Uma transa inesquecível


Um conto erótico de MorenaFogo
Categoria: Heterossexual
Data: 09/09/2012 00:39:04
Nota 9.50

Isso aconteceu há exatos 15 anos atrás. Hoje tenho 35 anos, sou separada e lembro dessa história com meu primeiro ex- marido, porque mesmo com o decorrer dos anos, nunca esqueci aquele momento.Bom, meu nome é Helena e na epóca recém casada com Gilberto, um moreno de 1,70cm de altura, 75 kg bem distribuídos a custa de muita capoeira e uma cara de safado moleque que conquistava facilmente as mulheres à sua volta e me dava trabalho, pois sempre tinha uma assanhada para dar em cima do meu negão. Em u m fim de semana de feriado imprensado resolvemos viajar de motocicleta até um litoral pouco distante da capital de Fortaleza. Essa praia se localizava a 65 km de distância no municipio de Iguape, e na época era semi-deserta. Tinha poucas barracas de veraneio, mas por conta do feriadão estava lotada.Assim que chegamos pedimos o prato tipico da região os famosos carangueijos, uma cerveja bem gelada.Então, papo vai, papo vem, cerveja daqui, carangueijo dacolá, eu tirei minha canga de praia porque era bastante timida e tinha vergonha do meu corpo.Ele falou que eu era linda, gostosa, tesuda e que nao devia ter vergonha de nada.Até aí tudo bem, só que em determinado ponto da conversa por debaixo da mesa, o safado começou a me bolinar e a dizer que sortudo que ele era em ter uma esposinha tão gostosa assim. Eu fiquei vermelha, ele sabia que eu era timida demais, então num último golpe de misericórdia, levantou-se da mesa e deu para perceber o grande volume que se formou em sua sunga.Ele disse que ia tomar banho para esfriar os ânimos e eu fiquei passada de vergonha na hora.Tinha vários casais por perto de nossa mesa e até vi uma das mulheres apontar para a sunga dele e começar a cochichar com suas amigas.Elas não tiravam os olhos, aquilo me dava uma raiva, ao mesmo tempo um orgulho, afinal ele tava assim por minha causa.Ele foi nadar, mas demorou a voltar, então me chamou para tomar banho também.Eu pedi ao dono da barraca para olhar nossos pertences e resolvi ir ao mar para junto dele. Gilberto dizia: -Entra nega, a água tá ótima!

Eu respondi:

- Você sabe que eu não sei nadar!

Ele riu e falou:

-Deixa de besteira, eu te ensino, sua medrosa!Vem logo!

A água batia na cintura e eu já começava a me apavorar, o mar meio bravio, a sensação de perigo e adrenalina subindo.Ah se eu eu soubesse o que me aguardava...

Gilberto me enlaçou pela cintura, eu pulava as ondas com medo e me agarrava ao seu pescoço dando gritinhos de satisfação e medo junto.Ele começou a me beijar e sussurou no meu ouvido:

- Sabe nega, ainda tô de pau duro, por isso não saí da água.A culpada é você. Faz alguma coisa pra baixar, senão não saio daqui hoje e já to começando a ter cãimbras!

Eu falei pra ele:

-Você tá louco?!!!Tem gente olhando, para com isso, nego!!

Ele fez que nem ouviu, me calou com um longo e provocante beijo de lingua e com a outra mão livre, logo começou a bolinar meu grelinho embaixo d’água. Justo meu ponto fraco!Aquele vadio sabia me excitar como nunca.Meteu os dois dedos dentro de minha buceta e me beijava furiosamente, eu naão sabia o que fazer. Se me deixava levar pelo momento e esquecia das outras pessoas presentes, ou se me entregava sem pudores ao meu amado.Ele me mordeu e meu lábio sangrou um pouco.

Ele falou:

-Ao menos uma vez na vida nêga, para de pensar e se entrega a mim!

Eu falei:

Foda-se o mundo!Sou tua nêgo, vem me fode agora!

Ele nem acreditou no que ouviu e eu não me fiz de rogada, pulei em sua cintura, afastei o biquini e dentro d’água conseguiu sentir a primeira arremetida de seu pau em minha buceta. Ele arqueou um pouco os joelhos e me deixou numa posição como se estivesse boiando na água, mas com as pernas envoltas em sua cintura.Pegava em minha cintura e quando a onda do mar nos atingia, o balanço do mar fazia com o peso do meu corpo ali nem existisse e que o movimento fazia com que eu fosse ao encontro dele. Isso era único, nunca imaginei que pudesse ser tão ousada assim.Cada onda que vinha, ele estocava mais fundo, mais forte, acho que ficamos ali uns vinte minutos.Até que não mais aguentando o tesão eu anunciei:

Nêgo to gozando!!Ai delicia!Te amo!!!

Ele me beijou forte e sussurou junto aos meus labios:

Oh, amor eu também Uhhhhhhhhhhhh,delicia!!!

Sentia sua esporrada me invadindo, meus musculos vaginais contraindo e aquela sensação de queimação como se mais nada existisse, apenas eu e ele ali naquele lugar.

Quando terminamos, nos lavamos ali mesmo e ao sair do mar, vejo a mesma mulher que tinha reparado nele:

Cochichando:

-Pouca vergonha, esse povinho não tem motel não?!!

Comecei a rir e certamente pensei comigo:Ela deve estar roxa de inveja porque queria estar no meu lugar!!Rsssss

Mesmo com tantos anos passados, o destino quis que nos separássemos, mas isso não importa agora, o que importa é que ele me ensinou uma valiosa lição.Ás vezes precisamos nos deixar levar pelas circunstâncias, aproveitar a vida.Não se importar tanto com que os outros pensam e sim, ser feliz.

Por [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
20/10/2012 16:01:37
gostaria de conhecer uma novinha na regiao do abc sp sou moreno sarado 1m74 78 kg faço academia corpo totalmente em forma e 14 cm de pau meu tel email
10/09/2012 19:44:56
Parabens! http://drmenage.blogspot.com.br/
09/09/2012 14:25:18
Uma foda quente na hora que dá vontade é dos Deuses...
09/09/2012 10:03:16
Muito bom, uma foda na praia e sempre inesquecivel.

Online porn video at mobile phone


dei promeu dois cachorro nao aguentei conto eroticoContos eroticos elacareca peladavideo de gozano na cueca boxerpastora bucetuda de fil dentalcontos escritos de sexo entre sobrinha e tio de pau super dotado e super grossoporno madastra fodendo enteados ninfetosflime porno mulher pegar o marido com outra furtapornocorno viado e medroso contos eroticosA buceta da minha mãe Reginacontos eróticos gay no hotel dei cu para meu sogro viadogostosa rabuda negra de shortinho damdo xvideoContos erticos irmas gulosas mamando na pirocona dos seus irmaos em uma orgia na piscina de casapornô marido broxa uma mulher dá para Oimenina engatada em cao raça pequena contoolha meu pa ux videos gay caseiros atoladoso vadia dandu cu centandoenteada dorme bêbada chapada e padrasto quando a solidão na marraconto erotico gay cunhadosconto nehrinha safada mamda empurrar tudo ate o talocasa do contos erotico evangelica negrameninas molihando a causinha de poraXVídeos novinhas Idelmar negão arrombando tudocunhada sonhado pegando no pal do cunhadorapas da bunda linda dando cu de brusu pro negaocontoseroticos a menina e o velho do parqueFotos de picas alargadoras de cu de gaysconto erotico estava comendo minha erma e estouro a camisinha e gosei dentro dela que ficou muita bContos de marido revoltado mas ecitado quando pegou esposa chupando outroconto erotico huntergirls71contos a janara me viu chupando a bucetinha da sofiacontos de cú de solteironanovinha magrinha mija na pica grandex videos de vaginade morcinha despropocional lindachupando o grelinho dela porbodoidonobinha amarrada e punida sua buceta ate gozar lapada na buceta contos eroticos.virei viadinho no consolo da titiacontos eroticos seminaristawww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comeu vi meu genro batendo pueta na minha calcinha usadasaiti porno japobeiscontos erotico comendo a subria dormindocontos eróticos brincadeira com os irmanzinhoscontos eiroticos leilapornGincana se gosadasConto tirei o biquine no quarto do meu paiposo enchuga o meu priquitocontos eroticos testando minha esposagueyzinho gracinha arrebentei cuzinho delever contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatoschule chuteira conto eroticoWww.xvideo homem goza dentro da nininha muito novinhapornô doido gostosa jovial transando gostoso com amiga e o molequever vídeo com loirinha baixinha sendo destruída por dois néporno. tor. muita careitiMinha irma esfregando sua buceta rola do irmaoxvideoporno sem casaminhasporno meninas cortido asferias brasilconto meu sequestrador chupou meu grelinhose masturbando enguando o marido dormexvidiocontos eroticos gay.pitboyvidos pra abaca irmao gozado dento da buceta da irma novia escodido pelo u buraco da paredeContos eróticos sensua club Padrasto pega a entiada a forçae depois a nossa ludimeu amor da minha vidacontos eroticos gay viciado cheira e chupa pal sujoconto pelado filho pai zdorovsredaemtertida com celular xvideossexo oral e vavinal com a quelas danadinhastio tarado passa a mao na sobrinha ninfeta que nao resiste e fodeAutor do padre. Não é. Homem contos. Eróticospatroa arregalou o olho na pica do negaoconto erotico perdi aposta e tive que deixar meu ermao gozar dentro da minha busetarado alisando e pasando a mao e metendo o dedo na xoxota da filhota novinha timida depois empurra o pau devagar ate gozar dentrobobiça no mato xxxcontos erotico gay brincando de verdade ou desafiocomi meu melhor amigoconto erotico velho taradodiarista porta aberta pau duro contoporno tia se destraiu e sobrinha ninfeta chupou o seu maridovideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaConto erotico um rapaz de 18 ano gay se apachona por um hmem de 26 ano que hetero sodado amigo picuto faz mulher d corno sangra rsconto erotico huntergirls71contos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradosmai taradachupa a bucetimha gostosa da filhawww xvidios gay avatajadoContos erotico madrasta de biquini sem raspar o bucetao e o enteado hiper dotado fica doidofudi ela e o namorado delapono vinha.neguinhaquero ver foto de caminhoneiro do pau grande e grosso e ele peludão grandãocontos eroticos sessentona do quadril largo e bunda enorme