de fingir achar ruim no fundo eu adorava aquele contato rápido e proibido. Os meninos mais velhos viviam me chamando pra brincar de esconde-esconde principalmente durante os começos de noite, porem por medo como também por receio de comentários maldosos, apesar de sentir muita vontade não participava.

O assedio se tornou mais acintoso quando meu corpo se desenvolveu e passou a chamar ainda mais a atenção. Eu usava cabelos longos nos ombros e minha bunda cresceu e ficou bem arrebitada. Quando me olhava no espelho de costas eu tinha uma aparência bem feminina. Alias era bem parecido como minha mãe que tinha uma bunda grande e chamava a atenção dos homens quando passava.

Mamãe tinha 35 anos, era funcionaria municipal e nunca se casou. Eu era fruto de uma aventura de verão quando ela foi a uma excursão pra praia. Durante uma festa, embalada pela bebida, transou com um cara e engravidou e nunca nem ficou sabendo o nome completo do sujeito que seria meu pai. Carolina minha mãe era uma mulher branca muito bonita e cheia de vida, cabelos longos, seios grandes e firmes, coxas grossas e uma bunda linda. Ela vivia sempre nos bailes da cidade, não perdia um e só chegava em casa de manhã. RSS. Quando perguntava pra ela se ela não queria mesmo se casar ela dizia que se um dia encontrasse um homem que ela gostasse de verdade talvez fizesse isso, mas enquanto isso não acontecia iria continuar se divertindo muito.

Mamãe com certeza sabia que seu filho era um garoto bem diferente dos outros e apesar de não ter conversado mais seriamente comigo sobre sexo sempre me dizia que era pra tomar cuidado com os lugares onde fosse, pois por ser um menino frágil os outros poderiam me machucar.

Logo aconteceu uma novidade que mexeu comigo de vez. Perto de casa mudou um casal que tinha uma filha da minha idade de nome Bruna e logo ficamos muito amigos, pois ela começou a estudar na minha sala de aula. Ela era uma menina bem alegre e muito esperta e logo percebi que sexualmente já parecia ser bem safadinha, pois vivia dando beijos e abraços nos garotos mais velhos. Quando perguntei a ela se era virgem Bruna me disse que sim, mas já tinha brincado bastante deixando os garotos colocarem o pau no meio de suas coxas e já tinha batido punheta para vários deles. Também disse que constantemente se masturbava com a água morna do chuveirinho durante o banho.

Bruna tinha um irmão que se chamava Guto e era um rapaz bonito e forte e dava pra ver que era bem safado e isso ele demonstrou rapidamente. Eu estava na casa de Bruna deitado de bruços no sofá esperando ela tomar banho para irmos passear no shopping quando seu irmão apareceu enrolado em uma toalha, tinha acabado de tomar banho e perguntou sobre a irmã. Quando eu disse que Bruna tinha acabado de entrar no banheiro ele sorriu e disse que então daria tempo pra fazer o que ele queria.

Sem que eu o esperasse tirou a tolha ficou nu e se deitou em cima de mim e começou a esfregar o pau na minha bunda. Logo seu pau ficou durinho e começou a me cutucar por cima da bermuda fina. Quando eu pensei em reclamar ele todo safado começou a dizer que ele tinha tesão na minha bunda desde que me viu pela primeira vez...e que estava louco de vontade de me comer. Todo tesudo ele já foi enfiando a mão pelos lados da bermuda e como a cintura era de elástico quando me dei conta minha bunda já estava de fora. Fiquei completamente sem ação e logo o pau do Guto já estava bem no reguinho da minha bunda e quando senti a cabeça na portinha do meu cuzinho virgem perdi toda vontade de reclamar e me entreguei àquela sacanagem deliciosa. O pau dele não era grande e apesar de virgem quando ele forçou o pau deslizou de uma vez dentro do meu cuzinho. Gemi sem pudor e ele todo tesudo começou a meter com força...instintivamente comecei a rebolar e em seguida ele deu um gemido mais forte e senti o calor da porra dentro de mim...gozei junto me molhando todo.

O safado então se levantou e disse sorrindo:

-Que cuzinho gostoso vc tem Cris...vou querer te comer sempre...essa bunda é uma delicia...vc precisa vir dormir aqui em casa...de vez em quando...fica mais fácil!

Levantei-me e fui me limpar...ainda bem que a camiseta que eu usava era comprida...a mancha do meu gozo na frente da bermuda não aparecia...mas Guto tinha gozado bastante...pelas minhas coxas escorria bastante porra que saia do meu cuzinho!

Meu cabacinho tinha ido embora bem rápido, tinha sido maravilhoso e cheio de prazer. Engraçado era ter demorado tanto pra ter acontecido, pois depois de ter sentido um pau entrando no meu cuzinho tive a certeza que iria querer isso pra sempre.

Quando voltei do banheiro encontrei Bruna e ela então disse sorrindo:

-Cris...tá um cheiro diferente aqui nessa sala...o que andou acontecendo por aqui?

Como ela sempre me contava tudo que acontecia resolvi dizer o que tinha acontecido:

-Bruna...vou te falar a verdade...teu irmão...veio aqui...estava só de toalha...agarrou-me e quando me dei conta ele já tinha tirado meu cabaço...comeu minha bundinha!

Ela sorriu toda safada e disse:

-Sei...e vc nem gritou né...deixou-o fazer tudo numa boa...seu safado!

-bem...ele é forte né...não tinha como escapar...e na verdade...foi muito gostoso.

-que viadinho mais safado...bem...até que demorou...meu irmão gosta de comer meninos...ja o vi pegar alguns amiguinhos que vinham na nossa casa...ele é bem malandro!

-é verdade Bruna...ele foi muito rápido...abaixou minha bermuda...e já foi enfiando o pinto na minha bundinha...ele sabe como fazer...nem doeu...foi muito gostoso! Se eu soubesse que ia ser tão gostoso e nem ia doer...ja tinha dado antes...tantos garotos quiseram me comer.

-é né...safadinho! Mas vou te falar...vc levou sorte que meu irmão só tem tamanho no corpo...o pinto dele é pequeno...por isso não doeu...ja vi alguns pintos bem maiores que do meu irmãzinho safado... acho que é por isso que ele fica querendo pegar os meninos...cuzinho é apertadinho.

Depois que perdi meu cabacinho meu corpo parece que pegou fogo e a toda hora dava um jeito de ir visitar o Guto pra ser comido pra ele. Com ele aprendi a chupar um pau e também adorei principalmente quando senti pela primeira vez o gosto de porra na minha boca. De vez em quando minha mãe me deixava ir dormir na casa de minha amiga Bruna e Guto durante a noite inteira não dava sossego e me comia várias vezes.

Bruna arrumou um namoradinho de 19 anos e vivia “brincando” com ele e toda safada dizia que achava dessa vez que ia perder a virgindade com o rapaz porque ele tinha um pau bem grande e grosso como ela gostava.

Foi então que mamãe convidou um homem pra almoçar em casa no domingo. Seu nome era Pedro, mas minha mãe me apresentou como Pedrão.

Ele era um homem alto e forte com 1.90 m., moreno jambo, tinha 35 anos e era motorista de carreta.

Durante o almoço Pedrão me pareceu um homem bem legal sempre com um sorriso no rosto.

Mamãe o conhecera nos bailes que freqüentava e agora depois de 2 meses resolveram “namorar” de verdade. RSS. E depois desse almoço Pedrão passou a dormir em casa e logo deu pra notar que mamãe era uma mulher extremamente fogosa e bem escandalosa. Ela gemia quase gritando de prazer.

Quando comentei com minha amiga Bruna que mamãe era muito barulhenta quando transava ela então disse que com certeza o namorado devia ter uma pica bem grande e grossa que deixava mamãe bem tarada.

De vez em quando Pedrão vinha em casa com o cavalo da carreta e levava eu e mamãe pra dar uma volta pela cidade. Era diferente e bem divertido.

E foi então que Pedrão passou em casa pra chamar mamãe pra ir visitar um irmão dele casado que morava em uma cidade vizinha e estava um pouco adoentado. Só que naquele dia tinha uma reunião do sindicato do qual mamãe fazia parte e não poderia acompanhá-lo.

Quando Pedrão ia saindo perguntei se não poderia ir junto e ele disse que se minha mãe deixasse levaria sem problemas. Ela autorizou na hora só dizendo que era pra eu obedecer a Pedrão e não era pra fazer bagunça na casa dos outros.

Como estava calor muito coloquei uma bermuda curta e uma camiseta sem mangas. Pedrão também estava com uma bermuda e camiseta.

Era a primeira vez que eu andava de caminhão na estrada e todo excitado queria ver tudo e logo chegamos. O irmão do Pedrão tinha sido medicado e estava tudo bem e como estava dormindo Pedrão conversou uma meia-hora com a cunhada e logo pegamos a estrada de volta.

Já era umas 8.00 h. da noite quando Pedrão parou em um posto para abastecer e fazer um lanche.

Depois disso antes de sair fomos ao banheiro fazer xixi e com o banheiro do posto era daqueles que ficavam na parede quando Pedrão tirou o pau pra fora ao meu lado tomei um susto. Apesar de estar mole seu pau era bem grosso e bem grande. Em vez de fazer xixi fiquei ali ao lado parado olhando Pedrão fazer xixi. Ele parecia um cavalo mijando, saia um jato forte e caudaloso.

Pedrão então sorriu pra mim e disse:

-não vai fazer xixi Cris...ou vai ficar só olhando pra minha rola?

-eu...eu...é...nossa Pedrão...que pintão grande que o Sr. tem...é grandão!

-é...Cris...pica grande...prazer maior ainda...e quando fica duro...fica enorme!

-é...bem que minha amiga Bruna falou que o Sr. tinha pau grande...por isso que quando vc e mamãe vão para o quarto namorar...ela faz um escândalo danado. RSS.

-é...sua amiga Bruna é aquela que está sempre com vc né? Já tinha percebido que ela tem cara de garota bem esperta e safadinha! Ela ainda é virgem ou já tá dando!

-bem...ela contou pra mim que já brincou bastante com garotos...mas ainda é virgem...mas por pouco tempo...ela ta namorando um carinha e disse que vai perder a virgindade com ele...ela gosta de garotos que tenham pau grande e grosso.

-é...garota gulosa hein...e vc Cris...pelo jeito que vc ficou olhando pra minha pica acho que vc também gosta de pau grande né? O garoto que te come...tem pica grande?

Fiquei um pouco constrangido pela pergunta tão direta que Pedrão me fez e depois de uns segundos enquanto voltávamos para o caminhão e resolvi responder com tranqüilidade:

-Pedrão...eu só transei com um carinha até hj...e ele tem um pinto bem pequeno...quando olhei o teu fiquei até assustado...nem imaginei que existia um pinto tão grande igual o seu. Fiquei curioso.

-ah é? Pelo teu jeitinho achei que vc já tinha mais experiência com machos! Tem horas que vc até parece uma menina...principalmente no jeito de andar...vc rebola mais que muitas garotas!

-é...mesmo Pedrão? Nunca me preocupei com isso...ninguém falou nada pra mim. Mas vc acha feio?

-não claro que não...seu bobo...só estou comentando...outro dia vc estava com um shortinho de malha bem justo na sala...então pensei que se vc colocasse uma calcinha fio dental e uma sandália de salto alto...ficaria uma garota perfeita e bem gostosa...porque sua bunda é bem arrebitada...igual da tua mãe!

Sorri e logo estávamos na estrada voltando pra casa e fiquei pensando nos elogios que o namorado pintudo da mamãe tinha me feito e fiquei todo envaidecido.

Depois de uns 15 minutos rodando fomos obrigados a parar por causa de um congestionamento e logo Pedrão desceu e foi saber o que tinha acontecido e então ele disse que um caminhão carregado tinha tombado na estrada e ia demorar uma meia hr pelo menos pra podermos seguir viagem e voltar pra casa. Ficamos ali parados no acostamento aguardando a desobstrução da estrada e logo voltamos a conversar sobre sexo e Pedrão foi bem direto também dessa vez.

-e ai Cris...posso saber quem é o felizardo...que come essa bundinha?

-bem...sim...vou contar...é o Guto irmão da Bruna...faz pouco tempo que aconteceu isso...eu tinha vontade mas tinha medo...até que um dia ele me agarrou e me comeu...e depois disso...quase todo dia eu vou lá...dar pra ele!

-ah é...então vc é bem safado hein!...E o que vc mais gosta de fazer...pode me contar?

-bem...eu...eu...ainda...tenho um pouco de vergonha...mas...o que vc quer saber?

-também sou um cara curioso...gosto de saber de tudo! Mas se vc não quiser contar...tudo bem Cris!

-tá bem...vou contar...gosto de tudo...mas o que eu mais gosto mesmo é de chupar o pau do Guto ...adoro sentir ele gozar...nossa...é muito gostoso!

-humm...que “menina gulosa”...gosta de tomar leite na fonte...seu safadinho...eu também gosto de uma boca chupando minha pica até me fazer gozar!

-Pedrão...mamãe então deve fazer tudo com vc...né?

-sim...tua mãe é uma mulher completa...alias quase completa...ela ainda não deixou eu comer aquele rabo grande dela...também gosto de um cuzinho apertadinho! É muito bom...só de falar já to ficando de pau duro!

Eu também já estava todo excitado com aquela conversa e então brinquei todo safado:

-se mole é daquele tamanho...imagina duro então...deve dar até medo de olhar!

-que nada Cris...tua mãe no começo nem queria dar pra mim...com medo...depois pede pra meter com força...até o talo...ela gosta muito...e rebola que nem uma louca na minha rola!

-é eu sei...ja escutei os gemidos e os gritinhos...ela é bem escandalosa.

Foi então que todo safado Pedrão disse:

-Cris...quer pegar nele...pra vc sentir o tamanho...ele já tá duro...se quiser...eu deixo!

Ele me puxou pelo braço e me fez enfiar a mão dentro da bermuda. Levei um choque...era quente demais e bem grosso...e logo estava brincava com aquela pica enorme...e então ele disse tesudo:

-tua mão é muito gostosa Cris...mas acho que sua boca dever ser mais ainda...chupa minha vara...viadinho guloso...mama na minha pica...seu safado!...acho que tá na hr de vc provar uma pica grande de macho...vc vai encher a boquinha...seu viadinho safado!

Nem pensei em mais nada e me curvei entre as coxas de Pedrão que já estava com aquela vara enorme

quase negra e cai de boca. O sabor daquele pau era diferente do pau do Guto. Era um pau de macho de verdade. Meu pintinho ficou duro como aço e enquanto eu mamava a mão do Pedrão se enfiava por trás da minha bermuda e rapidamente senti dedos grossos enterrados no meu cuzinho.

Gemi como uma putinha com os dedos do Guto me penetrando deliciosamente e então ele disse:

-isso...que boquinha gostosa tem o viadinho...assim mesmo...enfia no fundo da garganta...mama gostoso viadinho safado...assim...engole minha pica...safado!

Logo o transito foi liberado e o caminhão começou a andar e tivemos que dar uma parada naquela safadeza gostosa, mas logo que a estrada ficou normal Pedrão disse todo tarado:

-vem viadinho...tira a bermuda...e senta no meu colo...vamos brincar até chegar a casa...vem!

Fiz o que ele mandou e quando senti pela primeira aquele pau grosso e todo babado deslizando entre minhas nádegas gemi todo tesudo e disse:

-nossa...que pauzão grosso...nossa...como é diferente...que gostoso...mas é muito grande Pedrão...isso não vai entrar no meu cuzinho...só dei pro Guto...o pinto dele é bem pequeno!

Pedrão todo tarado disse:

-relaxa...viadinho...tenho certeza que vc vai agüentar ele todo dentro desse cuzinho guloso...mas não vai ser hj...só vamos brincar...pra vc acostumar com o pau do teu macho...pra ficar com vontade...brinca com ele...rebola viadinho...

Durante os 30 minutos que demorou a volta pra casa rebolei como uma puta sentindo aquela vara grossa e super quente cutucando a portinha do meu cuzinho todo melado. Pedrão deslizava sua mão pelo meu corpo me acariciando com tesão e me deixando completamente excitado. Se ele quisesse teria metido aquele pauzão no meu cuzinho sem dó. Quando estávamos chegando ele disse pra pararmos com aquela safadeza pra minha mãe não desconfiar de nada. Todo tesudo ainda perguntei se ele queria gozar na minha boca...mas me respondeu que a primeira vez ira gozar dentro do meu cuzinho.

Fiquei contrariado, mas tive que me conformar, mas o mais difícil foi depois de meia hora que chegamos escutei Pedrão transando com mamãe e notei que a sacanagem foi pesada e bem demorada.

Quase me acabei na punheta de tanto tesão que fiquei.

No outro dia quando cheguei da aula encontrei Pedrão que descansava no sofá...e então pensei numa safadeza bem gostosa que logo coloquei em pratica. Após tomar meu banho, fui ao quarto de mamãe e peguei uma calcinha bem pequena dela e uma sandália de salto e todo excitado fui até a sala daquele jeito rebolando como uma garota e logo que Pedrão me viu eu sorri e disse:

-era assim Pedrão...que vc disse que eu ficaria uma “menina”?...coloquei pra vc...gostou?

Todo safado ele deu um sorriso e alisando o pau por cima da bermuda disse:

-claro...que gostei...vc ficou uma “gata perfeita”. Aproveita e desfila pra mim...mostra que vc sabe ser uma “mulherzinha” de verdade!

Completamente sem pudor andei pra lá e pra ca, rebolando todo e então Pedrão tirou aquele pauzão pra fora da bermuda e balançando ele disse:

-to vendo que o viadinho tá louquinho de vontade de dar pra mim né...até calcinha já colocou...tá doido pra sentir minha pica grossa no cuzinho né?

-Pedrão...eu tenho medo...mas quero sim...quero sentir vc dentro de mim...me come!

Pedrão então nem pestanejou e logo me colocou no sofá com uma almofada por baixo do meu ventre. Minha bunda ficou toda arrebitada e então ele puxou a calcinha de lado e meteu a língua no meu rabinho

gemi alto e rebolei como louco...ele aproveitava e dava uns tapinhas na minha bunda arrancando gemidos de dor e de prazer. Logo ele estava com aquela pica grossa e enorme deslizando entre minhas nádegas. Quando aquela cabeçona dava uma cutucada no meu cuzinho o gemido ficava mais alto de mais tesudo...e Pedrão todo safado dizia:

-viadinho tarado...tá louco pra levar vara...né putinho...louco de vontade de pau de macho...vou deixar esse cuzinho arrombado...depois que eu te comer...só vai querer dar pra mim...viadinho gostoso!

Quando a cabeça daquele pau se encaixou no meu cuzinho e Pedrão começou a enfiar dentro de mim dei um grito bem alto...me senti rasgado ao meio...mas ele nem se importou e foi enfiando tudo até encostar os pelos do púbis na minha bundinha. E em segundos eu era comido de verdade...aquele pau entrava até o talo...e o barulho que aquele monstro produzia entrando dentro de mim me fez pegar fogo e logo eu rebolava como nunca...nem dor sentia mais...só prazer. Aquele macho engatado na minha bundinha era um prazer maravilhoso...sentir um pau grande e grosso era tudo que eu precisava pra me sentir uma menina debaixo de um homem de verdade. Quando Pedrão deu um berro e deu a primeira ejaculada dentro de mim me senti irrigado de tanto sêmen fervente e comecei a gozar compulsivamente sem parar...rebolando como louco. Pedrão gozava como um cavalo...eu estava inundado de porra.

Pedrão deixou o pau amolecer dentro de mim...beijando minha nuca e meu pescoço.

Quando ele se levantou me senti vazio...me levantei e fui para o banheiro com a porra escorrendo pelas minhas coxas. Meu cuzinho parecia que estava pegando fogo de tanto que ardia. Deixei a água escorrer pelo meu corpo durante um bom tempo e quando sai Pedrão já vestido perguntou se estava tudo bem e eu respondi que estava maravilhoso e que tinha adorado dar pra ele.

Ele então me disse que também tinha gostado muito e que deveríamos ter cuidado pra não sermos pegos pela minha mãe. RSS.

Mamãe ficou com Pedrão uns 2 anos e durante esse tempo ele se revezou comendo eu e ela quase todo dia. RSS. Vicei em pau grosso e nunca mais dei pro Guto. Pedrão me proibiu. RSS.

Outros contos do TETE acessem meu perfil: http://zdorovsreda.ru/perfil/150463

Se quiserem entrar em contato:

skype: tete-cp1

wwwwwwwwwwww67

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
20/12/2017 08:46:39
tesão!Muito bom mesmo
14/04/2017 21:26:17
Adoro viadinhos de bunda grande. Delícia de conto.
Lx
24/08/2016 23:14:52
Delicia de relato... nota 10
20/05/2015 14:32:43
adoro teus contos...
30/10/2013 23:12:24
Delicioso.
26/11/2012 14:16:45
Aiii, que delícia são os seus Machos... amei!!
31/10/2012 21:43:23
Muito tesao!!!
25/10/2012 22:17:10
Que tesão! Queria ser vc por um momento! Uiii
25/10/2012 16:40:41
Delicia! Eu tambem adoro uma rola grande e firme.
25/10/2012 15:41:37
Muito bom. Muito bom mesmo. Tesão da porra!
25/10/2012 14:33:09
eita conto, eita tesão!
25/10/2012 14:23:54
Que putinha safada você é, muito hot, gozei.

Online porn video at mobile phone


a buseta e bundao maio dk mundo e peitotaradao fode esposa na frente da amiga que quer tanbem.comx. boqeteCala a boca poies estava com sim quando me falou da lanferirvideo porno gay chatageado meu o namorado da irma xvideocontos eroticos encoxando casadascontos porno gay bebi leite na mamadeiraxvideos dotado resolveu medir o picaoporno dento da pestinha contos nao resisti vi a buçeta da minha mae bebadaporno.socu.epeitos.glande.pinto.enormexvideos comendo o cadaver no cemitériocorroas belisca fode com sua filhacomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1 contoscontos eiroticos leilaporneu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica loucabritney bitch em anal 15 minutoo meu padrato meteume o caralho na maocontos eróticos incesto brincaderinha com mamãe parte 4A esporra a cair pelo pentelho da cinquentonacontos eroticos gay o doce nas suas veiasSou tarado por beijar pezinhos com rasteirinhaspintudo lasca a priminhaevangelicas na zoofilia com cachorroxvideos cumendo a bucetinha apertada e peluda da enteada e ela chora de tao apertada que ersexo mulher e homem laranhando(sexo) you tube conto a detistas evagelicacachorro nao queria mas degrudar da mulher zoofilia video pornixviido cabelo novilnhaVou contar o primeiro chifre com caseiro do sitiomeu cachorro me fode todo diaCavalo pistoludo cabessudo sexonegao nao guenta e entra no quato. dais finha dormindoconto gay contei pra ele que queria dar pra elecontos gay dei o cu para pagar aluguelvideos pornol catucando boga na cozinha lesbicacontos eróticos com esposa pedindo pra apanhar e mijar nelamuiler da buseta ixada levamo vararevistinha porno mulher vos sexy co cachorrocontos eroticos desabafando uma história real deu para chefe do pau grande para ser promovidaxxx vdeos gay levou o boizo pra comer em casaa casada olha o pauzudo e se apavira x videosporno mulheres levam choques na buceta e se tremem todas com as pulsaçõesvídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhoxxvideos real menage surpresa assustadaporno video tia fodeno seu sugrinho virgem ele broxa nelaContoseroticoscornolandiacu de mulatas novinhas piscando xvdelporno meu marido adora me ver chupando porra de mendingisxvideos encetos brother seterporno doido extaziadas de prazerporno de joelvemcontos eiroticos leilapornPirocudo irracional de prazerpara dw brincar e come esse cu contosirmazinha de vertidinho coladovídeo da mulher da bundona sentando na pica do menino lobomulher casada realisando fantasia e fica com dois negrao dt youtubcontos eroticos menage bixvideosdificil pra vc lukaMarido saiu potrabalho passando lingua no cu da esposa enquanto ela mama um pinto porno doidoasseste video de jovemde dezoito ano fumando cigarro e tranzando no pornocontos eroticos machucando a casadinhaemprego decente conto eroticoxvideo negra casada afastou o bebydou de lado pro marido mete pornodando com dorbuceta pro pai irmaocasa dos contos gay Romance pairapasjovem pao grande groso gozandoConfesso q peguei minha irmã rapando a bucetacontos eroticos textosmeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesconto erotico huntergirls71lava louça de shortinho bem curtinhosogra fode c genro n dia d natalGoroto ele é virgem e pai agara o pau do garoto conto eroticoprofessora gostosa da etec contos eroticosconto erótico se masturbando com calca legeO verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de Porracontos eroticos de idosas mendingastia de leg balacado as pernas abertas xv.contos eróticos gosei no pal do sogro taradocontos eiroticos leilapornem couchando agostosa no ônibuspornodequatocontoeroticos namorada rodadaagora eu quero ver o vídeo do veado Carlinhabialilia xvideoirmao pintudo com 35 centimetro comendo irmaTia se assusta com o cacetao contosgey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geymulher furando o grelhilho da bucetaBusetinha lizinhacalcinha fedida conto eróticosenas com carinho massagem beijos abraço pegadas palavras romanticas casal apaixonado e sexopeguei me filmando e pus pra mamar gayXnxx grisalhos negros pau de cavalo arregassando buceta das loirasgaleguinha baixinha trancadinha novinha transando e beijando a força