Gozando em família parte XIX


Um conto erótico de Lê Lar
Categoria: Grupal
Data: 02/08/2012 00:44:16
Nota 9.25

Oi delícias, tudo bem com vocês ?

Hoje eu fui num bar que tem na rua da minha casa, acho legal lá, tem umas opções boas de comidas e bebidas. Tem uma mulher que fica lá, que eu acho que a mãe do dono. Ela já é uma senhora e é até meio gordinha, mas ela tá sempre com boa parte dos peitos de fora e eu sempre sinto tesão em olhar os seios dela. E eu fico olhando fixamente, e às vezes passo a língua nos lábios quando olho, sempre fico pensando o que será que ela pensa quando me vê ali babando pros peitos dela, rs São peitões bem lindos e fartos, queria muito chupá-los e esfregar minha bucetinha neles.

Eu almocei lá hoje e vim pra casa pensando naqueles peitões, conversei com minha mãe se ela já tinha visto aquela mulher, ela disse que sim e que até já conversou com ela. Quando toquei no assunto, minha mãe safadinha já disse: "É aquela dos peitões? Delícia, né?" Hehehehe, ela já imaginava porque eu tava perguntando. Eu falei que era isso mesmo e que babava de tesão sempre que via aqueles peitos safados. Minha mãe revelou que, assim como eu, já se masturbou pensando naqueles melões. A gente, de ficar falando essas coisas, já ficou com tesão. Chamei minha mãe pra sala e começamos a nos masturbar uma do lado da outra, no sofá. Ligamos a TV num canal pornô e ali nos acabamos, até gozar, ambas vendo pornografia e lembrando dos peitões da safada do bar. Dei uma gozada maravilhosa, gritando como sempre.

Após minha mãe também gozar, perguntei pra ela o que ela achava de comer aquela mulher. Ela disse que tinha vontade, mas não sabia se seria uma boa ideia, pois, como ela é vizinha, ela pode espalhar por ai que fazemos incesto e isso não é NADA legal. Os vizinhos saberem pode ser horrível, acreditem nisso. A reputação fica lá embaixo e temos medo até de gente que queira fazer algum tipo de retaliação, vandalismo na casa, essas coisas. Sem falar que seria horrível ir, por exemplo, ao mercado, ou a padaria, e ver todos te olhando com cara de reprovação, te julgando. Dei razão pra ela, mas disse que minha vontade de chupar aquelas tetas era gigante.

Minha mãe então me deu uma ideia, ela disse: "Letícia, mas se você quer tanto, porque não faz o seguinte: se veste feito uma piriguete, vista aquela tua micro-saia preta, bote um decote bem grande, já vá sem calcinha, senta na frente dela e dá todas as dicas de que você quer mesmo. Chegue até abrir as pernas pra ela ver tua buceta. Como você é jovem, linda, gostosa e como ela já é coroa, não muito bonita e até meio gordinha, é muito provável que você consiga. Dai você traz ela aqui pra casa, fala que eu não estou em casa, eu me escondo no quarto e você dá pra ela, mas deixa a porta aberta pra eu espiar"

Decidi arriscar. Parti pro "foda-se", e tinha que ser logo, pra aproveitar a tarde, pois no comecinho da noite meu pai chega. Vesti exatamente a roupa que minha mãe sugeriu, sem calcinha, e voltei pro bar. Ela estava lá sentada na mesma mesa. Pedi de cara uma cerveja pra relaxar, sentei bem de frente pra ela, arrastei a mesa pro lado, e comecei a devorar aqueles peitos com os olhos. Ela, que já tinha visto eu olhando antes, passou até a me provocar, baixando ainda mais a blusinha pra mostrar ainda mais aqueles lindos e deliciosos melões. Na hora que ela fez isso, abri bem minhas pernas e exibi minha bucetinha pra ela. A mulher parece que não acreditava no que via, quando ela conseguiu parar de olhar minha xota, ela subiu o olhar até os meus olhos e eu sorri pra ela com cara de safada. Ela respondeu com outro sorriso maroto. Nesse momento me veio uma ideia louca na cabeça. Como a parte do meu corpo que eu mais gosto é o meu cuzinho eu quis, de alguma forma, mostrar minha bunda pra ela, ou até meu cu mesmo, se eu conseguisse. Por sorte, a gente estava na parte de fora do bar, onde ficam algumas mesas e só nós duas estávamos ali, havia outras pessoas, mas na parte de dentro do bar. Fiquei pensando então numa forma que eu pudesse mostrar minha bunda pra ela. Peguei minha chave de casa, derrubei no chão de propósito, me virei de costas pra ela e me abaixei pra pegar. A micro-saia que tenho, quando me abaixo, ela sobre naturalmente, mas eu ajudei com a mão pra ficar com toda a bunda de fora. Gente, que loucura!!! Ela já tinha visto minha bunda toda ali. Olhei pra trás e a coroa estava babando. Dei mais uma olhada pra ver se não tinha chegado mais alguém ali, e, com as duas mãos, abri minha bunda já empinada, com o propósito exclusivo de exibir pra ela a parte do meu corpo que mais adoro: meu cuzinho. Não contente, ainda passei um dedo vagarosamente no meu cuzinho, voltei a me sentar, olhei pra ela e chupei meu dedo. Nessa hora ela fez um giro de 360 graus com a língua sobre os lábios.

Pronto! Já tinha seduzido aquela mulher, da forma mais safada possível. Terminei minha cerveja, paguei minha conta, passei por ela e fiz um sinalzinho com a mão. Ela veio atrás, paramos alguns metros pra frente, e disse: "To sozinha em casa, que ir lá?" Ela disse: "Quero, preciso tomar um banho antes e já vou, eu sei onde é sua casa, me espera lá que chego em poucos minutos" Eu disse: "Não demore, já to molhadinha de tesão e vou me masturbando até você chegar" Ela passou a mão na minha bunda, por debaixo da micro-saia e voltou ali pro bar. Ela mora atrás do bar.

Cheguei em casa, minha mãe já estava escondida no quarto, pois achava que eu ia voltar já com a safada. Avisei ela que a mulher viria dali a pouco. A mãe perguntou como fiz pra seduzi-la, contei como foi e ela disse: "Sua puta!! Tem que tomar cuidado aqui na região" Mas então eu expliquei que me certifiquei que ninguém mais tinha visto e tudo mais.

Não demorou muito e a putona chegou e tocou o interfone. Abri a portão pra ela, ela estava com um decote ainda maior. Entramos, fui para o meu quarto, deixei a porta aberta pra minha mãe ficar espiando e a primeira coisa que fiz foi cair de boca naqueles seios fartos. Falei pra vadia que eu queria fazer aquilo já fazia um tempo, ela disse que sabia disso: "Você acha que eu não sei? Você acha que eu não reparo você comendo meus peitos com os olhos? E eu também queria muito te ver chupando eles, aproveita então e se delicia nas minhas tetas" E ali eu fiquei, por vários minutos chupando. Então tiramos toda a roupa, falei pra ela deitar e comecei a esfregar minha buceta nos peitos dela e chupava os peitos novamente. Então eu falei: "Você gostou de ver meu cuzinho lá no bar?" Ela disse que adorou. Então eu sentei na cara dela e disse: "Então mete a língua nele" E comecei a rebolar na cara da coroa, e ela ficou saboreando meu cu. Foi uma delícia sentir aquela língua no meu rabinho. Eu me masturbava enquanto ela chupava minha bunda. Quando então olhei pra porta e vi minha mãe ali, como eu estava com a bunda na cara da vadia, ela não podia enxergar nada além do meu rabo, rs Então minha mãe ficou a vontade pra olhar por um tempo. Ela botou os peitos pra fora e começou a se masturbar me olhando ali, cavalgando na cara daquela puta. Sorri pra minha mãe e ela sorriu pra mim. Eu estava dando pra aquela safadona que eu desejava. E ai somou o tesão de eu estar me masturbando, com aquela vagabunda chupando meu rabo e vendo minha mãe se masturbar ali na porta do quarto, não resisti e gritei: "Enfia bem agora a língua no meu cu que eu vou gozar" Ela começou a colocar a pontinha da língua dentro e eu então empurrei minha bunda contra a cara dela, fazendo aquela língua entrar totalmente no meu cuzinho, e então soltei meu tradicional grito de: "Ah, EU VOU GOZAR", e gozei berrando, gritando feito uma cadela. Me virei de frente e ofereci minha xota gozada pra ela saborear, ela então lambeu tudo, chupou tudo, se deliciou com minha xota e meu suco. Desci até a buceta dela, que já estava escorrendo de tão molhada, soquei dois dedos e comecei a fodê-la com força. Vi que xota dela era mais laceada até do que a da minha mãe, e então meti quatro dedos e comecei a enfiar e tirar com força, enquanto chupava mais aqueles peitos enormes. Tirei um pouco os dedos da buceta e dei pra ela chupar, e voltei a fodê-la até a vadia se acabar em gozo. Antes de levantarmos pedi pra ela pra chupar mais um pouco aqueles peitos, e ela disse: " Deixo com uma condição, se você deixar eu chupar mais um pouco o teu cu antes de eu ir embora" Eu, lógico, concordei na hora. Chupei e lambi mais um pouco aquelas tetas maravilhosas e me coloquei de quatro pra ela lamber meu cu. Aproveitei pra me masturbar com movimentos bem rápidos e dar mais uma gozada naquela posição que mais adoro. Gozei novamente!

A vadia então se vestiu, disse que tinha adorado e que queria fazer outras vezes. Disse pra ela então que qualquer hora a gente marcava. Ela foi embora. Entrei no quarto da minha mãe e lá estava ela se acabando na masturbação. Chupei ela até ela gozar na minha boca. Ela então perguntou se eu tinha gostado, eu disse que sim, lógico. Ela disse que o único problema é que agora ela estava louca pra trepar com aquela mulher, hehehehe.

Ai, ai, como é bom tudo isso!!! Como diz aquele comercial: "amo muito tudo isso" hehehehe.

É isso pessoal! Até o próximo relato!

Desejo sempre boas gozadas a todos! Boas masturbadas e/ou boas trepadas!!!!

Beijinhos e chupadinhas a todos e todas !!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/08/2012 06:42:50
03/08/2012 13:24:08
ah, joão, foi bem gostoso mesmo
02/08/2012 11:12:41
Delíciaaa! Que tesaaaaaão!

Online porn video at mobile phone


contos eroticos brutais, estiquei o clitoris ate sangrarO jenro na ponheta na tencao de sogra e chama de gostosa xnxx.commexe e remexe putariabrasileiracoroas grisalhos que come a bunda de homens em campos dos goitacazesvideo de cunhoda tranzando com o cunhadocontos eroticos dei a bundinha por balasrelatos reais de meu tio me diz que é macho alfacontos vi meu sogro espiano minha filha lavano roupacontos eroticos comi minha irmazinha tati.comXVídeo pornô a mulher se masturbando na rua andando no meio da rua Rosada molhadinha nenhuma Bruno metrô de todo canto g***** molhadinhaO jostin biber.diz que.si cemti sopornodoido cunhadacaigozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasamor sexo sem penetrarnovinha apois uza droga trazanoxvideos gero pede acabesa e estrupa sograSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaSo putinha chupando rolas de 16centimetroler conto erotico de padre reaiscontos eroticos sou viciado num cuzinho de machocasa dos contos eroticos mamada no seio todo diacontos erotucos escritos casa de contos um menino me cgupou.conto erótico os pedreiros da obra me estouraram bem novinhaBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimhaminha colega foi estuprada por tres piçudos e gozaram dentro delavídeo pornô caseiro rapariga tira camisinha do r$ 500zoofilia baixo saiamulata com pratinho xvideos.comxxvideo irma com irmao tatendo.punhetacontos veridico mulher pagando a divida do marido com homem pauzudao dotadoxvideos jairinhoo bahianoXxvidii ela vai toma ni cucontos eroticos, isso chupa meu peito esfrega meu grelinho faz sua putinha gozarxerinho de xereca . aideliciaesposa fica brava amate gosa dentro xvidionovinha.du.bucetao.inxadu.fudenoela soquer chupa pau super groso xvideo.maetrepando com a sua filha e ela goza a jatoconto sexo "Minha Filha II"fes que ia meter de vagar mais enfiou a pomba na buceta dela na porada que ela gritourelatos minha esposa chegou toda chupadaem casahomens de de sambacancao cossando o pau diro e peludoconto erótico mexeram com a minha mulhergoza corno na pungeta que vou gozar nesta rolonaXvideos frozen ela desmaia namoro que esta fazendo amormarentinhos xvideos xxvibeo com a calsa apertada fudeno com novinhocontos de sexo raspei minha bucetaporno pirno buceta saindo gosmaContoerotico Professoragozadaconto morador de rua roludo comei gpstos minha esposaeu ti aguarrei novinha pede pacontos erticos novinhos roludos comendo coroasxsvídeos cursinho piscando gosaa mãe estavana conziha de sainha curta e causinha braca o filho de rola grossa cabeçuda chegou enfiado no cu dela doendoSo fotos de picas de 20 centímetros enfiado na bucetaprovoquei levei no cu contosxxvideo asistir homem corendo a cabessa na buceta da mulherConto erotico de incesto eu minha irma gemea dornimos momesmo quarto desde que nascemo 2negao infiando na guela da safadanovinha gozougostozoContos eroticos com o dono da verdureirocontos eiroticos leilaporncontos eiroticos leilapornmenina grita esta doendo e ta se cagando anal pornxividio vo coloca bem devaga no ceu cuconto erotica sendo mimada por meu irmaoMulher.firgem.perdemdo.ocapasomulherese vulcão doida pra meter com um taradaoContos de sexo anal coloquei so a cabecinhavaldir.piricudocomtos.eroticos minha mulher na.praiaeu era crente pequei dei minha bucetinhameu enteado me estrupoucontos shortinho da mamaeconto erotico gay negao pirocudo gosta de maltratar viado brancoBuceta parecendo um cupim deu boitia tira vigindsde fo subrih do pau prquenpconto erótico sentada no colinho do tio de sainha curtinha e gosando gostosozdorovsreda.rufunk pancada novinha loirinha fudendo muito e meninas também cheirando muitocombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlineneguinha nao se controla de tesao quando foi almocacontos eroticos fizeram minha noiva e minha mae de putacontos eiroticos leilapornensinei minha filha a transarxvıdeo novınha safada . com