O namorado de minha amiga (parte 17)


Um conto erótico de RenanSonhador
Categoria: Homossexual
Data: 31/05/2012 21:08:49
Nota 9.32

Gente muito obrigado pelo os coméntario e pelo os votos, por causa dele estou em 1° lugar no Ranking, fiquei de boca aberta quando eu vi e simplesmente adorei hehe Boa leitura minha galerinha, beijos!

====================================================================================================

O apartamento.

“Você me surpreende assim, é tão contido” Isso ouvi de Marcello enquanto respirava em seu peito seu cheiro. “Sei que sou pouco dado a demonstrações públicas, mas isso nem de longe significa que desgosto de você Cachorrão”. Uma gargalhada deliciosa inundou aquele elevador e a alegria se fez presente. Marcello adora que eu o chame assim. Ao ganharmos o térreo à luz do dia nos abraçou quando cruzamos ligeiros a faixa de pedestres.

Acho que temos andado abraçados, na verdade não sei, pois temos encontrado no outro extensão de nossos próprios corpos. Comemos num restaurante onde já somos conhecidos, acho que os garçons já nos sabem namorados e o serviço tem sido muito tranqüilo. “Comida Mexicana? Estamos comemorando algo especial” perguntei. “Promoção, Aumento de salário e acho que encontrei o apartamento perfeito para nós dois” Marcello respondeu.

Por partes, ele me contou do aumento; mais mil reais para nossa renda doméstica, assim ele já fala. (não é uma gracinha?). Promoção a um posto a cima na empresa, quanto ao apartamento é realmente perfeito, tem um quarto, sala, cozinha, área de serviço e garagem. Fica em uma boa localização. Precisa de reforma. O Edifício não é novo, mas o preço é uma pechincha, como diria meu pai.

Pink Money.

Os entendimentos com o proprietário se iniciaram. Ele quer se desfazer do imóvel porque é viúvo e tenciona viver mais próximo dos filhos que moram no litoral. Em conversa com os vizinhos e porteiros, Marcello apurou que a esposa do atual proprietário suicidou-se no imóvel e que ele, o dono atual, ficou abalado por demais como o fato. Mas não creio em assombrações heheeh tampouco Marcello que é devoto fervoroso de “San Genaro” hihihi tem medalhinha e tudo mais, vocês acreditam?

Bom, o almoço foi uma delícia, pois só coisa boa têm ocorrido. Temos pensado em registrarmos nossa união em contrato, mas não temos tido acesso a esse tipo de informação; nos parece que pode ser feita em qualquer cartório, mas procuramos um aqui onde os funcionários nem conheciam o fato que há um documento de contrato de parceria civil. Isso tem deixado Marcello aborrecido eu sinto.Ao pedirmos a conta o garçom deixou escapar um sorriso cúmplice, “foi um prazer tê-los aqui novamente” dele ouvimos. Bom, Marcello e eu somos o que se pode entender por consumidores tradicionais e conservadores, El passo tem dois clientes fiéis agora, hehehe.

È tão bom encontrar lugar onde se é bem-atendido. Ah se os comerciantes entendessem o tamanho, o volume e a força do pink money, hihihihi.Depois do almoço, demos um passeio rápido no shopping e por uma dessas coincidências inesperadas, Mário também lá passeava com a família.Ao nos encontrarmos eu o cumprimentei de foram rápida como convém aos colegas de trabalho em encontros assim, mas ele fez questão de parar e se dedicar a cumprimento mais demorado; apresentou esposa e filhos.

Rosnar.

Apresentei Marcello ( apresento Marcello simplesmente dizendo: este é Marcello. Ainda não perguntaram “o que ele é seu” mas tenho me preparado para horrorizar na resposta!”hhihii).Trocamos sorrisos e palavras cordiais e ligeiras. Recebi um convite da esposa dele para almoçar num desses domingos em que colegas de trabalho são recebidos para o almoço e nos despedimos. “Não gostei desse cara” Disse Marcello com seu faro que cão perdigueiro. “É só um colega de trabalho, ele é chefe de um setor da empresa” emendei rapidamente como querendo dar explicação para o que por si só se explicava, afinal, pessoas se cumprimentam, pois não?

Ouvi um rosnar típico do Marcello Cachorrão que me enlaçou o pescoço me colando a ele. “Estou de radar ligado hein?” Disse ele. Sorrimos depois disso. “Será que há perigo?” Provoquei. Recebi um latido de cão bravo em troca e sorrimos mais.Ao retornar ao trabalho ele me deixou no meu andar, trocamos uns beijos no elevador e combinamos nos encontrar mais tarde. Ele me apanharia para me levar para fazer o último exame antes do recesso na faculdade.

No meio da tarde, nas horas mortas, com diz minha mãe, Mário voltou à sala onde trabalho. “Quero que me desculpe pelo que fiz e queria que não ficasse com má impressão de mim” ele disse. “Eu é que quero que você não me julgue mal” respondi e emendei “Mas quero que entenda que não tenho como corresponder e que se não fosse sincero poderíamos terminar por nos agredir”.

Desabafo do chefe.

“Tudo bem. Eu compreendo e agradeço você ter sido tão honesto comigo, é raro encontrar alguém assim” Ele devolveu e completou “Eu tenho essa coisa comigo, sabe e às vezes não dá pra controlar e quando eu percebi você...” .. “Diferente!!!” interrompi, “Isso, diferente, eu sei lá.... acho que agi mal contigo e quero me desculpar” ele terminou. “Tudo bem, não há problema, está desculpado, mas não tente nenhum gracinha ou aperto o botão de incêndio” eu respondi com essa brincadeira.

Ele relaxou me serviu um café e com essa quinta estava morta, conversamos por hora e meia. Ele me confidenciou sobre o fato de não reprimir seus desejos e que isso o sufocava. Discorreu sobre seus casos extraconjugais com rapazes, os quais pedi que de mim guardasse segredo dos nomes. Indaguei como ele se sentia em relação a sua mulher e ele me respondeu que a amava e aos filhos também, mas que não conseguia dominar seus sentimentos em relação aos seus desejos para com alguns homens.

“Eu sofro muito porque não consigo parar de manter casos fora de casa, amo minha mulher e filhos, mas não sei como mudar” disse ele visivelmente aliviado por contar a alguém e triste por reconhecer essa sua peculiaridade. “Faço conta de como tem sido difícil para você e bem sei que sofre, não sei o que dizer, mas saiba que não o condeno. Penso que muitos homens são como você, entenda que não está sozinho nisso, mas não sei se poderia ajudá-lo” eu disse a ele que respondeu que só o fato de eu ouvir já o aliviava.

Segundo ele, seu casamento se deu quando muito jovem e a coisa toda se desenrolou sob o signo da paixão e da pressa, ele nem tinha muita certeza do que sentia e houve pressão dos pais de ambos. O lamentável é que essa união de 10 anos aparentemente é sólida aos olhos da esposa, mas ele já cogitou a possibilidade de divórcio. Isso seria um terremoto na vida dos filhos e de sua mulher que o tem como marido perfeito. Sei que isso parece uma daquelas horríveis piadas de humor inglês, ácido e pungente, mas dele me compadeci. Por um minuto me pus em seu lugar e imaginei muito de longe o que é ser assim.

Ainda, segundo ele, manteve relação de três anos com um rapaz com quem teve que terminar e isso não foi fácil porque eles tinha até um apartamento juntos. O rapaz parece que pirou depois disso e por certo tempo até ameaçou contar tudo para a esposa dele para eles voltarem e ele acabou por voltar e por mais um ano mantiveram essa “união”, mas já não mais era como antes e as traições mútuas se iniciaram até que a coisa ficou insustentável.

Em resumo ele despejou anos de frustração naquelas nossas sete xícaras de café. A vida é engraçada, cheguei a sentir aversão por esse rapaz, agora sinto a pena que dedico aos encarcerados. Santo Cristo, com será estar assim? Partido em dois, vivendo em dois mundos. O fato é que dele agora sou confidente sem que ao menos isso tenha dele desejado ser. "ele despejou anos de frustração naquelas nossas sete xícaras de café."... Como pode com simples palavras nos levar a horizontes tão belos. Perfeito.

Quando Marcello retornou no final da tarde o recebi com um abraço tão apertado que tive que explicar que a agradecia a vida por haver nos reunido. Por mais que enfrentemos obstáculos, e sei que os teremos em quantidade, conquanto estejamos juntos, e formos um para o outro seremos fortes.

Observei com esse rapaz que minha forma de pensar é a melhor para mim e que vale a pena ser fiel, e que por mais que o prazer se manifeste nos encontros fortuitos e nas relações fugazes, vale a pena dedicar-se a alguém. Acho eu disse tudo isso porque com o doer de todas as penas senti que esse moço confuso terminará por dar temo a seu casamento. Uniões que se encerram me doem. Estive triste por essa alma e quis mais uma vez desabafar, Acho que não foi por conta desse espírito masculino que nos une, mas pela pena que só um homem pode realmente senti pelo outro, com é difícil ser homem.

O que essa cultura latina fez de nós? Sei que muitos se casam mais por desejarem a aceitação social e se condenam ao martírio das almas do purgatório. Filhos são gerados, estruturas familiares são erigidas e tudo isso sobre o alicerce de barro da vida dupla, dos desejos saciados nas sombras. Sinto dor por isso. Sou homem e bem sei o quanto ser homem é difícil. Ao deitar-me disse uma prece por ele, que Deus o guarde.

Humildade

Mudando de um pólo a outro, fiquei surpreso ao saber que fui reconhecido na rua pelo Érick. Amigo, não precisava ter ficado só espiando. Se houvesse se aproximado, mesmo sem o conhecê-lo pessoalmente eu o cumprimentaria sem maiores problemas. Não sou uma estrela pop. Sou apenas eu mesmo e assim desejo continuar a ser nem mais, tampouco menos do que sempre fui. Não seria desgosto encontrar um amigo, sim, amigo. Com quem desabafei quando em uma só dor meu peito era? Desculpo-me pela demora em voltar, mas penso que me compreendem, bem sei disso.

Desculpo-me por minha conexão haver caído outro dia no MSN quando me despedia, fiquei imaginando que os amigos com quem falava poderiam haver imaginado que saí tão simplesmente e não foi isso; ocorreu uma falha no sistema do Windows tão somente. Deixo um abraço especial a cada um e o desejo que este final de semana seja estupendo de uma forma especial para vocês, vou passar o final de semana na chapada e volto no domingo à noite.

Desabafo

"Acho que não foi por conta desse espírito masculino que nos une, mas pela pena que só um homem pode realmente senti pelo outro, com é difícil ser homem. O que essa cultura latina fez de nós? Sei que muitos se casam mais por desejarem a aceitação social e se condenam ao martírio das almas do purgatório. Filhos são gerados, estruturas familiares são erigidas e tudo isso sobre o alicerce de barro da vida dupla, dos desejos saciados nas sombras. Sinto dor por isso. Sou homem e bem sei o quanto ser homem é difícil. Ao deitar-me disse uma prece por ele, que Deus o guarde."

Choro quando lembro da cena em que se algemam na escada ainda submersos.Quantos de nós teremos que morrer para alimentar essa tradição machista ignorante? Amor é amor seja da forma que se manifeste. Meu Deus, sinto ódio por essa herança maldita que a cultura judaico-cristã legou ao mundo do hemisfério de cá, para mim de ódio tão somente se trata. Porque tanta adversidade contra os iguais que se amam? Onde está escrito que o amor dever ser assim ou assado?

Naquele livro que o Imperador Constantino encomendou para servir aos seus interesses próprios chamado de bíblia quando ele juntou o romanismo à seita cristã que tomava conta do império e fundou a toda poderosa igreja católica apostólica romana para servir aos seus interesses e tão somente se proteger por meio desse ardil torpe? Está na Torá que tem por objetivo fazer com que judeus se dediquem à tarefa de se multiplicarem? Isso faz sentido! Eles são odiados pelo mundo inteiro por obra deles mesmos, precisam de descendentes.

Desabafo II

O impressionante é que essa tribo de pastores influenciou o mundo com seu ódio aos iguais que se amam. Perdoem-me, não sou anti-semita, mas não ignoro que são responsáveis em boa medida pelos absurdos que no ocidente nos impinge por sermos diferentes. Os religiosos são cegos diante do fato que a natureza é sabia e não estamos aqui apenas para sermos alvos desse intolerência cega e ignóbil. Hoje fui tomado por uma assombrosa descrença nas religiões propostas. Foram todas criadas por homens e só esse fato por si só as tornam imperfeitas. Por quanto tempo ainda temos que agüentar isso? A dor por essa e outras história semelhantes me dói a carne, meu peito está partido.

Quantos de nós, pessoas de boa índole, filhos dedicados, amigos abnegados, irmãos presentes, tios, sobrinhos, profissionais competentes, chefes e chefiados de valor ainda teremos que viver nas sombras por conta de um preconceito ridículo que tem como base tão simplesmente o ódio calçado na crença que há um Deus perfeito que condena amor que são puros? Isso é um contra-senso. Não tenho mais vontade de pisar em qualquer solo “religioso” que seja; são todos indignos diante de mim. Acho que a crença que mais me toca o espírito é o budismo e bem penso que ainda me converto a ele.

De repente os gritos de milhares de pessoas como nós que foram queimadas nas fogueiras da inquisição, que perderam seus empregos, que foram abandonadas pela família, que sofrem humilhações ou que são assassinadas simplesmente por serem diferentes me ensurdeceram e não consigo neste instante ser maior do que a dor que sinto por muitos que não conseguiram encontrar alguém que o ame que o faça forte como Marcello me faz.

Video

Sinto culpa por ser feliz, sinto dor por saber que meus irmãos sofrem perto de mim, eu me sinto assim. Acho que tenho realmente sorte de haver conhecido Marcello, e tudo que fizer será pouco para me tornar merecedor desse meu anjo. ...Perdoem-me por desabafo tão amargo, mas hoje me permitir comer no prato da IRA. Desculpe-me, mas por mais que esse vídeo seja uma possível história de ficção estou seguro que a todo o momento deve se repetir.

...Perdoem-me, mas hoje não pude ser maior que a indignação, tampouco me preocupei se o que digo fere a quem quer que seja e me comportei como um bruto pondo de forma tão rude descontentamento que de hora em hora nossa sociedade me rememora. Não sou mais que um homem que mesmo feliz por haver encontrado o amor sou atingido quando me recordo da injustiça sob a qual meus semelhantes são mantidos. ...Desculpem-me, acho que hoje decepcionei muitos de vocês, mas tenho que ser honesto, o fato de Marcello está ao meu lado não me faz esquecer que muitos não tiveram o mesmo destino ainda, muitos sofrem, muitos choram e não posso ficar indiferente a isso, hoje sou meio feliz dessa forma.

...Rick, esse vídeo é lindo e triste e acho que só algo tão delicado me faria metralhar palavras contra esse teclado que mais uma vez recebe meus desabafos e minhas lágrimas. Esse vídeo só me dá mais força para crer que eu quero que o mundo exploda, e que é dever de cada um de nós buscar a felicidade dentro do que sua dignidade baliza.

O link do video...http://youtube.com/watch?v=lweARHj37lg&feature=related&aia=true

É de arrepiar o coração

Desculpas.

Desculpe-me, mas eu me recordei de todos os insultos que ouço contra os que são como nós, lembrei dos programas humorísticos toscos que nos achincalham. Recordei das palavras do meu pai quando eu tinha sete anos e me parece que pressionaram um botam dentro de mim que me fez sentir uma dor lancinante por todos nós. Meu Deus só queremos ser felizes nada mais.

Perdoe-me, mas sou somente um homem não sou perfeito, também sinto indignação e não é o fato de eu estar bem que me faz esquecer que muitos não estão, não é porque tenho o calor do abraço do meu Marcello que esqueço que o frio da noite ainda envolve a muitos que choram injustiçados.Perdoem-me, mas sou apenas um homem e nada mais que isso pretendo ser.

Meu coração está negro neste momento de tristeza e me sinto péssimo porque lembrei que o mundo nos é injusto. Desculpem, esse também sou eu, um outro Cláudio que tem vontade de socar a cara de quem conta piadianha de gay e acha que isso tem graça. Um Cláudio divorciado que qualquer resquício de pudor ao falar do quanto me incomoda a forma como somos tratados Deus, me perdoem por esse desabafo eivado de amargura. Como já disse sou apenas um homem e algumas coisas me descem pelas gargantas tão suaves como engolir um gato. Perdoem minha Ira e desculpem por haver decepcionado, mas este também sou eu. Mais uma vez, me perdoem.

===================================================================================================

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/11/2015 01:04:01
10
29/03/2013 20:14:25
muito bom !!!
02/08/2012 22:59:33
Eu nao me assumi ate agora sabendo que minha mae nao vai me por para fora de casa mais sim a culpa das palavras de meu pai quando ele comessa a fala mal de pessoas como nos ele pensa que escolhemos ser assim e isso me machuca muito da vontade de joga tudo na cara dele o que eu realmente so, e nao e so ele nao, alguns de meus amigos tambem, os que me sempre me ajudao e nao quero perdelos eu presiso de ajuda nao sei oque fasso
05/06/2012 18:50:03
Lindo seu conto nota
02/06/2012 23:34:25
Gostei muito da tua série de contos (relatos?). Aproveita bastante tua lua de mel em Bariloche. Lastimo não ter podido assistir ao vídeo (foi removido).Felicidades ao casal. Um beijo carinhoso a ambos
01/06/2012 19:11:33
Muito bom. Continua logo, tá perfeito mesmo. 10
01/06/2012 16:25:09
maravilhoso kra aguardando mega ansioso pelo proximo
01/06/2012 13:53:03
Perfeitoooo
01/06/2012 07:17:51
Vc é tudo kara ! Tenho esperado vc postar desde o ultimo com muita ansia; sei lá, acho que me reconforto em suas palavras... hhehehe. TDB, pena que não deu para ver o video, me add no msn ae: viu. A lenda do Coelhimho a pascoa e o 'Very Hot-Dog"; essa foi podre, mas engraçado né, desculpa, hehehehe Ps: dp me fala em que petshop eu posso achar um Cachorrão destes, kkkk (quem dera).
01/06/2012 06:52:56
maravilhoso
01/06/2012 02:41:03
01/06/2012 00:30:45
Seu conto ta muito lindo coelhinho!! Parabens.
01/06/2012 00:30:22
otimuuuuuuuuuuu
31/05/2012 23:43:45
é fantástica a sua descrição, coelhinho
31/05/2012 23:22:12
Ta vendo? Fui esquecido mesmo....snif......
31/05/2012 21:43:30
simplesmente perfeito coelhinho
31/05/2012 21:34:25
Somplesmente Perfeito..

Online porn video at mobile phone


escravo da esposa scatxporno com mulhe negha que nao jheta picaautor,Vamp19-Contos Eróticosa madastra nao aguenta o casetao do intiado no cuxinho pede arego sexoSexo menage aclimação casadacontos eróticos a irmã de minha espoza bunduda e coxudaporno doido prima 18 anos escurinha afoorsaconto erotico minha filha fasendoxixiapica tatoda no cu da brasileira e ela pedi maisCesinha virgem transando pela primeira vez com filho do vizinhoconto isso Júlia peida 2018Conto erotico- mete seu pauzudo, come a sua mae putaGelo e Fogo conto incesto gay irmaõ com irmaõ 3 capítuloposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularxxx dando rabo pra Nergõesconto erotico embebedei minha esposa aproveitei comi seu cu virgemmeu marido mim traiu mim vinguei e de o cao contos eroticoporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridoporno mirou na buceta e acentou o cuanythingcache:krAWjri_qYMJ:zdorovsreda.ru/texto/20170885 video gay galeguinho botando viado pra mama fingindo dormirContos-minha mulheramamenta e mama no meu paualiviava me tesao com o filho novinho da vizinhasexo ela nao quis da so acariciardito comedor de gay meu zapcunhada mamou gistosochupando rolaincertoas morenas mais top do grelo bem roxinho transando no XVídeos bem gostosocontos eroticosinha bucetinha apertadafotos de homens negros de pau grande e grosso erterosmeu namorado roubou a calcinha da minha mae conto eroticocontos eroticos de mulheres ricas tendo o cu arrombado pelo borracheiroContos eroticos gay que deu a primira vez e gritou de doro playboy e o menino da favela casa dos contosporno muito beidona no pauxvidio comendi o cu da virgem de mini saiaxvideo encasa c ezibindoconto erotico gay um transexual ranco meu cabaçogatinho Eu Quero uma galeguinha assim trepando mesmo em cima do Cacete mesmo sabeContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..contos estrupada por agiota minha filhaporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguiocontos eróticos virgindade com o porteiroContos de caseiros negros idoso bem dotado comendo cu de patroas brancasmandei se levantar e se debruçar na pia da cozinha que eu iria enrabala contos eroticosExércitovidiominha mulher tatuou a dama de espadas na bunda contos eroticosCONTOS SOU RABUDA SO USO SHORTINH PROVOQUEI MEU SOBRINHO ATOLADO NA BUCETAforcada a foder com roluda pelo marido contoxtubinho zofilia com cadela no ciopeguei meu irmao gay e minha irma virgem fudendo nao aguemtei cumi os doisContos eroticos chantagiei e chupei minha maninha sexocazeiro onibopassa manteiga no corpo e na busetagarota misterio cdzinhacontos em quadrinhos gratis deincestos de homens iperdotadoscontos eroticos betty vagabundadeu cu pro cavala grintou de dor e tezao inocentesrevezamento minhabunda casadacontos eiroticos leilapornencoxada na reiuniao pulitica lotada xvideoquero ver travestis sexo travesti comendo mulher da rola bem grande e grossa norm e homem comendo mulher também pode ser ou não tá difícilComtos eroticos de mulheres q bateram punheta pra cachorroconto erotico dois paus video gamexxvideosnegraslesbicasaulas particulares com.professor novinho contosgaysGTA Dona sinhazinha trabalhandocontos eróticos garotinha 7aninhos boquetera e so no cuGorda e estrup a dápor marido XVídeoscontos eróticos sobre o primeiro boquetebucetas da ñoviha gonzanocorno puxa o grelo e mamagosando vom o cachorrofilme porno esposa gosta de varios na frende do marido corno ela goza ate desmaia de tanto gozaconto erotico gay cunhados100 foto chupando seiobolinei empe a faxineirachinesa rabuda de cuecafiume porno brasilerox videos. Voyer . Sexo. poe so a cabecinha senao eu gozocontos eróticos novinha casada com negao no baile funkealiando la vagina a mi primacontos oh. novinha endiabrada que gosta de levar picaxvideos estrupo a adigogada em2 marmangoscontos de mulheres que virao cenas de casais transando e se masturbarao A Rezadeira a virgindade da filha novinhahomem fode a buceta dabesta i goza jemendocunhada bucetuda e deboxadahomoprazer.blogspot.com.brmarido realiza sonho da esposa ser fudida por uma fila de homems pauzudos e grosos