Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

E o Playboy se Apaixonou de Verdade - 20

Um conto erótico de Bernardo
Categoria: Homossexual
Data: 04/08/2012 19:34:37
Nota 9.82

Eita pessoal, mas vocês não fazem ideia do quanto eu me divirto lendo os comentários de vocês... Mas podem acreditar em mim, vocês se surpreenderão com os fatos ocultos que ocorreram na história. Entretanto eu vou calar a minha boca, para vocês mesmos conferirem a história. Ah e pessoal eu mesmo caio na gargalhada quando me lembro da história dos óculos escuros à noite rsrsrsrs, mas o que o ciúmes não obriga a gente a fazer? Bem é isso. Espero que todos vocês tenham uma excelente leitura!!! :DAquele era um dos momentos em que eu queria cavar um buraco fundo no piso e ficar lá pelo resto da vida. O fosforozinho estava com os olhos arregalados e com irritação... O fdp do Jonas ficou perplexo. Falei em um tom ameaçador pra ele:

-- Sai daqui antes que eu quebre mais um dos seus dentinhos como da ultima vez!

Ele saiu da cadeira que nem um hamster medroso. Covardão.

-- Você está me seguindo por acaso?- ele disse áspero.

--Só vou te perguntar algo... Você está ficando com aquele trouxa? – disse rígido.

--Ahhh... Não é da sua conta!- ele riu irônico.

--Como assim não é da minha conta? – perguntei estarrecido.

--É claro que não é! Você é uma pagina virada que se depender de mim nunca vai voltar... – ele falou sem humor.

-- Ah mas não vai ficar assim... Ou você se esqueceu dos nossos beijos, hein? Aposto que aquele fudido nunca vai te dar nem um décimo de amor que eu tenho por você. – disse com a mais plena certeza.

-- E do que me adiantou, se eu ganhei um bônus de adultério? Faça-me o favor né Bernardo cresça e apareça.

-- Você ainda me ama eu sei disso!!! – disse com raiva.

-- Quer saber... Sim... Eu amo você. Mas, eu estou tentando jogar essa praga fora, e por isso esquecer que um dia eu gostei de alguém tão sínico, cara de pau, grosso que desde o começo soube transformar a minha vida em um inferno!!! – ele falou irritadiço.

Aquelas palavras dele foram a gota d’agua. Eu fiquei bravo também e soltei o verbo.

-- E eu de ter ficado com um cara, mimado, arrogante, completamente indiferente a mim, e que nunca me levou a sério!!! – foi a primeira coisa que arranjei na cabeça... Babacão.

-- Érh... Pessoal... – disse Jonas que estava sentado do outro lado da mesa com a voz acuada.

-- CALA A BOCA!!! – disse eu e o Ariel juntos.

O pessoal do restaurante ficou de olho na nossa mesa...

-- Vá embora Bernardo!!! Siga a sua vida e me deixa em paz... Fica com a Paula, a Catarina, com qualquer uma que você quiser...Já me machucou demais. – ele disse triste.

--Você não vai me perdoar nunca, não é? - disse, com aquele sentimento de melancolia voltando arrastado.

-- Eu não sei... Mas se quiser faça por onde.

--O.K então... Desculpa por tudo...- disse saindo da mesa.

No carro eu comecei a bater a minha cabeça que nem um retardado em cima do volante. Ele tinha razão... Eu estava fazendo burrada atrás de burrada e isso só causava ainda mais complicações... Mas era horrível de imaginar ele e o vadio do Jonas. Urgh... Dirigi até em casa pensando no que fazer e me dei conta de que não há mais nada pra tentar. Eu perdi ele e isso era a minha culpa. Eu podia tentar reconsquistá-lo mas nada iria mudar... Ele é cabeça dura demais pra esquecer isso... Era o jeito se conformar... Mas como?

Quando cheguei em meu quarto, acendi a luz e me deparei com Paula:

-- Saia do meu quarto. Agora.

-- Ah amor, por favor... Deixa eu ficar aqui dando todo o meu amor a você... Não custará nada vai? – disse ela.

-- Saia daqui antes que eu mesmo te bote pra fora... –falei irritado.

-- Depois de toda a nossa noite de amor selvagem é assim que você me trata? –ela falou.

-- Você não entende? Eu não gosto de você. Eu estou acabado, irritado, e além de tudo inconformado por que acabei de perder alguém que eu gosto de verdade e não posso fazer nada. – murmurei.

-- Eu posso te ajudar a esquecer... Eu sempre gostei de muito de você... Desde os meus 14 anos. Eu só peço uma chance pra mim mostrar que eu sou a mulher perfeita pra você. – ela disse passando as costas das mãos no meu rosto. Eu tirei os mesmos.

-- Não dá. Eu sinto muito.

Ela saiu do quarto e eu tranquei a porta. Peguei uma pilha de dvd’s com filmes antigos que ele queria me mostrar “Esses sim, são os verdadeiros clássicos dos cinema!”. A lista era : E o Vento Levou com Vivien Leigh e Clark Gable ( Longoooooo demais, mas bem interessante. Foi o primeiro filme live in action em cores ), A Janela Indiscreta com Grace Kelly e James Stewart ( Um suspense muito legal, e a atriz principal era linda *.* Agora sou fã de Hitchcock), Bonequinha de Luxo com Audrey Hepburn (É tipo uma linda mulher de Julia Robert mas só que bem mais comportadinho) e Gata em Teto de Zinco Quente com Elizabeth Taylor (Gostei do filme, e além disso a Liz Taylor era muito gostosa...e aqueles olhos violetas?) mas os meus preferidos são os de Marylin Monroe: O Pecado Mora ao Lado, Os Homens Preferem as Loiras e Quanto mais quente Melhor.

Mas seria melhor se eu estivesse visto com ele... No dia seguinte teria um jogo de tênis e futsal na escola. Estava desanimado, mas eu tinha de ir por que era o capitão da equipe... Tomei um café rápido e sai disparado para a escola. Todos estavam contagiados pela emoção de competir com os outros para verem quem é o melhor... Que bando de idiotas.

Entrei para a quadra, mas o resultado não foi nada bom. Perdia todos os passes da bola, os chutes para o gol foram uma tragédia e pra piorar o fdp do Jonas ria da minha cara. Nos jogos de tênis o Ariel foi muito bom vencendo o adversário em uma boa vantagem... E eu ficava observando a distancia pra ele não me ver. Sabia muito bem que ele não queria ver minha cara nem pintada de ouro.

Sai de lá desanimado pra caramba a caminho do vestiário. Acho que o azar resolveu colar em mim e não sair mais... Depois de uma série de mancadas e outras coisas, vi que nada mais poderia dar errado.

-- Nossa... Você está um fracassado né? – disse o Jonas.

-- Vá te fuder. – disse com raiva.

-- Calma estressadinho... Eu só estou constatando uma coisa... Fala ae.

-- O que?

--Qual é a sensação de fracasso em tudo que você faz? – ele sorriu descaradamente.

-- Como é que? –disse levantando do banco.

--É isso ai cara... Primeiro o namorado, depois o titulo no jogo... Ahh e olha... Agora tudo é meu. – ele sorriu. – Você é um tremendo fracassado.

Não preciso dizer que cobri a boca asquerosa dele com um soco, né? E assim a pancadaria rolou no vestiário, não era exatamente uma briga por que ele só tentava bater de vez em quando... Como se quisesse ser espancado, se é assim, o desejo dele será realizado!

-- PARA COM ISSO!!! AGORAAAA!!!

O droga eu sabia muito bem de quem era essa voz... Soltei o desgraçado e olhei pra traz e vi o fosforozinho com os olhos arregalados e tensos.

-- Você enlouqueceu de vez? Por que está agredindo o Jon?!- ele falou rápido e nervoso e depois pousou os olhos no sacana. – Você está bem?

--Ele... Ele... Me bateu por que estava com ciúmes por que eu sou seu amigo – COMO. É. QUE .É?

-- Como pode ser tão baixo assim? Isso é coisa de gente delinquente!!! – ele disse assustado.

-- Mas eu não fiz nada!!! Foi ele que chegou aqui e disse um monte de besteiras... – eu me defendi.

--Mentira!!! Eu vim aqui dizer pra ele não se importar com a derrota e ele avançou... – disse o amaldiçoado... EU VOU ACABAR COM A TUA RAÇA!!!

-- É mentira dele!!! Acredita em mim, por favor...- eu disse olhando pro Ariel.

--Por que eu deveria acreditar em você? – disse tentando pegar Jonas que estava com a boca sangrando...

E os dois foram para a enfermaria... Cara, eu fiquei possesso de ódio. Esse fdp fazia eu parecer o vilão e ele o indefeso e o pior é que levava o premio. Eu é que sou o mocinho dessa história!!!

Não preciso nem falar que ganhei suspensão... Ainda levei uma baita bronca, dizendo que eu precisava me tratar psicologicamente se não iria virar um delinquente juvenil. Mas até que não seria má ideia caso eu matasse o Jonas, com um assassinato lento, gradual, e de preferencia bem doloroso e bem cruel. Lembra daquela minha fase psico-depressiva? Voltei para ela. Mais musicas tristes, escuridão e muita porcaria comestível. Depois voltei para o colégio.

Nada havia mudado. O “ele” passava por mim e nem dirigia a palavra e muito menos um olhar... Até onde sabia, você-sabe-quem não estava namorando com ninguém. Eu não pedi Catarina em namoro, por que sabia que em menos de 24 horas terminaria tudo com ela e a mesma coisa aconteceu com a Paula. E o tempo ia passando e eu ficava na mesma. Atolado em uma areia movediça de sentimentos, emoções e lembranças de coisas que no momento eu não possuía. Tudo pra mim era insosso, sem vida, sem cor, nada fazia mais sentido. Sabe aquela tristeza que fica em você e não sabe como livrar dela? Pois é.

E as semanas se arrastavam com um gato velho, nada acontecia. Tudo inerte na mesma coisa, e parecia um filme mudo em preto e branco. E dois meses se passaram até que o meu pai ficou preocupado... Na sala enquanto eu estava de pijamas Thundercats que “ele” me deu de presente (eu gosto deles e de Naruto, Dragon Ball Z...) comendo cereal com leite, ele desabafou.

-- Não aguento mais isso. Você tem que acordar para vida filhão...

-- Hããããm? – disse confuso.

-- Você só vive por ai, reclamando de tudo, comendo, e assistindo desenho. Me ligaram da escola dizendo que abandonou o time de futsal... – ele falou preocupado.

-- É.... – disse de boca cheia de cereal.

-- Levanta, vou te levar a um psicólogo. – meu pai disse autoritário.

--Queee? Eu não estou louco!!! Eu to bem. É só uma fase e... – comecei a soluçar.

-- LEVANTA AGORA, EU SOU O SEU PAI E EXIJO QUE LEVANTE E VÁ PARA O CARRO AGORA! – ele falou.

E lá estava eu, em uma clinica de um psicólogo de pijamas do Thundercats, com a cara amarrada e completamente solitário. Depois chamaram o meu nome e entrei. O Dr. Loucko, fez um monte de perguntas sem nexo, e por fim me deu uma analise do que eu sentia.

“Um jovem que não tem aspirações na vida, sem interesse por nada, completamente alienado em o seu mundo particular de solidão e dor. Com um arrependimento engasgado em suas entranhas emocionais e por fim a melancolia do abandono de alguém especialmente ligado a emoções e conectado a laços fortes que foram brutalmente rompidos. Resumindo: Depressão. Talvez seja necessário um acompanhamento profundo para evitar uma possível tentativa futura de suicídio, assassinato a um outro alguém, ou colapso da psique mental.”

Ceeeeeerto. Ele falou que eu estava pirando. Doido. Em todas as letras. Voltei pra casa, e fiquei estirado no sofá da sala... Foi quando eu ouvi a porta abrir... Achei que era a minha mãe mas não era... Era “ele”. E estava com o olhar preocupado em mim. Só de vê-lo eu me emocionava todo. Aquele velho sentimento dando um soprinho caloroso novamente fazendo o meu coração voltar a bater. Meus olhos lacrimejavam...

-- Me disseram que você não estava bem... – ele disse calmo.

-- Eles estão certos. – eu disse.

--Por que você está assim Bernardo... Eu não entendo. – ele falou.

-- É que eu não quero te esquecer. Não quero nem tentar apagar o que você significou e significa pra mim... Você não sabe como eu fico quando me lembro de nós dois... – falei tentando escolher as palavras certas.

-- Mas então o por que você agiu daquela forma... Cada coisa que você apronta sem pensar... E depois você volta arrependido. Pra que? Por que? – ele me encarou.

-- Tudo em doses excessivas faz mal não é? Eu fiquei com medo de te perder e sentia que não poderia ficar parado sem fazer nada... O medo a duvida... Tu não tem a menor ideia do quanto eu te amo demais cara... E só rezo para que um dia você me perdoe...

-- Mas é tarde demais não é? Eu posso até te perdoar... Mas voltar atrás... Me desculpa, mas não tem como.- ele falou suspirando.

-- Eu sei... Mas obrigado... Por ter me mostrado o que é amar de verdade cara... – disse dando um abraço nele... Já chorava faz tempo.

-- Não há de que! – ele disse carinhoso.

Toc, toc, toc... Paula?

-- Eu preciso falar com vocês dois...- Ela disse chorando e com a cabeça baixa.

CONTINUA

[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/07/2015 16:13:05
Ja ate sei o que ela vai falar com eles,mas so posso confirmar no proximo capitulo
21/01/2015 03:26:15
Oh Bê... fiquei muito triste com você nessa situação... mesmo sabendo das burradas que você fez... mas eu sei como é, não desejo essa dor de perda nem para o meu pior inimigo... Estou torcendo aqui que venha um final feliz pela frente! :)
09/09/2012 23:42:11
Muito bom!
29/08/2012 23:40:40
Final muito triste, chorando aqui mais um pouco, FUCK!!! Adoro seus contos
13/08/2012 02:46:27
e horrivel perceber q machucou a pessoa q vc+ama na vida e sofre!serio,to chorando aki tbm!serio,lembrei qnd eu tava implorando pelo perdao do Juninho,a dor e horrivel! Seu conto ta otimo Bernardo!
07/08/2012 21:17:25
Queeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee lindooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!!! (GENTE, LEIAM MEUS CONTOS, ACHO QUE VÃO GOSTAR!)
07/08/2012 08:14:38
Aiaiaiaiai...oq vem por ai agora eim?...sei la...conta Æ...kkk...ta perfeito o conto....demais.
06/08/2012 21:03:11
O mocinho da historia! rsrs kii lindO
05/08/2012 23:09:13
Nossa Bê sem palavras pra vc e curioso com a continuação desse lindo conto Muito Emocionante simplesmente nota
05/08/2012 18:05:20
Seu conto é incrível. Independente de qualquer coisa, você merece o sucesso aqui na casa. Parabéns!
05/08/2012 12:58:22
Já sabia o que a Paula ia falar antes de você dizer que não se lembrava de nada. Agora eu tentaria matar ela, lenta e dolorosamente.
05/08/2012 07:20:04
NEM ACONTECEU NADA COM VC E A ARRIRANHA
05/08/2012 03:57:29
Eu acho que a Paula vai dizer que na verdade não transou com o Bernardo, só aproveitou a amnésia da bebedeira dele pra fazer ele acreditar que eles transaram *---* espero estar certo!!esse conto é fantástico, quando é que vou encontrar um "Bernardo" na minha vida hein?
05/08/2012 02:20:14
tá meu primeiro coment nos seus comtos vem com um palpite de brinde: Vc tava tão bebado naquela noite q não fez nada e a vacaranha de crista e penacho inventou a história toda. Tá o palpite já foi agora é só um enorme parabéns por esse amor e essa forma linda de descrever escrevendo seus momentos. A nota ñ poderia ser diferente de um dez do tamanho do monte Everest( geralmente rebacho as coisas a níveis q nem se comparam aos verdadeiros, fazer o q né!)
05/08/2012 01:45:46
Está PUTAARANHA metida a rainha mestra dos galinheiros da roça, está merecendo levar uma surrar de cabo de aço de bike. Ela e aquele cabra safado do Jonas que estão aproveitando-se da situação.
05/08/2012 01:26:55
Se ela tiver grávida te dou um tapa na cara virtual além de te tirar da minha lista dos: "possíveis futuros namorados caso eu fique solteiro" hahahahahahae acredite é uma lista de responsa
05/08/2012 01:19:38
Pronto a puta, vadia, cadela, ta gravida... agora fudeu tudo... se eu pudesse eu ia ate ai e dava em todos voces... agora que a trem tava indo para os trilho denovo... olha bernardo... se eu fosse voce, eu pegava o ariel e levava para uma ilha e ficava por la... meu filho... vai numa igreja e pede uma reza braba porque a zica ta grande... demora nao... to ansioso...
05/08/2012 01:11:11
credo... O final sei nao... Meu paupite e que a baranga ( paula) vai falar que esta gravida O.OBERANDO SERIA BOM SE O ARIEL CONTASSE DEPOIS COMO FOI FIKAR LONGE DE VC. So pra matar a curiozidade hehe
05/08/2012 01:10:23
Nossa que médico "doidão".KKkkkkk... Mais a história é muito boa,estou adorando.Parabéns Bernardo!
05/08/2012 00:01:01
Você-sabe-quem? Voldemort kkkkkk Harry Potter puro kkk AMigos está ótimo, o mumuxo chorou e tudo... tadinho! É bom ele lembrar o que acontece quando se faz merda! parabéns!




Online porn video at mobile phone


Contos eroticos incesto com titias e crentesmundobichairmaoDei O Cuzinho Pros Angolanos Contos Eróticosprogamas de pessoas se pelando de pouco em pouco e se comedopornô o meu tio sinto ereção a mulhernegao roludo aregassando o cu da travestis de 20 anos nno motel pornodoidowww.xvideo.com, tio pega subrinha de supresa e fodd seu cuzinhochupando a buceta ejaculando chamastetraveco tenta fuji do negroaxo que minha mulher pulou a cerca pra fazer analerotico filha da um beijinho nelecontos sexo casal e amigo dormindo na barraca pequenaPorno gratis xvideos fogo cruzadowww.porno novinha dormindo no sofa amigo abril o botaoda calcaComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gaysdaniloprsvideo deputariaconto incesto minha irmãzinha adolecente andando encasa com essa roupinha nao da para resistisex araminhaela rebolando no meu pau ate goza falando q ta doendo no cuxv novinha brinca com cachorro e fica agarrda na picagordinha griluda seno curiada pelo cuiadoCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.08textos. contos menunas estrupadas dulpa penetracao gozadas boquinhairmã mais velha obriga seu irmão caçula a gosar na boca delacontos d mulheres evangelicas q adoram fio dental e brinquedos eróticos ao ir a igrejaqero assistir video de porno de baiana rebolando na pica.mae dk meu amigo se esfregando pornoLoirinha flagada cagando bem grosso no banheiro da Tiapapai me chamou para ir lanchar no shoiping.mentira foi desculpas para ir no motel comigo cumer a minha bucetaeu, minha namorada, minha namorada e meu tiocontos eroticos com fotos. meu cunhado adora comer meu rabao.mineirinho 20 mundobichamasagem nos pes da minha mae conto eroticocontos eroticos um velho me pegou na praiaminha esposa adora tomar minnha porra quentinhaComo perder o bv comendo o vomito e cagando no ventiladorsedusio empregadinha virgem ate fude lafotos de bufetas pibgando de tewaopica pequenina geyvídeo pornô meu marido chegou em casa ficou surpreso porque eu estava limpa cheirosaO vizinho safado do 205gordinha bem feitinha gosadoassustada acaba mijando os golinho d tesao xvidioanythingmulher gosandose soltano na cama últimos contos eróticos gayliberei minha esposaboyzinho encoxando no hetero no onibusxvideo morena chutinho na ruaEu quero assistir vídeo de pornô de mulheres de corpo estrutural gostosa bundona com sono televisãobuceta lagar pelo jegueeu quero ver vídeo mulher tomando banho com aquelas calcinha largafotos copinhos e peitinhos e bucetinhas das mulheres de todo mundagarotas punhetando incesto onlinecinquentona fininhavideo de colegial sedo encoxada por baixo da saia com penis pra fora entremeio as pernas e varginamãe e filha fudendo com travesti de calcinhadestraçada por dois paus pornodoidocontos trai meu marido com um cara que era um pe demesapornô doido corno Deixou o cara comer sua esposa e seu cuzinho na sequênciabucetinhas e cuzinhos lisoschantagiei a colega de trabalho e comi ela casa dos contosgaroto punheteiro macumbeiro xvideoxxvido apontei sevagexvidiosexopornoeu perdi a minha virgindade com cara da pica de 40cmanal maduras criadas viuvaso tarado do negao quis enfiar no meu olho enrugadodando apora desse cabaçoforsei minha madrasta a fuder panterasconto erotico velha casada banca negao pirocudocontos erotico de zoofilia mulher estrupada por boiscontos eróticos san e dean incestoAbaixar videos de porno para celulasinhonovias gpstosasxvideos nããooomoleque nao sabe fazer.comtihaficou de pau duro dançando coladinho com a coroa gostosa e fodeu ela depoispornosacana traindo o marido com entregadorzoofilia com animais iniciaçaobucetagosotosamaio gozada de mulheres fumando cigarro asseste videocontos mulher carente e judiadalesbicas com grelo muinto grande transandocontos eroticos da secretaria crente e timidadificudade xvidio.comconto chupei meu avô cadeirantevídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no Galegãoamigos heteros brincaram de sexo gey e acabaram se comend9 mesmocontosmae e noracontos eroticos encoxadas em salvador 2018convenci minha irmã fuder comigo e gozei dentroeu quero ver sexo de lésbicas com lactofilia aguentando mulheres adultasContoeroticogeymarido pega mulher.trazando com oltroporno de mae servindo comida para seu filinhox video contos feminizacaocontos picantes: comendo o cu da filinha do pescador